Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
CuidArte, Enferm ; 11(2): 180-185, jul.-dez.2017. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32943

RESUMO

Introdução: A inflamação é uma importante resposta do hospedeiro contra agentes invasores. Contudo, precisa ser regulada paranão causar danos nos tecidos e órgãos. Entre os mediadores anti-infl amatórios está a proteína Anexina A1, uma proteína de 37kDaque apresenta sítios de ligação ao cálcio e aos fosfolipídios de membrana e está envolvida na inibição das sínteses de eicosanoides efosfolipase A2, induzidas por glicocorticoides. A ANXA1 é amplamente distribuída no organismo, especialmente em células relacionadasaos processos de defesa. Esta proteína exerce diferentes funções e pode ser relacionada a várias condições patológicas, como câncer edoenças autoimunes, além dos processos infl amatórios. Por essa razão, termo “anexinopatias” tem sido usado para defi nir as doençashumanas nas quais os níveis anormais de anexina contribuem para a patogênese. Objetivo: Diante da importância da ANXA1, o objetivodeste trabalho foi realizar uma revisão sobre o papel da proteína em processos infl amatórios. Método: Pesquisa bibliográfi ca realizadaem sites especializados...(AU)


Introduction: Inflammation is an important host response against invading agents. However, it must be regulated to avoid causing damageto tissues and organs. Among the anti-infl ammatory mediators there is the protein A1 Annexin, a 37kDa protein which exhibits calcium andphospholipid membrane binding sites and is involved in inhibition of glucocorticoids induced synthesis of eicosanoid and phospholipaseA2. ANXA1 is widely distributed in the body, especially in defense processes related cells. This protein exerts different functions and maybe related to several pathological conditions such as cancer and autoimmune diseases, beyond infl ammatory processes. Therefore, theterm "annexinopathy" has been used to defi ne human disease in which abnormal levels of annexin contribute to pathogenesis. Objective:Given the importance of ANXA1, the aim of this work was to perform a review about the role of this protein in infl ammatory processes.Method: Bibliographic research carried out in specialized sites...(AU)


Introducción: Una inflamación es una importante respuesta del huésped contra los agentes invasores. Sin embargo, debe ajustarse parano dañar los tejidos y los órganos. Entre los mediadores anti-infl amatorios está una proteína Anexina A1, una proteína de 37kDa que sepresentan en el calcio y los fosfolípidos de la membrana y se encuentra en la inibición de las síntesis de eicosanoides y fosfolipasa A2,induzidas por glicocorticoides. A ANXA1 é amplamente distribuida en el organismo, especialmente en las células relacionadas con losprocesos de defensa. Esta proteína ejerce diferentes funciones y puede ser relacionada a varias condiciones patológicas, como cáncer yenfermedades autoinmunes, además de los procesos infl amatorios. Por esta razón, el término "anexinopatias" se ha utilizado para defi nirlas enfermedades humanas en las que los niveles anormales de anexina contribuyen a la patogénesis. Objetivo: Ante la importancia dela ANXA1, el objetivo de este...(AU)


Assuntos
Humanos , Inflamação , Anti-Inflamatórios , Anexina A1
2.
Rev. bras. enferm ; 67(6): 942-948, Nov-Dec/2014.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-732806

RESUMO

O estudo objetivou conhecer o contexto do homem resiliente ao adoecer por câncer de próstata. Trata-se de um estudo de caso etnográfico realizado com dois homens sobreviventes ao câncer de próstata, com alto grau de resiliência. Os dados foram coletados no domicílio, no período de abril e maio de 2012, por meio da entrevista semiestruturada em profundidade, de observação participante e do ecomapa. Pela análise dos dados construíram-se duas unidades de sentido: "Identidade do homem resiliente: contextualizando os informantes" e "O homem resiliente descobrindo-se doente". Apreende-se que a identidade de ser homem resiliente, para estes informantes, foi marcada pela diferença histórica e cultural que permeou as suas ações, no processo de adoecimento por câncer de próstata. Considera-se importante que os enfermeiros atentem para os aspectos culturais da saúde do homem, para que este possa sentir-se parte integrante do processo de cura, tornando-se sujeito ativo frente à própria saúde.


The study aimed to understand the context of resilient man when ill with prostate cancer. This is an ethnographic case study conducted with two prostate cancer survival men with a high degree of resilience. The data was collected on their places, in 2012 April and May, using semi-structured in-depth interviews, participant observation and ecomap. For the data analysis, it was built two units of meaning: "Identity of the resilient man: contextualizing the informants" and "The resilient man finding himself ill". It was noticed that the identity of being a resilient man, to these informants, was marked by historical and cultural difference which permeated their actions in the process of being ill with prostate cancer. It is important that nurses pay attention to the cultural aspects of human health, so that they can feel part of the healing process, becoming an active subject facing their own health.


El estudio enfocó conocer el contexto del hombre resiliente al enfermar por cáncer de próstata. Se trata de un estudio de caso etnográfico realizado con dos hombres sobrevivientes al cáncer de próstata con alto grado de resiliencia. Los datos fueron recogidos en el domicilio, en el período de abril y mayo de 2012, por medio de entrevista semiestructurada en profundidad, observación participante y ecomapa. Por el análisis de los datos, se construyeron dos unidades de sentido: "Identidad del hombre resiliente: contextualizando a los informantes" y "El hombre resiliente descubriéndose enfermo". Se comprende que la identidad de ser hombre resiliente, para estos informantes, fue marcada por la diferencia histórica y cultural que hicieron permeables sus acciones en el proceso de enfermar por cáncer de próstata. Se considera importante que los enfermeros estén atentos a los aspectos culturales de la salud del hombre, para que este se pueda sentir parte integrante del proceso de cura, tornándose sujeto activo frente a la propia salud.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Anti-Inflamatórios/efeitos adversos , Benzenoacetamidas , Erupção por Droga/etiologia , Ácidos Hidroxâmicos/efeitos adversos , Cetoprofeno/efeitos adversos , Anti-Inflamatórios/imunologia , Reações Cruzadas/imunologia , Ácidos Hidroxâmicos/imunologia , Cetoprofeno/imunologia , Testes do Emplastro/métodos
3.
São Paulo; s.n; dez. 2001. 60f p.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-17728

RESUMO

A gentamicina é um das drogas antimicrobianas mais nefrotóxicas. O uso freqüente de antiinflamatórios não-hormonais (AINH), tais como a indometacina, faz com que a sua associação com a gentamicina também não seja rara. Isso cria um risco adicional de insuficiência renal aguda, como se sabe a gentamicina induz a vasoconstrição renal, a qual é limitada pelo incremento compensatório da produção renal de prostaglandinas. A isoforma 1 da ciclooxigenase (COX-1) é a principal responsável pela síntese de prostaglandinas vasodilatatoras, ao passo que a isoforma 2 (COX-2) participa predominantemente de processos inflamatórios. Ambas são inibidas pelos AINH. Espera-se que os inibidores seletivos da COX-2, tais como rofecoxibe, possam ser uma classe alternativa de drogas que permita reduzir a nefrotoxicidade dos AINH. O objetivo deste estudo é comparar o efeito da associação de gentamicina com os clássicos AINH ou com os inibidores seletivos da COX-2. Ratos machos Wistar foram tratados por cinco dias com solução salina (0,1 ml, intraperitoneal (i.p.)), gentamicina (100 mg/kg, i.p.), indometacina (5 mg/kg, via oral (v.o.)), rofecoxibe (1,4 mg/kg, v.o.), gentamicina + indometacina ou gentamicina + rofecoxibe (nas mesmas doses e vias de administração previamente descritas). Os ratos que haviam recebido gentamicina desenvolveram uma redução significante do clearance de creatinina e um aumento significante da excreção urinária da enzima alfa-glutationa-S-transferase, um marcador de lesão de túbulo proximal, quando comparados aos ratos que não a haviam recebido. Não houve diferença nos níveis urinários de alfa-GST entre os três grupos que haviam recebido gentamicina. Ratos que receberam gentamicina + indometacina desenvolveram uma redução adicional do clearance de creatinina quando comparados com aqueles que receberam gentamicina exclusivamente....(AU)


Assuntos
Ratos , Masculino , Ratos Wistar , Gentamicinas/efeitos adversos , Anti-Inflamatórios/efeitos adversos , Lesão Renal Aguda/induzido quimicamente
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA