Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 16 de 16
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-6], 2019. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1088062

RESUMO

Objetivo: relatar a experiência de enfermeiros na assistência de enfermagem ao paciente em parada cardiorrespiratória. Método: trata-se de um estudo descritivo, tipo relato de experiência, de assistência de enfermagem em simulação realística com o objetivo de se trabalhar o protocolo de Suporte Avançado de Vida Cardiovascular, seguindo as diretrizes da American Heart Association, vinculado ao programa de residência de enfermagem de uma universidade federal brasileira. Resultados: elencam-se os fatores que levaram à emergência da simulação: a exigência social de segurança e qualidade nos cuidados de saúde; a necessidade de se renovar a formação dos profissionais de saúde; as considerações éticas; os avanços tecnológicos; a inexperiência profissional e os contextos da prática em constante mutação. Conclusão: possibilitou-se, com a simulação realística, treinar e praticar em um ambiente seguro e permitiu-se que os enfermeiros pudessem errar sem causar danos ou prejuízo em pacientes reais, além de controlar os seus próprios sentimentos, que puderam ser expostos por meio do debriefing que a facilitadora dispôs ao fim da ação de cada grupo.(AU)


Objective: to report the experience of nurses in nursing care to patients in cardiorespiratory arrest. Method: this is a descriptive experience-based study of realistic simulation nursing care with the objective of working on the Advanced Cardiovascular Life Support protocol, following the American Heart Association guidelines, linked to the residency program. of nursing of a Brazilian federal university. Results: we list the factors that led to the emergence of the simulation: the social requirement of safety and quality in health care; the need to renew the training of health professionals; ethical considerations; technological advances; professional inexperience and changing practice contexts. Conclusion: it was possible, with realistic simulation, to train and practice in a safe environment and allowed nurses to make mistakes without causing harm or harm to real patients, as well as controlling their own feelings, which could be exposed through debriefing that the facilitator provided at the end of each group's action.(AU)


Objetivo: informar la experiencia de los enfermeros en cuidados de enfermería a pacientes en paro cardiopulmonar. Método: se trata de estudio descriptivo basado en la experiencia de la atención de enfermería de simulación realista con el objetivo de trabajar en el protocolo Advanced Cardiovascular Life Support, siguiendo las pautas de la American Heart Association, vinculado al programa de residencia de enfermería de una universidad federal brasileña. Resultados: se enumeran los factores que llevaron a la emergencia de la simulación: el requisito social de seguridad y calidad en la atención médica; la necesidad de renovar la formación de profesionales de la salud; consideraciones éticas; avances tecnológicos; inexperiencia profesional y contextos de práctica cambiantes. Conclusión: fue posible, con simulación realista, entrenar y practicar en un ambiente seguro y permitió que los enfermeros cometieran errores sin causar daño o perjuicio a pacientes reales, así como controlar sus propios sentimientos, que podrían exponerse a través del debriefing que el facilitador proporcionó al final de la acción de cada grupo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Simulação de Paciente , Competência Clínica , Treinamento por Simulação , Parada Cardíaca , Internato não Médico , Cuidados para Prolongar a Vida , Enfermeiras e Enfermeiros , Cuidados de Enfermagem , Epidemiologia Descritiva , Aprendizagem Baseada em Problemas
2.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(10): 3718-3724, out.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031871

RESUMO

Objetivo: relacionar o grau de satisfação do usuário atendido pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Método: estudo descritivo, de abordagem quantitativa, com 40 usuários atendidos pelo SAMU192, coleta de dados por meio de entrevista com perguntas de identificação, tempo de atendimento da telefonista, do médico regulador, chegada da ambulância ao local da solicitação e equipe no local da ocorrência. Resultados: a maioria (37%) dos usuários na faixa etária dos 20 aos 30 anos, 52% do sexo masculino, 57% com ensino fundamental completo. Para o grau de satisfação do usuário no atendimento da ligação telefônica, 52% bom, 30% ótimo; da telefonista, 42% bom, 40% ótimo; médico regulador, 52% ótimo,42% bom; tempo de chegada ao domicílio, satisfatório (90%), 10% insatisfatório; a equipe de socorrista, 48%bom, 43% ótimo. Conclusão: resultado classificado com alto grau de satisfação dos usuários em todos os níveis dos serviços oferecidos pelo SAMU 192.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Cuidados Médicos , Cuidados de Enfermagem , Linhas Diretas , Política de Saúde , Qualidade da Assistência à Saúde , Relações Profissional-Paciente , Satisfação do Paciente , Serviços Médicos de Emergência , Cuidados para Prolongar a Vida , Epidemiologia Descritiva , Reanimação Cardiopulmonar
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.10): 4019-4026, out.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032281

RESUMO

Objetivo: caracterizar o atendimento a pacientes que apresentaram Parada Cardiopulmonar (PCR), atendidos por um serviço público pré-hospitalar. Método: estudo quantitativo, retrospectivo, documental, transversal. Foram consultados 7.250 prontuários de pacientes atendidos por um serviço público de atendimento pré-hospitalar móvel. Os dados foram analisados a partir da planilha Microsoft Office Excel e, posteriormente, submetidos à análise estatística com auxílio do programa SPSS for Windows, versão 17. Resultados: a amostra foi composta por 361 prontuários de pacientes atendidos pelo serviço. A unidade de atendimento mais utilizada foi o Suporte Avançado, com 276 atendimentos, o tempo de PCR foi 41,05 ± 56,38 minutos e o tempo médio de Reanimação Cardiopulmonar foi de 26,83 ± 13,81 minutos. Conclusão: evidenciou-se a importância de prestar atendimento eficaz que requer conhecimento, responsabilidade, atitudes rápidas e prioritárias assim como o conhecimento da população sobre a importância de realizar as manobras de reanimação.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Cuidados para Prolongar a Vida , Parada Cardíaca , Reanimação Cardiopulmonar , Serviços Médicos de Emergência , Estudos Retrospectivos , Estudos Transversais , Registros Médicos
4.
Rev. enferm. UERJ ; 24(2): e9545, mar.-abr. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-916535

RESUMO

Objetivo: compreender a percepção de médicos e enfermeiros sobre eutanásia e distanásia. Método: pesquisa de abordagem qualitativa, constituída por 20 participantes, 10 médicos e 10 enfermeiras. A amostragem foi do tipo Bola de Neve. A coleta de dados foi realizada nos anos de 2012 e 2013, em dois hospitais do Sul de Minas Gerais, por meio de um roteiro de entrevistas semiestruturado, composto por duas perguntas que foram gravadas. O método utilizado para a análise dos dados foi o Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Resultados: observou-se que os entrevistados percebem o tema como complexo e pouco discutido no meio acadêmico. Conclusão: os limites entre a prática da distanásia e ortotanásia não são precisos no cotidiano profissional.


Objective: to understand doctors' and nurses' perceptions of euthanasia and dysthanasia. Method: in this exploratory, qualitative study of a snowball sample of 10 doctors and 10 nurses at two hospitals in southern Minas Gerais, data were collected in 2012 and 2013 by semi-structured interviews with two open questions. The interviews were recorded and analyzed using Collective Subject Discourse. Results: interviewees were observed to perceive the topic as complex and little discussed in academic circles. Conclusion: the boundaries between dysthanasia and orthothanasia are not precise in daily professional routine.


Objetivo: entender la percepción de médicos y enfermeros sobre eutanasia y distanasia. Método: investigación de abordaje cualitativo, constituida de 20 participantes: 10 médicos y 10 enfermeras. El muestreo fue de tipo bola de nieve. La recolección de datos fue realizada en 2012 y 2013 en dos hospitales en el sur de Minas Gerais, a través de un guión de entrevistas semiestructurado, compuesto de dos preguntas que han sido grabadas. El método utilizado para el análisis de los datos fue el del Discurso del Sujeto Colectivo (DSC). Resultados: se ha observado que los entrevistados consideran al tema complejo y poco discutido entre los círculos académicos. Conclusión: los límites entre la práctica de la distanasia y ortotanasia no están precisos en el cotidiano profesional.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Médicos , Eutanásia , Cuidados para Prolongar a Vida , Enfermeiras e Enfermeiros , Percepção Social , Bioética , Estudos de Avaliação como Assunto , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais , Pessoal de Saúde
5.
Curitiba; s.n; 20151216. 144 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1037985

RESUMO

Objetivos: Avaliar a qualidade do processo de morte do paciente com câncer avançado em cuidados paliativos. Metodologia: Pesquisa descritiva utilizando-se o método de estudo de casos múltiplos. Adotado como proposição: Os cuidados paliativos apresentam uma boa qualidade de morte. Realizado no serviço de cuidados paliativos de um hospital geral do município de Curitiba. A coleta ocorreu de março a agosto, 2015. As unidades de análise são seis pacientes com câncer avançado em cuidados paliativos e três cuidadores principais. As coletas de dados ocorreram semanalmente. Coletou-se informações sobre perfil sociodemográfico e clínico dos pacientes e perfil sociodemográfico dos cuidadores principais e aplicou se a escala Palliative Performance Status e a Escala de Avaliação de Sintomas de Edmonton. Foi realizada uma entrevista com o cuidador principal, quando o paciente estava na fase final de vida e sem condições de comunicação oral. Resultados: Das seis unidades de análise, cinco eram do sexo masculino, destes três apresentavam câncer de próstata, um de bexiga e um de vias biliares extra-hepática; a paciente feminina com câncer de estômago. Todos com idade superior a 50 anos e estavam aposentados. As três cuidadoras principais, eram do sexo feminino, filhas das unidades de análise, porém somente duas aceitaram participar...


Assuntos
Feminino , Masculino , Humanos , Adulto , Cuidados para Prolongar a Vida , Enfermagem de Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Morte , Perfil de Impacto da Doença
6.
Rev. enferm. UERJ ; 22(5): 668-673, sept.-out. 2014.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-747325

RESUMO

Os pacientes fora de possibilidade de cura continuam sendo alvos da obstinação terapêutica nas unidades de terapia intensiva (UTI). Esta pesquisa descritiva teve como objetivo analisar as concepções das enfermeiras sobre o cuidado aos pacientes em prolongamento artificial da vida em UTI. Foi desenvolvido em 2009, na UTI de um hospital público, na cidade de Salvador, Bahia. Foram entrevistadas 17 enfermeiras e os dados tratados conforme a análise de conteúdo temática de Bardin. Como resultado obteve-se a categoria principal: Percebendo a obstinação terapêutica. E as subcategorias: Acreditando no limite da vida; Sofrendo com o prolongamento artificial da vida. Conclui-se que as enfermeiras acreditam que deve existir limitação nas condutas terapêuticas e consideram o prolongamento artificial da vida fonte geradora de sofrimento para o paciente...


Patients with no chance of cure in intensive care unit (ICU) are still targets of therapeutic obstinacy. This descriptive study aimed at analyzing views of female nurses on the care of ICU patients by means of artificial prolongation of life. It was carried out in the ICU of a large public hospital in the city of Salvador, Bahia, Brazil, in 2009. Seventeen (17) nurses were interviewed and data were treated on the basis of Bardin’s thematic content analysis. The main outstanding category was Acknowledging therapeutic obstinacy; with the outstanding subcategories Acknowledging limits to life; Suffering from artificial prolongation of life. Conclusions show nurses believe there should be limits to therapeutic approaches and they consider artificial prolongation of life to be a source for patient’s suffering...


Los pacientes sin posibilidad de cura siguen siendo víctimas de la obstinación terapéutica en las unidades de cuidados intensivos (UCI). Este estudio descriptivo tuvo como objetivo analizar las concepciones de las enfermeras sobre el cuidado a los pacientes en prolongación artificial de la vida en UCI. Fue desarrollado en 2009, en la UCI de un hospital público, en la ciudad de Salvador, Bahia-Brasil. Se entrevistaron 17 enfermeras y los datos procesados de acuerdo con el análisis de contenido temático de Bardin. Como resultado se obtuvo la categoría principal: percibiendo la obstinación terapéutica. Y las subcategorías: Creyendo en el límite de la vida; Sufriendo con la prolongación artificial de la vida. En conclusión, las enfermeras creen que debe haber limitaciones en los enfoques terapéuticos y que a si la prolongación artificial de la vida es una fuente de sufrimiento para el paciente...


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Cuidados Paliativos , Cuidados de Enfermagem , Cuidados para Prolongar a Vida , Unidades de Terapia Intensiva , Brasil , Epidemiologia Descritiva
7.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 3(3): 761-769, set.-dez.2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-734104

RESUMO

Trata-se de estudo exploratório e descritivo com abordagem qualitativa com objetivo de identificar ascondiçõesnecessárias para que a morte digna ocorra na UTI pediátrica. Os dados foram coletados através de entrevistassemiestruturadas com nove enfermeiras e sete médicos que atuavam em duas unidades de terapia intensivapediátrica dacidade de São Paulo.Através da análise dos dados, foi possível identificar três categorias que compõem a experiência:Exercício de uma prática de excelência, Identificação da criança fora de possibilidade de cura e Concordância de umaprática prudente. Os dados apontam para a necessidade de se refletir sobre as questões que envolvem ofinal de vida decrianças no contexto da UTI pediátrica, especialmente no que diz respeito à transição do foco curativopara o paliativo, umavez que isso é necessário para que se possa proporcionar uma morte mais digna e com menos sofrimento para a criança e sua família.


Assuntos
Humanos , Atitude Frente a Morte , Cuidados para Prolongar a Vida , Enfermagem Pediátrica , Relações Enfermeiro-Paciente , Unidades de Terapia Intensiva
8.
Rev. enferm. UFPE on line ; 3(3): 481-488, jul.-set. 2009.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032725

RESUMO

Objetivos: compreender os significados atribuídos à distanásia e como a equipe de enfermagem lida com o sofrimento dopaciente. Metodologia: estudo descritivo e exploratório com abordagem qualitativa, realizado em um Hospital público dointerior de Minas Gerais. Participaram oito enfermeiros e a coleta de dados foi de fevereiro a maio de 2008. O pesquisadorfoi ao encontro dos depoimentos do sujeito, do seu falar espontâneo, sem interpretações prévias, com uma questãonorteadora: “O que você entende por distanásia? Como lidar com o sofrimento do paciente?” Resultados: três categoriasemergiram: dúvidas sobre o limite da intervenção; cuidados paliativos e humanização; a tecnologia médica no fim da vida.Conclusão: o conceito de distanásia não está claro, mas presente na rotina de trabalho em situações complicadasrelacionadas ao processo de morrer. As falas dos enfermeiros revelam insegurança quanto aos limites de intervenção.


Assuntos
Humanos , Cuidados Paliativos na Terminalidade da Vida , Equipe de Enfermagem , Cuidados para Prolongar a Vida , Epidemiologia , Morte , Pesquisa Qualitativa
9.
Rev. latinoam. enferm ; 16(3): 432-438, May-June 2008. graf, tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-488539

RESUMO

The aim of this study was to analyze the determining value of the procedures carried out during prehospital care in the survival time of traffic accident victims. Data of 175 victims with Revised Trauma Score £ 11, cared for and transported by advanced life support to tertiary referral hospitals, were submitted to Kaplan-Meier Survival Analysis and to Cox proportional hazards model. Four procedure groups associated with survival were identified: basic circulatory; advanced respiratory; volume replaced and medication. Until hospital discharge, the victims who underwent orotracheal intubation and chest compressions showed 3.6 and 6.4 times higher death hazards, respectively. The need for definitive airway and cardiopulmonary resuscitation in the prehospital phase was predetermining with higher death hazard. The less than 1000ml intravenous fluid replacement was the only predetermining factor with protective power against death hazard.


La propuesta de este estudio fue analizar el valor determinante de los procedimientos realizados durante la atención prehospitalaria en el tiempo de sobrevivencia de víctimas de accidentes de tránsito. Datos de 175 víctimas con Revised Trauma Score < 11, atendidas y transportadas por el soporte avanzado a la vida a hospitales terciarios, fueron sometidos al análisis de sobrevivencia de Kaplan Méier y al análisis de Riesgos Proporcionales de Cox. Se identificaron 4 grupos de procedimientos asociados a la sobrevivencia: circulatorios básicos; respiratorios avanzados; volumen repuesto y medicamentos. Hasta el alta hospitalaria, las víctimas sometidas a la intubación orotraqueal y compresiones toráxicas presentaron 3,6 y 6,4 veces mayor riesgo de muerte, respectivamente. La necesidad de mantener la vía aérea definitiva permeable y hacer reanimación cardiorrespiratoria en la fase prehospitalaria fue predeterminante de un mayor riesgo de muerte. La reposición de volumen inferior a 1000ml fue el único factor predeterminante con fuerza protectora para el riesgo de muerte.


A proposta deste estudo foi analisar o valor predeterminante dos procedimentos realizados, durante o atendimento pré-hospitalar no tempo de sobrevivência de vítimas de acidentes de trânsito. Dados de 175 vítimas com Revised Trauma Score < 11, atendidas e transportadas pelo suporte avançado à vida a hospitais terciários, foram submetidas à Análise de Sobrevivência de Kaplan Méier e à Análise de Riscos Proporcionais de Cox. Identificou-se 4 grupos de procedimentos associados à sobrevivência: circulatórios básicos; respiratórios avançados; volume reposto e medicamentos. Até a alta hospitalar, as vítimas, submetidas à entubação orotraqueal e compressões torácicas, apresentaram 3,6 e 6,4 vezes maior risco para o óbito, respectivamente. A necessidade de realização de via aérea definitiva e de reanimação cardiorrespiratória na fase pré-hospitalar foi predeterminante de maior risco para o óbito. A reposição de volume inferior a 1000ml foi o único fator predeterminante com força protetora para o risco de óbito.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Acidentes de Trânsito/mortalidade , Serviços Médicos de Emergência/estatística & dados numéricos , Cuidados para Prolongar a Vida , Ferimentos e Lesões/mortalidade , Ferimentos e Lesões/terapia , Estimativa de Kaplan-Meier , Brasil/epidemiologia , Área Programática de Saúde , Estudos Retrospectivos
11.
Rev. bras. enferm ; 59(1): 41-46, jan.-fev. 2006. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-485380

RESUMO

O estudo objetivou identificar os fatores de risco ocupacional a que estão expostos os profissionais da equipe das Unidades de Suporte Básico e Avançado de Vida em Emergências. Utilizou-se a técnica de entrevista semi-estruturada para coleta dos dados. Constituíram-se sujeitos do estudo 40 trabalhadores de duas equipes do Sistema de Atendimento Médico a Urgência de uma cidade do interior do Estado de São Paulo. Os fatores de risco identificados pela maioria dos trabalhadores foram: físicos (elevados níveis de temperatura e ruído ambiental); químicos (manipulação de substâncias químicas); biológicos (exposição a microorganismos e falta de materiais disponíveis). Os riscos peculiares à atividade foram: risco de ocorrência de acidentes automobilísticos (90 por cento dos trabalhadores), agressões física e moral (90 por cento dos trabalhadores) e acidentes com material pérfuro-cortante (72,5 por cento dos trabalhadores). A violência foi descrita por 75 por cento dos trabalhadores como fator de risco mais preocupante no trabalho. A maioria dos trabalhadores identificou os riscos ocupacionais. No entanto, a minoria utiliza medidas adequadas de segurança, revelando a necessidade de intervenções.


This study aimed to identify occupational risk factors the professionals of Basic and Advanced Emergency Life Support are exposed. Semi-structured interview was used. The study subjects were 40 workers who are part of two Emergency Healthcare System teams in a city of São Paulo State-Brazil. Most workers identified the following risk factors: physical (high temperature and environmental noise levels); chemical (manipulating chemical substances); biological (exposure to microorganisms and lack of material available). Typical risks of emergency activities were: risk of car accidents (90 percent of the workers), physical and moral aggression (90 percent of the workers) and accidents with piercing and cutting material (72,5 percent of the workers). 75 percent of the workers described violence as the most worrying risk factor at work. Most of the workers identified the occupational risks. However only a minority of them uses adequate safety measures, which reveals the need for interventions.


Este estudio se realizó con el objetivo de identificar los factores de riesgo laboral a los que están expuestos los profesionales del equipo de las Unidades de Soporte Básico y Avanzado de Vida en Emergencias. Se utilizó la entrevista semiestructurada. Los sujetos de estudio fueron 40 trabajadores componentes de dos equipos del Sistema de Atención Médica de Urgencia de una ciudad del interior de São Paulo-Brasil. Los factores de riesgo identificados por la mayoría de los trabajadores fueron: físicos (elevados niveles de temperatura y ruido ambiental); químicos (manipulación de substancias químicas); biológicos (exposición a microorganismos y falta de materiales disponibles). Los riesgos peculiares a la actividad fueron: riesgo de ocurrencia de accidentes automovilísticos (90 por ciento de los trabajadores), agresiones física y moral (90 por ciento de los trabajadores) y accidentes con material punzante o cortante (72,5 por ciento de los trabajadores). 75 por ciento de los trabajadores describieron la violencia como factor de riesgo más preocupante en el trabajo efectuado. La mayoría de los trabajadores identificó los riesgos laborales. Sin embargo, una minoría de los trabajadores utiliza medidas adecuadas de seguridad, manifestando la necesidad de intervenciones.


Assuntos
Adolescente , Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Enfermagem em Emergência , Cuidados para Prolongar a Vida , Exposição Ocupacional , Fatores de Risco
12.
Acta paul. enferm ; 17(1): 63-69, jan.-mar. 2004.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-452935

RESUMO

O estudo objetivou avaliar um software eductivo com o tema "Avaliação de Sinais Vitais", junto a alunos e professores do Curso de Graduação de Enfermagem visando a contribuir com o ensino nesta área do conhecimento de enfermagem. Participaram do estudo seis alunos e três professores que utilizaram individualmente o programa. Ao final da avaliação foram instituídas 27 alterações sugeridas pelos participantes. Apenas duas sugestões não foram acatadas: a primeira por representar uma diferença entre o sugerido e o observado na prática, e a segunda por representar uma limitação da interface da plataforma de desenvolvimento.


Assuntos
Aplicações da Informática Médica , Cuidados para Prolongar a Vida/instrumentação , Docentes , Estudantes de Enfermagem , Software , Educação em Enfermagem
13.
Rev. enferm. UERJ ; 10(3): 159-164, set.-dez. 2002.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-411772

RESUMO

Foi desenvolvido um estudo de caso com um único cliente, através da abordagem qualitativa, objetivando analisar a experiência de quase-morte e a contribuição do cuidar em Enfermagem para o conforto do cliente. Trata-se de uma experiência atípica de cuidar e ser cuidado no limiar vida/morte, ao longo de 50 dias, na qual emergem aspectos subjetivos próprios da condição humana de quem recebe e quem está prestando cuidados de Enfermagem. Considedou-se que ambas as partes envolvidas nesse processo interacional são dotadas de campos vibracionais eletromagnéticos capazes de influencias substancialmente a qualidade da terapêutica, bem como do equilíbrio, sintonia e harmonia espiritual. O cliente foi tocado cerca de 8.8 vezes por hora pela Enfermagem com medidas de cuidado e conforto. O toque caracterizou-se fundamentalmente como instrumento de bem-querer e amor para despertar a pulsão de vida, o que fez a diferença qualitativa para que o quadro clínico fosse superado e a situação de quase-morte transcendida


Assuntos
Humanos , Atitude Frente a Morte , Cuidados de Enfermagem , Relações Enfermeiro-Paciente , Satisfação do Paciente , Cuidados para Prolongar a Vida , Enfermagem Holística/tendências
14.
Rev. gaúch. enferm ; 7(1): 23-31, jan. 1986.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1035200

RESUMO

Os autores enfatizam a importância do trabalho em equipe para a eficácia do atendimento à parada cardíaca em pequeno hospital. Ressaltam a importância do treinamento de todo o pessoal de enfermagem para dar início e prosseguindo às medidas de suporte básico da vida.


Assuntos
Humanos , Emergências , Parada Cardíaca , Reanimação Cardiopulmonar , Cuidados para Prolongar a Vida , Reanimação Cardiopulmonar
15.
Rev. gaúch. enferm ; 5(2): 279-86, jul. 1984.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1035158

RESUMO

Enfatiza a importância da atuaçäo do profissional enfermeiro junto à equipe de saúde e junto ao paciente em situaçöes de parada cardio-respiratória. Descreve técnicas de ressuscitaçäo exercidas basicamente por leigos e pelo profissional e, ainda, recursos e tratamentos dispensados ao individuo.


Assuntos
Humanos , Parada Cardíaca , Ressuscitação , Cuidados para Prolongar a Vida
16.
Florianópolis; s.n; 1980. 113 p. tab.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1035969

RESUMO

O presente trabalho é uma tentativa de responder alguns questionamentos teóricos, partindo da assistência no campo da prática a pacientes com Insuficiência Renal Crônica (IRC) em fase terminal, submetidos à hemodiálise. A hemodiálise tem sido considerada como um dos recursos existentes na luta pela sobrevivência de pacientes, e, durante o período de sobrevivência os pacientes apresentam problemas bio-psico-sociais que tem sido observados e relatados pelos estudiosos no assunto. Aplicando um formulário, com o total de pacientes submetidos à hemodiálise, em Florianópolis, o Autor identificou problemas bio-psico-sociais que teoricamente eram esperados nestes pacientes. Os problemas biológicos foram sistematizados para o estudo em doze (12) áreas que caracterizam as condiçöes: mental, dos sinais vitais, da pele e unhas, da cavidade bucal, dos ossos e articulaçöes, de alimentaçäo e digestäo, de equilíbrio hídrico, de eliminaçäo, sensoriais, de fístulas artério-venosas e hematológicas. E os problemas psicossociais, com base na teoria das crises de CAPLAN11 e LEVY30, foram agrupados em duas áreas, correspondendo à primeira e à segunda fase da crise emocional. Os resultados encontrados revelam que a populaçäo estudada tem condiçöes sócio-econômicas näo privilegiadas. O principal diagnóstico causal de Insuficiência Renal Crônica foi glomerulonefrite crônica e 37,6 por cento da populaçäo encontram-se em tempo hemodialítico inferior a 18 meses de tratamento. Os problemas biológicos mais comuns encontrados foram: astenia, oscilaçöes nos valores da pressäo arterial, pele ressecada, prurido, palidez, lábios secos e escamosos, cárie dentária e língua suburrosa, hipotonia e caimbras. Dor nos ossos e articulaçöes, náuseas, anorexia, vômitos, edema, oligúria, anúria, diminuiçäo da acuidade visual. Hematócrito abaixo de 26,0 por cento e antígeno Austrália positivo em 26,3 por cento da populaçäo. Os problemas psicossociais mais evidenciados foram: diminuiçäo da renda familiar, afastamento do emprego, medo de fazer hemodiálise, medo do desconhecido e medo de morrer, falta de informaçäo a respeito da doença e tratamento, dependência emocional, recusa de observar a dieta, mudanças sentidas na aparência física, capacidade de trabalho e de recreaçäo alteradas, sentimentos de tristeza e abandono. Constatou-se relaçäo entre o tempo de tratamento e problemas referentes a: falta de informaçäo a respeito do tratamento e dieta, dependência emocional, capacidade de trabalho e recreaçäo, sentimentos de tristeza e abandono e medo de morrer.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Condições Sociais , Cuidados para Prolongar a Vida , Diálise Renal , Insuficiência Renal Crônica , Dissertação Acadêmica , Glomerulonefrite , Insuficiência Renal Crônica
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA