Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. enferm ; 67(6): 1008-1012, Nov-Dec/2014.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-732820

RESUMO

A melhoria da qualidade dos cuidados prestados à grávida e ao recém-nascido é uma das áreas de intervenção prioritária do Plano Nacional de Saúde. Embora se reconheça que as medidas introduzidas nos últimos anos têm contribuído para diminuir os valores da mortalidade materna e perinatal, é necessário referir, também, que continuam a ocorrer gravidezes não planeadas que, não raras vezes, resultam do início tardio, ou mesmo da ausência, da assistência pré-natal. Neste artigo, procuramos refletir sobre a assistência pré-natal no contexto de saúde reprodutiva, de forma a constituir um contributo para os enfermeiros que prestam uma assistência integral e humanizada às grávidas e às suas famílias. Concluímos que a assistência pré-natal engloba um conjunto de cuidados específicos dirigidos a um grupo vulnerável, constituindo uma área muito importante na avaliação dos cuidados de saúde primários.


The quality improvement of care provided to the pregnant women and newborn is one of the priority areas for intervention of the National Health Plan. While acknowledging that the measures introduced in recent years have contributed to lower the values of maternal and perinatal mortality, it should also be mentioned that unplanned pregnancies continue to occur, and that they often result in a delayed or absent prenatal surveillance. In this paper, we seek to reflect on the prenatal surveillance program under Primary Health Care relating to quality of health care provided in the context of reproductive health. We concluded that prenatal surveillance includes a set of specific care services targeted at a vulnerable group, constituting an important and susceptible area of evaluation in primary care.


Mejorar la calidad de la atención a embarazada y recién nacido es una de las áreas prioritarias de intervención del plan nacional de salud. Aunque se reconoce que las medidas adoptadas en los últimos años han contribuido a reducir los valores de la mortalidad materna y perinatal, es necesario mencionar, también, que embarazos no planificados siguen produciéndose a menudo resultado de la aparición, o incluso ausencia, de vigilancia prenatal. En este artículo, reflexionamos sobre el programa de vigilancia prenatal en el marco de la atención primaria de salud, vinculándola con la calidad de la atención de la salud en el contexto de la salud reproductiva. Concluimos que la vigilancia prenatal comprende un conjunto de cuidados específicos dirigidos a un grupo vulnerable, lo que constituye un área sensible y evaluación importante en atención primaria.


Assuntos
Animais , Ratos , Cisteína Endopeptidases/fisiologia , Grânulos Citoplasmáticos/ultraestrutura , Inibidores Enzimáticos/farmacologia , Leucina/análogos & derivados , Meninges/citologia , Células Cultivadas , Cisteína Endopeptidases/metabolismo , Leucina/farmacologia , Microscopia Eletrônica , Meninges/efeitos dos fármacos , Meninges/metabolismo , Ratos Endogâmicos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA