Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 54
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
J. nurs. health ; 10(1): 20101006, jan.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1097588

RESUMO

Objetivo: investigar a ocorrência de quedas em idosos residentes em uma instituição de longa permanência. Método: estudo quantitativo, retrospectivo, exploratório, que revisou prontuários de idosos institucionalizados em Goiás, quanto à existência de quedas. Resultados: entre os 65 prontuários investigados, entre os anos 2014 a 2018, 32,3% tiveram registro de quedas, com recorrência de quedas em 47,6% dos idosos. Os principais agravos decorrentes das quedas foram ferimentos cortantes 32% e escoriações 14%. Conclusão: os agravos relacionados às quedas variaram entre lesões cutâneas a fraturas, reforçando a importância da implantação de protocolos, com vista à prevenção de quedas. A revisão dos prontuários demonstrou lacunas nos registros das informações, o que não permitiu a identificação de informações relativas aos horários das quedas, tipo de atendimento prestado e o desfecho desses casos.(AU)


Objective: to investigate the occurrence of falls in elderly residents in a long-stay institution. Method: quantitative, retrospective, exploratory study, which reviewed medical records of institutionalized elderly in Goiás, regarding the existence of falls. Results: among the 65 medical records investigated, between the years 2014 to 2018, 32.3% had a record of falls, with recurrence of falls in 47.6% of the elderly. The main injuries resulting from the falls were sharp wounds 32% and abrasions 14%. Conclusion: the injuries related to recorded falls varied between skin lesions to fractures, reinforcing the importance of the implementation of protocols with a view to preventing falls. The review of medical records showed gaps in information records, and did not allow the identification of information related to the times of falls, type of care provided and the outcome of these cases.(AU)


Objetivo: investigar la ocurrencia de caídas em ancianos residentes em una institución de larga estancia. Método: estudio cuantitativo, retrospectivo, exploratorio, que revisó los registros médicos de ancianos institucionalizados en Goiás, sobre la existencia de caídas. Resultados: se investigaron los registros de caídas en 65 registros médicos entre 2014 y 2018, el 32,3% tuvo un registro de caídas, con recurrencia de las caídas en el 47,6% de los ancianos. Las principales lesiones resultantes de las caídas fueron lesiones bruscas 32% y abrasiones 14%. Conclusión: las lesiones relacionadas con las caídas registradas variaron entre lesiones cutáneas y fracturas, reforzando la importancia de la implementación de protocolos con miras a prevenir caídas. La revisión de los registros médicos mostró lagunas en los registros de información, y no permitió la identificación de información de los momentos en que hubo las caídas, el tipo de atención proporcionada y el resultado de estos casos.(AU)


Assuntos
Humanos , Acidentes por Quedas , Idoso , Idoso Fragilizado , Institucionalização
2.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-8], 2019. ilus, graf, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1052168

RESUMO

Objetivo: identificar, na literatura, os diagnósticos de Enfermagem encontrados em adultos e idosos internados em instituições psiquiátricas. Método: trata-se de um estudo, bibliográfico tipo revisão integrativa, com busca nas bases de dados MEDLINE, CINAHL e LILACS, com os descritores diagnósticos de Enfermagem, Enfermagem Psiquiátrica, Saúde Mental, Geriátrica e, sem restrições quanto à data de publicação, natureza do estudo ou idioma. Apresentaram-se os resultados em forma de figura. Resultados: encontraram-se quatro artigos e se categorizaram 18 diagnósticos de Enfermagem, 15 diagnósticos de Enfermagem reais e três diagnósticos de Enfermagem de risco presentes em frequência maior que 50% nos artigos selecionados. Conclusão: forneceu-se, pelo estudo, um mapeamento dos Diagnósticos de Enfermagem mais comuns entre os usuários internados nas instituições psiquiátricas, contribuindo, assim, para o aperfeiçoamento do Processo de Enfermagem em serviços da rede de Saúde Mental.(AU)


ABSTRACT Objective: to identify, in the literature, the nursing diagnoses found in adults and the elderly hospitalized in psychiatric institutions. Method: this is an integrative review type bibliographical study, with search in the MEDLINE, CINAHL and LILACS databases, with the diagnostic descriptors of Nursing, Psychiatric Nursing, Mental and Geriatric Health, and without restrictions on the date of publication, nature of the study or language. The results were presented in figure form. Results: four articles were found and 18 nursing diagnoses, 15 real nursing diagnoses and three risk nursing diagnoses present at a frequency higher than 50% in the selected articles were categorized. Conclusion: the study provided a mapping of the most common Nursing Diagnoses among users hospitalized in psychiatric institutions, thus contributing to the improvement of the Nursing Process in Mental Health services.(AU)


Objetivo: identificar, en la literatura, los diagnósticos de Enfermería encontrados en adultos y ancianos internados en instituciones psiquiátricas. Método: se trata de un estudio, bibliográfico tipo revisión integrativa, con búsqueda en las bases de datos MEDLINE, CINAHL e LILACS, con descriptores diagnósticos de Enfermería, Enfermería Psiquiátrica, Salud Mental, Geriátrica y, sin restricciones en cuanto a la fecha de publicación, na turaleza del estudio o idioma. Se presentaron los resultadosen forma de figuras. Resultados: se encontraron cuatro artículos y se categorizaron 18 diagnósticos de Enfermería, 15 diagnósticos de Enfermería reales y tres diagnósticos de Enfermería de riesgo presentes en frecuencia mayor que 50% en los artículos seleccionados. Conclusión: se proporcionó, por el estudio, un mapeamiento de los Diagnósticos de Enfermería más comunes entre los usuarios internados en las instituciones psiquiátricas, contribuyendo así al perfeccionamiento del Proceso de Enfermería en servicios de la red de Salud Mental.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Enfermagem Psiquiátrica , Diagnóstico de Enfermagem , Saúde Mental , Pessoas Mentalmente Doentes , Enfermagem Geriátrica , Institucionalização , Serviços de Saúde Mental , Processo de Enfermagem , MEDLINE , LILACS
3.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 115 p. ilus, mapa.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1009843

RESUMO

O envelhecimento da população é um processo mundial, em decorrência do aumento da expectativa de vida, associada às melhores condições de saúde. Embora as políticas públicas de saúde privilegiem a permanência e o cuidado da pessoa idosa no domicílio, é importante ressaltar que, com a evolução das sociedades, esse cuidado, antes restrito ao núcleo familiar, particularmente às mulheres, assumiu um perfil diferente. Diante das mudanças na conformação sociodemográfica da população, com reconfiguração da estrutura familiar e maior participação das mulheres no mercado de trabalho, aumentou a demanda por vagas em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Nesse contexto de institucionalização, é importante assegurar a manutenção da autonomia da pessoa idosa, pois, os limites fisiológicos, biológicos e sociais decorrentes do processo natural do envelhecimento tendem a reduzir seu acesso à tomada de decisão. O objetivo do estudo foi analisar a constituição dos discursos, relacionados à autonomia da pessoa idosa, no cotidiano de uma ILPI. Trata-se de uma pesquisa desenvolvida na perspectiva do referencial pós-estruturalista, realizada em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista de roteiro semiestruturado com 7 idosas residentes na Instituição e 14 profissionais envolvidos no cuidado dessas idosas, além de análise documental e observação. Os dados foram submetidos à Análise do Discurso, entendendo-se que o mesmo é espaço de articulação entre o saber e o poder. Os discursos foram analisados sob duas categorias principais: efeitos da institucionalização na autonomia da pessoa idosa e o desenvolvimento de incapacidades como barreira à constituição da autonomia da pessoa idosa. A institucionalização acarreta no isolamento do idoso em relação ao mundo exterior, segregando-o de sua vida social e familiar. Associado a isso, isola uma idosa da outra, fazendo com que as idosas independentes fiquem reclusas em seus quartos e as dependentes nos espaços comuns. Assim, a Instituição coloca em prática o controle dos corpos, do espaço e do tempo. O controle também se efetiva com o uso de dispositivos que impõem relações de poder, tais como normas e rotinas, consolidadas nas práticas de cuidado cotidiano. Além disso, o discurso de bem-estar das idosas é utilizado pelos profissionais para justificar o controle de suas atividades cotidianas, comprometendo sua autonomia e impondo uma rotina que cerceia suas escolhas em prol da organização e disciplinarização do ambiente. O desenvolvimento das incapacidades na velhice faz com que as idosas sejam classificadas, de acordo com seu grau de funcionalidade, físico e cognitivo. Essa categorização determina sua capacidade de se expressar e de tomar decisões, uma vez que se insere em um ambiente controlado e regulamentado. Esse contexto traduz o modo normalizador de uma ideologia de bem estar social e uma política que reforça a incapacidade, circulando por meio de uma rede extensa de serviços e de políticas públicas. Assim, a autonomia se limita a algumas idosas que, para exercê-la, devem ter a capacidade cognitiva preservada, enquanto as idosas que precisam de ajuda no cotidiano se assujeitam ao poder do outro.


Population aging is a worldwide process which is a result of the rise in life expectancy associated with better health conditions. Even though public health policies favor that elderly people are taken care of at home and stay there, it is important to emphasize that, as societies evolve, the care which used to be the responsibility of the nuclear family, particularly women, has taken on a different profile. In the face of the changes in the social demographic conformation of population, with the reconfiguration of the family structure and larger presence of women in the labor market, the demand for places in Long-Term Care Facility (LTCF) has increased. Within this context of institutionalization it is important to assure the maintenance of the elderly person?s autonomy, as the physiological, biological and social limits which are inherent to the natural process of aging tend to reduce their access to decision making. The aim of this study was to analyze the constitution of discourses related to the elderly person?s autonomy in the everyday life in a LTCF. This research was developed according to the perspective of post-structuralist framework, taking place in Belo Horizonte, capital of the state of Minas Gerais, Brazil. Data were collected through semi-structured script interview with 7 elderly women living in the institution and 14 professionals who were involved in taking care of these elderly, in addition to documental analysis and observation. The data were submitted to Discourse Analysis, being understood that this is a space of articulation between knowledge and power. The discourses were analyzed under two main categories: effects of institutionalization on the elderly person?s autonomy and the development of disabilities as a barrier in the constitution of autonomy of the elderly person. Institutionalization results in isolation of the elderly in relation to the outside world, segregating them from their family and social life. Relative to this, it isolates one elderly woman from the other, making independent elderly women become recluse in their bedrooms and dependent elderly women stay in common areas. Accordingly, the institution puts into practice the control of bodies, space and time. The control is also effective with the use of devices which impose relations of power, such as norms and routines, consolidated in the practices of daily care. Moreover, the elderly women?s discourse of wellbeing is used by the professionals to justify the control of their daily activities, compromising their autonomy and imposing a routine that restricts their choices in favor of organization and disciplinarization of the environment. The development of disabilities at advanced causes elderly women to be classified according to their degrees of physical and cognitive functionality. Such categorization determines their capacity to express themselves and make decisions once they are introduced to a controlled and regulated environment. This context translates the normalizing mode of a social wellbeing ideology and a policy that reinforces disability, circulating through an extensive network of services and public policies. Therefore, autonomy is limited to some elderly women, who in order to exert it, must have preserved cognitive capacity, while elderly women who need help in everyday life are subject to the power of another person.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Autonomia Pessoal , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Institucionalização , Inquéritos e Questionários , Dissertação Acadêmica
4.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 8: 1-9, mar. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-973243

RESUMO

OBJETIVO: avaliar o risco de idosos institucionalizados com comprometimento na realização das atividades de vida diárias (AVDs) desenvolverem lesão por pressão (LP). MÉTODO: trata-se de estudo transversal quantitativo, com amostra de 44 idosos, que utilizou como instrumentos de coleta de dados: questionário sobre perfil sociodemográfico dos idosos, escala de Katz e escala de Braden. Os dados foram analisados no programa estatístico SPSS 17.0. RESULTADOS: verificou-se que 64,3% dos idosos possuíam risco de desenvolver LP, e 57,1% eram dependentes para realizar cinco ou mais AVDs. Quanto maior a independência para desenvolvimento de AVDs, menor o risco de desenvolver UP (rs = -0,74; p < 0,05). CONCLUSÃO: a utilização de escalas preditivas como as de Braden e de Katz proporciona parâmetros para o enfermeiro planejar cuidados com a pele de modo individualizado, visando a segurança e bem-estar dos idosos institucionalizados.


OBHECTIVE: to evaluate the risk of institutionalized elderly people with impairment in performing daily life activities (DLAs) to develop pressure injury (PI). METHOD: This is a cross-sectional quantitative study, with a sample of 44 elderly people, which used as data collection instruments: a questionnaire on the sociodemographic profile of the elderly people, Katz scale and Braden scale. The data were analyzed in the statistical program SPSS 17.0. RESULTS: it was verified that 64.3% of the elderly people had a risk of developing PI, and 57.1% were dependent to perform five or more DLAs. The higher the independence for DLA development, the lower the risk of developing PU (rs = -0.74, p <0.05). CONLCUSION: The use of predictive scales such as those of Braden and Katz ones provides parameters for the nurse to plan individualized skin care, aiming at the safety and well-being of the institutionalized elderly people.


OBJETIVO: evaluar el riesgo de ancianos institucionalizados con comprometimiento en la realización de las actividades de vida diaria (AVDs) desarrollar lesión por presión (LP). MÉTODO: se trata de un estudio transversal cuantitativo con una muestra de 44 ancianos que utilizó como instrumentos de recolección de datos: cuestionario sobre perfil sociodemográfico de los ancianos, escala de Katz y escala de Braden. Se analizaron los datos en el programa estadístico SPSS 17.0. RESULTADOS: se verificó que el 64,3% de los ancianos tenían riesgo de desarrollar LP, y el 57,1% era dependiente para realizar cinco o más AVDs. Cuanto mayor la independencia para el desarrollo de AVD, menor es el riesgo de desarrollar UP (rs = -0,74; p <0,05). CONCLUSIÓN: la utilización de escalas predictivas como las de Braden y de Katz proporciona parámetros para el enfermero planificar atención con la piel de modo individualizado, buscando la seguridad y el bienestar de los ancianos institucionalizados.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Idoso , Institucionalização , Enfermagem , Segurança do Paciente , Lesão por Pressão
5.
Foetaleza; s.n; dez. 2017. 104 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-905349

RESUMO

A via de administração de medicamentos mais utilizada em Unidade de Acolhimento Institucional (UAI) é a oral. A administração de medicamentos por via oral, ainda que seja a mais simples, demanda uma série de cuidados complexos, que exigem da equipe de enfermagem competência da técnica e das propriedades farmacológicas dos medicamentos a serem administrados. Objetivou-se avaliar a prática dos profissionais de enfermagem no preparo e administração de medicamentos orais à criança em Unidade de Acolhimento Institucional. Estudo exploratório, descritivo, observacional, de natureza quantitativa, desenvolvido em duas Unidades de Acolhimento Institucional Pediátrico, estaduais, de Fortaleza-CE, que possuem equipe de enfermagem em tempo integral. A população do estudo foi constituída por 22 profissionais de enfermagem, cuja amostra foi composta por 12 técnicas de enfermagem que participaram do processo de administração de medicamento por via oral e que estavam nas escalas de trabalho durante o período do estudo nas unidades investigadas. Para o número de observações, considerou-se o cálculo para população finita, com um total de 257 observações do processo de administração de medicamento por via oral. Para a coleta de dados realizouse entrevista com a equipe de enfermagem e observação sistemática do processo de administração de medicamento por via oral na criança, considerando cinco etapas, quais sejam: leitura da prescrição médica (3 ações), higienização das mãos (12 ações), preparo do material (3 ações), preparo do medicamento (20 ações) e administração do medicamento (13 ações), totalizando 51 ações. Os dados foram analisados pela estatística descritiva e pelo teste Qui-quadrado de Pearson para verificar relação entre a execução das ações e o turno de observação, tempo de formação e tempo de experiência na pediatria dos profissionais observados. Para a análise de desempenho dos profissionais, foi adotado como satisfatório o desempenho cujo ponto de corte foi > 70%. Como resultados das prescrições analisadas nas duas instituições, constatou-se que as três ações referentes à leitura da prescrição médica foram satisfatórias. Houve adesão à higienização das mãos em somente 34,6% das observações. Das ações do preparo do material e do medicamento, dez apresentaram desempenho satisfatório dos profissionais (> 70%). Enquanto 13 foram insatisfatórias, destacando-se: "Não mistura medicamentos no mesmo copo de plástico medidor" (21,7%), "Prepara medicamentos líquidos misturando os conteúdos agitando o frasco antes da administração" (27,6%); Quando necessário fracionar o comprimido, com a mão limpa ou enluvada, partia somente os comprimidos previamente sulcados pelo fabricante (22,2%). Na etapa administração de medicamentos propriamente dita consideraram-se os nove certos, dos quais cinco tiveram percentuais de realização > 70%, quais sejam: paciente certo (82,4%), medicamento certo (100%), via certa (100%), hora certa (74,7%) e dose certa (93,7%). Concluiu-se que houve desempenho satisfatório em 30 ações (59,6%) do processo de administração de medicamento por via oral. Portanto, faz-se necessário implementar rotinas de cuidados seguros para os profissionais desenvolverem competências no processo de administração de medicamentos à criança em UAI. (AU)


Assuntos
Humanos , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Administração Oral , Institucionalização , Segurança do Paciente , Enfermagem Pediátrica , Pediatria
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(11): 4090-4096, Nov. 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031468

RESUMO

Objetivo: apreender como foi para família a decisão de institucionalizar o idoso com Alzheimer. Método:estudo exploratório e descritivo, de abordagem qualitativa, realizado junto a seis familiares de idososresidentes em uma instituição de longa permanência. Os dados foram coletados por meio de entrevistasemiestruturada e submetidos à Técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: a análise possibilitou aidentificação de duas categorias nas quais se observaram que as alternâncias de humor e agressividade,decorrentes da evolução da doença, representavam riscos aos membros da família, tornando a internaçãouma decisão sofrida e, muitas vezes, acompanhada de culpa, mas que representa oportunidade de agregarqualidade aos cuidados prestados, contribuindo para a tranquilidade dos familiares. Conclusão: aconvivência com um idoso com Alzheimer é difícil e a decisão de institucionalizar é permeada pelo desejode oferecer um cuidado de qualidade ao idoso e segurança para a família.


Assuntos
Feminino , Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Doença de Alzheimer , Família , Institucionalização , Saúde do Idoso , Epidemiologia Descritiva , Família/psicologia , Saúde do Idoso Institucionalizado
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(5): 1672-1684, maio 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031651

RESUMO

Objetivos: compreender a experiência subjetiva de idosos diante de sua institucionalização bem como apercepção de sua identidade na sociedade pós-moderna. Método: estudo qualitativo com utilização daobservação participante, entrevista semiestruturada e diário de campo, para a produção dos dados.Participaram cinco idosos residentes de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI). Os dadosforam analisados a partir dos quatro passos fenomenológicos de Martins e Bicudo. Resultados: emergiram trêscategorias: Institucionalizado estou: vivendo eu vou, refere-se ao processo de institucionalização do idoso;Resgatando da memória, na qual foram resgatados o trabalho e a identidade de trabalhador e as relações erecordações de um tempo sem volta; e A identidade revisitada, assumindo o mundo interior dos idosos e ocontato com a própria realidade, identificando a revisão da identidade. Conclusão: os resultados suscitaram apossibilidade de reconstruções de identidades na velhice institucionalizada, mesmo com os impactosprovenientes deste contexto.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Idoso , Institucionalização , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Envelhecimento , Percepção
8.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(5): 1789-1795, maio 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031665

RESUMO

Objetivo: conhecer os sentimentos dos profissionais de enfermagem frente ao abandono familiar depacientes com paralisia cerebral em instituição de longa permanência. Método: estudo exploratóriodescritivo,com abordagem qualitativa, em um hospital neurológico filantrópico, no interior de São Paulo/SP.Participaram 11 trabalhadores da enfermagem, durante os meses de novembro e dezembro de 2012, por meiode entrevista semiestruturada. Para análise dos dados utilizou-se a Técnica de Análise de Conteúdo.Resultados: emergiram as seguintes categorias: Categoria 1: A tristeza diante do abandono familiar; Categoria2: Tentando compreender o motivo do abandono; Categoria 3: Tentando compensar o abandono da família;Categoria 4: A importância da família. Conclusão: para os profissionais a participação familiar no cuidado eacompanhamento destes pacientes seria de extrema importância para seu desenvolvimento.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adulto , Enfermagem , Família , Institucionalização , Paralisia Cerebral , Emoções , Epidemiologia Descritiva
9.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 23(6): 1130-1138, Nov.-Dec. 2015. tab, graf
Artigo em Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-767099

RESUMO

Objective: to determine the incidence of falls in elderly residents of long-stay institutions of the Federal District, to identify the aspects involved in the falls, in terms of risk factors, from the application of scales and the Taxonomy II of NANDA-I, and to define the level of accuracy with its sensitivity and specificity for application in the clinical nursing practice. Method: this was a cohort study with the evaluation of 271 elderly people. Cognition, functionality, mobility and other intrinsic factors were evaluated. After six months, the elderly people who fell were identified, with significance analysis then performed to define the risk factors. Results: the results showed an incidence of 41%. Of the 271 patients included, 69 suffered 111 episodes of falls during the monitoring period. Risk factors were the presence of stroke with its sequelae (OR: 1.82, 95% CI 1.01 - 3.28, p=.045), presenting more than five chronic diseases (OR: 2.82, 95% CI 1.43 - 5.56, p=.0028), foot problem (OR: 2.45, 95% CI 1.35 - 4.44, p=.0033) and motion (OR: 2.04, 95% CI 1.15 - 3.61, p=.0145). Conclusion: the taxonomy has high validity regarding the detection of elderly people at risk of falling and should be applied consistently in the clinical nursing practice.


Objetivo: conhecer a incidência de quedas em idosos residentes de instituições de longa permanência do Distrito Federal, identificar os aspectos que envolvem as quedas, quanto aos fatores de risco, a partir da aplicação de escalas e da Taxonomia II da NANDA-I e definir o nível de acurácia com sua sensibilidade e especificidade para aplicação na prática clínica do enfermeiro. Método: trata-se de uma coorte com avaliação de 271 idosos. Cognição, funcionalidade, mobilidade e outros fatores intrínsecos foram avaliados. Após seis meses, identificaram-se os idosos que apresentaram queda, realizando então análise de significância para definir os fatores de risco. Resultados: os resultados mostraram incidência de 41%, nos quais, dos 271 idosos avaliados, houve 69 idosos com 111 episódios de quedas no período de acompanhamento. Os fatores de risco foram a presença do acidente vascular encefálico com suas sequelas (OR: 1,82, IC 95% 1,01-3,28 e p=0,045), apresentar mais de cinco doenças crônico-degenerativas (OR: 2,82, IC 95% 1,43-5,56 e p=0,0028), problema nos pés (OR: 2,45, IC 95% 1,35-4,44 e p=0,0033) e marcha (OR: 2,04, IC 95% 1,15-3,61 e p=0,0145). Conclusão: a taxonomia tem ampla validade quanto à detecção do idoso com risco de queda, devendo ser aplicada constantemente na prática clínica do enfermeiro.


Objetivo: conocer la incidencia de caídas de ancianos residentes en instituciones de larga permanencia en el Distrito Federal; identificar los aspectos que participan en las caídas, en cuanto a los factores de riesgo, a partir de la aplicación de escalas y de la Taxonomía II de la NANDA-I; y definir el nivel de precisión de su sensibilidad y especificidad para aplicación en la práctica clínica del enfermero. Método: se trata de una cohortecon evaluación de 271 ancianos. Cognición, funcionalidad, movilidad y otros factores intrínsecos fueron evaluados. Después de seis meses, se identificaron los ancianos que presentaron caídas, realizando entonces el análisis de significación para definir los factores de riesgo. Resultados: los resultados mostraron incidencia de 41%, en los cuales, de los 271 ancianos evaluados, hubo 69 ancianos con 111 episodios de caídas en el período de acompañamiento. Los factores de riesgo fueron: presencia del accidente vascular encefálico con sus secuelas (OR: 1,82, IC 95% 1,01-3,28 y p=0,045); presentar más de cinco enfermedades crónicas degenerativas (OR: 2,82, IC 95% 1,43-5,56 y p=0,0028); problema en los pies (OR: 2,45, IC 95% 1,35-4,44 y p=0,0033); y marcha (OR: 2,04, IC 95% 1,15-3,61 y p=0,0145). Conclusión: la taxonomía tiene amplia validez para detectar al anciano con riesgo de sufrir una caída, debiendo ser aplicada constantemente en la práctica clínica del enfermero.


Assuntos
Humanos , Idoso , Acidentes por Quedas/estatística & dados numéricos , Institucionalização/estatística & dados numéricos , Diagnóstico de Enfermagem , Doença Crônica , Incidência , Reprodutibilidade dos Testes , Fatores de Risco , Estudos de Coortes , Sensibilidade e Especificidade , Acidente Vascular Cerebral/complicações
10.
Rev. gaúch. enferm ; 36(1): 56-61, Jan-Mar/2015.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-748997

RESUMO

This article aimed to analyze the perception of the nursing team about the care of institutionalized elderly. It consists of a qualitative and exploratory study developed in the six long-term care nursing homes for elderly in the city of João Pessoa/PB, Brazil, from January to June 2013. The sample was comprised 50% of the nurses from all the institutions, totaling 13 participants, whose data were collected through semi-structured questionnaires. Content analysis was used in the study, which enabled the construction of two thematic categories: I) Perceptions of the delivery of care by the nursing staff of the institutions; II) Perceptions of the care activity to be performed by the nursing staff in the institutions. We conclude that the participants are aware of the need for an individualized and systematized care by the nursing staff, aimed to the prevention of diseases, health promotion and active aging.


El objetivo fue analizar la percepción de los profesionales de enfermería en el proceso de atención a la persona mayor institucionalizada. Estudio cualitativo y exploratorio que se utilizó de un cuestionario semiestructurado. La muestra consistió en un 50% de la población del personal de enfermería de las seis instituciones visitadas, con 13 participantes que integran el personal de enfermería de seis hogares para ancianos en la ciudad de João Pessoa/PB, Brasil. Los datos se estructuran en dos categorías de respuesta: I) Percepciones sobre el logro de la atención por parte del personal de enfermería en los hogares para acianos, II) Percepciones sobre el acto de cuidar a desarrollar por el personal de enfermaría en los hogares para ancianos. El proceso de atención en los hogares para ancianos por parte del personal de enfermería todavía se basan en el modelo biomédico. Pero está claro que hay una comprensión del personal de enfermaría de la necesidad de una atención individualizada y sistemática, dirigida a la prevención de enfermedades, promoción de la salud y envejecimiento activo.


Objetivou analisar a percepção da equipe de enfermagem sobre o cuidar de pessoas idosas institucionalizadas. Estudo qualitativo e exploratório, realizado nas seis instituições de Longa do município de João Pessoa (PB), Brasil, entre os meses de janeiro e junho de 2013. Participou 50% do universo de funcionários de enfermagem das instituições, totalizando 13 participantes, cujos dados foram coletados por meio de um questionário semiestruturado. Utilizou-se a análise do conteúdo, e foram construídas duas categorias temáticas: I) Percepções sobre a realização de cuidados pela equipe de enfermagem nas instituições; e II) Percepções sobre o ato de cuidar a ser desenvolvido pela equipe de enfermagem nas instituições. Conclui-se que há uma compreensão da necessidade de um cuidar individualizado e sistematizado pela equipe de enfermagem, que vise à prevenção dos agravos, à promoção da saúde e ao envelhecimento ativo nas instituições.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Idoso , Adulto Jovem , Atitude do Pessoal de Saúde , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Casas de Saúde , Recursos Humanos de Enfermagem , Institucionalização , Equipe de Enfermagem
11.
Rev. eletrônica enferm ; 16(3): 619-624, 20143009. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-832360

RESUMO

O objetivo foi avaliar a necessidade de cuidado autorreferida e a funcionalidade entre idosas religiosas. Trata-se de estudo transversal de cunho populacional. A coleta realizou-se com questionário estruturado contendo dados sociodemográficos, autorreferência para necessidade de cuidados e avaliação da funcionalidade, por meio do Index de Katz, averiguando independência nas atividades da vida diária (AVD). Os dados foram analisados por meio dos testes de Mann-Whitney e qui-quadrado, para um nível de significância de p ≤ 0,05 e intervalo de confiança (IC) de 95%. Apresentam resultados significativamente estatísticos para as variáveis banhar-se, vestir-se e ir ao banheiro. Conclui-se que, embora referindo necessidade de cuidado, as religiosas reservam a si, no máximo, o autocuidado. As evidências remetem à necessidade de ampliar os estudos sobre envelhecimento, congregando cenários similares, haja vista ser este processo progressivo e expressivo nas próprias congregações religiosas.


The objective was to evaluate self-reported need for care and functionality among religious older women. It is a cross-sectional population-based survey. Data collection took place via a structured questionnaire containing sociodemographic information, self-reported need for care and assessment of functionality, through the Katz Index, which investigated independence in activities of daily living (ADL). The data were analyzed using Mann-Whitney U and chi-squared test, with a significance level of p ≤ 0.05 and a 95% confidence interval (CI). The following variables presented statistical significance: bathing, dressing and toileting. We conclude that although they reported the need for care, at most, our participants provide themselves with self-care. Evidence points to the need for more widespread studies on ageing in similar scenarios, for this process is progressive and expressive in religious congregations.


Se objetivó evaluar la necesidad de cuidado autorreferida y la funcionalidad entre ancianas religiosas. Estudio transversal de cuño poblacional. Recolección realizada con cuestionario estructurado incluyendo datos sociodemográficos, autorreferencia de necesidad de cuidados y evaluación de funcionalidad mediante Índice de Katz, averiguando independencia en actividades de la vida diaria (AVD). Los datos fueron analizados mediante los tests de Mann -Whitney y Chi-cuadrado, para un nivel de significatividad de p ≤ 0,05 e intervalo de confianza (IC) de 95%. Presentaron resultados significativamente estadísticos para las variables bañarse, vestirse e ir al baño. Se concluye en que aún refiriendo necesidad de cuidado, las religiosas reservan para sí al máximo el autocuidado. Las evidencias remiten a la necesidad de ampliar los estudios sobre envejecimiento, congregando escenarios similares, teniendo en cuenta que este proceso es progresivo y expresivo en las propias congregaciones religiosas


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Atividades Cotidianas , Envelhecimento , Institucionalização , Religiosos , Saúde da Mulher
12.
Rev. bras. enferm ; 67(4): 610-616, Jul-Aug/2014. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-722670

RESUMO

Estudo descritivo, transversal, cujo objetivo foi identificar a percepção de idosos institucionalizados quanto à organização cronológica das rotinas diárias e quanto à qualidade do sono. Participaram 37 indivíduos residentes em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos pertencente ao município de Campinas-SP, sendo 14 mulheres e 23 homens, com média de idade de 75 anos. Verificou-se que 81% dos idosos apresentaram queixas compatíveis com sono de má qualidade, porém 70% deles informavam que tinham sono de boa qualidade, quando questionados diretamente a respeito. Todos os idosos perceberam adequadamente a organização cronológica de suas rotinas, porém essa percepção pareceu não contribuir para a boa qualidade do sono, visto que a maioria deles apresentou queixas compatíveis com sono de má qualidade. Torna-se evidente que os enfermeiros devem realizar avaliação detalhada da qualidade do sono a fim de minimizar ou prevenir esses problemas e suas possíveis consequências.


This is a descriptive cross-sectional study, which aimed to identify the perception of nursing home elderly residents related to the chronological organization of their daily routines and to their sleep quality. The study was conducted with 37 elderly (14 women and 23 men, mean age of 75 years) who lived in a long term care facility located in the municipality of Campinas-SP, Brazil. The results showed that 81% of the elderlies had complaints compatible with poor sleep, but 70% of them reported that they had good sleep quality when directly questioned about it. All elderlies adequately realized the chronological organization of their routines, but this perception did not appear to contribute to the good sleep quality, as most of them had complaints compatible with poor sleep. It becomes evident that nurses should perform detailed assessment of sleep quality in order to minimize or prevent these problems and their possible consequences.


Estudio descriptivo, transversal, cuyo objetivo fue identificar la percepción de ancianos institucionalizados acerca de la organización cronológica de las rutinas diarias y la calidad de su sueño. Participaron en este estudio 37 ancianos (14 mujeres y 23 hombres con una edad promedia de 75 años) de un establecimiento de longa estadía para ancianos, en el municipio de Campinas-SP, Brasil. Se encontró que el 81% de los ancianos tenían quejas compatibles con sueño de mala calidad, pero el 70% de ellos informaron tener sueño de buena calidad cuando se les preguntó directamente. Los ancianos reconocían adecuadamente la organización cronológica de sus rutinas, pero esta percepción no parecía contribuir a la buena calidad del sueño, pues la mayoría tenía quejas compatibles con mala calidad. Se hace evidente que las enfermeras deben realizar una evaluación detallada de la calidad del sueño buscando minimizar o evitar estos problemas y sus posibles consecuencias.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Atividades Cotidianas/classificação , Institucionalização , Transtornos do Sono-Vigília/epidemiologia , Sono/fisiologia , Brasil , Estudos Transversais , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Casas de Saúde , Fatores de Tempo
13.
Rev. latinoam. enferm ; 22(4): 645-653, Jul-Aug/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-723297

RESUMO

OBJECTIVE: to ascertain the influence of the length of institutionalization on older adults' balance and risk of falls. METHOD: to evaluate the risk of falls, the Berg Balance Scale and the Timed Get Up and Go test were used; and for measuring postural balance, static stabilometry was used, with acquisition of the elliptical area of 95% and mean velocities on the x and y axes of center of pressure displacement. Parametric and nonparametric measures of association and comparison (α<0.05) were used. RESULTS: there was no significant correlation between the length of institutionalization and the tests for evaluation of risk of falling, neither was there difference between groups and within subgroups, stratified by length of institutionalization and age. In the stabilometric measurements, there was a negative correlation between the parameters analyzed and the length of institutionalization, and difference between groups and within subgroups. CONCLUSION: this study's results point to the difficulty of undertaking postural control tasks, showing a leveling below the clinical tests' reference scores. In the stabilometric behavior, one should note the reduction of the parameters as the length of institutionalization increases, contradicting the assumptions. This study's results offer support for the development of a multi-professional model for intervention with the postural control and balance of older adults living in homes for the aged. .


OBJETIVO: verificar a influência do tempo de institucionalização no equilíbrio e no risco de quedas de idosos. MÉTODO: para a avaliação do risco de quedas utilizaram-se o Berg Balance Scale e o Get Up and Go e, para a medida do equilíbrio postural, foi utilizada a estabilometria estática com aquisição da área elíptica de 95% e velocidades médias nos eixos x e y do deslocamento do centro de pressão. Foram empregadas medidas de associação e comparação paramétricas e não paramétricas (α<0,05). RESULTADOS: não houve correlação significativa entre o tempo de institucionalização e os testes de avaliação do risco de quedas, como também não houve diferença intergrupos e intrassubgrupos, estratificados por tempo de institucionalização e idade. Nas medidas estabilométricas, houve correlação negativa entre os parâmetros analisados e o tempo de institucionalização, e diferença intergrupos e intrassubgrupos. CONCLUSÃO: os resultados desta pesquisa apontam a dificuldade de execução das tarefas de controle postural, mostrando um nivelamento abaixo dos escores de referência dos testes clínicos. No comportamento estabilométrico, adverte-se redução dos parâmetros conforme aumenta o tempo de institucionalização, contrariando as suposições. Os resultados deste estudo poderão oferecer subsídios para a elaboração de um modelo multiprofissional de intervenção sobre o controle postural e o equilíbrio dos idosos residentes em instituições de longa permanência para idosos. .


OBJETIVO: verificar la influencia del tiempo de institucionalización en el equilibrio y en el riesgo de caídas de ancianos. MÉTODO: para la evaluación del riesgo de caídas se utilizó el Berg Balance Scale y el Get Up and Go, y para la medida del equilibrio postural fue utilizada la estabilometría estática con adquisición del área elíptica de 95% y velocidades promedio en los ejes x e y del desplazamiento del centro de presión. Fueron empleadas medidas de asociación y comparación paramétricas y no paramétricas (α<0,05). RESULTADOS: no hubo correlación significativa entre el tiempo de institucionalización y las pruebas de evaluación del riesgo de caídas, como también no hubo diferencia intergrupos e intrasubgrupos, estratificados por tiempo de institucionalización y edad. En las medidas estabilométricas, hubo correlación negativa entre los parámetros analizados y el tiempo de institucionalización, y diferencia intergrupos e intrasubgrupos. CONCLUSIÓN: los resultados de esta investigación apuntan para la dificultad de ejecución de las tareas de control postural, mostrando una nivelación abajo de los puntajes de referencia de las pruebas clínicas. En el comportamiento estabilométrico, se advierte reducción de los parámetros conforme aumenta el tiempo de institucionalización, contrariando las suposiciones. Los resultados de este estudio podrán ofrecer subsidios para la elaboración de un modelo multiprofesional de intervención sobre el control postural y el equilibrio de los ancianos residentes en Hogares para Ancianos. .


Assuntos
Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Acidentes por Quedas/estatística & dados numéricos , Institucionalização/estatística & dados numéricos , Equilíbrio Postural , Estudos Transversais , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Medição de Risco , Fatores de Tempo
14.
Rev. bras. enferm ; 66(4): 523-527, jul.-ago. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-684607

RESUMO

Estudo transversal, quantitativo, descritivo e exploratório, que objetivou avaliar o perfil e a qualidade da farmacoterapia prescrita a idosos residentes em instituições de longa permanência situadas em Londrina-PR. A população foi constituída por 203 idosos, com predominância do sexo feminino e média de idade de 76,4 anos. Verificou-se que 97,0% da população fazia uso de algum medicamento. Foram prescritos 151 princípios ativos diferentes, com média de 5,3 princípios ativos prescritos por idoso. Dos indivíduos pesquisados 59,9% foram submetidos à polifarmácia. Quanto a possíveis interações medicamentosas, foi detectada a ocorrência de 359, e 58,1% dos idosos estavam expostos a estes eventos. Verificou-se que foi prescrito ao menos um medicamento de categoria imprópria a 58,1% dos idosos que faziam uso de medicamentos.


Cross-sectional study, quantitative, descriptive and exploratory research, which aimed to evaluate the profile and quality of pharmacotherapy prescribed to elderly residents in long-stay institutions located in Londrina-PR. The population consisted of 203 elderly patients with predominantly female, mean aged 76.4 years. It was found that 97.0% of the population used one drug. One hundred and fifty one different active ingredients were prescribed, with an average of 5.3 per elderly. From all of the individuals surveyed, 59.9% were subjected to polypharmacy. It was identified 359 possible drug interactions, and 58.1% of the elderly were exposed to these events. It was found that was prescribed at least one drug of improper category to 58.1% of the elderly who were using drugs.


Estudio transversal, cuantitativo, descriptivo y exploratorio, que objetivó evaluar el perfil y la calidad de los medicamentos prescriptos para ancianos residentes en instituciones de longa permanencia de Londrina-PR. La población estuvo constituida por 203 ancianos, con predominio femenino y promedio de edad de 76,4 años. Se encontró que 97,0% de la población utiliza alguno fármaco. Se prescribieron 151 ingredientes activos diferentes, con una media de 5,3 principios activos por anciano. Entre los participantes, 59,9% de habían sido sometidos a la polifarmacia. Fueran detectadas 359 posibles interacciones medicamentosas, y 58,1% de los ancianos estaban a estos eventos. Se encontró que se prescribió al menos una categoría inadecuada de medicamento al 58,1% de los ancianos en medicación.


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Tratamento Farmacológico/estatística & dados numéricos , Institucionalização , Estudos Transversais
15.
Rev. gaúch. enferm ; 34(1): 104-110, mar. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-670499

RESUMO

Este estudo objetivou identificar o grau de dependência dos idosos institucionalizados no município de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Trata-se de um estudo transversal descritivo, realizado nas três Instituições de Longa Permanência para Idosos, de caráter filantrópico, no município de Montes Claros, Minas Gerais. Participaram todo o universo de idosos residentes nos locais do estudo, totalizando 125 sujeitos, cujos dados foram coletados por meio do Índice de Katz. Os dados foram apresentados por análise descritiva e bivariada. A independência foi observada em 41,6% (n=52), a dependência parcial em 15,2% (n=19) e a dependência total em 43,2% (n=54), sendo que os idosos apresentam melhor capacidade de execução das atividades de alimentação (86,4%; n=108) e transferência (67,2%; n=84). Assim, o presente estudo sugere a necessidade de acompanhamento contínuo na prevenção da incapacidade funcional desse grupo populacional.


Esta investigación tuvo como objetivo identificar el grado de dependencia de los ancianos institucionalizados en el municipio de Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Se trata de un estudio transversal y descriptivo, realizado en tres Instituciones de Larga Permanencia para Ancianos de dicho municipio. Participaron de este estudio 125 ancianos, cuyos datos fueron recolectados por medio del Índice de Katz. Los datos fueron presentados por el análisis descriptivo y bivariado. La independencia fue observada en el 41,6% (n=52), la dependencia parcial en el 15,2% (n=19) y la dependencia total en el 43,2% (n=54). Los ancianos tienen más capacidad para realizar las actividades de la alimentación (86,4%, n=108) y transferencia (67,2%, n=84). Por lo tanto, este estudio sugiere la necesidad de un acompañamiento continuo en la prevención de la incapacidad funcional de ese grupo poblacional.


This study aimed to identify the degree of dependence of institutionalized older adults in Montes Claros, Minas Gerais, Brazil. It consists of a cross-sectional descriptive study, developed in three non-profit geriatric long-term care facilities in this municipality. The sample was comprised of 125 older adults and data were collected with the use of the Katz Index. Data were presented by descriptive and bivariate analysis. Independence was observed in 41.6% (n=52), partial dependence in 15.2% (n=19) and total dependence in 43.2% (n=54). The elderly have better ability to perform feeding (86.4%, n=108) and transferring (67.2%, n=84) activities. Thus, this study suggests the need for continuous monitoring to prevent functional disability in this population group.


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Atividades Cotidianas , Instituição de Longa Permanência para Idosos/estatística & dados numéricos , Institucionalização/estatística & dados numéricos , Casas de Saúde/estatística & dados numéricos , Autonomia Pessoal , Brasil , Estudos Transversais , Ingestão de Alimentos , Necessidades e Demandas de Serviços de Saúde , Higiene , Assistência de Longa Duração , Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde , Autocuidado , Cuidados de Saúde não Remunerados
16.
Rev. latinoam. enferm ; 21(1): 340-347, Jan.-Feb. 2013. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-669584

RESUMO

OBJECTIVES: This descriptive study used a quantitative approach to assess the nursing care needs of patients with mental disorders, the mean number of care hours these patients were provided and the workload these patients require nursing team. METHODS: The research was conducted in a public neuropsychiatric hospital located in south eastern Brazil in 2010 and included 105 patients as subjects. A patient classification tool was applied to characterise care profiles. Statistical analysis was performed using principal component analysis and analysis of variance. RESULTS: Patients were predominantly in the low care category (73.3%). The mean care hours ranged from 0.57 to 0.88 for nurses and 1.97 to 3.16 for nursing assistants, and the workload ranged from 119.6 to 183 hours . CONCLUSIONS: The present study showed that the care needs of most patients were at a low level of dependency and that most patients did not need to be institutionalised. Furthermore, it was found that the care hours provided by the nursing staff were not sufficient to meet the care needs of the patients.


OBJETIVOS: este estudo descritivo, de abordagem quantitativa, teve como propósito investigar as necessidades de cuidados de enfermagem de pacientes com transtornos mentais, as horas médias de assistência dispensadas e a carga de trabalho da equipe de enfermagem. MÉTODO: foi conduzido em um hospital neuropsiquiátrico público, localizado na Região Sudeste do Brasil, no ano 2010, tendo como sujeitos 105 pacientes. Para caracterizar o perfil assistencial foi aplicado um instrumento de classificação de pacientes. O tratamento estatístico foi realizado por meio de Análise de Componentes Principais e Análise de Variância. RESULTADOS: houve predomínio de pacientes na categoria de cuidados discreta (73,3%). As horas médias de assistência variaram de 0,57 a 0,88 (enfermeiros) e de 1,97 a 3,16 (auxiliares de enfermagem) e a carga de trabalho de 119,6 a 183 horas. CONCLUSÕES: este estudo evidenciou que a demanda por cuidados da maioria dos pacientes era em nível de dependência discreta e que não necessitariam estar institucionalizados. Ainda, que as horas de assistência dispensadas pela equipe de enfermagem estavam insuficientes para atender as necessidades cuidativas dos pacientes.


OBJETIVOS: El propósito de este estudio descriptivo con abordaje cuantitativo fue investigar las necesidades de cuidados de enfermería de pacientes con trastornos mentales, el promedio de horas de asistencia prestadas y la carga de trabajo del equipo de enfermería. MÉTODO: El estudio fue realizado en 2010 en un hospital neuropsiquiátrico público situado en la región sudeste de Brasil e incluyó 105 pacientes. Un instrumento de clasificación de pacientes fue aplicado para caracterizar el perfil asistencial. El tratamiento estadístico fue realizado mediante Análisis de Componentes Principales y Análisis de Varianza. RESULTADOS: Predominaron los pacientes de la categoría discreta de cuidados (73,3%). El promedio de horas de asistencia varió entre 0,57 y 0,88 (enfermeros) y entre 1,97 y 3,16 (auxiliares de enfermería) y la carga de trabajo entre 119,6 y 183 horas. CONCLUSIONES: Este estudio muestra que la demanda de cuidados de la mayoría de los pacientes correspondía a un nivel discreto de dependencia y que no necesitarían estar institucionalizados. Igualmente, que las horas de asistencia prestadas por el equipo de enfermería era insuficiente para atender las necesidades de cuidado de los pacientes.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Adulto Jovem , Transtornos Mentais/enfermagem , Enfermagem Psiquiátrica , Carga de Trabalho/estatística & dados numéricos , Institucionalização
17.
Rev. enferm. UFSM ; 3(1): 35-43, jan.-abr. 2013.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1034117

RESUMO

Objetivo: compreender os sentimentos dos idosos institucionalizados em relação ao processo de envelhecimento e morte. Método: trata-se de uma pesquisa qualitativa, realizada junto a sete idosas que se encontravam institucionalizadas, no mês de julho de 2012. Resultados: a análise das falas possibilitou a construção de três categorias temáticas: Apreendendo o envelhecer, desvelando a morte e sentindo a institucionalização. Algumas idosas entendem o envelhecimento como processo natural e outras não acreditam estar velhas. A morte, em sua maioria, foi desejada pelas idosas, sendo correlacionada em muitos momentos com a institucionalização. Conviver em uma instituição desencadeia os sentimentos de solidão, frustração ou abandono. Considerações finais: os resultados retratam a necessidade de um melhor planejamento, nas instituições, ofertando apoio psicológico, capaz de proporcionar um processo de envelhecimento mais humanizado e agradável à população estudada.


Objective: to understand the feelings of the institutionalized elderly related to aging and death. Method: this is a qualitative study conducted in seven elderly who areinstitutionalized, in July 2012. Results: the analysis of speeches made possible the construction of three thematic categories: Seizing the stale, unveiling death andinstitutionalization feeling. Some elderly understand aging as a natural process and notothers believe they are old. Death, in its majority, was desired by the elderly, and in many instances correlated with institutionalization. Living in an institution triggerstriggers feelings of loneliness, frustration or abandonment. Final Thoughts: results depict the need for better planning, institutions, offering psychological support, capable of delivering an aging process more humane and pleasant to the studied population.


Objetivo: comprender los sentimientos de los ancianos institucionalizados en relación al proceso de envejecimiento y muerte. Método: se trata de un estudio cualitativo realizado con siete ancianos que estaban institucionalizados, en julio de 2012. Resultados: el análisis de los discursos hicieron posible la construcción de tres categorías temáticas: Aprender el envejecimiento, descubriendo la muerte y sentindo la institucionalización. Algunos ancianos entienden el envejecimiento como un proceso natural y no otros creen queson viejos. La muerte, en su mayoría, era deseada por los ancianos, y en muchos casosrelacionada con la institucionalización. Vivir en una institución provoca sentimientos desoledad, frustración o abandono. Consideraciones finales: los resultados muestran lanecesidad de una mejor planificación en las instituciones, ofreciendo apoyo psicológico, capazde ofrecer un proceso de envejecimiento más humano y agradable a la población estudiada.


Assuntos
Humanos , Institucionalização , Morte , Saúde do Idoso
18.
Rev. RENE ; 14(3): 649-658, 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-698962

RESUMO

Trata-se de um relato de experiência, cujo objetivo foi descrever a aplicação do processo de enfermagem a um idoso institucionalizado, fundamentado na teoria de Virginia Henderson. O estudo de caso foi aplicado em uma instituição de longa permanência para idosos de Fortaleza-Ceará-Brasil, entre maio e agosto de 2010, mediante preenchimento de formulário, exame físico e observação. A identificação das necessidades de eliminar, comunicar, recreação e aprender possibilitou levantar, respectivamente, os diagnósticos de enfermagem: incontinência urinária de urgência, interação social prejudicada, atividades de recreação deficientes e memória prejudicada. As intervenções de enfermagem estiveram direcionadas para a saúde e independência do idoso. A aplicação de cuidados sistematizados de enfermagem repercutiu positivamente na saúde do idoso, demonstrando a aplicabilidade da sistematização fundamentada em Henderson no cenário do estudo.


Assuntos
Humanos , Idoso , Cuidados de Enfermagem , Idoso , Institucionalização , Processo de Enfermagem , Teoria de Enfermagem
19.
Niterói; s.n; 2013. 92 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-859931

RESUMO

Este trabalho tem como objetivos: Caracterizar o perfil sócio-demográfico, clínico, índice de sobrecarga e estratégias de enfrentamento dos familiares de idosos institucionalizados; Analisar fatores que determinam a aproximação ou afastamento da família do idoso no processo de institucionalização; e Propor um Programa de Intervenções psicoeducativas para familiares de idosos institucionalizados. Método: abordagem quantitativa e qualitativa, transversal e observacional, amostra intencional não probabilística. Foram selecionados 30 familiares de idosos institucionalizados para entrevista semi-estruturada e aplicação das escalas Inventário de Sobrecarga do Cuidador (Zarit) e Inventário de Estratégia de Coping (Folkman e Lazarus). Resultados: Houve prevalência do sexo feminino (83,3%), a maior parte da amostra composta por filhos (as) (56,7%) de grau de escolaridade nível superior (70%) e classe média, resultado diferenciado na pesquisa. A maioria aposentados (63,3%) com idade média de 60,5 anos com dp= 10,7, metade do grupo apresentou algum problema de saúde, e cinco participantes usavam neurolépticos. Quanto aos idosos, a maioria das institucionalizações se deu por complicações no manejo com os sintomas comportamentais e dependência causada pela Doença de Alzheimer. Somente um idoso apresentou diagnóstico de depressão; a faixa etária variou de 64 e 96 anos e prevaleceu o sexo feminino. Nas respostas relativas ao estresse, houve baixos índices de sobrecarga dos cuidadores familiares com 14 (46,65%) com ausência de estresse, sendo 3 homens e oito outros familiares, exceto filhos (57,1%), 9 (64,3%) possuíam nível superior e somente 1 (7,1%) fazia uso de neurolépticos. Com estresse leve e moderado 13, sexo feminino e sem vínculo marital 9 (69,2%), filhas com ensino superior 10 (76,9%), com problemas de saúde 8 (61,5%) e 3 (23,1%) fazendo uso de neurolépticos. Na categoria moderada e severa 2 filhas (66,7%) e 1 (33,3%) esposa, todas do sexo feminino e com nível superior. Sobre o Inventário de estratégias de coping, foram obtidos resultados significativos para os que faziam uso de neurolépticos, ou seja, faziam mais estratégia de enfrentamento (p<0,01), os que possuíam nível superior (p= 0,05), e os homens com resultados marginais (p=0,06), porém, ao observar-se em termos absolutos nos homens, o coping foi maior em média 61,8 contra 43,6 das mulheres. Foram obtidas 4 categorias sobre a percepção do processo de institucionalização: Relação com o idoso anterior a institucionalização, discute-se a proximidade familiar e a relação conflituosa como modeladores psicossociais decisivos na atitude de como se deu o processo de institucionalização; Família e a decisão pela institucionalização, tem-se a mudança de comportamento do idoso como decisiva na opção pela internação, associada pela falta de modelos alternativos e confronto com desqualificação profissional para o cuidado domestico; Relação com o idoso depois da internação, neste momento do processo emergiram relatos de sentimento de culpa, reparação, reconhecimento do cuidado na instituição e conflito com a morte. Família e participação no cuidado na instituição referem-se a importância das visitas e o papel da família na rotina de cuidados. Conclusão: Há relação entre as estratégias de enfrentamento e participação no cuidado institucional, portanto a proposta de programa psicoeducativo traria redução do estresse e integração da família com a Instituição e potencialização dos cuidados


The study of the family and its relationship with the institutionalized elderly: the proposal of a psychoeducational program brings to discussion the relationship between the family and the institutionalized elderly regarding the social-demographic profile of the family, data related to the level of stress and the coping strategy used by relatives in a qualitative and quantitative approach, proposing a sychoeducational program that aims to assist the family in matters of inpatient, elderly disease and care. Thirty relatives of seniors who were in Long-Stay Institutions participated in this study. The following tools were used: a semi-structured questionnaire (to evaluate the social demographic profile), a Caregiver Burden Inventory (Zarit) and a Coping Strategy Inventory (Folkman and Lazarus). The results showed the prevalence of female gender, 83.3%; most of the sample comprising sons and daughters, 56.7%; higher education prevailed, 70%, a differentiated result in the research; most of them were retired, 63.3%. Half the group had some health problem; 5 of them were neuroleptics. The average age of the participants was 60.5 years with sd = 10.7. The minimum age was 38 years old and the maximum age was 86 years old. Most of the elderly inpatients were in the range of 64 to 96 years old, diagnosed with Alzheimer's and only one was in depression. Female gender prevailed. There were low rates of family caregiver's burden related to stress responses. Of the 14 participants, there were 3 men, 46.6% had no stress and there were eight others, representing 57.1%. 9, 64.3%, had higher education and only one, 7.1%, used neuroleptics. With light and moderate stress, there were 13 people, the most without marriage bond; 9 daughters (69.2%) with higher education; 10 (76.9%) out of work; 8 (61.5%) with health problems and 3 (23.1%) ingesting neuroleptics. In moderate and severe category, 2 daughters out of work and with no health problems (66.7%) and 1 wife out of work and using neuroleptics (33.3%), all female and 3 (100%) with higher education. In responses regarding Coping Strategies Inventory, significant results for those who were using neuroleptics were obtained: those who ingested neuroleptics were using more coping strategy (p-value<0.01). Those who had higher education also showed significant results (p-value<0.05). The result of coping was higher in men than in women in absolute terms, on average 61.8% versus 43.6 for women. The responses of proximity and conflict concerning the relationship with the elderly before inpatient were more significant in females with their mothers. Regarding responses by hospitalization decision, it was more significant in sons (23.3%), because of behavior changes, especially aggressiveness, followed by brother's decision (13.35%), for the lack of adequate space, fragile heath and finally the wife's decision, because of fragile health and lack of qualified caregivers. Among the feelings that lead to family stress there is fear, insecurity, guilt and remorse. The psychoeducational program proposal turns to reducing family stress, improving the integration between the family and the institution and also the potentiation of care taken


Assuntos
Idoso , Família , Organizações , Cuidadores , Institucionalização
20.
Rev. bras. enferm ; 65(3): 482-488, maio-jun. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-650642

RESUMO

Estudo descritivo transversal com objetivo de descrever características sócio-demográficas, clínicas e o nível de independência funcional de 97 idosos institucionalizados nas duas instituições de longa permanência de Itaúna-MG. Utilizou-se instrumento com variáveis sócio-demográficas e clínicas, além da Escala de Independência em Atividade da Vida Diária de Katz. Observou-se predomínio de idosas (59%), média de idade de 77 anos, analfabetos (55%), brancos (67%), solteiros (63%), sem filhos (68%) e 30% que moravam sozinhos e tinham dificuldades para realizar atividades de vida diária, sendo este o motivo principal da institucionalização. A maioria dos idosos (72%) apresentava doenças cardiovasculares; 80,4% usavam neurolépticos/psicotrópicos; 2,1% não usavam medicamentos e 23% eram independentes para realizar atividades de vida diária. Estes idosos demandam cuidados mais qualificados, justificados pela dependência, patologias, riscos de complicações e medicamentos utilizados.


Descriptive and sectional study to describe socio-demographic, clinical and functional independence profile of 97 institutionalized elderly in two nursing homes of Itaúna-MG. A socio-demographic and clinical data and Independence Daily Living Activity of Katz instruments were used. It was found a predominance of elderly women (59%), mean age of 77, illiterate (55%), white (67%), single (63%), without children (68%) and 30% lived alone and had difficulty to perform daily living activities, which is the main reason for institutionalization. The majority of elderly people (72%) had cardiovascular disease; 80.4% used neuroleptics/ psychotropic drugs, only 2.1% did not use drugs and 23% were independent to perform daily living activities. These seniors require more skilled care, justified by addiction, diseases, risk of complications and medications used.


Estudio descriptivo de corte transversal, para describir perfil socio-demográfico, clínico y de independencia funcional de 97 ancianos institucionalizados en dos residencias de ancianos de Itaúna, Minas Gerais. Fueron utilizados instrumentos con dados socio-demográficos y clínicos y de Independencia en actividades de vida diaria de Katz. Se encontró un predominio de mujeres con edad avanzada (59%), media de 77 años, analfabetos (55%), blancos (67%), solo (63%) y sin hijos (68%) y 30% tenía dificultad para realizar las actividades de vida diaria, razón principal para institucionalización. La mayoría de las personas de edad avanzada (72%) tenían enfermedad cardiovascular, 80,4% utilizan neurolépticos o drogas psicotrópicas y 2,1% no usó drogas. 23% eran independientes para realizar las actividades de vida diaria. Estos adultos mayores requieren más atención especializada, justificado por la adicción, enfermedades, riesgo de complicaciones y medicamentos utilizados.


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Atividades Cotidianas , Avaliação Geriátrica , Institucionalização , Estudos Transversais , Epidemiologia , Institucionalização/estatística & dados numéricos , Fatores Socioeconômicos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA