Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 12 de 12
Filtrar
1.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 28: e3325, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1115731

RESUMO

Objective: to map the available evidence on the components of the transition of care, practices, strategies, and tools used in the discharge from the Intensive Care Unit (ICU) to the Inpatient Unit (IU) and its impact on the outcomes of adult patients. Method: a scoping review using search strategies in six relevant health databases. Results: 37 articles were included, in which 30 practices, strategies or tools were identified for organizing and executing the transfer process, with positive or negative impacts, related to factors intrinsic to the Intensive Care Unit and the Inpatient Unit and cross-sectional factors regarding the staff. The analysis of hospital readmission and mortality outcomes was prevalent in the included studies, in which trends and potential protective actions for a successful care transition are found; however, they still lack more robust evidence and consensus in the literature. Conclusion: transition of care components and practices were identified, in addition to factors intrinsic to the patient, associated with worse outcomes after discharge from the Intensive Care Unit. Discharges at night or on weekends were associated with increased rates of readmission and mortality; however, the association of other practices with the patient's outcome is still inconclusive.


Objetivo: mapear as evidências disponíveis sobre os componentes da transição do cuidado, as práticas, estratégias e ferramentas utilizadas na alta da Unidade de Terapia Intensiva para a Unidade de Internação e seu impacto nos desfechos de pacientes adultos. Método: revisão de escopo mediante estratégias de busca em seis bases de dados relevantes na área da saúde. Resultados: foram incluídos 37 artigos, nos quais foram identificadas 30 práticas, estratégias ou ferramentas para organização e execução do processo de transferência, com impactos positivos ou negativos, relacionadas a fatores intrínsecos à Unidade de Terapia Intensiva, à Unidade de Internação e transversais às equipes envolvidas. A análise dos desfechos 'readmissão' e 'mortalidade' foi prevalente nos estudos incluídos, nos quais se encontram tendências e potenciais ações protetoras para uma transição do cuidado bem-sucedida, contudo, ainda carecem de evidências mais robustas e consenso na literatura. Conclusão: foram identificados componentes e práticas de transição do cuidado, além de fatores intrínsecos ao paciente, associados a piores desfechos após a alta da Unidade de Terapia Intensiva. A alta noturna ou em finais-de-semana mostrou associação com aumento nas taxas de readmissão e mortalidade, porém, a associação das demais práticas com o desfecho do paciente ainda é inconclusiva.


Objetivo: mapear la evidencia disponible sobre los componentes de la transición del cuidado, las prácticas, las estrategias y las herramientas que se utilizan al momento del alta de la Unidad de Cuidados Intensivos a la Unidad de Internación y su efecto sobre los resultados de pacientes adultos. Método: una revisión sistemática exploratoria en la que se emplean estrategias de búsqueda en seis bases de datos sobre salud relevantes. Resultados: se incluyeron 37 artículos, en los cuales se identificaron 30 prácticas, estrategias o herramientas para organizar y ejecutar el proceso de transferencia, con efectos positivos o negativos, relacionados con factores intrínsecos a la Unidad de Cuidados Intensivos y a la Unidad de Internación, además de factores transversales relacionados con el personal. El análisis de los resultados de reinternación y mortalidad fue prevalente en los estudios incluidos, en los cuales pueden encontrarse tendencias y acciones potencialmente protectoras para una transición de cuidados exitosa; sin embargo, siguen careciendo de evidencias y consenso más sólidos en la literatura. Conclusión: se identificaron componentes y las prácticas de la transición del cuidado, además de factores intrínsecos al paciente, asociados con peores resultados después del alta de la Unidad de Cuidados Intensivos. Las altas nocturnas o durante los fines de semana se asociaron con índices más elevados de reinternaciones y mortalidad; sin embargo, la asociación de otras prácticas con el resultado del paciente sigue sin ser concluyente.


Assuntos
Alta do Paciente , Transferência de Pacientes , Continuidade da Assistência ao Paciente , Cuidados Críticos , Transferência da Responsabilidade pelo Paciente , Unidades de Terapia Intensiva
2.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1020694

RESUMO

Objetivo descrever as atividades desenvolvidas pelas enfermeiras de ligação para a continuidade do cuidado após a alta hospitalar. Método estudo descritivo, qualitativo, pautado no referencial teórico Cuidado Baseado nas Forças. A amostra compreendeu 23 enfermeiras de ligação. Os dados foram coletados por meio de um questionário semiestruturado via plataforma eletrônica Survey Monkey e analisados por meio da técnica de Análise de Conteúdo, com categorias pré-definidas. Resultados entre as enfermeiras de ligação, nove (39,14%) possuíam de 35 a 44 anos de idade; 17 (73,91%) eram do sexo feminino; 15 (65,22%) trabalhavam há onze ou mais anos como enfermeira e 11 (47,82%) atuavam de seis a dez anos como enfermeira de ligação. As profissionais participam da identificação dos pacientes que necessitam de cuidados pós-alta hospitalar, coordenam o planejamento da alta hospitalar e transferem as informações do paciente para um serviço extra-hospitalar. Conclusão as atividades desenvolvidas pelas enfermeiras de ligação centram-se nas necessidades do paciente e na articulação com os serviços extra-hospitalares e podem ser adaptadas ao contexto brasileiro como uma estratégia para minimizar a descontinuidade do cuidado por ocasião da alta hospitalar.


Objective to describe the activities developed by the liaison nurses for the continuity of care after hospital discharge. Method descriptive, qualitative study, based on the theoretical reference. Strength Based Care. The sample comprised 23 liaison nurses. The data was collected through a semi-structured questionnaire via Survey Monkey electronic platform and analyzed through the content analysis technique, with pre-defined categories. Results among the liaison nurses, nine (39.14%), between 35 and 44 years of age; 17 (73.91%) were female; 15 (65.22%) were working eleven years or more nurse and 11 (47.82%), were between six and ten years old as a liaison nurse. The professionals participate in the identification of the patients who need care after hospital discharge, coordinate the planning of the hospital discharge and transfer the patient's information to an extra-hospital service. Conclusion the activities developed by the liaison nurses focus on the needs of the patient and the articulation with the extra-hospital services, and can be adapted to the Brazilian context as a strategy to minimize the discontinuity of care at the time of hospital discharge.


Objetivo describir las actividades desarrolladas por las enfermeras de enlace para la continuidad del cuidado después del alta hospitalaria. Método estudio descriptivo, cualitativo, pautado en el referencial teórico Cuidado Basado en las Fuerzas. La muestra comprendió 23 enfermeras de enlace. Los datos fueron recolectados por medio de un cuestionario semiestructurado vía plataforma electrónica Survey Monkey y analizados por medio de la técnica de Análisis de Contenido, con categorías predefinidas. Resultados entre las enfermeras de enlace, nueve (39,14%), tenían 35 a 44 años de edad; 17 (73,91%), eran del sexo femenino; 15 (65,22%), trabajaban hace once o más años como enfermera y 11 (47,82%), actuaban de seis a diez años como enfermera de enlace. Las profesionales participan de la identificación de los pacientes que necesitan cuidados post-alta hospitalaria, coordinan la planificación del alta hospitalaria y transfieren las informaciones del paciente para un servicio extrahospitalario. Conclusión las actividades desarrolladas por las enfermeras de enlace se centran en las necesidades del paciente y en la articulación con los servicios extrahospitalarios, y pueden ser adaptadas al contexto brasileño como una estrategia para minimizar la discontinuidad del cuidado con ocasión del alta hospitalaria.


Assuntos
Humanos , Alta do Paciente/estatística & dados numéricos , Transferência de Pacientes/normas , Papel do Profissional de Enfermagem , Hospitais Universitários/organização & administração , Recursos Humanos de Enfermagem no Hospital , Inquéritos e Questionários , Pesquisa Qualitativa
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(10): 3813-3820, out.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031883

RESUMO

Objetivo: descrever o processo de comunicação na transferência entre emergência pediátrica e unidade de internação e suas implicações na segurança do paciente pediátrico. Método: estudo qualitativo, descritivo exploratório, com os dados coletados em um Hospital Universitário do Sul do Brasil, a partir de entrevista semiestruturada, com 13 profissionais. Os dados foram analisados pela técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: evidenciaram que a passagem se dá de forma escrita, verbal o ambas. Ruídos, local inapropriado, informações incompletas e turnos, em que não há enfermeiro, são situações que podem comprometer a comunicação e a continuidade da assistência de Enfermagem segura no processo de transferência entre unidades. Conclusão: limitações do estudo estão atreladas ao fato de tratarem da realidade de apenas uma instituição e, portanto, não ser possível a generalização dos resultados. Assim, fazem-se necessárias novas pesquisas sobre a temática em diferentes realidades.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Comunicação , Criança , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem Pediátrica , Hospitalização , Segurança do Paciente , Sistemas de Comunicação no Hospital , Transferência de Pacientes , Epidemiologia Descritiva
4.
Artigo em Inglês | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1102977

RESUMO

Background: Hospital readmissions have been a major challenge to the US health system. Medicare data shows that approximately 25% of Medicare skilled nursing facility (SNF) residents are readmitted back to the hospital within 30 days. Some of the major reasons for high readmission rates include fragmented information exchange during transitions of care and limited access to physicians round-the-clock in SNFs. These represent safety, quality, and health outcome concerns. Aim: The goal of the project was to reduce hospital readmission rates from SNFs by improving transition of care and increasing physician availability in SNFs (five to seven days a week physical presence with 24/7 accessibility by phone). Methods: We proposed a model whereby a hospitalist-led team, including the resident on the geriatrics rotation, followed patients discharged from the hospital to one SNF. Readmission rates pre- and post-implementation were compared. Study results: The period between January 2014 and June 2014 served as the baseline and showed readmission rate of 32.32% from the SNF back to the hospital. After we implemented the new hospitalist SNF model in June 2014, readmission rates decreased to 23.96% between July 2014 and December 2014. From January 2015 to June 2015, the overall readmission rate from the SNF reduced further to 16.06%. Statistical analysis revealed a post-intervention odds ratio of 0.403 (p < 0.001). Conclusion: The government is piloting several care models that incentivize value- based behavior. Our study strongly suggests that the hospitalist-resident continuity model of following patients to the SNFs can significantly decrease 30-days hospital readmission rates.(AU)


Assuntos
Humanos , Instituições de Cuidados Especializados de Enfermagem , Transferência de Pacientes , Assistência Hospitalar , Cuidado Transicional , Medicare , Educação Médica , Cuidados de Enfermagem
5.
Rev. latinoam. enferm ; 23(2): 323-328, Feb-Apr/2015. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-747170

RESUMO

OBJECTIVE: to compare the level of fear of death in nursing students and professionals. METHOD: this was a comparative-transversal study examining 643 nursing students and professionals from a third-level institution. A random sampling method was employed, and the sample size was calculated by power analysis. The study was developed during three stages: the first stage consisted of the application of a pilot test, the second stage involved the recruitment of the participants, and the third stage measured the participants' responses on the Collett-Lester Fear of Death Scale. RESULTS: the average fear of death was moderate-high (-X=3.19±0.55), and the highest score was observed for the fear of the death of others (-X=3.52±0.20). Significant differences in the perceptions of fear of death were observed among the students of the first three years (p<.05). However, no significant differences were observed among the first- and fourth-year students and professionals (p>.05). CONCLUSIONS: it is possible that first-year students exhibit a reduced fear of death because they have not had the experience of hospital practice. Students in their second and third year may have a greater fear of death because they have cared for terminal patients. However, it appears that greater confidence is acquired over time, and thus fourth-year students and professionals exhibit less fear of death than second- and third-year students (p<.05). .


OBJETIVO: comparar o nível de medo da morte em estudantes e profissionais de enfermagem. MÉTODO: comparativo-transversal. Os participantes eram 643 estudantes e profissionais de Enfermagem de uma instituição de terceiro nível. Amostragem aleatória, a amostra foi calculada pela análise de potência. O estudo foi desenvolvido durante três etapas: a primeira etapa foi a aplicação de um teste piloto, a segunda etapa incluiu o recrutamento dos participantes e, na terceira etapa, foi aplicada a Escala de Medo da Morte Collett-Lester. RESULTADOS: a média de medo da morte foi moderada-alta (-X=3,19±0,55). A pontuação mais alta foi do medo da morte de outros (-X=3,52±0,20). A percepção do medo da morte foi diferente entre os estudantes dos três primeiros anos (p<,05). Os estudantes do 1o e do 4o ano e os profissionais não mostraram diferenças (p>,05). CONCLUSÕES: possivelmente, os estudantes do 1o ano percebem um menor medo da morte porque não tiveram a experiência da prática hospitalar. Os estudantes do 2o e do 3o ano têm maior medo da morte porque já cuidaram de pacientes terminais. Aparentemente, conforme o tempo passa (estudantes do 4o ano e profissionais), adquire-se mais confiança e o medo da morte diminui (p<,05). .


OBJETIVO: comparar el nivel de miedo a la muerte en estudiantes y profesionales de enfermería. MÉTODO: comparativo-transversal. Los participantes fueron 643 estudiantes y profesionales de Enfermería de una institución de tercer nivel. Muestreo aleatorio, la muestra se calculó por el análisis de potencia. El estudio se desarrolló durante tres etapas: la primera etapa fue la aplicación de una prueba piloto, la segunda etapa abarcó el reclutamiento de los participantes y la tercera etapa se aplicó la Escala de Miedo la Muerte de Collett-Lester. RESULTADOS: el promedio del miedo a la muerte fue moderado-alto (-X=3.19±0.55). El puntaje más alto fue miedo a la muerte de otros (-X=3.52±0.20). La percepción del miedo a la muerte entre los estudiantes de los primeros tres años, fueron diferentes (p<.05). Los estudiantes de 1°, 4° y profesionales no muestran diferencias (p>.05). CONCLUSIONES: posiblemente, los estudiantes de 1° perciben menor miedo a la muerte porque no han tenido la experiencia de práctica hospitalaria. Estudiantes de 2° y 3° tienen mayor miedo a la muerte porque han cuidado a pacientes terminales. Parece ser que conforme va pasando el tiempo (estudiantes de 4° y profesionales) se adquiere mayor confianza y el miedo a la muerte va disminuyendo (p<.05). .


Assuntos
Humanos , Comunicação , Continuidade da Assistência ao Paciente , Hospitais , Papel do Profissional de Enfermagem , Transferência de Pacientes , Instituições de Cuidados Especializados de Enfermagem , Grupos Focais , Entrevistas como Assunto , Modelos Teóricos , Pesquisa Qualitativa , Inquéritos e Questionários , Wisconsin
6.
Av. enferm ; 32(1): 80-91, ene.-jun. 2014.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: lil-726760

RESUMO

Introducción: El transporte neonatal es un procedimiento que involucra la exposición al riesgo dependiendo de la complejidad de la patología y de la calidad con que se efectúe. Este estudio pretende evaluar la seguridad en el transporte a recién nacidos que ingresan a una unidad neonatal como un atributo de calidad. Materiales y Métodos: Estudio descriptivo transversal que utilizó un muestreo por conveniencia. La representatividad se determinó de manera subjetiva evaluando el proceso de transporte, recursos humanos, recursos técnicos e insumos. La información se obtuvo de dos fuentes: a) Encuesta aplicada a los pediatras asistenciales de la unidad neonatal para conocer su percepción sobre la seguridad del transporte; b) Instrumento aplicado al personal profesional y técnico que acompañó 118 transportes. Resultados: De los 118 transportes, el 46% fue realizado por paramédicos; el 76%, en Unidades de Transporte Asistencial Básico (TAB), sólo el 33% del personal responsable de la atención del recién nacido tiene entrenamiento neonatal; el 82% de estos transportes no llevó registro de signos vitales, ni de otras variables fisiológicas requeridas para valorar el estado clínico del neonato durante el traslado; el 76% no verificó la lista de chequeo de insumos y de materiales previo a cada remisión desconociendo su importancia. Por consiguiente, se incrementó el riesgo en la atención, impactando negativamente la calidad del procedimiento. Discusión y Conclusiones: Las instituciones de salud que ofrecen transporte neonatal deben garantizar que todos los neonatos que requieran el servicio lo obtengan en condiciones de calidad y equidad, que minimicen los factores de riesgo y posibiliten la supervivencia en las instituciones receptoras.


Introduction: Neonatal transport is a procedure that involves the exposure to risk depending on the complexity of the pathology and on the quality of its prosecution. This study pretends to evaluate the transport safety of newborn babies who get into a neonatal unit as a quality attribute. Material and Methods: Descriptive transversal study in which a sampling for convenience was used: the representativeness was determined in a subjective way by evaluating the transport process, human resource, technical resources and inputs. The information was obtained from two sources: a) A survey administered to the assistance pediatricians in the neonatal unit to acknowledge their perception about the transport safety; b) An instrument applied to the professional and technical staff that joined 118 transports. Results: Out of the 118 transports, 46% were made by paramedics; 76% in Basic Assistance Transport Units (BAT); just 33% of the staff responsible of the assistance of the newborns have neonatal training; 82% of these transports neither kept vital signs record, nor other physiological variables required to diagnose the clinic condition of the neonate during the transfer; 76% did not verify the inputs and materials check list prior to each remission ignoring its importance. Accordingly, the risk on attention increases, impacting the quality of the procedure in a negative way. Discussion and Conclusions: Health institutions that offer neonatal transport should guarantee all the neonates who require the service to obtain it in conditions of quality and equity that minimize the risk factors and enable survival in the receptacle institutions.


Introdução: O transporte neonatal é um procedimento que envolve exposiçãoao risco dependendo da complexidade da patologia e qualidade com que pode realizar-se. Este estudo tem como objetivo avaliar a segurança no transporte aos recém-nascidos admitidos em uma unidade neonatal como um atributo de qualidade. Materiais e Métodos: Estudo transversal descritivo, que utilizou uma amostragem de conveniência. A representatividade foi determinada subjetivamente avaliando o processo de transporte, recurso humano, recursos técnicos e insumos. As informaçõesforam obtidas a partir de duas fontes: a) Levantamento aplicada aos pediatras assistenciais da unidade neonatal para conhecer sua percepção da segurança do transporte, b) Instrumento aplicado a profissionais e técnicos que acompanharam 118 transportes. Resultados: Dos 118 transportes, 46% foram realizados por paramédicos; 76% nas Unidades de Transporte Assistencial Básico (TAB), só o 33% do pessoal responsável do atendimento do recém-nascido tem formação neonatal; o 82% destes transportes nãolevaram registro de sinais vitais, ou outras variáveis fisiológicas necessárias para avaliar o estado clínico do recém-nascido durante o transporte; o 76% nãoverificaram o checklist de suprimentos e de materiais antes de cada remissão ignorando a sua importância. Portanto o risco aumenta no atendimento, o que influenciam negativamente a qualidade do processo. Discussão e Conclusões: Unidades de saúde que oferecem transporte neonatal deve garantir que todos os neonatos que precisam de serviço, o obtenham em condições de qualidade e equidade que reduzam os fatores do risco e permitam a sobrevivência das instituiçõesbeneficiárias.


Assuntos
Humanos , Qualidade da Assistência à Saúde , Segurança , Recém-Nascido , Transferência de Pacientes
7.
Acta paul. enferm ; 26(2): 185-191, 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-675595

RESUMO

OBJETIVO: Identificar os fatores preditores de infecção ou colonização por micro-organismos resistentes. MÉTODOS: Foi realizado estudo quantitativo de coorte prospectivo. Foram realizadas a análise descritiva, para conhecimento da população do estudo, e a análise discriminante, para identificação dos fatores preditores. RESULTADOS: Foram incluídos 85 pacientes com infecções por micro-organismos resistentes: Pseudomonas aeruginosas resistente aos carbapenêmicos (24,7%), Acinetobacter resistente aos carbapenêmicos (21,2%), Staphylococcus aureus resistente à meticilina (25,9%), Enterococcus spp. resistente à vancomicina (17,6%) e Klebsiella pneumoniae resistente aos carbapenêmicos (10,6%). A análise discriminante identificou transferências de outros hospitais e internação na Unidade de Terapia Intensiva como fatores preditores para ocorrência de infecção pelos grupos S. aureus resistente à meticilina, Acinetobacter resistente aos carbapenêmicos e K. pneumoniae resistente aos carbapenêmicos. Nenhuma das variáveis estudadas foi discriminante para Enterococcus spp. resistente à vancomicina e P. aeruginosas resistente aos carbapenêmico. CONCLUSÃO: Os fatores preditores encontrados foram: internação na UTI e a transferências de outros hospitais.


OBJECTIVE: Identifying predictors of infection or colonization with resistant microorganisms. METHODS: A quantitative study of prospective cohort was carried out. A descriptive analysis was performed in order to know the population of the study and a discriminant analysis was performed to identify the predictors. RESULTS: In this study were included 85 patients with infections caused by resistant microorganisms: carbapenem-resistant Pseudomonas aeruginosas (24.7%); carbapenem-resistant Acinetobacter (21.2%); methicillin-resistant Staphylococcus aureus (25.9%), vancomycin-resistant Enterococcus spp (17.6%) and carbapenem-resistant Klebsiella pneumonia (10.6%). The discriminant analysis identified transfers from other hospitals and hospitalization in intensive care unit as predictors for the occurrence of infections by the following groups: S. aureus resistant to methicillin, Acinetobacter resistant to carbapenems and K. pneumoniae resistant to carbapenems. None of the studied variables was discriminant for vancomycin-resistant Enterococcus spp. and carbapenem-resistant P. aeruginosas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Idoso , Farmacorresistência Bacteriana Múltipla , Unidades de Terapia Intensiva , Infecção Hospitalar/prevenção & controle , Infecções Bacterianas/prevenção & controle , Transferência de Pacientes , Estudos de Coortes , Epidemiologia Descritiva , Estudos Prospectivos , Estudos de Avaliação como Assunto , Fatores de Risco
8.
Acta paul. enferm ; 25(3): 471-476, 2012. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-641582

RESUMO

OBJETIVO: Identificar na literatura as complicações relacionadas às alterações fisiológicas do paciente, à equipe multidisciplinar e ao uso de equipamentos durante o transporte intra-hospitalar de pacientes críticos. MÉTODOS: Revisão integrativa da literatura, com busca nas bases de dados PUBMED, MEDLINE, e LILACS. RESULTADOS: Foram encontrados 20 artigos, todos escritos na língua inglesa. Os estudos mostraram que as alterações na pressão arterial e na frequência cardíaca são as mais comuns durante o transporte. Dos eventos adversos relacionados a problemas com a equipe, destacaram-se, a falta de conhecimento do profissional e a falha de comunicação, além dos provenientes dos equipamentos utilizados. CONCLUSÃO: Transportar o paciente crítico de maneira segura significa melhorar a comunicação entre as equipes, padronizar as ações e equipamentos utilizados por meio de protocolos e identificar intercorrências para obter excelência no atendimento durante o transporte.


OBJECTIVE: To identify in the literature the complications related to physiological changes of the patient, the multidisciplinary team and the use of equipment during the intrahospital transport of critically ill patients. METHODS: Integrative review of literature, through a search in the databases of PubMED, MEDLINE, and LILACS. RESULTS: We encountered 20 articles, all written in the English language. Studies have shown that changes in arterial pressure and heart rate are most common during transport. Of the adverse events related to problems with the team, the lack of knowledge of the professional and failure of communication stood out, apart from those derived from equipment used. CONCLUSION: Transporting the critically ill patient safely requires improving communication between teams, standardizing the actions and equipment used by means of protocols, and identifying opportunities to obtain excellence in service during transport.


OBJETIVO: Identificar en la literatura las complicaciones relacionadas a las alteraciones fisiológicas del paciente, al equipo multidisciplinario y al uso de equipamientos durante el transporte intrahospitalario de pacientes críticos. MÉTODOS: Revisión integrativa de la literatura, con búsqueda en las bases de datos PUBMED, MEDLINE, y LILACS. RESULTADOS: Fueron encontrados 20 artículos, todos escritos en el idioma inglés. Los estudios mostraron que las alteraciones en la presión arterial y en la frecuencia cardíaca son las más comunes durante el transporte. De los eventos adversos relacionados a problemas con el equipo, se destacaron, la falta de conocimiento del profesional y la falla en la comunicación, además de los provenientes de los equipamientos utilizados. CONCLUSIÓN: Transportar al paciente crítico de manera segura significa mejorar la comunicación entre los equipos, patronizar las acciones y equipamientos utilizados por medio de protocolos e identificar complicaciones para obtener excelencia en la atención durante el transporte.


Assuntos
Humanos , Estado Terminal , Falha de Equipamento , Equipe de Assistência ao Paciente , Transferência de Pacientes , Sinais e Sintomas , Transporte de Pacientes , Bases de Dados Bibliográficas
9.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(6): 1301-1308, Dec. 2011. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-611547

RESUMO

Estudo descritivo com objetivo de caracterizar as remoções maternas da Casa do Parto de Sapopemba, em São Paulo, para hospitais de referência, entre setembro de 1998 e julho de 2008. A população do estudo compôs-se de 229 casos. Os dados foram obtidos dos prontuários e dos livros de registro de remoções. Foi realizada análise descritiva. A taxa de remoção materna foi de 5,8 por cento (5,5 por cento intraparto e 0,3 por cento pós-parto). A maioria das mulheres removidas para o hospital era nulípara (78,6 por cento). O motivo mais frequente para remoção intraparto foi anormalidade da pélvis materna ou do feto (22,6 por cento) e para a remoção pós-parto, anormalidade da dequitação (50 por cento). Destacaram-se a nuliparidade, dilatação cervical na admissão, membranas ovulares rotas e idade gestacional superior a 40 semanas como variáveis importantes para o estudo de fatores de risco para remoção materna.


The objective of this descriptive study was to characterize the transfers of mothers from the Sapopemba Birth Center to reference hospitals in São Paulo, from September 1998 to July 2008. The studied population was 229 cases of mother transfers. Data were obtained from medical records and record books of the transferred women. Descriptive analysis was performed. The transfer rate was 5.8 percent (5.5 percent in the intrapartum period and 0.3 percent in the postpartum period). Most women who were transferred to the hospital were nulliparous (78.6 percent). The most common reason for intrapartum transfers was fetal or pelvis abnormalities (22.6 percent), and abnormal placental detachment (50 percent) for women in the postpartum period. Some conditions such as nulliparity, cervical dilation at admission, rupture of the membranes and gestational age over 40 weeks were highlighted as important variables for studying the risk factors for mothers being transferred.


Estudio descriptivo que objetivó caracterizar las remociones maternas de la Casa del Parto de Sapopemba-SP para hospitales de referencia entre setiembre 1998 y julio 2008. La población del estudio se compuso de 229 casos de remoción materna. Los datos se obtuvieron de las historias clínicas y libros de registro de remociones. Se realizó análisis descriptivo. La tasa de remoción materna fue del 5,8 por ciento (5,5 por ciento intraparto y 0,3 por ciento postparto). La mayoría de las mujeres derivadas para hospitales era nulípara (78,6). El motivo más frecuente de derivación intraparto fue anormalidad de pelvis materna o del feto (22,6 por ciento), y para cada remoción postparto, anormalidad de expulsión placentaria (50 por ciento). Tuvieron destaque la nuliparidad, dilatación cervical en la admisión, membranas ovulares rotas y edad gestacional superior a 40 semanas como variables importantes para el estudio de factores de riesgo en la remoción materna.


Assuntos
Adolescente , Adulto , Feminino , Humanos , Gravidez , Adulto Jovem , Centros de Assistência à Gravidez e ao Parto , Hospitais , Complicações do Trabalho de Parto , Transferência de Pacientes/estatística & dados numéricos , Transtornos Puerperais , Complicações do Trabalho de Parto/terapia , Transtornos Puerperais/terapia , Estudos Retrospectivos , Fatores de Risco
10.
Rev. SOBECC ; 15(4): 35-42, out.-dez. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-574056

RESUMO

Trata-se de um estudo de campo, descritivo exploratório, com abordagem quanti-qualitativa, que objetivou verificar as ações da equipe de transporte, para promoção da humanização durante a transferência do cliente para o centro cirúrgico e identificar as ações que promovem humanização...


Assuntos
Humanos , Humanização da Assistência , Transferência de Pacientes
11.
Ciênc. cuid. saúde ; 7(1): 65-72, jan.-mar. 2008. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-647387

RESUMO

Um dos múltiplos sentidos da integralidade pode ser efetivado através de sistemas de referência e contra referência monitorados por acompanhamento e avaliação. Este estudo teve como objeto a possibilidade decontribuir para avanços em relação ao processo de referência e contra-referência do sistema de saúde brasileiroe como objetivo analisar o modelo técnico-assistencial implantado numa instituição hospitalar denominado “altasespeciais”. A metodologia constou da análise de documentos e registros nos prontuários de pacientes disponibilizados pela instituição de saúde onde se realizou a experiência. Os dados foram sistematizados e organizados em tabelas e gráficos e interpretados. O programa de “altas especiais” foi implementado em junhode 2003. No período analisado para este artigo (janeiro a outubro de 2005) o programa envolveu 123 (cento evinte e três) pacientes e suas famílias. Destes, temos que 110 (89%) apresentavam necessidade de contrareferênciae 13 (11%) não apresentavam essa necessidade (pacientes que permaneciam internados porquestões sociais). Os resultados mostram como conseqüências benéficas: a humanização, com a manutençãodo vínculo entre paciente, família e sistema de saúde; a redução do tempo de internação e de exposição às complicações daí decorrentes; maior disponibilização de leitos e diminuição dos custos.


One of the multiple meanings of integrality can be carried out through the reference and counter referencesystems, monitored by means of follow-up and evaluation. The object of this study is the possibility of contributingfor advancements regarding the reference and counter reference process of the Brazilian health system and theobjective of analyzing the technical and assisting model implanted in a hospital institution and named “specialpatient discharges”. The methodology comprised the analysis of documents and registers of the patients records,made available by the health institution, the site of the research. The data were systematized, organized intotables and graphic charts, and then interpreted. The “special patient discharges” program was implemented inJune 2003. The time framework analyzed for this article (January to October 2005) involved 123 (one hundredtwenty-three) patients and their families. 110 (89%) out of them presented need of counter reference while 13(11%) showed no need (patients who remained hospitalized for social reasons). The outcomes show as beneficialconsequences: humanization, maintaining the link between the patient, the family and the health system;reduction in patient admittance time and exposure to complications arising from it; higher provision of hospitalbeds and decrease in costs.


Uno de los múltiples sentidos de la integralidad puede ser efectivizado a través de sistemas de referencia ycontra referencia, monitorizados por acompañamiento y evaluación. Este estudio tuvo como objeto la posibilidadde contribuir para avances con relación al proceso de referencia y contra referencia del sistema de saludbrasileño y como objetivo analizar el modelo técnico asistencial implantado en una institución hospitalariadenominado 'altas especiales'. La metodología constó del análisis de documentos y registros en los prontuariosde pacientes dispuesto por la institución de salud, donde se realizó la experiencia. Los datos fueronsistematizados y organizados en tablas y gráficos e interpretados. El programa de “altas especiales” fueimplementado en junio de 2003. En el período analizado para este artículo (enero a octubre de 2005), elprograma envolvió 123 (ciento veintitrés) pacientes y sus familias. De estos, tenemos que 110 (89%)presentaban necesidad de contra referencia y 13 (11%) no presentaban esa necesidad (pacientes quepermanecían internados por cuestiones sociales). Los resultados muestran como consecuencias benéficas: lahumanización, con el mantenimiento del vínculo entre paciente, familia y sistema de salud; la reducción deltiempo de internación y de exposición a las complicaciones de ahí decurrentes, mayor disponibilidad de camas ydisminución de los costos.


Assuntos
Humanos , Alta do Paciente , Serviços de Saúde , Sistema Único de Saúde/organização & administração , Estratégia Saúde da Família , Sistemas de Saúde , Transferência de Pacientes
12.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 36(3): 231-239, set. 2002. graf, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-510640

RESUMO

Os distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho, particularmente a dor e as lesões na região lombar, representam um risco para os trabalhadores de enfermagem. Esses profissionais são especialmente suscetíveis a problemas vertebrais pelo fato de terem que movimentar e transportar pacientes regularmente. O objetivo desta pesquisa foi descrever o desenvolvimento de um instrumento para avaliar os riscos ergonômicos durante os procedimentos de movimentação e transferência de clientes. Para ser desenvolvido teve como referencial teórico a ergonomia, o que abrange a interação entre os equipamentos, as atividades, o ambiente e o próprio trabalhador.


Nursing personnel are at a high risk from work-related musculoskeletal disorders, especially back symptoms. Handling patients has been attributed as one of the factors playing an important role in the aetiology of occupational low back pain. The aim of the study was to construct an instrument to evaluate the ergonomic risks during patient-handling tasks. The instrument was developed with an ergonomic approach involving the equipment, the tasks, the environment and the personnel.


Los disturbios osteomusculares relacionados al trabajo, particularmente al dolor y lesiones en la región lombar, representam risco para los trabajadores de enfermeria. Esos profissionales son especialmente suscetibles a problemas vertebrales por el hecho de tener que mobilizar y trasporta regularmente a .los clientes. El objetivo de este estudio es descrevir el desarrollo de un aparato para evaluar los riscos ergonomicos durante el procedimiento de movimentación y transferenciade clientes. Para su desarrollo tuvimos como referencial teorico la ergonomia la que engloba la interación entre losequipamientos, las actividades, el ambiente y el proprio trabajador.


Assuntos
Humanos , Dor Lombar , Ergonomia , Saúde do Trabalhador , Transferência de Pacientes/métodos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA