Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 110
Filtrar
1.
J. nurs. health ; 10(1): 20101003, jan.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1097619

RESUMO

Objetivo: identificar o que a produção científica mundial aborda sobre os fatores determinantes do cancelamento cirúrgico. Método: revisão integrativa da literatura desenvolvida nas bases de dados Scopus; Science Direct; Web of Science; PubMed Central® e Biblioteca Virtual de Saúde com os descritores "Surgical Procedures" e "Surgical Cancellation" em fevereiro de 2017. Resultados: com auxílio do Programa Sophie foram localizados 1.118 artigos, sendo 28 incluídos neste estudo. Da análise dos textos emergiram seis categorias, Fatores determinantes do cancelamento cirúrgico; Causas evitáveis e não evitáveis do cancelamento cirúrgico; Período do cancelamento cirúrgico; Intervenções pré-operatórias; Especialidades profissionais envolvidas no cancelamento cirúrgico; Encaminhamentos após o cancelamento da cirurgia. Conclusões: os resultados demandam atenção dos profissionais e gestores de saúde para intervenções que possam minimizar o cancelamento cirúrgico.(AU)


Objective: to identify what national and international scientific production addresses the determinants of surgical cancellation. Method: integrative review of the literature developed in the Scopus databases; Science Direct; Web of Science; PubMed Central® and Virtual Health Library with the descriptors "Surgical Procedures" and "Surgical Cancellation" in February 2017. Results: 1,118 articles were found with the Sophie Program, of which 28 were included in this study. From the analysis of the texts emerged six categories, namely Determining factors of surgical cancellation, Avoidable and non-avoidable causes of surgical cancellation; Surgical cancellation period; Preoperative interventions; Professional specialties involved in surgical cancellation; Referrals after surgery cancellation. Final Considerations: the results require the attention of professionals and health managers for interventions that can minimize surgical cancellation.(AU)


Objetivo: identificar lo que la producción científica nacional e internacional aborda sobre los factores determinantes de la cancelación quirúrgica. Método: revisión integrativa de la literatura desarrollada en las bases de datos Scopus; Science Direct; Web of Science; PubMed Central® e Biblioteca Virtual de Salud con los descriptores "Procedimientos quirúrgicos" y "Cancelación quirúrgica" en febrero de 2017. Resultados: con la ayuda del Programa Sophie, se encontraron 1.118 artículos, 28 de los cuales se incluyeron en este estudio. Del análisis de los textos, surgieron seis categorías Determinantes de la cancelación quirúrgica; Causas evitables e inevitables de la cancelación quirúrgica; Período de cancelación quirúrgica; Intervenciones preoperatorias; Especialidades profesionales involucradas en la cancelación quirúrgica; Referencias después de la cancelación de la cirugía. Conclusiones: los resultados requieren atención de los profesionales y gerentes de salud para las intervenciones que pueden minimizar la cancelación quirúrgica.


Assuntos
Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Assistência Perioperatória , Suspensão de Tratamento , Cuidados de Enfermagem
2.
Nursing (Säo Paulo) ; 23(265): 4171-4175, jun.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1118135

RESUMO

O estudo teve como objetivo identificar de acordo com a literatura os fatores que influenciam na ansiedade do adolescente no período de internação cirúrgica e determinar a influência da ansiedade durante esse período para direcionar a assistência de enfermagem. Para realização do estudo utilizou-se revisão sistemática da literatura. De acordo com os resultados encontrados foi possível identificar a importância da equipe de enfermagem para detectar os fatores de risco e períodos de instabilidade emocional, para garantir a melhoria da qualidade de vida, conforto e maior interação, dessa forma, minimizar a ansiedade durante a internação no período transoperatório.(AU)


The study aimed to identify according to the literature the factors that influence adolescent anxiety during the period of surgical hospitalization and determine the influence of anxiety during this period to direct nursing care. Systemic review of the literature was used to perform the study and according to the results, it was possible to identify the importance of the role of the nursing team to detect risk factors and periods of emotional instability, to ensure the improvement of quality of life, comfort and greater interaction and thus minimize anxiety and patient's fear during hospitalization in the surgery period.(AU)


El estúdio tuvo como objetivo identificar, según la literatura, los factores que influyen em la ansiedade de los adolescentes durante el período de hospitalización quirúrgica y determinar la influencia de la ansiedad durante este período para guiar la atención de enfermería. Para llevar a cabo el estúdio, se utilizo uma revisión sistemática de la literatura y de acuerdo com los resultados encontrados, fue posible identificar la importância de papel Del equipo de enfermería para detectar factores de riesgo y períodos de inestabilidad emocional, para garantizar la mejora de calidad de vida, la comodidad y mayor interacción y, por lo tanto, minimizar la ansiedade y el miedo del paciente durante la hospitalización em el período transoperatório.(AU)


Assuntos
Humanos , Ansiedade , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/psicologia , Fatores de Risco , Cuidados de Enfermagem , Saúde do Adolescente
3.
Nursing (Säo Paulo) ; 23(264): 3982-3988, maio.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1102668

RESUMO

Objetivo: Avaliar o conhecimento e intervenções da equipe de enfermagem sobre hipotermia perioperatória no paciente cirúrgico. Método: Estudo descritivo-exploratório com corte transversal de abordagem quantitativa. Foi realizada a coleta dos dados com 77 profissionais entre enfermeiros e técnicos de enfermagem atuantes no bloco operatório e da sala de recuperação pós-anestésica de um hospital de referência em cirurgias de alta complexidade. Resultados :A pesquisa evidencia que os participantes obtêm conhecimento básico sobre o assunto, principalmente sobre o conceito, os sinais, os sintomas e como intervir quando o paciente apresenta o problema. As complicações e o seu manejo apresentam-se como uma dificuldade. Conclusão: O conhecimento sobre hipotermia perioperatória e as intervenções da equipe enfermagem apresenta lacunas. Esperase contribuir no planejamento de ações educativas que norteiem as estratégias de assistência de qualidade ao paciente cirúrgico.(AU)


Objective: To evaluate the knowledge and interventions of the nursing team about perioperative hypothermia in surgical patients. Method: Descriptive-exploratory study with a cross-sectional approach using a quantitative approach. Data were collected from 77 professionals, including nurses and nursing technicians working in the operating room and in the postanesthetic recovery room of a reference hospital in overly complex surgeries. Results: The research shows that the participants obtain basic knowledge about the subject, mainly about the concept, the signs, the symptoms and how to intervene when the patient presents the problem. Complications and their management present themselves as a difficulty. Conclusion: The knowledge about perioperative hypothermia and the interventions of the nursing team has gaps. It is expected to contribute to the planning of educational actions that guide quality care strategies for surgical patients.(AU)


Objetivo: evaluar el conocimiento y las intervenciones del equipo de enfermería sobre la hipotermia perioperatoria en pacientes quirúrgicos. Método: estudio descriptivo-exploratorio con un enfoque transversal utilizando un enfoque cuantitativo. La recopilación de datos se realizó con 77 profesionales, incluidas enfermeras y técnicos de enfermería que trabajan en la sala de operaciones y en la sala de recuperación postanestésica de un hospital de referencia en cirugías altamente complejas. Resultados: La investigación muestra que los participantes obtienen conocimientos básicos sobre el tema, principalmente sobre el concepto, los signos, los síntomas y cómo intervenir cuando el paciente presenta el problema. Las complicaciones y su manejo se presentan como una dificultad. Conclusión: El conocimiento sobre la hipotermia perioperatoria y las intervenciones del equipo de enfermería tiene lagunas. Se espera que contribuya a la planificación de acciones educativas que guíen las estrategias de atención de calidad para pacientes quirúrgicos.(AU)


Assuntos
Humanos , Enfermagem de Centro Cirúrgico , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Enfermagem Perioperatória , Hipotermia , Equipe de Enfermagem
4.
Rev Rene (Online) ; 21: 42370, 2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1053226

RESUMO

Objetivo: determinar o perfil clínico-epidemiológico de pacientes cirúrgicos com ressecamento ocular e com o diagnóstico de enfermagem Risco de ressecamento ocular, no período pós-operatório. Métodos: estudo transversal, com 82 pacientes em pós-operatório. Para análise, utilizaram-se as frequências, medidas do centro de distribuição e respectivas variabilidades. Resultados: prevalência equivalente entre o ressecamento ocular e o diagnóstico de enfermagem. A média de idade foi 57,7 anos para pacientes com ressecamento ocular e 59,6 anos para aqueles com o diagnóstico de risco. Em ambos os grupos, existiu predominância do sexo feminino, cirurgias cardiovasculares e uso de anestésico geral. O tempo de procedimento cirúrgico obteve mediana de 105 minutos para pacientes com ressecamento ocular e 67,5 minutos para aqueles com o diagnóstico de risco. Conclusão: predominância de mulheres em meia idade submetidas a cirurgias eletivas de motivos cardiovasculares para ambos os grupos, entretanto, com tempo de procedimento cirúrgico distinto.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Diagnóstico de Enfermagem , Síndromes do Olho Seco/diagnóstico , Síndromes do Olho Seco/epidemiologia , Unidades de Terapia Intensiva , Período Pós-Operatório , Postura , Procedimentos Cirúrgicos Cardiovasculares , Fatores de Tempo , Prevalência , Estudos Transversais , Fatores de Risco , Anestesia/efeitos adversos , Anestésicos/efeitos adversos
5.
Rev Rene (Online) ; 21: 43161, 2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1087312

RESUMO

Objetivo: propor uma diretriz de monitorização de complicações pós-operatórias de pacientes no ambiente domiciliar. Métodos: pesquisa desenvolvida por meio da técnica Delphi com 45 profissionais de saúde brasileiros. Utilizaram-se o Google Forms para coleta de dados e a escala Likert para fins de consenso. Os dados foram analisados utilizando técnicas qualitativas (análise de conteúdo) e quantitativas (análise de frequências e percentuais). Resultados: foram elencadas 16 complicações elegíveis para serem utilizadas no monitoramento de pacientes cirúrgicos no pós-alta, sinais e sintomas a serem observados, frequência e tempo de monitoramento. De acordo com os juízes, é necessário o monitoramento, ao menos uma vez por dia (68,8%), do egresso cirúrgico. O tempo máximo de monitoramento apresentou variação de 48 horas até 30 dias, no caso de risco de infecção. Conclusão: a diretriz se mostra válida para ser usada na detecção de complicações em egressos cirúrgicos no domicílio e antever a necessidade de reinternação.(AU)


Assuntos
Humanos , Complicações Pós-Operatórias , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Assistência ao Convalescente , Assistência Domiciliar , Período Pós-Operatório , Fatores de Tempo , Monitorização Fisiológica
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 14: [1-9], 2020. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096007

RESUMO

Objetivo: analisar a assistência ao paciente cirúrgico no transoperatório conforme os postulados do protocolo de cirurgia segura da Organização Mundial de Saúde. Método: trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, observacional, no bloco cirúrgico, com pacientes e equipes anestésicos-cirúrgicas, a partir do checklist e um questionário. Analisaram-se os dados de forma descritiva levando=se em consideração frequências e percentuais dispostos em tabelas e figura. Resultados: corresponderam-se as 127 cirurgias nas especialidades: Ortopedia; Geral; Cabeça e Pescoço; Neurologia e Bucomaxilofacial; em 34 cirurgias os pacientes confirmaram a identidade, local da cirurgia, procedimento e consentimento; em 93 procedimentos, este item não foi checado. Conclusão: conclui-se que a comunicação entre a equipe, o conhecimento e a aplicação do que dispõe no setor fazem com que a segurança do paciente aconteça.(AU)


Objective: to analyze the assistance to the surgical patient in the transoperative period according to the postulates of the World Health Organization's safe surgery protocol. Method: this is a quantitative, descriptive, observational study, in the operating room, with patients and anesthetic-surgical teams, from the checklist and a questionnaire. The data was analyzed descriptively, considering frequencies and percentages arranged in tables and figures. Results: the 127 surgeries in the specialties corresponded: Orthopedics; General; Head and neck; Neurology and buccomaxillofacial; in 34 surgeries, patients confirmed identity, place of surgery, procedure and consent; in 93 procedures, this item was not checked. Conclusion: it is concluded that the communication between the team, the knowledge and the application of what is available in the sector make patient safety happen.(AU)


Objetivo: analizar la atención quirúrgica del paciente durante la cirugía de acuerdo con los postulados del protocolo de cirugía segura de la Organización Mundial de la Salud. Método: estudio cuantitativo, descriptivo, observacional en el quirófano, con pacientes y equipos de cirugía anestésica, a partir del checklist y un cuestionario. Los datos se analizaron descriptivamente considerando frecuencias y porcentajes organizado en tablas y figuras. Resultados: correspondieron a 127 cirugías en las especialidades: Ortopedia; General; Cabeza y Cuello; Neurología y Bucomaxilofacial; en 34 cirugías, los pacientes confirmaron la identidad, el lugar de la cirugía, el procedimiento y el consentimiento; en 93 procedimientos, este elemento no ha sido verificado. Conclusión: se puede concluir que la comunicación entre el equipo, el conocimiento y la aplicación de lo que está disponible en el sector hace posible la seguridad del paciente.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Enfermagem Perioperatória , Organização Mundial da Saúde , Lista de Checagem , Segurança do Paciente , Time Out na Assistência à Saúde , Epidemiologia Descritiva , Inquéritos e Questionários
7.
Rev. SOBECC ; 24(4): 217-223, 30-12-2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096094

RESUMO

Objetivos: Analisar a produtividade cirúrgica de um hospital universitário relacionando os indicadores gerenciais do mapa cirúrgico com os aspectos do planejamento e propor estratégias para elaboração do mapa e agendamento cirúrgico. Método: Trata-se de uma pesquisa quantiqualitativa, descritiva, documental, transversal, realizada no centro cirúrgico de um hospital universitário, de abril a junho de 2018, por meio da análise dos mapas cirúrgicos. Resultados: Analisou-se no trimestre uma média de 400 cirurgias mensais. Identificou-se que as cirurgias de porte II (55,9%) foram as mais frequentes, sendo a urologia (18,7%) a especialidade mais recorrente. A taxa de cancelamento avaliou o índice de desempenho do planejamento, que foi de 16,9%. Conclusões: A produtividade cirúrgica e a taxa de cancelamento encontrada aproximam-se da realidade de outros hospitais universitários do país, e as fragilidades apontadas são pertinentes às falhas no planejamento, gerando custos institucionais. Recomenda-se, como estratégia de planejamento, a realização do bate-mapa, a visita pré-operatória de enfermagem e a confirmação do paciente


Objectives: To analyze the surgical productivity in a university hospital, correlating the management indicators of the surgery schedule with planning aspects, and propose strategies for developing the surgery schedule. Method: This is a quantitative and qualitative study of descriptive, documentary, and cross-sectional nature, performed at the surgical center of a university hospital, from April to June 2018, based on the analysis of surgery schedules. Results: In the quarter, an average of 400 monthly surgeries were assessed. We identified that magnitude II (55.9%) surgeries were the most frequent, and urology (18.7%) was the predominant specialty. The cancellation rate evaluated the planning performance index, which was 16.9%. Conclusions: The surgical productivity and the cancellation rate found were close to those of other university hospitals in the country, and the weaknesses detected are related to planning failures, leading to institutional costs. We recommend the implementation of a schedule review, a preoperative nursing visit, and patient confirmation as a planning strategy


Objetivos: Analizar la productividad quirúrgica de un hospital universitario contra los indicadores de gestión del mapa quirúrgico con los aspectos de planificación y proponer estrategias para la elaboración del mapa y el calendario quirúrgico. Método: Esta es una investigación cuantitativa, cualitativa, descriptiva, documental, transversal, realizada en el quirófano de un hospital universitario, de abril a junio de 2018, a través del análisis de mapas quirúrgicos. Resultados: Se analizó un promedio de 400 cirugías mensuales durante el trimestre. Se encontró que las cirugías de tamaño II (55.9%) fueron las más frecuentes, siendo la urología (18.7%) la especialidad más recurrente. La tasa de cancelación evaluó el índice de desempeño de planificación, que fue de 16.9%. Conclusiones: la productividad quirúrgica y la tasa de cancelación están cerca de la realidad de otros hospitales universitarios en el país y las debilidades identificadas son pertinentes a las fallas de planificación, generando costos institucionales. Como estrategia de planificación, se recomienda realizar el toque de mapa, la visita de enfermería preoperatoria y la confirmación del paciente.


Assuntos
Humanos , Organização e Administração , Centros Cirúrgicos , Hospitais Universitários , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Eficiência , Indicadores e Reagentes
8.
CuidArte, Enferm ; 13(2): 131-136, dez.2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1087610

RESUMO

Introdução: A avaliação pré-anestésica permite melhores resultados nos procedimentos cirúrgicos em relação à saúde do paciente, satisfação da equipe e logística hospitalar. Entretanto, não há um consenso sobre solicitação de exames. O coagulograma avalia a atividade de coagulação do paciente e é pedido demasiadamente pelo receio de grandes sangramentos intraoperatórios. Objetivo: Analisar o coagulograma de pacientes com idade entre 30 e 40 anos, sabidamente não portadores de doenças que alteram a coagulação sanguínea e/ou em uso de anticoagulantes. Método: Estudo descritivo, de caráter retrospectivo, realizado por meio de coleta de dados de prontuários de pacientes que realizaram avaliação pré-anestésica em ambulatório do Hospital-Escola Emílio Carlos. Resultados: Apenas 43 pacientes preenchiam o critério de inclusão proposto no trabalho. Conclusão: Avaliados laboratorialmente, sete pacientes demonstraram tempo parcial de tromboplastina ativada alterado, porém sem significado estatístico.(AU)


Introduction: Pre-anesthetic evaluation is performed in medical records regarding patient health, staff satisfaction and hospital logistics. However, there is no consensus on requesting exams. The coagulogram evaluates the patient's clotting activity and is overly requested because of fear of major intraoperative bleeding. Objective: The analyze of coagulogram from patients aged 30 to 40 years, who are known not to have a coagulation blood disease or using anticoagulants. Method: This is a descriptive retrospective study, using data from medical records of patients who underwent pre-anesthetic evaluation at the Hospital-Escola Emílio Carlos outpatient clinic. Results: Only 43 patients met the inclusion criteria proposed in the study. Conclusion: In the laboratory evaluation, seven patients showed altered activated partial thromboplastin time changed, but without statistical significance.(AU)


Introducción: la evaluación preanestésica se realiza en los registros médicos relacionados con la salud del paciente, la satisfacción del personal y la logística del hospital. Sin embargo, no hay consenso sobre la solicitud de exámenes. El coagulograma evalúa la actividad de coagulación de un paciente y se hace demasiado por temor a una hemorragia intraoperatoria importante. Objetivo: El análisis del coagulograma de pacientes de 30 a 40 años de edad que se sabe que no tienen una enfermedad de la coagulación sanguínea o que usan anticoagulantes. Método: Este es un estudio descriptivo retrospectivo, utizaando datos de registros médicos de pacientes que se sometieron a una evaluación preanestésica en la clínica ambulatoria del Hospital-Escola Emílio Carlos. Resultados: Solo 43 pacientes cumplieron los criterios de inclusión propuestos en el estudio. Conclusión: En la evaluación de laboratorio, siete pacientes mostraron el tiempo de tromboplastina parcial activada cambió alterada, pero sin significación estadística.(AU)


Assuntos
Humanos , Adulto , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Coagulação Sanguínea , Testes de Coagulação Sanguínea , Anestesia/efeitos adversos , Anticoagulantes
9.
Rev. SOBECC ; 24(3): 161-167, jul-.set.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1021359

RESUMO

Objetivos: Analisar as publicações científicas referentes a lesões de pele decorrentes de procedimento cirúrgico e identificar os fatores de risco associados à ocorrência das lesões. Método: Estudo de revisão integrativa de literatura, com publicações do período de 2012 a 2018, utilizando as bases das bibliotecas PubMed e Biblioteca Virtual de Saúde. Resultados: Dos oito estudos que contemplaram o objetivo, 87,5% foram pesquisas desenvolvidas em instituições hospitalares e 12,5% em centro médico; e 25,0% dos estudos utilizaram o método de caso controle, 25,0% eram estudos de análise retrospectiva, 12,5% eram estudo de seleção de amostra, 12,5% estudo transversal, 12,5% relato de caso e 12,5% estudo de coorte. Das publicações, 50,0% foram em revistas médicas, 12,5% em revistas de enfermagem e 37,5% em revistas de outras áreas da saúde. Considerações finais: As lesões que acontecem apor conta de procedimento cirúrgico, em sua maioria, são relacionadas à pele, tanto no intraoperatório quanto no pós-operatório imediato. Além das lesões por pressão, destacaram-se a presença de queimaduras no intraoperatório e o aparecimento de lesões de pele no período pós-operatório.


Objectives: To analyze scientific publications regarding skin lesions resulting from surgical procedures and to identify the risk factors associated with their occurrence. Method: Integrative literature review study, with publications from 2012 to 2018, using PubMed Library and Virtual Health Library databases. Results: Of the eight studies that contemplated the subject, 87.5% were researches developed in hospital institutions and 12.5% in medical centers; 25.0% of the studies used case-control method, 25.0% were retrospective analysis studies, 12.5% were sample selection studies, 12.5% were cross-sectional studies, 12.5% were case reports and 12.5% were cohort studies. In total, 50.0% had been published in medical journals, 12.5% in nursing journals and 37.5% in journals of other health areas. Final considerations: The lesions that occur due to surgical procedures are mostly related to skin, both intraoperatively and in the immediate postoperative period. In addition to pressure ulcers, the presence of intraoperative burns and the appearance of skin lesions in the postoperative period were noted.


Objetivos: Analizar las publicaciones científicas referentes a lesiones de piel decurrentes de procedimiento quirúrgico e identificar los factores de riesgo asociados a la ocurrencia de las lesiones. Método: Estudio de revisión integrativa de literatura, con publicaciones del período de 2012 a 2018, utilizando las bases de las bibliotecas PubMed y Biblioteca Virtual de Salud. Resultados: De los ocho estudios que contemplaron el objetivo, un 87,5% fue investigación desarrollada en instituciones hospitalarias y un 12,5% en centro médico; y un 25,0% de los estudios utilizaron el método de caso control, un 25,0% era estudio de análisis retrospectivo, un 12,5% era estudio de selección de muestra, un 12,5% estudio transversal, un 12,5% relato de caso y un 12,5% estudio de cohorte. De las publicaciones, un 50,0% fue en revistas médicas, un 12,5% en revistas de enfermería y un 37,5% en revistas de otras áreas de la salud. Consideraciones finales: Las lesiones que ocurren por cuenta de procedimiento quirúrgico, en su mayoría, son relacionadas a la piel, tanto en el intraoperatorio como en el posoperatorio inmediato. Además de las lesiones por presión, se destacaron la presencia de quemaduras en el intraoperatorio y la aparición de lesiones de piel en el período posoperatorio.


Assuntos
Humanos , Pele , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Ferimentos e Lesões , Lesão por Pressão , Centros Cirúrgicos , Queimaduras , Assistência ao Paciente
10.
Rev. SOBECC ; 24(1): 22-30, jan.-mar.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-988148

RESUMO

Objetivo: Estimar a adesão ao checklist de cirurgia segura em um hospital de ensino de médio porte. Método: Estudo transversal com uma amostra de 334 pacientes submetidos à cirurgia no ano de 2015. Os dados foram coletados com auxílio de um instrumento baseado no checklist padrão da Organização Mundial da Saúde. A amostra foi descrita por distribuição de frequências. A prevalência de adesão ao checklist foi estimada considerando a presença do instrumento de checagem nos prontuários. A análise bivariada investigou a associação do desfecho com as variáveis independentes. A força dessa associação foi evidenciada por meio da Regressão Logística. Resultados: Verificou-se a existência do checklist em 90,72% dos prontuários. Nenhuma cirurgia apresentou checklist totalmente preenchido. Em nenhum instrumento foi encontrado o preenchimento completo dos três momentos cirúrgicos. A existência do checklist no prontuário foi associada à classificação da cirurgia quanto à urgência (OR=4,3; IC95% 1,88­8,73). Conclusão: Mesmo que o checklist já tenha sido introduzido na prática cirúrgica, os resultados revelam que sua adequada utilização ainda se configura como um grande desafio, podendo comprometer os resultados esperados na segurança cirúrgica


Objective: To estimate adherence to the safe surgery checklist in a medium-sized teaching hospital. Method: A cross-sectional study with a sample of 334 patients submitted to surgery in the year 2015. Data were collected using an instrument based on the World Health Organization's standard checklist. The sample was described by frequency distribution. The prevalence of adherence to the checklist was estimated considering the presence of the instrument of check in the medical records. The bivariate analysis investigated the association of the outcome with the independent variables. The strength of this association was evidenced through Logistic Regression. Results: The checklist was verified in 90.72% of the medical records. No surgery had a fully filled checklist. The complete filling of the three surgical moments was found in no instrument. The existence of the checklist in the medical record was associated with the classification of the surgery for urgency (OR=4.3; 95%CI, 1.88­8.73). Conclusion: Although the checklist has already been introduced in the surgical practice, the results reveal that its adequate use still presents itself as a great challenge, which may compromise the expected results in surgical safety.


Objetivo: Estimar la adhesión al checklist de cirugía segura en un hospital de enseñanza de mediano porte. Método: Estudio transversal con una muestra de 334 pacientes sometidos a la cirugía en el año 2015. Los datos fueron recolectados con ayuda de un instrumento basado en el checklist estándar de la Organización Mundial de la Salud. La muestra fue descrita por distribución de frecuencias. La prevalencia de adhesión al checklist fue estimada considerando la presencia del instrumento de chequeo en los prontuarios. El análisis bivariado investigó la asociación del desenlace con las variables independientes. La fuerza de esta asociación fue evidenciada por medio de la Regresión Logística. Resultados: Se verificó la existencia del checklist en el 90,72% de los prontuarios. Ninguna cirugía presentó checklist totalmente llenado. En ningún instrumento se encontró el llenado completo de los tres momentos quirúrgicos. La existencia del checklist en el prontuario fue asociada a la clasificación de la cirugía en cuanto a la urgencia (OR=4,3, IC95% 1,88­8,73). Conclusión: Aunque el checklist ya se ha introducido en la práctica quirúrgica, los resultados revelan que su adecuada utilización todavía se configura como un gran desafío, pudiendo comprometer los resultados esperados en la seguridad quirúrgica


Assuntos
Humanos , Lista de Checagem , Hospitais de Ensino , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Registros Médicos , Time Out na Assistência à Saúde
11.
Cogitare enferm ; 24: e61834, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1055916

RESUMO

RESUMO Objetivo: avaliar fatores de risco para complicações perioperatórias relacionadas à segurança do paciente, mediante uso de um instrumento de avaliação. Método: estudo transversal com abordagem exploratória realizado em um hospital no estado do Ceará, de março a abril de 2017. Resultados: destaca-se a não aplicação das escalas de Glasgow e Aldrete-Kroulik e a ausência de identificação do paciente. Em mais de 69% da amostra não se obteve o termo de consentimento para realização da cirurgia e o anestesiologista não se manteve presente na realização do procedimento cirúrgico. Houve significância na relação entre a verificação das queixas no pré-operatório e as cirurgias eletivas e de urgência (p<0,001). Conclusão: diversos riscos podem ocasionar complicações no perioperatório, estes são evitáveis se os profissionais seguirem as recomendações de segurança do paciente orientadas pela Organização Mundial de Saúde, aliada à adoção de protocolos e checklists. Esse estudo demostra quais resultados podem ser obtidos ao se adotar tais procedimentos.


RESUMEN Objetivo: analizar factores de riesgo para complicaciones perioperativas asociadas a la seguridad del paciente, por medio de uso de un instrumento de evaluación. Método: estudio transversal con abordaje exploratorio que se realizó en un hospital en el estado de Ceará, de marzo a abril de 2017. Resultados: se destaca la no aplicación de las escalas de Glasgow y Aldrete-Kroulik y la ausencia de identificación del paciente. En más de 69% de la muestra no se obtuvo la autorización de consentimiento para realizar la cirugía y el anestesiólogo no se mantuvo presente en la realización del procedimiento quirúrgico. Hubo significancia en la relación entre la verificación de las quejas en el preoperatorio y las cirugías electivas y de urgencia (p<0,001). Conclusión: diversos riesgos pueden ocasionar complicaciones en el perioperativo, pero se los pueden evitar si los profesionales siguen las recomendaciones de seguridad del paciente por medio de orientación de la Organización Mundial de la Salud, añadiéndose a eso la adopción de protocolos y checklists. Ese estudio muestra cuáles resultados se obtienen cuando se adoptan esos procedimientos.


ABSTRACT Objective: To evaluate risk factors for perioperative complications related to patient safety through the use of an evaluation instrument. Method: Cross-sectional exploratory study conducted in a hospital in the state of Ceará, from March to April 2017. Results: Glasgow and Aldrete-Kroulik scales not used and absence of patient identification. In more than 69% of the sample, the consent form for surgery was not signed and the anesthesiologist was not present during the surgical procedure. There was a statistically significant relationship between preoperative complaints and elective and emergency surgeries (p <0.001). Conclusion: Several risks can lead to complications in the perioperative period, which can be avoided if health professionals follow the World Health Organization's patient safety recommendations, associated with the implementation of protocols and checklists.


Assuntos
Humanos , Fatores de Risco , Assistência Perioperatória , Segurança do Paciente , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios
12.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 27: e3136, 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1004247

RESUMO

Objetivo analisar a tendência temporal das internações cirúrgicas pelo Sistema Único de Saúde segundo a permanência hospitalar, os custos e a mortalidade por subgrupos de procedimentos cirúrgicos no Brasil. Método estudo ecológico de séries temporais. As variáveis internações cirúrgicas, permanência, custo e mortalidade foram obtidas do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. A análise de tendência temporal utilizou o modelo de regressão polinomial. Resultados em nove anos, 37.565.785 internações cirúrgicas foram registradas. A tendência temporal das internações cirúrgicas foi constante (p=0,449); a média de permanência (3,8 dias) foi decrescente e significativa (p<0,01); o custo médio (389,16 dólares) e mortalidade (1,63%) foram crescentes e significativos (p<0,01). Nos subgrupos de procedimentos cirúrgicos do aparelho da visão, torácica, cirurgia oncológica e outras cirurgias, a evolução temporal das cirurgias foi crescente e significativa (p<0,05). Em contraste, as cirurgias de glândulas endócrinas, aparelho digestivo, geniturinário, mama, reparadora e bucomaxilofacial apresentaram tendência significativa de declínio (p<0,05). Nos demais subgrupos, a tendência foi constante. Conclusão as evidências geradas retratam a tendência das internações cirúrgicas na última década no país e fornecem subsídios para a elaboração eficiente de políticas públicas, planejamento e gestão na direção da cobertura universal em assistência cirúrgica.


Objective to analyze the time trend of surgical admissions by the Unified Health System according to hospital stay, costs and mortality by subgroups of surgical procedures in Brazil. Method ecological study of time series. The variables surgical hospitalization, permanence, cost and mortality were obtained from the Department of Informatics of the Unified Health System. The trend analysis used the polynomial regression model. Results in nine years, 37,565,785 surgical admissions were recorded. The mean duration of surgical admissions was constant (p = 0.449); the mean stay (3.8 days) was decreasing and significant (p <0.01); the mean cost (389.16 dollars) and mortality (1.63%) were increasing and significant (p <0.01). In subgroups of eye, thoracic, oncological and other surgeries, the temporal evolution of surgeries was increasing and significant (p <0.05). In contrast, endocrine glands, digestive tract, genitourinary, breast, reconstruction and buco-maxillofacial surgeries showed a significant trend of decline (p <0.05). In the other subgroups, the trend was constant. Conclusion evidence shows the trend of surgical admissions in the last decade in the country and provide subsidies for the efficient elaboration of public policies, planning and management towards universal coverage in surgical care.


Objetivo analizar la tendencia temporal de las internaciones quirúrgicas por el Sistema Único de Salud según la permanencia hospitalaria, los costos y la mortalidad por subgrupos de procedimientos quirúrgicos en Brasil. Método estudio ecológico de series temporales. Las variables internaciones quirúrgicas, permanencia, costo y mortalidad fueron obtenidas del Departamento de Informática del Sistema Único de Salud. El análisis de tendencia temporal utilizó el modelo de regresión polinomial. Resultados en nueve años, 37.565.785 internaciones quirúrgicas fueron registradas. La tendencia temporal de las internaciones quirúrgicas fue constante (p=0,449), la media de permanencia (3,8 días) fue decreciente y significativa (p<0,01), el costo medio (389,16 dólares) y mortalidad (1,63%) fueron crecientes y significativos (p<0,01). En los subgrupos de procedimientos quirúrgicos del aparato de la visión, torácica, cirugía oncológica y otras cirugías, la evolución temporal de las cirugías fue creciente y significativa (p<0,05). En contraste, las cirugías de glándulas endócrinas, aparato digestivo, genitourinario, mama, reparadora y buco-maxilofacial presentaron tendencia significativa de declive (p<0,05). En los demás subgrupos, la tendencia fue constante. Conclusión las evidencias generadas retratan la tendencia de las internaciones quirúrgicas en la última década en el país y fornece subsidios para la elaboración eficiente de políticas públicas, planeamiento y gestión en la dirección de la cobertura universal en asistencia quirúrgica.


Assuntos
Humanos , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/métodos , Custos e Análise de Custo/economia , Hospitalização , Tempo de Internação , Estudos de Séries Temporais , Mortalidade
13.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 107 p. graf, tab, ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1007822

RESUMO

Introdução: Os eventos adversos são responsáveis por um grande número de complicações, invalidez e morte em pacientes cirúrgicos. Estima-se que, anualmente, ocorram sete milhões de complicações em pacientes cirúrgicos e cerca de um milhão de mortes durante ou imediatamente após a cirurgia. Assim, a fim de minimizar a sua ocorrência, em 2008, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou o desafio global "Cirurgias Seguras Salvam Vidas", visando promover a melhoria da qualidade do cuidado prestado a esses pacientes. O desafio propõe a aplicação de um checklist cirúrgico que contribui para despertar a equipe multiprofissional para ações simples, porém fundamentais dentro da complexidade do procedimento cirúrgico. Diante da proposta de implementação do checklist na melhoria da segurança do paciente cirúrgico, o presente estudo teve como questão norteadora: Qual é o impacto do checklist cirúrgico nas infecções do sítio cirúrgico (ISC), reinternação, reoperação e mortalidade no período de 30 dias em duas instituições de realidades distintas: Brasil e Canadá? Objetivo: Analisar o impacto da adoção do checklist cirúrgico nas infecções do sítio cirúrgico, reinternação, reoperação e mortalidade em cirurgias colorretais de duas instituições de realidades distintas: Brasil e Canadá. Métodos: Tratou-se de um estudo retrospectivo realizado em um hospital de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil e um hospital em Ottawa, Ontário, Canadá, ambos de grande porte, públicos e universitários. Este estudo respeitou a Resolução 466 de 2012 do Conselho Nacional de Saúde e foi parte de um projeto maior, tendo sido submetido e aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa no Brasil (037048/2017) e Canadá (REB # 20170449-01H). A coleta de dados foi feita por meio da revisão de prontuários acerca do preenchimento do checklist e registros de complicações como retorno não planejado à sala de cirurgia, reinternação, ISC e mortalidade até o trigésimo dia no pós-operatório de cirurgias colorretais, no período de janeiro de 2015 a julho 2017, em ambas as instituições hospitalares. Para avaliação do impacto da implementação do checklist cirúrgico foram também analisados os mesmos dados de pacientes no ano anterior à implementação do checklist, sendo estes pareados por sexo, idade, classificação ASA (American Society of Anesthesiologists), potencial de contaminação da ferida operatória, tipo de cirurgia (eletiva ou urgência) e tempo de duração. Os resultados foram avaliados por instituição e comparados entre si. Os dados foram analisados estatisticamente no programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) para Windows (versão 21.0), onde foram realizadas medidas de tendência central e dispersão; análise inferencial, teste paramétrico, Qui-Quadrado ou Exato de Fisher, para variáveis categóricas e t Student simples ou Mann-Whitney, para as variáveis numéricas contínuas. Resultados: Foram incluídos 518 prontuários no Brasil, sendo 171 (33%) no período anterior à implementação do checklist cirúrgico e 347 (67%) posterior à sua implementação; e 842 prontuários no Canadá, dos quais 177 (21%) corresponderam ao período anterior à implementação do checklist cirúrgico e 665 (79%) posterior a sua implementação. No que se refere à completude do checklist no Brasil, dos 347 checklists, 222 (64%) estavam completos e 125 (36%) incompletos. No Canadá, dos 665 prontuários avaliados com a presença do checklist, observou-se que 657 (98,8%) estavam completos e 8 (1,2%) incompletos. Quanto aos desfechos, no hospital do Brasil a taxa de ISC reduziu após a implementação do checklist de 17% para 14,4%, o número de reinternação também teve uma queda de 2,9% para 1,7%, enquanto o quantitativo de reoperações aumentou de 5,3% para 8,1% e os óbitos de 1,8% para 3,5%. No hospital canadense a taxa de ISC reduziu após a implementação do checklist de 27,7% para 25,9%, a reinternação aumentou de 6,8% para 8,1%, a reoperação reduziu de 5,6% para 4,8% e os óbitos de 1,7% para 0,9%. Mas em nenhuma das realidades esses desfechos foram estatisticamente significativos. Observou-se uma relação direta entre o aumento da incompletude do checklist e desenvolvimento de ISC no Brasil (p = 0,026). Conclusão: O presente estudo verificou que embora o checklist seja adotado com adaptações em diferentes cenários, a sua implementação não foi capaz de reduzir complicações e mortalidade cirúrgicas em cirurgias colorretais nas distintas realidades estudadas, conforme evidenciado pela OMS. Contudo, a associação significativa entre aumento de checklists incompletos e o desenvolvimento de ISC no Brasil e a ausência dessa relação no Canadá, permite inferir que o impacto do checklist pode ser maior em países em desenvolvimento, onde políticas para a segurança do paciente são frágeis e as estratégias multimodais de prevenção e controle de ISC são escassas, divergindo da realidade de países desenvolvidos. Entretanto, ainda é passível de questionamento se o potencial impacto dessa ferramenta nesses cenários seria permanente ou pontual, uma vez que apenas o checklist, sem o auxílio de outras medidas, pode não ter um efeito sustentado em longo prazo.(AU)


Introduction: Adverse events are responsible for a huge number of complications, disability, and death in surgical patients. It is estimated that, annually, happens seven million complications and that around one million dies during or immediately after surgery. In this sense, in order to minimize its occurrence, in 2008, the World Health Organization (WHO) launched a global challenge "Safe Surgery Saves Lives", aiming to improve quality of care given to these patients. The challenge proposed an application of a surgical checklist that contributes to awakening the multiprofessional team to simple actions, but essentials considering the complexity of the surgical procedure. Considering the proposal of checklist implementation in patient safety improvement, this study had the following guiding questions: What is the impact of adoption of surgical checklist on Surgical Site Infection (SSI), readmission, reoperation, and mortality in 30 days follow up in two facilities from different settings: Brazil and Canada? Aim: To analyze the impact of adoption of surgical safety checklist on the occurrence of SSI, readmission, reoperation, and mortality in colorectal surgeries of two institutions of different settings: Brazil and Canada. Methods: A retrospective study was conducted in one hospital in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil and one hospital in Ottawa, Ontario, Canada, both large, public, and university hospitals. This study respected 466 Resolution 2012 of Brazilian National Health Council and it was part of a broader project, which was approved by the Brazilian Research Ethics Board (037048/2017) and Canadian Research Ethics Board (#20170449-01H). Data collection was done through chart review where checklist completion and complications as an unplanned return to the operating room, readmission, SSI and mortality up to thirtieth day in postoperative colorectal procedures were analyzed, from January 2015 to July 2017 in both institutions. To evaluate the impact of surgical checklist implementation also was analyzed the same data from patients in the year before checklists implementation, being these matched by sex, age, ASA (American Society of Anesthesiologists) score, wound classification, type of surgery (elective or urgency), and duration of operation. The results were evaluated by institution and compared between them. Data was statistically analyzed in the Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) for Windows (version 21.0) where it was carried out measures of central tendency and dispersion; inferential analysis, nonparametric test, chi-square or Fisher exact test, for categorical variables, simple t Student or Mann-Whitney test, for continuous variables. Results: A total of 518 medical records were included in Brazil, of which 171 (33%) were in the period before the implementation of the surgical checklist and 347 (67%) after the implementation of the checklist; and 842 medical records in Canada, of which 177 (21%) corresponded to the period before the implementation of the surgical checklist and 665 (79%) after the implementation of the checklist. Regarding the completion of the checklist in Brazil, 222 (64%) were complete and 125 (36%) were incomplete. In Canada, of the 665 records evaluated with the presence of the checklist, it was observed that 657 (98.8%) were complete and 8 (1.2%) were incomplete. Regarding the outcomes, in Brazilian hospital the SSI rate decreased after the implementation of the checklist from 17% to 14.4%, and readmission also fell from 2.9% to 1.7%, the number of reoperations increased from 5.3 % to 8.1%, and deaths from 1.8% to 3.5%. In Canadian hospital the SSI rate reduced after the implementation of the checklist from 27.7% to 25.9%, readmission increased from 6.8% to 8.1%, reoperation decreased from 5.6% to 4.8%, and deaths from 1.7% to 0.9%. But in no setting the outcomes were statistically significant. It was observed a direct association between a high number of incomplete checklists and development of SSI in Brazil (p = 0.026). Conclusion: The present study verified that although the checklist has been adopted with adaptations in different scenarios, its implementation was not able to reduce surgical complications and mortality in colorectal surgeries in the distinct settings studied, as evidenced by the WHO. However, the significant association between the increase in incomplete checklists and the development of SSI in Brazil and the absence of such relationship in Canada suggests that the impact of the checklist may be greater in developing countries, where patient safety policies are fragile and multimodal strategies for SSI control and prevention are scarce, diverging from the reality of developed countries. However, it is still questionable whether the potential impact of this tool on these scenarios would be permanent or punctual, since the checklist only, without the aid of other measures, may not have a sustained long-term effect.(AU)


Assuntos
Humanos , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/métodos , Cirurgia Colorretal/efeitos adversos , Lista de Checagem/estatística & dados numéricos , Segurança do Paciente , Organização Mundial da Saúde , Brasil , Canadá , Inquéritos e Questionários , Cirurgia Colorretal/mortalidade , Dissertação Acadêmica
14.
Rio de Janeiro; s.n; 20190000. 103 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1026386

RESUMO

No mercado brasileiro, há muitos fabricantes e inúmeros tipos diferentes de fios de sutura. O que corrobora com uma demanda crescente de procedimentos nos hospitais. Seus recursos limitados levaram a elaboração deste estudo de caso sobre a implantação da padronização dos fios de sutura em um hospital militar para simplificar os processos de aquisição e controle de estoque, mantendo a qualidade do material. Para a definição das suturas, foram coletados os dados de consumo extraído do programa de gestão do hospital, SGH, e a partir de entrevistas semiestruturadas com representantes dos profissionais que utilizam o produto na instituição. Foi feito análise do conteúdo das entrevistas e dividido entre as categorias: caracterização, questões sobre os procedimentos realizados, fios de sutura utilizados e análise técnica. Foram retirados da padronização três itens, padronizados 90 fios e 21 deles foram sugeridos para análise à inclusão e serão incluídos nos futuros processos licitatórios. O estudo gerou um manual para fios de suturas no hospital contendo: novas fichas padronizadas para auxílio na distribuição, uso e faturamento dos fios de sutura por cada clínica cirúrgica; relação dos procedimentos cirúrgicos divididos pela clínica que realiza, com seu respectivo código de faturamento; e estruturação do documento padrão para análise técnica das suturas, antes ou após a aquisição. O manual trouxe melhorias na gestão desses itens, facilitando e aumentando a qualidade dos processos licitatórios, reduzirá problemas relacionados ao desabastecimento de itens, problemas com sua identificação e cobrança pelos procedimentos cirúrgicos. Além disso, promoverá maior estruturação para ações de tecnovigilância no hospital, integrando o corpo clínico às avaliações técnicas da qualidade desses produtos


There are many producers and countless diferent kinds of sutures. The increasing demand of health procedures and the resource-limited conditions led to elaboration of this case study about the deploiment of suture selection at this military hospital. The aim was making easier the purchasing process and inventory control, in the same time to keep the device quality. The suture setting, it was collected data of the expentidure from the hospital management software and through semistructured interviews with representatives of the prescriptors who used to make surgicals and similar procedures, it is, doctors and dentists. The data gathered was setted up in categories ­ profiling, questions about the surgical procedures, sutures used and technical analysis. The study generated a manual for sutures in hospital containing: new standardized tokens for distribution aid, reassessed standardization, removing three types of sutures and including 21 new sutures for the upcoming bids; use and billing of the sutures for each surgical clinic; relation of the surgical procedures divided by the clinic that performs, with its respective billing code; and structuring of the standard document for technical analysis of the sutures before or after acquisition. The research about the current status of sutures lead suture management improvement. It eased and increased quality of public bids, supply schedule, safety stock lever, billing and reduced shortage risks


Assuntos
Humanos , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Suturas , Administração de Materiais no Hospital , Faturamento/métodos
15.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(3): 816-819, mar. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-968584

RESUMO

Objetivo: avaliar atitudes de segurança da equipe multiprofissional, que atua em um centro cirúrgico de um hospital geral, sobre o clima de segurança do paciente antes e após a implantação do checklist de cirurgia segura. Método: pesquisa quantitativa, descritiva e transversal, a ser desenvolvida no centro cirúrgico de um hospital porte IV do noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. A coleta de dados se dará em dois momentos, antes e após a implantação do checklist de cirurgia segura com as equipes. O instrumento de coleta de dados utilizado será o "Questionário de Atitudes de Segurança versão Centro Cirúrgico", a ser aplicado antes da ação educacional e sessenta dias após a implantação do checklist de cirurgia segura. Resultados esperados: produção de conhecimento na área de segurança do paciente cirúrgico, com mais pesquisas sobre essa temática, aliadas a diferentes abordagens metodológicas, com vistas à obtenção de mais evidências científicas, além da ampliação da qualidade da assistência ao paciente no perioperatório baseada na implantação da Lista de Verificação de Cirurgia Segura, principalmente na Enfermagem, para garantir uma assistência cirúrgica qualificada e segura.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Segurança do Paciente , Time Out na Assistência à Saúde , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Enfermagem Perioperatória , Centros Cirúrgicos , Equipe de Assistência ao Paciente , Qualidade da Assistência à Saúde , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais
16.
Rev. SOBECC ; 23(1): 52-58, jan.-mar.2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-882697

RESUMO

Objetivo: Relatar a experiência de desenvolver uma sistemática para racionalização de instrumentais em bandejas cirúrgicas. Método: Estudo de desenvolvimento de sistemática para racionalização de instrumentais, realizado em 2015, a partir do método qualitativo, em um centro de materiais e esterilização (CME) de um hospital universitário federal de Porto Alegre, Brasil. Resultados: Houve redução média do quantitativo de instrumentais em bandejas institucionais em 10,92%; diminuição de bandejas de propriedade das equipes médicas, sendo 84,06% pertencentes à equipe da otorrinolaringologia; e inativação definitiva de 369 instrumentais da cirurgia ortopédica, o que significou 72,84% do total dos instrumentais inativados. Além disso, houve condução de melhorias no gerenciamento de instrumentais, otimização do tempo de preparo e redução da esterilização por expiração do prazo de utilização. Conclusão: A realocação de instrumentais e o acréscimo de peças em bandejas específicas permitiu a reavaliação das solicitações de compras de instrumentais e a melhoria das relações entre as equipes. Essa sistemática contribuiu significativamente para o gerenciamento de instrumentais, otimizando processos e envolvendo as equipes cirúrgicas no trabalho do CME e evidenciou que pode ser aplicada em outras instituições.


Objective: To report the experience of developing a systematic approach for the rationalization of instruments in surgical trays. Method: Study of the development of a systematic approach for the rationalization of instruments, carried out in 2015, using a qualitative method, in the Central Sterile Supply Department (CSSD) of a federal university hospital in Porto Alegre, Brazil. Results: There was a 10.92% average reduction in the number of instruments in institutional trays, a reduction in the number of trays owned by medical teams ­ 84.06% belonged to the otorhinolaryngology team ­ and a definitive inactivation of 369 orthopedic surgery instruments, which represented 72.84% of the total number of inactivated instruments. In addition, improvements were made to the management of instruments, the optimization of preparation time and the reduction of sterilization by expiration date. Conclusion: The relocation of instruments and the addition of items in specific trays allowed for the reappraisal of requests for purchase of instruments and the improvement of relationships between the teams. This systematic approach contributed significantly to the management of instruments, the optimizing processes and the involvement of the surgical teams in the work of the CSSD, thus demonstrating that it can be applied in other institutions.


Objetivo: Relatar la experiencia de desarrollar una sistemática para racionalización de instrumentales en bandejas quirúrgicas. Método: Estudio de desarrollo de sistemática para racionalización de instrumentales, realizado en 2015, desde el método cualitativo, en un centro de materiales y esterilización (CSSD) de un hospital universitario federal de Porto Alegre, Brasil. Resultados: Hubo reducción media del cuantitativo de instrumentales en bandejas institucionales en el 10,92%; disminución de bandejas de propiedad de los equipos médicos, siendo el 84,06% pertenecientes al equipo de la otorrinolaringología; e inactivación definitiva de 369 instrumentales de la cirugía ortopédica, lo que significó el 72,84% del total de los instrumentales inactivados. Además, hubo conducción de mejoras en el gerenciamiento de instrumentales, optimización del tiempo de preparo y reducción de la esterilización por expiración del plazo de utilización. Conclusión: La reubicación de instrumentales y el incremento de piezas en bandejas específicas permitió la reevaluación de las solicitaciones de compras de instrumentales y la mejora de las relaciones entre los equipos. Esa sistemática contribuyó significativamente para el gerenciamiento de instrumentales, perfeccionando procesos e involucrando a los equipos quirúrgicos en el trabajo de CSSD y evidenció que puede aplicarse en otras instituciones.


Assuntos
Humanos , Centros Cirúrgicos , Esterilização , Desinfecção , Salas Cirúrgicas , Ortopedia , Otolaringologia , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios
17.
Rev. SOBECC ; 22(4): 193-200, out.-dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-876626

RESUMO

Introdução: Os procedimentos de alta complexidade são caracterizados pelo uso da alta tecnologia. A classificação e a escolha dos equipamentos são um desafio para os profissionais envolvidos. Objetivo: Comparar a classificação das cirurgias abdominais de alta complexidade e a escolha dos equipamentos pela equipe multiprofissional entre duas instituições hospitalares. Método: Pesquisa descritiva, quantitativa, transversal e comparativa, com questionários estruturados sobre a opinião dos cirurgiões, anestesiologistas e enfermeiros. Resultado: A classificação dos procedimentos é semelhante quando levados em conta equipamentos (P<1,0) e estrutura física (P=0,172) diferenciados. Discussão: A classificação dos procedimentos mais complexos tem concordância entre os profissionais comparado à legislação, mesmo não englobando o porte anestésico, tipo de procedimento e condições clínicas na sua classificação; a escolha dos equipamentos é do profissional que os utiliza, incluindo amplas salas de operações, sendo a cirurgia robótica dispensável aos cirurgiões. Conclusão: Há diferenças entre instituições de saúde em relação à escolha, à disponibilidade de equipamentos e aos tipos de cirurgias abdominais.


Introduction: High-complexity procedures are characterized by the use of high-technology. The classification and choice of equipment are challenging for the professionals involved. Objective: To compare the classification of high-complexity abdominal surgeries and the choice of equipment by the multi-professional team between two hospital institutions. Method: Descriptive, quantitative, transversal and comparative research, with structured questionnaires on the opinion of surgeons, anesthesiologists and nurses. Results: The classification of procedures is similar when considering differentiated equipment (P<1.0) and physical structure (P=0.172). Discussion: The classification of more complex procedures is in agreement between professionals when compared to the legislation, even if not encompassing anesthetic dimensions, type of procedure or clinical conditions in their classification; the equipment is chosen by the professional who uses them, including operating rooms, with robotic surgeries being expendable to surgeons. Conclusion: There are differences between the choices made by health institutions, the availability of equipment and the types of abdominal surgeries.


Introducción: procedimientos de alta complejidad se caracterizan por el uso de alta tecnología. La clasificación y elección de los equipos son un desafío para los profesionales. Objetivo: comparar la clasificación de cirugías abdominales de alta complejidad y la elección del equipo por parte del equipo multiprofesional entre dos instituciones hospitalarias. Método: investigación descriptiva, cuantitativa, transversal y comparativa, con cuestionarios estructurados sobre la opinión de cirujanos, anestesiólogos y enfermeras. Resultados: la clasificación de los procedimientos es similar cuando se consideran equipos diferenciados (P<1,0) y estructura física (P=0,172). Discusión: la clasificación de procedimientos más complejos está de acuerdo entre los profesionales en comparación con la legislación, incluso si no abarca dimensiones anestésicas, tipo de procedimiento o condiciones clínicas en su clasificación; el equipo es elegido por el profesional que los utiliza, incluidos los quirófanos, y las cirugías robóticas son dispensables para los cirujanos. Conclusión: hay diferencias entre las elecciones realizadas por las instituciones de salud, la disponibilidad de equipos y los tipos de cirugías abdominales.


Assuntos
Humanos , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Instrumentos Cirúrgicos , Classificação , Cirurgia Geral , Sistema Único de Saúde , Remuneração
18.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.10): 4027-4035, out.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032282

RESUMO

Objetivo: descrever o evento adverso queda em pacientes internados em unidades cirúrgicas. Método: estudo retrospectivo, com abordagem quantitativa, realizado em hospital universitário brasileiro, com amostra de 70registros de quedas coletados em prontuário, analisados pela estatística descritiva, apresentados em tabelas e discutidos com a literatura. Resultados: a maioria dos pacientes era do sexo masculino (61,4%), com idade média de 65,5 ± 13,1 anos, 2,17 comorbidades cada e uma média de internação de 25 dias. As cirurgias predominantes foram abdominais (28,6%) e urológicas (15,7%). As quedas ocorreram, principalmente, no quarto (61,4%) e da própria altura (47,1%). Os fatores de risco identificados foram o uso de anti-hipertensivos e sedativos, estar desacompanhado e com limitação para deambular. Não houve dano em 55,7% dos casos e 38,6% apresentaram dano leve. Conclusão: a queda é um evento multicausal e o enfermeiro deve estar atento aos seus fatores de risco para intervir e prevenir o mesmo.


Assuntos
Masculino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Acidentes por Quedas , Acidentes por Quedas/prevenção & controle , Enfermagem de Centro Cirúrgico , Equipe de Enfermagem , Pacientes Internados , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Segurança do Paciente , Epidemiologia Descritiva , Estudos Retrospectivos , Registros Médicos , Tempo de Internação
19.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(9): 3395-3401, set.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032232

RESUMO

Objetivo: estimar a prevalência de cirurgias em idosos. Método: estudo transversal, de base hospitalar, constituído a partir dos mapas de procedimentos cirúrgicos. Para a coleta de dados, utilizou-se instrumento contendo idade, sexo e tipo de cirurgia. Resultados: a amostra foi composta por 723 cirurgias. A média deidade foi de 71,51 anos, sendo que 374 (51,7%) eram idosos do sexo masculino e 349 (48,3%), do sexo feminino. As cirurgias com maior prevalência foram: ressecção de câncer basocelular (18%), revascularizações(7,5%) e colicistectomia (6,2%). Conclusão: grande parte das cirurgias nesta população é consequência de exposição a fatores de risco previsíveis, o que torna fundamental o planejamento do cuidado e pesquisas com foco na prevenção e promoção da saúde.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Dinâmica Populacional , Estudos Transversais , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Saúde do Idoso , Prevenção de Doenças , Promoção da Saúde
20.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.5): 2195-2201, maio 2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032466

RESUMO

Objetivo: avaliar a segurança do paciente durante o procedimento anestésico-cirúrgico. Método: estudo observacional, de abordagem quantitativa, realizado no centro cirúrgico de um hospital público terciário com67 pacientes. Os dados foram coletados pela observação das cirurgias e consulta ao prontuário, usando um checklist, organizados no Excel e analisados pela estatística descritiva. Resultados: a maioria dos impressos apresentava registros sobre o jejum do paciente, alergias e uso de anticoagulante; 91,2% usavam a pulseira de identificação e 81% tinham termo de consentimento assinado; 57,4% não apresentavam risco de hemorragia. A solicitação dos exames laboratoriais e de imagem foi atendida prontamente em 95,6%. O uso de antibiótico profilático foi verificado em 42,7%. Conclusão: a comunicação entre a equipe e a adequada implementação do checklist contribuem para a segurança do paciente.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Anestesia , Cirurgia Geral , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios , Segurança do Paciente , Estudos Transversais , Jejum
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA