Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 51
Filtrar
2.
rev. cuid. (Bucaramanga. 2010) ; 11(1): e798, Dic. 19, 2019.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1118234

RESUMO

Introducción: Frente a una moción parlamentaria que pretende modificar el código sanitario para permitir a los enfermeros tener la facultad legal de prescribir fármacos y dispositivos sanitarios surge la inquietud de analizar la representación social que los enfermeros de atención primaria de salud otorgan a la temática. Objetivo: Describir los componentes figurativos (campo de representación), simbólico (información) y afectivo (actitudinal) del cuidar mediante la prescripción enfermera, que tienen los profesionales de enfermería de la red de atención primaria de salud. Materiales y Métodos: Investigación descriptiva con enfoque cualitativo y diseño de teoría fundamentada, realizada en ocho enfermeras de la red de atención primaria de salud a través de entrevista semiestructurada. Resultados: En la representación social de la prescripción enfermera surgen cinco categorías: gestionar el cuidado, beneficios sociales de la prescripción, restricción en la prescripción, formación profesional del enfermero en prescripción y valor atribuido a la prescripción. Discusión: Las enfermeras de atención primaria, entienden el fenómeno de la prescripción como una indicación de enfermería que se encuentra influenciada por factores asociados a la formación farmacológica de pregrado y la experiencia laboral, similar a lo reportado en algunos estudios en Iberoamérica. Conclusiones: Las enfermeras consideran que la prescripción es un elemento positivo para la entrega de cuidados y que contribuye a la resolutividad en la atención de salud, sin embargo, para llevarla a cabo se requiere de una formación adecuada y de un respaldo legal claro.


Introduction: Considering that a parliamentary motion seeks to modify the health code to allow nurses to have the legal power to prescribe drugs and health devices, it is necessary to analyze the social representation that primary healthcare nurses give to prescription. Objective: To describe the figurative (representation field), symbolic (information) and affective (attitudinal) nursing components by means of nurse prescription used by primary health care nursing professionals. Materials and Methods: A descriptive qualitative research with a grounded theory research design was conducted with eight nurses from the primary healthcare network through a semi-structured interview. Results: Five categories were created based on the social representation of nurse prescription: care management, social benefits of prescription, prescription restriction, professional nurse training in prescription, and value attributed to the prescription. Discussion: Primary care nurses perceive the prescription phenomenon as a nursing indication that is influenced by factors associated with undergraduate pharmacology training and work experience, similar to that reported in some studies in Ibero-America. Conclusions: Nurses consider that nurse prescription is a positive element for care delivery, contributing to the resolutive capacity of healthcare. However, adequate training and clear legal support are required to do so.


Introdução: Frente a uma moção parlamentar que objetiva emendar o código sanitário para permitir que os enfermeiros tenham a faculdade legal de prescrever fármacos e dispositivos sanitários surge a inquietude de analisar a opinião dos enfermeiros de atendimento primário em saúde sobre a sua representação social a respeito dessa questão. Objetivo: Descrever os componentes figurativo (campo de representação), simbólico (informação) e afetivo (atitudinal) do cuidar mediante a prescrição de enfermagem que os profissionais da rede de enfermagem detêm na rede de atendimento primário em saúde. Materiais e Métodos: Pesquisa descritiva com abordagem qualitativa e desenho de teoria fundamentada, realizada com oito enfermeiras da rede de atendimento primário em saúde através de uma entrevista semiestruturada. Resultados: Na representação social da prescrição de enfermagem surgem cinco categorias: administrar o cuidado, os benefícios sociais da prescrição, restrições na prescrição, formação profissional em prescrição do enfermeiro e valor atribuído à prescrição. Discussão: As enfermeiras de atendimento primário compreendem o fenómeno da prescrição como uma indicação de enfermagem influencia por fatores associados à formação farmacológica de pré-graduação e a experiência de trabalho, semelhante àquela relatada em vários estudos na Ibero-América. Conclusões: As enfermeiras consideram que a prescrição é um elemento positivo para a entrega de cuidados e que contribui com a resolutividade no atendimento em saúde, no entanto, para cumprir essa tarefa é preciso contar com uma formação adequada e um fundamento legal claro.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Prescrições de Medicamentos , Atenção Primária à Saúde , Chile , Enfermeiros
3.
Rev. enferm. neurol ; 18(2): 55-64, May-Ago 2019.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1116985

RESUMO

Introdución: las necesidades y condiciones socioeconómicas en México han cambiado, así como el modelo de salud ha modificado las competencias de los profesionales de salud. Enfermería asume la prescripción de medicamentos como una nueva competencia. Cabe señalar que esta ya se realizaba, sólo que sin sustento legal. Objetivo: conocer la percepción y el nivel de conocimientos farmacológicos de los alumnos de licenciatura en enfermería para prescribir medicamentos. Material y métodos: se realizó un estudio transversal, la unidad de análisis fueron alumnos de licenciatura de enfermeria que cursaban farmacología, la muestra fue de 160 estudiantes. Se utilizó un cuestionario web, que contemplaba 6 módulos correspondíentes a las unidades del programa de la asignatura y para conocer la percepción de la prescripción se aplicó una entrevista semiestructurada. Resultados: el promedio general de conocimientos farmacológicos de los alumnos fue insuficiente. Ellos perciben que no están del todo cualificados, para prescribir medicamentos de acuerdo con la normatividad vigente; principalmente por la falta de conocimientos farmacológicos. Conclusiones: la prescripción de medicamentos, es un proceso que se encuentra en evolución en el país. Una vez que se consolide, tendrá un impacto en el sistema de salud, al igual que, en la calidad de los cuidados que brinde enfermería.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Prescrições de Medicamentos , Farmacologia , Conhecimento , Enfermeiras e Enfermeiros
4.
Enferm. foco (Brasília) ; 10(4): 12-16, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1051708

RESUMO

Objetivo: identificar e analisar os fatores de risco relacionados aos erros de medicação presentes nas prescrições de medicamentos. Método: estudo transversal de abordagem quantitativa realizado com prescrições de medicamentos em Clínica Médica. Os dados foram coletados em formulário estruturado por tópicos: informações relacionadas à prescrição e informações relacionadas ao paciente. Resultados: as prescrições foram classificadas em: manuscrita, legível (49,40%), cujos dados estavam "totalmente legíveis" (86,35%), "Legíveis em parte" (41,13%) ou "Não legíveis" (4,06%). 54,61% das prescrições continham o nome do medicamento totalmente legível enquanto que as classificações "Legível em parte" e "Não legível" apresentaram os respectivos percentuais de 41,33% e 4,06%. Em 99,26% dos registros houve o uso de siglas e/ou abreviaturas. Conclusão: os fatores de risco relacionados ao erro de medicação referem-se também com a qualidade técnica da prescrição. Dados ilegíveis e incompletos comprometem a administração do medicamento e, consequentemente, a observância dos princípios de segurança do paciente. (AU)


Objective: To identify and analyze risk factors related to medication errors present in drug prescriptions. Method: cross-sectional study of quantitative approach performed with medication prescriptions in a medical clinic. Data were collected in a form structured by topics: prescription-related information and patient-related information. Results: 86.35% of prescriptions were handwritten; 49.40% were readable and 43.37% poorly readable; 54.61% of the prescriptions contained the name of the fully readable drug. 99.26% of the records used acronyms and / or abbreviations. Regarding the data of the medication were identified: record of pharmaceutical presentation (90.04%), dose (90.77%), route of administration (96.31%), dilution (83.39%), interval between doses (95.57%) Conclusion: Risk factors related to medication error also refer to the technical quality of the prescription. Unreadable and incomplete data compromise drug administration and, consequently, compliance with patient safety principles. (AU)


Objetivo: identificar y analizar los factores de riesgo relacionados con los errores de medicación presentes en las recetas de medicamentos. Método: estudio transversal de enfoque cuantitativo realizado con prescripción de medicamentos en una clínica médica. Los datos se recopilaron en una forma estructurada por temas: información relacionada con la prescripción e información relacionada con el paciente. Resultados: 86.35% de las recetas fueron escritas a mano; 49.40% eran legibles y 43.37% pobremente legibles; El 54,61% de las recetas contenían el nombre del medicamento completamente legible. El 99.26% de los registros usa acrónimos y / o abreviaturas. En cuanto a los datos de la medicación se identificaron: registro de presentación farmacéutica (90.04%), dosis (90.77%), vía de administración (96.31%), dilución (83.39%), intervalo entre dosis (95.57%) Conclusión: los factores de riesgo relacionados con el error de medicación también se refieren a la calidad técnicade la prescripción. Los datos incompletos e ilegibles comprometen la administración de medicamentos y, en consecuencia, el cumplimiento de los principios de seguridad del paciente. (AU)


Assuntos
Erros de Medicação , Prescrições de Medicamentos , Enfermagem , Tratamento Farmacológico , Segurança do Paciente
5.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 26(4): 239-247, Septiembre-Dic. 2018. graf, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-970136

RESUMO

Objetivo: determinar el impacto económico institucional del programa Receta Resurtible con pacientes diabéticos. Material y métodos: estudio de costos antes y después del programa Receta Resurtible con pacientes diabéticos. El costo promedio incluyó perfil de uso y costo unitario. El perfil de uso se determinó para Consulta externa, Farmacia y medicamentos. En el análisis se plantearon escenarios y se adoptaron supuestos. Resultados: el promedio de consultas antes y después se ubica en 6.45 y 4.73, respectivamente. La dotación de medicamentos fue 55.8% y 99%. El impacto del programa para una unidad de medicina familiar con 6400 pacientes diabéticos, de los cuales 18% se encuentra en el programa Receta Resurtible, permite un ahorro de $ 490 366 en la consulta de Medicina familiar y atención en Farmacia, sin embargo existe un incremento de $112 100 por consumo de medicamentos, el ahorro total en este escenario es de $378 266. Conclusión: el impacto económico del programa Receta Resurtible es benéfico para la institución.


Objective: To determine the institutional economic impact of the Resupply Prescription program in diabetic patients. Material and methods: Study of costs before and after the Resupply Prescription program with diabetic patients. The average cost included usage profile and unit cost. The profile of use was determined for External consultation, Pharmacy and medication. In the analysis, scenarios were raised and assumptions were adopted. Results: The average of before and after consultations is located at 6.45 and 4.73, respectively. The medication provision was 55.8 and 99%. The impact of the program for a Family Medicine Unit with 6400 diabetic patients, of which 18% is in the Resupply Prescription program, allows a saving of $ 490 366 in the consultation of Family Medicine and Pharmacy, however there is a increase of $ 112 100 for drug consumption, the total saving in this scenario is $ 378 266. Conclusion: The economic impact of the Resupply Prescription program is beneficial for the institution.


Assuntos
Humanos , Prescrições de Medicamentos , Atenção Primária à Saúde , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Farmacoeconomia , Diabetes Mellitus , Economia , Economia Médica , Prescrições , México
6.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 26(4): 232-238, Septiembre-Dic. 2018. graf, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-979898

RESUMO

Objetivo: determinar el impacto económico institucional del programa Receta Resurtible con pacientes diabéticos. Material y métodos: estudio de costos antes y después del programa Receta Resurtible con pacientes diabéticos. El costo promedio incluyó perfil de uso y costo unitario. El perfil de uso se determinó para Consulta externa, Farmacia y medicamentos. En el análisis se plantearon escenarios y se adoptaron supuestos. Resultados: el promedio de consultas antes y después se ubica en 6.45 y 4.73, respectivamente. La dotación de medicamentos fue 55.8% y 99%. El impacto del programa para una unidad de medicina familiar con 6400 pacientes diabéticos, de los cuales 18% se encuentra en el programa Receta Resurtible, permite un ahorro de $ 490 366 en la consulta de Medicina familiar y atención en Farmacia, sin embargo existe un incremento de $112 100 por consumo de medicamentos, el ahorro total en este escenario es de $378 266. Conclusión: el impacto económico del programa Receta Resurtible es benéfico para la institución.


Objective: To determine the institutional economic impact of the Resupply Prescription program in diabetic patients. Material and methods: Study of costs before and after the Resupply Prescription program with diabetic patients. The average cost included usage profile and unit cost. The profile of use was determined for External consultation, Pharmacy and medication. In the analysis, scenarios were raised and assumptions were adopted. Results: The average of before and after consultations is located at 6.45 and 4.73, respectively. The medication provision was 55.8 and 99%. The impact of the program for a Family Medicine Unit with 6400 diabetic patients, of which 18% is in the Resupply Prescription program, allows a saving of $ 490 366 in the consultation of Family Medicine and Pharmacy, however there is a increase of $ 112 100 for drug consumption, the total saving in this scenario is $ 378 266. Conclusion: The economic impact of the Resupply Prescription program is beneficial for the institution.


Assuntos
Humanos , Prescrições de Medicamentos , Atenção Primária à Saúde , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Farmacoeconomia , Custos e Análise de Custo , Diabetes Mellitus , Economia , Economia Médica , Programas Nacionais de Saúde , México
7.
Rev. enferm. UFSM ; 6(3): 382-392, jul.-set. 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1034405

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção dos enfermeiros sobre a prescrição de medicamentos, realizada pela categoria na Estratégia de Saúde da Família de um município no Maranhão. Método: estudo de abordagem qualitativa, descritivo, tendo como participantes oito enfermeiras. Dados coletados em abril de 2014 por meio de entrevistas e analisados de acordo com o método de análise de conteúdo. Resultados: constatou-se que as enfermeiras entrevistadas são jovens, recém-admitidas no cargo, com tempo de formação superior a três anos. A partir dos discursos, formularam-se duas categorias: percepção dos enfermeiros sobre a sua prescrição de medicamentos e as bases do conhecimento para a prescrição. Detectou-se que as enfermeiras vêem a prescrição de medicamentos como uma atribuição importante e necessária, sentindo-se preparadas para prescrever devido a sua vivência profissional e não a sua formação acadêmica. Considerações Finais: aponta-se a necessidade de que os cursos de graduação preparem devidamente os enfermeiros para desempenhar essa função.


Aim: to know nurses ' perception about medicine prescription in Family Health Strategy in a city in the State of Maranhão. Method: qualitative and descriptive study, in which eight Nurses were interviewed. Data were collected in April 2014 through interviews and analyzed according to the content analysis method. Results: it was noted that the interviewed nurses were recently hired young women that had been graduated for more than three years. From the interviews, two categories emerged: nurses’ perception on their medicine prescribing and knowledge bases for prescription. It was perceived that nurses see prescription of drugs as an important and necessary role, they argued that the knowledge used to prescribe is from their professional experience rather than their academic formation. Final considerations: thus, the need of undergraduate courses to properly prepare nurses to perform such function is highlighted.


Objetivo: conocer la percepción de las enfermeras sobre su prescripción de medicamentos en la Estrategia de Salud Familiar de una ciudad del Maranhão. Método: estudio descriptivo, cualitativo, con ocho enfermeras participantes. Los datos fueron recogidos en abril de 2014 a través de entrevistas y analizados según el método de análisis de contenido. Resultados: se observó que las enfermeras entrevistadas son mujeres jóvenes, recién admitidas en oficina y tienen más de tres años de entrenamiento. A partir de los discursos, se encontró dos categorías: la percepción de lãs enfermeras sobre sus prescripciónes de medicamentos y las bases de conocimiento para la prescripción. Se detectó que las enfermeras ven medicamentos recetados como algo importante y necesario, y siéntense dispuestas a recetar debido a su experiencia profesional y no su formación académica. Consideraciones finales: el estudio señala la necesidad de cursos que preparen adecuadamente la enfermera para realizar esta función.


Assuntos
Humanos , Enfermagem , Estratégia Saúde da Família , Prescrições de Medicamentos
8.
CuidArte, Enferm ; 10(2): 123-130, jul.-dez.2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1027695

RESUMO

Introdução: No Brasil, a Política Nacional de Medicamentos assegura que a prescrição medicamentosa deve conter informações fundamentais,como o nome do medicamento em letra legível, dose, frequência de administração, duração do tratamento, via de administração, data daprescrição, nome do paciente, nome do prescritor e registro no Conselho Regional de Medicina. Informações incompletas nas prescriçõesrepresentam falhas na comunicação entre profissionais de saúde e influenciam negativamente a farmacoterapia. Objetivos: Verificar aadequação das prescrições hospitalares quanto aos aspectos técnicos e legais estabelecidos pela legislação brasileira e avaliar o perfildas interações medicamentosas clinicamente relevantes, em prescrições médicas de pacientes internados em um hospital escola dointerior do Estado de São Paulo. Material e Método: Estudo descritivo, retrospectivo, realizado nos meses de janeiro a junho de 2015,com 200 prontuários obtidos por amostra aleatória. Resultados: Verificou-se que 15,48% das prescrições estavam ilegíveis e 82,58%apresentavam medicamentos com nomes comerciais. Outro dado importante foi que em 6,45% das prescrições não havia via deadministração e em 5,16% não constava a posologia correta (frequência e/ou horário de administração). Quanto à dose, em apenas0,64% das prescrições não havia conformidade e todas continham assinatura e carimbo do prescritor. De um total de 1480 medicamentosprescritos, houve uma média de oito medicamentos/paciente, simultaneamente administrados, o que aumenta o risco do aparecimentode interações, que ocorreram em 21,5% das prescrições...


Introduction: According to the National Drug Policy in Brazil, drug prescription should contain fundamental information such as thename of the product in legibly font, dose, administration frequency, treatment duration, administration route, prescription date, patientname, prescriber name and record by the Regional Council of Medicine. Incomplete information on prescriptions represents failuresin communication between health professionals, and negatively influences pharmacotherapy. Objective: to evaluate the suitability ofhospital prescriptions regarding the technical and legal aspects established by Brazilian legislation and to check the profile of clinicallyrelevant drug interactions inside medical prescriptions for patients hospitalized in a hospital of São Paulo State countryside. Methods:It was a descriptive retrospective study carried out from January through June 2015, with 200 medical records obtained by randomsampling. Results: it was found that 15.48% of prescriptions were illegible and 82.58% presented drugs commercial names. Anotherimportant finding was that 6.45% of the prescriptions did not show the administration route and 5.16% had no correct posologyinformation (frequency and/or administration time). Regarding the dose, only 0.64% of prescriptions showed non-compliance and allcontained signature and stamp of the prescriber. From a total of 1480 drug prescriptions, there was an average of 8 medications perpatient simultaneously administered...


Introducción: De acuerdo con la Política Nacional de Medicamentos en Brasil, la prescripción de medicamentos debe contener informaciónbásica como el nombre del producto en forma legible, dosis, frecuencia de administración, duración del tratamiento, la vía de administración,la fecha de la prescripción, el nombre del paciente, firma del prescriptor y registrar el nombre del Consejo Regional de Medicina.Información incompleta sobre las prescripciones representa fallas en la comunicación entre los profesionales de la salud, influyendonegativamente en la farmacoterapía. Objetivo: El objetivo de este estudio fue comprobar la adecuación de la prescripción hospitalaria delos aspectos técnicos y legales establecidos por la legislación brasileña y para evaluar el perfil de las interacciones clínicamente relevantesen las recetas de los pacientes ingresados en un hospital escuela en el interior de Sao Paulo. Material y Método: La muestra fue de 200historias clínicas, obtenidas al azar de enero a junio de 2015. Resultados: De acuerdo con los resultados, se encontró que 15,48% eranilegibles y 82,58% tienen a medicamentos nombres comerciales. Otro hallazgo importante fue que en el 6,45% de las prescripciones nohabía ninguna vía de administración y el 5,16% no tenía la información correcta de la dosis (frecuencia y/o tiempo de administración).Con respecto a la dosis, sólo el 0,64% de las prescripciones mostró incumplimiento y todos los contenidos de la firma del prescriptory el sello. De un total de 1480 medicamentos recetados, hubo...


Assuntos
Humanos , Avaliação de Medicamentos , Erros de Medicação , Preparações Farmacêuticas/administração & dosagem , Prescrições de Medicamentos , Legislação de Medicamentos , Política Nacional de Medicamentos
9.
Rev. enferm. UERJ ; 24(3): e13923, mai./jun. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-947375

RESUMO

Objetivo: caracterizar o modelo de prescrição de medicamentos por enfermeiros nos Protocolos de Atenção Primária à Saúde no Brasil. Método: realizou-se análise documental etnometodológica de 10 protocolos clínicos publicados entre 2002 e 2011 pelo Ministério da Saúde. A coleta ocorreu de agosto a dezembro de 2011. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa sob número do CAAE 2813.0.000.133-10. Resultados: não há exigência de pré-requisitos na maioria dos protocolos; há possibilidade de diagnóstico pelo enfermeiro na gravidez, nutrição infantil e doenças sexualmente transmissíveis; observou-se variados graus de autonomia; amplo grupo de medicamentos prescritos por enfermeiros. Conclusão: no Brasil, confirma-se uma prática prescritiva sem requisitos, diversidade de orientações induzindo à multiplicidade de ações que pode afetar a qualidade da prescrição.


Objective: to characterize the model for medication prescription by nurses in Primary Health Care Protocols in Brazil. Method: 10 clinical protocols published between 2002 and 2011 by the Health Ministry were subjected to ethno-methodological document analysis. Data were collected from August to December 2011. The project was approved by the research ethics committee (CAAE No. 2813.0.000.133-10). Results: there are no prerequisites in most protocols; nursing diagnosis is possible in pregnancy, child nutrition and sexually transmitted diseases; varying degrees of autonomy were observed; and a broad group of drugs were prescribed by nurses. Conclusion: In Brazil, this confirms a practice of prescribing without requirements and with a diversity of guidelines, inducing a multiplicity of actions, which may impair the quality of prescribing.


Objetivo: caracterizar el modelo de prescripción de fármacos por enfermeros en los Protocolos de Atención Primaria a la Salud en Brasil. Método: Se realizó Análisis Documental etnometodológico de 10 protocolos clínicos publicados entre 2002 y 2011 por el Ministerio de la Salud. La colecta ocurrió de agosto a diciembre de 2011. El proyecto fue aprobado por el Comité Ético de Investigación bajo el número CAAE 2813.0.000.133-10. Resultados: no hay exigencia de prerrequisitos en la mayoría de los protocolos; hay posibilidad de diagnóstico por el enfermero en embarazo, nutrición infantil y enfermedades sexualmente contagiosas; se observó variados grados de autonomía; amplio grupo de fármacos prescritos por enfermeros. Conclusión: en Brasil se confirma una práctica prescriptiva sin requisitos, diversidad de orientaciones induciendo a multiplicidad de acciones que puede afectar la cualidad de la prescripción.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Prescrições de Medicamentos , Prescrições de Medicamentos/enfermagem , Atenção Primária à Saúde , Protocolos Clínicos , Enfermagem , Papel do Profissional de Enfermagem , Sistema Único de Saúde , Enfermeiras e Enfermeiros
10.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 23(6): 1065-1073, Nov.-Dec. 2015. graf
Artigo em Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-767100

RESUMO

Objective: to analyse the differences between medication prescriptions by nurses in Brazil and Ontario, Canada. Methods: a comparative study between two different scenarios; this comparison was not performed between the two countries because Canada does not standardize this practice, which is legally established and is considered as an advanced professional knowledge area in Brazil. Results: prescription is a professional position to be occupied by nurses. However, there is tension surrounding this practice because it is perceived as a threat to privileges or traditions of other health professionals. Prescibing medication by nurses in Brazil and Ontario follows current legislation and training proccess in each context. Conclusions: there are some challenges to be overcome in ensuring the visibility and consolidation of the practice by nurses in these realities: guarantee of professional competence, credibility, acceptability, and the respectability of clientele in your professional scope by other health professionals.


Objetivo: analisar as diferenças entre prescrição de medicamentos por enfermeiros no Brasil e em Ontário, Canadá. Métodos: estudo comparativo entre dois cenários diferentes; esta comparação não foi realizada entre os dois países, pois o Canadá não padroniza esta prática, que se encontra legalmente estabelecida e é considerada como uma área de conhecimento profissional avançado no Brasil. Resultados: prescrição é uma posição profissional a ser ocupada por enfermeiros. No entanto, há uma tensão em torno desta prática, já que é percebida como uma ameaça aos privilégios ou às tradições de outros profissionais de saúde. A prescrição de medicamentos por enfermeiros no Brasil e em Ontário segue a legislação vigente e processo de treinamento em cada contexto. Conclusões: existem alguns desafios a serem superados para garantir a visibilidade e a consolidação da prática pelos enfermeiros nestas realidades: garantia de aptidão profissional, credibilidade, aceitabilidade e respeitabilidade de clientes em seu âmbito profissional por outros profissionais de saúde.


Objetivo: analizar las diferencias entre la prescripción enfermera en Brasil y en Ontario, Canadá. Métodos: estudio comparativo entre dos escenarios diferentes; esta comparación no se realizó entre los dos países porque Canadá no estandariza esta práctica, que está legalmente establecida y se considera como un área de conocimiento profesional avanzado en Brasil. Resultados: prescripción es una posición profesional para ser ocupada por enfermeras. Sin embargo, existe una tensión alrededor de esta práctica porque se la ve como una amenaza a los privilegios o a las tradiciones de otros profesionales de salud. La prescripción enfermera en Brasil y en Ontario sigue la legislación vigente y el proceso de formación en cada contexto. Conclusiones: hay algunos desafíos a vencer para garantizar la visibilidad y la consolidación de la práctica de enfermería en estas realidades: garantía de aptitud profesional, credibilidad, aceptabilidad y la respetabilidad de clientes en su ámbito profesional por otros profesionales de la salud.


Assuntos
Humanos , Prescrições de Medicamentos , Padrões de Prática em Enfermagem , Brasil , Canadá
11.
REME rev. min. enferm ; 19(3): 547-553, jul.-set. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-785662

RESUMO

OBJETIVO: analisar as prescrições medicamentosas em três unidades de internação de um hospital universitário no estado de Sergipe. MÉTODO: estudo descritivo, transversal e documental. Os dados foram coletados nas unidades de internação pelo período de 10 dias durante o mês de março de 2012. A amostra compreendeu 286 prescrições com 2.605 itens referentes a medicamentos. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade Federal de Sergipe, sob o nº CAAE 0263.0.107.000-11. RESULTADOS: do total das prescrições analisadas, 48% estavam digitadas, em 98% não constava o número do registro do paciente e 100,0% continham abreviaturas e siglas. Das 4.522 doses medicamentosas prescritas, foi observada prevalência de ausência da forma farmacêutica, nome do fármaco e outros dados relativos à medicação. CONCLUSÃO: a existência de inadequações nos registros das prescrições medicamentosas comprovou que a administração de medicamentos na instituição pode apresentar riscos à segurança do paciente, indicando a necessidade de implementar ações corretivas.


OBJECTIVE: to analyze drug prescriptions in three inpatient units of a university hospital in the State of Sergipe. METHOD: this was a descriptive, transversal, and documental study. Data were collected in inpatient units during ten days in March of 2012. The sample consisted of 286 prescriptions with 2,605 items related to drugs. The study was approved by the Ethics and Research Committee of the Federal University of Sergipe, under number CAAE 0263.0.107.000-11. RESULTS: out of the total prescriptions analyzed, 48% were typed, 98% did not show the patients record number, and 100.0% contained abbreviations and acronyms. Out of the 4,522 prescribed drugs, a prevalence in the absence of dosage form, drug name, and other data on the medication was observed. CONCLUSION: the existence of inadequacies in the records of drug prescriptions has shown that the administration of drugs in the studied institution can pose risks to patient safety, indicating the need for the implementation of corrective actions.


El objetivo del presente estudio fue analizar las recetas de los medicamentos de tres unidades de internación de un hospital universitario del Estado de Sergipe. Se trata de un estudio transversal, descriptivo y documental. Los datosfueron recogidos en las unidades de internación durante 10 días del mes de marzo de 2012. La muestra consistió en 286 recetas con 2.605 insumos relacionados con los medicamentos. Este estudio fue aprobado por el Comité de Ética de la Universidad Federal de Sergipe, bajo el nº CAAE 0263.0.107.000-11. El 48% del total de las recetas analizadas estaban digitadas, en 98% no figuraba el número de protocolo del paciente y 100,0% tenían abreviaturas y siglas. De las 4.522 dosis recetadas, se observó que prevalece la falta de la forma farmacêutica, nombre del medicamento y otros datos referentes a la medicación. La falta de adecuaciones en los archivos de las recetas de los medicamentos mostró que en este hospital la administración de medicamentos puede presentar riesgos para la seguridad del paciente, lo cual sehala la necesidad de tomar medidas correctivas.


Assuntos
Humanos , Prescrições de Medicamentos , Fatores de Risco , Hospitais Universitários , Erros de Medicação/prevenção & controle , Sistemas de Medicação no Hospital/normas , Sistemas de Medicação no Hospital/estatística & dados numéricos
12.
Av. enferm ; 33(1): 19-28, ene.-jun. 2015. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: lil-751143

RESUMO

El cloruro de potasio es un medicamento de alto riesgo que se utiliza frecuentemente en los hospitales. En el Hospital Pablo Tobón Uribe se conformó un grupo para liderar la implementación de una práctica segura para el uso de este medicamento. Inicialmente, se realizó un diagnóstico y con sus resultados se definió el retiro de las ampollas de cloruro de potasio de las unidades asistenciales, la prescripción de mezclas estandarizadas con este electrolito para pacientes pediátricos y adultos y su preparación centralizada por el Servicio Farmacéutico. Se hizo un seguimiento para evaluar la adherencia a la práctica implementada, en el que se encontró un cumplimiento del 91,2%, sin presencia de viales almacenados en las unidades donde se restringió; además, se encontró la no influencia en las tasas de flebitis en comparación con meses previos al uso de estas mezclas y el reconocimiento de los riesgos inherentes al uso de un medicamento como el cloruro de potasio dentro del personal asistencial. En el momento actual, esta práctica continúa ejerciéndose en la institución, aunque se han tenido mejoras de acuerdo a los hallazgos en los seguimientos realizados. Por lo tanto, es modelo a seguir para la implementación de otras medicaciones y mezclas que contienen electrolitos.


O cloreto de potássio é um medicamento de alto risco e frequentemente usado em hospitais. No Hospital Pablo Tobón Uribe, um grupo foi formado para liderar a implementação de práticas seguras para o uso deste medicamento. Inicialmente, o diagnóstico foi feito e os seus resultados da remoção da unidade de cloreto de potássio ampolas cuidado, a prescrição padronizada com estas misturas eletrólitos para pacientes pediátricos e adultos, e sua preparação centralizada da Assistência Farmacêutica foi definida. Foram seguidos para avaliar a adesão à prática implementada, por encontrar uma realização de 91,2%, sem a presença de frascos armazenados nas unidades, e a influência da utilização dessas misturas foi restrita ou não teve influência sobre as taxas de flebite em comparação com meses anteriores. Além disso, deu-se o reconhecimento dos riscos inerentes ao uso de uma droga, como cloreto de potássio, dentro da equipe assistencial. Atualmente, ainda que esta prática continua sendo exercida na instituição, há algumas melhorias, de acordo com as conclusões dos acompanhamentos. É um modelo para a implementação com outros medicamentos e misturas que contenham eletrólitos.


Potassium chloride is a high-risk medication frequently used in hospitals. In the Hospital Pablo Tobón Uribe, a group was formed to lead the implementation of a safe practice for the use of this medicine. Initially a diagnosis was made, whose results were the removal of potassium chloride ampoules from the care unit, the prescription of stand- ardized electrolyte mixtures for pediatric and adult patients, and their centralized preparation by the Pharmaceutical Service defined. It were followed to assess adherence to the practice implemented by finding a fulfillment of 91,2%, without the presence of vials stored in the units was restricted and no influence was found on phlebitis rates compared to previous months of the use of these mixtures. In addition, it was recognized the inherent risks of the use of a drug such as potassium chloride within the care team. At present, this practice is still exerted at the institution; there have been improvements in accordance with the findings in the monitoring process. It is model for implementation with other medications and mixtures containing electrolytes.


Assuntos
Humanos , Potássio , Prescrições de Medicamentos , Efeitos Colaterais e Reações Adversas Relacionados a Medicamentos , Segurança do Paciente , Erros de Medicação
13.
Rev. enferm. UERJ ; 22(4): 454-460, jul.-ago. 2014. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-748723

RESUMO

Erros de prescrição e administração correspondem a mais de 75% dos erros de medicação em ambiente hospitalare a reconciliação de medicamentos uma alternativa para diminuir tal ocorrência. No Brasil, estudos de reconciliação medicamentosasão incipientes, assim o objetivo do trabalho foi apresentar o perfil dos pacientes e os resultados da reconciliação de medicamentos em unidade hospitalar. Trata-se de estudo transversal prospectivo realizado no Hospital Universitário do Oeste do Paraná, Brasil, em 2011. Foram entrevistados 58 pacientes, 27 (46,5%) possuíam pelo menos uma enfermidade crônica, 24 (41,3%) faziam uso de medicamentos em casa com 15 (62,5%) apresentando pelo menos um tipo de erro relacionado aos medicamentos, sendo o grupo dos anti-hipertensivos 24 (32%) o mais envolvido. Foram encontradas 61 discrepâncias, 49 (80%) não justificadas. As intervenções farmacêuticas foram aceitas em 13 (87%) dos casos. Os pacientes da reconciliação medicamentosa estavam acima dos 50 anos e usavam mais de 3 medicamentos.


Prescribing and administration errors account for more than 75% of medication errors in hospitals, and medicationreconciliation is one way of reducing their occurrence. Studies of medication reconciliation are incipient in Brazil and, accordingly, this study aimed to profile the patients and describe the results of medication reconciliation at a hospital. This prospective cross-sectional study was conducted at West Paraná University Hospital, Brazil, in 2011. Of the 58 patients interviewed,27 (46.5%) had at least one chronic disease, and 24 (41.3%) used medication at home, with 15 (62.5%) showing at least one type of medication error, the anti-hypertensive pharmacological group being the most involved (24; 32%). Of the 61 discrepancies found, 49 (80%) were not justified. Medication reconciliation was accepted in 13 (87%) cases. The patients involved in medication reconciliation were over 50 years old and used more than 3 drugs.


Errores de prescripción y administración son responsables por más de 75% de los errores de medicación en loshospitales y la reconciliación de medicamentos una alternativa para su reducción. En Brasil, los estudios de reconciliación de medicamentos son incipientes, por eso este trabajo tuvo el objetivo de presentar el perfil de los pacientes y los resultados de la reconciliación de medicamentos en unidad hospitalaria. Estudio transversal prospectivo en el Hospital Universitario del Oeste de Parana, Brasil, en 2011, donde se entrevistó a 58 pacientes. De estos 27 (46,5%) tenían una enfermedad crónica, 24 (41,3%) usaban medicamentos en casa, 15 (62.5%) han tenido al menos un tipo de error relacionado a la medicación ysiendo el grupo de fármacos antihipertensivos 24 - (32%) - el más implicado. Se encontraron 61 discrepancias, 49 (80%) sin justificativa. Las intervenciones farmacéuticas fueron aceptadas en 13 (87%) casos. Los pacientes de la reconciliación de medicamentos eran mayores de 50 años y usaban más de 3 fármacos.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso de 80 Anos ou mais , Erros de Medicação , Prescrições de Medicamentos , Reconciliação de Medicamentos , Segurança do Paciente , Brasil , Estudos Transversais
14.
Rev. bras. enferm ; 67(4): 563-567, Jul-Aug/2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-722665

RESUMO

This qualitative study aimed to analyze the clinical criteria used for the administration of prescribed medications for use when needed (SOS); and discuss the implication of the findings in this research to clinical psychiatric nursing. The records of female patients admitted to a psychiatric institution in the city of Rio de Janeiro, in the time frame from May to June 2009, were analyzed. In the 38 patient records, 16 prescriptions for medications SOS were found. The mean age of patients was around 45-55 years with a clinical diagnosis of Bipolar Mood Disorder. The medication category most prescribed as SOS was of benzodiazepines, followed by antipsychotics. It was noticed a tendency to not valuing the administration of medication in SOS notes. The study points out the importance to establish clinical criteria to indicate the need, or not, to administer prescribed SOS medications.


Trata-se de estudo qualitativo que objetivou analisar os critérios clínicos utilizados para a administração das medicações prescritas de uso quando necessário (SOS); e discutir a implicação dos achados nesta pesquisa para a clínica da enfermagem psiquiátrica. Foram analisados os prontuários de pacientes do sexo feminino, internadas em uma instituição psiquiátrica na cidade do Rio de Janeiro, no recorte temporal de maioo a junho de 2009. Nos 38 prontuários analisados, foram encontradas 16 prescrições de medicações SOS. A idade média das pacientes girou em torno de 45-55 anos, com diagnóstico clínico de Transtorno Bipolar do Humor. A categoria de medicação mais prescrita como SOS foi a dos benzodiazepínicos, seguidos de antipsicóticos. Notou-se uma tendência à não valorização da administração da medicação SOS nas anotações. O estudo aponta a necessidade de que sejam estabelecidos critérios clínicos que indiquem a necessidade, ou não, de administrar medicações prescritas como SOS.


Este estudio cualitativo tuvo como objetivo analizar los criterios clínicos utilizados para la administración de medicamentos prescritos para su uso cuando sea necesario (SOS); y discutir las implicaciones de los hallazgos en esta investigación a la clínica de enfermería psiquiátrica. Fueran utilizados los registros de pacientes de sexo femenino admitidos en una institución psiquiátrica en la ciudad de Río de Janeiro, en el marco de tiempo de mayo a junio de 2009. En los 38 prontuarios de pacientes analizados, se encontraron 16 recetas para medicamentos SOS. La edad media de los pacientes fue de alrededor de 45 a 55 años con un diagnóstico clínico de trastorno bipolar del estado de ánimo. La categoría de medicamento más prescrito como SOS fue la de benzodiacepinas, seguido de los antipsicóticos. Notó-se una tendencia a no valorar la administración de medicamentos SOS en los registros. El estudio apunta a la importancia de estabelecimiento de criterios clínicos que indiquen la necesidad o no de administrar los medicamentos prescritos como SOS.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Adulto Jovem , Antipsicóticos/administração & dosagem , Benzodiazepinas/administração & dosagem , Transtorno Bipolar/tratamento farmacológico , Transtorno Bipolar/enfermagem , Enfermagem Psiquiátrica , Esquema de Medicação , Prescrições de Medicamentos/normas
15.
Cogitare enferm ; 18(4): 743-750, out.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-717834

RESUMO

Estudo qualitativo que objetivou discutir os limites e possibilidades da prescrição de medicamentos por enfermeiros na Estratégia Saúde da Família. Foram entrevistados 11 enfermeiros e a interpretação das informações por meio da Análise Temática resultou em cinco categorias empíricas. Os enfermeiros se sentem capacitados para prescrever medicamentos na consulta de enfermagem; para eles a prescrição traz autonomia e valorização profissional e necessita de cautela quando executada, para não trazer riscos à saúde dos usuários. Tal prática ocorre nos programas de saúde pública, porém falta apoio legal da gestão de saúde sobre o tema. Faz-se necessário o diálogo entre a gestão, os enfermeiros e os órgãos representativos da categoria para que a prescrição de medicamentos seja realizada com ética e responsabilidade com vistas ao cuidado coletivo de saúde.


This qualitative study aimed to discuss the limits and possibilities of the prescription of drugs by nurses in the Family Health Strategy. 11 nurses were interviewed, and the interpretation of the information using Thematic Analysis resulted in five empirical categories. The nurses feel able to prescribe drugs in the nursing consultation; for them, the prescribing brings autonomy and professional valorization and needs caution when undertaken so as not to entail risks to the health of the service users. This practice occurs in the public health programs, but legal support from the health managers on the issue is lacking. Dialog is needed between management, the nurses, and the representative bodies of that category so that the prescription of drugs may be undertaken ethically and responsibly, with a view to public health care.


Estudio cualitativo cuyo objetivo fue discutir los límites y posibilidades de la prescripción de medicinas por enfermeros en la Estrategia Salud de la Familia. Fueron entrevistados 11 enfermeros y la interpretación de las informaciones por medio del Análisis Temático resultó en cinco categorías empíricas. Los enfermeros se sienten capaces de prescribir medicinas en la consulta de enfermería; para ellos, la prescripción trae autonomía y valoración profesional y necesita de cuidado cuando ejecutada, para no traer riesgos a la salud de los usuarios. Esa práctica ocurre en los programas de salud pública, pero hace falta apoyo legal de la gestión de salud sobre el tema. Es necesario un diálogo entre la gestión, los enfermeros y los órganos representativos de la categoría para que la prescripción de medicinas sea realizada con ética y responsabilidad para el cuidado colectivo de salud.


Assuntos
Humanos , Prescrições de Medicamentos , Saúde da Família , Enfermagem , Ética em Enfermagem , Cuidados de Enfermagem
16.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 12(suplementar)out. 2013.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-698523

RESUMO

Aim: to identify medication errors in medical prescriptions in a neonatal intensive care unit (NICU); to compare the occurrence of medication errors in medical prescriptions, before and after the deployment of a medication team in an NICU. Methods: This is an observational, descriptive, retrospective cohort study, in which a quantitative approach was used. This study will be operationalized through documentary research with regard to medical records. We will use medical records of the period between May 2010 and April 2011 and from June 2011 to May 2012. The data collection will take place from September to November 2013. The research scenario will be the neonatal intensive care unit of a university hospital in the public health network of the state of Rio de Janeiro. Expected results: A matrix of analysis to configure the interaction between the medication team and the occurrence of medication errors in terms of drug prescription...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem , Erros de Medicação , Prescrição Inadequada , Prescrições de Medicamentos , Sistemas de Medicação
18.
Rev. gaúch. enferm ; 33(2): 28-35, jun. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-647921

RESUMO

Estudo multicêntrico, transversal, realizado entre dezembro de 2009 e junho de 2010, que teve como objetivo avaliar a qualidade das Prescrições de Enfermagem (PE) em dois hospitais de ensino público. A amostra se constituiu de 1.307 PE, e os dados foram tratados por meio dos testes G e Qui-quadrado. A determinação da qualidade das PE se baseou nos Índices de Classificação abordados na literatura. Dentre os resultados foram obtidas 1.083 (82,8%) PE corretas e adequadas, 154 (11,8%) inadequadas e 52 (3,9%) incompletas. Em 18 (1,37%) prontuários, as PE eram inexistentes. Houve significância estatística (α<0,05) para PE incompletas e ausentes entre os dois hospitais (0,00), assim como PE inadequadas entre as faixas etárias (0,03). Conclui-se que, nos hospitais investigados, a PE necessita ser melhorada, seja em termos de quantidade como de qualidade.


A multicenter, cross-sectional study took place from December 2009 to June 2010 and aimed to assess the quality of Nursing Prescription (NP) in two public teaching hospitals. The sample consisted of 1,307 NP and data were processed using the G-test and chi-square. The determination of the quality of NP was based on the classification indices reported in literature. Among the results, 1,083 (82.8%) correct and appropriate NP, 154 (11.8%) inadequate NP and 52 (3.9%) incomplete NP were found. In 18 (1.37%) patient charts, the NP was nonexistent. There was statistic significance (α<0.05) for incomplete and absent NP between the two hospitals (0.00), as well as inappropriate NP between age groups (0.03). It was concluded that, in the hospitals under study, the NP needs to be improved, both in terms of quantity and quality.


Estudio multicéntrico, transversal, realizado entre diciembre de 2009 a junio de 2010 y que tuvo como objetivo evaluar la calidad de Prescripción Enfermera (PE) en dos hospitales de enseñanza pública. La muestra consistió en 1307 PE y los datos fueron procesados a través de las pruebas estadísticas de G y chi-cuadrado. La determinación de la calidad de la PE se basó en los índices de clasificación reportados en la literatura. Entre los resultados obtenidos fueron 1.083 (82,8%) PE correctas y adecuadas, 154 (11,8%) inadecuadas y 52 (3,9%) incompletas. En 18 (1,37%) registros médicos, las PE no existían. Hubo significación estadística (α<0,05) para PE incompletas y ausentes entre los dos hospitales (0,00) así como las PE inadecuadas entre grupos de edad (0,03). Se concluye que en los hospitales consultados la PE debe mejorarse, tanto en términos de cantidad como de calidad.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Prescrições de Medicamentos/enfermagem , Prescrições de Medicamentos/normas , Auditoria de Enfermagem , Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde , Estudos Transversais , Hospitais Públicos , Hospitais de Ensino
19.
REME rev. min. enferm ; 16(2): 201-207, abr.-jun. 2012. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-653226

RESUMO

Nesta pesquisa, propôs-se testar a hipótese de que a distração, durante o preparo e a administração de medicamentos,pode conduzir ao erro. No Centro de Terapia Intensiva (CTI) de um hospital filantrópico, foramrealizadas observaçõesnão participantes e diretas das atividades do processo medicamentoso desempenhadas pela equipe de enfermagemem todos os plantões. No período de observação, foram administrados 136 fármacos, totalizando 43 erros, dentre osquais omissão, velocidade de infusão, via, dose, diluição e horário. Durante a coleta de dados, foramidentificados 100fatores que poderiam causar distrações da enfermagem predispondo seu erro: telefone fixo da instituição ou celulartocando, interrupção por outros profissionais, mudanças não padronizadas de prescrições médicas, sobreposição dediferentes tarefas pelo mesmo profissional nos horários padronizados para medicação e ausência de planejamentoformal da assistência. Embora21%dos errosdemedicação relacionados ao preparoeàadministração de medicamentosemhorário errado tenham sido induzidos pelo evento que causa distração“mudanças não padronizadas de prescriçõesmédicas”, não houve correlação significativa entre os erros identificados e os fatores que poderiam conduzir à distração.Portanto, pode-se inferir que, na condição estudada, não existe relação direta entre os possíveis fatores que causamdistração e os erros relacionados ao preparo e à administração de medicamentos.


Assuntos
Humanos , Cuidados de Enfermagem , Equipe de Enfermagem , Erros de Medicação , Prescrições de Medicamentos/enfermagem
20.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 4(3): 2510-2520, jul.-set. 2012. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1029782

RESUMO

Identificar o cuidado de enfermagem associado à prescrição de enfermagem na unidade pós-operatória de cirurgia cardíaca. Métodos: O objeto de estudo foi abordado através do método qualitativo, a partir de uma pesquisa descritiva, tipo estudo de caso. Os dados foram coletados através da observação não participante. Na análise de dados aplicou-se a técnica de análise de conteúdo, que propiciou a criação da categoria assim denominada: O cuidado de enfermagem associado à prescrição de enfermagem numa unidade de cirurgia cardíaca. Resultados: Os resultados apontaram 76,9% dos enfermeiros não avalia a condição clínica das últimas horas do cliente, a assistência de enfermagem fica comprometida, além disso, 61,54% dos enfermeiros utilizando a evolução de enfermagem como parâmetro para prescrever, ainda temos 38,46% dos enfermeiros que não se utiliza desse instrumento. Conclusão: Espera-se que este estudo proporcione subsídios para o processo de açãoreflexão do cotidiano vivenciado pelos enfermeiros da cirurgia cardíaca.


Identificar el cuidado de enfermería asociado a su prescrición en la unidad pos operatoria de la cirugía cardíaca. Métodos: El objeto del estúdio tuvo una abordaje cualitativa, a partir de una pesquisa descriptiva, tipo estúdio de caso. Los dados fueron recogidos a través de la observación no participante. En la análise de los dados fue aplicado una técnica de análise del contenido, que propició la criación de la categoria: El cuidado en una unidad de cirugía cardíaca. Resultados: Los resultados mostraron que el 76,9% de las enfermeras noevaluar el estado clínico de las últimas horas del cliente, atención de enfermería se compromete aún más 61,54% de las enfermeras con la evolución de la enfermería como un parámetropara prescribir, todavía tenemos 38,46 % de las enfermeras que no use este instrumento. Conclusão: Esperase que esto estúdio proporcione subsídios para el proceso de acción – reflexión del cotidiano vivenciado por los enfermeros de la cirugía cardíaca.


Objective: To identify the nurses’ assistance associated with the nurses prescription of the heart surgery pos operatory unit. Methods: The object of the study had a qualitative approach, from a descriptive research like case study. The data collection was made by non participant observation. The data analysis used the technique of content analysis, allowing the creation of the category: The nurse assistance associated to the prescription on the heart surgery unit. Results: The results showed 76.9% of nurses do not evaluate the clinical condition of the last hours of the client, nursing care is compromised further 61.54% of nurses using the evolution of nursing as a parameter toprescribe, we still have 38.46% of nurses that does not use this instrument. Conclusion: It is hoped that this study gives subsidys to the action-reflexion processo of the daily routine of the heart surgery nurses.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Cuidados Pós-Operatórios , Prescrições de Medicamentos/enfermagem , Procedimentos Cirúrgicos Cardíacos , Brasil
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA