Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 8(3): 687-694, mar.2014. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1033701

RESUMO

Objetivo: identificar os equipamentos eletromédicos que mais geram sinais sonoros de alarmes. Método:estudo descritivo-observacional com abordagem quantitativa, tipo estudo de caso, com amostragem deconveniência e não probabilística, realizado em 2012, em um Centro de Terapia Intensiva (CTI) no Rio deJaneiro/RJ, Brasil. Os dados foram coletados após a aprovação do projeto pelo Comitê de Ética em Pesquisa,Protocolo nº 46898, e, em seguida, apresentados e analisados com auxílio de tabelas e figuras, discutidas à luzda literatura. Resultados: foi evidenciada uma elevada incidência de alarmes CTI. O ventilador mecânico foio que mais gerou sinais sonoros de alarmes, seguido pela pressão não invasiva. Conclusão: a fadiga dealarmes é evidente no cenário do estudo, podendo ser explicada pela falta de sensibilidade dos profissionaisem relação aos alarmes sonoros.


Assuntos
Humanos , Alarmes Clínicos , Enfermagem , Equipe de Assistência ao Paciente , Unidades de Terapia Intensiva , Epidemiologia , Equipamentos e Provisões Elétricas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA