Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 217
Filtrar
1.
Enferm. foco (Brasília) ; 11(1): 57-62, jun. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1102527

RESUMO

Objetivo: compreender os conteúdos representacionais e suas origens a partir do esquecimento e da depressão em pessoas com idade ≥ 65 anos, identificando-se as aproximações e as diferenciações atribuídas ao declínio cognitivo. Metodologia: estudo qualitativo delineado na abordagem processual da Teoria das Representações Sociais, realizado numa Unidade de Atenção Primária à Saúde, numa cidade de Minas Gerais, Brasil. Entrevistas individuais em profundidade com gravação de áudio a partir de questões norteadoras. Conteúdos discursivos transcritos na íntegra e tratados em Programa NVivo Pro11, análise de conteúdo. Atendidos todos os aspectos ético-legais de pesquisa. Resultados: foram 49 participantes, cujos fragmentos de discurso permitiram identificar dimensões: comportamental, atitudinal, cognitivo, informativo, valorativo e objetival. A perda cognitiva foi percebida como algo peculiar ao envelhecimento e vinculada à presença da depressão. Conclusão: as representações sociais do esquecimento e depressão foram associadas ao isolamento social com origens vinculadas a problemas (pessoais, sociais ou familiares) identificadas a partir da observação do cotidiano. (AU)


Objective: to understand the representational contents and their origins from forgetfulness and depression in people aged ≥ 65 years, identifying the approaches and differentiations attributed to cognitive decline. Method: qualitative study outlined in the procedural approach of the Theory of Social Representations, conducted in a Primary Care Unit. to Health in a city of Minas Gerais, Brazil. Individual in-depth interviews with audio recording from guiding questions. Discursive content transcribed in full and treated in NVivo Pro11 Program, content analysis. Met all ethical and legal aspects of research. Results: 49 participants, whose speech fragments allowed us to identify dimensions: behavioral, attitudinal, cognitive, informative, evaluative and objective. Cognitive loss was perceived as peculiar to aging and linked to the presence of depression. Conclusion: the social representations of forgetfulness and depression were associated with social isolation with origins linked to problems (personal, social or family) identified from the observation of daily life. (AU)


Objectivo: comprender los contenidos de representación y sus orígenes del olvido y la depresión en personas de ≥ 65 años, identificando los enfoques y las diferencias atribuidas al deterioro cognitivo. Metodo: estudio cualitativo descrito en el enfoque procesal de la Teoría de las Representaciones Sociales, realizado en una Unidad de Atención Primaria. a la salud en una ciudad de Minas Gerais, Brasil. Entrevistas individuales en profundidad con grabación de audio de preguntas orientadoras. Contenido discursivo transcrito en su totalidad y tratado en el programa NVivo Pro11, análisis de contenido. Cumplió con todos los aspectos éticos y legales de la investigación. Resultados: 49 participantes, cuyos fragmentos de habla nos permitieron identificar dimensiones: conductuales, actitudinales, cognitivas, informativas, evaluativas y objetivas. La pérdida cognitiva se percibió como peculiar al envejecimiento y vinculada a la presencia de depresión. Conclusión: las representaciones sociales del olvido y la depresión se asociaron con el aislamiento social con orígenes vinculados a problemas (personales, sociales o familiares) identificados a partir de la observación de la vida cotidiana. (AU)


Assuntos
Enfermagem , Idoso , Envelhecimento , Depressão , Memória
2.
Coimbra; s.n; 01-02-2020. 95 p. tab.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1119916

RESUMO

As transições suscitam diferentes emoções que surgem muitas das vezes pelas dificuldades encontradas nos próprios processos de transição e das situações que as originam, podendo causar instabilidade, alterações na autoestima, mudanças no desempenho de papéis, ansiedade, depressão e insegurança, até que encontre um novo equilíbrio (Tavares, 2014). Esta investigação propôs-se determinar a influência da autoestima no consumo de substâncias, ansiedade, depressão e stresse nos estudantes do ensino superior com o intuito de sensibilizar para a possível necessidade de intervenção no âmbito da saúde mental e psiquiatria e particularmente do Enfermeiro Especialista em Saúde Mental e Psiquiatria (EESMP), assumindo este um papel essencial na promoção da saúde e na prevenção da doença. Este estudo, descritivo-correlacional e transversal, utiliza como instrumento de recolha de dados o ASSIST ­ Alcohol Smoking and Substance Involvement Screening Test, EADS- 21 ­ Escalas de Ansiedade, Depressão e Stresse versão de 21 itens e RSES ­ Rosenberg Self-esteem Scale (escalas devidamente validadas para a população portuguesa). Utiliza uma amostra constituída por 66 estudantes do 1º ano da licenciatura em enfermagem. Os resultados evidenciaram que: os estudantes com idades superiores apresentam uma autoestima mais alta; a autoestima correlaciona-se de modo muito significativo e inverso com o stresse, depressão e ansiedade; a autoestima correlaciona-se significativamente e inversamente com o risco de consumo de ansiolíticos/sedativos/hipnóticos; a autoestima apresenta uma correlação estatisticamente significativa com o risco de consumo de estimulantes do tipo anfetamina e de outras substâncias. Estes resultados evidenciam que existe efetivamente campo de intervenção no âmbito da saúde mental e psiquiatria e especificamente para o Enfermeiro Especialista em Saúde Mental e Psiquiatria.


Transitions evoque diferente emotions that often arise from the difficulties found in the transition processes themselves and from the situations that originate them, wich can cause instability, changes in self-esteem, changes in role performance, anxiety, depression and insecurity, until a new balance is found (Tavares, 2014). This investigation aimed to determine the influence of self-esteem on substance use, anxiety, depression and stress in univeristy students in order to raise awareness of the possible need for intervention in the field of mental health and psychiatry and particulary the Specialist Nurse in Mental Health and Psychiatry, assuming an essential role in health promotion and disease prevention. This descreptive-correlational and cross-sectional study uses ASSIST ­ Alcohol Smoking and Substance Involvement Screening Test, EADS-21 ­ Anxiety, Depession and Stress Scales 21-item version and RSES ­ Rosenberg Self-esteem Scale (scales properly validated as a data collection instrument for the Portuguese population). It uses a sample consisting of 66 students from the 1st year of the nursing degree. The results showed that: older students have a higher self-esteem; self-esteem correlates in a very significant and inverse way with stress, depression and anxiety; self-esteem correlates significantly and inversely with the risk of consumption of anxiolytics/sedatives/hypnotics; self-esteem has a statistically significant correlation with the risk of consuming amphetamine-type stimulants and other substances. These results show that there is an effective field of intervention in the scope of mental health and psychiatry and specifically for the Nurse Specialist in Mental Health and Psychiatry.


Assuntos
Ansiedade , Enfermagem Psiquiátrica , Autoimagem , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias , Depressão , Angústia Psicológica
3.
Referência ; serV(1): 19078-19078, jan. 2020. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1115133

RESUMO

Enquadramento: O programa de Primeiros Socorros em Saúde Mental (PSSM®) é uma das ferramentas educativas que pode contribuir de modo substancial para o incremento da literacia em saúde mental dos jovens estudantes do ensino superior. Objetivo: Avaliar a efetividade do programa de PSSM, na literacia em saúde mental acerca da depressão e da ansiedade em estudantes de enfermagem. Metodologia: Desenho pré-experimental, com grupo único, avaliação pré e pós intervenção, aplicado a uma amostra de 219 estudantes do 1.º ano do curso de enfermagem. Foi utilizado o Questionário de Avaliação da Literacia em Saúde Mental (QuALiSMental). Os dados foram analisados com recurso ao software IBM SPSS Statistics v24.0. Resultados: O programa mostra-se efetivo em termos de incremento da literacia em saúde mental, observando-se mudanças estatisticamente significativas em todas as dimensões analisadas, com valores de moderados a elevados nas medidas de tamanho de efeito. Conclusão: O programa PSSM revela ser adequado em contexto de integração dos estudantes ao ensino superior, podendo ser utilizado como medida preventiva e promotora da saúde mental.


Background: The Mental Health First Aid Program (MHFA®) is one of the educational tools that can contribute substantially to increasing the mental health literacy of young higher education students. Objective: To evaluate the effectiveness of the MHFA program, the mental health literacy rate about depression and anxiety in nursing students. Methodology: Pre-experimental design, with a single group, evaluation pre- and post-intervention, applied to a sample of 219 students in the 1st year of the bachelor's degree in nursing. The Questionnaire for Assessment of Mental Health Literacy (QuALiSMental) was used. The data were analyzed using IBM SPSS Statistics software v24.0. Results: The program is effective in increasing the mental health literacy rate. Statistically significant changes were observed in all dimensions analyzed, with moderate to high values in the effect size measures. Conclusion: The MHFA program reveals to be appropriate in the integration of higher education students and can be used as a preventative measure and to promote mental health.


Marco contextual: El programa de Primeros Auxilios para la Salud Mental (PSSM®) es una de las herramientas educativas que puede contribuir sustancialmente a aumentar los conocimientos sobre la salud mental de los jóvenes estudiantes de educación superior. Objetivo: Evaluar la efectividad del programa PSSM en la alfabetización de la salud mental sobre la depresión y la ansiedad en los estudiantes de enfermería. Metodología: Diseño preexperimental, con grupo único, evaluación pre y posintervención, aplicado a una muestra de 219 estudiantes del 1.er año de los estudios de enfermería. Se utilizó el Cuestionario de Evaluación de la Alfabetización en la Salud Mental (QuALiSMental). Los datos se analizaron con el programa IBM SPSS Statistics v. 24.0. Resultados: El programa es efectivo en el aumento de los conocimientos de salud mental, con cambios estadísticamente significativos en todas las dimensiones analizadas, con valores de moderados a altos en las mediciones del tamaño del efecto. Conclusión: El programa PSSM es apropiado en el contexto de la integración de los estudiantes a la enseñanza superior y puede utilizarse como medida preventiva y de promoción de la salud mental.


Assuntos
Ansiedade , Estudantes , Enfermagem , Depressão , Letramento em Saúde , Primeiros Socorros
4.
Rev Rene (Online) ; 21: 42171, 2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1053051

RESUMO

Objetivo: identificar os fatores associados à presença de ideação suicida em cuidadores de sobreviventes de acidente vascular encefálico. Métodos: pesquisa transversal, realizada com 151 cuidadores informais primários. Utilizaram-se da Escala de Depressão, Ansiedade e Estresse-21 (Depression Anxiety and Stress Scale) e de questionário para avaliação da presença de pensamentos de ideação suicida, cujos dados foram analisados por estatística descritiva e inferencial. Resultados: a maior parte dos cuidadores apresentou níveis normais de depressão (76,8%), ansiedade (76,2%) e estresse (79,5%), assim como a ausência de pensamentos de ideação suicida (70,9%). A correlação entre as escalas evidenciou que à medida que os níveis de ansiedade, depressão e estresse aumentam, os pensamentos de ideação suicida se elevam de maneira proporcional. Conclusão: observou-se que níveis elevados de depressão, ansiedade e estresse favoreceram o aumento da frequência de pensamentos de ideação suicida entre os cuidadores de sobreviventes de acidente vascular encefálico. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Cuidadores , Acidente Vascular Cerebral/enfermagem , Ideação Suicida , Ansiedade , Estresse Psicológico , Estudos Transversais , Fatores de Risco , Depressão
5.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 28: e3327, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1115742

RESUMO

Objective: to verify the association between the health-related quality of life of chronic renal patients on hemodialysis with sociodemographic, clinical, depression and medication adherence characteristics. Method: a cross-sectional study with 183 chronic renal patients undergoing hemodialysis in the state of Rio Grande do Sul, Brazil. A sociodemographic and clinical questionnaire, Kidney Disease and Quality of Life Short-Form, Beck Depression Inventory and Morisky Medication Adherence Scale - eight items were used. Among the variables, comorbidities, complications of kidney disease and intercurrences during and after hemodialysis were evaluated. The analysis was performed with descriptive and analytical statistics. Results: 55.2% of the patients were 60 years old or older, 35.0% were hypertensive, with regular quality of life, average of 62.61. Scores below average in the dimensions of quality of life were mainly associated with repetitive infections and edema as complications of the disease, pain during hemodialysis and weakness afterwards. Low drug adherence resulted in a worse quality of life, impacting ten of the 20 dimensions evaluated and depression in all, except for patient satisfaction. Conclusion: reduced quality of life in this population is associated with depressive symptoms, complications such as repetitive infections, pain and anemia, weakness after the dialysis session and low medication adherence. Actions aimed at changing these factors can promote well-being.


Objetivo: verificar a associação entre a qualidade de vida relacionada à saúde de pacientes renais crônicos em hemodiálise com as características sociodemográficas, clínicas, depressão e adesão medicamentosa. Método: pesquisa transversal com 183 pacientes renais crônicos em hemodiálise do Estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Foram utilizados questionário sociodemográfico e clínico, Kidney Disease and Quality of Life Short-Form, Inventário de Depressão de Beck e Escala de Adesão à Medicação de Morisky - oito itens. Entre as variáveis foram avaliadas comorbidades, complicações da doença renal e intercorrências durante e após a hemodiálise. A análise foi feita com estatística descritiva e analítica. Resultados: 55,2% dos pacientes tinham 60 anos ou mais, 35,0% eram hipertensos, com qualidade de vida regular, média de 62,61. Escores abaixo da média nas dimensões de qualidade de vida foram associados, principalmente, às infecções repetitivas e ao edema como complicações da doença, dor durante a hemodiálise e fraqueza após. A baixa adesão medicamentosa repercutiu em uma pior qualidade de vida com impacto em dez das 20 dimensões avaliadas e depressão em todas, exceto satisfação do paciente. Conclusão: a qualidade de vida reduzida nessa população associa-se aos sintomas depressivos, complicações como infecções repetitivas, dor e anemia, fraqueza após a sessão dialítica e baixa adesão medicamentosa. Ações direcionadas à modificação desses fatores podem promover bem-estar.


Objetivo: verificar la asociación entre la calidad de vida relacionada con la salud de los pacientes renales crónicos sometidos a hemodiálisis con las características sociodemográficas, clínicas, de depresión y de adhesión a la medicación. Método: estudio transversal con 183 pacientes renales crónicos sometidos a hemodiálisis en el estado de Rio Grande do Sul, Brasil. Se utilizaron cuestionario sociodemográfico y clínico, Kidney Disease and Quality of Life Short-Form, Inventario de Depresión de Beck y Escala de adhesión a la Medicación Morisky - ocho ítems. Entre las variables, se evaluaron las comorbilidades, las complicaciones de la enfermedad renal y las complicaciones durante y después de la hemodiálisis. El análisis se realizó con estadística descriptiva y analítica. Resultados: el 55.2% de los pacientes tenían 60 años o más, 35,0% eran hipertensos, con calidad de vida regular, promedio de 62.61. Puntuaciones por debajo del promedio en las dimensiones de calidad de vida se asociaron, principalmente, con infecciones repetitivas y edema como complicaciones de la enfermedad, dolor durante la hemodiálisis y debilidad posterior. La baja adhesión a los medicamentos repercutió en una peor calidad de vida, afectando diez de las 20 dimensiones evaluadas y la depresión en todos, excepto la satisfacción del paciente. Conclusión: la calidad de vida reducida en esta población se asocia con síntomas depresivos, complicaciones como infecciones repetitivas, dolor y anemia, debilidad después de la sesión de diálisis y baja adhesión a la medicación. Las acciones dirigidas a cambiar estos factores pueden promover el bienestar.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Qualidade de Vida , Diálise Renal , Depressão , Insuficiência Renal Crônica , Adesão à Medicação , Nefropatias
6.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 123-128, jan.-dez. 2020. tab, ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1048296

RESUMO

Objetivo: analisar a esperança de vida e a depressão em pessoas vivendo com HIV/Aids. Método: trata­se de uma pesquisa descritiva, quantitativa realizada com 17 pessoas com HIV/Aids que recebem atendimento em um Hospital de Referência para Doenças Infectocontagiosas no município de João Pessoa/PB, Brasil. Para coleta de dados utilizou-se uma Escala de Esperança de Vida e a Escala de Depressão HAM-D. Resultados: quanto ao tipo de exposição que levou ao diagnóstico de HIV/Aids 88,2%(15) revelaram o sexo desprotegido, o estado civil de maior prevalência foi o solteiro 58,8%(10). Os dados referentes a esperança de vida apresentaram escore médio 38,47±7,45, mediana 39, máximo 48 e mínimo 27. Conclusão: a fé e a esperança têm importantes valores, contribuindo na capacidade de lidar com situações difíceis e na manutenção da qualidade de vida, sendo facilitadoras das consequências psicossociais acerratadas por essa condição


Objective: to analyze life expectancy and depression in people living with HIV / Aids. Method: this is a descriptive, quantitative study of 17 people with HIV/Aids who receive care at a Reference Hospital for Infectious Diseases in the city of João Pessoa / PB, Brazil. A Life Expectancy Scale and the HAM-D Depression Scale were used for data collection. Results: regarding the type of exposure that led to the diagnosis of HIV/Aids, 88.2% (15) revealed unprotected sex, the single most prevalent civil status was the unmarried 58.8% (10). Life expectancy data presented a mean score of 38.47 ± 7.45, median 39, maximum 48 and minimum 27. Conclusion: faith and hope have important values, contributing to the capacity to deal with difficult situations and to maintain the quality of life, facilitating the psychosocial consequences of this condition


Objetivo: analizar la esperanza de vida y la depresión en las personas que viven con el VIH / SIDA. Método: se trata de una investigación descriptiva, cuantitativa realizada con 17 personas con VIH/SIDA que reciben atención en un Hospital de Referencia para Enfermedades Infectocontagiosas en el municipio de João Pessoa / PB, Brasil. Para la recolección de datos se utilizó una Escala de Esperanza de Vida y la Escala de Depresión HAM-D. Resultados: en cuanto al tipo de exposición que llevó al diagnóstico de VIH / SIDA el 88,2% (15) reveló el sexo desprotegido, el estado civil de mayor prevalencia fue el 58,8% (10). Los datos referentes a la esperanza de vida presentaron escore promedio 38,47 ± 7,45, mediana 39, máximo 48 y mínimo 27. Conclusión: la fe y la esperanza tienen importantes valores, contribuyendo en la capacidad de lidiar con situaciones difíciles y en el mantenimiento de la situación calidad de vida, siendo facilitadoras de las consecuencias psicosociales acorraladas por esa condición


Assuntos
Humanos , Expectativa de Vida , HIV , Depressão , Brasil
7.
Rev. bras. enferm ; 73(supl.1): e20190167, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1101565

RESUMO

ABSTRACT Objective: to verify the association of sociodemographic and clinical variables, life habits and functional capacity with symptoms indicative of depression in chronic renal patients on hemodialysis. Method: cross-sectional study developed from February to October of 2017 with 183 patients undergoing hemodialysis in two renal units located in the state of Rio Grande do Sul. Data collected with clinic and sociodemographic questionnaire and Beck Depression Inventory. Analysis with descriptive and analytical statistics and the chi-square test. Results: 55.2% of participants were elderly, 66.4% men, 90.7% retired, and 60.3% presented depressive symptoms. An association was found between symptoms indicative of depression and the female sex, greater number of comorbidities and post-hemodialysis intercurrences, emotional and physical symptoms, inactivity, failing to perform usual activities and the need for assistance in day-to-day. Conclusion: depressive symptoms are associated with burden of comorbidities, greater number of disease complications, hemodialytic intercurrences and functional dependence. Physical exercise practice can be an effective care strategy.


RESUMEN Objetivo: averiguar la asociación entre variables sociodemográficas, hábitos de vida y capacidad funcional con indicativos de depresión de pacientes renales crónicos en hemodiálisis. Método: investigación transversal desarrollada desde febrero a octubre de 2017, con 183 pacientes en hemodiálisis de dos unidades renales del estado de Rio Grande do Sul. Recolección de datos con cuestionario sociodemográfico y clínico e Inventario de Depresión de Back. Análisis con estadística descriptiva y analítica y teste Chi-cuadrado. Resultados: 55,2% de los participantes son ancianos, 66,4% hombres, 90,7% jubilados, 60,3% presentaron síntomas depresivos. Hubo asociación entre indicativos de depresión con sexo femenino, mayor número de comorbilidades y de complicaciones post diálisis, síntomas físicos, emocionales, inactividad, dejar de hacer actividades habituales y necesitar de ayuda en el día a día. Conclusión: síntomas de depresión se asocian a sobrecarga de las comorbilidades, mayor número de complicaciones de la enfermedad, ocurrencias post diálisis y dependencia funcional. Ejercicios físicos pueden ser estrategias efectivas de cuidado.


RESUMO Objetivo: verificar a associação entre variáveis sociodemográficas, clínicas, hábitos de vida e capacidade funcional com indicativos de depressão de pacientes renais crônicos em hemodiálise. Método: pesquisa transversal, desenvolvida de fevereiro a outubro de 2017 com 183 pacientes em hemodiálise de duas unidades renais do estado do Rio Grande do Sul. Coleta de dados a partir de questionário sociodemográfico e clínico e Inventário de Depressão de Beck. Análise com estatística descritiva e analítica e uso do teste qui-quadrado. Resultados: 55,2% dos participantes são idosos, 66,4% homens, 90,7% aposentados, 60,3% apresentaram sintomas depressivos. Houve associação entre indicativos de depressão com sexo feminino, maior número de comorbidades e intercorrências pós-hemodiálise, sintomas físicos, emocionais, inatividade, deixar de realizar atividades habituais e a necessidade de auxílio no dia a dia. Conclusão: sintomas de depressão estão associados à sobrecarga das comorbidades, maior número de complicações da doença, intercorrências hemodialíticas e dependência funcional. Exercícios físicos podem ser estratégias efetivas de cuidado.


Assuntos
Depressão , Exercício Físico , Insuficiência Renal
8.
Rev. enferm. atenção saúde ; 9(1): 39-51, jan./jul. 2020.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1117952

RESUMO

Objetivo: conhecer as relações de cuidado dos familiares de idosos com sintomas depressivos e a suas percepções acerca do desgaste do cuidador.Método: estudo qualitativo, com coleta de dados entre agosto e setembro de 2018, por meio de entrevista semiestruturada, submetidos à an6álise de conteúdo temática e organizados em três categorias.Resultados: participaram três cuidadores familiares. O cuidado empreendido ao idoso com sintomatologia depressiva por familiares é reconhecido como gratificante por poder contribuir com familiar, garantindo o estabelecimento de vínculos, porém este cuidado pode gerar sobrecargas nestes cuidadores.Conclusão: compreenderas implicações que norteiam a atividade de cuidado realizada por familiares pode nortear a criação/reorientação de políticas públicas, as quais ofereçam uma rede de suporte e amparo a esses cuidadores, contribuindo para sua qualidade de vida (AU).


Objective: to get acquainted the care relationships of family members of the elderly with depressive symptoms and their perceptions about the weariness of the caregiver. Method: qualitative study, with data collection between August and September of 2018, through semi-structured interviews, submitted to analysis of thematic content and organized into three categories.Results:three family caregivers participated. The care provided to the elderly with depressive symptoms by family members is recognized as gratifying for providing means to contribute to the family member, which can guarantee establishment of bonds, however this care has the potential to generate overload on these caregivers. Conclusion: understanding the implications that guide the care activity performed by family members can guide the creation/reorientation of public policies, which offer a network of support and support to these caregivers, contributing to their quality of life (AU).


Objetivo: conocer las relaciones de cuidado de los familiares de ancianos con síntomas depresivos y sus percepciones sobre el uso del cuidador. Método: estudio cualitativo, con recolección de datos entre agosto y septiembre de 2018, a través de entrevistassemiestructuradas, sometidas a análisis de contenido temático y organizadas en tres categorías. Resultados: participaron tres cuidadores familiares. La atención brindada a los ancianos con síntomas depresivos por parte de los familiares se reconoce como gratificante por poder contribuir con los familiares, asegurando el establecimiento de vínculos, pero esta atención puede causar sobrecargas en estos cuidadores. Conclusión: comprender las implicaciones que guían la actividad asistencial realizada por los miembros de la familia puede guiar la creación / reorientación de políticas públicas, que proporcionan una red de apoyo y apoyo para estos cuidadores, contribuyendo a su calidad de vida (AU).


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Idoso , Família , Cuidadores , Depressão , Pesquisa Qualitativa
10.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e41942, jan.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024511

RESUMO

Objetivo: analisar a incidência da sintomatologia depressiva entre lésbicas, gays, bissexuais e transexuais (LGBT), de dois cenários distintos, e sua relação com a sexualidade desses indivíduos. Método: pesquisa quantitativa, mediante análise estatística, realizada entre os anos de 2016 a 2018, e que aplicou o Inventário de Depressão de Beck - II (BDI- II) do Hospital Uiversitário Gaffrée e Guinle (HUGG) e na Escola de Enfermagem Alfredo Pinto (EEAP), ambos localizados no município do Rio de Janeiro. Participaram 76 pessoas. A pesquisa foi aprovada por Comitê de Ética. Resultados: No HUGG foi observado indicativo de depressão mínima. Na EEAP, foi observado indicativo de depressão moderada. As disparidades podem ser justificadas pela diferença de idade, os impactos do processo de disclosure e estigmas do portador de HIV. Conclusão: observouse que a família é fundamental na saúde mental entre LGBT e que é necessário mais pesquisas sobre o tema.


Objective: to examine the incidence of symptoms of depression among lesbian, gay, bisexual, and transgender (LGBT) people from two different scenarios, and their relationship with these individuals' sexuality. Method: this quantitative study, using statistical analysis was conducted between 2016 and 2018 by applying the Beck Depression Inventory - II (BDI-II) to 76 participants at the Gaffrée e Guinle University Hospital and the Alfredo Pinto School of Nursing, both in Rio de Janeiro city. The study was approved by the research ethics committee. Results: indications of minimal depression were found at the hospital, while at the school of nursing, indications of moderate depression were observed. These disparities may be explained by the age difference, the impacts of the disclosure process, and stigmas attached to people with HIV. Conclusion: the family was found to be fundamental in mental health among LGBT people, and further research on the subject is needed.


Objetivo: analizar la incidencia de sintomatología depresiva entre lesbianas, gays, bisexuales y transexuales (LGBT), en dos escenarios distintos, y la relación de esos individuos con su sexualidad. Método: investigación cuantitativa por medio de un análisis estadístico, realizada entre 2016 y 2018, con la aplicación del Inventario de Depresión de Beck-II (BDI-II) del Hospital Universitario Gaffrée e Guinle (HUGG) y en la Escuela de Enfermería Alfredo Pinto (EEAP), ambos ubicados en la ciudad de Río de Janeiro. Participaron 76 personas en total. La investigación fue aprobada por el Comité de Ética. Resultados: En el HUGG, se observó un indicativo de depresión mínima. En la EEAP, se observó un indicativo de depresión moderada. Las disparidades pueden estar justificadas por las diferencias de edad, los impactos del proceso de divulgación y los estigmas del portador del VIH. Conclusión: Se observó que la familia es fundamental para la salud mental LGBT y que hace falta más investigación sobre dicho tema.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Saúde Mental , Sexualidade , Depressão , Minorias Sexuais e de Gênero , Minorias Sexuais e de Gênero/psicologia , Estudos de Avaliação como Assunto
11.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e36091, jan.-dez. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005510

RESUMO

Objetivo: comparar a prevalência dos sintomas depressivos no idoso hospitalizado, mediante uso da Escala de Depressão Geriátrica­15 e por meio da avaliação realizada pelo enfermeiro na admissão do idoso. Método: estudo descritivo de abordagem transversal em hospital público de ensino. Utilizou-se a Escala de Depressão Geriátrica e instrumento com lista de sintomas depressivos, extraídos das características definidoras dos diagnósticos de enfermagem. Resultados: a prevalência de sintomas depressivos em idosos hospitalizados foi de 47%, segundo a Escala de Depressão Geriátrica, e de 25% segundo a avaliação do enfermeiro, no momento da admissão do paciente. Conclusão: a avaliação realizada pelo enfermeiro detectou baixa porcentagem dos sintomas depressivos no idoso em comparação ao instrumento específico para depressão.


Objective: : to compare the prevalence of depressive symptoms in hospitalized elderly using the Geriatric Depression Scale­15 and the nursing assessment of the older adult at admission. Method: this descriptive, cross-sectional study at a public teaching hospital used the Geriatric Depression Scale and an instrument listing depressive symptoms drawn from defining characteristics of nursing diagnoses. Results: the Geriatric Depression Scale returned a 47% prevalence of depressive symptoms in the hospitalized older adults, while the nursing assessment at admission found 25% prevalence. Conclusion: the nursing assessment detected a lower percentage of depressive symptoms in the older adults than the specific instrument for depression.


Objetivo: comparar la prevalencia de síntomas de depresión en el anciano hospitalizado, mediante uso de Escala de Depresión Geriátrica­15 y por medio de evaluación realizada por el enfermero en el momento de la admisión del anciano. Método: estudio descriptivo de abordaje transversal en hospital universitario. Se utilizó la Escala de Depresión Geriátrica y un instrumento con lista de síntomas de depresión, extraídos de las características definidoras de diagnósticos de enfermería. Resultados: la prevalencia de síntomas depresivos en ancianos hospitalizados fue del 47% según la Escala de Depresión Geriátrica y del 25% según evaluación del enfermero durante la admisión del paciente. Conclusión: la evaluación realizada por el enfermero detectó bajo porcentaje de síntomas de depresión en ancianos en comparación con el instrumento específico para la depresión.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Idoso , Depressão , Depressão/complicações , Depressão/enfermagem , Hospitais Gerais , Idoso/psicologia , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais , Enfermagem
12.
Coimbra; s.n; 01-10-2019. 86 p. tab.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1119922

RESUMO

O ingresso no ensino superior corresponde a um período complexo na vida dos jovens estudantes, sendo o processo de adaptação caracterizado por um conjunto diverso de desafios, como o estabelecimento de novas relações e vínculos interpessoais e sociais, a descoberta do ambiente e vivências académicas e os novos métodos de ensino/aprendizagem. É expectável que a sua autonomia se acentue e que estes se adaptem com sucesso ao novo contexto e às exigências decorrentes desta nova etapa da sua vida. O programa de Primeiros Socorros em Saúde Mental (PSSM) é uma das ferramentas educacionais utilizadas no contexto da promoção da literacia em saúde mental (LSM) que permite capacitar os jovens para lidar com os problemas relacionados com a sua SM e dos seus pares. Este estudo tem como objetivo avaliar a efetividade do programa de PSSM em estudantes do 1.º ano do curso de Enfermagem, utilizando um desenho pré-experimental, com avaliação pré e pós intervenção. A intervenção teve a duração de 9 horas, sendo o programa aplicado a uma amostra aleatória de 36 estudantes com uma média de idades de 18,64 anos (DP=1,78 anos). O instrumento de colheita de dados utilizado foi o QuALiSMental. Os resultados obtidos permitem verificar que o programa é efetivo em termos de incremento da LSM associada à depressão e à ansiedade, intenção de procura de ajuda, confiança para prestar ajuda, assim como reduz o estigma pessoal associado à depressão.


Entering higher education corresponds to a complex period in the lives of young students, and the adaptation process is characterized by a diverse set of challenges, such as the establishment of new interpersonal and social relationships, the discovery of the environment and academic experiences and new teaching/learning methods. It is expected that their autonomy will be enhanced and that they will successfully adapt to the new context and the demands arising from this new stage of their life. The Mental Health First Aid program (PSSM) is one of the educational tools used in the context of the promotion of mental health literacy (MHL) that enables young people to deal with problems related to their MH and their peers. This study aims to evaluate the effectiveness of the PSSM program in 1st year nursing students, using a pre-experimental design, with pre and post intervention evaluation. The intervention lasted 9 hours and the program was applied to a random sample of 36 students with an average age of 18.64 years (SD = 1.78 years). The data collection instrument used was the QuALiSMental. The results show that the program is effective in terms of increased MHL associated with depression and anxiety, intention to seek help, confidence to provide help, as well as reducing the personal stigma associated with depression.


Assuntos
Ansiedade , Enfermagem Psiquiátrica , Saúde Mental , Adolescente , Depressão , Letramento em Saúde , Primeiros Socorros
13.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(253): 2967-2972, jun.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1025617

RESUMO

Objetivo: Identificar na literatura a ocorrência de depressão em mulheres com câncer de mama submetidas ao tratamento quimioterápico e radioterápico. Método: Tratou-se de uma revisão integrativa, utilizando os descritores: câncer de mama e depressão. Foram realizadas buscas nas bases de dados LILACS, SciELO e Pubmed, referente ao período de 2005 a 2018. Resultados: Após a aplicação dos critérios de inclusão e exclusão compuseram a pesquisa vinte e dois artigos. Observou-se que os sintomas depressivos foram comuns em mulheres com câncer de mama e submetidas aos tratamentos quimioterápicos e radioterápicos, variando de 51,5% a 95%. A prevalência de depressão maior variou de 1,78% a 12,40%, na literatura estudada. A depressão interferiu negativamente na adesão ao tratamento e na qualidade de vida dessas pacientes. Conclusão: O paciente oncológico precisa de apoio emocional prestado pela enfermagem e equipe multiprofissional, contribuindo para reduzir as complicações cognitivas, afetivas e comportamentais decorrentes do tratamento.(AU)


Objective: To identify in the literature the occurrence of depression in women with breast cancer submitted to chemotherapeutic and radiotherapeutic treatment. Method: This was an integrative review using the descriptors: breast cancer and depression. Were searched the LILACS, SciELO e Pubmed databases for the period 2005 to 2018. Results: After applying the inclusion and exclusion criteria, twenty-two articles were included in the study. It was observed that depressive symptoms were common in women with breast cancer and submitted to chemotherapeutic and radiotherapeutic treatments ranging from 51.5% to 95%. The prevalence of major depression ranged from 1.78% to 12.40% in the literature. Depression negatively interfered with treatment adherence and quality of life in these patients. Conclusion: The cancer patient needs emotional support provided by the nursing and multiprofessional team, contributing to reduce the cognitive, affective and behavioral complications resulting from the treatment.(AU)


Objetivo: Identificar en la literatura la ocurrencia de depresión en mujeres con cáncer de mama sometidas al tratamiento quimioterápico y radioterápico. Método: Se trata de una revisión integrativa, utilizando los descriptores: cáncer de mama y depresión. Se realizaron búsquedas en las bases de datos LILACS, SciELO e Pubmed, referente al período de 2005 a 2018. Resultados: Después de la aplicación de los criterios de inclusión y exclusión compusieron la investigación veintidós artículos. Se observó que los síntomas depresivos fueron comunes en mujeres con cáncer de mama y sometidas a los tratamientos quimioterápicos y radioterápicos, variando del 51,5% al 95%. La prevalencia de depresión mayor varió de 1,78% a 12,40%, en la literatura estudiada. La depresión interfirió negativamente en la adhesión al tratamiento y en la calidad de vida de esas pacientes. Conclusión: El paciente oncológico necesita apoyo emocional prestado por la enfermería y equipo multiprofesional, contribuyendo para reducir las complicaciones cognitivas, afectivas y comportamentales derivadas del tratamiento.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Neoplasias da Mama , Saúde da Mulher , Depressão/prevenção & controle , Tratamento Farmacológico , Cuidados de Enfermagem
14.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(253): 2973-2978, jun.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1025618

RESUMO

Objetivou-se realizar uma busca de publicações cientificas na base de dados sobre a depressão nos estudantes de enfermagem, com o propósito de responder à questão norteadora: Como a depressão pode prejudicar o desenvolvimento acadêmico, a saúde e futuro profissional dos graduandos de Enfermagem? Trata-se de uma revisão integrativa realizada em abril de 2019 com os descritores: "estudantes de enfermagem" e "depressão", com uso da estratégia de busca da aplicação do conector booleano "AND", na Biblioteca Virtual em Saúde. Foram selecionados 14 estudos e elaboradas as seguintes categorias para discussão: O Inventário Beck de Depressão como instrumento de avaliação, Principais fatores associados ao desenvolvimento da Depressão nos graduandos de enfermagem e Consumo de antidepressivos entre os acadêmicos de enfermagem. Conclui-se que há a importância de discutir a qualidade de vida desse estudante, a metodologia de ensino, e a implementação de núcleo de apoio psicológico. Considerando que para o aprendizado ocorrer de forma eficaz, o aluno precisa estar bem em todos aspectos, pois a formação desse profissional implicará no cuidado de outra pessoa, o paciente.(AU)


The aim of this study was to search the scientific literature in the database on depression in nursing students, in order to answer the guiding question: How can depression affect academic development, the health and professional future of Nursing undergraduate students? This is an integrative review conducted in April 2019 with the descriptors: "nursing students" and "depression", using the search strategy of the Boolean connector "AND", in the Virtual Health Library. studies and elaborated the following categories for discussion: The Beck Inventory of Depression as an instrument of evaluation, Main factors associated with the development of Depression in Nursing Graduates and Consumption of antidepressants among nursing academics. It is concluded that it is important to discuss the quality of life of this student, the teaching methodology, and the implementation of a nucleus of psychological support. Considering that for learning to occur effectively, the student needs to be well in all aspects, since the training of this professional will involve the care of another person, the patient.(AU)


Se pretendió realizar una búsqueda de publicaciones científicas en la base de datos sobre la depresión en los estudiantes de enfermería, con el propósito de responder a la cuestión orientadora: ¿Cómo la depresión puede perjudicar el desarrollo académico, la salud y futuro profesional de los graduandos de Enfermería? Se trata de una revisión integrativa realizada en abril de 2019 con los descriptores: "estudiantes de enfermería" y "depresión", con uso de la estrategia de búsqueda de la aplicación del conector booleano "AND", en la Biblioteca Virtual en Salud. estudios y elaboradas las siguientes categorías para discusión: El Inventario Beck de Depresión como instrumento de evaluación, Principales factores asociados al desarrollo de la Depresión en los graduandos de enfermería y Consumo de antidepresivos entre los académicos de enfermería. Se concluye que hay la importancia de discutir la calidad de vida de ese estudiante, la metodología de enseñanza, y la implementación de núcleo de apoyo psicológico. Considerando que para el aprendizaje ocurre de forma eficaz, el alumno necesita estar bien en todos los aspectos, pues la formación de ese profesional implicará en el cuidado de otra persona, el paciente.(AU)


Assuntos
Humanos , Enfermagem Psiquiátrica , Estudantes de Enfermagem , Educação de Pacientes como Assunto , Depressão , Promoção da Saúde
15.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(5): 1454-1464, maio 2019. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024629

RESUMO

Objetivo: analisar as evidências sobre práticas tradicionais e complementares implementadas por profissionais da saúde para a melhoria da qualidade de vida e depressão de pacientes renais crônicos em hemodiálise. Método: trata-se de estudo bibliográfico, tipo revisão integrativa, com artigos originais publicados de 2012 a setembro de 2017 nas bases BDENF, LILACS, MEDLINE, Scopus e Web of Science. Analisaram-se 26 artigos a partir de figuras. Resultados: evidenciaram-se qualidade de vida prejudicada pela doença renal e hemodiálise e escores de depressão entre 10,2 e 33,6; implantaram-se, mais frequentemente, atividades do tipo mente-corpo, terapia física e outras práticas para a saúde, além do uso de produtos naturais, respectivamente. Incluíram-se, entre as abordagens mente-corpo, atividades educativas, musicoterapia, terapia psicológica e outras, que reduziram a depressão e melhoraram a qualidade de vida. Conclusão: constatou-se que as práticas tradicionais e complementares compreenderam, principalmente, abordagens mente-corpo, que produtos naturais merecem mais investigações e tais ações podem melhorar a qualidade de vida, os sintomas depressivos e devem ser utilizadas para qualificar o cuidado.(AU)


Objective: to analyze the evidence on traditional and complementary practices implemented by health professionals to improve the quality of life and depression of chronic renal patients on hemodialysis. Method: this is a bibliographical study, type integrative, with original articles published from 2012 to September 2017 in the databases BDENF, LILACS, MEDLINE, Scopus and Web of Science. We analyzed 26 articles from figures. Results: quality of life was impaired by renal disease and hemodialysis and depression scores between 10.2 and 33.6; mind-body activities, physical therapy and other health practices, as well as the use of natural products, were implemented more frequently. Included among mind-body approaches were educational activities, music therapy, psychological therapy and others, which reduced depression and improved quality of life. Conclusion: it was found that traditional and complementary practices mainly understood mind-body approaches, that natural products deserve further investigation and such actions can improve quality of life, depressive symptoms and should be used to qualify care.(AU)


Objetivo: analizar las evidencias sobre prácticas tradicionales y complementarias implementadas por profesionales de la salud para mejorar la calidad de vida y depresión de pacientes renales crónicos en hemodiálisis. Método: se trata de un estudio bibliográfico, tipo revisión integrativa, con artículos originales publicados de 2012 a septiembre de 2017 en las bases BDENF, LILACS, MEDLINE, Scopus y Web of Science. Se analizaron 26 artículos a partir de figuras. Resultados: se evidenció calidad de vida perjudicada por la enfermedad renal y hemodiálisis, puntajes de depresión entre 10,2 y 33,6; se implantó más a menudo actividades del tipo mente-cuerpo, terapia física y otras prácticas para la salud, y uso de productos naturales, respectivamente. Se incluyeron entre los abordajes mente-cuerpo actividades educativas, musicoterapia, terapia psicológica y otras, que redujeron depresión y mejoraron calidad de vida. Conclusión: se constató que las prácticas tradicionales y complementarias comprendieron principalmente abordajes mente-cuerpo, que productos naturales merecen más investigaciones y tales acciones pueden mejorar la calidad de vida, síntomas depresivos y ser utilizadas para calificar el cuidado.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Qualidade de Vida , Terapias Complementares , Exercício Físico , Diálise Renal , Terapias Mente-Corpo , Depressão , Insuficiência Renal Crônica , MEDLINE , LILACS
16.
Referência ; serIV(20): 9-18, mar. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1098576

RESUMO

Enquadramento: O programa educacional de Primeiros Socorros em Saúde Mental (PSSM®), tem o potencial de aumentar a literacia em saúde mental, reduzir o estigma pessoal e consciencializar os indivíduos em prol da saúde mental. Objetivo: Avaliar o impacto do programa de PSSM, na literacia em saúde mental dos estudantes de enfermagem. Metodologia: Estudo pré-experimental, com desenho de grupo único, avaliação pré e pós intervenção, aplicado a uma amostra de 46 estudantes do curso de licenciatura em enfermagem. O instrumento de colheita de dados utilizado foi o Questionário de Avaliação da Literacia em Saúde Mental (QuALiSMental). Os dados foram analisados com recurso aos softwares IBM SPSS Statistics V24.0 e G-Power 3.1. Resultados: Os estudantes, no fim da frequência do programa, revelaram uma melhoria em todas as componentes da literacia em saúde mental acerca da depressão, aumentando ainda a confiança para prestar primeiros socorros. Conclusão: O programa evidencia ser uma ferramenta adequada para o incremento da literacia em saúde mental dos estudantes de enfermagem.


Background: The Mental Health First Aid (MHFA®) educational program has the potential to increase mental health literacy, reduce personal stigma, and empower individuals for their mental health. Objective: To evaluate the impact of MHFA training program in undergraduate nursing students. Methodology: Pre-experimental study, with a single group design, pre- and post-intervention assessment, applied to a sample of 46 undergraduate nursing students. The Questionnaire for Assessment of Mental Health Literacy was applied as a data collection tool. The data were analyzed using the IBM SPSS V24.0 and G-Power 3.1 software programs. Results: At the end of the program, students showed an improvement in all components of mental health literacy about depression, increasing their confidence to provide first aid. Conclusion: The program proves to be an adequate tool for increasing the mental health literacy of nursing students.


Marco contextual: El Programa Educativo de Primeros Auxilios de Salud Mental (PSSM®) tiene el potencial de aumentar la alfabetización en salud mental, reducir el estigma personal y concienciar a las personas sobre la salud mental. Objetivo: Evaluar el impacto del programa PSSM en la alfabetización en salud mental de los estudiantes de enfermería. Metodología: Estudio preexperimental, con diseño de grupo único, evaluación pre y posintervención, aplicado a una muestra de 46 estudiantes del grado de enfermería. El instrumento de recogida de datos utilizado fue el Cuestionario de Evaluación de la Alfabetización en Salud Mental (QuALiSMental). Los datos se analizaron mediante el programa IBM SPSS Statistics V24.0 y G-Power 3.1. Resultados: Los estudiantes, al final de haber asistido al programa, mostraron una mejora en todos los componentes de la alfabetización en salud mental sobre la depresión, y una mayor confianza para proporcionar primeros auxilios. Conclusión: El programa demuestra que es una herramienta adecuada para el aumento de la alfabetización en salud mental de los estudiantes de enfermería.


Assuntos
Saúde Mental , Adolescente , Enfermagem , Depressão , Letramento em Saúde , Primeiros Socorros
17.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(3): 811-818, mar. 2019. ilus, graf, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1015769

RESUMO

Objetivo: analisar a importância do papel da Enfermagem em relação a mulheres portadoras de endometriose acometidas por depressão. Métodos: trata-se um estudo bibliográfico, tipo revisão integrativa, com busca nas bases de dados LILACS, BDENF, MEDLINE e IBECS. Selecionaram-se artigos trilíngues na íntegra, no período de 2008 a setembro de 2018. Coletaram-se as informações a partir de um instrumento, apresentaram-se os resultados por meio de figuras e os discutiram com a literatura. Resultados: selecionaram-se oito artigos para análise. Mostrou-se a importância do papel do enfermeiro no enfrentamento da endometriose associada aos distúrbios de depressão. Sabe-se que a endometriose afeta a vida cotidiana das mulheres, dificultando as suas atividades diárias, as suas relações pessoais e interferindo na sua capacidade reprodutiva. Compromete-se, ainda mais, a qualidade de vida à medida que os sintomas se tornam mais graves. Conclusão: conclui-se que, para melhorar a qualidade de vida da mulher portadora de endometriose, o enfermeiro deve garantir o conhecimento e o empoderamento das mulheres para que o sofrimento seja amenizado.(AU)


Objective: to analyze the importance of the role of nursing in relation to women with endometriosis affected by depression. Methods: this is a bibliographical study, type integrative, with search in the LILACS, BDENF, MEDLINE and IBECS databases. Trilingual articles were selected in full, from 2008 to September 2018. Information was collected from an instrument, the results were presented by figures and discussed with the literature. Results: eight papers were selected for analysis. The importance of the role of nurses in coping with endometriosis associated with disorders of depression has been shown. It is known that endometriosis affects the daily life of women, hindering their daily activities, their personal relationships and interfering in their reproductive capacity. It further compromises quality of life as symptoms become more severe. Conclusion: it is concluded that, in order to improve the quality of life of women with endometriosis, nurses must guarantee the knowledge and empowerment of women so that suffering is reduced.(AU)


Objetivo: analizar la importancia del papel de la enfermería en relación a mujeres portadoras de endometriosis acometidas por depresión. Métodos: se trata de un estudio bibliográfico, tipo revisión integrativa, con búsqueda en las bases de datos LILACS, BDENF, MEDLINE e IBECS. Se seleccionaron artículos trilingües en su totalidad, en el período de 2008 a septiembre de 2018. Se recogen las informaciones a partir de un instrumento, se presentaron los resultados por medio de figuras y los discutieron con la literatura. Resultados: se seleccionaron ocho artículos para análisis. Se mostró la importancia del papel del enfermero en el enfrentamiento de la endometriosis asociada a los disturbios de depresión. Se sabe que la endometriosis afecta la vida cotidiana de las mujeres, dificultando sus actividades diarias, sus relaciones personales e interfiriendo en su capacidad reproductiva. Se compromete, aún más, la calidad de vida a medida que los síntomas se vuelven más graves. Conclusión: se concluye que, para mejorar la calidad de vida de la mujer portadora de endometriosis, el enfermero debe garantizar el conocimiento y el empoderamiento de las mujeres para que el sufrimiento sea amenizado.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Qualidade de Vida , Saúde da Mulher , Papel do Profissional de Enfermagem , Depressão , Depressão/enfermagem , Endometriose , Endometriose/enfermagem , Relações Enfermeiro-Paciente , MEDLINE , LILACS
18.
Rev. enferm. neurol ; 18(1): 29-40, ene-abr. 2019.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1095569

RESUMO

Introducción: el término estrés es difícil de definir, empero en nuestra sociedad se ha convertido en una palabra cotidiana. Este es cada vez más importante en el ámbito laboral; pues, entre la demanda laboral y personal viene una insatisfacción, tanto psicológica como fisiológica; es la interacción entre la persona y el medio ambiente, es decir, se altera el equilibrio y cuando pasa esto experimentamos el estrés. Las teorías psicológicas de Selye, Lazarus y Beck establecen el estrés, ansiedad y depresión; como un trastorno mental. Objetivo: determinar los factores asociados con el estrés, ansiedad y depresión en el personal de enfermería con variables personales y laborales. Material y métodos: estudio observacional, transversal, con una n=106 enfermeras, se aplicaron los cuestionarios NSS, Goldberg y Beck , se hizo el análisis de datos mediante estadística descriptiva, Pearson y ANOVA. Resultados: 88% mujeres, 12% hombres. Presentan: depresión leve: 40%, moderada: 22% grave: 1%, ansiedad, p = 0,000 en depresión y ansiedad en mayor proporción en mujeres frente a la muerte de un paciente, sobrecarga de trabajo, conocimiento insuficiente, miedo de estar equivocado, problemas con el superior inmediato y colegas. En ANOVA calificó, depresión: 1.17, ansiedad: 1.08, con variables laborales edad: 1.31, categoría: enfermeras especializadas: 1.26, turno de noche: 1.23. Conclusión: el ambiente de trabajo afecta la presencia de estrés, depresión y ansiedad, se recomienda identificar los desencadenantes y evidencias, por tanto, se infiere que después de la intervención se reduce.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Ansiedade , Depressão , Enfermeiras e Enfermeiros
19.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1174, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005452

RESUMO

Objetivo: compreender a relação entre a depressão e o histórico de violência em mulheres. Método: trata-se de estudo exploratório e descritivo, com abordagem qualitativa, realizado entre os meses de janeiro e abril de 2017, com mulheres que apresentavam diagnóstico de depressão, sendo acompanhadas em um Centro de Atenção Integral à Saúde na cidade de João Pessoa, Paraíba, Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevistas, utilizando um roteiro semiestruturado. As falas foram processadas pelo software IRaMuTeQ e analisadas por meio da técnica de análise de conteúdo, buscando-se identificar os temas de mais relevância para a problemática investigada. Resultados: entre as participantes, 29 tinham história de violência, sendo a maior parte das agressões praticada por parceiros íntimos. Observou-se que os termos mais citados pelas mulheres foram: não, medo, marido, sofrimento, bater, apanhar, violência e problema. Mediante as falas das mulheres, foi evidenciado que as agressões sofridas foram o principal motivo para o desenvolvimento da depressão. Conclusão: observou-se a existência de uma marcante relação entre depressão e histórico de violência nas mulheres. Foi evidenciado que as entrevistadas sofreram agressões que perduraram desde a infância até a vida adulta, relacionando-se ao fenômeno da transgeracionalidade e afetando diretamente a sua saúde mental.(AU)


Objective: to understand the relationship between depression and the history of violence in women. Method: This is an exploratory and descriptive study, with a qualitative approach, carried out between January and April 2017, with women diagnosed with depression, followed up at a Comprehensive Health Care Center in the city of João Pessoa, Paraíba, Brazil. Data were collected through interviews, using a semi-structured script. The speeches were processed by the IRaMuTeQ software and analyzed through the content analysis technique, aiming to identify the most relevant topics for the problem investigated. Results: twenty-nine participants had a history of violence, with most of the aggressions practiced by intimate partners. The terms most cited by women were: no, fear, husband, suffering, beat, hit, violence and problem. The statements of women showed that the aggressions suffered were the main reason for the development of depression. Conclusion: there was a strong relationship between depression and a history of violence in these women. The interviewees suffered aggressions that lasted from childhood to adulthood, related to the phenomenon of transgenerational trauma and directly affecting their mental health.(AU)


Objetivo: entender la relación entre la depresión y el historial de violencia contra las mujeres. Método: estudio exploratorio descriptivo, de enfoque cualitativo, realizado entre los meses de enero y abril de 2017, con mujeres con diagnóstico de depresión, en seguimiento en un centro de Atención Integral de Salud en la ciudad de João Pessoa, Paraíba, Brasil. Los datos fueron recogidos por medio de entrevistas, con un cuestionario semiestructurado. Las charlas fueron procesadas por el software...(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Agressão , Depressão , Violência contra a Mulher , Saúde da Mulher
20.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 275-280, jan. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1007759

RESUMO

Objetivo: descrever a experiência do uso da tecnologia educativa como forma de empoderar o adolescente de escola pública sobre a depressão e os fatores associados à mesma. Método: trata-se de estudo descritivo, tipo relato de experiência, oriundo de intervenções realizadas por integrantes do grupo de pesquisa Laboratório de Tecnologias de Informação e Comunicação em Saúde, de uma universidade federal. Informa-se que as ações ocorreram mediante a aplicação de um jogo educativo desenvolvido pela equipe para trabalhar a temática depressão na adolescência. Resultados: proporcionou-se, por meio da atividade educativa, associada ao jogo, a criação de um contexto favorável ao diálogo acerca dos fatores associados à depressão em adolescentes, a partir da ludicidade e da interação ativa dos participantes. Conclusão: percebeu-se um ambiente favorável ao compartilhamento do conhecimento em saúde para os estudantes viabilizado pela utilização de tecnologia educativa, sendo estratégia no incentivo ao empoderamento dos adolescentes na busca do autocuidado.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Jogos e Brinquedos , Educação em Saúde , Adolescente , Tecnologia Educacional , Saúde do Adolescente , Depressão , Promoção da Saúde , Epidemiologia Descritiva
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA