Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 22
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Revista de Enfermagem Referência ; 5(1): e19099, 01-01-2020. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1095741

RESUMO

ENQUADRAMENTO: A higiene oral é um cuidado essencial na assistência de enfermagem. A sua realização auxilia na prevenção de doenças bucais e sistémicas. OBJETIVO: Identificar a atuação da equipa de enfermagem na higiene oral em ambiente hospitalar. METODOLOGIA: Estudo exploratório, descritivo, transversal, de abordagem quantitativa realizado com profissionais de enfermagem, que atuam na área hospitalar. Foi aplicado um questionário contendo informações sociodemográficas, do trabalho e da atuação dos participantes na higiene oral. RESULTADOS: Cento e quatorze profissionais de enfermagem participaram do estudo, dentre estes, 75,4% relataram que não realizaram a higiene oral no último turno e 44,7% da equipa sugeriu que o doente o fizesse. A sobrecarga de trabalho e a alta rotatividade de doentes foram citadas como impedimentos para realização deste cuidado. CONCLUSÃO: A equipa de enfermagem percebe a higiene oral como um cuidado essencial ao doente, contudo a atuação na prática da higiene oral tem sido negligenciada. Neste contexto, este estudo aponta para a necessidade de fornecer atividades de educação permanente sobre esse cuidado em ambiente hospitalar.


BACKGROUND: Oral hygiene is essential in nursing care. It helps in the prevention of oral and systemic diseases. OBJECTIVE: To identify the performance of the nursing team in oral hygiene in a hospital environment. METHODOLOGY: Exploratory, descriptive, cross-sectional study with a quantitative approach carried out with nursing professionals who work in the hospital environment. A questionnaire was applied to participants about their sociodemographic and professional characteristics and the performance of oral hygiene. RESULTS: A total of 114 nursing professionals participated in this study. Of these, 75.4% of participants reported that they had not performed oral hygiene in the last shift, and 44.7% of the team members suggested that the patient should do so. Work overload and high patient turnover were mentioned as constraints to the performance of oral care. CONCLUSION: The nursing staff perceives oral hygiene as a part of essential patient care; however, oral hygiene practice has been neglected. This study points to the need to provide continuing education activities on this type of care in the hospital environment.


MARCO CONTEXTUAL: La higiene oral es un cuidado esencial en la atención de enfermería. Su realización ayuda a la prevención de enfermedades orales y sistémicas. OBJETIVO: Identificar la actuación del equipo de enfermería en la higiene bucal en un ambiente hospitalario. METODOLOGÍA: Estudio exploratorio, descriptivo, transversal y de enfoque cuantitativo realizado con profesionales de enfermería que trabajan en el área hospitalaria. Se aplicó un cuestionario que contenía información sociodemográfica sobre el trabajo y la actuación de los participantes en la higiene bucal. RESULTADOS: Ciento catorce profesionales de enfermería participaron en el estudio, de ellos el 75,4% informó de que no realizaron la higiene bucal en el último turno y el 44,7% del equipo sugirió que el paciente lo hiciera. La sobrecarga de trabajo y la alta rotación de pacientes se citaron como impedimentos para realizar esta atención. CONCLUSIÓN: El equipo de enfermería considera la higiene bucal como un cuidado esencial para el paciente, sin embargo, esta práctica de la higiene bucal se ha descuidado. En este contexto, el presente estudio señala la necesidad de realizar actividades de educación permanente en torno a este tipo de cuidado en un entorno hospitalario.


Assuntos
Higiene Bucal , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem , Prevenção de Doenças
2.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 76 p. tab, graf, ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-998394

RESUMO

Este estudo teve como objetivo avaliar a efetividade do programa educativo no conhecimento de profissionais de enfermagem sobre a higiene bucal em pacientes críticos intubados. Trata-se de um estudo quase-experimental conduzido em um hospital de grande porte de Belo Horizonte ­ MG no período de março a julho de 2018. Participaram 79 profissionais de enfermagem, em três etapas: pré-teste, programa educativo e pós-teste. Foram elaborados instrumentos de caracterização da amostra e de avaliação do conhecimento da equipe de enfermagem sobre a higiene bucal do paciente crítico intubado. Este último contendo 20 questões com opções de resposta verdadeiras, falsas ou não sei, o qual foi submetido a validação de conteúdo por um comitê de especialistas. Análise descritiva e testes de Wilcoxon, Mann-Whitney, Kruskal Wallis e correlação de Spearman foram realizados. A amostra foi composta predominantemente por enfermeiros (54,4%), do sexo feminino (86,1%), bem distribuídos entre os turnos diurno e noturno (49,4% e 50,6%). O tempo de formado dos profissionais variou de 7 a 240 meses, com mediana de 96 meses (p25=60;p75=120), o tempo de atuação no Centro de Terapia Intensiva (CTI) variou de 1 a 156 meses, com mediana 29 meses (p25=9;p75=72). A maioria dos profissionais (78,5%) recebeu alguma instrução de higiene bucal durante a formação, entretanto, na instituição, 41,8% nunca recebeu treinamento sobre a temática. No que diz respeito a avaliação do conhecimento dos profissionais no pré-teste, a mediana de acertos foi de 15 questões (p25=13;p75=16) e, no pós-teste, a mediana foi de 19 questões (p25=17;p75=20). Houve diferença estatisticamente significativa entre os dois momentos, com o aumento do conhecimento dos profissionais da equipe de enfermagem após o programa educativo (p<0,001). Também houve diferença estatisticamente significativa entre o conhecimento no pré-teste e a ciência do profissional quanto ao protocolo de higiene bucal na instituição (p<0,05), sendo que profissionais que sabiam da existência do protocolo na instituição apresentaram um escore maior de conhecimento no pré-teste. Houve uma correlação negativa e de fraca magnitude entre o conhecimento no pós-teste e o tempo de formado dos profissionais (r= -0,258; p<0,05). Conclui-se que o programa educativo pautado em metodologias ativas, visando uma aprendizagem significativa, teve efeito positivo no conhecimento dos profissionais de enfermagem sobre higiene bucal em pacientes críticos intubados, sendo este efeito menor em profissionais com maior tempo de formação. Reforça-se assim, a importância da educação permanente com programas educativos efetivos visando favorecer o conhecimento da equipe de enfermagem para a melhoria da qualidade da assistência à saúde.(AU)


This study aimed to evaluate the effectiveness of the educational program on the knowledge of nursing professionals on oral hygiene in critically ill intubated patients. This case study is a semi-experimental study performed in a large hospital in Belo Horizonte (MG), Brazil, from March to July 2018. 79 nursing professionals were considered in three study stages: pre-test, educational program and post-test. Sample characterization instruments and means to evaluate the knowledge of the nursing team regarding the oral hygiene in critically ill intubated patients were developed. The nursing team knowledge evaluation was performed by a questionnaire with 20 true or false sentences concerning the subject in study; this questionnaire was submitted to a committee composed by specialist and was content validated. Descriptive analysis and Wilcoxon, Mann-Whitney, Kruskal Wallis and Spearman correlation tests were also performed. The sample consisted predominantly of nurses (54.4%), female (86.1%),well distributed between the day and night shifts (49.4% and 50.6%).The training time of the professionals ranged from 7 to 240 months, with a median of 96 months (p25 = 60;p75 = 120), the time spent in the Intensive Care Center (ICU) ranged from 1 to 156 months, with median 29 months (p25 = 9; p75 = 72). Most of the professionals (78.5%) have received some oral hygiene instruction during the training. At the institution, 41.8% have never received training on the subject. Regarding the evaluation of professionals' knowledge, in the pre-test the median was 15 points (p25=13; p75=16) and, in the post-test, the median was 19 points (p25=17; p75=20). There was a significant statistical difference on both moments, with the increase in the knowledge concerning the professionals of the nursing team after the educational program (p <0.001).There was also a significant statistical difference between the pre-test and the professional's knowledge regarding the oral hygiene protocol in the institution(P <0.05), that is, professionals who knew about the existence of the protocol in the institution achieved a higher knowledge score (r = -0.258, p <0.05). A negative correlation was found between the post-test and the training time of the professionals. It was concluded that the educational program based on active methodologies, aimed at a meaningful learning, had a positive effect on nursing professionals' knowledge concerning the oral hygiene in critically ill intubated patients, and this effect is lower in professionals who had a longer training periods. It reinforces the importance of permanent education with effective educational programs which aims to improve the knowledge of the nursing team in order to enhance the quality of health care.(AU)


Assuntos
Humanos , Higiene Bucal/educação , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Educação Continuada em Enfermagem , Inquéritos e Questionários , Dissertação Acadêmica , Intubação , Cuidados de Enfermagem/métodos
3.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 26(3): 179-185, Jul.-Sep. 2018. graf
Artigo em Espanhol | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-964304

RESUMO

Introducción: los factores asociados a la producción de caries en la infancia son dietéticos y ambientales. Los primeros incluyen el alto consumo de dulces y líquidos endulzados, y en los segundos se circunscriben el bajo nivel educativo, la ausencia de hábitos higiénicos y la falta de accesibilidad a los servicios de salud. Objetivo: establecer la relación entre los hábitos de higiene bucal y caries dental en escolares de primer año de primaria de tres escuelas públicas. Metodología: estudio correlacional-analítico, se aplicó una encuesta a 259 niños y a sus padres sobre hábitos de higiene bucal. Se valoró clínicamente la boca y dentadura de los infantes. La prueba de hipótesis fue con coeficiente de correlación de Pearson y análisis de regresión lineal. Resultados: la prevalencia de caries fue del 51%, la presencia de caries clase I fue mayor en escolares de la escuela de nivel socioeconómico bajo (33%). La frecuencia de cepillado dental es de dos veces o menos al día, con omisión del cepillado nocturno. Conclusiones: el consumo de dulces, aunado a la menor frecuencia de cepillado, se asoció a caries, sobre todo en la población de la escuela primaria de nivel socioeconómico bajo.


Introduction: The factors associated with the production of caries in childhood are dietary and environmental. The former include the high consumption of sweets and sweetened liquids and in the latter, the low educational level, the absence of hygienic habits and the lack of accessibility to health services are circumscribed. Objective: To establish the relationship between oral hygiene habits and dental caries in first-grade public elementary school students. Methods: Correlational-analytical study, a survey was applied to 259 children and their parents on oral hygiene habits. The mouth and teeth of the infants were clinically evaluated. The hypothesis test was with a Pearson correlation coefficient and linear regression analysis. Results: The prevalence of caries was 51%, the presence of class I caries was higher in school children of low socioeconomic level (33%). The frequency of tooth brushing is twice or less per day with omission of night brushing. Conclusions: The consumption of sweets combined with a lower frequency of brushing was associated with caries, especially in the population of the primary school of low socioeconomic status.


Assuntos
Humanos , Higiene Bucal , Serviços de Odontologia Escolar , Criança , Saúde da Criança , Coleta de Dados , Cárie Dentária , México
4.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(3, n. esp): 212-216, jun. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-905877

RESUMO

A pesquisa contribuirá para o aprimoramento das ações de higiene bucal realizada por cuidadores da pessoa idosa com dependência funcional. Com isso, fornecerá subsídios para o planejamento e execução das ações de forma a minimizar dificuldades na execução do cuidado dos idosos em situação de dependência funcional


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Saúde do Idoso , Filme e Vídeo Educativo , Higiene Bucal/educação , Higiene Bucal/estatística & dados numéricos
5.
Enferm. foco (Brasília) ; 8(4): 13-19, dez. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028326

RESUMO

Objetivo: Avaliar o conhecimento acerca dos cuidados bucais realizados por enfermeiros a pacientes ventilados mecanicamente. Método: Estudo transversal, realizado em um hospital escola de Goiânia/Goiás. A coleta de dados deu-se por meio de questionário estruturado. Resultados: Os enfermeiros conhecem as medidas recomendadas sobre higiene bucal. Os fatores dificultadores encontrados foram a falta de pessoal (21,7%), falta de tempo (16,7%) e trabalhos burocráticos (15%). Contudo ainda existem lacunas no que se refere a produtos e materiais utilizados na higiene bucal. Conclusão: As Lacunas e os fatores dificultadores sinalizados nesse estudo merecem reflexão, como forma de avaliar a qualidade do cuidado oferecido.


Objective: To evaluate the knowledge about oral care performed by nurses in mechanically ventilated patients. Methods: a cross-sectional study, conducted in a teaching hospital of Goiania/Goias. The data collection was performed by means of a structured questionnaire. Results: The nurses know the measures recommended on oral hygiene. The complicating factors found were the lack of personnel (21.7%), lack of time (16.7%) and work on tape (15%). However there are still gaps in relation to products and materials used in oral hygiene. Conclusion: The gaps and the factors complicating factors indicated in this study deserve consideration, as a means of evaluating the quality of care offered.


Objetivo: Evaluar el conocimiento sobre el cuidado bucal realizadas por enfermeras en pacientes ventilados mecánicamente. Métodos: Estudio transversal, realizado en un hospital de Goiania y Goias. La recolección de datos se realizó por medio de un cuestionario estructurado. Resultados: Las enfermeras saben las medidas recomendadas en la higiene bucal. Los factores encontrados fueron la falta de personal (21,7%), la falta de tiempo (16,7%) y trabajar en la cinta (15%). Sin embargo todavía hay lagunas en relación con los productos y los materiales utilizados en la higiene bucal. Conclusión: Las brechas y los factores factores indicados en este estudio merecen consideración, como medio de evaluar la calidad de la atención ofrecida.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Biofilmes , Cuidados de Enfermagem , Higiene Bucal , Profissionais de Enfermagem
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(5): 4311-4317, maio 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031698

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção de adolescentes acerca da atividade de vida cuidar da higiene pessoal e sevestir. Método: pesquisa-ação, de abordagem qualitativa, desenvolvida em uma escola localizada na periferiade Fortaleza/CE, Brasil. Foram selecionados 25 adolescentes que participaram de uma oficina educativa,abordando a atividade de vida higiene pessoal e se vestir. Para a análise dos dados, foram utilizadas aspráticas discursivas. Resultados: evidenciaram o significado do vestuário pelos meninos e o uso de roupascurtas para festas e discretas para ambientes formais pelas meninas. Os participantes relataram a importânciada higiene corporal, incluindo lavagem das mãos. A saúde bucal foi interpretada como forma importante derelacionamento com os pares. Conclusão: a enfermagem deve sempre redescobrir o adolescente, adentrar emseu mundo numa tentativa de por meio do conhecimento buscar um cuidado mais direcionado. Os elementospróprio do cuidar exigem metodologias que busquem identificar as vulnerabilidades, sendo o meio dialógicouma maneira possível.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Enfermagem , Higiene , Percepção Social , Saúde Bucal , Saúde do Adolescente , Vestuário , Educação em Saúde , Higiene Bucal , Higiene das Mãos
7.
REME rev. min. enferm ; 20: [1-8], 2016. ilus, tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-835273

RESUMO

Os objetivos do estudo foram mensurar entre os enfermeiros a valoração da higiene bucal de pacientes adultos intubados, verificar a identificação e registros dos diagnósticos e prescrições de enfermagem pertinentes às alterações da cavidade bucal e avaliar os registros e as ações dos técnicos de enfermagem relacionados à higienização bucal. Estudo descritivo realizado em unidades de terapia intensiva de um hospital universitário por meio de questionário e análise de registros. A amostra foi constituída de 47 (72,3%) entre 65 enfermeiros e foram analisados 53 prontuários. Os resultados revelaram que o escore médio atribuído pelos enfermeiros relacionado à valoração do procedimento foi de 83. A maioria relata avaliar as condições da cavidade bucal e prescreve o procedimento de higienização. Nos prontuários não foram encontrados os diagnósticos de enfermagem relacionados. Em 67% dos prontuários havia registros sobre a realização da higiene pelos técnicos. O escore médio indicado pelos enfermeiros condiz com o reconhecimento sobre a importância da higiene bucal, mas os registros são falhos ou inexistentes.


The aims of this study were to measure the valuation of oral hygiene of intubated adult patients among nurses, verify if they identify and recordnursing diagnoses and prescription concerning to changes in the oral cavity; checking the records and interventions of nursing staff related to oralhygiene. Exploratory study conducted in the Intensive Care Units in a university hospital through questionnaire and analysis of records. The sampleconsisted of 47 (72.3%) nurses, 65 nurses and 53 medical records analyzed. The results revealed that the average score assigned by nurses accordingto the valuation of oral hygiene was 83. Most nurses reported that they had assessed the conditions of the oral cavity and prescribed the oralhygiene. Records were not found in the related nursing diagnoses. In 67% of the records evaluated there were annotations on the implementation of the oral hygiene by nursing technicians. The average score appointed by nurses is consistent with the recognition of the importance of procedure, but the records are flawed or nonexistent.


El presente estudio buscó medir entre los enfermeros la valoración de la higiene bucal de pacientes adultos entubados, comprobar la identificación yregistros de los diagnósticos y prescripciones de enfermería relacionados con las alteraciones de la cavidad bucal y evaluar los registros y las accionesde los técnicos de enfermería relacionados con la higiene bucal. Estudio exploratorio descriptivo realizado en la unidad de cuidados intensivos deun hospital universitario a través de un cuestionario y del análisis de los registros. La muestra consistió en 47 (72,3%) entre 65 enfermeros y fueronanalizados 53 registros médicos. Los resultados revelaron que la puntuación media atribuida por los enfermeros en relación con la valoración del procedimiento fue 83. La mayoría informa que evalúa las condiciones de la cavidad bucal y que prescribe su higienización. En los registros médicosanalizados no se encontraron los diagnósticos de enfermería pertinentes. En 67% de los registros médicos estaba registrada la higiene bucal realizadapor los técnicos de enfermería. La puntuación media designada por los enfermeros está de acuerdo con el reconocimiento de la importancia del procedimiento, pero los registros son deficientes o inexistentes.


Assuntos
Humanos , Cuidados de Enfermagem , Higiene Bucal , Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica , Unidades de Terapia Intensiva
8.
Rev. SOBECC ; 20(3): 150-156, jul.-set. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-779389

RESUMO

Investigar o perfil epidemiológico dos pacientes com fraturas no complexo maxilomandibular e compreender a percepção desses usuários quanto ao evento trauma maxilomandibular. Método: Adotou-se o método misto, mediante uma abordagem quanti-qualitativa. A coleta de dados foi realizada nos meses de julho a novembro de 2014, nos retornos dos usuários juanto ao serviço odontológico. Utilizou-se uma entrevista semi-estruturada, com informações sociodemográficas dos usuários e três perguntas norteadoras. O referencial metodológico utilizado foi a análise de conteúdo de Bardin e a Teoria Geral da Enfermagem de Orem. Resultados: Predominaram indivíduos do sexo masculino, jovens, vítimas de acidentes com veículos mootorizados, com fraturas na mandíbula. Conclusões: Os resultados encontrados neste estudo permitem considerar que os indivíduos, vítimas de trauma de face e bloqueio intermaxilar, apresentam déficit no autocuidado, sobretudo nos aspectos da higienização bucal e alimentação, além de comunicação verbal prejudicada, que pode comprometer ainda mais suas necessidades...


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Acidentes de Trânsito/estatística & dados numéricos , Enfermagem Perioperatória , Fraturas Maxilomandibulares/complicações , Fraturas Maxilomandibulares/enfermagem , Fraturas Maxilomandibulares/epidemiologia , Higiene Bucal/educação , Higiene Bucal/enfermagem
9.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 6(4): 1396-1408, out.-nov. 2014.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-733482

RESUMO

Objective: To discuss the perceptions of the nursing team about oral hygiene of hospitalized dependent patients.Method: this is a descriptive and qualitative study, performed in the medical and surgical clinics of a hospital in the country side of Bahia, between March and July of 2006. The data were collected through a semi-structured interview, applied to seventeen participants and complemented by structured observation.Result:after an analysis of thematic content,emerged three categories that say: oral hygiene is an important care to patients; oral hygiene avoids discomfort of the team providing care; and oral hygiene may be delegated to the family.Conclusion: In studied context, there is no protocol to administer oral hygiene; the oral odors define their periodicity, oral hygiene is performed by family members; and the nurses do not participate directly in such care.


Objetivo: Discutir a percepção da equipe de enfermagem sobre a higiene oral de pacientes dependentes hospitalizados.Método: Estudo descritivo, qualitativo, realizado nas clínicas médica e cirúrgica de um hospital do interior da Bahia, no período de março a julho de 2006, dados obtidos através da entrevista semiestruturada aplicada a dezessete participantes,complementados pela observação estruturada.Resultado:Após a análise de conteúdo temática emergiram três categorias que revelam: a higiene oral como cuidado importante para o paciente; a higiene oral evita o desconforto da equipe na prestação de outros cuidados; e a higiene oral pode ser delegada para a família.Conclusão: No contexto estudado não existe protocolo para realização desse cuidado, os odores advindos da boca do paciente definem sua periodicidade,a higiene oral é realizada por familiares e as enfermeiras não participam diretamente deste cuidado.


Objetivo: Discutir la percepción del equipo de enfermería sobre la higiene oral de los pacientes dependientes hospitalizados.Método:estudio descriptivo y cualitativo, realizado en las clínicas médicas y quirúrgicas de un hospital del interior de Bahia, entre marzo y julio de 2006. Los datos fueron obtenidos através de entrevista semiestructurada aplicada a diecisiete participantes, complementados por la observación estructurada.Resultados:de los discursos surgieron tres categorías: La higiene oral como un cuidado importante para el paciente; la higiene oral evita el malestar del equipo en la prestación de otros cuidados; y la higiene oral puede ser delegada a la familia.Conclusión:en el contexto estudiado no existe un protocolo para la realización dese cuidado, los olores procedentes de la boca del paciente establecen su tiempo, la higiene oral se realiza por la familia y las enfermeras no participan directamente en este cuidado.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Assistência Odontológica para Doentes Crônicos/enfermagem , Higiene Bucal/educação , Higiene Bucal/enfermagem , Hospitalização , Pessoas com Deficiência , Brasil , Cuidados de Enfermagem
10.
Rev. eletrônica enferm ; 16(2): 304-311, 20143006. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-832268

RESUMO

Este estudo teve como objetivo avaliar a eficácia e a aceitação de um vídeo como estratégia de ensino da higiene bucal para pacientes com doenças hematológicas em tratamento quimioterápico. Trata-se de estudo quase experimental, tipo antes-depois, no qual foram incluídos 23 sujeitos. Depois de observada a técnica de higiene bucalhabitual, o paciente assistiu a um vídeo sobre este procedimento. Posteriormente, o sujeito realizou novamente a higienização bucal. Aplicou-se o teste t de "Student" pareado para comparar as médias de acertos dos passos desta técnica antes e após apresentação do vídeo. O desempenho na realização do procedimento foi superior após os sujeitos assistirem ao vídeo (p <0.0001), sendo que a utilização desta estratégia foi bem-aceita pelos pacientes. O vídeo sobre a técnica de higiene bucal mostrou-se eficaz para o ensino deste procedimento e foi bem aceito pelos pacientes. (ClinicalTrials.gov Identifier: NCT 01718002)


The current study aims at evaluating the effectiveness and acceptance of a video as a strategy for teaching oral hygiene to patients with hematologic disorders receiving chemotherapy. It is a quasi-experimental before and after study, composed of 23 subjects. After their routine oral hygiene routine was observed, patients watched a video about the procedure. Afterwards, the subjects carried out their oral hygiene once more. A paired student's t-test was used to compare the average of how many steps were performed correctly before and after the video presentation. Procedure performance was higher after watching the video (p <0.0001), being that the strategy was well accepted by patients. The oral hygiene video proved to be effective for the teaching of this procedure and was well accepted by patients. (ClinicalTrials.gov Identifier: NCT 01718002)


Estudio que objetivó evaluar la eficacia y aceptación de un video como estrategia de enseñanza de la higiene bucal en pacientes con enfermedades hematológicas en tratamiento quimioterápico. Estudio cuasi-experimental, tipo antes-después, en el que fueron incluidos 23 sujetos. Luego de observada la técnica de higiene bucal habitual, el paciente vio un video sobre dicho procedimiento. Posteriormente, el sujeto realizó nuevamente la higienización bucal. Se aplicó test t de Student pareado, para comparar los promedios de acierto de los pasos de esta técnica antes y después de la presentación del video. El desempeño en la realización del procedimiento fue superior luego de ver el video (p<0,0001), siendo que la utilización de esta estrategia fue bien aceptada por los pacientes. El video sobre la técnica de higiene bucal se mostró efectivo para la enseñanza del procedimiento y fue bien aceptado por los pacientes. (ClinicalTrials.gov Identifier: NCT 01718002)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Doenças Hematológicas/tratamento farmacológico , Higiene Bucal/educação , Higiene Bucal/métodos , Higiene Bucal/enfermagem , Doenças Hematológicas/enfermagem
11.
Cogitare enferm ; 18(3): 490-495, jul.-et. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-698927

RESUMO

Pesquisa quantitativa descritiva com objetivo de avaliar a cavidade e a higiene oral de idosas residentes em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos, no município de Ponta Grossa-Paraná, em 2011. Os resultados apontam faixa etária predominante entre 71-75 anos (n=13;33%), solteiras (n=29;72%) e não alfabetizadas (n=31;77%). Quanto à avaliação, 55% das idosas utilizam prótese dentária, 75% são edentadas e destas, 60% apresentaram periodontite; referente à higiene oral, 73% apresentavam condição ruim. Conclui-se que, apesar dos avanços tecnológicos, estudos referentes aos problemas bucais dos idosos são escassos, tornando necessária a elaboração de programas preventivos e educativos para que adultos e idosos possam planejar sua velhice com condições de saúde bucal mais satisfatória.


Quantitative descriptive research, aiming to evaluate cavities and oral hygiene among elderly residents in a Long-Term Care Facility for the Elderly, in the municipality of Ponta Grossa in the state of Paraná, in 2011. The results indicate predominance of: age range between 71-75 years old (n=13;33%), single (n=29;72%) and illiterate (n=31;77%). Regarding the evaluation, 55% of the elderly use dentures, 75% have few teeth, and of these, 60% have periodontitis; referent to oral hygiene, 73% have bad conditions. It is concluded that in spite of technological advances, studies referring to the oral problems among the elderly are few, making it necessary to elaborate preventive, educational programs so that adults and the elderly may plan their old age with more satisfactory oral health conditions.


Investigación cuantitativa descriptiva hecha con el objetivo de evaluar la cavidad y la higiene bucal de ancianas que viven en una Institución de Larga Permanencia para Ancianos, en el municipio de Ponta Grossa, Paraná, en 2011. Los resultados apuntan franja etaria predominante entre 71-75 años (n=13;33%), solteras (n=29;72%) y no alfabetizadas (n=31;77%). Acerca de la evaluación, 55% de las ancianas utilizan prótesis dentaria, 75% presentan dientes y, de estas, 60% presentaron enfermedad en periodonto. Acerca de la higiene oral, 73% presentaban malas condiciones. Se concluye que, a pesar de los avances tecnológicos, estudios referentes a los problemas bucales de los ancianos son escasos, siendo necesaria la creación de programas preventivos y educativos para que adultos y ancianos puedan planear su vejez con condiciones de salud bucal más satisfactorias.


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Higiene Bucal , Idoso , Assistência Odontológica para Idosos
12.
REME rev. min. enferm ; 17(1): 177-184, jan.-mar. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-684237

RESUMO

A pneumonia associada à ventilação mecânica (PAVM) é uma das infecções hospitalares mais prevalentes na Unidade de Tratamento Intensivo(UTI). Dentre os fatores de risco, destacam-se as microaspirações de microrganismos da orofaringe. A estratégia para prevenção da PAVM foia criação dobundleda ventilação. Nem todas as estratégias, porém, estão incluídas nobundle– por exemplo, a higiene bucal. O objetivo comeste trabalho foi avaliar os procedimentos de higiene bucal na prevenção da PAVM. Foram avaliados os dados secundários da comissão decontrole de infecção hospitalar entre 2008 e 2011, apresentados por frequência de ocorrência, bem como a percepção dos profissionais de saúdena UTI sobre a implantação do protocolo de higiene bucal. Após assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), foi aplicadoum questionário. A pneumonia foi a principal causa de infecção no CTI, de 2008 a 2010. Em 2011, após a implantação dobundle, a pneumoniadeixou de liderar como a mais frequente. Em números percentuais, a redução de pneumonia após a implantação dobundleaté a incorporaçãodo protocolo de higiene bucal variou de 33,3% para 3,5%. Sobre a percepção dos profissionais sobre a inserção da odontologia na UTI, 56profissionais responderam ao questionário, citando a higiene bucal como a segunda medida mais importante. Cem por cento dos profissionaisresponderam que eram favoráveis à inserção do dentista na UTI. A vasta literatura existente evidencia a eficiência do protocolo de higiene bucalna prevenção de PAVM. Recomenda-se, portanto, a inserção dessa medida nobundle.


Ventilator-associated pneumonia (VAP) is one of the most prevalent infections in hospital intensive care unit (ICU). Among the risk factors highlightthe microaspiration of oropharyngeal microorganisms. The strategy for prevention of VAP bundle was the creation of ventilation. However, notall strategies are included in the bundle, for example, the oral hygiene. This study aimed to assess the oral hygiene procedures to prevent VAP.We conducted a review of secondary data from the infection control committee of the hospital between 2008 to 2011 presented by frequency ofoccurrence. We also evaluated the perception of health professionals in the ICU on the implementation of the protocol of oral hygiene. After signingthe informed consent a questionnaire was administered. Pneumonia was the primary cause of infection in the ICU from 2008 to 2010. In 2011after deploying the bundle fails to lead to pneumonia as the most frequent. Percentage reduction in numbers of pneumonia after the deploymentbundle to the incorporation of oral hygiene protocol ranged from 33.3% to 3.5%. About the perception of professionals about the insertion of dentalprofessionals in the ICU 56 respondents, citing oral hygiene as the second most important measure. 100% of professionals said to be favorable tothe dentist’s inclusion in the ICU. The vast literature demonstrates the efficiency of the protocol of oral hygiene in the prevention of VAP, so it isrecommended the inclusion of this measure in the bundle.


La neumonía asociada a ventilación mecánica (NAVM) es una de las infecciones más prevalentes en unidades de cuidados intensivos (UCI). Entrelos factores de riesgo se destacan la microaspiración de bacterias colonizantes de la orofaringe. La estrategia para prevención de la NAV fue.


Assuntos
Humanos , Clorexidina , Higiene Bucal , Infecção Hospitalar/prevenção & controle , Pneumonia Associada à Ventilação Mecânica , Unidades de Terapia Intensiva
13.
Rev. gaúch. enferm ; 33(3): 34-41, set. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-654455

RESUMO

Objetivou-se avaliar o conhecimento dos profissionais de enfermagem, que realizam ou supervisionam os cuidados de higiene oral em pacientes críticos e, secundariamente, verificar como julgam o cuidado prestado. Estudo exploratório, descritivo, com abordagem quantitativa, por meio de instrumento elaborado pelos autores, aplicado a enfermeiros e técnicos que atuam em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de médio porte de Porto Alegre. Os resultados mostram que 50% dos enfermeiros e 72,8% dos técnicos concordam que a higiene oral no paciente crítico é importante, mas não há relação com a pneumonia associada à ventilação mecânica (PAVM). Da amostra, 16,6% dos enfermeiros e 66,6% dos técnicos de enfermagem concordam que a rotina da instituição é adequada, sendo que 66,6% dos enfermeiros e 30,7% dos técnicos indicam novas práticas. Isso nos sugere que a higiene oral em pacientes internados não tem constituído uma preocupação evidente, tanto na assistência quanto nas práticas de educação em saúde.


El objetivo fue evaluar el conocimiento de los profesionales de enfermería que realizan o supervisan el cuidado de la higiene oral en pacientes críticos y, en segundo lugar, para ver cómo juzgar la atención proporcionada. Estudio exploratorio descriptivo con enfoque cuantitativo, usando un instrumento desarrollado por los autores, aplicado a los enfermeros y técnicos que trabajan en la Unidad de Cuidados Intensivos (UCI) de un hospital de tamaño mediano de la ciudad de Porto Alegre. Los resultados muestran que el 50% de los enfermeros y el 72,8% de los técnicos concuerdan que la higiene bucal en los pacientes críticos es importante, pero no hay ninguna relación con la neumonía asociada al ventilador (NAV). De la muestra, el 16,6% de los enfermeros y el 66,6% de los técnicos de enfermería concuerdan que la rutina de la institución es adecuada, mientras que el 66,6% de los enfermeros y el 30,7% de los técnicos indican nuevas prácticas. Esto nos sugiere que la higiene bucal en los pacientes hospitalizados no ha sido una preocupación evidente, en las prácticas de cuidado y educación para la salud.


The objective of this study was to assess the knowledge of nursing professionals who perform or supervise the oral hygiene care in critically ill patients and, secondarily, to verify their opinion about the care provided. This is an exploratory study with a quantitative approach, using an instrument developed by the authors applied to the nurses and technicians working in a mid-sized Intensive Care Unit (ICU) in Porto Alegre. The results show that 50% of nurses and 72.8% of technicians agree that oral hygiene is important in critically ill patients, but there is no relation to ventilator-associated pneumonia (VAP). Fromthe sample, 16.6% of nurses and 66.6% of nursing technicians agree that the routine of the institution is adequate, and 66.6% of nurses and 30.7% of technicians indicate new practices. This suggests that oral hygiene in hospitalized patients has not been an evident concern, regarding health education practices and care.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Competência Clínica , Estado Terminal , Recursos Humanos de Enfermagem , Higiene Bucal
14.
Nursing (Säo Paulo) ; 15(170): 384-388, jul. 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-649162

RESUMO

Estudo objetivou identificar na literatura artigos relacionados a higiene oral nos pacientes intubados. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica nas bases de dados LILACS e SCIELO. Desenvolveram-se duas categorias de resultados: soluções recomendadas e técnica de higiene oral. As pesquisas indicam as soluções: clorexidina 0,12% e complexo enzimático a base lactoperoxidase. A escovação, a aspiração contínua, o posicionamento em decúbito lateral, a verificação da pressão do cuff e o uso da cânula orofaríngea são considerados etapas imprescindíveis da técnica de higiene oral no paciente intubado.


Assuntos
Humanos , Cuidados Críticos , Higiene Bucal , Respiração Artificial
15.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 10(1)may 4, 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-655357

RESUMO

A higiene bucal tem sido reconhecida como medida direta e relevante na prevenção de pneumonia em pacientes críticos. Considerando a avaliação da qualidade dos cuidados através de indicadores de processo como uma etapa importante para melhorar a assistência, o objetivo do estudo foi medir a intensidade de concordância do ?Indicador de avaliação da adesão à higiene bucal (IRHB)?, junto a pacientes críticos submetidos a intubação orotraqueal, por meio do teste estatístico Kappa. Tal teste recomenda que as avaliações sejam realizadas em duplas de observadores, o que totalizou 104 duplas-observações. Resultados mostraram um grau de concordância perfeita entre três das quatro duplas de observadores (74%; k=1,00) e quase perfeita em uma dupla (26%; k=0,90). Das 27 avaliações realizadas por esta última, apenas o item relacionado à categoria profissional apresentou discordância. Tais resultados indicam que há redução do erro aleatório, além sugerir que o instrumento é passível de ser aplicado em outras instituições que assistam pacientes críticos, desde que seja realizado o teste de Kappa para se garantir a precisão dos dados obtidos.


The oral hygiene has been recognized as direct and relevant measure to prevent pneumonia in critically ill patients. Considering the assessment of quality of care through processual indicators as an important step to improve care, this study aimed to measure the intensity of agreement of "indicator to evaluate adherence to oral hygiene (IRHB)", in critically ill patients with orotracheal intubation, through the Kappa test. This test recommends that assessments must be done by pairs of observers, which totaled 104 double-observations. Results showed a perfect agreement among three of four pairs of observers (74% k = 1.00) and almost perfect in a pair (26% k = 0.90). Of the 27 observations performed by this last pair, only the item related to the profession did not agree. These results indicate that there is a reduction of aleatory error, and suggest that the instrument could be applied at other institutions that assist critically ill patients, since the Kappa test is made to ensure the accuracy of the data.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Assistência Centrada no Paciente , Enfermagem , Higiene Bucal , Intubação
16.
Rev. latinoam. enferm ; 15(5): 922-928, set.-out. 2007. ilus
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-470841

RESUMO

The present article aimed to describe the foundations and adequacy of the Grounded Theory (GT) to the construction of the substantive theory on the phenomenon of oral health care of institutionalized elderly people. GT is a methodology that allows formulating orderly abstractions from the real life data. Through this referential is possible to elaborate a relevant and functional theory in order to understand the meaning of the elderly oral health care practices. GT allowed an extensive and rich production of information codes submitted to a process of Comparative Analysis. The immersion in the actors' subjective and private view, through interviews performed with the participants, allowed by the open and flexible character of the method, permitted the formulation of comprehensive analysis categories. The text demonstrates the validity of this alternative methodology to the scientific investigation of this complex phenomenon.


El presente artículo objetiva describir las fundaciones y adecuabilidad de la Teoría Basada en los Datos (TFD) en la construcción de una teoría substantiva acerca del fenómeno del cuidado a la salud bucodental de los ancianos institucionalizados. La TFD es una metodología que permite formular abstracciones ordenadas a partir de los datos de la vida real. Utilizando ese referencial, es posible elaborar una teoría relevante y funcional para la comprensión del significado de las prácticas de cuidado a la salud bucodental del anciano. La TFD hizo posible una producción extensa y rica de códigos informacionales sometidos a un proceso de Análisis Comparativo. Esa inmersión en la visión subjetiva y particular de los actores, a través de las entrevistas con los participantes, y propiciada por el carácter abierto y flexible del método, creó las condiciones para la formulación amplias categorías de análisis. El artículo demuestra la validad de la aplicación de esta metodología alternativa para la investigación científica de este fenómeno complejo.


O presente artigo tem por objetivo descrever os fundamentos e adequabilidade da Teoria Fundamentada nos Dados (TFD) na construção de teoria substantiva sobre o fenômeno do cuidado com a saúde bucal de idosos institucionalizados. A TFD é metodologia que permite formular abstrações ordenadas a partir dos dados recolhidos da vida real. Segundo esse referencial, é possível elaborar uma teoria relevante e funcional para a compreensão do significado das práticas de cuidado com a saúde bucal do idoso. A TFD possibilitou produção extensa e rica de códigos informacionais submetidos a um processo de Análise Comparativa. Essa imersão na visão subjetiva e particular dos atores envolvidos, por meio das entrevistas realizadas com os participantes e propiciada pelo caráter aberto e flexível do método, criou condições para formulação de categorias de análise abrangentes. O texto demonstra a validade da aplicação dessa metodologia alternativa para a investigação científica desse fenômeno complexo.


Assuntos
Idoso , Humanos , Assistência Odontológica para Idosos/normas , Higiene Bucal , Teoria Psicológica , Brasil , Empatia , Instituição de Longa Permanência para Idosos/normas , Institucionalização , Casas de Saúde/normas
17.
Cogitare enferm ; 12(2): 189-197, abr.-jun. 2007. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-493314

RESUMO

Este trabalho foi desenvolvido em 2003 e teve como objetivo a investigação dos hábitos alimentares e da negligência da higiene oral como fatores de risco para o desenvolvimento de cárie e doença periodontal em pacientes grávidas. Foram avaliadas 34 mulheres em período de gestação, entre 2 e 9 meses, usuárias de uma Unidade de Saúde Pública da região metropolitana de Curitiba. Foi elaborado e aplicado para a amostra, um instrumento de avaliação com um odontograma para realização de exame simplificado, e que apresentava perguntas sobre hábitos alimentares e de higiene bucal. Os resultados mostraram que 56 por cento das gestantes tinham cárie, 44 por cento posuíam uma higiene deficiente e 56 por cento não utilizavam fio dental. A baixa frequência de consulta ao dentista foi de 77 poor cento, e é demonstrada pelo índice de cálculo de 56 por cento. Das mulheres analisadas, 100 por cento utilizavam o açúcar para adoçar os alimentos e 53 por cento apresentavam uma alta frequência diária de ingestão de açucar.


Assuntos
Gestantes , Higiene Bucal , Comportamento Alimentar , Saúde Bucal
18.
Rev. gaúch. enferm ; 28(3): 359-367, 2007.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-534928

RESUMO

Trata-se de investigação qualitativa, descritiva e exploratória. A população foi constituída de enfermeiros dasunidades de terapia intensiva adulto. A coleta de dados foi realizada por entrevista semi-estruturada, sendo utilizadaa Análise de Conteúdo Temático. Foram exploradas as categorias: promoção da higiene oral e cuidados primáriosversus cuidados secundários. Conclui-se que há dificuldades no entendimento das conseqüências que a não promoçãoda higiene oral pode acarretar na evolução clínica dos pacientes no estado de síndrome do déficit no autocuidado.Observou-se que os fatores burocráticos ainda interferem na prestação de uma assistência mais integralizada. Épremente que a própria enfermagem redimensione o seu fazer-saber abordando criticamente o cuidado com a higienecorporal.


Assuntos
Humanos , Adulto , Cuidados de Enfermagem , Higiene Bucal/enfermagem , Unidades de Terapia Intensiva , Autocuidado
19.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-418585

RESUMO

A saúde bucal de idosos está abandonada pelos profissionais de saúde. Identifica-se a necessidade premente de ações interdisciplinares que possam mudar este quadro. O estudo teve como objetivo identificar o conteúdo sobre o cuidado com a saúde bucal em livros de enfermagem fundamental comumente utilizados em cursos de graduação em enfermagem. Com o método de revisão de literatura, o conteúdo foi identificado nas categorias: saúde bucal e processo de enfermagem; alterações do envelhecimento e patologias que afetam a saúde bucal; finalidade da higiene oral; material utilizado; o procedimento. A referência ao odontólogo é rara, inferindo que também a ele é relegada apenas uma parte da saúde bucal. Tecer as interfaces existentes entre a enfermagem e a odontologia associada à revisão de conceitos e implementação de ações é fundamental para a adequação do cuidado à saúde bucal do idoso.


Assuntos
Humanos , Higiene Bucal , Assistentes de Odontologia , Enfermagem Geriátrica , Odontologia Geriátrica , Saúde Bucal
20.
Ribeirão Preto; s.n; dez. 2001. 93f p.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1037020

RESUMO

Trata-se de um estudo de natureza qualitativa com o objetivo de conhecer e analisar o conhecimento de mães quanto aos cuidados com sua saúde bucal e com a saúde bucal da criança. Foram entrevistadas 11 mães de crianças assistidas nos Serviços de Atendimento em Odontopediatria da Faculdade de Odontologia da Universidade de Ribeirão Preto -UNAERP. Através de entrevista estruturada foi possível verificar as condições sócio-econômicas da população estudada, enquanto que entrevista aberta foi o instrumento utilizado para se colherem dados referentes ao conhecimento das mães quanto aos cuidados com sua saúde bucal e com a saúde bucal da criança, dados estes interpretados com base na análise de conteúdo. Os dados revelam que a maioria das mães estudadas tem como ocupação principal os afazeres do lar e são pertencentes a famílias, em média, com 4 ou 5 integrantes e com renda mensal entre 2 a 5 salários mínimos. Pôde-se verificar que a principal importância dada aos dentes se relaciona à estética enquanto que a atenção com a saúde bucal se traduz basicamente pela escovação dental. As mães que fazem uso de soluções fluoretadas mostraram desconhecer os benefícios do flúor para a saúde bucal. O cirurgião-dentista é reconhecido pela sua ação curativa/restauradora embora a população estudada manifeste expectativas por ações educativas. A população estudada mostrou¬se carente de conhecimento quanto a cuidados com a saúde bucal e quanto a métodos preventivos da cárie dentária e da doença periodontal. Muito há que se trabalhar para incrementar ações educativas no sentido de conscientizar, esclarecer e motivar o indivíduo para os cuidados com sua saúde bucal e com a saúde bucal da criança.


Assuntos
Feminino , Criança , Humanos , Higiene Bucal/educação , Saúde Bucal , Saúde da Criança
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA