Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 18 de 18
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 25(spe): e20200379, 2021. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1148333

RESUMO

Objetivo: descrever a experiência de integração ensino-serviço durante a primeira etapa da 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza na emergência da COVID-19. Método: relato de experiência sobre a parceria de um curso de enfermagem de uma das instituições de ensino superior de Ribeirão Preto-SP, Brasil, com serviços da Atenção Primária à Saúde na referida campanha, no período de março a abril de 2020. Resultados: essa parceria mobilizou diversos voluntários para implementar 35 postos volantes de vacinação, incluindo um drive-thru. Nessa primeira etapa, foram aplicadas 91.697 doses do imunobiológico em idosos, de um total de 98.189, que correspondeu a 83,3%, valor muito próximo da cobertura vacinal de 90% esperada para esse grupo populacional. Com a parceria, o número total de doses aplicadas em idosos ao final da 22a campanha, na cidade, superou em 42,6% a média dos últimos cinco anos. Conclusão e implicações para a prática: atribui-se esse percentual ao trabalho coletivo e multiprofissional e ao compromisso social das instituições envolvidas com a proteção da saúde, a preservação da vida e o fortalecimento do Sistema Único de Saúde.


Objective: to describe the experience of teaching-service integration during the first stage of the 22nd Brazilian National Influenza Vaccination Campaign in the emergence of COVID-19. Method: this is an experience report on the partnership of a nursing course from one of the higher education institutions in Ribeirão Preto-SP, Brazil, with Primary Health Care services in that campaign, from March to April 2020. Results: this partnership mobilized several volunteers to implement 35 vaccination stations, including a drive-thru. In this first stage, 91,697 doses of the immunobiological agent were applied to older adults, from a total of 98,189, which corresponded to 83.3%, a value very close to the 90% vaccination coverage expected for this population group. With the partnership, the total number of doses applied to older adults at the end of the 22nd campaign in the city exceeded the average of the last five years by 42.6%. Conclusion and implications for practice: this percentage is attributed to the collective and multiprofessional work and the social commitment of the institutions involved with protection of health, preservation of life and strengthening of the Unified Health System.


Objetivo: describir la experiencia de integración enseñanza-servicio durante la primera etapa de la 22ª Campaña Nacional de Vacunación contra el Influenza en la emergencia de la covid-19. Método: un relato de experiencia de la asociación de un curso de enfermería de una institución de enseñanza superior de Ribeirão Preto-SP, Brasil con servicios de la atención primaria a la salud en la referida campaña, en el período de marzo a abril de 2020. Resultados: esta asociación movilizó a varios voluntarios para implementar 35 estaciones de vacunación, incluyendo un drive-thru. En esa primera etapa, fueron aplicadas 91.697 dosis del inmunobiológico en ancianos, de un total de 98.189, que correspondió a 83,3%, valor muy próximo de la cobertura vacunal de 90% esperada para ese grupo poblacional. Con la asociación, el número total de dosis aplicadas en ancianos al final de la 22a campaña en la ciudad superó en 42,6% el promedio de los últimos cinco años. Conclusión e implicaciones para la práctica: este porcentaje se atribuye al trabajo colectivo e interprofesional y al compromiso social de las instituciones involucradas con la protección de la salud, la preservación de la vida y el fortalecimiento del Sistema Único de Salud.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Vírus da Influenza A/imunologia , Atenção Primária à Saúde , Vacinas contra Influenza , Programas de Imunização , Influenza Humana/prevenção & controle , Pneumonia Viral/prevenção & controle , Infecções por Coronavirus/prevenção & controle , Educação em Enfermagem , Betacoronavirus
2.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 10(1): 3790, out. 2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1147842

RESUMO

Objetivo: Relatar a experiência de pós-graduandos na campanha de vacinação contra a Influenza e refletir sobre os aspectos relacionados à aprendizagem que decorreram deste processo. Método: Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência, de dois estudantes de um Programa de Pós-Graduação em Enfermagem em Saúde Pública que participaram da primeira etapa da 22ª Campanha de Vacinação contra Influenza, voltada à população com 60 anos ou mais e aos profissionais de saúde. Resultados: A participação dos pós-graduandos, na campanha de vacinação contra Influenza, que também se estabeleceu como uma das estratégias de enfrentamento da pandemia por COVID19, possibilitou um olhar crítico-reflexivo e o reconhecimento dos limites e das potencialidades do sistema local de saúde. Experiências como essas são estimuladoras pela diversidade dos cenários de prática e por propiciarem a imersão em situações-problemas reais, estratégia que possibilita a consolidação da aprendizagem. Conclusão: Destacam-se os esforços e a parceria entre ensino e serviço, o que promove maior efetividade às atividades de atenção em saúde, como também impacto à formação do estudante, por meio da qualificação profissional, oportunizando desenvolvimento de atividades com uma equipe multiprofissional.(AU)


Objective: To report the experience of graduate students in the Influenza vaccination campaign and reflect on the aspects learned from this process. Method: This is a descriptive study, more specifically an experience report, by two students from a Graduate Program in Nursing in Public Health, who participated in the first stage of the 22nd Influenza Vaccination Campaign, for a population aged 60 years or more and for health professionals. Results: The participation of graduate students in the Influenza vaccination campaign, which has also been established as one of the strategies for coping with the COVID-19 pandemic, enabled a critical-reflective look upon and the recognition of the limits and possibilities of the local health system. Experiences like these stimulate and consolidate learning due to the diversity of practical scenarios and the possibility of immersion in real-life problem situations. Conclusion: The efforts and the partnership between teaching and service are highlighted, since they promote greater effectiveness in health care activities, as well as an impact on student training, through professional qualification, providing opportunities to develop activities with a multiprofessional team(AU)


Objetivo: Informar sobre la experiencia de los estudiantes graduados en la campaña de vacunación contra la Influenza y reflexionar sobre los aspectos relacionados con el aprendizaje que resultaron de este proceso. Método: Este es un estudio descriptivo, del tipo de informe de experiencia, de dos estudiantes de un Programa de Posgrado en Enfermería en Salud Pública, que participaron en la primera etapa de la 22ª Campaña de Vacunación contra la Influenza, para una población de 60 años o más y para profesionales de la salud. Resultados: La participación de estudiantes de posgrado en la campaña de vacunación contra la Influenza, que también se ha establecido como una de las estrategias para hacer frente a la pandemia causada por COVID-19, ha permitido una mirada reflexiva y crítica y el reconocimiento de los límites y posibilidades del sistema de salud local. Experiencias como estas son estimulantes debido a la diversidad de escenarios de práctica y porque proporcionan inmersión en situaciones de problemas reales, una estrategia que permite la consolidación del aprendizaje. Conclusión: Se destacan los esfuerzos y la asociación entre la enseñanza y el servicio, lo que promueve una mayor efectividad en las actividades de atención médica, así como un impacto en la capacitación de los estudiantes, a través de la calificación profesional, brindando oportunidades para desarrollar actividades con un equipo multiprofesional.(AU)


Assuntos
Vacinas contra Influenza , Colaboração Intersetorial , Infecções por Coronavirus , Práticas Interdisciplinares , Aprendizagem
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(4): 1151-1156, abr. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1021273

RESUMO

Objetivo: verificar a adesão a uma campanha de vacinação contra a influenza. Método: trata-se de um estudo quantitativo, transversal, conduzido em uma creche pública que atende 211 crianças. Contemplaramse, pela campanha de vacinação, a elaboração pelos enfermeiros e o envio às famílias de um folheto educativo, a solicitação de autorização para vacinar a criança, o uso do brinquedo terapêutico instrucional e a administração da primeira dose da vacina contra a influenza. Apresentaram-se os resultados em forma de figura e tabela. Resultados: verificou-se que a adesão foi de 79,1%, sendo significativamente menor nas famílias de crianças com menor média de idade, sendo que 149 crianças tiveram o esquema completo para o ano vigente e 77,8% daquelas que necessitavam da segunda dose foram vacinadas em um serviço de saúde. Conclusão: percebeu-se que o enfermeiro tem papel essencial nas ações de promoção da vacinação nos ambientes de educação infantil visando ao aumento da cobertura vacinal e à prevenção de agravos.(AU)


Objective: to check adherence to an influenza vaccination campaign. Method: this is a quantitative, crosssectional study conducted in a public day-care center serving 211 children. The preparation of the nurses and the sending of an educational leaflet, the application for authorization to vaccinate the child, the use of the therapeutic instructional toy and the administration of the first dose of the influenza vaccine were contemplated by the vaccination campaign. The results were presented in figure and table form. Results: it was verified that the adherence was 79.1%, being significantly lower in the families of children with lower average age, and 149 children had the complete scheme for the current year and 77.8% of those who needed the second were vaccinated at a health facility. Conclusion: it was noticed that the nurse plays an essential role in actions to promote vaccination in the environments of children's education aimed at increasing vaccination coverage and prevention of diseases.(AU)


Objetivo: verificar la adhesión a una campaña de vacunación contra la influenza. Método: se trata de un estudio cuantitativo, transversal, conducido en una guardería pública que atiende a 211 niños. Se incluyeron por la campaña de vacunación, la elaboración por los enfermeros y el envío a las familias de un folleto educativo, la solicitud de autorización para vacunar al niño, el uso del juguete terapéutico instruccional y la administración de la primera dosis de la vacuna contra la influenza. Se presentaron los resultados en forma de figura y tabla. Resultados: se verificó que la adhesión fue del 79,1%, siendo significativamente menor en las familias de niños con menor promedio de edad, siendo que 149 niños tuvieron el esquema completo para el año vigente y el 77,8% de las que necesitaban la segunda se vacunaron en un servicio de salud. Conclusión: se percibió que el enfermero tiene un papel esencial en las acciones de promoción de la vacunación en los ambientes de educación infantil con el objetivo de aumentar la cobertura de vacunación y la prevención de agravios.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Pré-Escolar , Enfermagem Pediátrica , Vacinas contra Influenza , Família , Creches , Saúde da Criança , Educação em Saúde , Vacinação , Programas de Imunização , Cobertura Vacinal , Estudos Transversais , Papel do Profissional de Enfermagem
4.
Cogitare enferm ; 23(3): e53788, 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-984276

RESUMO

Objetivo: conhecer os motivos da não adesão dos pais/responsáveis de crianças à campanha de vacinação contra a influenza. Método: pesquisa quantitativa, tipo descritiva. Critérios de inclusão: pais ou responsáveis de crianças de 6 meses até 4 anos, residentes no município de Joinville. Foram entrevistados 380 responsáveis de crianças entre 6 meses e 4 anos, por meio de questionário semiaberto, em 2016, e realizada análise descritiva dos dados. Resultados: a campanha atingiu a meta, com 89% das crianças vacinadas. Os motivos da não adesão à campanha foram: medo da reação adversa (21; 51,3%); informação de que a criança estava gripada (10; 24,3%); e desconhecimento sobre a Campanha cinco (12,4%). Conclusão: a enfermagem tem papel fundamental na elaboração, planejamento e execução das campanhas de vacinação. Este estudo evidenciou a necessidade de melhorar as estratégias de educação em saúde referentes à vacinação contra o vírus da influenza e ampliar o acesso na Atenção Primária.


Objetivo: Conocer los motivos de no adhesión de padres/responsables de niños a la campaña de vacunación contra la influenza. Método: Investigación cuantitativa, descriptiva. Criterios de inclusión: Padres o responsables de niños de 6 meses a 4 años, residentes en municipio de Joinville. Fueron entrevistados 380 responsables de niños de entre 6 meses y 4 años, utilizándose cuestionario semiabierto en 2016, realizándose análisis descriptivo de los datos. Resultados: La campaña alcanzó la meta, 89% de los niños fue vacunado. Los motivos de no adhesión a la campaña fueron: Temor a reacciones adversas (21; 51,3%); información de que el niño estaba engripado (10; 24,3%); desconocimiento sobre la Campaña (5; 12,4%). Conclusión: Enfermería juega un rol fundamental planificando y ejecutando las campañas de vacunación. Este estudio evidenció necesidad de mejorar estrategias educativas en salud respecto de la vacunación contra el virus de la influenza, y de incrementar el acceso a la Atención Primaria.


Objective: get to know the reasons for non-adherence of parents/responsible caregivers of children to the vaccination campaign against influenza. Method: quantitative and descriptive research. Inclusion criteria: parents or responsible caregivers of children between six months and up to four years of age, living in the city of Joinville. Interviews were held with 380 responsible caregivers of children aged between six months and four years, using a semi-open questionnaire, in 2016, and the descriptive analysis was applied to the data. Results: the campaign reached the target, with 89% of the children being vaccinated. The reasons for non-adherence to the campaign were: fear of adverse reaction (21; 51.3%); information that the child had the flue (10; 24.3%); and not knowing about the campaign (5; 12.4%). Conclusion: nursing plays a fundamental role in the elaboration, planning and execution of vaccination campaigns. This study evidenced the need to improve the health education strategies concerning vaccination against the influenza virus and to broaden the access to Primary Health Care.


Assuntos
Enfermagem Pediátrica , Vacinas contra Influenza , Enfermagem , Programas de Imunização , Promoção da Saúde
5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.6): 2628-2638, jun. 2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032493

RESUMO

Objetivo: descrever a experiência durante a realização da atualização do cartão de vacinação. Método: estudo descritivo, tipo relato de experiência. A vacinação foi realizada em duas etapas, totalizando 73 CMEIs visitados. As vacinas administradas foram: Influenza, Dupla adulto, Hepatite B e Tríplice viral. Resultados: na primeira etapa, foram feitas 622 doses e 1.186 doses na segunda. Para a vacina Tríplice Viral, foram feitas 89doses; Influenza, 656 doses; Dupla Adulto, 398 doses; Hepatite B, 418 doses. Conclusão: os dados levantados reiteram a necessidade de realizar ações mais pontuais para atender a realidade de grupos vulneráveis como crianças e trabalhadores de creches.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Cobertura Vacinal , Creches , Professores Escolares , Programas de Imunização , Promoção da Saúde , Saúde do Trabalhador , Vacinação , Epidemiologia Descritiva , Saúde da Criança , Vacina contra Difteria e Tétano , Vacinas contra Hepatite B , Vacinas contra Influenza
6.
Rev. enferm. UFSM ; 6(4): 462-470, out.-dez. 2016. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1034414

RESUMO

Objetivo: Investigar os conhecimentos, atitudes e práticas de idosos sobre a influenza e a vacina contra a doença. Metodologia: Estudo descritivo com 71 idosos entrevistados com o uso de questionário baseado em inquérito CAP (Conhecimento, Atitude e Práticas). Os dados foram coletados no período de fevereiro a abril de 2015 e analisados com base nas recomendações do Ministério da Saúde. Resultados: A maioria dos idosos conhece apenas algum sinal ou sintoma da influenza, acredita que a vacina reduz os sintomas e riscos de complicações da gripe, crê que, mesmo a tomando, pode gripar, mas não a considera um meio de prevenção da doença. Quase 77% dos idosos referem tomar a vacina. Conclusão: O conhecimento dos idosos em relação à influenza é insatisfatório, porém suas atitudes são favoráveis e, provavelmente, isso tenha influência sobre suas práticas positivas em relação à vacinação.


Aim: To investigate the knowledge, attitudes and practices of elderly patients about influenza and the vaccine used to prevent the disease. Methodology: Descriptive study with 71 seniors who were interviewed by way of a questionnaire based on KAP survey (Knowledge, Attitude and Practices). Data were collected from February to April 2015 and its analysis was based on recommendations made from the Ministry of Health. Results: Most seniors know only some signs or symptoms of influenza. They believe that the vaccine reduces the symptoms and risks of influenza complications, and that, even if one takes the vaccine, there is the possibility of falling ill, but they do not consider the vaccine a way of preventing the disease. Almost 77% of the elderly referred take the vaccine. Conclusion: The knowledge of the elderly in relation to influenza is unsatisfactory, but their attitudes are favorable and probably this has influence on their good practices in relation to vaccination.


Objetivo: Investigar los conocimientos, actitudes y prácticas de los ancianos sobre la gripe y la vacuna contra la enfermedad. Metodología: Estudio descriptivo con 71 ancianos entrevistados con el uso de cuestionario basado en encuesta CAP. Resultados: La mayoría de los ancianos conocen solo algunos signos o síntomas de la gripe, creen que la vacuna reduce los síntomas y el riesgo de complicaciones de la influenza, incluso creen que tomándola, pueden griparse, pero no consideran la vacuna una forma de prevenir la enfermedad. Casi 77% de los ancianos se refieren a tomar la vacuna. Conclusión: El conocimiento de los ancianos sobre la gripe no es satisfactorio, pero sus actitudes son favorables y probablemente estas tienen influencia positiva en sus prácticas con relación a la vacunación.


Assuntos
Humanos , Idoso , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Idoso , Influenza Humana , Vacinas contra Influenza
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(4): 1210-1215, 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031595

RESUMO

Objetivo: verificar a contribuição da visita domiciliar como instrumento para avaliar as condições de uso daoxigenoterapia domiciliar. Método: estudo transversal descritivo, com abordagem quantitativa, no qual foramvisitados 54 pacientes com DPOC de um programa de oxigenoterapia domiciliar na cidade de Bauru/SP/Brasil.Os dados foram coletados com um formulário, analisados pelo Statistical Analysis System (SAS) v.9.3 eapresentados em frequência simples. Resultados: os pacientes tinham idade média de 67.9 anos, sendo 51.9%do sexo masculino. O tabagismo ativo foi relatado por 14.8%. A maioria 66.6% utilizava O2 apenas no períodonoturno. O tempo médio de uso do O2 foi 14.6 h/dia. Conclusão: a visita domiciliar identificou inadequaçõesno uso de oxigênio que interferem no tratamento.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica , Oxigenoterapia , Visita Domiciliar , Atenção Primária à Saúde , Estudos Transversais , Fumar , Vacinas contra Influenza
8.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 6(3): 876-881, jul.-set. 2014. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-719732

RESUMO

Objective: identify the influenza vaccination coverage in elderly people enrolled in a family health unit in the city of Montes Claros, Minas Gerais and and analyze the factors associated with vaccination against influenza based on demographic and socioeconomic variables. Method: descriptive, transversal and quantitative study, conducted with 74 elderly, being used for data collection semi-structured and multidimensional, with analysis in light of the descriptive epidemiology, approved under Opinion nº 0334/2009 by the Committee of Ethics in Research of the Faculty United's North Mine. Results: the prevalence of vaccination among the elderly was 78,4% (n = 58), with greater adherence among older married/stable union, illiterate and aged 70 to 79 years old. Conclusion: this study contributes to the decision making of professionals providing tools that support do to meet the real needs of a full care order.


Objetivo: identificar a cobertura vacinal contra influenza em idosos cadastrados em uma unidade de saúde da família no município de Montes Claros-MG e analisar os fatores associados à vacinação contra influenza com base em variáveis demográficas e socioeconômicas. Método: estudo descritivo, transversal e quantitativo, realizado com 74 idosos, sendo utilizados para a coleta de dados instrumento semi-estruturado e multidimensional, com análise à luz da epidemiologia descritiva, aprovado sob parecer nº 0334/2009 pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade Unida do Norte de Minas. Resultados: a prevalência de vacinação entre os idosos foi de 78,4% (n=58), havendo maior adesão entre os idosos casados/união estável, analfabetos e com idade entre 70 a 79 anos. Conclusão: este estudo contribui para a tomada de decisão dos profissionais fornecendo ferramentas que subsidiam o fazer para atender as reais necessidades visando uma assistência integral.


Objetivo: identificar la cobertura de vacunación contra la influenza en ancianos inscritos en una unidad de salud de la familia en la ciudad de Montes Claros, Minas Gerais y analizar los factores asociados a la vacunación contra la gripe en función de variables demográficas y socioeconómicas. Método: estudio descriptivo, transversal y cuantitativo, realizado con 74 ancianos, siendo utilizado para la recolección de datos, semi-estructurada y multidimensional, con un análisis a la luz de la epidemiología descriptiva, aprobada bajo Dictamen nº 0334/2009 por el Comité de Ética en Investigación Norte Escuela de Minas. Resultados: la prevalencia de vacunación entre los ancianos fue del 78,4% (n = 58), con una mayor adherencia entre los ancianos casados/estable, analfabetos y con edades entre 70 y 79 años. Conclusión: este estudio contribuye a la toma de decisiones de los profesionales de proporcionar herramientas que apoyan la toma de satisfacer las necesidades reales que buscan una atención integral.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Atenção Primária à Saúde , Centros de Saúde , Saúde da Família , Vacinas contra Influenza , Brasil
9.
Rev. enferm. UFPE on line ; 7(4): 1153-1159, abr. 2013. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1033596

RESUMO

Objetivo: identificar as áreas de menor adesão à Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe. Método:estudo descritivo e exploratório, com a aplicação de questionário a 121 idosos não vacinados pertencentes àsUnidades de Atenção Primária de Saúde da Família São José e Maravilha no Município de Uberlândia–MG/Brasil, no ano de 2009. O projeto de pesquisa foi submetido à apreciação do Comitê de Ética em pesquisae aprovado sob o protocolo 703940. Resultados: dentre os motivos da não adesão à campanha relatados pelosidosos predominou Não tive tempo de ir à unidade para me vacinar (21,49%); quanto aos outros motivosalegados, destacou-se Não tive interesse em tomar ou não acreditava na vacina (31,09%). Conclusão: osresultados sugerem a necessidade da orientação quanto à importância da vacina através dos meios decomunicação e a capacitação dos profissionais de saúde, para garantir coberturas vacinais homogêneas nomunicípio.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Cobertura Vacinal , Vacinas contra Influenza , Epidemiologia , Pesquisa Qualitativa , Programas de Imunização
10.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 4(3): 2561-2569, jul.-set. 2012.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1029784

RESUMO

Compreender os motivos que levaram os idosos a não se vacinarem contra a Influenza seasonal. Métodos: Estudo descritivo e qualitativo, fundamento na Teoria das Representações Sociais. A coleta de dados foi mediante entrevista semiestruturada gravada com 10 idosos que não se vacinaram contra a Influenza. Resultados: Os idosos demonstraram medo da agulha e desconhecimento acerca dos eventos adversos da vacinação, evidenciados através da preocupação com as reações provocadas pela vacina. Os idosos apresentam a ‘crença do idososaudável’ que, está associada à recusa ao tabu de que apenas aqueles que estão doentes é que precisam da vacina. À vacina é atribuído o aspecto curativo, desconsiderando assim os benefícios preventivos. Conclusão: Os motivos que levaram os idosos a não se vacinarem contra a gripe estão associados a crenças, mitos e a falta de informação, orientação. Portanto torna-se necessário a orientação e incentivo dos profissionais de saúde.


Entender las razones que los ancianos no se vacunaron contra la influenza estacional. Métodos: Estudio descriptivo y cualitativo, basado en la Teoría de las Representaciones Sociales. La recolección de datos fue a través de entrevistas semiestructuradas grabadas con 10 ancianos que no se vacunaron contra la influenza. Resultados: Ambos grupos mostraron el temor a la aguja y la ignorancia acerca de los efectos adversos de la vacunación, como lo demuestra su preocupación por las reacciones causadas por la vacuna. Los ancianos tienen una "creencia en ancianos sanos" que se asocia con la negativa del tabú que sólo los pacientes que necesitan la vacuna. En la vacuna se administra en el aspecto curativo, por lo tanto sin tener en cuenta los beneficios preventivos. Conclusión: Las razones que los ancianos no se vacunaron contra la gripe se asocian con las creencias, los mitos y la falta de información, orientación. Por lo tanto, se convierte en la orientación necesaria y el fomento de profesionales de la salud.


Objective: To understand the reasons why older people did not vaccinate against influenza. Methods: This is a descriptive and qualitative study, based on the Theory of Social Representations. Data collection was semistructured interviews recorded with 10 seniors who are not vaccinated against influenza. Results: The groups showed the needle fear and ignorance about the adverse effects of vaccination, as evidenced by concern about the reactions caused by the vaccine. The elderly have a 'belief in healthy elderly' that is associated with the refusal of the taboo that only those patients who need the vaccine is. In the vaccine is given the curative aspect, thus disregarding the preventive benefits. Conclusion: The reasons why older people did not vaccinate against influenza are associated with beliefs, myths and lack of information, guidance. Therefore it becomes necessary guidance and encouragement of health professionals.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Idoso , Saúde do Idoso , Vacinas contra Influenza , Vacinação em Massa , Brasil
11.
Acta paul. enferm ; 25(spe2): 104-109, 2012. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-667516

RESUMO

OBJECTIVE: To determine the profile, vaccination status and the motivating factors that lead nurses of a university hospital to get vaccinated against influenza in order to maximize coverage through adequate operational/educational strategies. METHODS: Cross-sectional descriptive study with a sample size of 265 nurses. RESULTS: Vaccination coverage was found to be 49.8% in 2009, 92.4% in 2010 and 95.4% in 2011. The professional profile with better adherence to vaccination was the mid level, female, 41-50 years, separated/divorced, not living with people susceptible to influenza, except chronic patient, also with more than one employment bond, placed at emergency where they often have contact with patients, trained and working for over 20 years, vaccinated in their own work sector, motivated by self-protection. CONCLUSION: The coverage percentage of 92.5% in 2010 and 95.4% in 2011, were considered exceptional within the current global reality. Educational actions within the institution created an incorporated culture of biosafety related to the topic.


OBJETIVO: Determinar o perfil, a situação vacinal e os fatores motivadores que levam profissionais de enfermagem de hospital universitário a se vacinarem contra Influenza visando à maximização da cobertura por meio de estratégias operacionais/ educativas adequadas. MÉTODOS: Estudo transversal descritivo com amostra de 265 profissionais de enfermagem. RESULTADOS: A cobertura vacinal encontrada foi de 49,8% em 2009, 92,4% em 2010 e 95,4% em 2011. O perfil do profissional mais aderente à vacinação foi o de nível médio, feminino, 41-50 anos, separado/divorciado, não co-habitante com susceptíveis à Influenza, exceto doente crônico, mais de um vínculo empregatício, lotado na emergência, contato frequente com pacientes, formado e trabalhando há mais de 20 anos, vacinado no próprio setor de trabalho, motivado por autoproteção. CONCLUSÃO: Os percentuais de cobertura de 92,5%, em 2010, e de 95,4%, em 2011, foram considerados excepcionais dentro da atual realidade mundial. Ações educativas criaram dentro da instituição uma cultura de biossegurança bem incorporada relacionada ao tema.


OBJETIVO: Determinar el perfil, la situación de las vacunaciones y los factores motivadores que llevan a los profesionales de enfermería de un hospital universitario a vacunarse contra la Influenza con el objetivo de lograr la máxima cobertura por medio de estrategias operacionales/ educativas adecuadas. MÉTODOS: Estudio transversal descriptivo realizado con una muestra de 265 profesionales de enfermería. RESULTADOS: La cobertura de vacunaciones encontrada fue del 49,8% en el 2009, 92,4% en el 2010 y 95,4% en el 2011. El perfil del profesional más adherente a la vacunación fue el de nivel medio, femenino, 41-50 años, separado/divorciado, no cohabitante con susceptibilidad a la Influenza, excepto enfermo crónico, más de un vínculo laboral, repleto en la emergencia, contacto frecuente con pacientes, formado y trabajando hace más de 20 años, vacunado en el propio sector del trabajo, motivado por autoprotección. CONCLUSIÓN: Los porcentajes de cobertura del 92,5%, en el 2010, y del 95,4%, en el 2011, fueron considerados excepcionales dentro de la actual realidad mundial. Las acciones educativas crearon dentro de la institución una cultura de bioseguridad bien incorporada relacionada al tema.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Educação em Saúde , Equipe de Enfermagem , Hospitais Universitários , Proteção , Vacinas contra Influenza , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais
12.
Acta paul. enferm ; 25(5): 686-693, 2012. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-653422

RESUMO

OBJETIVO: Analisar o perfil dos indivíduos acometidos pelo vírus Influenza A (H1N1), e o impacto vacinal nos grupos prioritários à vacinação. MÉTODOS: Estudo ecológico, observacional, de caráter retrospectivo, com população de indivíduos residentes na cidade de Maringá-PR e submetidos à internação por Influenza A entre 2009 e 2010. RESULTADOS: No ano de 2009, ocorreram 614 internações decorrentes de infecção pelo vírus Influenza A em Maringá-PR. A disponibilização da vacina fez com que o número de acometidos diminuísse para 169 em 2010, ocorrendo impacto vacinal nos seguintes grupos populacionais: gestantes, portadores de doenças crônicas e adultos de 20 a 39 anos. CONCLUSÃO: Identificou-se a necessidade de estender a faixa etária de vacinação para crianças de 2 a 4 anos e preenchimento dos impressos de vacinação dos indivíduos e grupos vacinados com maior rigor.


OBJECTIVE: To analyze the profile of the individuals affected by the Influenza A virus (H1N1), and the impact of vaccination on priority groups for vaccination. METHODS: An ecological, observational, retrospective study, with a population of individuals living in the city of Maringá-PR who were hospitalized for Influenza A between 2009 and 2010. RESULTS: In 2009, there were 614 hospitalizations due to influenza A virus infection in Maringá-PR. The availability of the vaccine led to a decrease in the number of affected to 169 in 2010, with the vaccine impact occurring in the following population groups: pregnant women, people with chronic illnesses and adults 20 to 39 years. We identified the n CONCLUSION: eed to extend the age range for vaccination for children aged 2 to 4 years and to complete vaccination forms of vaccinated individuals and groups with greater rigor.


OBJETIVO: Analizar el perfil de los individuos afectados por el virus Influenza A (H1N1), y el impacto de las inmunizaciones en los grupos prioritarios a la vacunación. MÉTODOS: Estudio ecológico, observacional, de carácter retrospectivo, realizado con población de individuos residentes en la ciudad de Maringá-PR y sometidos a internamiento por Influenza A entre 2009 y 2010. RESULTADOS: En el año de 2009, ocurrieron 614 internamientos como consecuencia de infección por el virus Influenza A en Maringá-PR. La disponibilidad de la vacuna hizo con que el número de efectados disminuya a 169 en 2010, ocurriendo impacto de las inmunizaciones en los siguientes grupos poblacionales: gestantes, portadores de enfermedades crónicas y adultos de 20 a 39 años. CONCLUSIÓN: Se identificó la necesidad de extender el grupo etáreo de vacunación para niños de 2 a 4 años y el llenado con mayor rigor de los impresos de vacunación de los individuos y grupos vacunados.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Vírus da Influenza A , Influenza Humana/epidemiologia , Morbidade , Cobertura Vacinal , Vacinas contra Influenza/efeitos adversos , Estudos Ecológicos , Estudos Observacionais como Assunto , Estudos Retrospectivos
13.
Enferm. foco (Brasília) ; 2(2): 112-115, maio 2011.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028118

RESUMO

O estudo tem uma abordagem quantiqualitativa e foi realizado com 109 idosos residentes em Timon-MA. Objetivou-se conhecer a percepção do idoso acerca da vacina contra influenza, identificar a aceitação da vacina e descrever como interpretam informações da campanha de vacinação. Observou-se que a participação na campanha de 2008 está abaixo do preconizado pelo Ministério da Saúde e que, entre os que se vacinaram, a maioria sentiu-se satisfeita com os efeitos da vacina...


The study is based on a quanti-qualitative approach, and was conducted with 109 elderly residents in Timon-MA. It was intended to find out the perception of the elderly about the influenza vaccine, identify acceptance of the vaccine and to describe how to interpret information about the vaccination campaign. It was noticed that the participation in the campaign of 2008 didn’t have the effects that were expected by the Ministry of Health and that among the vaccinated ones, most felt satisfied with the effects of the vaccine...


El estudio posee abordaje cuanti-cualitativa y fue realizado con 109 ancianos residentes en Timon-MA. Tuvo como objetivos conocer la percepción del anciano acerca de la vacuna contra influenza; identificar aceptación de la vacuna y describir como interpretan informaciones de la Campaña de Vacunación. Se observó que la participación en la campaña de 2008 está abajo del preconizado por el Ministerio de Salud y que entre los que tomaron la vacuna, la mayoria se sentió satisfecha con los efectos de ella...


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Idoso , Idoso , Influenza Humana , Vacinas contra Influenza , Pesquisa em Enfermagem
14.
Rev. enferm. UFPE on line ; 3(3): 520-523, jul.-set. 2009. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032730

RESUMO

Objetivo: identificar a cobertura vacinal dos idosos que frequentaram um grupo de convivência, na Cidade de Taubaté-SP. Método: pesquisa exploratória, descritiva e quantitativa. A população de estudo incluiu todos os idosos quefrequentavam um grupo de convivência de um programa de extensão da Universidade de Taubaté-SP e que foramvacinados contra a gripe. Os dados foram coletados nos meses de junho e julho de 2007, por meio de um formulário. Osresultados foram analisados e discutidos de acordo com a literatura. Resultados: os idosos, em sua maioria, são do sexofeminino, casados e com idade entre 70 e 79 anos; a maioria já havia sido vacinada por quatro ou cinco anos seminterrupção, sem apresentar sintomas da gripe após receber a dose da vacina. A vacina foi citada como meio de prevençãoda gripe. Conclusão: a vacina é um meio eficaz para prevenir a gripe na população idosa. Vale salientar que é importanteo papel dos profissionais envolvidos com esse grupo de convivência na conscientização para a prevenção da gripe.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Idoso , Cobertura Vacinal , Influenza Humana , Vacinas contra Influenza , Epidemiologia , Pesquisa Qualitativa
15.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 1(2): 1811-1821, ago.-dez. 2009. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1029600

RESUMO

Conhecer a opinião dos idosos a respeito da vacina contra a gripe sazonal, identificando os mitos e crenças que envolvem a vacinação contra esta patologia. Método: Pesquisa descritiva, exploratória com abordagem qualitativa, realizada com sete idosos internados em um hospital de médio porte da região Sul do Rio Grande do Sul, entre os dias 22 e 26 de março de 2010. Os dados, obtidos através da entrevista semi-estruturada, foram avaliados a partir da pré-análise sendo definidas as unidades de registros e a classificação de temas. Resultados: Identificou-se que os mitos e crenças que induzem os idosos a não realizarem a vacina, muitas vezes, são influenciados por suas experiências e as do seu círculo de convivência. Conclusão: Destacou-se a necessidade de adoção de novas estratégias para a abordagem dos idosos frente à vacinação contra a gripe, as quais devem considerar o contexto cultural, visando à garantia de um cuidado transcultural.


Objective: To understand the opinion of the elderly about the vaccine against seasonal influenza, identifying the myths and beliefs that surround the vaccination against this disease. Method: Descriptive and exploratory research with qualitative approach, performed with seven hospitalized elderly in a medium-sized hospital in southern of Rio Grande do Sul, between 22 and 26 March 2010. The data, obtained through semi-structured interview, were evaluated from through semi-structured interviews were evaluated from pre-analysis being defined units of registration and classification of subjects. Results: Indicated that the myths and beliefs that lead the elderly to fail to make the vaccine, are often influenced by their experiences and their social circle. Conclusion: There was emphasis on the need to adopt new strategies for approaching with the elderly for influenza vaccination, which must consider the cultural context in order to ensure a transcultural care.


Conocer la opinión de los ancianos a respeto de la vacuna contra la gripe estacional, identificando los mitos y creencias que envuelven la vacunación contra esta patología. Metodo: Investigación descriptiva, exploratoria con abordaje cualitativa, realizada con siete ancianos internados en un hospital de mediano porte de la región Sur de Rio Grande do Sul, entre los días 22 y 26 de marzo de 2010. Los datos, obtenidos a través de la entrevista semiestructurada, fueron evaluados a partir de la pre-análisis siendo definidas las unidades de registros y la clasificación de temas. Resultados: Identificaron que los mitos y creencias que inducen los ancianos para que no realicen la vacuna, muchas veces, son influenciados por sus experiencias y las de su círculo de convivencia. Conclusión: De destacó la necesidad de adopción de nuevas estrategias para el abordaje de los ancianos frente a la vacunación contra la gripe, las cuales deben considerar el contexto cultural, visando garantir un cuidado transcultural.


Assuntos
Humanos , Idoso , Enfermagem , Influenza Humana , Saúde Pública , Saúde do Idoso , Vacinas contra Influenza
16.
Rev. latinoam. enferm ; 16(5): 832-837, Sept.-Oct. 2008. tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-498507

RESUMO

This ecological study was developed to evaluate the patterns in hospital morbidity due respiratory diseases among people over 60 years old residing in the State of Paraná, before and after the implementation of vaccination campaigns against influenza. The data about hospitalizations in the 1995-2005 period were obtained from the Hospital Information System and grouped according to health center macro-regions, month of occurrence, gender and age group. The data was submitted to Analysis of Variance and Tukey statistical tests, and showed a decreasing tendency in hospitalizations in both genders after the vaccinations started, with different levels among age groups, gender, months of the year and health center macro-regions. The risk for hospitalization was higher for males and for older patients, from June to October, and in macro-region number 3, followed by regions 4, 5, 6, 2 and 1.


Se trata de un estudio ecológico desarrollado con el objetivo de evaluar el comportamiento de la morbilidad hospitalaria relacionada a enfermedades respiratorias en mayores de 60 años, residentes en el Estado de Paraná, antes y después del inicio de las campañas de vacunación contra la influenza. Los datos referentes a las internaciones, ocurridas en el período de 1995 a 2005, fueron obtenidos del Sistema de Informaciones Hospitalarias y agrupados por macro regiones de salud, meses de ocurrencia, sexo e intervalos de edad. Los datos fueron sometidos a las pruebas estadísticas Análisis de Varianza y Tukey y demostraron una tendencia a disminuir las internaciones después del inicio de la vacunación en ambos sexos, con estándares diferentes entre los intervalos de edad, sexo, meses del año y macro regiones de salud. El riesgo de internación fue mayor en los hombres más ancianos, durante los meses de junio a octubre y en la macro región 3, seguida por la 4, 5, 6, 2 y 1.


Trata-se de estudo ecológico, desenvolvido com o objetivo de avaliar o comportamento da morbidade hospitalar por doenças respiratórias em maiores de 60 anos, residentes no Estado do Paraná, antes e após o início das campanhas de vacinação contra influenza. Os dados referentes às internações ocorridas no período de 1995 a 2005 foram obtidos do Sistema de Informações Hospitalares e agrupados por macrorregionais de saúde, meses de ocorrência, sexo e grupo etário. Os dados foram submetidos aos testes estatísticos Análise de Variância e Tukey e demonstraram tendência à queda das internações após início da vacinação em ambos os sexos, com padrões diferentes entre as faixas etárias, sexo, meses do ano e macrorregionais de saúde. O risco de internar foi maior entre os homens e entre os mais idosos, durante os meses de junho a outubro e na macrorregional 3, seguida pelas macrorregionais 4, 5, 6, 2 e 1.


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Hospitalização/estatística & dados numéricos , Vacinas contra Influenza/administração & dosagem , Vacinação/estatística & dados numéricos , Brasil/epidemiologia , Fatores de Tempo
17.
Rev. RENE ; 9(3): 52-61, jul.-set. 2008.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-520999

RESUMO

Objetivou-se investigar as principais causas de morbi-mortalidade em idosos no período 1998-2003 e comparar a incidência de infecções respiratórias em pessoas idosas durante o ano de 1998 com a incidência dessas afecções no período 1999-2003; investigar, dentre os idosos, qual a faixa etária e o sexo mais atingido pelas infecções respiratórias e descrever o impacto da vacinação pneumocócica na população desses idosos comparando a cobertura vacinal com o número de casos por infecçõesrespiratórias. Os dados foram coletados junto aos arquivos do SIM, do SIH e SIAB. Em 1998 prevaleceram os óbitos por infecções respiratórias e por causas mal definidas. No período 1999 a 2003 prevaleceu morbidade por gripe, pneumonia e bronquite. As campanhas anuais de vacinação impactaram prevenindo a morbi-mortalidade, mas a adesão vacinal decresceu anualmente. Sugere-se correção de erros de registro, maior investigação etiológica, maiores intervenções preventivas e educação em saúde pautada no contexto epidemiológico da saúde no município.


Assuntos
Humanos , Idoso , Doenças Respiratórias , Saúde do Idoso , Vacinas contra Influenza
18.
Rev. bras. enferm ; 60(4): 439-443, jul.-ago. 2007. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-467438

RESUMO

Este estudo objetiva levantar os conhecimentos, atitudes e práticas dos idosos de uma área do Programa de Saúde da Família (PSF) sobre a vacina contra influenza e identificar os motivos que levaram alguns a não se vacinarem. Consiste em um inquérito domiciliar, em uma área do PSF de Teresina, com 74 idosos a partir de 60 anos. Os resultados evidenciaram que não obstante 85,3 por cento tenham conhecimento inadequado sobre a vacina, 89,1 por cento são favoráveis. Os motivos mais freqüentes para a não vacinação foram doença e temor dos eventos adversos. Conclui-se que a atitude favorável a respeito da vacinação pode modificar a prática frente a ela, instaurando comportamento de autoproteção e maior adesão.


This objective study to raise the knowledge, practical and attitudes of the aged ones of an area of the Program of Health of Família (PSF) on the vaccine it counts influenza and to identify the reasons that had taken some not to be vaccined. It consists of a domiciliary inquiry, an area of the PSF of Teresina, with 74 aged ones from 60 years. The result had evidenced that even so 85.3 percent have inadequate knowledge on the vaccine, 89.1 percent is favorable. The reasons most frequent for the vaccination had not been illness and fear of the adverse events. It is concluded that the favorable attitude regarding the vaccination can modify the practical front it, restoring behavior of self-protection and greater adhesion.


Este estudio objetivo para levantar el conocimiento, práctico y actitudes envejecidos de un área del programa de la salud de Familia (PSF) en la vacuna cuenta gripe e identificar las razones que habían tomado alguno para no ser vaccined. Consiste en una investigación domiciliaria, un área del PSF de Teresina, con 74 envejeció unos a partir de 60 años. El resultado había evidenciado que sin embargo 85.3 por ciento tienen conocimiento inadecuado en la vacuna, 89.1 por ciento es favorable. Las razones más frecuentes para la vacunación no habían sido enfermedad y miedo de los acontecimientos adversos. Se concluye que la actitud favorable con respecto a la vacunación puede modificar el frente práctico él, restaurando el comportamiento de la uno mismo-protección y de la mayor adherencia.


Assuntos
Idoso , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Vacinas contra Influenza , Brasil , Vacinas contra Influenza/administração & dosagem , Vacinas contra Influenza/efeitos adversos , Fatores Socioeconômicos , Recusa do Paciente ao Tratamento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...