Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 32
Filtrar
1.
Rev. SOBECC ; 24(3): 139-145, jul-.set.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1021354

RESUMO

Objetivo: Descrever o perfil dos pacientes que desenvolveram mediastinite no pós-operatório de cirurgia cardíaca em um hospital de alta complexidade, analisando o desfecho, relacionado ao tempo de internação, à necessidade de reinternação, à antibioticoterapia instituída e a óbito. Método: Estudo transversal, com coleta de dados retrospectiva, por meio de consulta a 86 prontuários de pacientes que desenvolveram mediastinite no ano de 2015. Os dados foram coletados desde o pré-operatório até 90 dias após a alta hospitalar, o diagnóstico de mediastinite ou o óbito. Resultados: O diagnóstico de mediastinite ocorreu em 45,3% dos casos durante a internação e 54,7% após a alta hospitalar, dos quais 14,9% foram tratados ambulatorialmente e 85,1% necessitaram de reinternação. O tempo médio de internação foi de 31,8 dias. O tempo médio para o diagnóstico de mediastinite foi de 21,2 dias (desvio padrão ­ DP±11,48). O tratamento foi baseado principalmente em quinolonas (43%) e glicopeptídeos (39,5%). Conclusão: Considerando a frequência de identificação de casos após a alta hospitalar, a vigilância pós-alta de infecções do sítio cirúrgico entre pacientes submetidos a cirurgias cardíacas deve ser um objetivo compartilhado pela equipe multiprofissional.


Objectives: Describe the profile of patients who developed mediastinitis in the postoperative period of cardiac surgery in a hospital of high complexity, analyzing the outcome, related to the time of hospitalization, the need for reinternation, instituted antibiotic therapy and death. Method: Cross-sectional study, with retrospective data collection, through consultation with 86 medical records of patients who developed mediastinitis in the year 2015. Data were collected from the preoperative period up to 90 days after hospital discharge, the diagnosis of Mediastinitis or death. Results: The diagnosis of mediastinitis occurred in 45.3% of the cases during hospitalization and 54.7% after hospital discharge, of which 14.9% were treated ambulatory and 85.1% required reinternation. The mean hospitalization time was 31.8 days. The mean time for the diagnosis of Mediastinitis was 21.2 days (Standard deviation ­ SD ± 11,48). Treatment was mainly based on Quinolones (43%) and Glycopeptides (39.5%). Conclusion: Considering the frequency of identification of cases after hospital discharge, postoperative surveillance of surgical site infections among patients submitted to cardiac surgeries should be an objective shared by the multiprofessional team.


Objetivos: Describir el perfil de los pacientes que desarrollaron mediastinitis en el postoperatorio de cirugía cardíaca en un hospital de alta complejidad, analizando el resultado, relacionado con el tiempo de internación, la necesidad de reinternación, antibioticoterapia instituida y la muerte. Método: Estudio transversal, con recolección de datos retrospectiva, por medio de consulta a 86 historiales de pacientes que desarrollaron mediastinitis en el año 2015. Los datos fueron recogidos desde el preoperatorio, hasta 90 días después del alta hospitalaria, el diagnóstico de mediastinitis o el óbito. Resultados: El diagnóstico de mediastinitis ocurrió en 45,3% de los casos durante la internación y 54,7% después de alta hospitalaria, de los cuales, 14,9% fueron tratados ambulatorialmente y 85,1% necesitaron reinternación. El tiempo medio de internación fue de 31,8 días. El tiempo medio para el diagnóstico de mediastinitis fue de 21,2 días (desviación estándar ­ DP 11,48). El tratamiento se basó principalmente en quinolonas (43%) y glicopéptidos (39,5%). Conclusión: Considerando la frecuencia de identificación de casos tras el alta hospitalaria, la vigilancia postalta de infecciones del sitio quirúrgico entre pacientes sometidos a cirugías cardíacas debe ser un objetivo compartido por el equipo multiprofesional.


Assuntos
Humanos , Infecção da Ferida Cirúrgica , Cirurgia Torácica , Mediastinite , Staphylococcus , Klebsiella pneumoniae , Antibacterianos
2.
Rev. SOBECC ; 24(3): 154-160, jul-.set.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1021358

RESUMO

Objetivo: Analisar como a literatura científica descreve o enfermeiro, bem como seu papel no Programa de Gerenciamento do Uso de Antimicrobianos (PGUA). Método: Revisão integrativa da literatura, realizada mediante consulta às bases de dados Scientific Electronic Library Online (SciELO), Literatura Latino-americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE). Resultados: Foram incluídos seis artigos que atenderam os critérios de inclusão previamente estabelecidos. Todos foram publicados na língua inglesa e divulgados na base de dados eletrônica MEDLINE. A metade dos artigos foi publicada em revistas científicas que tiveram fator de impacto avaliado acima de 2,0, destacando os periódicos Clinical Infectious Diseases (8,216), BMC Medical Informatics and Decision Making (2,288) e American Journal of Infection Control (2,209). Quanto aos temas abordados, todos os artigos reconheceram o enfermeiro como peça fundamental no PGUA. Conclusão: Embora os estudos na literatura sejam limitados, foi possível concluir que a participação do enfermeiro promove otimização terapêutica e uso racional dos antibióticos, contribuindo para redução da resistência antimicrobiana.


Objective: To analyze how scientific literature describes the nurse, as well as his/her role in the Antimicrobial Stewardship (AMS). Method: Integrative literature review, carried out by consulting the Scientific Electronic Library Online (SciELO), Latin American & Caribbean Health Sciences Literature (LILACS), and MEDical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) databases. Results: We included six articles that met the previously established inclusion criteria. They were published in English and disclosed in the MEDLINE electronic database. Half of the articles were published in scientific journals that had an impact factor evaluated above 2.0. The journals Clinical Infectious Diseases (8.216), BMC Medical Informatics and Decision Making (2.288), and American Journal of Infection Control (2.209) were highlights. Regarding the addressed themes, all the articles recognized the nurse as a key element in the AMS. Conclusion: Even though the studies in the literature are limited, we concluded that the participation of nurses promotes therapeutic optimization and rational use of antibiotics, contributing to the reduction of antimicrobial resistance.


Objetivo: Analizar cómo la literatura científica describe el enfermero, así como su papel en el Programa de Gestión del Uso de Antimicrobianos (PGUA). Método: Revisión integrativa de la literatura, realizada mediante consulta a las bases de datos Scientific Electronic Library Online (SciELO), Literatura Latinoamericana y del Caribe en Ciencias de la Salud (LILACS) y Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE). Resultados: Fueron incluidos seis artículos que atendieron a los criterios de inclusión previamente establecidos. Todos fueron publicados en el idioma inglés y divulgados en la base de datos electrónica MEDLINE. Mitad de los artículos fue publicada en revistas científicas que tuvieron factor de impacto evaluado arriba de 2,0, destacando los periódicos Clinical Infectious Diseases (8,216), BMC Medical Informatics and Decision Making (2,288) y American Journal of Infection Control (2,209). Con relación a los temas abordados, todos los artículos reconocieron al enfermero como pieza fundamental en el PGUA. Conclusión: Aunque los estudios en la literatura sean limitados, fue posible concluir que la participación del enfermero promueve optimización terapéutica y uso racional de los antibióticos, contribuyendo para la reducción de la resistencia antimicrobiana.


Assuntos
Humanos , Anti-Infecciosos , Antibacterianos , Enfermeiras e Enfermeiros , Enfermagem , Tratamento Farmacológico , Administração Hospitalar
3.
Rev Rene (Online) ; 19: e3322, jan. - dez. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-883220

RESUMO

Objetivo: identificar as interações medicamentosas induzidas pelo aprazamento e os erros no preparo de antibacterianos administrados. Métodos: estudo observacional e transversal, realizado em clínicas médicas de hospital da rede sentinela. A coleta de dados ocorreu por meio da observação das prescrições e do preparo de 265 doses de antibacterianos com a utilização de um check-list. Resultados: prevaleceu a administração da Piperaciclina e Tazobactan, com 51 doses. O aprazamento de horário dos antibacterianos com outro medicamento ocorreu prevalentemente no período matutino, destacando-se interações com anticoagulantes injetáveis e entre antimicrobianos de classes diferentes, e se associou com a não disponibilização no setor de orientações impressas acerca dos cuidados com a administração do medicamento (p=0,003). O principal erro encontrado foi o de dose (32,5%). Conclusão: o aprazamento de antibacterianos em setor de clínica médica pode potencializar possíveis interações medicamentosas e os erros de dose são identificados na administração dos medicamentos. (AU)


Assuntos
Antibacterianos , Interações Medicamentosas , Unidades Hospitalares , Enfermagem Médico-Cirúrgica , Erros de Medicação
4.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 51: e03234, 2017. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-842716

RESUMO

Abstract OBJECTIVE Quantifying residual volume contained in vials of antibiotics used in pediatrics. METHOD This is an experiment involving samples from vials of antibiotics used in a pediatric hospital. Residual volume was identified by calculating the difference in weight measurement before and after the vials were washed. Evaluation of the residual volume difference in the vials was determined by the Wilcoxon non-parametric test for a sample and established at a significance level of 5%. RESULTS 105 samples of antibiotics were selected. The correct use of the antibiotics oxacillin (88.57%) and ceftriaxone (94.28%) predominated with low residual values. The same did not occur for procaine benzylpenicillin + potassium benzylpenicillin, since a greater residual volume was discarded in 74.28% of the vials. CONCLUSION We highlight the need for improvements in managing antibiotics in the institution under study, so that the excess volume of the antibiotics in the vials is used within the acceptable stable time. It is also necessary that the disposal of the residual volume be adequately disposed, since it presents a risk to public health and the environment.


Resumen OBJETIVO Cuantificar el volumen residual contenido en frascos-ampolla de antibióticos utilizados en pediatría. MÉTODO Se trata de un experimento con muestras de frascos-ampolla de antibióticos utilizados en hospital pediátrico. El volumen residual fue identificado calculándose la diferencia de la verificación del peso antes y después del lavado del frasco-ampolla. La evaluación de la diferencia de los volúmenes residuales en los frascos-ampolla fue determinada por la prueba no paramétrica de Wilcoxon para una muestra y establecido el nivel de significación del 5%. RESULTADOS Fueron seleccionadas 105 muestras de antibióticos. Predominó el correcto aprovechamiento de los antibióticos oxacilina (88,57%) y ceftriaxona (94,28%), con bajos valores residuales. Lo mismo no ocurrió con la bencilpenicilina procaína + potásica, pues en el 74,28% de los frascos hubo descarte de volumen residual superior. CONCLUSIÓN Se destaca la necesidad de mejorías en la gestión de los antibióticos en la institución en estudio, a fin de que el volumen excedente del antibiótico en frasco-ampolla se aproveche hasta el tiempo de estabilidad permitido, así como es necesario que haya la adecuación de la manera de descarte del volumen residual, que presenta riesgo a la salud pública y al medio ambiente.


Resumo OBJETIVO Quantificar o volume residual contido em frascos-ampola de antibióticos utilizados na pediatria. MÉTODO Trata-se de um experimento com amostras de frascos-ampola de antibióticos utilizados em hospital pediátrico. O volume residual foi identificado calculando-se a diferença da aferição do peso antes e após a lavagem do frasco-ampola. A avaliação da diferença dos volumes residuais nos frascos-ampola foi determinada pelo teste não paramétrico de Wilcoxon para uma amostra e estabelecido o nível de significância de 5%. RESULTADOS Foram selecionadas 105 amostras de antibióticos. Predominou o correto aproveitamento dos antibióticos oxacilina (88,57%) e ceftriaxona (94,28%), com baixos valores residuais. O mesmo não ocorreu com a benzilpenicilina procaína + potássica, pois em 74,28% dos frascos houve descarte de volume residual superior. CONCLUSÃO Destaca-se a necessidade de melhorias na gestão dos antibióticos na instituição em estudo, para que o volume excedente do antibiótico em frasco-ampola seja aproveitado até o tempo de estabilidade permitido, assim como é necessário que haja a adequação da forma de descarte do volume residual, que apresenta risco à saúde pública e ao meio ambiente.


Assuntos
Volume Residual , Antibacterianos , Oxacilina , Enfermagem Pediátrica , Penicilina G , Penicilina G Procaína , Ceftriaxona , Estudos Transversais , Gestão de Antimicrobianos , Infusões Parenterais
5.
Rev. gaúch. enferm ; 38(1): e65111, 2017. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-845223

RESUMO

RESUMO Objetivo Determinar a prevalência e os fatores associados à automedicação entre estudantes de enfermagem. Método Estudo transversal realizado com 116 estudantes de enfermagem de uma universidade pública do Estado do Amazonas – Brasil, no período de março a abril de 2014. Utilizou-se questionário constituído por variáveis socioeconômicas e de consumo de medicamentos. Foi realizada a análise bivariada e a regressão logística – nível de significância de 5%. Resultados A prevalência de automedicação foi de 76,0%, motivada especialmente pela percepção de que o problema de saúde não requeria visita ao médico (46,6%). Metade dos estudantes relataram queixas álgicas. Os grupos farmacológicos mais consumidos foram anti-inflamatórios não esteroides (63,2%) e antibióticos (11,1%). O desconhecimento das implicações negativas da prática da automedicação foi associado à automedicação (OR=6,0). Conclusão A alta prevalência de automedicação, além de poder levar a reações adversas retrata também o uso irracional de medicamentos pelos estudantes, especialmente, quando considerado o papel destes futuros profissionais na segurança do paciente.


RESUMEN Objetivo Determinar la prevalencia y los factores asociados con la automedicación entre estudiantes de enfermería. Métodos Estudio transversal con 116 estudiantes de enfermería de una universidad pública en Amazonas - Brasil, en el período de marzo y abril del 2014. Se utilizó un cuestionario que consta de los niveles socioeconómicos y el consumo de drogas. Se realizó un análisis bivariante y regresión logística -nivel de significación del 5%. Resultados La prevalencia de la automedicación fue de un 76,0%, motivada especialmente por la constatación de que el problema de salud requiere no visitar al médico (46,6%). La mitad de los estudiantes reportaron quejas de dolor. Los grupos de fármacos más consumidos fueron los antiinflamatorios no esteroide (63,2%) y antibióticos (11,1%). Ignorar las implicaciones negativas de la práctica de la automedicación se asoció con la automedicación (OR = 6,0). Conclusión La alta prevalencia de la automedicación, pueden dar lugar a reacciones adversas, retrata el uso irracional de los medicamentos por los estudiantes, especialmente teniendo en cuenta el papel de estos futuros profesionales de la seguridad del paciente.


ABSTRACT Objective To determine the prevalence of self-medication and associated factors among nursing students. Method This is a cross-sectional study with 116 nursing students from the public university in the state of Amazonas, Brazil, from March to April 2014. Data were collected using a questionnaire with socioeconomic and medicine use variables. The data were subjected to bivariate analysis and logistic regression at a significance level of 5%. Results The prevalence of self-medication was 76.0%, chiefly motivated by the belief that the health condition did not require a medical appointment (46.6%). Half of the students reported pain-related complaints. The most commonly used pharmacological groups were non-steroidal anti-inflammatory drugs (63.2%) and antibiotics (11.1%). Lack of awareness of the negative implications of self-medication was associated with self-medication (OR = 6.0). Conclusion The high prevalence of self-medication that may lead to adverse reactions reveals the students’ irrational use of medicines, especially considering the role of these future professionals in patient safety.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Automedicação/estatística & dados numéricos , Automedicação/efeitos adversos , Fatores Socioeconômicos , Estudantes de Enfermagem/estatística & dados numéricos , Vitaminas/uso terapêutico , Produtos Biológicos/uso terapêutico , Brasil , Anti-Inflamatórios não Esteroides/uso terapêutico , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários , Anticoncepcionais/uso terapêutico , Uso de Medicamentos , Medicamentos sem Prescrição/uso terapêutico , Antagonistas dos Receptores Histamínicos/uso terapêutico , Antibacterianos/uso terapêutico
6.
CuidArte, Enferm ; 11(1): 105-113, jan.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1027737

RESUMO

Introdução: Diversos benefícios foram obtidos desde a era dos antibióticos, porém seu uso indiscriminado levou a um grave problemade saúde pública: a resistência bacteriana frente aos fármacos. Objetivo: Demonstrar os diversos mecanismos de defesa bacteriana e,consequentemente, a resistência adquirida com o uso indiscriminado dos antibióticos. Material e Método: Estudo de revisão, com baseem material publicado nos últimos 16 anos, quanto aos mecanismos de resistência bacteriana, levantado nas bases de dados PubMed,LILACS, MEDLINE e SciELO. Resultados: As bactérias possuem naturalmente estruturas de defesa em sua parede celular, como asporinas e as bombas de efl uxo, mas ao longo do tempo, diante da exposição aos antibióticos, as bactérias desenvolveram mecanismosde resistência contra os fármacos, pela recombinação genética, podendo ocorrer através da transdução, transformação, conjugação outransposição. Fatores como erros nas indicações médicas, automedicação por parte da população e uma fi scalização inefi caz na vendados antimicrobianos, em farmácias e drogarias, onde se concentram estes medicamentos, colaboram para a multirresistência bacteriana.Também, novos antibióticos entram de forma lenta no mercado, um fator determinante para as indústrias farmacêuticas que têm baixoretorno fi nanceiro quando comparado ao alto custo para as pesquisas, extração e introdução destes novos medicamentos no mercado.Conclusão: É necessário orientar e esclarecer, tanto profi ssionais da saúde como a população, sobre a resistência bacteriana, assim comoa indicação e utilização correta e efi caz dos antibióticos contra as doenças infecciosas.


Introduction: Several benefi ts have been gained since the antibiotic era, but their indiscriminate use led to a serious public healthproblem: bacterial resistance to drugs. Objective: To demonstrate the diverse mechanisms of bacterial defense and, consequently, theresistance acquired with the indiscriminate antibiotics use. Material and Method: It was a review study, based on studies published inthe last 16 years, regarding the mechanisms of bacterial resistance, collected in PubMed, LILACS, MEDLINE and SciELO databases.Results: Bacteria naturally have defense structures in their cell wall, such as porins and effl ux pumps, but over time, due to exposureto antibiotics, bacteria have developed mechanisms of resistance against drugs by genetic recombination, which may occur throughtransduction, transformation, conjugation or transposition. Factors such as errors in medical indications, self-medication by the populationand an ineffi cient inspection of antimicrobials sale in pharmacies and drugstores where these drugs are concentrated contribute tobacterial multiresistance. Also, new antibiotics slowly enter the market, a determining factor for the pharmaceutical industries that havelow fi nancial returns when compared to the high cost for the research, extraction and introduction of these new drugs in the market.Conclusion: It is necessary to guide and clarify, both health professionals and the population, about bacterial resistance, as well as acorrect indication and effective use of antibiotics against infectious diseases.


Introducción: Diversos benefi cios se obtuvieron desde la era de los antibióticos, pero su uso indiscriminado llevó a un grave problemade salud pública: la resistencia bacteriana frente a los fármacos. Objetivo: Demostrar los diversos mecanismos de defensa bacteriana y,consecuentemente, la resistencia adquirida con el uso indiscriminado de los antibióticos. Material y método: Estudio de revisión, basadoen material publicado en los últimos 16 años, en cuanto a los mecanismos de resistencia bacteriana, levantado en las bases de datosPubMed, LILACS, MEDLINE y SciELO. Resultados: Las bacterias tienen naturalmente estructuras de defensa en su pared celular, como lasporinas y las bombas de efl ujo, pero a lo largo del tiempo, ante la exposición a los antibióticos, las bacterias desarrollaron mecanismos deresistencia contra los fármacos, por la recombinación genética, pudiendo ocurrir a través de la transducción, transformación, conjugacióno transposición. Factores como errores en las indicaciones médicas, automedicación por parte de la población y una fi scalización inefi caz enla venta de los antimicrobianos, en farmacias y droguerías, donde se concentran estos medicamentos, colaboran para la multirresistenciabacteriana. También, nuevos antibióticos entran de forma lenta en el mercado, un factor determinante para las industrias farmacéuticasque tienen bajo retorno fi nanciero cuando comparado al alto costo para las investigaciones, extracción e introducción de estos nuevosmedicamentos en el mercado. Conclusión: Es necesario orientar y aclarar, tanto profesionales de la salud como la población, sobre laresistencia bacteriana, así como la indicación y utilización correcta y efi caz de los antibióticos contra las enfermedades infecciosas.


Assuntos
Humanos , Antibacterianos , Farmacorresistência Bacteriana , Infecções Bacterianas
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(9): 3190-3196, set. 2016. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031756

RESUMO

Objetivo: identificar o perfil epidemiológico de pacientes sépticos que evoluíram com lesão renal aguda.Método: estudo observacional, longitudinal, com abordagem quantitativa, realizado na unidade de terapiaintensiva geral de um hospital da rede pública do Distrito Federal (DF). A coleta de dados ocorreu por meio deum questionário, com consulta em registros no prontuário eletrônico dos pacientes. Para análise estatística,foram calculadas a média e o desvio padrão ou frequência absoluta e relativa das variáveis. Aplicou-se o testeExato de Fisher e Mann Whitney para variáveis não paramétricas e considerou-se significativo o resultado comp < 0,05. Resultados: observou-se uma distribuição predominantemente feminina, idade média de 55 anos eíndice APACHE médio de 21,2. 38,9% dos pacientes sépticos evoluíram com risco e o mesmo percentual comlesão renal. Conclusão: a maior parte dos pacientes sépticos foram estadiados com risco para lesão renal elesão renal propriamente dita, de acordo com a classificação RIFLE.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adulto , Lesão Renal Aguda , Pacientes Internados , Sepse/epidemiologia , Unidades de Terapia Intensiva , Antibacterianos , Lesão Renal Aguda/diagnóstico
8.
Av. enferm ; 33(3): 352-361, set.-dic. 2015. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: lil-769051

RESUMO

Introdução: Os custos relacionados ao tratamento antimicrobiano de pacientes com infecções da corrente sanguínea causadas por microrganismos resistentes têm sido pouco explorados. Objetivo: Comparar os custos diretos do tratamento antimicrobiano de pacientes com infecção da corrente sanguínea causada por Staphylococcus aureus resistente e sensível à oxacilina (MRSA e MSSA, respectivamente). Metodologia: Tratou-se de uma coorte histórica, realizada em uma unidade de terapia intensiva. Foram incluídos pacientes com infecção da corrente sanguínea por Staphylococcus aureus, entre março de 2007 e março de 2011. Utilizaram-se os registros dos prontuários, da comissão de controle de infecção hospitalar e do sistema de finanças do hospital, sendo realizada análise univariada. Resultados: Fizeram parte do estudo 31 pacientes tanto no grupo infectado por MRSA, quanto naquele infectado por MSSA. De acordo com a análise univariada, o direcionamento do tratamento reduziu o espectro de ação dos antibióticos utilizados e os custos (p < 0,001) e a resistência bacteriana esteve relacionada a um maior gasto com o tratamento antimicrobiano empírico (p = 0,05), não sendo encontrada associação para tratamentos direcionado e total. Conclusão: A resistência bacteriana pode influenciar os custos com tratamento antimicrobiano, sendo necessários mais estudos sobre o tema, avaliando especificamente tratamento antimicrobiano.


Introducción: Los costos relacionados con el tratamiento antimicrobiano de los pacientes con infecciones del torrente sanguíneo causados por microorganismos resistentes han sido poco explorados. Objetivo: Comparar los costos directos del tratamiento antimicrobiano de los pacientes con infección del torrente sanguíneo causada por Staphylococcus aureus resistente y sensible a la oxacilina (MSSA y MRSA, respectivamente). Metodología: Se realizó un estudio de cohorte histórico en una Unidad de Cuidados Intensivos. Se incluyeron los pacientes con infección del torrente sanguíneo por Staphylococcus aureus, entre marzo del 2007 y marzo del 2011. Se utilizó la historia clínica, la comisión de control de la infección hospitalaria, las finanzas del sistema de hospital y se realizó un análisis univariado. Resultados: El estudio investigó 31 pacientes en ambos grupos (MRSA y MSSA). Según el análisis univariado, el direccionamiento del tratamiento redujo el espectro de acción de los antibióticos y los costos (p < 0,001), la resistencia bacteriana se relacionó con un mayor gasto en el tratamiento antimicrobiano empírico (p = 0,05) y no se encontró ninguna asociación para tratamientos en total o direccionados. Conclusión: La resistencia bacteriana puede influir en el costo del tratamiento antimicrobiano, por lo que se necesita más investigación sobre el tema, específicamente, en la evaluación del tratamiento antimicrobiano.


Introduction: Costs related to antimicrobial treatment of patients with bloodstream infections caused by resistant microorganisms have been little explored. Objective: Compare the cost of treatment in patients with oxacillin-resistant Staphylococcus aureus (MRSA) and oxacillin-susceptible Staphylococcus aureus (MSSA) bloodstream infection (BSI). Methodology: It is a historic cohort study performed in an intensive care unit with patients with Staphylococcus aureus bsi between March/2007 and March/2011. Patients’ medical records, records of the hospital infection control committee and of the hospital financial system were used. Univariate analysis were performed. Results: 31 patients with MRSA and MSSA infection took part in the study. According to the univariate analysis, directed therapy lowered the spectrum of antibiotics activity and the costs (p = 0,000), bacterial resistance was linked to a bigger expenditure in empiric antimicrobial therapy (p = 0,013), not being found any association for directed or total therapy. Conclusion: Bacterial resistance may influence the costs of antimicrobial therapy. More studies are needed, specifically, evaluating antibacterial therapy.


Assuntos
Humanos , Staphylococcus aureus , Infecções Bacterianas , Resistência a Medicamentos , Enfermagem , Controle de Infecções , Custos de Medicamentos , Pesquisa , Custos e Análise de Custo , Antibacterianos
9.
rev. cuid. (Bucaramanga. 2010) ; 5(2): 757-764, july.-dic. 2014. ilus, graf, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-790063

RESUMO

Introdução: A resistência bacteriana tem como consequências, o aumento da morbidade, mortalidade e da internação hospitalar, o prolongamento das doenças, a perda da produtividade, o aumento dos custos e maior risco de complicações. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem qualitativa, na perspectiva de uma revisão integrativa da literatura, realizada em janeiro de 2014. Resultados e Discussão: Foram selecionados oito artigos que relatavam estratégias de prevenção da resistência bacteriana em um recorte temporal de 2008 a 2014. O uso racional de antimicrobianos, a higienização adequada das mãos, a cultura de vigilância microbiológica, a educação continuada, a desinfecção de superfícies, uso de testes de suscetibilidade, o isolamento de contato, quando indicado e a manutenção de um banco de dados, são alguns dos métodos encontrados neste trabalho para prevenir a seleção de micro-organismos resistentes. Conclusões: A diminuição do lançamento de novos antimicrobianos pela indústria farmacêutica e a necessidade de novos antibióticos reforça ainda mais a importância da conscientização de toda a equipe multidisciplinar no processo de prevenção de resistência antimicrobiana.


Introducción: La resistencia bacteriana tiene como consecuencias, el aumento de morbilidad, mortalidad y de hospitalización, prolongación de enfermedades, pérdida de productividad, aumento de los costos y mayor riesgo de complicaciones. Materiales y Métodos: Este es un estudio descriptivo con un enfoque cualitativo, en la perspectiva de una revisión integradora de la literatura, realizada en enero del 2014. Resultados y Discusión: Fueron seleccionados ocho artículos que reportan estrategias de prevención de la resistencia bacteriana en un periodo de tiempo del 2008 a 2014. El uso racional de antimicrobianos, la higiene adecuada de las manos, la cultura de vigilancia microbiológica, la educación continuada, la desinfección de superficies, el uso de pruebas de susceptibilidad, aislamiento del contacto, cuando esté indicado y el mantenimiento de una base de datos, son algunos de los métodos encontrados en este trabajo para evitar la selección de microorganismos resistentes. Conclusiones: La disminución en la liberación de nuevos antimicrobianos por la industria farmacéutica y la necesidad de nuevos antibióticos refuerza la importancia de la concientización de todo el equipo multidisciplinario en el proceso de prevención de la resistencia antimicrobiana.


Introduction: Bacterial resistance has as consequences, increased morbidity, mortality and hospitalization, the prolongation of disease, loss of productivity, increased costs and greater risk of complications. Material and Methods: This is a descriptive study with a qualitative approach, from the perspective of a integrative review of literature, held in January 2014. Results and discussion: Were selected eight articles that reported bacterial resistance prevention strategies in a timeframe of 2008 to 2014. The rational use of antimicrobials, proper hand hygiene, microbiological surveillance culture, continuing education, disinfection of surfaces, use of susceptibility tests, contact isolation, when indicated and the maintenance of a database, are some of the methods found in this work to prevent the selection of resistant microorganisms. Conclusions: the decrease in the release of new antimicrobials by the pharmaceutical industry and the need for new antibiotics further strengthens the importance of the awareness of the entire multidisciplinary team in the process of prevention of antimicrobial resistance.


Assuntos
Humanos , Estratégias , Farmacorresistência Bacteriana , Fenômenos Fisiológicos Bacterianos/imunologia , Programa de Controle de Infecção Hospitalar , Resistência à Doença/imunologia , Saúde Pública , Segurança do Paciente , Antibacterianos , Epidemiologia Descritiva , Literatura de Revisão como Assunto , Serviços de Saúde
10.
Rev. SOBECC ; 18(2): 45-56, abr.-jun. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-685011

RESUMO

O controle da infecção do sítio cirúrgico em cirurgias ortopédicas é relevante devido à exposição óssea. Foi realizado um estudo exploratório e prospectivo que objetivou verificar a incidência de material particulado, microbiota aérea e perfil de resistência de Staphylococcus aureus em suspensão durante o intraoperatório de cirurgias ortopédicas em um hospital de médio porte, situado no interior de São Paulo. Identificou-se a presença de Staphylococcus aureus, Staphylococcus spp e Shigella spp em 25%, 75% e 25% das amostras, respectivamente...


Assuntos
Antibacterianos , Infecção da Ferida Cirúrgica/prevenção & controle , Material Particulado , Ortopedia/estatística & dados numéricos , Shigella , Staphylococcus aureus
11.
Acta paul. enferm ; 26(1): 57-62, 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-670268

RESUMO

OBJETIVO: Caracterizar a toxicidade da polimixina B (PmxB) em células renais em dosagem e tempos diferentes. MÉTODOS: Células LLC-PK1, cultivadas em placas multiwell de 12 poços, foram divididas nos seguintes grupos: Controle (CTL) - células mantidas em meio DMEM suplementado a 5%; G1 - células expostas à concentração de 75mM de PmxB; G2 - células expostas à concentração de 375mM de PmxB. Cada grupo foi avaliado nos tempos de 24, 48 e 72 horas quanto à viabilidade celular (Acridine Orange/Brometo de Etídio) e apoptose (Hoechst 33342). RESULTADOS: Os dados demonstraram a viabilidade celular e a apoptose à exposição de três doses de PmxB em três intervalos de tempo, com um aumento significativo da toxicidade à elevação das doses e ao maior tempo de permanência no antibiótico para apoptose. CONCLUSÃO: A citotoxicidade pela PmxB, no modelo de cultivo celular, se mostrou tempo e dose dependente, aumentando com a maior exposição e maior dose de antibiótico.


OBJECTIVE: To characterize the toxicity of polymyxin B (PmxB) in renal cell in different dosage and times. METHODS: LLC-PK1 cells grown in 12 well multiwell plates were divided into the following groups: Control (CTL) - cells maintained in DMEM supplemented with 5%; G1 - cells exposed to concentration of 75µM PmxB G2 - cells exposed to concentration of 375µM PmxB. Each group was assessed at 24,48 and 72 hours as for cell viability (Acridine orange/ethidium bromide) and apoptosis (Hoechst 33342). RESULTS: The data demonstrate the cell viability and apoptosis exposure of three doses of PmxB in three time intervals, with a significant increase in toxicity to high doses and longer duration of stay in the antibiotic to apoptosis. CONCLUSION: Cytotoxicity by PmxB in cell culture model, showed to be time and dose dependent, increasing with increased exposure and higher dose of antibiotic.


Assuntos
Antibacterianos/administração & dosagem , Antibacterianos/toxicidade , Apoptose , Células LLC-PK1 , Técnicas In Vitro , Polimixina B/administração & dosagem , Polimixina B/toxicidade , Sobrevivência Celular , Estudos de Avaliação como Assunto
12.
Acta paul. enferm ; 25(5): 817-822, 2012. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-653419

RESUMO

OBJETIVO: Caracterizar os artigos científicos relacionados ao uso de antibióticos por via subcutânea em pacientes com difícil acesso venoso em cuidados paliativos quanto à tolerância local e eficácia terapêutica. MÉTODOS: Revisão integrativa da literatura realizada nas bases de dados LILACS, CINAHL, PUBMED, EMBASE e Biblioteca Cochrane, utilizando-se como referencial teórico a Prática Baseada em Evidências. RESULTADOS: 17 artigos foram selecionados com dez antibióticos diferentes, sendo o Ceftriaxona, o antibiótico mais estudado. Constatou-se a eficácia terapêutica com base nos parâmetros farmacocinéticos e clínicos. A tolerância local esteve associada à maior diluição dos antibióticos. Com administração de aminoglicosídeos, observaram-se lesões graves e necrose tecidual. A baixa tolerância reforça a restrição de uso apenas para essa classe de antibióticos. CONCLUSÃO: As previsões de eficácia terapêutica e a boa tolerância sugerem uma possibilidade a ser considerada quando se deseja uma via de administração parenteral alternativa, porém recomenda-se cautela, visto que nenhum dos estudos avaliou pacientes em cuidados paliativos.


OBJECTIVE: To characterize scientific articles related to the use of antibiotics by the subcutaneous route in patients with difficult venous access in palliative care, regarding local tolerance and therapeutic efficacy. METHODS: Integrative literature review conducted in the databases of LILACS, CINAHL, PubMED, EMBASE and the Cochrane Library, using Evidence-Based Practice as a theoretical framework. RESULTS: Seventeen articles were selected with ten different antibiotics, with ceftriaxone being the most studied antibiotic. Therapeutic efficacy was observed based on pharmacokinetic and clinical parameters. The local tolerance was associated with greater dilution of antibiotics. With administration of aminoglycosides, serious injuries and tissue necrosis were observed. A low tolerance reinforced the restriction of use only to this class of antibiotics. CONCLUSION: The predictions of therapeutic efficacy and good tolerance suggest a possibility to be considered when there is need of an alternative parenteral route of administration, but caution is advised, since none of the studies evaluated patients in palliative care.


OBJETIVO: Caracterizar los artículos científicos relacionados al uso de antibióticos por vía subcutánea en pacientes con difícil acceso venoso en cuidados paliativos en cuanto a la tolerancia local y eficacia terapéutica. MÉTODOS: Revisión integrativa de la literatura realizada en las bases de datos LILACS, CINAHL, PUBMED, EMBASE y Biblioteca Cochrane, utilizándose como referencial teórico la Práctica Basada en Evidencias. RESULTADOS: Fueron seleccionados 17 artículos con diez antibióticos diferentes, siendo la Ceftriaxona, el antibiótico más estudiado. Se constato la eficacia terapéutica con base en los parámetros farmacocinéticos y clínicos. La tolerancia local estuvo asociada a la mayor dilución de los antibióticos. Con administración de aminoglicosídeos, se observaron lesiones graves y necrosis tecidual. La baja tolerancia refuerza la restricción de uso apenas para esa clase de antibióticos. CONCLUSIÓN: Las previsiones de eficacia terapéutica y la buena tolerancia sugieren una posibilidad a ser considerada cuando se desea una vía de administración parenteral alternativa, sin embargo se recomienda cautela, puesto que ninguno de los estudios evaluó a pacientes en cuidados paliativos.


Assuntos
Antibacterianos/administração & dosagem , Enfermagem Baseada em Evidências , Prática Clínica Baseada em Evidências , Cuidados Paliativos , Resultado do Tratamento , Bases de Dados Bibliográficas , Injeções Subcutâneas
13.
Rev. enferm. UERJ ; 18(2): 304-310, abr.-jun. 2010.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-561997

RESUMO

Este artigo trata da interação entre fármacos e nutrição enteral quando ambos são administrados por sondas. O objetivo foi identificar publicações sobre o tema. A metodologia foi uma revisão em quatro bases eletrônicas compreendendo o período de 1997 a 2007. Foram encontrados 62 artigos e selecionados sete, mostrando que as classes farmacológicas dos antiepiléticos, antibióticos e anticoagulantes apresentaram maiores índices de interação. A classe com maior risco de interagir com a nutrição enteral foi a dos antiepiléticos. Entre os antibióticos, somente o ciprofloxacino teve decréscimos significativos nos níveis séricos e a warfarina, único anticoagulante mencionado, apresentou interação com a nutrição enteral. Na conclusão, destaca-se a importância de iniciativas, como o hábito de lavar a sonda e interromper a dieta para prevenir e monitorar possíveis interações entre fármacos e nutrição enteral.


This article is about the interaction between pharmaceuticals and enteral nutrition when both are dispensed by probe used for nutrition support. It aimed at identifying the available publications on the subject. Methodology resorted to bibliographic review in four databases comprehending the span between 1997 and 2007. Sixty-two articles were found and seven were selected as showing that the pharmacological classes of the antiepileptic drugs, antibiotics, and anticoagulants presented higher interaction index. Antiepileptic drugs were found to be those with highest risk of interaction with enteral nutrition. Among the antibiotics, only the ciprofloxacin had significant decreases on serum levels and Warfarin, the only anticoagulant mentioned, also presented interaction risk. Conclusions show the relevance of initiatives, such as the cleaning of the probe and the interruption of the diet to monitor lab tests and to prevent possible interaction between drugs and enteral nutrition.


Este artículo se refiere a la administración concomitante de fármacos por sondas junto con la nutrição enteral. El objetivo fue identificar publicaciones acerca de la interacción entre fármacos y nutrición enteral administrados por sonda. La metodología fue una revisión que uso datos de bases electrónicas en el período de 1997 a 2007, habiendo encontrado 62 artículos y seleccionados siete, en los cuales se muestra que las clases farmacológicas encontradas de antiepiléticos, antibióticos y anticoagulantes son las que tienen mayor índice de interacción. La clase que más demostró riesgo de interacción con la nutrición enteral fue la de los antiepilépticos, principalmente la fenitoína. Los antibióticos no demostraron significativos decréscimos en los niveles séricos y la warfarina, único anticoagulante mencionado, también presentó riesgo de interacción con la nutrición enteral. Como conclusión, se hace necesario iniciativas como el hábito de lavar la sonda, interromper la nutrição enteral y monitorizar exámenes laboratoriais para prevenir posibles interacciones entre fármacos y la nutrición.


Assuntos
Humanos , Interações Alimento-Droga , Nutrição Enteral/enfermagem , Preparações Farmacêuticas/administração & dosagem , Antibacterianos , Anticoagulantes , Anticonvulsivantes , Bases de Dados Bibliográficas
14.
Rev. latinoam. enferm ; 18(2): 278-286, Mar.-Apr. 2010. graf, tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-550168

RESUMO

The objective of this experimental study was to measure the pH of antibiotics administered by intravenous infusion - ceftriaxone sodium, vancomycin hydrochloride, metrodinazole, penicillin G potassium and amikacin sulfate - after reconstitution with sterile water and dilution with NaCl 0.9 percent or dextrose 5 percent in water, according to temperature and luminosity of the environment. The results showed that variation in the drugs' pH was less than 1.0 value and that some antibiotics remained acidic after dilution and maintained this chemical profile in all situations studied, suggesting that the studied environmental factors did not change the solutions' acid base characteristic. Some pH values measured characterize risk for the development of chemical phlebitis and infiltration, and it is important for clinical practice to emphasize the profile of intravenous solutions of antibiotics, considering method of dilution, and time to infusion.


O objetivo deste estudo experimental foi medir o pH dos antibióticos de administração intravenosa ceftriaxona sódica, cloridrato de vancomicina, metronidazol, penicilina G potássica e sulfato de amicacina, após reconstituição com água destilada e diluição com NaCl 0,9 por cento, ou soro glicosado 5 por cento, considerando a influência da temperatura e luminosidade ambientais, assim como do tempo de exposição, no comportamento químico desses fármacos. Os resultados demonstraram variações que não ultrapassaram 1,0 valor de pH e que alguns antimicrobianos, eminentemente ácidos após a diluição, mantiveram esse comportamento em todas as situações estudadas, não sugerindo a influência de fatores ambientais no comportamento químico das soluções. Como alguns valores de pH encontrados podem contribuir para o desenvolvimento de flebite química e infiltração, é importante enfatizar para a prática clínica em saúde, a necessidade de conhecer as características das soluções de infusão intravenosa, considerando tipo de diluição e tempo de infusão.


El objetivo de este estudio experimental fue medir el pH de los antibióticos de administración intravenosa ceftriaxona sódica, clorhidrato de vancomicina, metronidazol, penicilina G potásica y sulfato de amikacina, después de reconstitución con agua destilada y dilución con NaCl a 0,9 por ciento, o suero glucosado a 5 por ciento, considerando la influencia de la temperatura y luminosidad ambientales, así como el tiempo de exposición, en el comportamiento químico de esos fármacos. Los resultados demostraron variaciones que no ultrapasaron 1,0 (valor de pH) y que algunos antimicrobianos, eminentemente ácidos después de la dilución, mantuvieron ese comportamiento en todas las situaciones estudiadas, no sugiriendo la influencia de factores ambientales en el comportamiento químico de las soluciones. Considerando que algunos valores de pH encontrados pueden contribuir para el desarrollo de flebitis química e infiltración, es importante enfatizar que para la práctica clínica en salud, existe la necesidad de conocer las características de las soluciones de infusión intravenosa, considerando el tipo de dilución y el tiempo de infusión.


Assuntos
Antibacterianos/química , Luz , Temperatura , Concentração de Íons de Hidrogênio
15.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 42(4)dez. 2008. graf, tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-500600

RESUMO

O objetivo do estudo foi caracterizar o perfil dos medicamentos e identificar combinações decorrentes da co-administração de antimicrobianos potencialmente interativos e outros agentes. 70 prescrições médicas de pacientes submetidos a transplante de medula óssea (TMO), todos internados no Instituto do Coração, São Paulo, Brasil, foram analisadas. Os medicamentos foram classificados de acordo com o sistema Alfa, e o potencial de interação e as características farmacológicas foram listados a partir da literatura. Na analise dos dados utilizou-se estatística descritiva. Verificou-se que 72,7 por cento dos medicamentos apresentaram potencial interativo, destacando-se os precipitadores (79,2 por cento) e o fluconazol (85,7 por cento) como o antimicrobiano mais envolvido nas combinações, associado ao omeprazol em 40 por cento da amostra. Nos pacientes de TMO, a co-administração de medicamentos potencialmente interativos foi freqüente, condição que, associada à polifarmácia e ao aprazamento simultâneo de horários na administração desses agentes, poderia predispor o paciente a eventos indesejados, afetando, deste modo, a segurança da terapia.


The study aimed at characterizing the profile of the drugs and identify combinations between potentially interactive anti-microbial drugs used in patients who underwent bone marrow transplantation (BMT). The analysis covered 70 prescription medications for BMT patients hospitalized at Instituto do Coração, São Paulo, Brazil. Medications were classified according to the Alpha system, listing their interactive potential and pharmacological characteristics according to literature. Data were analyzed through descriptive statistics. Results showed that 72.7 percent of drugs presented an interactive potential, with precipitators (79.2 percent) and fluconazole (85.7 percent), high-lighted as the most involved anti-microbial in the combinations, associated to omeprazole in 40 percent of the samples. BMT patients were frequently administered combinations of potentially interactive drugs. This condition, when associated with simultaneous schedules, could predispose patients to undesirable events, thus affecting the security of the therapy.


El objetivo del estudio fue determinar el perfil de medicamentos e identificar combinaciones por administración conjunta de antimicrobianos potencialmente interactivos y otros agentes. Fueron analizadas 70 prescripciones médicas de pacientes sometidos a trasplante de médula ósea (TMO), todos internados en el Instituto del Corazón, São Paulo, Brasil. Los medicamentos fueron clasificados según el sistema Alfa. El potencial de interacción y las características farmacológicas fueron establecidas según la bibliografía. El análisis de datos a través de estadística descriptiva. El 72,7 por ciento de los medicamentos mostró potencial interactivo, destacándose los precipitadores (79,2 por ciento) y como antimicrobiano más utilizado en las combinaciones el fluconazol (85,7 por ciento), siendo asociado al omeprazol en 40 por ciento de la muestra. La combinación de medicamentos potencialmente interactivos fue frecuente en estos pacientes, condición que asociada a la polifarmacia y a la distribución simultánea de horarios en su administración podría predisponer al paciente a efectos adversos, afectando la seguridad en el tratamiento.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Antibacterianos/farmacologia , Transplante de Medula Óssea , Polimedicação , Condicionamento Pré-Transplante/métodos , Antibacterianos/administração & dosagem , Interações Medicamentosas
16.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(supl.1): 76-81, maio 2008.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-528410

RESUMO

A associação de antibióticos é uma alternativa para tratar doenças infecciosas de etiologia polimicrobiana ou causadas por bactérias multirresistentes, como por exemplo, Pseudomonas aeruginosa. No presente estudo, investigamos a atividade antimicrobiana “in vitro” da combinação de polimixina B e ceftazidima, em 20 amostras clínicas de P. aeruginosa. Inicialmente, a concentração inibitória mínima (CIM) dos agentes foi determinada pela técnica de microdiluição em caldo para cada uma das amostras selecionadas. Posteriormente, com base nos valores das CIMs, o efeito antimicrobiano da combinação da polimixina B e ceftazidima foi avaliado por meio do método de “checkerboard”. Os resultados demonstraram que todas as amostras de P. aeruginosa estudadas foram sensíveis à polimixina B, com CIMs variando entre 1 e 2 μg/ml. Em relação à ceftazidima, as CIMsvariaram de 2 a 8 μg/ml, em nove amostras sensíveis, e de 16 a 1.024 μg/ml, em 11 amostras, resistentes a esse antibiótico. Para todas amostras testadas, o efeito antimicrobiano da combinação de polimixina B eceftazidima foi indiferente, sugerindo que esta associação, quando utilizada na forma de terapia combinada invivo, pode não apresentar atividade superior àquela obtida pela monoterapia.


The antibiotics association is an alternative to treat infectious diseases, either caused by polymicrobial etiologyor those caused by multidrug-resistant bacteria, such as Pseudomonas aeruginosa. In this study, the in vitroantimicrobial activity of the polymyxin B and ceftazidime combination was investigated in 20 clinical isolates of P.aeruginosa. Initially, the minimum inhibitory concentration (MIC) of those agents was determined by using thebroth microdilution technique for each of the selected strains. Afterwards, based on MIC values, the antimicrobialeffect of the polymyxin B and ceftazidime combination was evaluated by making use of "checkerboard" method. The results demonstrated that all P. aeruginosa strains studied were sensitive to polymyxin B, with MICs varying from 1 to 2 μg/ml. In relation to ceftazidime, MICs varied from 2 to 8 μg/ml in nine sensitive strains, and from 16 to 1.024 μg/ml in 11 strains resistant to that antibiotic. For all strains tested, the antimicrobial effect of thepolymyxin B and ceftazidime combination was indifferent, thus suggesting that such an association, when used as a combined in vivo therapy, sometimes does not present any activity superior to the one obtained with monotherapy.


La asociación de antibióticos es una alternativa para tratar enfermedades infecciosas de etiología polimicrobianao causadas por bacterias multiresistentes, como por ejemplo Pseudomonas aeruginosa. En el presente estudio, investigamos la actividad antimicrobiana in vitro de la combinación de polimixina B y ceftazidima en 20 muestras clínicas de P. aeruginosa. Inicialmente, la concentración inhibitoria mínima (CIM) de los agentes fue determinada por la técnica de microdiluición en caldo para cada una de las muestras seleccionadas. Posteriormente, con base en los valores de las CIMs, el efecto antimicrobiano de la combinación de la polimixinaB y ceftazidima fue evaluado a través del método de “checkerboard”. Los resultados demostraron que todas lasmuestras de P. aeruginosa estudiadas fueron sensibles a la polimixina B, con CIMs variando entre 1 y 2 μg/ml.En relación con la ceftazidima, las CIMs variaron de 2 a 8 μg/ml en nueve muestras sensibles, y de 16 a 1.024μg/ml en 11 muestras resistentes a ese antibiótico. Para todas las muestras testadas, el efecto antimicrobianode la combinación de polimixina B y ceftazidima fue indiferente, sugiriendo que esta asociación, cuando utilizadaen la forma de terapia combinada in vivo, puede no presentar actividad superior a aquella obtenida por lamonoterapia.


Assuntos
Antibacterianos , Ceftazidima , Técnicas In Vitro , Polimixina B , Pseudomonas aeruginosa
17.
São Paulo; s.n; 2008. 64 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1102157

RESUMO

A Lesão Renal Aguda (LRA) tóxica se caracteriza por insulto tubular direto liberando espécies reativas de oxigênio (EROs) e estimulando processos pró-inflamatórios. Neste estudo foram investigadas a toxicidade do Sulfato de Polimixina B (PmxB), antibiótico catiônico usado para o tratamento de infecções por germes gram-negativos e a participação da enzima Heme Oxigenase-1 (HO-1), que tem efeito anti-apoptótico, antiinflamatório e outros. Foram utilizados ratos Wistar, adultos, machos, pesando entre 250-300g. Os animais foram distribuídos nos grupos: Salina (controle, animais que receberam 3ml/Kg de NaCI 0,9% intraperitoneal (i.p.), uma vez ao dia, 5 dias); PmxB(animais que receberam PmxB 40.000U/kg/dia, i.p., uma vez ao dia, 5 dias); Hemin (indutor da HO-1, 1mg/100g, i.p., uma vez ao dia 5 dias); Protoporfirina de Zinco (ZnPP) (inibidor da HO-1, 50 umol/Kg, i.p., uma vez ao dia, 5 dias); PmxB+Hemin; PmxB+ZnPP; PmxB+Hemin+ZnPP. Foram avaliados a função renal (FR) (clearance de creatinina, método de Jaffé), a excreção de peróxidos urinários (PU, FOX-2); TBARS urinários; tióis no tecido renal, atividade da catalse (AC) e foi realizada análise histológica no tecido renal. Os resultados mostraram que a PmxB induziu redução da FR com elevação de PU e TBARS, acompanhados por redução de AC e tióis: O tratamento com indutor da HO-1 reverteu a lesão pela PmxB, com melhora da FR e dos parâmetros de peroxidação. A associação do PmxB com o inibidor ZnPP demonstrou aumento daárea intersticial relativa (AIR) no tecido renal com achatamento das células tubulares e pontos de necrose no córtex renal. Os resultados diferenciados de FR e peroxidação lipídica, nas técnicas de mensuração utilizadas, confirmaram a participação da heme oxigenase como antioxidante desse modelo de toxicidade renal.


Toxic Acute Kidney Injury (AKI) consists on direct injury in the renal tubules liberating reactive oxygen species (ROS) and estimulating inflamatory processes. In this experimental study it was investigated the toxicity of Polymyxin B Sulfate (PmxB), which is a cationic antibiotic used to treat gram-negative infections and the role of the heme oxygenase enzyme (HO-1), with anti-apoptotic and anti-inflamatory effects, in this injury. Adult male Wistar rats, weighing 250-300g were used. The animals were divided into the following groups: Saline (contro, animals that received 3ml/Kg of NaCI 0,9% intraperitoneal (i.p.), once a day, 5 days); PmxB (animals that received PmxB 40.000U/kg/dia, i.p., once a day, 5 days); Hemin (HO-1 inducer, 1mg/100g, i.p., once a day, 5 days); Zinc protoporphyrin (ZnPP) (HO-1 inhibitor, 50 umol/Kg, i.p., once a day, 5 days); PmxB+Hemin; PmxB+ZnPP; PmxB+Hemin+ZnPP. Renal Function (RFf) (creatinine clearance, Jaffé method), urinary peroxides (UP, FOX-2), urinary TBARS, thiols in the renal tissue, activity of catalasse enzyme (CA) and histology of renal tissue were performed. The results showed that PmxB reduced RF with increment in the UP and TBARS associated to the reduction in the CA and thiols. The HO-1 ameliorated these paramethers. The association PmxB with ZnPP increased relative intersticial area (RIA) of renal tissue with acute tubule necrosis in the renal cortex. The obtained data on RF and lipid peroxidation, with the methods used inthe study, confirmed the antioxidant role of the heme oxygenase in this model of renal injury.


Assuntos
Rim , Antibacterianos , Antioxidantes
18.
Rev. bras. enferm ; 60(4): 416-421, jul.-ago. 2007. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-467435

RESUMO

Este estudo objetivou determinar a prevalência de infecção hospitalar (IH) e distribuição por topografia e por microorganismo e suas sensibilidades antimicrobianas. Realizado em duas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de um hospital público de ensino de Teresina, com amostragem de 394 casos de IH e processados pelo Software SPSS. A infecção respiratória foi a maior prevalência (61,26 por cento) na UTI Geral. Evidenciou-se maior sensibilidade bacteriana à amicacina (52,48) na UTI do SPS. O microorganismo com maior prevalência foi a Klebsiella pneumonia (35,46 por cento) na UTI geral. Conclui-se que a prevalência de IH nas duas UTIs foi de 60,8 por cento, ultrapassando 45,3 por cento do índice geral registrado nos hospitais brasileiros que é 15,5 por cento, contribuindo para aumentar a morbi - mortalidade causadas por infecções.


This study aimed to determine the prevalence of nosocomial infection (NI) and distribution for topography and microorganism and its antimicrobial sensibility. The study was carried out in two Intensive Care Units (ICUs) of a public teaching hospital of Teresina, with sampling of 394 NI cases and processed by the SPSS Software. The respiratory infection was the biggest prevalence (61.26 percent) in the General ICU. It was found a bigger bacterial sensibility to amicacine (52.48 percent) in the ICU of the ER. The microorganism with bigger prevalence was Klebsiella pneumonia (35.46 percent) in the general ICU. In conclusion, the prevalence of NI in the two ICUs was 60.8 percent, exceeding 45.3 percent of the general rate registered in the Brazilian hospitals that is 15.5 percent, contributing to increase the morbi -mortality caused by infections.


Este estudio tiene como objetivo determinar la superioridad de infección hospitalaria (IH) y distribución por topografía, por microorganismos y sus sensibilidades antimicrobianas. Realizado en dos Unidades de Terapia Intensiva (UTIS) de un hospital público de enseñanza de Teresina, con muestra de 394 casos de IH y procesados con Software SPSS. La infección respiratória mostró mayor superioridad (61,26 por ciento) en la UTI General. Evidenció mayor sensibilidad bacteriana al amicacina (52,48 por ciento) en la UTI del SPS. El microorganismo con mayor superioridad fue Klebsiella neumonía (35,46 por ciento) en la UTI general. Como concluye, la superioridad de IH en las dos UTIS fue 60,8 por ciento, sobrepasando 45,3 por ciento del índice general registrado en hospitales brasileños que es 15,5 por ciento, contribuyendo para aumentar a morbi - mortalidad causadas por infecciones.


Assuntos
Humanos , Infecção Hospitalar/epidemiologia , Antibacterianos/uso terapêutico , Infecção Hospitalar/tratamento farmacológico , Infecção Hospitalar/microbiologia , Hospitais Públicos , Hospitais de Ensino , Incidência , Unidades de Terapia Intensiva/estatística & dados numéricos , Prevalência , Infecções Respiratórias/tratamento farmacológico , Infecções Respiratórias/epidemiologia , Infecções Respiratórias/microbiologia , Estudos Retrospectivos , Infecções Urinárias/tratamento farmacológico , Infecções Urinárias/epidemiologia , Infecções Urinárias/microbiologia
19.
Nursing (Säo Paulo) ; 9(107): 189-194, abr. 2007. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-513197

RESUMO

As interações medicamentosas (IMs) representam um potencial risco em prescrições médicas. Nesta pesquisa buscou-se verificar a freqüência de IMs, especificamente entre antibiótico-antibiótico e antibiótico e outras drogas prescritas a pacientes cirúrgicos de um hospital universitário. Trata-se de um estudo exploratório-descritivo em que foram analisadas 79 prescrições. Os pacientes dessas prescrições se caracterizavam por serem de ambos os sexos, com idade predominante entre 51 e 70 anos (40 por cento), estando hospitalizados, em sua maioria, por um período de 2 a 10 dias (64 por cento) e, pertenciam, principalmente, à especialidade cirúrgica urologia (41 por cento). Os medicamentos prescritos pertenciam a classes terapêuticas diversas, sendo identificadas 10 potenciais IMs. Estas interações foram observadas, freqüentemente, nos horários das 6:00 e 22:00 horas (24 por cento respectivamente).Conclui-se que condutas terapêuticas específicas devem ser adotadas a fim de prevenir possíveis IMs.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Interações Medicamentosas , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Antibacterianos , Erros de Medicação , Farmacologia
20.
Ciênc. cuid. saúde ; 6(supl.2): 488-495, jan.-mar. 2007. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-528296

RESUMO

Os idosos fazem parte da população que mais consome medicamentos e os antimicrobianos estão entre as classes medicamentosas mais freqüentemente prescritas para estes pacientes. Existem aspectos específicosdo idoso que complicam a prescrição e o monitoramento do uso do antimicrobiano. As modificações fisiológicas decorrentes da idade resultam em alterações na farmacodinâmica e na farmacocinética, que podem alterar o decurso da infecção e a resposta a um determinado antimicrobiano. Em função da alta prevalência de doenças crônicas, os idosos fazem uso simultâneo de muitos medicamentos, o que resulta emmaior risco de reações adversas ou interações medicamentosas. Todos estes aspectos justificam atenção especial na condução do tratamento da infecção no idoso.


Elderly people are great consumers of medicines, and antimicrobial medicines are among those most frequently prescribed to patients. There are specific aspects related to the elderly that make the prescription, use and monitoring of antimicrobials highly complicated. Age-caused physiological changes result in alterations in their pharmacodynamic and pharmacokinetic traits, which may modify the development of the infection and there sponse to certain antimicrobial medicines. Due to the prevalence of chronic diseases, the elderly simultaneously consume many types of medicines, which may be the cause of adverse reactions or drug-drug interactions. Since the aspects mentioned above must be taken into account, special attention in infection treatment of the elderly is justified.


Los ancianos hacen parte de la población que más consume medicamentos, y los antimicrobianos están entrelas clases de medicamentosas más frecuentemente prescritas para estos pacientes. Existen aspectos específicos del anciano que complican la prescripción y el control del uso del antimicrobiano. Las modificaciones fisiológicas decurrentes de la edad resultan en alteraciones en la farmacodinámica y en la farmacocinética, que pueden alterar el decurso de la infección y la respuesta a un determinado antimicrobiano. En función de la gran prevalencia de enfermedades crónicas, los ancianos hacen uso simultáneo de muchos medicamentos, lo que resulta en mayor riego de reacciones adversas o interacciones medicamentosas. Todos estos aspectos justifican atención especial en la conducción del tratamiento de la infección en el anciano.


Assuntos
Humanos , Idoso , Antibacterianos , Saúde do Idoso , Controle de Infecções/métodos , Farmacocinética
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA