Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 70
Filtrar
1.
Av. enferm ; 38(2): 182-190, May-Aug. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1114688

RESUMO

Resumo Objetivo: analisar as morbidades autorreferidas relacionadas com as condições sociodemográficas dos usuários de espaços comunitários de atividade física. Materiais e métodos: estudo transversal, com abordagem quantitativa, realizado com 433 usuários do Sistema Único de Saúde, na macrorregião Cariri, Ceará, Brasil. A coleta ocorreu por meio de formulário estruturado a partir do modelo de questionário da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, operacionalizada pelo Ministério da Saúde do Brasil. Resultados: a média de idade dos participantes do estudo foi de 42,92 anos (DP ± 17,4); a de renda familiar foi de r$ 1.486,30 (DP ± 1.015,0). Verificou-se predomínio do sexo feminino associado à maior prevalência de hipertensão (p = 0,001) e de dislipidemia (p = 0,003). A idade mais elevada relacionou-se aos diagnósticos médicos de hipertensão (53,85 anos, DP ± 15,64), dislipidemia (59,54 anos, DP ± 15,25) e diabetes (52,42 anos, DP ± 16,66). Conclusão: a análise das características sociais e econômicas permitiu verificar a associação de morbidades como hipertensão, diabetes e dislipidemia com o sexo, a idade, a renda e a escolaridade; esses fatores são causais para o desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis.


Resumen Objetivo: analizar las morbilidades autorreferidas relacionadas con las condiciones sociodemográficas de los usuarios de espacios comunitarios de actividad física. Materiales y métodos: estúdio transversal, con enfoque cuantitativo, realizado con 433 usuarios del Sistema Único de Saúde, en la macro región Cariri, Ceará, Brasil. La recolección de datos se realizó por medio de un formulario estructurado basado en el modelo de cuestionario de la Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, operado por el Ministerio de Salud de Brasil. Resultados: la edad promedio de los participantes fue de 42,92 años (DE ± 17.4) y el ingreso familiar promedio de R$ 1.486,30 (DE ± 1015). Se registró un predominio de mujeres, asociado con una mayor prevalencia de hipertensión (p = 0,001) y dislipidemia (p = 0,003). La edad más alta registrada se relacionó con el diagnóstico médico de hipertensión (53,85 años, DE ± 15,64), dislipidemia (59,54 años, DE ± 15,25) y diabetes (52,42 años, DE ± 16,66). Conclusión: el análisis de las características sociales y económicas permitió verificar la asociación de morbilidades como la hipertensión, la diabetes y la dislipidemia con el sexo, la edad, los ingresos y la educación; estos factores son causales para el desarrollo de enfermedades crónicas no transmisibles.


Abstract Objective: To analyze self-reported morbidities related to sociodemo-graphic conditions of users of community spaces for physical activity. Materials and methods: Cross-sectional study, with a quantitative approach, carried out with 433 users of the Sistema Único de Saúde, in the Cariri-Ceadianará macro-region (Brazil). The collection of data was made through a structured form based on the questionnaire model of the Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, operated by the Ministry of Health of Brazil. Results: The average age among participants was 42.92 years (SD ± 17.4). Family income was R 1,486.30 (SD ± 1015). There was a predominance of female participants, associated with a higher prevalence of hypertension (p = 0.001) and dyslipidemia (p = 0.003). The highest age reported was related to the medical diagnosis of hypertension (53.85 years, SD ± 15.64), dyslipidemia (59.54 years, SD ± 15.25), and diabetes (52.42 years, SD ± 16.66). Conclusion: The analysis of social and economic variables allowed to confirm the association of morbidities such as hypertension, diabetes and dyslipidemia with sex, age, income and education, these being causal factors for the development of Chronic Noncommunicable Diseases.


Assuntos
Humanos , Qualidade de Vida , Exercício Físico , Fatores de Risco , Morbidade , Promoção da Saúde , Atividade Motora , Fatores Sociológicos , Doenças não Transmissíveis
2.
Cogitare enferm ; 25: e64986, 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1089624

RESUMO

RESUMO Objetivo: analisar os fatores que interferem no desfecho de internação de idosos com fratura de fêmur. Método: transversal exploratório documental, população de idosos (≥60 anos) no período de 2015 a 2017, do norte do Paraná. Foram realizadas análises bivariadas de associações e distribuição de frequência. Resultados: dos 189 prontuários analisados, 132 (69,9%) idosos desenvolveram morbidades no ambiente hospitalar. A ocorrência de infecção urinária, sepse, pneumonia, lesão por pressão e a presença de duas ou mais comorbidades foram associadas ao desfecho óbito e ao tempo de hospitalização superior a 10 dias p<0,001. Conclusão: morbidades preexistentes e hospitalares em idosos com fratura de fêmur elevaram a hospitalização pelo tempo superior a 10 dias e com desfecho de óbito. As morbidades adquiridas na hospitalização de característica infecciosa contribuíram para complicações e mau prognóstico. Espera-se que outros estudos possam ser aprofundados no intuito de desenvolver protocolos de atendimento hospitalar ao idoso.


RESUMEN Objetivo: Analizar los factores que interfieren en el resultado de la internación de ancianos con fractura de fémur. Método: Transversal, exploratorio, documental, población de ancianos (≥60 años) entre 2015 y 2017, del norte de Paraná. Fueron aplicados análisis bivariados de asociaciones y distribución de frecuencia. Resultados: Fueron analizadas 189 historias clínicas, 132 (69,9%) ancianos desarrollaron morbilidades en ámbito hospitalario. El hallazgo de infección urinaria, sepsis, neumonía, lesión por presión y la presencia de dos o más comorbilidades fueron asociadas al desenlace de óbito y a tiempo de hospitalización superior a 10 días p<0,001. Conclusión: Las morbilidades preexistentes y hospitalarias en ancianos con fractura de fémur incrementaron la hospitalización por tiempo superior a 10 días, con desenlace de óbito. Las morbilidades de tipo infecciosas adquiridas durante la hospitalización derivaron en complicaciones y mala prognosis. Otros estudios podrán profundizar en el tema para desarrollar protocolos de atención hospitalaria al anciano.


ABSTRACT Objective: to analyze the factors that interfere in the hospitalization outcome of elderly with femur fracture. Method: exploratory cross-sectional study, elderly population (≥60 years) from 2015 to 2017, from northern Paraná. Bivariate analyzes of associations and frequency distribution were performed. Results: from the 189 analyzed medical records, 132 (69.9%) elderly developed morbidities in the hospital environment. Urinary tract infection, sepsis, pneumonia, pressure injury, and the presence of two or more comorbidities were associated with death outcome and hospitalization time greater than 10 days p<0.001. Conclusion: pre-existing and in-hospital morbidities in elderly with femur fracture increased hospitalization for more than 10 days and with death outcome. Acquired morbidities in infectious hospitalization contributed to complications and poor prognosis. It is hoped that other studies can be further developed in order to develop hospital care protocols for the elderly.


Assuntos
Humanos , Idoso , Idoso , Fraturas do Fêmur , Hospitalização , Epidemiologia , Morbidade
3.
Av. enferm ; 37(2): 180-188, mai.-ago. 2019. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1038774

RESUMO

Resumo Objetivo: analisar a morbimortali-dade decorrente da violência e maus tratos contra idosos no Rio Grande do Norte (RN) (Brasil), no período de 2000 a 2010, e analisar sua distribuição espacial. Metodologia: estudo ecológico, utilizando o índice de Moran Local-LiSA, com valor de p < 0,05, considerado para significância estatística. No estudo da morbimortalidade em idosos por agressões no RN, separada por sexo, os dados foram coletados a partir do DATASOS. A população estudada foi o grupo dos idosos residentes no estado do RN que faleceram ou foram internados em função de violência ou maus tratos no período analisado. Resultados: a mortalidade e morbidade por agressões no RN da população idosa entre 2000 e 2010 apontam maior incidência no sexo masculino (90 %) do que no feminino (85 %). Na análise geoespacial da mortalidade, destacou-se que no sexo feminino há maior concentração de casos nas áreas leste e central do estado e masculino nas regiões oeste e Agreste. Os dados sobre morbidade apontam concentração nas regiões leste e Agreste para as mulheres e para os homens nas regiões leste, oeste e central. Não houve significância estatística, provavelmente em função de número reduzido de ocorrências e isso pode indicar subnotificações. Conclusão: a identificação das áreas desfavoráveis aponta à necessidade de averiguar a existência de casos não notificados de violência contra idosos, a fim de levantar dados que possam embasar a construção de estratégias conjuntas de enfrentamen-to a essas violações envolvendo saúde, assistência social e sociedade civil.


Resumen Objetivo: analizar la morbimortalidad derivada de la violencia y malos tratos contra adultos mayores en Rio Grande do Norte (RN) (Brasil), en el periodo 2000-2010 y analizar su distribución espacial. Metodología: estudio ecológico que utiliza el índice de Moran Local-LiSA, con valor de p < 0,05 considerado para significancia estadística. En el estudio de morbimortalidad de adultos mayores por agresiones en RN, separada por sexo, los datos se recolectaron mediante DATAsus. La población en estudio fue el grupo de los ancianos residentes en el estado de RN que fallecieron o fueron internados en función de violencia o malos tratos en el periodo analizado. Resultados: la mortalidad y morbilidad por agresiones en RN en la población anciana entre 2000 y 2010 presentan mayor incidencia en el sexo masculino (90 %) que en el femenino (85 %). En el análisis geoespacial de la mortalidad se destacó que en el sexo femenino hay mayor concentración de casos en las áreas Este y Central del estado y masculino en las regiones Oeste y Agreste. Los datos sobre morbilidad apuntan concentración en las regiones Este y Agreste para las mujeres y para los hombres en las regiones Este, Oeste y Central. No hubo significancia estadística probablemente en función de un número reducido de ocurrencias, lo que puede indicar subnotificaciones. Conclusión: la identificación de áreas desfavorables señala la necesidad de indagar por la existencia de casos no notificados de violencia contra ancianos, a fin de levantar datos que puedan sustentar la construcción de estrategias conjuntas de enfrentamiento a esas violaciones, involucrando salud, asistencia social y sociedad civil.


Abstract Objective: to analyze morbidity and mortality resulting from violence and abuse against elderly in Rio Grande do Norte (RN) (Brazil), in the period 2000-2010, and study its spatial distribution. Methodology: eco-friendly study that uses Moran Local-LiSA index, with value of p < 0.05, considered for statistical significance. In morbidity and mortality, separated by sex, in elderly by attacks in RN, the data were collected by DATASUS. The population under study was the group of elderly residents in the State of RN who died or were interned because of violence or abuse in the analyzed period. Results: mortality and morbidity by assaults on RN in the elderly population between 2000 and 2010 are higher in males (90 %) than in females (85 %). In mortality geospa-tial analysis it was highlighted that there is higher concentration of cases of females in the East and Central areas of the State, and males in the West and Agreste areas. Data on morbidity indicate concentration in the East and Agreste regions for women and in the East, West and Central regions for men. There was no statistical significance based on a small number of occurrences, which may indicate sub-notifications. Conclusion: the identification of unfavorable areas indicates the need to investigate the existence of non-notified cases of violence against elderly people, in order to get data that may support the creation of joint strategies of confrontation to those violations, involving health, social assistance, and civil society.


Assuntos
Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Violência , Idoso , Indicadores de Morbimortalidade , Morbidade , Brasil
4.
Enferm. foco (Brasília) ; 10(3): 141-146, jul. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1050199

RESUMO

Objetivos: Caracterizar os acidentes motociclisticos atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) nos anos de 2014 e 2015 e descrever as ações de educação no trânsito em município do estado de Mato Grosso. Metodologia: Estudo transversal, exploratório e descritivo, utilizando os relatórios das ocorrências do SAMU nos anos de 2014 a 2015 e análise documental disponibilizado pela Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito. Resultados: Os acidentes envolvendo motocicletas caracterizou predominantemente o sexo masculino, na faixa etária de 18 a 35 anos em ambos os anos da pesquisa, destacando a colisão entre carro e moto, no horário das 06:00 às 17:59 horas. Conclusão: Destaca-se um aumento do número de acidentes envolvendo motocicletas de 2014 para 2015, atingindo jovens adultos do sexo masculino. Embora exista ações educativas no município, entende-se que é extremamente importante planejar novas ações e abordagens metodológicas capazes de sensibilizar a população condutora de veículos automotores. (AU)


Objectives: To characterize the motorcycle accidents attended by the Mobile Emergency Care Service (SAMU) in the years 2014 and 2015 and describe the actions of education in traffic. Methodology: A descriptive, descriptive study with a quantitative approach, in which the analysis of the occurrences of SAMU services in the years 2014 to 2015 and the educational actions carried out in the municipality of Rondonópolis, state of Mato Grosso, were carried out. Results: Data showed a predominance of males, aged between 18 and 35 years in both years, with car and motorcycle collisions between 06:00 and 17:59 hours. The educational actions carried out focused on defensive direction lectures and theater with puppets to early childhood education. Conclusion: There is an increase in the number of accidents involving motorcycles from 2014 to 2015, reaching young males and few educational activities for safer traffic. (AU)


Objetivos: Caracterizar los accidentes motociclísticos atendidos por el Servicio de Atención Móvil de Urgencia (SAMU) en los años 2014 y 2015 y describir las acciones de educación en el tránsito. Metodología: Estudio documental, descriptivo, con abordaje cuantitativo, en que se realizó el análisis de las ocurrencias de atendimientos del SAMU en los años 2014 a 2015 y las acciones educativas realizadas en el municipio de Rondonópolis, estado de Mato Grosso. Resultados: Datos evidenciaron predominancia del sexo masculino, en el grupo de edad de 18 a 35 años en ambos años investigados, destacándose colisiones entre auto y moto, en el horario entre las 06:00 y las 17:59 horas. Las acciones educativas realizadas se enfocaron en conferencias de dirección defensiva y teatro con títeres a la educación infantil. Conclusión: Se destaca un aumento del número de accidentes involucrando motocicletas de 2014 para 2015, alcanzando jóvenes adultos del sexo masculino y pocas actividades educativas para un tránsito más seguro. (AU)


Assuntos
Motocicletas , Acidentes de Trânsito , Saúde Pública , Morbidade , Serviços Médicos de Emergência
5.
Aquichan ; 19(2): e1929, Jan.-June 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1038327

RESUMO

ABSTRACT Objective: To investigate the concordance between the modified Framingham score using the ankle-brachial index and the high-sensitivity C-reactive protein with the other scores. Materials and method: Cross-sectional study nested with a cohort, with elderly population, from January to March, 2018. The population characterization was presented as mean, median, absolute and relative frequencies according to degree of normality. The Kappa concordance of the modified Framingham score was calculated with the Framingham score itself, with the Systematic Coronary Risk Evaluation (Score) and with the Prospective Cardiovascular Munster (Procam). Results: The modified Framingham score shows moderate Kappa concordance with the Framingham score and the Score (p < 0.001), but weak with Procam. The ultra-sensitive C-reactive protein presented more reclassification of individuals among risk strata than the ankle-brachial index. Conclusions: The Framingham score modified with the Framingham score itself, and then with the Score obtained a higher proportion of concordant cases in the high-risk stratum. High-sensitivity C-reactive protein and the ankle-brachial index modify cardiovascular risk as emerging factors to provide an accurate risk stratification and to infer better management of the therapy. Thus, the Framingham score with its reclassification is the best screening tool for cardiovascular risk.


RESUMEN Objetivo: investigar la concordancia entre el score de Framingham modificado por medio del índice tobillo-brazo y la proteína C reactiva ultrasensible con los demás scores. Materiales y método: estudio transversal anidado a una cohorte, con adultos mayores, de enero a marzo del 2018. La caracterización de la población se presentó por promedio, mediana, frecuencias absolutas y relativas conforme el grado de normalidad. Se calculó la concordancia Kappa del score de Framingham modificado con el score de Framingham mismo, el Systematic Coronary Risk Evaluation (Score) y el Prospective Cardiovascular Munster (Procam). Resultados: el score de Framingham modificado presenta concordancia Kappa moderada con el score de Framingham y el Score (p < 0,001), pero débil con el Procam. La proteína C reactiva ultrasensible presentó más carga de reclasificación de individuos entre los estratos de riesgo que el índice tobillo-brazo. Conclusiones: el score de Framingham modificado con el score de Framingham mismo y, en seguida, con el Score obtuvieron mayor proporción de casos concordantes en el estrato de alto riesgo. La proteína C reactiva ultrasensible y el índice tobillo-brazo modifican el riesgo cardiovascular como factores emergentes para conferir precisión a la estratificación del riesgo e inferir en mejor manejo de la terapéutica. Así, el score de Framingham con su reclasificación es la mejor herramienta de seguimiento para el riesgo cardiovascular.


RESUMO Objetivo: investigar a concordância entre o escore de Framingham modificado por meio do índice tornozelo-braço e da proteína C reativa ultrassensível com os demais escores. Materiais e método: estudo transversal aninhado a uma coorte, com população idosa, de janeiro a março de 2018. A caracterização da população foi apresentada por média, mediana, frequências absolutas e relativas conforme grau de normalidade. Foi calculada a concordância Kappa do escore de Framingham modificado com o próprio escore de Framingham, com o Systematic Coronary Risk Evaluation (Score) e com o Prospective Cardiovascular Munster (Procam). Resultados: o escore de Framingham modificado apresenta concordância Kappa moderada com o escore de Framingham e o Score (p < 0,001), mas fraca com o Procam. A proteína C reativa ultrassensível apresentou mais carga de reclassificação de indivíduos entre os estratos de risco do que o índice tornozelo-braço. Conclusões: o escore de Framingham modificado com o próprio escore de Framingham e, em seguida, com o Score obtiveram maior proporção de casos concordantes no estrato de alto risco. A proteína C reativa ultrassensível e o índice tornozelo-braço modificam o risco cardiovascular como fatores emergentes para conferir acurácia à estratificação de risco e inferir em melhor condução da terapêutica. Assim, o escore de Framingham com sua reclassificação é a melhor ferramenta de rastreio para o risco cardiovascular.


Assuntos
Humanos , Idoso , Doenças Cardiovasculares , Estudos Epidemiológicos , Epidemiologia , Morbidade , Mortalidade
6.
Rev. urug. enferm ; 13(1): 46-56, jun.2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, InstitutionalDB | ID: biblio-987582

RESUMO

Objetivo: Descrever as internações hospitalares por causas externas no município de Jequié, Bahia, Brasil, quanto à evolução temporal, características dos indivíduos, do evento e das internações.Métodos: trata-se de um estudo transversal, realizado com dados extraídos dos prontuários de vítimas de causas externas internadas em um hospital geral, no município de Jequié, Bahia, Brasil no período de 2009 a 2013. As variáveis analisadas foram referentes ao indivíduo (sexo; faixa etá-ria); ao evento (tipo de causas externas; característica da lesão; seguimento corporal afetado) e da internação (dia da semana; tempo de internação; evolução).Resultados: Identifi cou-se 5.532 internações por causas externas, das quais 73,6% eram do sexo masculino e 22,0% do grupo etário de 20 a 29 anos; 37,3% das internações decorreram de acidentes de transporte, com predominância dos acidentes motociclísticos (59,7%); 27,1% tiveram como cau-sa da internação as quedas, com destaque para queda do mesmo nível (61,2%). As fraturas foram as principais lesões ocasionadas (43,5%), sendo os membros inferiores o segmento corporal mais afetado (29,9%). Conclusão: constatou-se que os acidentes de transporte, em especial os envolvendo motocicletas são as principais causas externas de morbidade, acometendo principalmente a população jovem e do sexo masculino. Dessa forma, é necessário que a equipe de enfermagem seja capaz de atuar na prevenção das causas externas, bem como na realização de uma avaliação criteriosa para identifi -car situações de risco para o paciente, visando assim redução das taxas de morbimortalidade por causas externas.


Objective: To describe hospital admissions due to external causes in the municipality of Jequié, Bahia, Brazil, regarding the temporal evolution, characteristics of the individuals, the event and hospitalizations.Methods: This is is a cross-sectional study, carried out with data extracted from the medical records of victims of external causes hospitalized in a general hospital in the municipality of Jequié, Bahia, Brazil, from 2009 to 2013. The analyzed variables were related to the individual (gender, age group); to the event (type of external causes, characteristic of the lesion, aff ected body follow-up) and hos-pitalization (day of the week, length of stay, evolution).Results: A total of 5,532 admissions for external causes were identifi ed, of which 73.6% were male and 22.0% of the 20-29 age group; 37.3% of hospital admissions were due to transportation acci-dents, with motorcyclist accidents predominating (59.7%); 27.1% had falls due to hospitalization, with a drop of the same level (61.2%). The fractures were the main lesions (43.5%), the lower limbs being the most aff ected body segment (29.9%).Conclusion: it was found that transport accidents, especially those involving motorcycles are the main external causes of morbidity, aff ecting mainly the young male population. Thus, it is neces-sary that the nursing team be able to identify and intervene with patients, aiming at reducing the morbidity and mortality rates due to external causes. Thus, it is necessary for the nursing team to be able to act in the prevention of external causes, as well as in the performance of a careful eval-uation to identify situations of risk to the patient, aiming at reducing the morbidity and mortality rates due to external causes.


Objetivo: Describir las internaciones hospitalarias por causas externas en el municipio de Jequié, Bahia, Brasil, en cuanto a la evolución temporal, características de los individuos, del evento y de las internaciones.Métodos: Se trata de un estudio transversal, realizado con datos extraídos de los prontuarios de víctimas de causas externas internadas en un hospital general, en el municipio de Jequié, Bahia, Brasil en el período de 2009 a 2013. Las variables analizadas fueron referentes al individuo (sexo, grupo de edad); (tipo de causas externas, característica de la lesión, seguimiento corporal afectado) y de la internación (día de la semana, tiempo de internación, evolución).Resultados: Se identifi caron 5.532 internaciones por causas externas, de las cuales el 73,6% eran del sexo masculino y el 22,0% del grupo de edad de 20 a 29 años; El 37,3% de las internaciones se derivaron de accidentes de transporte, con predominio de los accidentes motociclísticos (59,7%); El 27,1% tuvo como causa de la internación las caídas, con destaque para la caída del mismo nivel (61,2%). Las fracturas fueron las principales lesiones ocasionadas (43,5%), siendo los miembros inferiores el segmento corporal más afectado (29,9%).Conclusión: se constató que los accidentes de transporte, en particular los que involucra motoci-cletas son las principales causas externas de morbilidad, afectando principalmente a la población joven del sexo masculino. De esta forma, es necesario que el equipo de enfermería sea capaz de actuar en la prevención de las causas externas, así como en la realización de una evaluación rigu-rosa para identifi car situaciones de riesgo para el paciente, buscando así reducción de las tasas de morbimortalidad por causas externas.


Assuntos
Humanos , Epidemiologia Descritiva , Morbidade , Políticas Públicas de Saúde , Causas Externas , Capacitação Profissional , Hospitalização , Acidentes de Trânsito
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(3): 716-728, mar. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-967372

RESUMO

Objetivo: analisar o perfil epidemiológico da mortalidade por causas externas na Região Sul do Brasil, no período de 2004 a 2013. Método: estudo quantitativo, descritivo, exploratório, retrospectivo e transversal, desenvolvido a partir dos dados disponibilizados pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade. A coleta de dados foi realizada no site do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde utilizando-se um formulário. A amostra foi constituída pelos 1.737.448 registros de óbitos decorrentes de causas externas de morbidade e mortalidade e a análise foi realizada por meio de estatística descritiva. Resultados: os dados mostraram que a maior parte dos óbitos foi de indivíduos do sexo masculino (56,94%), com idade entre 20 e 39 anos (42,73%), de cor branca (86,21%), solteiros (57,81%), com até sete anos de estudos (40,39%) e o hospital como principal local de ocorrência (40,70%). Conclusão: constatou-se aumento progressivo do número de óbitos decorrentes de causas externas. Os resultados obtidos poderão fornecer subsídios para a formulação de políticas públicas eficazes na busca pela diminuição dos índices de mortes.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Registros de Mortalidade , Epidemiologia , Morbidade , Mortalidade , Causas Externas , Estudos Transversais , Estudos Retrospectivos
8.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 52: e03404, 2018. tab. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-985063

RESUMO

ABSTRACT Objective: The aim of this study was to compare the incidence of different criteria of maternal near miss in women admitted to an obstetric intensive care unit and their sensitivity and specificity in identifying cases that have evolved to morbidity. Method: A cross-sectional analytical epidemiological study was conducted with women admitted to the intensive care unit of the Maternity School Assis Chateaubriand in Ceará, Brazil. The Chi-square test and odds ratio were used. Results: 560 records were analyzed. The incidence of maternal near miss ranged from 20.7 in the Waterstone criteria to 12.4 in the Geller criteria. The maternal near-miss mortality ratio varied from 4.6:1 to 7.1:1, showing better index in the Waterstone criteria, which encompasses a greater spectrum of severity. The Geller and Mantel criteria, however, presented high sensitivity and low specificity. Except for the Waterstone criteria, there was an association between the three other criteria and maternal death. Conclusion: The high specificity of Geller and Mantel criteria in identifying maternal near miss considering the World Health Organization criteria as a gold standard and a lack of association between the criteria of Waterstone with maternal death.


RESUMO Objetivo: O estudo tem o objetivo de comparar a incidência de critérios diferentes de near miss materno em mulheres admitidas em uma UTI obstétrica e a sensibilidade e especificidade de identificação dos casos que evoluíram para morbidade. Método: Estudo transversal epidemiológico-analítico, composto por mulheres admitidas em UTI da Maternidade Escola Assis Chateaubriand no Ceará, Brasil. Os testes qui-quadrado e Odds Ratio foram utilizados. Resultados: 560 registros foram analisados. A incidência de near miss materno variou de 20,7 nos critérios de Waterstone a 12,4 nos critérios de Geller. A proporção de mortalidade near miss erro materno variou de 4,6:1 a 7,1:1, demonstrando melhor índice nos critérios de Waterstone, o que abrange um maior espectro de gravidade. Os critérios de Geller e Mantel, contudo, apresentaram alta sensibilidade e baixa especificidade. Exceto pelos critérios de Waterstone, houve uma associação entre os três outros critérios e morte materna. Conclusão: Foi encontrada alta especificidade de critérios de Geller e Mantel na identificação do near miss materno considerando os critérios da Organização Mundial da Saúde como padrão-ouro e uma falta de associação entre os critérios de Waterstone com a morte materna.


RESUMEN Objetivo: El estudio tiene el fin de comparar la incidencia de criterios distintos de near miss materno en mujeres ingresadas en una UCI obstétrica y la sensibilidad y especificidad de identificación de los casos que evolucionaron a morbilidad. Método: Estudio transversal epidemiológico analítico, compuesto de mujeres ingresadas en UCI de la Maternidad Escuela Assis Chateaubriand en Ceará, Brasil. Las pruebas de chi-cuadrado y Odds Ratio fueron utilizadas. Resultados: 560 registros fueron analizados. La incidencia de near miss materno varió de 20,7 en los criterios de Waterstone a 12,4 en los criterios de Geller. La proporción de mortalidad por near miss materno varió de 4,6:1 a 7,1:1, demostrando mejor índice en los criterios de Waterstone, lo que abarca un mayor espectro de gravedad. Sin embargo, los criterios de Geller y Mantel presentaron alta sensibilidad y baja especificidad. Excepto por los criterios de Waterstone, hubo una asociación entre los tres otros criterios y muerte materna. Conclusión: Fue encontrada alta especificidad de criterios de Geller y Mantel en la identificación del near miss materno considerando los criterios de la Organización Mundial de la Salud como regla de oro y una ausencia de asociación entre los criterios de Waterstone con la muerte materna.


Assuntos
Humanos , Mortalidade Materna , Morbidade , Near Miss , Unidades de Terapia Intensiva , Enfermagem Obstétrica
9.
Rev Rene (Online) ; 19: e3182, jan. - dez. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-883231

RESUMO

Objetivo: analisar as evidências científicas acerca dos fatores que influenciam os casos de near miss materno e possíveis direcionamentos para redução da morbidade e mortalidade materna. Métodos: revisão integrativa com 2.895 artigos encontrados e 17 selecionados. Resultados: os fatores que influenciam nos casos de near miss foram: atrasos nos cuidados obstétricos; despreparo da equipe de saúde; condições precárias dos serviços; disponibilidade limitada de derivados de sangue; e deficiência no pré-natal, no uso de Práticas Baseadas em Evidências e nas auditorias. Como principais direcionamentos para minimizar esses eventos, evidenciaram-se: fortalecer a rede de referência e contrarreferência; realizar capacitação profissional; melhorar a cobertura do pré-natal; e investir na infraestrutura, na gestão de processos e em auditorias clínicas. Conclusão: os fatores que influenciam os casos de near miss materno englobam desde o atraso nos cuidados até a não realização do pré-natal, cuja melhoria na gestão constitui o principal direcionamento. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Saúde Materna , Mortalidade Materna , Morbidade , Near Miss , Enfermagem
10.
Cogitare enferm ; 23(3): e53782, 2018. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-984252

RESUMO

Objetivo: inventariar casos notificados por dengue clássica e óbitos na região Sul do Brasil entre 2001 e 2017. Método: estudo descritivo-retrospectivo a partir de dados secundários do DATASUS/SINAN e das Secretarias de Saúde, analisados através de estatística descritiva. Resultados: observou-se aumento dos casos nos três estados: Paraná (PR) elevou casos autóctones para 94% nos últimos quatro anos, Santa Catarina (SC) para 95%, e Rio Grande do Sul (RS) para 83%, respectivamente, em 2015 e 2016. Observou-se crescente aumento de óbitos por dengue hemorrágica, principalmente no PR; em 2016, o primeiro óbito em SC; e aumento nos últimos dois anos no RS, mais de 90% em adultos. Conclusão: a região requer atenção dos órgãos de saúde, devido ao aumento de casos e óbitos por dengue, embora apresente a menor incidência da doença do país. Este estudo contribuiu para o conhecimento do cenário atual e da evolução da dengue na região Sul do Brasil.


ABSTRACT Objetivo: inventariar casos notificados por dengue clásica y óbitos en la región Sur de Brasil entre 2001 y 2017. Método: estudio descriptivo retrospectivo con base en datos secundarios del DATASUS/SINAN y de las Secretarías de Salud, analizados por medio de estadística descriptiva. Resultados: se observó crecimiento de los casos en los tres estados: Paraná (PR) tuvo elevación de casos autóctonos para 94% en los últimos cuatro años, Santa Catarina (SC) para 95%, y Rio Grande do Sul (RS) para 83%, respectivamente, en 2015 y 2016. Se observó todavía creciente aumento de óbitos por dengue hemorrágico, principalmente en PR; en 2016; el primero óbito en SC; y crecimiento en los últimos dos años en RS, más de 90% en adultos. Conclusión: la región necesita atención de los organismos de salud, a causa del crecimiento de casos y óbitos por dengue, a pesar de presentar la menor incidencia de la enfermedad del país. Este estudio contribuyó para el conocimiento del escenario actual y de la evolución de la dengue en la región Sur de Brasil.


Objective: To record cases reported as classical dengue fever and deaths in the southern region of Brazil between 2001 and 2017. Method: Descriptive-retrospective study using secondary data from DATASUS/ SINAN and State Departments, analyzed through descriptive statistics. Results: An increase in the percentage of cases of the disease in the three states was observed in the three Brazilian southern states: in Paraná (PR) the percentage of autochthonous cases reached 94% in the last four years; in Santa Catarina (SC), the percentage was 95%, and in Rio Grande do Sul (RS), 83%, respectively, in 2015 and 2016. There was an increase in the number of deaths by severe dengue (dengue hemorrhagic fever), mainly in PR; in 2016, the first death caused by dengue was observed in SC; and an increase of more than 90% in the cases of dengue among adults in the last two years in Rio Grande do Sul. Conclusion: Despite the fact the Southern region of Brazil has the lowest incidence of dengue, special attention should be paid by health agencies to the situation in the southern states due to the increase in the number of cases and deaths caused by dengue.


Assuntos
Arbovirus , Morbidade , Mortalidade , Notificação de Doenças , Epidemias
11.
Rev. enferm. atenção saúde ; 7(2,supl): 54-67, Ago/Set. 2018. tab
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-947396

RESUMO

Objetivo: comparar a qualidade de vida (QV) e as morbidades autorreferidas entre idosos com e sem indicativo de depressão. Método: Estudo transversal, realizado entre junho e dezembro de 2012. Instrumentos: Mini-exame do Estado Mental (MEEM), Questionário Brasileiro de Avaliação Funcional Multidimensional (BOMFAQ), Geriatric Depression Scale (GDS-15), World Health Organization Quality of Life Group ­ Bref (WHOQOL-BREF) e World of Health Organization Quality of Life Assessment for Olders Adults (WHOQOL-OLD). Aplicaram-se testes t de Student e qui-quadrado com p<0,05. Resultados: Predominou sexo feminino, faixa etária 70├ 80 anos, 1├ 5 anos de estudo e renda de até um salário mínimo. Aqueles com indicativo apresentaram escores inferiores em todos domínios e facetas da QV, e maior proporção de: artrite/artrose (p<0,001), osteoporose (p<0,001), incontinência urinária (p<0,001), catarata (p<0,001), coluna (p<0,001), sono (p<0,001), dentre outras. Conclusão: A depressão impacta a QV e sua complexa relação com morbidades exige abordagens mais específicas, visando melhorar a QV (AU).


Objective: To compare quality of life (QOL) and self-reported morbidities among elderly with and without indicative of depression. Method: Cross-sectional study, conducted between June and December 2012. Instruments: Mental State Mini-Exam (MMSE), Brazilian Multidimensional Functional Assessment Questionnaire (BOMFAQ), Geriatric Depression Scale (GDS-15), World Health Organization Quality of Life Group - Bref (WHOQOL-BREF) and World of Health Organization Quality of Life Assessment for Older Adults (WHOQOL-OLD). Student t and chi-square tests were applied with p<0.05. Results: Predominated female, age group 70├ 80 years, 1├ 5 years of study and income of up to one minimum wage. The elderly with indicative of depression presented inferior scores in all domains and facets; and increased proportion of: arthritis/arthrosis (p<0.001), osteoporosis (p<0.001), urinary incontinence (p<0.001), cataract (p<0.001), spine (p<0.001), sleeping (p<0.001), among others. Conclusion: Depression impacts QOL and its complex relationship with morbidity requires more specific approaches to improve QoL (AU).


Objetivo: Comparar la calidad de vida (CV) y las morbilidades autoinformadas entre los ancianos con y sin indicación de depresión. Método: Estudio transversal, realizado entre junio y diciembre de 2012. Instrumentos: Mini-Examen del estado mental (MMSE), Cuestionario de evaluación funcional multidimensional brasileño (BOMFAQ), Escala de depresión geriátrica (GDS-15), Grupo de calidad de vida de la Organización Mundial de la Salud - Bref (WHOQOL-BREF) y Evaluación de la calidad de vida de la Organización Mundial de la Salud para Adultos Mayores (WHOQOL-OLD). Las pruebas de t de Student y chi-cuadrado se aplicaron con p <0.05. Resultados: Mujeres con predominio, grupo de edad 70├ 80 años, 1├ 5 años de estudio e ingresos de hasta un salario mínimo. Los ancianos con indicación de depresión presentaron puntajes inferiores en todos los dominios y facetas; y una mayor proporción de: artritis/artrosis (p<0.001), osteoporosis (p<0.001), incontinencia urinaria (p<0.001), catarata (p<0.001), columna vertebral (p<0.001), dormir (p<0.001), entre otros. Conclusión: la depresión afecta la calidad de vida y su compleja relación con la morbilidad requiere enfoques más específicos para mejorar la calidad de vida (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Depressão , Saúde do Idoso , Morbidade , Cuidados de Enfermagem , Qualidade de Vida
12.
Rev Rene (Online) ; 18(4): 461-467, jul - ago 2017.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-859367

RESUMO

em uma unidade de terapia intensiva materna e a associação destas com as variáveis sociodemográficas e obstétricas. Métodos: estudo epidemiológico analítico transversal, realizado com 560 mulheres internadas em uma Unidade de Terapia Intensiva. Resultados: as condições mais prevalentes foram: utilização de hemoderivados e pré-eclampsia grave/eclampsia. Houve associação estatística entre mulheres procedentes da região metropolitana, na faixa etária de 20 a 34 anos e que tiveram um parto anterior. A mãe que teve alguma condição potencialmente ameaçadora de vida apresentou maior chance de ter filho com Apgar <7 no quinto minuto e com peso menor que 1.500g. Conclusão: prevaleceram a utilização de hemoderivados, seguida da pré-eclampsia grave e da eclampsia. Identificou-se forte relação entre a procedência, paridade e as condições potencialmente ameaçadoras de vida, bem como associação entre estas e os desfechos perinatais negativos. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Saúde Materna , Morbidade , Enfermagem
13.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 168 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-983370

RESUMO

A esquistossomose ainda é um importante problema de saúde pública em regiões tropicais e subtropicais. Em áreas endêmicas, o estado crônico da infecção gera impacto na saúde dos indivíduos decorrente da patologia desencadeada. Desde a década de 1980, a OMS elegeu a quimioterapia como o método mais adequado para controlar as morbidades associadas à infecção por espécies de Schistosoma. Assim, o uso extensivo do medicamento requer uma compreensão abrangente do seu impacto no controle das morbidades relacionadas. Diante disto, o estudo teve como objetivo avaliar o impacto do tratamento medicamentoso nas morbidades e manifestações clínicas associados à infecção por espécies de Schistosoma por meio de uma revisão sistemática e metanálise. O projeto de revisão foi registrado na plataforma PROSPERO (CRD42015026080)...


Schistosomiasis is an important public health problem in tropical and subtropical regions. In endemic areas, the chronic state of the infection generates an impact on the health of the individuals due to the disease. Since the 1980s, WHO has chosen chemotherapy as the most appropriate method to control the morbidities associated with infection with Schistosoma species. Thus, extensive use of the drug requires a comprehensive understanding of its impact on the control of related morbidities. The objective of this study was to evaluate the impact of drug treatment on the morbidities and symptoms associated with Schistosoma species infection through a systematic review and meta-analysis. The review project was registered on the PROSPERO (CRD42015026080)...


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Esquistossomose/tratamento farmacológico , Esquistossomose/epidemiologia , Fezes/parasitologia , Hepatomegalia , Metanálise como Assunto , Morbidade , Contagem de Ovos de Parasitas , Proteinúria/tratamento farmacológico , Esplenomegalia/epidemiologia
14.
Fortaleza; s.n; Dez. 2016. 136 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-883321

RESUMO

Objetivou-se avaliar as admissões em uma UTI materna de acordo com os critérios de morbidade materna grave estabelecidos e suas repercussões maternas e perinatais. Estudo epidemiológico analítico, de corte transversal. A coleta de dados aconteceu no período de agosto a dezembro de 2015 na Maternidade Escola Assis Chateaubriand (MEAC). A população do estudo foi composta por todos os prontuários das mulheres que tivessem se internado na UTI materna da MEAC entre os anos de 2010 a 2014, totalizando 882. Foram utilizados como critérios de exclusão: prontuários de mulheres com mais de 42 dias pós-parto; prontuários com dados incompletos ou não encontrados; casos de complicações ginecológicas, sendo 322 prontuários excluídos, totalizando uma amostra de 560 prontuários. Os dados foram compilados e analisados por meio do programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 20.0. A maioria das mulheres que teve near miss materno (NMM) se associou à faixa etária entre 20 e 34 anos, não trabalhava, multigesta, com história de aborto anterior e com menos que seis consultas de pré-natal. O parto vaginal apresentou-se como fator de risco para óbito quando analisado isoladamente. Porém, na regressão logística foi a cesárea que passou a apresentar maior chance. Os principais diagnósticos dessas mulheres foram as síndromes hipertensivas. No entanto foram as síndromes hemorrágicas que lideraram as causas básicas da morte. O número de casos de NMM no critério de Waterstone foi muito mais elevado do que nos outros critérios. Contudo, ao fazer a associação com o óbito materno, ele foi o critério que menos classificou as mulheres que evoluíram para óbito, inferindo a necessidade de utilizar o Critério da OMS. O baixo peso ao nascer, Apgar no 5º minuto menor que 7 e Idade Gestacional ao nascer menor que 30 semanas tiveram forte associação com o óbito perinatal. As síndromes hipertensivas maternas e a insuficiência respiratória foram as causas principais dos óbitos fetais e neonatais, respectivamente. Diante disso, recomenda-se que a morbidade materna grave seja investigada, pois permitirá uma análise mais precisa dos fatores relacionados com a sua ocorrência e também será usada para auditar a qualidade do cuidado obstétrico do ponto de vista hospitalar e como grupo de comparação em estudos de caso de morte materna e perinatal. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Saúde Materna , Morbidade , Enfermagem Obstétrica
15.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 8(2): 4223-4230, abr.-jul.2016. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-784537

RESUMO

investigate the major health disorders that affect the elderly population in the ambit of mobile pre hospital in João Pessoa-PB city. Method: documental research, quantitative in 240 medical records of elderly with 75,5±9,5 years, being 54,6% (131) female, attended by the respective service. Data were collected by means of a semi structured questionnaire, in September 2012. Results: It was verified that 69,2% (166) of the occurrences were clinics; 18,8% (45) occurrence of falls at the same level; 9,6% (23) essential hypertension. Conclusion: It is hoped that this study can consubstantiate specific intervention measures directed to the assistance for the elderly, a way for the promotion of health, implementation of prevention actions of these occurrences, since most of them may be prevented...


investigar agravos à saúde que acometem idosos, envolvendo a prestação de socorro pelo atendimento pré-hospitalar móvel na cidade de João Pessoa-PB. Método: pesquisa documental, quantitativa com 240 prontuários de idosos com 75,5±9,5 anos, sendo 54,6% (131) mulheres, atendidos pelo respectivo serviço. Dados coletados mediante questionário semiestruturado, em setembro de 2012. Resultados: constatou-se que 69,2% (166) das ocorrências são clínicas; 18,8% (45) ocorrências de quedas no mesmo nível; 9,6% (23) hipertensão essencial. Conclusão: espera-se que o estudo possa consubstanciar medidas de intervenções específicas direcionadas a assistência prestada ao idoso, um caminho para promoção da saúde, implementação de ações preventivas destas ocorrências, visto que grande parte delas sãos passíveis de prevenção...


investigar daños a la salud afectan a ancianos, que implica la prestación de socorro para el servicio pre hospital móvil en la ciudad de João Pessoa-PB. Método: investigación documental, cuantitativa con 240 cartas de ancianos con 75.5 ± 9,5 años, 54,6 (131) mujeres, atendidas por el servicio respectivo. Datos recogidos por cuestionario estructurado semi en septiembre de 2012. Resultados: se encontró que 69.2 (166) de las ocurrencias son clínicas; 18.8 (45) ocurrencias de caídas al mismo nivel; 9.6 (23) hipertensión esencial. Conclusión: se espera que el estudio puede justificar medidas para intervenciones específicas dirigidas a la asistencia proporcionada a los ancianos, un camino a la promoción de la salud, implementación de acciones preventivas de estas ocurrencias, puesto que la mayoría de ellos es susceptible de prevención...


Assuntos
Humanos , Idoso , Primeiros Socorros , Saúde do Idoso , Serviços Médicos de Emergência , Serviços de Atendimento , Serviços de Saúde , Brasil , Morbidade
16.
Rev. enferm. UERJ ; 24(2): e6801, mar.-abr. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-916374

RESUMO

Objetivos: estimar a prevalência de fragilidade em mulheres idosas, residentes no município de João Pessoa (Paraíba), e averiguar a associação entre a fragilidade e as variáveis clínicas morbidade referida e capacidade funcional desse grupo. Método: a amostra foi constituída por 166 idosas, na faixa etária de 60 a 96 anos. Para a coleta dos dados, utilizou-se a técnica de entrevista. O material empírico foi coletado de abril a junho de 2011 e foi analisado quantitativamente por meio de estatística descritiva. Resultados: a maioria das idosas (60,8%) apresentou algum grau de fragilidade. Entre elas, 21,7% eram aparentemente vulneráveis, 23,5%, com fragilidade leve, 7,8%, moderada, e 7,8%, grave. Quanto aos fatores determinantes da fragilidade, verificou-se que esta relaciona-se com o desempenho em atividades de vida diária. Conclusão: é preciso promover uma assistência de saúde diferenciada para essas mulheres, com vistas a prevenir o evento.


Objectives: to estimate the prevalence of frailty in older women living in the city of João Pessoa (Paraíba) and find the association, in this group, between frailty and the clinical variables 'reported disease' and 'functional capacity'. Method: the sample consisted of 166 women aged 60-96 years. Data were collected using the interview technique. The empirical material was collected from April to June 2011 and was analyzed quantitatively using descriptive statistics. Results: most of the women (60.8%) had some degree of frailty, including 21.7% apparently suffering from vulnerability, and the remainder, from weakness: 23.5% mild, 7.8% moderate and 7.8% severe. Regarding the determinants of frailty, was found its association with performance in activities of daily living. Conclusion: differential healthcare is needed for elderly women, with a view to preventing this event.


Objetivos: estimar la prevalencia de fragilidad en mujeres mayores, residentes en el municipio de João Pessoa (Paraíba) y averiguar la asociación entre la fragilidad y las variables clínicas de morbosidad referida y capacidad funcional de ese grupo. Método: la muestra se compone de 166 mujeres mayores que están en el grupo de edad entre 60 y 96 años. Para la recolección de datos, se ha utilizado la técnica de entrevista. El material empírico fue recolectado de abril a junio de 2011 y analizado cuantitativamente por medio de estadística descriptiva. Resultados: la mayoría de esas mujeres mayores (60,8%) presentó algún grado de fragilidad. Entre ellas, un 21,7% era aparentemente vulnerable, un 23,5%, tenía fragilidad leve, un 7,8%, moderada y un 7,8% grave. En cuanto a los factores determinantes de la fragilidad, se ha verificado que está relacionada con el desempeño en actividades de la vida diaria. Conclusión: es necesario promover una asistencia de salud diferenciada para esas mujeres, con vistas a la prevención del evento.


Assuntos
Idoso de 80 Anos ou mais , Atividades Cotidianas , Envelhecimento , Morbidade , Idoso Fragilizado , Mulheres , Indicadores de Morbimortalidade , Estudos Transversais , Doenças não Transmissíveis
17.
Rev. SOBECC ; 21(1)jan.-mar. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-784420

RESUMO

Objetivo: Identificar a microbiota de feridas operatórias infectadas descritas em produções científicas. Método: Revisão integrativa realizada em bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, Scientific Electronic Library Online, Cochrane e SciFinder Scholar. Para a seleção dos artigos foram utilizadas cinco palavras-chaves contempladas nos Descritores em Ciências da Saúde e os operadores booleanos OR e AND. Utilizou-se formulário com informações: identificação dos artigos, objetivo, tipo de estudo e resultados. Resultados: Foram selecionados 56 artigos, publicados entre 1960 e 2013. Os principais microrganismos infectantes foram as bactérias, seguidas pelos fungos. Infecções foram causadas principalmente por: Staphylococcus aureus (39,3%), Escherichia coli (30,4%), Pseudomonas aeruginosa (19,6%), Staphylococcus epidermidis (17,8%), Klesbsiella spp (12,5%) e Enterobacter spp (10,7%). Conclusão: Bactérias Gram-negativas são os mais frequentes microrganismos infectantes de feridas cirúrgicas. Contudo, Staphylococcus aureus é o microrganismo de maior frequência.


Objetivo: Identificar flora microbiana de heridas quirúrgicas infectadas descritas en producción científica. Método: Revisión integradora realizada en las bases de datos: Literatura Latino-Americana e do Caribe Ciências da Saúde, Medical Literature Análise e Retrieval System on-line, Scientific Electronic Library Online, Cochrane e SciFinder Scholar. La selección se utilizó cinco palabras clave que se contemplan en Ciencias de la Salud y operadores booleanos "OR" y "AND". Utilizó formulario con información: la identificación del papel, propósito, tipo de estudio y resultados. Resultados: 56 documentos fue seleccionado con la publicación entre 1960 y 2013. Principales microorganismos infecciosos era bacterias, seguidos por hongos. Infecciones fueron causadas principalmente por Staphylococcus aureus (39,3%), Escherichia coli (30,4%), Pseudemonas aeruginosa (19,6%), Staphylococcus epidermidis (17,8%), Klesbsiella spp (12,5%), Enterobacter spp (10,7%). Conclusión: bacterias Gram-negativas son microorganismos infecciosos más comunes de heridas quirúrgicas. Staphylococcus aureus es el microorganismo más frecuente.


Objective: to identify the microbial flora of infected surgical wounds described in scientific literature. Method: Integrative review conducted in the following databases: Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde, Medical Literature Analysis and Retrieval System Online, Scientific Electronic Library Online, Cochrane and SciFinder Scholar. Five keywords from the Health Sciences Descriptors and boolean operators "OR" and "AND" were used for paper selection. It was used a form with the information: article identification, purpose, type of study and results. Results: 56 papers were selected, published between 1960 and 2013. The main infectious microorganisms were bacteria, followed by fungi. Infections were primarily caused by Staphylococcus aureus (39.3%), Escherichia coli (30.4%), Pseudomonas aeruginosa (19.6%), Staphylococcus epidermidis (17.8%) and Klesbsiella spp (12.5%). Conclusion: Gram-negative bacteria are the most common infectious microorganisms from surgical wounds. However, Staphylococcus aureus is the most frequent microorganism.


Assuntos
Humanos , Microbiota , Ferida Cirúrgica , Infecções , Alta do Paciente , Staphylococcus aureus , Infecção Hospitalar , Morbidade , Mortalidade , Febre , Bactérias Gram-Negativas , Hospitalização
18.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 23(6): 1157-1164, Nov.-Dec. 2015. tab, graf
Artigo em Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-767106

RESUMO

Objectives: to identify the main causes for hospital admissions and deaths related to systemic arterial hypertension and diabetes mellitus (DM), and to analyze morbidity and mortality trends, in a municipality in São Paulo's countryside, by comparing two three-years periods, 2002 to 2004 and 2010 to 2012. Methods: cross-sectional study which used secondary data regarding deaths from the Information System on Mortality and concerning hospital admissions from the DataSus Hospital Information System. Univariate and multivariate statistical analyses were conducted. Results: from 2002 to 2012, 325,439 people were admitted to hospitals, 14.7% of them due to circulatory system diseases (CSD) and 0.7% due to DM. The deaths distributed as the following: 29,027 deaths (31.5%) were due to CSD; 8.06% due to cerebrovascular diseases (CVD); and 2.75% due to DM. There was a significant association between admittance and death causes and patients' gender and age in the three-year periods (p<0.001). The highest lethality in hospital admissions was found to be due to CVD (10%). That trend showed that mortality rates dropped, younger patients were admitted due to DM, and older patients were admitted due to CVD - they were more often females. Conclusion: the main causes for hospital admissions were the CSDs; main mortality causes were the CVDs in hypertensive and diabetic women. Those findings can back public policies which prioritize the promotion of health.


Objetivo: identificar o perfil epidemiológico, o conhecimento sobre a doença e a taxa de adesão ao tratamento de pacientes com hipertensão arterial sistêmica, internados no serviço de emergência. Métodos: estudo transversal, realizado com 116 pacientes internados no Serviço de Emergência de um Hospital Universitário, de ambos os gêneros e idade superior a 18 anos, no período de março a junho 2013. As variáveis pesquisadas foram os dados sociodemográficos, comorbidades, atividade física e conhecimento sobre a doença. A adesão do paciente ao tratamento e a identificação das barreiras foi avaliada pelo teste de Morisky e Brief Medical Questionnaire, respectivamente. Resultados: a maioria dos pacientes era de mulheres (55%), cor da pele branca (55%), casados (51%), aposentados ou pensionistas (64%) e com baixa escolaridade (58%). A adesão ao tratamento, na maioria das vezes (55%), foi moderada e a barreira de adesão mais prevalente foi a de recordação (67%). Quando a aquisição de medicamento era integral, houve maior adesão ao tratamento. Conclusão: os pacientes deste estudo apresentaram moderado conhecimento sobre a doença. A alta correlação entre o número de fármacos utilizados e a barreira de recordação sugere que a monoterapia seja uma opção para facilitar a adesão ao tratamento, para diminuir a taxa de esquecimento.


Objetivos: identificar las principales causas de ingresos y mortalidad por hipertensión arterial sistémica y Diabetes Mellitus (DM) y analizar la propensión a la morbimortalidad, comparando los trienios 2002-2004 y 2010-2012, de un municipio del interior paulista, en Brasil. Métodos: estudio transversal que utilizó datos secundarios de defunciones del Sistema de Información sobre Mortalidad y los ingresos del Sistema de Información Hospitalaria del Datasus. El análisis estadístico se realizó de forma univariada y multivariada. Resultados: de 2002 a 2012 ocurrieron 325.439 ingresos, el 14,7% por Enfermedades del Aparato Circulatorio (EAC) y el 0,7% por DM. Las defunciones fueron: 29.027, el 31,5% por EAC, el 8,06% por Enfermedades Cerebrovasculares (ECV) y el 2,75% por DM. Hubo asociación significativa entre las causas del ingreso y de las defunciones con respecto al sexo y a la edad de los pacientes en los trienios (p<0,001). La mayor letalidad en los pacientes ingresados fue por ECV (el 10%). La propensión mostró que hubo disminución de la mortalidad, los pacientes más jóvenes fueron ingresados debido a la DM y los de edad avanzada por ECV, con mayor frecuencia en el sexo femenino. Conclusión: las principales causas de ingresos hospitalarios fueron las EAC y de mortalidad, las ECV en las mujeres hipertensas y diabéticas. Estos hallazgos ofrecen subsidios a las políticas públicas que prioricen a la promoción de la salud.


Assuntos
Humanos , Feminino , Diabetes Mellitus/mortalidade , Hospitalização/estatística & dados numéricos , Hipertensão/mortalidade , Brasil/epidemiologia , Transtornos Cerebrovasculares/epidemiologia , Estudos Transversais , Morbidade , Causas de Morte , Distribuição por Sexo , Complicações do Diabetes , Hipertensão/complicações
19.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 23(5): 806-813, Sept.-Oct. 2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-763262

RESUMO

Objective: evaluate the general and perceived self-efficacy, psychological morbidity, and knowledge about postoperative care of patients submitted to radical prostatectomy. Identify the relationships between the variables and know the predictors of self-efficacy.Method: descriptive, cross-sectional study, conducted with 76 hospitalized men. The scales used were the General and Perceived Self-efficacy Scale and the Hospital Anxiety and Depression Scale, in addition to sociodemographic, clinical and knowledge questionnaires.Results: a negative relationship was found for self-efficacy in relation to anxiety and depression. Psychological morbidity was a significant predictor variable for self-efficacy. An active professional situation and the waiting time for surgery also proved to be relevant variables for anxiety and knowledge, respectively.Conclusion: participants had a good level of general and perceived self-efficacy and small percentage of depression. With these findings, it is possible to produce the profile of patients about their psychological needs after radical prostatectomy and, thus, allow the nursing professionals to act holistically, considering not only the need for care of physical nature, but also of psychosocial nature.


Objetivo: avaliar a autoeficácia geral e percebida, a morbidade psicológica e conhecimento sobre cuidados pós-operatórios de pacientes submetidos à prostatectomia radical. Identificar as relações entre as variáveis e conhecer os preditores da autoeficácia.Método: estudo descritivo, transversal, realizado com 76 homens internados. Foram utilizadas as Escalas de Autoeficácia Geral e Percebida e a de Ansiedade e Depressão Hospitalar, além de questionários de caracterização sociodemográfica, clínica e de conhecimento.Resultados: encontrou-se relação negativa da autoeficácia com ansiedade e depressão. A morbidade psicológica foi variável preditora significativa da autoeficácia. Estar em situação profissional ativa e o tempo de espera pela cirurgia também revelaram-se variáveis relevantes na ansiedade e no conhecimento, respectivamente.Conclusão: os participantes apresentaram bom nível de autoeficácia geral e percebida e porcentagem reduzida de depressão. Com estes achados é possível traçar o perfil dos pacientes sobre suas necessidades psicológicas após prostatectomia radical e, assim, permitir que a enfermagem atue de forma holística, considerando não apenas as necessidades de cuidado de ordem física, mas a esfera psicossocial.


Objetivo: evaluar la autoeficacia general y percibida, la morbilidad psicológica y el conocimiento sobre el cuidado postoperatorio de pacientes sometidos a prostatectomía radical. Identificar las relaciones entre las variables y conocer los factores predictivos de la autoeficacia.Método: estudio descriptivo, transversal, realizado con 76 hombres hospitalizados. Se utilizó las Escalas de Autoeficacia General y Percibida y también las Escalas de Depresión y Ansiedad Hospitalarias, además de eso se utilizaron cuestionarios para la clasificación sociodemográfica, clínica y de reconocimiento.Resultados: se encontró una relación negativa de la autoeficacia con la ansiedad y la depresión. La morbilidad psicológica fue variable significativa de la autoeficacia. La situación laboral activa y el tiempo de espera por la cirugía también resultaron como variables relevantes de la ansiedad y del conocimiento, respectivamente.Conclusión: los participantes tuvieron un buen nivel de autoeficacia general y percibida y pequeño porcentaje de la depresión. Con estos resultados, es posible trazar el perfil de los pacientes acerca de sus necesidades psicológicas después de la prostatectomía radical y así permitir que el equipo de de enfermería proceda de manera holística, teniendo en cuenta no sólo las necesidades de atención física, sino también en el nivel psicosocial.


Assuntos
Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Ansiedade/epidemiologia , Complicações Pós-Operatórias/epidemiologia , Prostatectomia/psicologia , Autoeficácia , Depressão/epidemiologia , Prostatectomia/métodos , Fatores Socioeconômicos , Estudos Transversais , Morbidade
20.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 7(3): 2659-2669, jul.-set. 2015. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-762240

RESUMO

Objective: estimating the prevalence of venous ulcers and identifying the sociodemographic, behavioral, of health factors, the characteristics of the wound and treatment associated among individuals adults metin a health centre of Vitória da Conquista-BA. Method: this is a cross-sectional study in which there were studied 42 individuals. The statistical analyzes were performed using Epi Info version 3.5.3. Results: the prevalence of venous ulcers was of 83,3%, being higher in females (95,5%). The factors that remained associated were: sex, living together, diabetes, chronic venous insufficiency, pain, start time of the first recurrence of ulcers and wounds. Conclusion: the results suggest the need for further researches to improve national records about venous ulcers and enable strategies to ensuring better health care basedon scientific and clinical evidence.


Objetivo: estimar a prevalência de úlceras venosas e identificar os fatores sociodemográficos, comportamentais, de saúde, características da ferida e tratamento associados entre indivíduos adultos atendidos em um Centro de Saúde de Vitória da Conquista – BA. Método: trata-se de um estudo transversal no qual foram estudados 42 indivíduos. As análises estatísticas foram feitas no Epi Info versão 3.5.3. Resultados: a prevalência de úlceras venosas foi de 83,3%, sendo maior no sexo feminino (95,5%). Os fatores que se mantiveram associados foram: o sexo, morar acompanhado, diabetes, insuficiência venosa crônica, presença de dor, tempo de inicio da primeira úlcera e reincidência da ferida. Conclusão: os resultados sugerem a necessidade de novas pesquisas para melhorar os registros nacionais acerca das úlceras venosas e viabilizar estratégias que garantam uma melhor assistência à saúde baseada em evidências científicas e clínicas.


Objetivo: estimar la prevalencia de las úlceras venosas e identificar los factores socio-demográficos, comportamentales, de salud, características de la herida y el tratamiento asociados en adultos atendidos en un centro de salud en Vitória da Conquista - BA. Método: se trata de un estudio transversal en el que se estudiaron 42 individuos. Los análisis estadísticos se realizaron utilizando Epi Info versión 3.5.3. Resultados: la prevalencia de las úlceras venosas fue del 83,3%, siendo mayor en las mujeres (95,5%). Los factores que se mantuvieron asociados fueron: el sexo, la convivencia, la diabetes, la insuficiencia venosa crónica, el dolor, la hora de inicio de la primera recurrencia de las úlceras y de las heridas. Conclusión: los resultados sugieren la necesidad de más investigación para mejorar los registros nacionales sobre las úlceras venosas y permitir estrategias para garantizar una mejor atención de la salud basada en la evidencia científica y clínica.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Cuidados de Enfermagem , Enfermagem Baseada em Evidências , Perfil de Saúde , Úlcera Varicosa/enfermagem , Úlcera Varicosa/epidemiologia , Brasil , Morbidade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA