Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 133
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
3.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 54: e03539, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1091967

RESUMO

Abstract Objective: The main goal was the peer evaluation of the effectiveness of a health education intervention, also seeking the characterization of violent behaviors experienced by teens in intimate relationships. Method: A pretest-posttest quasi-experimental study was performed with a non-probabilistic sample of 197 teens of both genders without control group. The intervention performed consisted of one peer-run forum theater session about intimate violence in dating relationships of teens. Results: Boys reported being both victims and perpetrators of violent behaviors more frequently than girls. The sample reported more behaviors associated with victimization than perpetration. Girls showed a higher level of knowledge on the topic and this knowledge increased after the intervention. Conclusion: Psychological violence is highly prevalent in dating relationships, particularly in cases of victimization. It seems essential to understand and act upon adolescents' perceptions about what violent behavior is. This study confirmed the effectiveness of health education in acquiring knowledge on this topic.


Resumo Objetivo: O principal objetivo foi a avaliação por pares da eficácia de uma intervenção educacional em saúde, também buscando a caracterização de comportamentos violentos vivenciados por adolescentes nas relações íntimas. Método: Um estudo quase-experimental pré e pós teste foi realizado com uma mostra não probabilística de 197 adolescentes de ambos os gêneros sem grupo controle. A intervenção realizada consistiu de uma sessão de teatro-fórum entre pares sobre violência íntima nos relacionamentos amorosos entre adolescentes. Resultados: Os meninos relataram ser tanto vítimas quanto perpetradores dos comportamentos violentos mais frequentemente do que as meninas. A amostra relatou mais comportamentos associados à vitimização do que perpetração. As meninas mostraram um nível mais alto de conhecimento sobre o assunto e esse conhecimento aumentou após a intervenção. Conclusão: A violência psicológica é altamente prevalente nos relacionamentos amorosos, particularmente nos casos de vitimização. Parece essencial compreender as percepções dos adolescentes sobre o que é um comportamento violento e agir nesse sentido. Este estudo confirmou a eficácia da educação em saúde na aquisição de conhecimento sobre esse tópico.


Resumen El principal objetivo: fue la evaluación por pares de la efectividad de una intervención educativa en salud, también buscando la caracterización de comportamientos violentos vividos por adolescentes en las relaciones íntimas. Método: Un estudio cuasi-experimental pre y post prueba fue llevado a cabo con una muestra no probabilística de 197 adolescentes de ambos géneros sin grupo control. La intervención realizada se constituyó en una sesión de teatro fórum entre pares acerca de la violencia íntima en las relaciones amorosas entre adolescentes. Resultados: Los chicos relataron ser tanto víctimas como perpetradores de los comportamientos violentos con más frecuencia que las chicas. La muestra relató más comportamientos asociados con la victimización que la perpetración. Las chicas mostraron un nivel más alto de conocimiento acerca del tema y dicho conocimiento se incrementó después de la intervención. Conclusión: La violencia psicológica es altamente prevaleciente en las relaciones amorosas particularmente en los casos de victimización. Parece esencial comprender las percepciones de los adolescentes acerca de qué es un comportamiento violento y actuar en ese sentido. Este estudio confirmó la efectividad de la educación sanitaria en la adquisición de conocimiento sobre ese tópico.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Educação em Saúde , Violência por Parceiro Íntimo/prevenção & controle , Enfermagem em Saúde Pública , Comportamento do Adolescente/psicologia
4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 14: [1-7], 2020.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1095812

RESUMO

Objetivo: apreender sinais indicativos e fatores que comprometem a identificação da violência doméstica contra os adolescentes. Método: trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, fundamentado na perspectiva crítico-libertadora de Paulo Freire, com 20 educadoras de uma escola pública de Ensino Fundamental. Realizou-se uma entrevista e os dados foram sistematizaram no Discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: relata-se que as educadoras assinalam a presença de marcas corporais, mudanças comportamentais e o comprometimento do rendimento e assiduidade escolares como sinais que sugerem a vivência da violência doméstica pelos jovens, embora a alta demanda de trabalho e o despreparo profissional dificultem a identificação do agravo. Conclusão: percebe-se a urgência, diante das repercussões da violência doméstica para a saúde e a vida dos adolescentes, de uma gestão que considere a práxis das educadoras no processo de reconhecimento e superação do agravo.(AU)


Objective: to apprehend indicative signs and factors that compromise the identification of domestic violence against adolescents. Method: this is a qualitative, descriptive study, based on Paulo Freire's critical-liberating perspective, with 20 female educators from a public elementary school. An interview was conducted and the data was systematized in the Collective Subject Discourse. Results: it is reported that the female educators report the presence of body marks, behavioral changes and the impairment of school performance and attendance as signs that suggest the experience of domestic violence experienced by young people, although the high demand for work and unpreparedness make identification of the grievance difficult. Conclusion: the urgency, in view of the repercussions of domestic violence for the health and life of adolescents, is perceived by a management that considers the praxis of female educators in the process of recognizing and overcoming the problem.(AU)


Objetivo: aprehender signos y factores indicativos que comprometan la identificación de la violencia doméstica contra los adolescentes. Método: este es un estudio cualitativo, descriptivo, basado en la perspectiva de liberación crítica de Paulo Freire, con 20 educadoras de una escuela primaria pública. Se realizó una entrevista y los datos se sistematizaron en el Discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: se informa que las educadoras indican la presencia de marcas corporales, cambios de comportamiento y el deterioro del rendimiento y la asistencia como signos que sugieren la experiencia de violencia doméstica por parte de los jóvenes, aunque la gran demanda de trabajo y la falta de preparación dificultan la identificación de la queja. Conclusión: la urgencia, dadas las repercusiones de la violencia doméstica para la salud y la vida de los adolescentes, se percibe como una gestión que considera la praxis de las educadoras en el proceso de reconocer y superar el problema.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Serviços de Saúde Escolar , Mulheres , Adolescente , Violência Doméstica , Ensino Fundamental e Médio , Saúde do Adolescente , Professores Escolares , Epidemiologia Descritiva , Comportamento do Adolescente , Pesquisa Qualitativa
5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 14: [1-9], 2020. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096339

RESUMO

Objetivo: categorizar a vitimização por bullying e cyberbullying em adolescentes. Método: trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, exploratório, transversal, com estudantes adolescentes de duas escolas públicas e duas particulares que respondeream um questionário, em seguida, empregou-se o instrumento Multidimentional Peer Victimation Scale adaptado para a mensuração do bullying. Utilizou-se o teste Kruskal-Wallis para a comparação entre médias e a correlação de Pearson para relacionar as variáveis estudadas com as ocorrências de vitimização. Resultados: revela-se que aproximadamente 78% dos estudantes das escolas relataram, pelo menos, uma ocorrência de bullying nos últimos seis meses e 17% sofreram metade das vitimizações totais no mesmo período. Mostraram-se, pela média do bullying entre as escolas, diferenças significantes, e a comparação com dados da literatura indicou preocupação nos graus moderado e severo. Conclusão: conclui-se que as classificações das vitimizações foram consistentes com a literatura. Observaram-se diferenças nas características das vítimas nos diferentes contextos educacionais com a premência de ações interdisciplinares contra o bullying.(AU)


Objective: to categorize victimization by bullying and cyberbullying in adolescents. Method: this is a quantitative, descriptive, exploratory, cross-sectional study with adolescent students from two public schools and two private schools that answered a questionnaire, then the Multidimentional Peer Victimation Scale instrument was used, adapted to measure bullying. The Kruskal-Wallis test was used to compare means and Pearson's correlation to relate the variables studied with the occurrences of victimization. Results: it is revealed that approximately 78% of school students reported at least one occurrence of bullying in the last six months and 17% suffered half of the total victimizations in the same period. Significant differences were shown by the mean of bullying between schools, and the comparison with data in the literature indicated concern in the moderate and severe degrees. Conclusion: it is concluded that the victimization classifications were consistent with the literature. Differences in the characteristics of the victims were observed in different educational contexts with the urgency of interdisciplinary actions against bullying.(AU)


Objetivo: categorizar la victimización por bullying y cyberbullying en adolescentes. Método: este es un estudio cuantitativo, descriptivo, exploratorio, transversal con estudiantes adolescentes de dos escuelas públicas y dos escuelas privadas que respondieron a un cuestionario, luego se usó el instrumento Multidimentional Peer Victimation Scale adaptado para medir el acoso escolar. La prueba de Kruskal-Wallis se utilizó para comparar medias y la correlación de Pearson para relacionar las variables estudiadas con los casos de victimización. Resultados: se revela que aproximadamente el 78% de los estudiantes escolares informaron al menos una ocurrencia de acoso escolar en los últimos seis meses y el 17% sufrió la mitad de las victimizaciones totales en el mismo período. Las diferencias significativas se mostraron por la media de la intimidación entre las escuelas, y la comparación con los datos en la literatura indicó preocupación en los grados moderados y severos. Conclusión: se concluye que las clasificaciones de victimización fueron consistentes con la literatura. Se observaron diferencias en las características de las víctimas en diferentes contextos educativos con la urgencia de acciones interdisciplinarias contra el acoso escolar.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Estudantes , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Bullying , Cyberbullying , Saúde Pública , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 14: [1-8], 2020. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096747

RESUMO

Objetivo: identificar os fatores associados à experimentação do tabaco entre adolescentes do Ensino Fundamental. Método: trata-se de estudo quantitativo, descritivo e exploratório, com 186 participantes entre os 11 aos 19 anos de idade de uma escola pública do Ensino Fundamental. Preencheu-se um questionário autoaplicável estruturado, com itens do instrumento "California Tobacco Survey 2015-2016", adaptado para o contexto brasileiro. Organizaram-se os dados em planilha eletrônica do Microsoft Excel 2010 para posterior análise descritiva e estatística, com o auxílio do SPSS. Resultados: relatou-se, pela maioria, ter amigos que fumam e que não é permitido fumar em suas casas. Evidenciou-se que a idade, o ano escolar e o número de amigos que fumam foram os aspectos significativamente associados à experimentação de produtos do tabaco. Conclusão: salienta-se que esses resultados podem se constituir em elementos que subsidiem programas educacionais antitabagismo nas escolas, e contribuir para o fomento de políticas públicas voltadas para a prevenção do contato de adolescentes com os produtos do tabaco, de modo a impactar positivamente a saúde dos jovens e diminuir a possibilidade da experimentação de drogas ilícitas.(AU)


Objective: to identify factors associated with tobacco experimentation among elementary school adolescents. Method: this is a quantitative, descriptive and exploratory study, with 186 participants between 11 and 19 years old from a public elementary school. A self-administered structured questionnaire was filled out with items from the "California Tobacco Survey 2015-2016" instrument, adapted to the Brazilian context. The data was organized in a Microsoft Excel 2010 spreadsheet for further descriptive and statistical analysis, with the help of SPSS. Results: it was reported, by the majority, to have friends who smoke and that smoking is not allowed in their homes. It was found that age, school year and the number of friends who smoke were aspects significantly associated with experimenting with tobacco products. Conclusion: it is emphasized that these results can constitute elements that subsidize educational anti-smoking programs in schools, and contribute to the promotion of public policies aimed at preventing the contact of adolescents with tobacco products, in order to positively impact health of young people and decrease the possibility of experimenting with illicit drugs.(AU)


Objetivo: identificar los factores asociados con la experimentación de tabaco entre los adolescentes de primaria. Método: este es un estudio cuantitativo, descriptivo y exploratorio, con 186 participantes de entre 11 y 19 años de una escuela primaria pública. Se rellenó un cuestionario estructurado autoadministrado con elementos del instrumento "California Tobacco Survey 2015-2016", adaptado al contexto brasileño. Los datos se organizaron en una hoja de cálculo de Microsoft Excel 2010 para su posterior análisis descriptivo y estadístico, con la ayuda de SPSS. Resultados: se informó, por mayoría, tener amigos que fuman y que no está permitido fumar en sus hogares. Se descubrió que la edad, el año escolar y la cantidad de amigos que fuman eran aspectos significativamente asociados con la experimentación de productos de tabaco. Conclusión: se enfatiza que estos resultados pueden constituir elementos que subsidian los programas educativos contra el tabaquismo en las escuelas y contribuyen a la promoción de políticas públicas destinadas a prevenir el contacto de los adolescentes con los productos del tabaco, a fin de impactar positivamente la salud de los jóvenes y reducir la posibilidad de experimentar drogas ilícitas.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Tabaco , Tabagismo , Fatores de Risco , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Ensino Fundamental e Médio , Saúde do Adolescente , Uso de Tabaco , Comportamentos de Risco à Saúde , Fumar Tabaco , Saúde Pública , Epidemiologia Descritiva
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 14: [1-7], 2020.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1103144

RESUMO

Objetivo: descrever as definições, os critérios e indicadores da adolescência. Método: trata-se de um estudo descritivo, com consulta em bases de dados, arquivos impressos e sites, analisando-se as informações em torno das dimensões teóricas e analíticas da adolescência. Resultados: sabe-se que a adolescência é uma etapa da vida de transição entre a infância e a adultícia com transformações nos aspectos biológicos, psicológicos e sociais. Têm-se diferentes critérios cronológicos para a identificação de parâmetros em investigação e elaboração de políticas, programas e serviços. Apresentam-se, na sociedade, concepções que se associam à noção de crise, desordem, irresponsabilidade. Mostram-se, de modo geral, algumas situações prevalentes para a discussão sobre tal: gravidez, Infecções Sexualmente Transmissíveis, substâncias psicoativas e violência. Conclusão: reconhece-se a adolescência ainda como um período da vida que se delimita aos aspectos biopsicológicos e/ou aos critérios cronológicos, desconsiderando outros elementos que são importantes para assegurar os adolescentes enquanto sujeitos sociais com múltiplas dimensões.(AU)


Objective: to describe the definitions, criteria and indicators of adolescence. Method: it is a descriptive study, with consultation in databases, printed files and websites, analyzing the information around the theoretical and analytical dimensions of adolescence. Results: it is known that adolescence is a stage of life in transition between childhood and adulthood with changes in biological, psychological and social aspects. There are different chronological criteria for the identification of parameters in research and the elaboration of policies, programs and services. Conceptions are presented, in society, associated with the notion of crisis, disorder, irresponsibility. In general, some prevalent situations are shown for the discussion on such: pregnancy, Sexually Transmitted Infections, psychoactive substances and violence. Conclusion: adolescence is still recognized as a period of life that is limited to biopsychological aspects and / or chronological criteria, disregarding other elements that are important to ensure adolescents as social subjects with multiple dimensions.(AU)


Objetivo: describir las definiciones, criterios e indicadores de la adolescencia. Método: se trata de un estudio descriptivo, con consulta en bases de datos, archivos impresos y sitios web, que analiza la información sobre las dimensiones teóricas y analíticas de la adolescencia. Resultados: se sabe que la adolescencia es una etapa de la vida de transición entre la infancia y la edad adulta con cambios en los aspectos biológicos, psicológicos y sociales. Existen diferentes criterios cronológicos para la identificación de parámetros en la investigación y la elaboración de políticas, programas y servicios. Se presentan conceptos en la sociedad que están asociados con la noción de crisis, desorden, irresponsabilidad. En general, se muestran algunas situaciones prevalentes para la discusión sobre: embarazo, infecciones de transmisión sexual, sustancias psicoactivas y violencia. Conclusión: la adolescencia todavía se reconoce como un período de la vida que se limita a los aspectos biopsicológicos y / o criterios cronológicos, sin tener en cuenta otros elementos que son importantes para asegurar a los adolescentes como sujetos sociales con múltiples dimensiones.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Desenvolvimento do Adolescente , Políticas Públicas de Saúde , Promoção da Saúde , Gravidez na Adolescência , Violência , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Epidemiologia Descritiva , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
8.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 11(5): 1208-1212, out.-dez. 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1022310

RESUMO

Objetivo: Discutir a percepção de adolescentes acerca da sexualidade no espaço escolar. Método: estudo descritivo e exploratório, de natureza qualitativa, realizado com quarenta e seis adolescentes em três escolas públicas do município de Macapá, capital do Estado do Amapá. A coleta de dados ocorreu através de entrevistas realizadas com a autorização dos respectivos responsáveis, posteriormente transcritos e submetidos à análise de conteúdo na modalidade temática. Resultados: Obteve-se a formação da seguinte categoria: a sexualidade no cotidiano dos adolescentes - um desafio para a educação sexual e reprodutiva, em que foi trabalhado estes aspectos: a sexualidade relacionada ao ato de gerar filhos; o desconhecimento dos adolescentes acerca da saúde sexual e reprodutiva. Conclusão: torna-se relevante a aproximação entre profissionais da educação e saúde para reverem as práticas pedagógicas ofertadas aos estudantes, sendo necessário avaliar as metodologias aplicadas e buscar novas propostas que alcancem as necessidades de informações necessárias para que adolescentes


Objective: The study's purpose has been to discuss the adolescents' perception about sexuality in the scholar framework. Methods: It is a descriptive-exploratory study with a qualitative approach, which was carried out with forty-six adolescents from three public schools in Macapá city, Amapá State. Data collection took place through interviews lead by the authorization of the respective parents/relatives. The data was later transcribed and submitted to content analysis by the thematic modality. Results: The following category was achieved: sexuality in the adolescents' daily life - a challenge for sexual and reproductive education; where the following aspects were addressed: sexuality related to the act of generating children; adolescents' lack of knowledge about sexual and reproductive health. Conclusion: Therefore, it is relevant to improve the relationship between education and health professionals aiming to reappraisal the pedagogical practices offered to students. Furthermore, it is necessary to assess the applied methodologies and to pursue new proposals that can reach the adolescents' information needs


Objetivo: Discutir la percepción de adolescentes acerca de la sexualidad en el espacio escolar. Método: estudio descriptivo y exploratorio, de naturaleza cualitativa, realizado con cuarenta y seis adolescentes en tres escuelas públicas del municipio de Macapá, capital del Estado de Amapá. La recolección de datos ocurrió a través de entrevistas realizadas con la autorización de los respectivos responsables, posteriormente transcritas y sometidas al análisis de contenido en la modalidad temática. Resultados: Se obtuvo la formación de la siguiente categoría: la sexualidad en el cotidiano de los adolescentes - un desafío para la educación sexual y reproductiva, en que se trabajó estos aspectos: la sexualidad relacionada al acto de generar hijos; el desconocimiento de los adolescentes acerca de la salud sexual y reproductiva. Conclusión: se hace relevante la aproximación entre profesionales de la educación y salud para revisar las prácticas pedagógicas ofrecidas a los estudiantes, siendo necesario evaluar las metodologías aplicadas y buscar nuevas propuestas que alcancen las necesidades de informaciones necesarias para que adolescentes


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Educação Sexual , Comportamento do Adolescente , Saúde Reprodutiva , Brasil , Sexualidade , Saúde Sexual
9.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 27: e3110, 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-991307

RESUMO

ABSTRACT Objective: to analyze the school violence suffered and practiced and its association with the use of alcohol and other drugs in adolescents between 12 and 18 years old. Method: the study sample consisted of 643 adolescents enrolled in six schools, who answered two self-administered questionnaires: "Global School-based Student Health Survey" and "Violence in School". Statistical analysis was performed using the chi-square test and the degree of association between the variables was analyzed using the prevalence ratio. Results: the prevalence of school violence suffered and practiced was 62.2% and 51.9%, respectively. About 44.6% of the aggressors said they did not want to change their behavior. There was an expressive prevalence of alcohol use (16.5%), tobacco (15.7%) and illicit drugs (6.8%), and drunkenness (12.6%). There was a significant association between the violence suffered and the age group of 12 to 14 years old (p=0.001); (p=0.011) and education level in elementary school (p<0.001). In mothers with less than eight years of studies, the association was significant for the violence practiced (p=0.002). Conclusion: the study contributes to the aspects involved in school violence, which can subsidize actions and policies in this area.


RESUMO Objetivo: analisar a violência escolar sofrida e praticada e a sua associação com o uso de álcool e outras drogas entre adolescentes com 12 a 18 anos de idade. Método: a amostra do estudo foi composta por 643 adolescentes matriculados em seis escolas, que responderam a dois questionários autoaplicáveis: "Global School-based Student Health Survey" e "Violência na Escola". A análise estatística foi realizada utilizando-se o teste Qui-quadrado e o grau de associação entre as variáveis analisado por meio da razão de prevalência. Resultados: as prevalências de violência escolar sofrida e praticada foram de 62,2% e 51,9%, respectivamente. Cerca de 44,6% dos agressores afirmaram não querer mudar seu comportamento. Houve prevalência expressiva do uso de álcool (16,5%), tabaco (15,7%), drogas ilícitas (6,8%) e de embriaguez (12,6%). Houve associação significativa entre a violência sofrida e a faixa etária de 12 a 14 anos (p=0,001), sexo masculino (p=0,011) e grau de escolaridade em ensino fundamental (p<0,001). Em mães com menos de oito anos de estudo, a associação foi significativa para a violência praticada (p=0,002). Conclusão: o estudo traz contribuições para os aspectos envolvidos na violência escolar, que podem subsidiar ações e políticas nesse âmbito.


RESUMEN Objetivo: analizar la violencia escolar sufrida y practicada y su asociación con el uso de alcohol y otras drogas entre adolescentes de 12 a 18 años de edad. Método: la muestra del estudio fue compuesta por 643 adolescentes matriculados en seis escuelas, que respondieron a dos cuestionarios autoaplicables: "Global School-based Student Health Survey" y "Violencia en la Escuela". El análisis estadístico fue realizado utilizando el test Chi-cuadrado y el grado de asociación entre las variables fue analizado por medio de la razón de prevalencia. Resultados: las prevalencias de violencia escolar sufrida y practicada fueron de 62,2% y 51,9% respectivamente. Alrededor del 44,6% de los agresores afirmaron no querer cambiar su comportamiento. Se observó una prevalencia expresiva del uso de alcohol (16,5%), tabaco (15,7%) y drogas ilícitas (6,8%), y de embriaguez (12,6%). Se observó una asociación significativa entre la violencia sufrida y el grupo de edad de 12 a 14 años (p=0,001); sexo masculino (p=0,011) y grado de escolaridad en enseñanza primaria (p<0,001). En madres con menos de ocho años de estudio, la asociación fue significativa para la violencia practicada (p=0,002). Conclusión: el estudio aporta contribuciones a los aspectos envueltos en la violencia escolar, que pueden subsidiar acciones y políticas en este ámbito.


Assuntos
Criança , Adolescente , Violência/estatística & dados numéricos , Consumo de Bebidas Alcoólicas/prevenção & controle , Comportamento do Adolescente/psicologia , Distribuição por Idade , Relações Familiares/psicologia , Brasil/epidemiologia , Fatores Sexuais , Inquéritos e Questionários/estatística & dados numéricos , Exposição à Violência/estatística & dados numéricos
10.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 103 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1016196

RESUMO

Objetivo: Estimar a prevalência da simultaneidade de fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis e o agregamento não aleatório destes, além dos fatores associados em adolescentes escolares brasileiros. Método: Estudo epidemiológico, transversal, analítico, desenvolvido com dados da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE 2015). As variáveis de exposição foram: sociodemográficas, psicossociais, de contexto e supervisão familiar e comportamento parental e dos pares. A variável resposta foi número de fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis. Foram estimados a prevalência, a simultaneidade e o agravamento dos fatores de risco: tabagismo, uso de álcool, inatividade física e baixo consumo de frutas e legumes. O agregamento foi verificado quando a razão entre a prevalência observada e esperada foi superior a 1. Para verificar os determinantes associados à ocorrência de fatores de risco simultâneos foi utilizada regressão de Poisson para dados de contagem. As análises foram realizadas no software Stata 15.0. Resultados: A prevalência de dois fatores de risco simultâneos foi mais alta (56,1%; IC95%: 55,5-56,6). A combinação de fatores de risco mais prevalente foi ­Baixo consumo de frutas e hortaliças + Inatividade física‖ (66%; IC95%: 65,8-66,9). Houve agregamento de fatores de risco e a maior razão entre a prevalência observada e esperada foi para: ­Tabagismo + Álcool‖ (79,0; IC95%: 73,8-84,2). O modelo final de regressão mostrou que sentimentos de solidão, perda de sono, não ter amigos próximos, menor supervisão familiar, ter pais que fumam e amigos que bebem foram associados ao aumento no número esperado de fatores de risco. Conclusão: Os achados mostram elevada prevalência de fatores de risco simultâneos, com agregamento nos adolescentes. Os adolescentes com menor supervisão parental, cujos pais fumam e amigos bebem apresentaram maior número esperado de fatores de risco. Intervenções com foco nos determinantes podem ajudar a diminuir a agregação de fatores de risco e prevenir desfechos crônicos na fase adulta.(AU)


Objective: Estimate the prevalence of simultaneity of risk factors in not transmissible chronic diseases, and their non-random aggregation, beyond factors associated to Brazilian school teenagers. Method: Eidemiologic, transversal, analytical study developed with data of the Scholar National Health Research (PeNSE 2015). The exposition variables were: social-demographic, psycho-social, with family context and supervision, parental behavior and from pairs. The reposed variable was number of risk factors for not transmissible chronic diseases. It was estimated the prevalence, the simultaneity and aggregation of risk factors: tobacco use, alcohol use, lack of physical activity, and low consuming of fruits and vegetables. Aggregation was verified when the reason between the observed and expected prevalence was over 1. In order to verify the determinants associated to occurrences of simultaneous risk factors, Poisson regression for counting data was used. The analysis was made with the software Stata 15.0. Results: The prevalence of two simultaneous risk factors was higher (56,1%; IC95%: 55,5-56,6). The combination of most prevalent risk factors was ­Low consume of fruits and vegetables + lack of physical activity‖ (66%; IC95%: 65,8-66,9). There has been aggregation of risk factors, being the higher reason between the observed and expected prevalence was to ­tobacco + alcohol (79,0; IC95%: 73,8-84,2). The final sample for regression has shown that psycho-social aspects, lower family supervision and parental behavior and risk pairs were associated to the increase or the expected number of risk factors. Conclusion: The findings show elevated prevalence of simultaneous risk factors, with their aggregation on teenagers. The adolescents with less parental supervision, smoker parents, and friends who drink alcohol show increase in the expected number of risk factors. Interventions focusing on the determinants can help reduce aggregation to risk factors and prevent chronic outcomes in adulthood.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Fatores de Risco , Comportamento do Adolescente , Doenças não Transmissíveis/epidemiologia , Fatores Socioeconômicos , Tabagismo , Brasil , Consumo de Alimentos , Inquéritos e Questionários , Dissertação Acadêmica , Consumo de Álcool por Menores
11.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 204 p. ilus, mapa, graf.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1023204

RESUMO

Introdução: a educação para sexualidade é um pilar fundamental da saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes sendo discutida predominantemente no contexto das escolas urbanas. Pressupõe-se que existem elementos diferenciadores da sexualidade do adolescente inserido no contexto da escola rural e um distanciamento entre a educação para a sexualidade tradicional e as necessidades e desafios destes adolescentes. Objetivos: construir um processo educativo-libertador para a sexualidade dos adolescentes no contexto escolar rural, analisando a cultura, valores e saberes sobre a sexualidade dos adolescentes; identificando os elementos, singularidades e necessidades relacionadas com a sexualidade e promovendo o diálogo crítico da realidade da sexualidade no contexto da escola rural. Metodologia: foi desenvolvida uma pesquisa-ação de abordagem qualitativa, ancorada no referencial teórico-metodológico da educação crítica e libertadora de Paulo Freire. O cenário foi duas escolas de ensino fundamental e médio: uma localizada no distrito rural de Ipoema, Minas Gerais, Brasil e outra no município de Supatá, Cundinamarca, Colômbia. Foram implementadas as quatro fases do itinerário freiriano: investigação vocabular, tematização, problematização e avaliação por meio de sete círculos de cultura em cada escola. Participaram onze estudantes da escola brasileira e dezenove adolescentes da escola colombiana. Os dados foram produzidos no período de maio de 2017 a junho 2018, por meio de observação participante, grupos focais e mapa corporal na fase de avaliação. Para análise dos dados foi adotada a Análise Crítica do Discurso. Resultados: Há similaridades das duas escolas referentes às visões conservadoras e tradicionais sobre a sexualidade, com ausência de ações permanentes e falta de articulação entre área da saúde e educação para efetivar os processos educativos com caráter emancipador. O silenciamento foi identificado como prática social em torno da educação para a sexualidade, produzindo e reproduzindo vulnerabilidades corpóreas e sociais. A construção da sexualidade do adolescente é marcada, interdiscursivamente, pelo modelo biomédico, biológico e sexista, utilizando a tecnologia como forma de contestação frente às ausências e precariedades de um processo pedagógico crítico e libertador. As possiblidades de ruptura do silenciamento, das ideologias dominantes e a mudança de um ato esporádico, bancário e determinista para uma prática educativa crítica e democrática da sexualidade orientada pelo referencial de Paulo Freire em que o lúdico foi representativo, sendo os adolescentes protagonistas do processo. Conclusão: O processo educativo construído numa perspectiva ativa e crítica com os adolescentes, valorizando seus sonhos, opiniões, acolhendo suas dúvidas, sentimentos e medos apontou para uma ressignificação da educação para a sexualidade com potencial de transformação social e possibilitou uma pedagogia do corpo crítica e social. Neste aspecto coloca a sexualidade como uma dimensão humanizadora, reconhecendo os adolescentes como sujeitos criadores e agentes de mudança. Contribuições e recomendações: espera-se que os resultados contribuam para uma prática transformadora na educação para a sexualidade de adolescentes no contexto rural, no Brasil e na Colômbia, problematizando a formação de enfermeiros como agentes educadores para as populações na área rural e para a abordagem da sexualidade de forma crítica e libertadora; é preciso reeducar o conceito de sexualidade como dimensão humanizadora e avançar na discussão sobre como a tecnologia e a mídia interferem nos modos de vida e na construção da sexualidade dos adolescentes . Por fim, espera-se subsidiar discursos e práticassociais que superem os processos que usam o corpo e a sexualidade como dispositivos segregadores das infâncias e adolescências, retirando-lhes o direito de viver a saúde sexual e reprodutiva.(AU)


Introduction: Sex education is a fundamental pillar of adolescent sexual and reproductive health, which is predominantly discussed in the context of urban schools. It is assumed that there are different elements of adolescent sexuality in the context of rural schools that could create a gap between traditional sex education and the needs and challenges of these adolescents. Objective: This research aims to build an educational-liberating process for adolescent sexuality in the rural school context, analyzing the culture, values and knowledge around it; identifying the elements, singularities and needs related to sexuality and promoting the critical dialogue in the rural school context. Methodology: This study follows an active qualitative research anchored in Paulo Freire's theoretical-methodological framework of critical and liberating education. The scenario was two elementary and middle schools: the former located in the rural district of Ipoema, Minas Gerais, Brazil and the latter in the municipality of Supatá, Cundinamarca, Colombia. The four phases of the Freireian itinerary were implemented: vocabulary investigation, thematization, problematization and evaluation through seven culture circles in each school. Eleven students from the Brazilian school and nineteen teenagers from the Colombian school participated. Observations of the participants were carried out from May 2017 to June 2018, focusing on groups and body map in the evaluation phase. For data analysis, the Critical Discourse Analysis was adopted. Results: There are similarities between the two schools regarding the conservative and traditional views on sexuality, with the absence of permanent actions and the lack of connection between the health and education areas to effect the emancipatory educational processes. Silencing has been identified as a social practice around sex education, producing and reproducing health and social vulnerabilities. The construction of adolescent sexuality is interdiscursively marked by a biomedical, a biological and a sexist model, using technology as a way of fullfilling the absences and precariousness of a critical and liberating pedagogical process. The possibilities of breaking the silence, the dominant ideologies and the change from a sporadic, banking and deterministic act to a critical and democratic educational practice of sexuality guided by Paulo Freire's framework in which the playful was representative, being the adolescents protagonists of the process. Conclusion: The educational process built on an active and critical perspective with adolescents, valuing their dreams, opinions, welcoming their doubts, feelings and fears pointed to a resignification of sexuality education with the potential for social transformation and enabled a social and critical pedagogy of the body. In this respect, it places sexuality as a humanizing dimension, recognizing adolescents as creative subjects and agents of change. Contributions and recommendations: the results are expected to contribute to a transformative practice in adolescent sex education in the rural context in Brazil and Colombia, problematizing the training of nurses as educators for rural populations and the approach of sexuality in a critical and liberating way; It is necessary to re-educate the concept of sexuality as a humanizing dimension and to advance the discussion about how technology and the media interfere with the lifestyles and the construction of adolescent sexuality. Finally, we hope to subsidize social discourses and practices that surpass the processes that use the body and sexuality as segregating devices of childhood and adolescence, removing their right to live sexual and reproductive health.(AU)


Assuntos
Humanos , Adolescente , População Rural , Educação Sexual , Comportamento do Adolescente , Modelos Educacionais , Cultura , Brasil , Estudos Retrospectivos , Colômbia , Dissertação Acadêmica
12.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(3): 840-846, jul.-set. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-906713

RESUMO

Objective: The study's goal has been to gain further knowledge about the experiences of family members of pregnant adolescents assisted by the Family Health Strategies in Montes Claros city, MG, about early pregnancy. Methods: It is a descriptive study with a qualitative approach, in which 10 relatives of pregnant adolescents were interviewed. Results: It was perceived by the research that the adolescents' relatives refer to sexuality as a sexual act only. Interviewees relate early gestation to various factors. The acceptance of pregnancy has been referred positively, even when it is unexpected. Conclusion: The behaviors adopted by the adolescents' relatives varies from advising up to providing family support, however, almost always assigning responsibility toward the adolescents. The predominant feeling due to the precocity of gestation is the conformism


Objetivo: Conhecer as experiências de familiares de adolescentes grávidas assistidas pelas ESF do município de Montes Claros/MG, acerca da gestação precoce. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa, no qual foram entrevistados 10 familiares de adolescentes grávidas. Resultados: Percebe-se com a pesquisa que os familiares referem a sexualidade como ato sexual somente. Os entrevistados relacionam a gestação precoce à vários fatores. A aceitação da gravidez é referida como positiva, mesmo quando inesperada. Conclusão: As condutas adotadas transitam desde o aconselhamento até a oferta de apoio familiar, mas quase sempre designando a responsabilidade para as adolescentes. O sentimento predominante é o de conformismo, devido à precocidade da gestação


Objetivo: Conocer las experiencias de la familia de las adolescentes embarazadas asistidas por municipio Montes del FSE Claros / MG, sobre el embarazo temprano. Metodos: Se realizó un estudio cualitativo descriptivo, que entrevistó a 10 familiares de las adolescentes embarazadas. Resultados: Se percibe a la investigación de la familia se refiere a la sexualidad, ya que sólo el coito. Los encuestados se relacionan con el embarazo temprano a varios factores. La aceptación de embarazo se denomina positiva, incluso cuando inesperado. Conclusion: Las tuberías adoptadas en tránsito desde el asesoramiento para ofrecer apoyo a la familia, pero a menudo la asignación de la responsabilidad de los adolescentes. La sensación predominante es el conformismo, debido a los embarazos precoces


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Gravidez , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Saúde do Adolescente , Família/psicologia , Gravidez na Adolescência , Comportamento do Adolescente
13.
Rev. enferm. atenção saúde ; 7(3): 76-88, out.-dez 2018. ilus
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-970391

RESUMO

Objetivo: analisar a correlação entre as taxas brutas de violência autoprovocada em adolescentes e ano de ocorrência e o padrão espacial da ocorrência dos casos notificados de violência autoprovocada em adolescentes. Método: estudo ecológico com tendência temporal, desenvolvido a partir de dados notificados no período de 2009 a 2014 referentes aos casos de violência autoprovocada em adolescentes residentes no Estado de Pernambuco, coletados por município pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação. Os dados foram analisados com o auxílio do programa TerraView, versão 4.2.2, a partir das bases cartográficas municipais de Pernambuco e quantitativo populacional fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Resultados: obteve-se correlação linear estatística positiva entre as variáveis representadas pelas taxas brutas e ano de ocorrência, além da inexistência de associação espacial significante. Conclusões: a aplicação de abordagens integradas que considerem a situação do entorno, configura-se em importante estratégia para construção de ações em saúde (AU).


Objective: to analyze the correlation between the gross rates of self-induced violence in adolescents and year of occurrence and the spatial pattern of the occurrence of reported cases of self-induced violence in adolescents. Method: ecological study with a temporal tendency, developed from data reported in the period from 2009 to 2014 referring to cases of self-violence in adolescents living in the state of Pernambuco, collected by municipality through the Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Information System for Notifiable Diseases). Data were analyzed with the aid of TerraView program, version 4.2.2, from the municipal cartographic bases of Pernambuco and population quantitative provided by the Brazilian Institute of Geography and Statistics. Results: linear statistical correlation was positive between the variables represented by gross rates and year of occurrence, besides the absence of significant spatial association. Conclusions: the application of integrated approaches that consider surrounding situations is an important strategy for constructing health actions (AU).


Objetivo: analizar la correlación entre las tasas brutas de violencia autoprovocada en adolescentes y año de ocurrencia y el patrón espacial de la ocurrencia de los casos notificados de violencia autoprovocada en adolescentes. Método: estudio ecológico con tendencia temporal, desarrollado a partir de datos notificados en el período de 2009 a 2014 referentes a los casos de violencia autoprovocada en adolescentes residentes en el Estado de Pernambuco, recolectados por municipio por el Sistema de Información de Agravios de Notificación. Los datos fueron analizados con la ayuda del programa TerraView, versión 4.2.2, a partir de las bases cartográficas municipales de Pernambuco y cuantitativo poblacional proporcionados por el Instituto Brasileño de Geografía y Estadística. Resultados: se obtuvo correlación lineal estadística positiva entre las variables representadas por las tasas brutas y año de ocurrencia, además de la inexistencia de asociación espacial significante. Conclusiones: la aplicación de enfoques integrados que consideren la situación del entorno, se configura en una importante estrategia para la construcción de acciones en salud (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Violência , Adaptação Psicológica , Comportamento do Adolescente , Análise Espacial , Promoção da Saúde
14.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(1): 24-30, jan.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031842

RESUMO

Objetivo: compreender a percepção do aluno adolescente sobre a saúde na escola. Método: estudoexploratório e descritivo, com abordagem qualitativa, à luz da fenomenologia de Maurice Merleau-Ponty,desenvolvida com 34 adolescentes do ensino médio do Instituto Federal Fluminense, campus Bom Jesus doItabapoana/RJ, Brasil. Os discentes foram submetidos à entrevista fenomenológica e os dados coletados foramsubmetidos à análise de conteúdo temática. Resultados: dos dados analisados emergiram dois temas, asaber:>; >. Conclusão: na medicina e enfermagem, a experiência da escuta do discente subsidiou areflexão crítica sobre a saúde na escola, o que permite sua reorientação nos moldes da assistênciahumanizada e holística, com amparo da educação em saúde e do acolhimento ao jovem no seu processo deformação, auxiliando-o na superação de situações que ameaçam seu pleno desenvolvimento.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , Adolescente , Percepção , Saúde do Adolescente , Serviços de Saúde Escolar , Acolhimento , Comportamento do Adolescente , Epidemiologia Descritiva
15.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 204 p. graf, tab, ilus.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1037874

RESUMO

A alimentação na adolescência possui múltiplos determinantes individuais e contextuais, cujo monitoramento em sistemas de vigilância pode subsidiar políticas públicas mais efetivas. Deste modo, esta tese objetivou investigar a alimentação de estudantes e sua relação com fatores individuais, familiares, comportamentais e indicadores macroeconômicos. Para isto, apresenta três artigos: 1) “Consumption of sugar-rich food products among Brazilian students: National School Health Survey (PeNSE 2012)”; 2) “Coexistence of risk behaviors for being overweight among Brazilian adolescents”; e 3) “Marcadores do consumo alimentar saudável e não saudável e indicadores macroeconômicos: Análise de estudantes de 74 países”. Os dois primeiros artigos possuem delineamento transversal e utilizaram dados de amostra representativa de estudantes brasileiros, de escolas públicas e privadas, de áreas urbanas e rurais, avaliados na Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE 2012). No Artigo 1, analisou-se o consumo de alimentos ricos em açúcar (guloseimas e refrigerantes) entre estudantes brasileiros e foram identificados os fatores associados a esse consumo. No segundo artigo, avaliou-se a magnitude e os aspectos relacionados à coexistência de comportamentos de risco para o excesso de peso (comportamento sedentário, consumo regular de alimentos ricos em açúcar e frituras, e irregular de frutas, verduras e legumes). O Artigo 3, de delineamento ecológico, foi realizado a partir de amostras representativas de estudantes brasileiros (Amostra 2 - PeNSE 2015) e de outros 73 países avaliados pela Global School-Based Student Health Survey (GSHS). O seu objetivo foi comparar as prevalências de consumo diário de marcadores de alimentação saudável (frutas, verduras e legumes) e não saudável (refrigerantes) entre estudantes destes 74 países, segundo indicadores macroeconômicos. O consumo regular de alimentos rico...


Adolescent food consumption has multiple individual and contextual determinants, whose monitoring in surveillance systems can support public policies that are more effective. Therefore, this thesis aimed to investigate the food consumption of students and its relation with individual, family, behavioral, and macroeconomic indicators. For this, it presents three articles: 1) "Consumption of sugar-rich food products among Brazilian students: National School Health Survey (PeNSE 2012)"; 2) "Coexistence of risk behaviors for being overweight among Brazilian adolescents"; and 3) "Markers of healthy and unhealthy food consumption and macroeconomic indicators: Analysis of students from 74 countries". The first two articles present a cross-sectional design and used from a representative sample of Brazilian students from public and private schools in urban and rural areas, evaluated in the National School Health Survey (PeNSE 2012). In article 1, the objective was to analyze the consumption of sugary foods (sweets and soft drinks) among Brazilian students and to identify the associated factors. The second article evaluated the magnitude and the aspects associated with the coexistence of risk behaviors for being overweight (sedentary behavior, regular consumption of sugary and fried foods, and irregular fruits and vegetables). Article 3 has an ecological design and was based on representative samples of Brazilian students (Sample 2 - PeNSE 2015) and from 73 other countries evaluated in the Global School-Based Student Health Survey (GSHS). The objective of this study was to compare the prevalence of daily consumption of healthy (fruits and vegetables) and unhealthy (soft drinks) food markers among students from these 74 countries, according to macroeconomic indicators. The regular consumption of sugary foods (sweets or soft drinks) was verified among 36.1% of Brazilian adolescents, and was higher among girls, 14-15 years old students, with higher maternal education...


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Consumo de Alimentos , Nutrição do Adolescente , Vigilância Nutricional , Bebidas Gaseificadas , Epidemiologia Nutricional , Comportamento Sedentário , Fatores Socioeconômicos , Fatores de Risco , Inquéritos e Questionários , Sobrepeso
16.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 16(1): 64-72, 2017. tab
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-877249

RESUMO

Objetivo: estimar a prevalência do consumo de drogas entre adolescentes escolares e a sua associação com variáveis sociodemográficas e sexuais. Método: estudo transversal realizado por meio de entrevista estruturada com 239 estudantes do ensino fundamental de uma escola pública da rede estadual da Bahia, Brasil. Os dados foram processados pelo programa Stata, versão 12, e analisados segundo a estatística descritiva e inferencial. Resultado: a prevalência de adolescentes que haviam consumido drogas no último mês foi de 25,92%. Houve associação estatística entre a variável consumo de drogas e religião (RP = 1,88 e IC95%= 1,03 ­ 3,41), série de estudo (RP = 2,0 e IC95% = 1,03 ­ 3,85) e trabalho (RP = 3,68 e IC95% = 1,08 ­ 12,54). Conclusão: identifi ou-se elevada prevalência de consumo de drogas entre adolescentes escolares e sua associação com a baixa escolaridade, a falta de prática religiosa e a precocidade no trabalho e na relação sexual. (AU)


Aim: to estimate the prevalence of drug use among school adolescents and its association with sociodemographic and sexual variables. Method: a cross-sectional study conducted through a structured interview with 239 elementary school students from a public school in the state of Bahia, Brazil. Data were processed by the Stata program, version 12, and analyzed according to descriptive and inferential statistics. Results: the prevalence of adolescents who had used drugs in the last month was 25.92%. There was a statistical association between variable drug use and religious identification (PR=1.88 and 95%CI=1.03 - 3.41), study series (PR=2.0 and 95%CI =1.03 - 3.85) and work (PR=3.68 and 95%CI =1.08-12.54). Conclusion: high prevalence of drug use among school-age adolescents and its association with low schooling, lack of religious practice, and precocious work and sexual intercourse were identified. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Usuários de Drogas , Usuários de Drogas/estatística & dados numéricos
17.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 141 p. ilus, graf, tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-983352

RESUMO

A aids é uma síndrome adquirida por meio da infecção pelo HIV, seja porcontato sexual ou sangue contaminado. A infecção pode atingir pessoas de todas asfaixas etárias, pois a transmissão ocorre desde o nascimento, durante o parto oupelo aleitamento materno, quando a mãe é infectada pelo HIV, além da transmissãosexual ou uso de seringas e materiais contaminados pelo sangue de pessoasinfectadas. O maior aumento de casos de aids está entre os jovens de 15 a 24 anos.Nos últimos oito anos, foram quase 30 mil novos casos nesse grupo da população, oque representa, em média, 10 novos casos por dia. Este quadro alerta para aimportância da promoção a saúde e prevenção de infecções sexualmentetransmissíveis (IST) e aids para esse grupo populacional. O descobrimento dasexualidade para o adolescente tem um caráter amplo, pois inclui crenças,mudanças de atitudes infantis e de posturas perante a sociedade, e faz parte do seucrescimento e desenvolvimento como pessoa e sujeito social. A promoção da saúdesexual é necessária para o conhecimento e autoconhecimento dos adolescentes emsuas novas descobertas sexuais, além do conhecimento e construção decomportamentos saudáveis no que diz respeito ao risco de infecção pelas ISTs eaids. Desse modo, surgem os questionamentos: como os adolescentes estãoencarando a sexualidade e a prevenção de HIV/aids? Quais são e como estãoconstituídas suas representações sobre estes dois assuntos? Buscar-se-ácompreender o que a aids significa para este grupo da população que está iniciandoa vida sexual e amorosa e cujas taxas de incidência de infecção pelo HIV sãocrescentes, em tempos de avanços nos tratamentos, mas sem a cura definitiva dadoença. O objetivo do presente estudo é, portanto, compreender representações deadolescentes de ambos os sexos sobre HIV/aids, com enfoque na sexualidade e navulnerabilidade às infecções sexualmente transmissíveis...


AIDS is a syndrome acquired through HIV infection, whether through sexual contact or contaminated blood. Infection can reach people of all age groups, since transmission occurs from birth, during childbirth or through breastfeeding, when the mother is infected with HIV, in addition to sexual transmission or use of syringes and materials contaminated with the blood of people infected. The highest increase in AIDS cases is among 15-24 years old. In the last eight years, there have been almost 30,000 new cases in this population group, which represents an average of 10 new cases per day. This chart highlights the importance of promoting health and prevention of sexually transmitted infections (STIs) and AIDS for this population group. The discovery of sexuality for the adolescent has a broad character, because it involves beliefs, changes of attitudes and infantile postures before the society, and is part of its growth and development as a person and social subject. The promotion of sexual health is necessary for the knowledge and self-knowledge of adolescents in their new sexual discoveries, besides the knowledge and construction of healthy behaviors with respect to the risk of infection by STIs and AIDS. In this way, the questions arise: how are adolescents facing sexuality and HIV / AIDS prevention? What are and how are their representations made on these two subjects? It will be sought to understand what AIDS means for this group of the population that is initiating a sexual and loving life and whose rates of incidence of HIV infection are increasing at times of advances in treatments but without definitive cure of the disease , With a focus on the ways of representing the representations and according to the social categories. The purpose of the present study is to understand representations of adolescents of both sexes on HIV / AIDS, focusing on sexualityand vulnerability to sexually transmitted infections...


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , Adulto Jovem , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/prevenção & controle , Comportamento do Adolescente/psicologia , Promoção da Saúde , Vulnerabilidade em Saúde , Sexualidade/psicologia , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Pesquisa Qualitativa
18.
Rev. gaúch. enferm ; 38(1): e69077, 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-845209

RESUMO

RESUMO Objetivo Identificar os fatores associados à iniciação tabágica em adolescentes escolares. Método Estudo transversal realizado em 2014 com 864 adolescentes do ensino médio do sul do Brasil. Os dados foram coletados por meio de instrumento com questões sociodemográficas, da aplicação da Escala de Fagerström e do Inventário de Depressão de Beck, sendo analisados por estatística descritiva, testes Exato de Fisher, Qui-quadrado, Mann-Whitney, T e Regressão de Poisson. Resultados Cinquenta e quatro adolescentes iniciaram o comportamento tabágico, desses 35 continuam fumando, com elevada dependência de nicotina. Estiveram associados ao tabagismo: cor parda (p=0,020), famílias monoparentais (p=0,006), regular relação familiar (p=0,003) e familiares usuários de drogas (p=0,04). Apresentaram razão de prevalência significativamente maior: masculino (p=0,038), maior renda familiar (p>0,001), morar com um membro da família (p>0,001), relação familiar regular (p>0,001). Conclusões Os fatores identificados como associados à iniciação tabágica, demonstram que existe a necessidade de construir apoio para estratégias de educação em saúde a fim de mudar esta realidade.


RESUMEN Objetivo Identificar los factores asociados con el inicio del tabaquismo en adolescentes estudiantes. Método Estudio transversal en 2014 con 864 adolescentes de la escuela secundaria en el Sur de Brasil. Recoge instrumento con preguntas sociodemográficas, aplicando el test de Fagerström Inventario de Depresión de Beck, analizados por estadística descriptiva, prueba exacta de Fisher, Chi-cuadrado, Mann-Whitney, T y de regresión de Poisson. Resultados Cincuenta y cuatro comenzaron el hábito de fumar, entre ellos, 35 permanecen fumando, con una alta dependencia de la nicotina. Se asociaron con el hábito de fumar personas pardas (p = 0,020), los padres solteros (p = 0,006), relación regular de la familia (p = 0,003) y los usuarios de drogas de la familia (p = 0,04). Ellos tenían significativamente más alta razón de prevalencia: masculino (p = 0,038), mayor ingreso familiar (p> 0,001), que viven con un miembro de la familia (p> 0,001), relación familiar normal (p> 0,001). Conclusiones Se identificaron como factores asociados con el inicio del tabaquismo mostrando que hay una necesidad de incrementar el apoyo a las estrategias de educación sanitaria para cambiar esta realidad.


ABSTRACT Objective To identify factors associated with smoking initiation in adolescent secondary school students. Method This is a cross-sectional study conducted in 2014 with 864 adolescents at a secondary school in southern Brazil. Data were collected using an instrument with sociodemographic questions, application of the Fagerström Nicotine Dependence Scale, and Beck Depression Inventory, and analysed using descriptive statistics, Fisher’s Exact test, Chi-square test, Mann-Whitney’s test, and the Poisson Regression test. Results Fifty-four of the adolescents started smoking, of which 35 continued smoking and exhibited high nicotine dependence. Smoking was associated with brown skin (p = 0.020), single-parent household (p = 0.006), a fair family relationship (p = 0.003), and drug users in the family (p = 0.04). A significantly higher prevalence ratio was detected for boys (p = 0.038), higher family income (p> 0.001), living with one family member (p> 0.001), and a fair family relationship (p> 0.001). Conclusions We identified factors associated with smoking initiation, revealing the importance of supporting health education strategies to change this reality.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Fumar/psicologia , Comportamento do Adolescente , Tabagismo/psicologia , Tabagismo/epidemiologia , Brasil/epidemiologia , Grupos Étnicos , Fumar/epidemiologia , Fatores Sexuais , Saúde da Família , Educação em Saúde , Prevalência , Estudos Transversais , Fatores de Risco , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/epidemiologia , Família de Pais Solteiros , Prevenção do Hábito de Fumar , Renda
19.
Rev. gaúch. enferm ; 38(4): e2016-80, 2017. graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem, LILACS | ID: biblio-901684

RESUMO

Resumo OBJETIVO Analisar as representações sociais de jovens católicos(as) quanto à prevenção ao HIV/AIDS e à sexualidade. MÉTODO Estudo misto, com base na teoria das representações sociais, realizado em 2015 com 84 jovens católicos participantes do grupo "Jornada Mundial da Juventude" no Facebook. Os dados foram coletados através da técnica de associação livre de palavras e entrevista em profundidade. Para análise das informações, foram usados os softwares Tri-Deux-Mots e Alceste. RESULTADOS A sexualidade é processada no campo representacional dos(as) jovens como sendo associada à prática sexual. Por sua vez, a prevenção ao HIV, fenômeno representado como intrínseco à sexualidade, ocorre com o uso de preservativos ou com a fidelidade dentro do matrimônio. CONCLUSÃO Jovens católicos representam a prevenção ao HIV/AIDS como fenômeno transversal à sexualidade, cujas práticas sexuais estão ancoradas tanto nos discursos hegemônicos quanto nos progressistas.


Resumen OBJETIVO Analizar las representaciones sociales de los(as) jóvenes católicos(as) sobre la prevención del VIH/SIDA y la sexualidad. MÉTODO Estudio mixto, basado en la teoría de las representaciones sociales, llevado a cabo en 2015 con 84 jóvenes participantes del grupo de católicos "Jornada Mundial de la Juventud" en Facebook. Los datos fueron recolectados a través de la técnica de la asociación libre de palabras y la entrevista en profundidad. Para el análisis de la información se utilizó el software Tri-Deux-Palabras y Alceste. RESULTADOS La sexualidad es procesada en el campo representacional de los(as) jóvenes como siendo asociada con la práctica sexual. A su vez, la prevención del VIH, fenómeno representado como intrínseco a la sexualidad, se produce con el uso de preservativos o con la fidelidad dentro del matrimonio. CONCLUSIÓN Jóvenes católicos(as) representan la prevención del VIH/SIDA como fenómeno transversal a la sexualidad, cuyas prácticas sexuales están ancladas tanto en los discursos hegemónicos como en los progresistas.


Abstract OBJECTIVE To analyze the the social representations of young Catholics about HIV/AIDS prevention and sexuality. METHOD Mixed study, based on the theory of social representations, held in 2015 with 84 young Catholics participating in the group "World Youth Day" on Facebook. The data were collected through the technique of free association of words and in-depth interview. For the information analysis, the software Tri-Deux-Mots and Alceste were used. RESULTS Sexuality is processed in the representational field of young people as being associated with the sexual practice. In turn, the prevention of HIV, a phenomenon represented as intrinsic to sexuality, occurs through the use of condoms or fidelity within marriage. CONCLUSION Young Catholics represent the prevention of HIV/AIDS as a transverse phenomenon to sexuality, whose sexual practices are anchored both in hegemonic and progressive discourses.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Catolicismo , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Comportamento Sexual/psicologia , Comportamento Sexual/estatística & dados numéricos , Valores Sociais , Tabu , Análise Fatorial , Comportamento do Adolescente , Preservativos/estatística & dados numéricos , Internet , Cultura , Sexo Seguro/psicologia , Sexo Seguro/estatística & dados numéricos , Associação Livre
20.
Rev. bras. enferm ; 69(6): 1147-1153, nov.-dez. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-829859

RESUMO

RESUMO Objetivos: compreender as representações cotidianas de jovens sobre a periferia, com a finalidade de compor os temas para programas midiáticos de educação sobre drogas. Método: abordagem marxista, com pesquisa-ação emancipatória e participação em oficinas de 13 jovens de uma escola pública da periferia de São Paulo. Resultados: entre os jovens há representações cotidianas contraditórias sobre o papel do Estado, que, de um lado, se ausenta para os direitos sociais e se apresenta para exercer o controle social na periferia e, de outro, é colocado como o interlocutor privilegiado para a melhoria das condições de trabalho e vida. Conclusão: a pesquisa-ação discutiu centralmente temas que circulam na esfera dos direitos sociais, alvo de reivindicação dos jovens participantes. Nota-se que é preciso ampliar a discussão para além da esfera do direito à cidadania, que constitui apenas parte do debate sobre as desigualdades sociais inerentes à exploração capitalista e às transformações necessárias à igualdade.


RESUMEN Objetivo: entender las representaciones cotidianas de jóvenes acerca de la periferia con el fin de crear temas para programa educativos sobre drogas en los medios de comunicación. Método: enfoque marxista, investigación participativa y emancipadora en talleres de trece jóvenes de una escuela pública en la periferia de São Paulo. Resultados: los jóvenes mostraron representaciones cotidianas contradictorias sobre el papel del Estado, que, por un lado, está ausente en los derechos sociales, pero presente para ejercer control social en la periferia y, por otro, es el interlocutor privilegiado para mejorar las condiciones laborales y de vida. Conclusión: la investigación-acción planteó temas que son comunes en los derechos sociales, principal reivindicación de los jóvenes participantes. La discusión necesita ampliarse, ir más allá del derecho a la ciudadanía, que es una parte del debate acerca de las desigualdades sociales inherentes a la explotación capitalista y a los cambios necesarios a la igualdad.


ABSTRACT Objectives: to understand everyday representations of young people about the peripheral areas, with the purpose of establishing topics to drug education media programs. Method: Marxist approach, with emancipatory action research and the participation in workshops of 13 youngsters from a public school of the peripheral area of São Paulo. Results: there are contradictory everyday representations about the State's role, which, on the one hand, does not guarantee social rights and exert social control over the peripheral areas and, on the other hand, is considered the privileged interlocutor for the improvement of life and work conditions. Conclusion: the action research discussed mainly topics related to social rights context, claim of the young participants. It is necessary to expand the discussion beyond the citizenship rights sphere, which is only part of the debate about social inequalities inherent in capitalist exploitation and the necessary transformations to build equality policies.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Justiça Social , Estudantes/psicologia , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias/prevenção & controle , Brasil , Educação em Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA