Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 22
Filtrar
1.
Rev. SOBECC ; 25(2): 91-98, 30/06/2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1102116

RESUMO

Objetivo: Analisar a adequação da paramentação cirúrgica pelos profissionais de saúde que prestam assistência em um centro cirúrgico de um hospital de ensino no Nordeste do Brasil. Método: Estudo transversal, descritivo, quantitativo e de natureza observacional. A amostra foi composta de 100 profissionais de saúde. Resultados: Os itens de maior adequação foram: no momento da colocação do propé e das luvas (100%), seguido da circulação da roupa privativa e do momento de colocação do gorro (99%). Obtiveram-se menores taxas de adequação no uso dos óculos (5%) e quanto ao local de guarda da máscara (8%). As inadequações relacionadas à máscara cirúrgica ocorreram pela não troca mediante sujidade ou umidade e em cirurgias com duração maior de duas horas aproximadamente (23%). Conclusão: Apesar de a maioria (18 dos 20) dos itens estar com boas taxas de adequação, outros apresentaram taxas consideradas medianas e baixas. As categorias profissionais que apresentaram maiores inadequações foram anestesistas (35%), enfermeiros (27%) e técnicos de enfermagem (22%). Esses percentuais necessitam ser melhorados, a fim de oferecer aos pacientes cirúrgicos uma assistência mais segura.


Objective: To analyze the adequacy of the surgical attire used by healthcare professionals who work in the surgical center of a teaching hospital in Northeastern Brazil. Method: This is a cross-sectional descriptive quantitative observational study. The sample consisted of 100 healthcare professionals. Results: The items with the best adequacy were: donning disposable shoe covers and gloves (100%), followed by places where professionals circulate with surgical scrubs and donning the surgical cap (99%). The use of safety glasses (5%) and the proper place for keeping the surgical mask (8%) had lower rates of adequacy. We found surgical mask inadequacies related to professionals who do not change the item when it gets dirty or wet and in surgeries lasting more than approximately two hours (23%). Conclusion: Although most (18 of the 20) items had high rates of adequacy, others presented regular and low rates. Professional categories with the highest rates of inadequacy were anesthetists (35%), nurses (27%), and nursing technicians (22%). These percentages must be improved to provide safer care for surgical patients.


analizar la adecuación del apósito quirúrgico por parte de profesionales de la salud que brindan asistencia en un centro quirúrgico de un hospital universitario en el noreste de Brasil. Método: estudio transversal, descriptivo, cuantitativo y observacional. La muestra estuvo compuesta por 100 profesionales de la salud. Resultados: Los artículos más adecuados fueron: al colocar las polainas y al ponerse un guante (100%), seguido de la circulación de ropa privada y el momento en que se colocó la gorra (99%). Se obtuvieron tasas más bajas de adecuación en el uso de gafas (5%) y en términos de la ubicación de la máscara (8%). Las deficiencias relacionadas con la máscara quirúrgica ocurrieron debido al no intercambio debido a la suciedad o la humedad, y en cirugías que duraron más de dos horas, aproximadamente (23%). Conclusión: Aunque la mayoría (18 de los 20 ítems) tuvieron buenas tasas de adecuación, otros tuvieron tasas consideradas medianas y bajas. Las categorías profesionales que mostraron las mayores deficiencias fueron anestesistas (35%), enfermeras (27%) y técnicos de enfermería (22%). Es necesario mejorar estos porcentajes para ofrecer a los pacientes quirúrgicos una atención más segura.


Assuntos
Humanos , Centros Cirúrgicos , Equipamento de Proteção Individual , Infecções , Segurança , Enfermagem Perioperatória , Anestesia
2.
rev. cuid. (Bucaramanga. 2010) ; 11(2): e1226, 1 de Mayo de 2020.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1118352

RESUMO

Introducción: La necesidad quirúrgica en el contexto de la pandemia actual ocasionada por la enfermedad COVID-19 puede ser de riesgo para los profesionales de la salud. Por esto, se considera que para las enfermedades urgentes que requieren intervención quirúrgica se deben tomar decisiones según las recomendaciones mundiales para el manejo del virus SARS-CoV2. Esta revisión busca describir y analizar las diferentes recomendaciones para el abordaje de un paciente con sospecha de COVID-19 en el entorno quirúrgico. Materiales y métodos: Se realizó una revisión integrativa de literatura con un alcance descriptivo, publicados en el período comprendido entre noviembre de 2019 y abril de 2020, a través de las bases de datos Pubmed, Medline, Science-Direct, Google Scholar y Scopus. Resultados: Se seleccionaron 12 estudios que cumplieron con los criterios de inclusión y que hacen referencia a las medidas y recomendaciones para el abordaje del paciente con sospecha de COVID-19. En el preoperatorio, se enfatiza preparación del quirófano, medidas de protección personal y traslado del paciente al quirófano. En el intraoperatorio, se destacan las medidas para la anestesia, manejo de la vía aérea, limpieza y desinfección del área quirúrgica y recomendaciones específicas para el postoperatorio. Discusión: se discute el equipo de protección personal y las técnicas para minimizar la probabilidad de infección cruzada. Conclusión: El equipo quirúrgico debe mantener las medidas estándar para el manejo del paciente quirúrgico con sospecha de COVID-19 para evitar la propagación y posible contagio por el virus SARS-CoV-2, garantizando una atención quirúrgica segura.


Introduction: The need for surgery in the context of the current COVID-19 pandemic may be a risk for health professionals. For urgent diseases requiring surgical interventions, appropriate decisions should be made according to international recommendations on management of the SARS-CoV2 virus. The study aims to describe and analyze the different recommendations for managing suspected COVID-19 patients in surgical settings. Materials and Methods: An integrative descriptive literature review was conducted on articles published between November 2019 and April 2020 in PubMed, Medline, Science-Direct, Google Scholar, and Scopus databases. Results: 12 studies related to measures and recommendations for the management of suspected COVID-19 patients met the inclusion criteria and were selected. During preoperative care, aspects such as the preparation of the operating room, the use of personal protection equipment, and patient transfer to the operating room were highlighted. During intraoperative care, measures for anesthesia, airway management, cleaning and disinfection of operating rooms, and specific recommendations for postoperative care are highlighted. Discussion: Personal protective equipment and techniques to minimize the risk of cross-infection are reviewed. Conclusions: The surgical team should maintain standard measures for the management of surgical suspected COVID-19 patients to prevent the spread and possible infection with SARS-CoV-2 virus and ensure safe surgical care.


Introdução: A necessidade de cirurgia no contexto da atual pandemia causada pela doença COVID-19 pode ser um risco para os profissionais de saúde. Por esta razão, considera-se que para doenças urgentes que requerem intervenções cirúrgicas, as decisões devem ser tomadas de acordo com as recomendações internacionais para o tratamento do vírus SRA-CoV2. Esta revisão visa descrever e analisar as diferentes recomendações para o manejo de pacientes com suspeita de COVID-19 em ambientes cirúrgicos. Materiais e métodos: Realizamos uma revisão integrativa da literatura com escopo descritivo, publicada no período de novembro de 2019 a abril de 2020 nas bases de dados PubMed, Medline, Science-Direct, Google Scholar e Scopus. Resultados: Foram selecionados 12 estudos que preencheram os critérios de inclusão e que se referem a medidas e recomendações para o tratamento de pacientes com suspeita de COVID-19. Na fase pré-operatória, foi dada ênfase na preparação da sala de cirurgia, medidas de proteção pessoal e transferência do paciente para a sala de cirurgia. Na fase intraoperatória, são enfatizadas medidas para anestesia, controle das vias aéreas, limpeza e desinfecção da área cirúrgica e recomendações específicas para a fase pós-operatória. Discussão: Equipamentos de proteção individual e técnicas para minimizar a probabilidade de infecção cruzada são revisados. Conclusão: A equipe cirúrgica deve manter medidas padrão para o tratamento dos pacientes cirúrgicos com suspeita de COVID-19 para prevenir a propagação e possível infecção pelo vírus SRA-CoV-2 e garantir cuidados cirúrgicos seguros.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Salas Cirúrgicas , Síndrome Respiratória Aguda Grave , Vírus da SARS , Período Perioperatório , Anestesia
3.
Rev Rene (Online) ; 21: 42370, 2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1053226

RESUMO

Objetivo: determinar o perfil clínico-epidemiológico de pacientes cirúrgicos com ressecamento ocular e com o diagnóstico de enfermagem Risco de ressecamento ocular, no período pós-operatório. Métodos: estudo transversal, com 82 pacientes em pós-operatório. Para análise, utilizaram-se as frequências, medidas do centro de distribuição e respectivas variabilidades. Resultados: prevalência equivalente entre o ressecamento ocular e o diagnóstico de enfermagem. A média de idade foi 57,7 anos para pacientes com ressecamento ocular e 59,6 anos para aqueles com o diagnóstico de risco. Em ambos os grupos, existiu predominância do sexo feminino, cirurgias cardiovasculares e uso de anestésico geral. O tempo de procedimento cirúrgico obteve mediana de 105 minutos para pacientes com ressecamento ocular e 67,5 minutos para aqueles com o diagnóstico de risco. Conclusão: predominância de mulheres em meia idade submetidas a cirurgias eletivas de motivos cardiovasculares para ambos os grupos, entretanto, com tempo de procedimento cirúrgico distinto.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Diagnóstico de Enfermagem , Síndromes do Olho Seco/diagnóstico , Síndromes do Olho Seco/epidemiologia , Unidades de Terapia Intensiva , Período Pós-Operatório , Postura , Procedimentos Cirúrgicos Cardiovasculares , Fatores de Tempo , Prevalência , Estudos Transversais , Fatores de Risco , Anestesia/efeitos adversos , Anestésicos/efeitos adversos
4.
Rev. SOBECC ; 24(4): 231-237, 30-12-2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096096

RESUMO

Objetivo: Identificar o conhecimento de acadêmicos de enfermagem relacionado aos cuidados e às ações desenvolvidas pelo enfermeiro em sala de recuperação pós-anestésica com vistas à segurança do paciente. Método: Estudo descritivo-exploratório, de abordagem qualitativa, realizado com 30 acadêmicos de enfermagem de uma instituição privada de ensino superior da Região Sul do Brasil. A coleta de dados ocorreu no mês de outubro de 2018, mediante aplicação de questionário semiestruturado. Empregou-se a análise de conteúdo de Bardin para tratamento dos dados. Resultados: Com base nos depoimentos dos entrevistados, emergiu a seguinte categoria: Cuidados e ações do enfermeiro para segurança do paciente, em sala de recuperação pós-anestésica, percebidos pelos acadêmicos de enfermagem. Cuidados rotineiros e mecanicistas, comunicação, liderança, aplicação do processo de enfermagem e uso de protocolos e escalas foram reconhecidos pelos acadêmicos como fundamentais para a segurança do paciente na recuperação. Conclusão: Os acadêmicos de enfermagem reconheceram elementos promotores do cuidado seguro relacionados à assistência de enfermagem na recuperação anestésica.


Objective: To identify the knowledge of nursing students about nursing care and actions in the post-anesthesia care unit regarding patient safety. Method: This is an exploratory descriptive study with a qualitative approach, conducted with 30 nursing students from a private higher education institution in Southern Brazil. Data were collected by administering a semi-structured questionnaire in October 2018. We adopted Bardin's content analysis for data processing. Results: The following category emerged based on the interviewees' statements: Nursing care and actions in the post-anesthesia care unit regarding patient safety, perceived by nursing students. The students acknowledge routine and mechanistic care, communication, leadership, nursing process application, and use of protocols and scales as fundamental for patient safety when recovering. Conclusion: Nursing students identified safe care elements related to nursing care in anesthesia recovery


Objetivo: identificar el conocimiento de los estudiantes de enfermería relacionados con la atención y las acciones desarrolladas por las enfermeras en la sala de recuperación postanestésica, con miras a la seguridad del paciente. Método: Este es un estudio descriptivo y exploratorio con un enfoque cualitativo, realizado con 30 estudiantes de enfermería de una institución privada de educación superior en el sur de Brasil. La recopilación de datos tuvo lugar en octubre de 2018, mediante la aplicación de un cuestionario semiestructurado. El análisis de contenido temático de Bardin se utilizó para el procesamiento de datos. Resultados: surgió la siguiente categoría: Atención de enfermería y acciones para la seguridad del paciente en una sala de recuperación postanestésica, según lo perciben los estudiantes de enfermería. Los cuidados académicos y de rutina, la comunicación, el liderazgo, la aplicación del proceso de enfermería y el uso de protocolos y escalas fueron reconocidos por los académicos como críticos para la seguridad del paciente en la recuperación. Conclusión: los estudiantes de enfermería reconocieron elementos que promueven la atención segura, relacionados con la atención de enfermería en la recuperación anestésica


Assuntos
Humanos , Sala de Recuperação , Enfermagem , Anestesia , Enfermagem Perioperatória , Período de Recuperação da Anestesia , Segurança do Paciente
5.
CuidArte, Enferm ; 13(2): 131-136, dez.2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1087610

RESUMO

Introdução: A avaliação pré-anestésica permite melhores resultados nos procedimentos cirúrgicos em relação à saúde do paciente, satisfação da equipe e logística hospitalar. Entretanto, não há um consenso sobre solicitação de exames. O coagulograma avalia a atividade de coagulação do paciente e é pedido demasiadamente pelo receio de grandes sangramentos intraoperatórios. Objetivo: Analisar o coagulograma de pacientes com idade entre 30 e 40 anos, sabidamente não portadores de doenças que alteram a coagulação sanguínea e/ou em uso de anticoagulantes. Método: Estudo descritivo, de caráter retrospectivo, realizado por meio de coleta de dados de prontuários de pacientes que realizaram avaliação pré-anestésica em ambulatório do Hospital-Escola Emílio Carlos. Resultados: Apenas 43 pacientes preenchiam o critério de inclusão proposto no trabalho. Conclusão: Avaliados laboratorialmente, sete pacientes demonstraram tempo parcial de tromboplastina ativada alterado, porém sem significado estatístico.(AU)


Introduction: Pre-anesthetic evaluation is performed in medical records regarding patient health, staff satisfaction and hospital logistics. However, there is no consensus on requesting exams. The coagulogram evaluates the patient's clotting activity and is overly requested because of fear of major intraoperative bleeding. Objective: The analyze of coagulogram from patients aged 30 to 40 years, who are known not to have a coagulation blood disease or using anticoagulants. Method: This is a descriptive retrospective study, using data from medical records of patients who underwent pre-anesthetic evaluation at the Hospital-Escola Emílio Carlos outpatient clinic. Results: Only 43 patients met the inclusion criteria proposed in the study. Conclusion: In the laboratory evaluation, seven patients showed altered activated partial thromboplastin time changed, but without statistical significance.(AU)


Introducción: la evaluación preanestésica se realiza en los registros médicos relacionados con la salud del paciente, la satisfacción del personal y la logística del hospital. Sin embargo, no hay consenso sobre la solicitud de exámenes. El coagulograma evalúa la actividad de coagulación de un paciente y se hace demasiado por temor a una hemorragia intraoperatoria importante. Objetivo: El análisis del coagulograma de pacientes de 30 a 40 años de edad que se sabe que no tienen una enfermedad de la coagulación sanguínea o que usan anticoagulantes. Método: Este es un estudio descriptivo retrospectivo, utizaando datos de registros médicos de pacientes que se sometieron a una evaluación preanestésica en la clínica ambulatoria del Hospital-Escola Emílio Carlos. Resultados: Solo 43 pacientes cumplieron los criterios de inclusión propuestos en el estudio. Conclusión: En la evaluación de laboratorio, siete pacientes mostraron el tiempo de tromboplastina parcial activada cambió alterada, pero sin significación estadística.(AU)


Assuntos
Humanos , Adulto , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Coagulação Sanguínea , Testes de Coagulação Sanguínea , Anestesia/efeitos adversos , Anticoagulantes
6.
Rev. SOBECC ; 24(2): 69-75, abr-.jun.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1006164

RESUMO

Objetivo: Identificar a prevalência dos procedimentos cirúrgicos realizados em idosos em um centro cirúrgico de um hospital público do interior do estado de São Paulo e caracterizar tais procedimentos. Método: Estudo transversal, retrospectivo, quantitativo. A amostra constou de 7.483 procedimentos cirúrgicos em idosos, realizados entre 2013 e 2015. Os dados foram coletados a partir do sistema de cirurgia da instituição sede do estudo. Resultados: A faixa etária na qual prevaleceram os procedimentos foi entre 60 e 70 anos de idade; a maior média de tempo para recuperação da anestesia foi entre 71 e 80 anos. As especialidades que mais realizaram procedimentos foram: ortopedia, urologia e oftalmologia. As anestesias mais empregadas foram: geral inalatória, endovenosa, local com sedação e raquideana; 37,3% usaram o serviço de anestesia, porém não estava descrito em prontuário qual foi o tipo de anestesia realizada. Os óbitos decorrentes dos procedimentos ou complicações das cirurgias foram 1.140; três deles ocorreram no centro cirúrgico e os demais, em enfermarias ou unidades de cuidados intensivos. Conclusão: Os dados aqui apresentados reforçam a necessidade de novos modelos de assistência, com melhorias da assistência multidisciplinar geriátrica, no atendimento perioperatório aos pacientes idosos


Objective: To identify the prevalence of surgical procedures performed in the elderly in a surgical center of a public hospital in the state of São Paulo and to characterize such procedures. Method: Cross-sectional, retrospective, quantitative study. The sample consisted of 7,483 surgical procedures performed in the elderly, between 2013 and 2015. Data were collected from the surgical information system of the institution under study. Results: The age range was between 60 and 70 years of age; the highest average anesthesia recovery time was between 71 and 80 years. The specialties that performed the most procedures were: orthopedics, urology and ophthalmology. The most commonly used anesthesias were: general inhalation, intravenous, local with sedation and spinal; 37,3% used anesthesia, however the type was not described in the patient medical records. There were 1,140 deaths resulting from the procedures or complications; three of them occurred in the surgical center, while the others occured in the intensive care unit or ward. Conclusion: The data presented here reinforce the need for new models of care, with improvements in geriatric multidisciplinary care, in perioperative care for the elderly


Objetivo: Identificar la prevalencia de los procedimientos quirúrgicos realizados en ancianos en un centro quirúrgico de un hospital público del interior del estado de São Paulo y caracterizar tales procedimientos. Método: Estudio transversal, retrospectivo, cuantitativo. La muestra constató de 7.483 procedimientos quirúrgicos en ancianos, realizados entre 2013 y 2015. Los datos fueron recolectados a partir del sistema de cirugía de la institución sede del estudio. Resultados: El grupo de edad en el que prevalecieron los procedimientos fue entre 60 y 70 años de edad; la mayor media de tiempo para la recuperación de la anestesia fue entre 71 y 80 años. Las especialidades que más realizaron procedimientos fueron: ortopedia, urología y oftalmología. Las anestesias más empleadas fueron: general inhalatoria, endovenosa, local con sedación y raquídea; 37,3% usaron el servicio de anestesia, pero no estaba descrito en prontuario cuál fue el tipo de anestesia realizada. Las muertes derivadas de los procedimientos o complicaciones de las cirugías fueron 1.140; Y tres de ellos ocurrieron en el centro quirúrgico y los demás, en enfermerías o unidades de cuidados intensivos. Conclusión: Los datos aquí presentados refuerzan la necesidad de nuevos modelos de asistencia, con mejoras de la asistencia multidisciplinaria geriátrica, en la atención perioperatoria a los pacientes ancianos.


Assuntos
Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Cirurgia Geral , Idoso , Estudos de Avaliação como Assunto , Anestesia
7.
Rev. SOBECC ; 23(1): 14-20, jan.-mar.2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-882687

RESUMO

Objetivo: Conhecer as percepções de acompanhantes das crianças na indução anestésica e no despertar da anestesia. Método: Estudo exploratório, descritivo, qualitativo, realizado em um centro cirúrgico (CC) de um hospital pediátrico de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, com sete mães presentes na indução anestésica e no despertar da criança da anestesia. A coleta de dados foi realizada em duas fases: 1. observação não participativa na pré-indução e na indução anestésica; 2. entrevista semiestruturada na sala de recuperação pós-anestésica (SRPA). Resultados: Da análise de conteúdo dos diários de campo emergiram duas categorias: estratégias utilizadas pelos acompanhantes e tranquilidade. As estratégias usadas foram: choro, amor e carinho. Das entrevistas emergiram duas categorias: experiência positiva e experiência negativa, sendo a primeira a mais destacada. Conclusão: Acompanhar o filho no processo anestésico-cirúrgico desencadeou mais percepções positivas do que negativas nas mães. Além de dar suporte e tranquilidade à criança, as acompanhantes se sentiram mais seguras.


Objective: To know the perceptions o children's companion in anesthetic induction and awakening. Method: An exploratory, descriptive, qualitative study carried out in the surgical center (SC) of a pediatric hospital in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil, with seven mothers present during anesthetic induction and awakening of the child. Data collection was carried out in two parts: 1. Non-participatory observation in anesthetic pre-induction and induction; 2. Semi structured interview in the post-anesthetic recovery room (PARR). Results: Two categories emerged from the contents analysis of field journals: strategies used by companions and tranquility. The strategies used were: crying, love and affection. Two categories emerged from the interviews: positive and negative experiences, the former being the most outstanding one. Conclusion: Accompanying a child in the anesthetic-surgical process triggered more positive than negative impressions on mothers. In addition to giving support and tranquility to the child, companions themselves would feel safer.


Objetivo: Conocer las percepciones de acompañantes de los niños en la inducción anestésica y en el despertar de la anestesia. Método: Estudio exploratorio, descriptivo y cualitativo, realizado en un centro quirúrgico (CQ) de un hospital pediátrico de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, con siete madres presentes em la inducción anestésica y el despertar del niño de la anestesia. La recolección de datos fue realizada em dos fases: 1. Observación no participativa em la pre-inducción y en la inducción anestésica; 2. Entrevista semiestructurada en la sala de recuperación postanestésica (SRPA). Resultados: Dos categorías surgieron del análisis del contenido de los diarios de campo: estrategias utilizadas por los acompañantes y tranquilidad. Las estrategias usadas fueron: llanto, amor y afecto. Dos categorías surgieron de las entrevistas: experiencia positiva y experiencia negativa, siendo la primera la más destacada. Conclusión: Acompañar a niños en el proceso anestésico-quirúrgico desencadenó más percepciones positivas que negativas em las madres. Además de dar suporto y tranquilidad al niño, las acompañantes se sintieron más seguras.


Assuntos
Humanos , Pré-Escolar , Criança , Relações Pais-Filho , Período de Recuperação da Anestesia , Saúde da Criança , Anestesia , Período Pós-Operatório , Estresse Psicológico , Período Pré-Operatório , Hospitalização
8.
Notas enferm. (Córdoba) ; 17(30): 29-36, nov. 2017.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, BINACIS, UNISALUD | ID: biblio-907853

RESUMO

Hasta no hace mucho tiempo el cancer en la superficio peritoneal estaba asociado con un pesimo pronostico. Esta forma extrema de presentacion de algunos tumores de origen peritoneal, digestivo o ginecologico, que se diseminan por vía transcelomica, tenía terapias solamente paliativas. En la actualidad algunos pacientes con diseminacion peritoneal del cancer pueden beneficiarse de un tratamiento que asocia cirugia de citorreduccion y quimoterapia intraperitoneal para brindar una alternativa terapeutica que puede mejorar el tiempo de supervivencia y la calidad de vida de las personas. En este trabajo intento demostrar el desarrollo y propositos de una cirugía desafiante en lo que respecta a nuestro rol como instrumentadores, la citorreducción. La misma consiste en la reseccion de toda enfermedad macroscopica, la que es visible al ojo humano sin ayuda de microscopio y luego la deliminación de la enfermedad microscopica mediante la utilización intraperitoneal de farmacos quimioterapicos a alta temperatura. En la actualidad el Sanatorio Allende es el unico centro de salud de la provincia de Cordoba y unos pocos en el pais, que tiene un programa de estas caracteristicas.


Assuntos
Humanos , Procedimentos Cirúrgicos de Citorredução , Citostáticos , Hipertermia Induzida , Neoplasias Peritoneais/tratamento farmacológico , Neoplasias Peritoneais/cirurgia , Anestesia , Cuidados Pré-Operatórios
9.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.5): 2195-2201, maio 2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032466

RESUMO

Objetivo: avaliar a segurança do paciente durante o procedimento anestésico-cirúrgico. Método: estudo observacional, de abordagem quantitativa, realizado no centro cirúrgico de um hospital público terciário com67 pacientes. Os dados foram coletados pela observação das cirurgias e consulta ao prontuário, usando um checklist, organizados no Excel e analisados pela estatística descritiva. Resultados: a maioria dos impressos apresentava registros sobre o jejum do paciente, alergias e uso de anticoagulante; 91,2% usavam a pulseira de identificação e 81% tinham termo de consentimento assinado; 57,4% não apresentavam risco de hemorragia. A solicitação dos exames laboratoriais e de imagem foi atendida prontamente em 95,6%. O uso de antibiótico profilático foi verificado em 42,7%. Conclusão: a comunicação entre a equipe e a adequada implementação do checklist contribuem para a segurança do paciente.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Anestesia , Cirurgia Geral , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Segurança do Paciente , Estudos Transversais , Jejum
10.
Rev. bras. enferm ; 68(4): 697-704, jul.-ago. 2015. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-761094

RESUMO

RESUMOObjetivo:interpretar as histórias de vida dos idosos longevos de uma comunidade, alicerçada na perspectiva do Envelhecimento Ativo e Curso de Vida.Método:pesquisa qualitativa, da qual participaram vinte idosos de 80 anos e mais, usuários de uma Unidade Básica de Saúde. As histórias de vida foram coletadas e analisadas segundo a proposta da Entrevista Narrativa Autobiográfica.Resultados:no processo analítico surgiram elementos presentes no passado e presente dos longevos, que contribuíram para o desenvolvimento de um modelo teórico: "Construindo a longevidade no curso de vida".Conclusãoa longevidade tem suas raízes no passado, fortemente infl uenciada pela cultura familiar e curso de vida, os pressupostos do Envelhecimento Ativo são mais expressivos na trajetória atual dos informantes. O teor das narrativas apontou novas possibilidades de intervenção da Enfermagem Gerontológica na Atenção Primária, visando à promoção e à prevenção da saúde, fundamentadas especialmente no respeito à cultura dos longevos.


RESUMENObjetivo:interpretar las historias de vida de ancianos longevos de una comunidad, basada en la perspectiva del Envejecimiento Activo y Curso de Vida.Método:es la investigación cualitativa. Participaron veinte ancianos de 80 años o más, usuarios de una Unidad Básica de Salud. Las historias de vida fueron obtenidas e analizadas de acuerdo a la propuesta de la Entrevista Narrativa Autobiográfica.Resultados:elementos presentes en el pasado y el presente de los longevos, contribuyeron para el desarrollo de un modelo teórico: "Construyendo la longevidad en el curso de vida".Conclusión:la longevidad tiene sus raíces en el pasado, muy infl uenciada por la cultura familiar y curso de vida, los presupuestos del Envejecimiento Activo son más expresivos en la trayectoria actual de los informantes. Las narrativas han apuntado nuevas posibilidades de intervención de la Enfermería Gerontológica en la Atención Primaria, con la finalidad de hacer promoción y prevención de la salud, fundamentada especialmente en el respeto a la cultura de los longevos.


ABSTRACTObjective:to interpret life histories of the oldest-old in a community, grounded on the perspective of the Active Aging and Life Course.Method:this is a qualitative research. Participants included twenty seniors 80 years and older, users of a Basic Health Unit. Life histories were collected and analyzed according to the proposition of the Autobiographical Narrative Interview.Results:during the analytic process, elements found in the elders' present and past arose, contributing to the development of a theoretical model: "Building longevity along the life course."Conclusion:longevity is rooted in the past, strongly infl uenced by the family culture and life course; assumptions of the Active Aging are more meaningful in the informants' present trajectory. The content of the narratives pointed to new possibilities of Gerontology Nursing intervention in Primary Care, aiming at health promotion and intervention, specially grounded on the respect to the oldest-elders' culture.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Anestesia/veterinária , Anestésicos Combinados/administração & dosagem , Imobilização/veterinária , Ketamina , Ratos-Toupeira , Xilazina , Anestesia/métodos , Imobilização/métodos , Injeções Intramusculares/veterinária , Ketamina/administração & dosagem , Xilazina/administração & dosagem
11.
Rev. SOBECC ; 19(2): 92-98, abr.-jun. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-723603

RESUMO

Na indução anestésica a criança pode ficar agitada, aumentando o risco de apneia e de laringoespasmo. A presença do pai/mãe pode diminuir a ansiedade e melhorar a cooperação. Objetivo: Identificar, na literatura, os aspectos positivos e negativos que a experiência em presenciar a indução anestésica de crianças pode conferir aos familiares, à própria criança e aos profissionais de centro cirúrgico. Método: Revisão de literatura, na qual foram utilizados artigos científicos publicados de 1989 a 2012, indexados nas bases de dados National Library of Medicine (MEDLINE) e Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), com os descritores 'pais and criança and centros de cirurgia'. Resultados: As experiências de permitir a entrada dos pais na sala de indução anestésica mostram que ocorre uma redução da ansiedade das crianças e dos pais, e menor necessidade de restrição física. Com relação aos profissionais, existe uma melhor relação enfermeiro-paciente, embora alguns profissionais apresentem ansiedade com relação ao seu desempenho, além de inconvenientes relacionados a recursos humanos necessários para a implantação desta prática. Considerações Finais: Em virtude dos benefícios decorrentes da adoção dessa prática, este trabalho mostra a importância de viabilizar, cada vez mais, a presença dos pais durante a indução anestésica de crianças.


Assuntos
Humanos , Criança , Anestesia , Centro Cirúrgico Hospitalar , Publicações Periódicas como Assunto/estatística & dados numéricos , Relações Familiares , Saúde da Criança
12.
Rev. SOBECC ; 18(3): 49-58, jul.-set. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-694420

RESUMO

O estudo teve por objetivo analisar a produção científica sobre complicações perioperatórias relacionadas ao uso de fitoterápicos. Adotou-se como método a revisão integrativa de literatura com artigos publicados de 1966 a 2010, com levantamento de dados nas bases: PUBMED, BVS, CINAHL, SciVerse Scopus Database e EMBASE. Identificaram-se 1.043 artigos e foram selecionados 29 deles para fazerem parte da amostra do estudo...


Assuntos
Humanos , Anestesia/métodos , Bases de Dados Factuais , Complicações Intraoperatórias , Enfermagem de Centro Cirúrgico , Medicamentos Fitoterápicos , Publicações Periódicas como Assunto
13.
Rev. latinoam. enferm ; 18(5): 881-887, Sept.-Oct. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-566335

RESUMO

This study aimed to classify patients according to their degree of dependence on nursing care (Perroca Classification System) and correlate this with the anesthetic risk (American Society of Anesthesiologists - ASA classification) in a post-anesthesia care unit. A cross-sectional study was conducted, which included 402 patients, mean age 51.57 (±16.73) years, of which 216 (54 percent) were female. The results indicate that patients had a degree of dependence between intermediate and semi-intensive with an ASA classification of between two and three. There was a significant relationship between degree of dependence and ASA classification. The results indicate that the post-anesthesia care unit admits patients with semi-intensive care requirements and with moderate anesthetic risk.


O estudo teve por objetivo classificar os pacientes, segundo o grau de dependência dos cuidados de enfermagem (Sistema de Classificação de Perroca), relacionando-o ao risco anestésico (Classificação da American Society of Anesthesiologists - ASA) em uma unidade de recuperação pós-anestésica. Realizou-se estudo transversal, com inclusão de 402 pacientes com idade média de 51,57 (±16,73), sendo 216 (54 por cento) do sexo feminino. Os resultados apontam que os pacientes têm grau de dependência entre intermediário e semi-intensivo com Classificação ASA entre dois e três. Houve relação significativa entre grau de dependência e Classificação ASA. Os resultados indicam que a unidade de recuperação pós-anestésica admite pacientes com cuidados semi-intensivos com moderado risco anestésico.


El estudio tuvo por objetivo clasificar los pacientes según el grado de dependencia de los cuidados de enfermería (Sistema de Clasificación de Perroca) y relacionarlo con el riesgo anestésico (Clasificación de la American Society of Anesthesiologists - ASA) en una unidad de recuperación postanestésica. Se realizó un estudio transversal con inclusión de 402 pacientes, con edad promedio de 51,57 (±16,73), siendo 216 (54 por ciento) del sexo femenino. Los resultados apuntan que los pacientes tienen un grado de dependencia entre intermedio y semi-intensivo con una Clasificación ASA entre dos y tres. Hubo relación significativa entre el grado de dependencia y la Clasificación ASA. Los resultados indican que la unidad de recuperación postanestésica admite pacientes con cuidados semi-intensivos con moderado riesgo anestésico.


Assuntos
Idoso , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Anestesia , Período de Recuperação da Anestesia , Cuidados Críticos , Determinação de Necessidades de Cuidados de Saúde , Cuidados de Enfermagem , Pacientes/classificação , Índice de Gravidade de Doença , Estudos Transversais , Interpretação Estatística de Dados , Estudos Prospectivos
14.
Rev. SOBECC ; 11(2): 32-39, abr.-jun. 2006.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-437644

RESUMO

O processoa anestésico-cirúrgico implica alterações metabólicas, sistêmicas e imunológicas, resultantes do trauma, que representam estratégias fundamentais do organismo para o restabelecimento do equilíbrio fisiológico. Sendo assim, consideramos que o conhecimento da fisiologia acerca das respostas ao trauma anestésico-cirúrgico, das complicações relaciondas com a interação medicamentosa, da insuficiência renal aguda e da infecção constitui recurso básico para a otimização do cuidado durante o período pós-operatório.


Assuntos
Humanos , Anestesia/efeitos adversos , Cuidados Pós-Operatórios/efeitos adversos
15.
São Paulo; s.n; 2006. 104 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1095659

RESUMO

Este estudo tem como objetivos, identificar os fatores de risco de maior incidência no paciente idoso cirúrgico nos períodos pré-operatório e intra-operatório, identificar as complicações mais frequentes no paciente idoso cirúrgico no período de recuperação pós-anestésica e relacionar as complicações mais frequentes do paciente idoso cirúrgico no período de recuperação pós-anestésica aos fatores de risco de maior incidência de paciente cirúrgico nos períodos pré-operatório e intra-operatório.


This study has as its goals to identify the most common risk factors for aging surgical patients in the pre-operatory and intra-operatory periods; to identify the most frequent complications in agign surgical patients in the post-anesthetic period; and make the relation between the most frequent complications in the post-anesthetic period for aging surgical with the most common risk factors in the pre-operatory and intra-operatory periods.


Assuntos
Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Complicações Pós-Operatórias , Idoso , Anestesia
16.
São Paulo; s.n; 2006. 103 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096006

RESUMO

Este estudo tem como objetivo geral conhecer a avaliação, feita pelos enfermeiros das unidades pós-operatórias, a respeito da continuidade da assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico. Como objetivos específicos, o seu propósito é identificar não só as dificuldades apresentadas pelos enfermeiros na obtenção dos dados clínicos referentes ao período de recuperação pós-anestésica como também indicar a melhor estratégia para obter os dados clínicos necessários para a continuidade da assistência de enfermagem ao paciente cirúrgico, após receber alta da sala de recuperação pós-anestésica, além de levantar os dados clínicos, referentes ao período de recuperação pós-anestésica, considerados necessários para o planejamento da assistência de enfermagem no período pós-operatório. A amostra foi constituída por enfermeiros, de duas instituições hospitalares identificadas por I e II, localizadas no interior do Estado de São Paulo, que assistem pacientes provenientes da recuperação pós-anestésica. Procedeu-se à coleta de dados, no período de julho a agosto de 2005, utilizando-se um formulário, a fim de contemplar o objetivo deste estudo. Os resultados mostraram que, no Hospital I, as dificuldades mais freqüentes, que interferem na obtenção dos dados clínicos do paciente referente ao período de recuperação pós-anestésica, foram, com 22 (84,62%) relatos cada: ausência do instrumento no prontuário e ausência da passagem de plantão por telefone, seguidas daausência de informações necessárias no instrumento 19 (73,08%); preenchimento incompleto do instrumento 12 (46,15%) e passagem incompleta de plantão por telefone 2 (7,69%). No Hospital II destacaram-se: preenchimento incompleto do instrumento 25 (75,76%), seguidas da ausência de informações necessárias no instrumento 19 (57,58%). E com 18 (54,55%) relatos cada: ausência do instrumento no prontuário; ausência da passagem de plantão por telefone e passagem incompleta ) de plantão por telefone 2 (7,69%). No Hospital II destacaram-se: preenchimento incompleto do instrumento 25 (75,76%), seguidas da ausência de informações necessárias no instrumento 19 (57,58%). E com 18 (54,55%) relatos cada: ausência do instrumento no prontuário; ausência da passagem de plantão por telefone e passagem incompleta de plantão por telefone. No Hospital I, a melhor estratégia para se obter informações do paciente com alta da recuperação pós-anestésica foi um instrumento de registro associado à passagem de plantão por telefone 17 (65,38%), enquanto que no Hospital II a maioria, 20 enfermeiros (60,61%), agregou os diversos meios de se obter informações. Dentre os dados clínicos considerados necessários, pelos enfermeiros que não consultavam esse instrumento, no Hospital I, destacaram-se as características dos curativos e drenos, nível de consciência, controle das sondas, sinais vitais e acesso venoso. No Hospital II destacaram-se sinais vitais e características dos drenos, seguidos decurativos, saturação de oxigênio e exame físico. Quanto aos enfermeiros que o consultaram, 8 (30,77%) do Hospital I e 21 (63,64%) do Hospital II, foram de opinião que os dados clínicos presentes neste instrumento eram extremamente importantes, com exceção dos parâmetros referentes à temperatura e pulso que, no Hospital I, apresentaram diferenças de opinião quanto ao nível de importância (extremamente importante e muito importante). ). Sendo assim, observa-se que, nos dois hospitais estudados, o instrumento de registro, meio concreto de comunicação, auxilia no planejamento, promove a continuidade, é um indicador de qualidade e um meio de documentar o cuidado com o paciente.


This study has the main objective to know the valuation, done by nurses in the post-operator units, to continue giving nursing assistance to the chirurgical patient. As specific objectives it has the purpose to identify not only the difficulties presented by the nurses to obtain the clinical data referring to the post-anesthetic period but also to indicate the best strategy to get the clinical data necessary to continue the nursing assistance to the chirurgical patient after receiving discharge of the post-anesthetic recovery room, besides uplifting clinical data, referring to the post-anesthetic recovery period, considered necessary to plan the nursing assistance in the post-operator period. The sample was constituted by nurses in two hospitals identified by I and II, located in the State of São Paulo inland, Brazil which assist patients deriving from post-anesthetic recovery. During July to August 2005, the data collection was conducted, using a formulary in order to contemplate the objective of this study. The results showed that, at the Hospital I, the most frequent difficulties, that interfere in the acquisition of the patient's clinical data referred to the post-anesthetic period were, with 22 (85, 62%) reports each: absence of the instrument in the formulary and also absence of the duty passage by telephone, followed by the absence of information necessary in the instrument 19 (73,08%); incomplete fulfilling of the instrument 12 (46,15%) andincomplete duty passage by telephone 2 (7,69%). ) It was distinguished at the Hospital II: incomplete fulfilling of the instrument 25 (75,76%), followed by absence of information necessary in the instrument 19 (57,58%). And with 18 (54,55%) reports each: absence of the instrument in the formulary; absence in the duty passage by telephone and incomplete duty passage by telephone. At the Hospital I, the best strategy to obtain patient's information with discharge from the post-anesthetic recovery was an instrument of register associated to the duty passage by telephone 17 (65, 38%), while at the Hospital II the majority, 20 nurses (60,61%), added diverse ways to obtain information. Among the clinical data considered necessary by the nurses who did not consult this instrument, at the Hospital I, the characteristics of the bandaging and drains; level of consciousness; control of probes; vital signals and vein access were distinguished. At the Hospital II: vital signals and characteristics of the drains, followed by bandaging; saturation of oxygen and physical exam. As to the nurses who have consulted it, 8 (30,77%) at the Hospital I and 21 (63,64%) at the Hospital II, they had the opinion that the clinical data presented in this instrument were extremely important, with exception of the parameters referred to temperature and pulse that, at the Hospital I, presented differences of opinion as to the level of importance (extremely important and veryimportant). So, it was observed that in the two hospitals the instrument of register, a concrete way of communication, helps the planning, promotes the continuity, it is a quality indicator and a way to prove the care with the patient.


Assuntos
Humanos , Enfermagem Perioperatória , Registros de Enfermagem , Anestesia
17.
Rev. SOBECC ; 9(3): 8-13, jul.-set. 2004.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-394506

RESUMO

O enfermeiro anestesista é aquele que realiza uma prática avançada e especializada, exercida há mais de um século me vários países, com respaldo legal para a administração e a manutenção do processo anestésico. Surgiu em 1870 como a primeira especialidade de Enfermagem Clínica nos Estados Unidos, não sendo, porém, exclusividade norte-americana. Esse profissional executa os cuidados em anestesia nos períodos pré, intra e pós-operatórios, na recuperação anestésica e notratamento da dor aguda e crônica. No entanto, trata-se de uma especialidade inexistente em nosso país. Mas, ao descrevermos e analisarmos as atividades assistenciais do enfermeiro de Centro Cirúrgico no Brasil e as do enfermeiro anestasista nos Estados Unidos, deparamos com semelhanças e limites tênues entre elas e percebemos que há uma sobreposição das atribuições de ambos. ...


Assuntos
Humanos , Anestesia , Enfermeiras Anestesistas , Assistência Perioperatória , Enfermagem Perioperatória
18.
Acta paul. enferm ; 15(1): 33-39, jan.-mar. 2002. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-313703

RESUMO

A sala de recuperaçäo anestésica (SRA) é a área destinada à permanência do paciente após o término do ato anestésico-cirúrgico. O objetivo deste trabalfo foi identificar as complicaçöes pós anestésicas na SRA em pacientes adultos e pediátricos...


Assuntos
Humanos , Anestesia , Enfermagem em Pós-Anestésico , Sala de Recuperação
19.
Rev. paul. enferm ; 13(1/3): 8-12, jan.-dez. 1994.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-155971

RESUMO

Säo discutidas a influência da anestesia, do tipo e local da cirurgia, da idade do paciente e das patologias associadas, em relaçäo à necessidade de mobilizaçäo precoce após o ato anestésico-cirúrgico.


Assuntos
Cuidados de Enfermagem , Deambulação Precoce , Cuidados Pós-Operatórios/enfermagem , Anestesia
20.
Rev. paul. enferm ; (n.esp): 3-10, jul. 1991. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-155979

RESUMO

Com os objetivos de identificar as percepçöes pré-operatórias do paciente desde o transporte da unidade de internaçäo até o centro cirúrgico, bem como na sala de cirurgia até o momento do início de qualquer tipo de anestesia e verificar a presença e atuaçäo do enfermeiro de centro cirúrgico desde o pré-operatório até o início da anestesia, foram questionados 100 pacientes. Os dados foram coletados sob a forma de entrevista, através de um formulário previamente testado e analisados em índices percentuais. Os resultados revelaram que os pacientes ainda percebem e identificam uma atuaçäo restrita do enfermeiro de centro cirúrgico dentro da equipe cirúrgica, mas uma pequena diferença ao se comparar um hospital que realiza a visita pré-operatória com o que näo realiza a mesma, no entanto grande maioria dos pacientes está satisfeita com o atendimento recebido.


Assuntos
Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/psicologia , Anestesia , Cuidados Pré-Operatórios/enfermagem , Enfermagem de Centro Cirúrgico , Hospitais Gerais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA