Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 27
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rio de Janeiro; s.n; 2020. 100 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1096705

RESUMO

A Fibromialgia é uma doença crônica, de etiologia multifatorial complexa cujo principal sintoma é a dor física. No entanto, as repercussões são imensuráveis, causando transtornos psíquicos, emocionais, cognitivos e limitações no cotidiano das pessoas, que passam a viver em função da doença e do tratamento, se abstendo da vida funcional. Portanto é fundamental a compreensão de que é possível, não apenas ter o controle da situação, mas também gerenciar a própria dor, entendendo como e quando ela se desencadeia, prevenindo o aparecimento, investindo no autocuidado, prezando a conscientização corporal, mudanças nos hábitos de vida, levando em consideração a cultura, o contexto em que vivem e a visão de mundo. Objetivo geral: analisar a experiência de mulheres que vivenciam a Fibromialgia em relação ao estilo de vida e suas repercussões no autogerenciamento cotidiano da dor. Objetivos específicos: Identificar nas narrativas de vida de mulheres com Fibromialgia situações que expressem as experiências de dor; descrever as atividades relacionadas à cultura e transformações do estilo de vida; discutir recursos para o autogerenciamento da dor a partir da perspectiva transcultural. Utilizou-se como referencial teórico o Cuidado Transcultural de Madeleine Leininger. Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, guiada pelo método Narrativas de Vida, desenvolvida em 2019, com 14 mulheres que vivenciam a fibromialgia, integrantes do grupo interdisciplinar de tratamento e acompanhamento no Laboratório de Fisiologia Aplicada à Educação Física do Instituto de Educação Física e Desportos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (LAFISAEF-IEFD/UERJ). A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética da UERJ sob o Protocolo n°04899018.1.0000.5282. Os dados foram produzidos por meio da entrevista aberta e observação participante seguido da análise temática orientada por Bertaux. A partir da organização dos dados emergiram três categorias: "Processo de adoecimento e as experiências de dor", "Os fenômenos culturais e mudanças de estilo de vida" e "Reaprendendo a (con)viver e autogerenciar a dor". A análise foi fundamentada na Teoria Transcultural em diálogo com outros autores da literatura pertinente, que possibilitou a análise a partir de uma perspectiva de valorização e compreensão dos aspectos culturais, crenças e significados deste grupo de mulheres. A cultura permite compreender a sua in­fluência nas questões ligadas à saúde, es­clarecendo fenômenos e fatos específicos de grupos, uma vez que cada família possui suas próprias formas de cuidar, herdadas cultural­mente. As participantes ressignificaram seus modos de viver, transformando padrões comportamentais em relação a alimentação, atividade física, relações familiares, sociais, aprenderam a lidar com suas emoções e na capacidade de resolução de problemas, no autogerenciamento da dor, com mais autonomia, domínio e autoconhecimento, melhorando a qualidade de vida. As questões que desencadeavam a dor foram identificadas e trabalhadas no grupo. Este estudo contribui para a saúde das pessoas que vivenciam a fibromialgia ressaltando os benefícios quando elas conseguem autogerenciar os sinais e sintomas que desencadeiam a dor e quando assumem o protagonismo do próprio processo.


Fibromyalgia is a chronic disease of complex multifactorial etiology whose main symptom is physical pain. However, the repercussions are immeasurable, causing psychic, emotional, cognitive disorders and limitations in the daily lives of people, who live due to the disease and treatment, abstaining from functional life. Therefore, it is essential to understand that it is possible not only to have control of the situation, but also to manage the pain itself, understanding how and when it triggers, preventing the onset, investing in self-care, valuing body awareness, changes in the habits of the patient, considering the culture, the context in which they live and worldview. The main purpose is to analyze the experience of women who experience fibromyalgia regarding to their lifestyle habits and its repercussions on daily pain management. Specific purposes: to identify, in life narratives of women with Fibromyalgia, situations that express the pain experiences; to describe the activities related to culture and lifestyle changes; to discuss resources for pain self-management from transcultural perspective. The theoretical framework used was Madeleine Leininger's Transcultural Care. This is a qualitative research, guided by the Narratives of Life method, developed in 2019, with 14 women who experience fibromyalgia, members of the interdisciplinary treatment and monitoring group at the Laboratory of Physiology Applied to Physical Education of the Institute of Physical Education. and Sports at the Rio de Janeiro State University (LAFISAEF-IEFD / UERJ). The research was approved by the UERJ Ethics Committee under Protocol No. 04899018.1.0000.5282. Data were produced through open interview and participant observation followed by thematic analysis guided by Bertaux. From the organization of the data emerged three categories: "Process of illness and pain experiences", "Cultural phenomena and lifestyle changes" and "Relearning to (live) and self-manage pain". The analysis was based on the Transcultural Theory in dialogue with other authors of the pertinent literature, which allowed the analysis from a perspective of valorization and understanding of the cultural aspects, beliefs and meanings of this group of women. Culture allows us to understand its influence on health issues, clarifying group-specific phenomena and facts, as each family has its own culturally inherited forms of care. The participants re-signified their ways of living, transforming behavioral patterns in relation to food, physical activity, family and social relationships, learned to deal with their emotions and problem solving skills, self-management of pain with more autonomy, mastery and self-knowledgement, improving the quality of life. The issues that triggered the pain were identified and worked on in the group. This study contributes to the health of people experiencing fibromyalgia by emphasizing the benefits when they can self-manage the signs and symptoms that trigger pain and when they take the lead in the process itself.


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Fibromialgia , Fibromialgia/enfermagem , Saúde da Mulher , Enfermagem , Dor Crônica , Autogestão , Hábitos , Dor , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Fibromialgia/psicologia
2.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 27(2): 64-72, Abr-Jun 2019. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1015111

RESUMO

Introducción: en el mundo hay aproximadamente 1800 millones de jóvenes entre los 10 y 24 años de edad, los cuales constituyen 25% del total de la población mundial. Esto genera un potencial de avance económico y social y, en consecuencia, un incremento en la incidencia de enfermedades crónicas no transmisibles (ECNT), infecciones de transmisión sexual (ITS) y adicciones. Objetivo: analizar en estudiantes universitarios de nuevo ingreso el nivel de autopercepción de capacidades de autocuidado (CAc) ante las ECNT, la salud sexual y reproductiva (SSyR) y prevención de adicciones con base en la teoría del déficit de autocuidado. Métodos: estudio analítico correlacional en una muestra por conveniencia de 2342 estudiantes de nuevo ingreso. Se utilizó un instrumento diseñado y validado en el año 2015 para identificar las CAc en ECNT, SSyR, y prevención de adicciones, con un alfa de Cronbach de 0.88. Asimismo, se hizo un análisis bivariado, con las pruebas no paramétricas U de Mann-Whitney, H de Kruskal-Wallis y ANOVA de Kruskal-Wallis. También se empleó la prueba de correlación Rho de Spearman (p < 0.05). Resultados: el nivel de autopercepción de los estudiantes en cuanto a sus CAc fue bueno (61%) ante las ECNT, la SSyR y la prevención de adicciones. Se encontró que el nivel de autopercepción de CAc es diferente entre los estudiantes de las tres divisiones académicas (p = 0.000). Conclusiones: aunque la autopercepción de las CAc en los estudiantes tiene un nivel bueno, es necesario que durante la trayectoria académica se promuevan hábitos de vida saludables.


Introduction: In the world there are approximately 1800 million young people between 10 and 24 years, which constitute 25% of total world population. This creates a potential for economic and social advance and, consequently, an increase in the incidence of chronic non- communicable diseases (CNCDs), sexually transmitted infections (STIs) and addictions. Objective: To analyze the level of self-perception of self-care skills (SCS) in new university students in the presence of CNCDs, sexual and reproductive health (SRH) and addiction prevention. Methods: Correlational analytical study in a convenience sample of 2342 new students. An instrument designed and validated in 2015 was used to identify SCSs in CNCDs, SRH, and addiction prevention, with a Cronbach's alpha of 0.88. It was performed a bivariate analysis, with non-parametric tests Mann-Whitney U, Kruskal-Wallis H, and Kruskal-Wallis ANOVA. It was used Rho Spearman's correlation test (p < 0.05) as well. Results: The level of self-perception of the students in terms of their SCSs was good (61%) in the face of CNCDs, SRH and addiction prevention. It was found that the level of self-perception of SCSs is different among the students of the three academic divisions (p = 0.000). Conclusions: Although self-perception of SCS in the students is at a good level, it is necessary the promotion of healthy habits of living during the academic career.


Assuntos
Humanos , Autocuidado , Autoimagem , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Doença Crônica , Saúde Sexual e Reprodutiva , Estilo de Vida Saudável , Doenças não Transmissíveis , Prevenção do Hábito de Fumar , Hábitos , México
3.
Aquichan ; 19(1): 21-25, Jan.-Mar. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1011138

RESUMO

ABSTRACT Objective: To know the socio-demographic characteristics of the elderly adults (60-70 years), of the population of Mataró (Barcelona), and their relationship with the knowledge degree and training needs perceived to face a healthy aging. Materials and methods: Descriptive observational cross-sectional study in which a sample of 306 people was analysed. Socio-demographic data and variables related to leisure activities, health status, training, formative needs and predisposition to take a course on aging were evaluated. Results: About a 60 % of the respondents showed interest in receiving training about; healthy habits (59,1 %), proper diet (62,0 %), work out (59,6 %), future limitations (62,6 %), why we grow old (61,0 %), frequent illnesses in the elderly (62,5 %), use of medication (66,1 %), use of the health system (61,9 %), social resources (70,0 %), new technologies (64,0 %), care of sick people (60,5 %), and security aspects (61,6 %). Conclusions: There is a need to receive training among the elderly adult population in order to cope with aging in a healthier way. The main needs perceived by the elderly are: Healthy habits, possible future limitations due to the aging process, use of medication, functioning of the health system and access to social resources, new technologies and, finally, caring for sick relatives.


RESUMEN Objetivo: conocer las características sociodemográficas de las personas adultas mayores (60-70 años) de la población de Mataró (Barcelona) y su relación con el grado de conocimientos y las necesidades formativas percibidas para afrontar un envejecimiento saludable. Materiales y método: estudio observacional descriptivo transversal en una muestra de 306 personas. Se valoraron datos sociodemográficos y variables relacionadas con el tiempo libre, el estado de salud, la formación, los intereses formativos y la predisposición a realizar un curso sobre envejecimiento. Resultados: el 60 % de los encuestados mostró interés en recibir formación sobre hábitos saludables (59,1 %), dieta adecuada (62,0 %), ejercicio físico (59,6 %), limitaciones futuras (62,6 %), por qué envejecemos (61,0 %), enfermedades frecuentes en la tercera edad (62,5 %), uso de medicamentos (66,1 %), uso del sistema sanitario (61,9 %), recursos sociales (70,0 %), nuevas tecnologías (64,0 %), cuidado de las personas enfermas (60,5 %) y aspectos de seguridad (61,6 %). Conclusiones: existe la necesidad de recibir formación, entre la población adulta mayor, para afrontar el envejecimiento saludablemente. Así, es preciso tener un conocimiento amplio sobre las posibles limitaciones causadas por el envejecimiento, el uso de medicamentos, el funcionamiento del sistema sanitario, el acceso a los recursos sociales, las nuevas tecnologías, el cuidado de los familiares enfermos y hábitos de vida saludables.


RESUMO Objetivo: conhecer as características sociodemográficas das pessoas idosas (60-70 anos) da população de Mataró (Barcelona) e sua relação com o grau de conhecimentos e com as necessidades formativas percebidas para encarar um envelhecimento saudável. Materiais e método: estudo observacional descritivo transversal com uma amostra de 306 pessoas. Dados sociodemográficos e variáveis relacionadas com o tempo livre, o estado de saúde, a formação, os interesses formativos e a predisposição a fazer um curso sobre envelhecimento foram avaliados. Resultados: 60 % dos entrevistados demostrou interesse em receber formação sobre hábitos saudáveis (59,1 %), dieta adequada (62 %), exercício físico (59,6 %), limitações futuras (62,6 %), motivos do envelhecimento (61 %), doenças frequentes na terceira idade (62,5 %), uso de medicamentos (66,1 %), uso do sistema sanitário (61,9 %), recursos sociais (70 %), novas tecnologias (64 %), cuidado de pessoas doentes (60,5 %) e aspectos de segurança (61,6 %). Conclusões: entre a população idosa, existe a necessidade de receber formação para encarar o envelhecimento saudável. Assim, é preciso ter um conhecimento amplo sobre as possíveis limitações causadas pelo envelhecimento, pelo uso de medicamentos, pelo funcionamento do sistema sanitário, pelo acesso aos recursos sociais, pelas novas tecnologias, pelo cuidado dos familiares doentes e pelos hábitos de vida saudáve.


Assuntos
Humanos , Idoso , Envelhecimento , Conhecimento , Estilo de Vida Saudável , Hábitos , Aposentadoria , Saúde , Tutoria
4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 32-39, jan. 2019. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005947

RESUMO

Objetivo: analisar os fatores de risco para o desenvolvimento de Doenças Crônicas não Transmissíveis em acadêmicos de um curso de farmácia. Método: trata-se de um estudo quantitativo, transversal e descritivo realizado com 95 graduandos. Submeteu-se os participantes a responderem um questionário, em seguida, armazenaram-se os dados em um banco de dados eletrônico e após submeteu-se a análise descritiva dos dados, apresentando com valores absolutos, porcentagens, média e desvio padrão. Resultados: constatou-se que maior parte dos participantes pertenciam ao oitavo período 56,9%, do sexo feminino 61,1%, solteiros 70,5%, com faixa etária média de 28 anos e renda média de ± R$ 2.348,32. Verificou-se que a maioria dorme menos que 7 horas por noite, 58,6%, e 56,5% não praticam atividades físicas. Percebe-se alto consumo de refrigerantes em alunos do oitavo período no café da manhã (OR=4,01 IC95% 1,06 ­ 15,19) e no lanche (OR=2,91 IC95% 1,03 ­ 8,21). Conclusão: evidencia-se a presença dos fatores de risco nessa população e não existe extrema diferença entre os acadêmicos em séries iniciais e finais, necessitando-se de estratégias para promoção da saúde desse público.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Estudantes de Farmácia , Doença Crônica , Fatores de Risco , Educação em Farmácia , Hábitos , Estilo de Vida
5.
Cogitare enferm ; 24: e66452, 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1055972

RESUMO

RESUMO Objetivo: associar o nível de letramento funcional em saúde e autocuidado com Diabetes. Método: estudo transversal, quantitativo, realizado com 97 pacientes de um centro de referência para atenção ao diabético, de fevereiro a junho de 2018. Com dados pelo Brief Test of Functional Health Literacy in Adults e o Questionário de atividades de autocuidado com o diabetes. Foi feita análise descritiva e o teste Qui-quadrado. Resultados: o letramento funcional inadequado foi identificado em 47% dos pacientes. Observou-se associação entre o letramento inadequado e baixos níveis de adesão a: seguimento de dieta saudável e orientação alimentar (p<0,001), ingesta de doces (p<0,001) e avaliação da glicemia no número de vezes recomendado (p<0,001). Conclusão: o nível inadequado de letramento está associado com baixas médias de adesão a comportamentos relacionados à dieta e ao monitoramento da glicemia. Estes achados sugerem incluir na prática clínica a avaliação do letramento e de autocuidado com o diabetes.


RESUMEN: Objetivo: asociar el nivel de alfabetismo funcional en salud y el autocuidado con la Diabetes. Método: estudio transversal y cuantitativo, realizado con 97 pacientes de un centro de referencia para la atención al diabético, de febrero a junio de 2018. Con datos según el Brief Test of Functional Health Literacy in Adults y del Cuestionario de actividades de autocuidado para la diabetes. Se efectuó un análisis descriptivo y la prueba de Chi-cuadrado. Resultados: se identificó un nivel inadecuado de alfabetismo funcional en el 47% de los pacientes. Se observó una asociación entre el nivel inadecuado de alfabetismo con bajos niveles de adherencia a: seguir una dieta saludable y pautas alimenticias (p<0,001), ingerir dulces (p<0,001) y evaluar la glicemia la cantidad de veces recomendada (p<0,001). Conclusión: el nivel inadecuado de alfabetismo está asociado con bajos valores medios de adherencia a comportamientos relacionados con la dieta y con el control de la glicemia. Estos hallazgos sugieren que se deben incluir la evaluación del alfabetismo y del autocuidado de la diabetes en la práctica clínica.


ABSTRACT Objective: To associate the level of functional health literacy and self-care with Diabetes. Method: A cross-sectional quantitative study conducted with 97 patients from a reference center for diabetic care from February to June 2018. With data from the Brief Test of Functional Health Literacy in Adults and the Diabetes Self-Care Activity Questionnaire. Descriptive analysis and Chi-square test were performed. Results: Inadequate functional literacy was identified in 47% of the patients. An association was observed between inadequate literacy and low levels of adherence to: follow-up of healthy diet and dietary orientation (p<0.001), sweets intake (p<0.001) and glycemic assessment at the recommended number of times (p<0.001). Conclusion: Inadequate literacy is associated with low mean levels of adherence to diet-related behaviors and blood glucose monitoring. These findings suggest to include the assessment of literacy and self-care with diabetes in the clinical practice.


Assuntos
Humanos , Autocuidado , Diabetes Mellitus , Cooperação e Adesão ao Tratamento , Doença Crônica , Hábitos
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(8): 3072-3078, ago.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032206

RESUMO

Objetivo: verificar o impacto de uma atividade educativa sobre hábitos de vida de pacientes submetidos à angioplastia coronariana. Método: estudo descritivo, exploratório, de abordagem quantitativa, realizado com pacientes internados submetidos à angioplastia coronariana por meio de entrevista semiestruturada antes do procedimento para orientação quanto à angioplastia coronariana e hábitos saudáveis de vida. Após 30 dias, foi realizada outra entrevista para identificar facilidade e dificuldades nas mudanças no estilo de vida e contribuição das orientações. Resultados: os relatos indicaram a importância das orientações fornecidas sobre a angioplastia coronariana e sobre hábitos saudáveis de vida. Houve contribuição no esclarecimento de dúvidas e em mudanças em alguns hábitos dos pacientes. Conclusão: atividades educativas contribuem significativamente no controle de fatores de risco para a doença arterial coronariana. Informações sobre a doença aumentam a capacidade de modificar atitudes e auxiliam na redução de novos agravos.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Doença da Artéria Coronariana , Educação em Saúde , Equipe de Enfermagem , Hábitos , Epidemiologia Descritiva
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.8): 3279-3289, ago.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032530

RESUMO

Objetivo: analisar as ações de educação em saúde dos usuários portadores de Hipertensão Arterial Sistêmica no programa de HIPERDIA desenvolvidas na sala de espera da Unidade de Saúde da Família. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, ancorada na pesquisa-ação, realizada com 20 usuários do programa de HIPERDIA. Na produção de dados, utilizou-se a entrevista semiestruturada, sendo os dados analisados por meio da técnica de análise de conteúdo na modalidade análise temática. Resultados: os usuários ampliaram a compreensão em relação aos cuidados no domicílio para melhor controle da HAS, entretanto, em relação ao conhecimento pré-existente e realizado, não identificamos mudanças. Conclusão: as atividades de educação em saúde realizadas no segundo momento da pesquisa tornaram-se insuficientes, pois diante de alguns fatores como idade e nível educacional, alguns idosos não mudaram seus hábitos de vida para o controle da HAS.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Educação em Saúde , Estratégia Saúde da Família , Hipertensão , Planos e Programas de Saúde , Epidemiologia Descritiva , Estilo de Vida , Hábitos
8.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.1): 368-373, jan.2017. ilus, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032262

RESUMO

Objetivo: identificar o nível de conhecimento dos homens em relação aos métodos de prevenção do câncer de próstata com enfoque nos hábitos de vida. Método: estudo com abordagem qualitativa na vertente da Teoria do Interacionismo Simbólico. A população de estudo foi composta por homens com idade a partir de 40anos. A coleta dos dados ocorreu a partir de reuniões em forma de grupo focal, onde as falas foram gravadas. O estudo apresenta dados referentes à segunda reunião, que abordou os métodos de prevenção do câncer de próstata, sendo as falas interpretadas pela Técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: os dados mostraram que os métodos preventivos são conhecidos pelos homens, em contrapartida é necessário o abandono dos maus hábitos de vida. Conclusão: os resultados são um alerta para profissionais em saúde criarem novas estratégias para captar esta população na prevenção do câncer de próstata e desfazer os estigmas masculinos.


Assuntos
Masculino , Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Fumar , Hábitos , Neoplasias da Próstata/prevenção & controle , Promoção da Saúde , Saúde do Homem , Preconceito , Relações Interpessoais , Relações Profissional-Paciente
9.
Aquichan ; 16(4): 462-472, oct.-dic. 2016. graf
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-949984

RESUMO

RESUMEN Objetivo: evaluar la efectividad del trabajo realizado por docentes para fortalecer habilidades psicosociales y hábitos saludables en escolares. Metodología: estudio cuasi-experimental, longitudinal analítico con medición pre y postintervención educativa. El instrumento, elaborado a partir de la encuesta EDEX, fue utilizado para el estudio en 32 colegios públicos de Engativá entre 2013 y 2014; en el análisis se utilizó la prueba t de Student y la prueba exacta de Fisher para tablas de contingencia; los cambios en habilidades psicosociales y hábitos saludables se establecieron mediante estadísticos de Rasch. Resultados: se aplicaron 930 encuestas iniciales y 549 finales. Habilidades psicosociales: i) mejora de 0,18 lógitos en el promedio, equivalente a 11,6 % de escolares; ii) las habilidades cognitivas y sociales mejoraron, mientras las emocionales desmejoraron; iii) las mujeres obtuvieron resultados superiores estadísticamente significativos en habilidades cognitivas y sociales; iv) las personas con mayor tiempo en el programa mostraron mejores resultados, estadísticamente significativos, en habilidades cognitivas. Hábitos saludables: comparando resultados de estadísticos de Rasch, los hábitos saludables desmejoraron y no hubo diferencias por sexo o años en el programa. Conclusiones: los resultados concuerdan con la prioridad que dieron los docentes al trabajo en habilidades psicosociales y hábitos saludables; se observaron resultados importantes de efectividad. Se debe seguir investigando para aprender más sobre el fortalecimiento de las habilidades psicosociales y los hábitos saludables.


ABSTRACT Objective: Evaluate the effectiveness of the work done by teachers to strengthen psychosocial skills and healthy habits among schoolchildren. Methodology: This is a quasi-experimental, analytical longitudinal study with pre and post education intervention. The instrument, based on the EDEX survey, was used to conduct the study at 32 public schools in Engativá between 2013 and 2014. The student t-test was employed in the analysis, along with Fisher's exact test for the contingency tables. Changes in psychosocial skills and healthy habits were determined using Rasch statistics. Results: 930 initial and 549 final surveys were applied. Psychosocial skills: i) there was an improvement of 0.18 log odd units, on average, equivalent to 11.6% of the schoolchildren; ii) cognitive and social skills improved, while emotional ones deteriorated; (iii) females scored statistically significantly higher in cognitive and social skills; and iv) students with more time in the program demonstrated better and statistically significant results for cognitive abilities. Healthy habits: a comparison of the Rasch statistic results showed healthy habits deteriorated and there were no differences by gender or years in the program. Conclusions: The results coincide with the priority teachers give to work on psychosocial skills and healthy habits. Significant results in terms of effectiveness were observed. Further research is needed to learn more about strengthening psychosocial skills and healthy habits.


RESUMO Objetivo: avaliar a efetividade do trabalho realizado por docentes para fortalecer habilidades psicossociais e hábitos saudáveis em estudantes. Metodologia: estudo quase-experimental, longitudinal analítico com medida pré e pós-intervenção educativa. O instrumento, elaborado a partir da pesquisa EDEX, foi utilizado para o estudo em 32 colégios públicos de Engativá entre 2013 e 2014; na análise utilizou-se o Teste t de Student e o teste exato de Fisher para tabelas de contingência; as mudanças em habilidades psicossociais e hábitos saudáveis estabeleceram-se mediante o modelo Rasch. Resultados: aplicaram-se 930 questionários iniciais e 549 finais. Habilidades psicossociais: i) melhora de 0,18 logitos na média, equivalente a 11,6 % de estudantes; ii) as habilidades cognitivas e sociais melhoraram, enquanto as emocionais desmelhoraram; iii) as mulheres obtiveram resultados superiores estatisticamente significativos em habilidades cognitivas e sociais; iv) as pessoas com maior tempo no programa mostraram melhores resultados, estatisticamente significativos, em habilidades cognitivas. Hábitos saudáveis: comparando resultados do modelo Rasch, os hábitos saudáveis desmelhoraram e não houve diferenças por sexo ou idade no programa. Conclusões: os resultados concordam com a prioridade que deram os docentes ao trabalho em habilidades psicossociais e hábitos saudáveis; observaram-se resultados importantes de efetividade. Deve-se continuar pesquisando para aprender mais sobre o fortalecimento das habilidades psicossociais e os hábitos saudáveis.


Assuntos
Humanos , Estudantes , Efetividade , Hábitos , Colômbia
10.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 8(3): 4689-4696, jul.-set.2016. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-789195

RESUMO

To characterize the clinical-epidemiological profile and habits of life of HIV-positive adults. Methods: this is a descriptive, cross-sectional and quantitative study with a sample of 331 HIV-positive people with outpatient scheduling between February and August 2014 in a reference hospital from Natal/RN. Data collection was conducted through a semi-structured interview. Results: the results showed a predominance of men (52%), young people (42%) natural from the capital (58%), brown color (53%), single (56%), heterosexual (79%), poor (68 %). Most of them held the first anti-HIV test for less than five years (60%), had signs and symptoms of AIDS before the test (90%), were hospitalized (90%), started HAART for less than five years (60%), suppose they have good knowledge of the disease (75%), and believe that their health has improved (92%). Most of them do not consume alcohol (71%), are non-smokers (88%), do not use illicit drugs (92%) and had never used preservatives before diagnosis (62%). Conclusion: the identified profile follow the national trends...


Caracterizar o perfil epidemiológico-clínico e de hábitos devida de adultos HIV-positivo. Métodos: estudo descritivo, transversal e quantitativo, com uma amostra de 331 pessoas soropositivas com agendamento ambulatorial entre fevereiro e agosto de 2014 em um hospital de referência de Natal/RN. A coleta de dados foi realizada através de entrevista semiestruturada. Resultados: os resultados mostraram predominância de homens (52%), jovens (42%), procedentes da capital(58%), cor parda (53%), solteiros (56%), heterossexuais (79%), pobres (68%). A maioria realizou o primeiro exame anti-HIV há menos de cinco anos (60%), teve sinais e sintomas da AIDS antes do exame (90%), foi internada (90%), iniciou o TARV há menos de cinco anos (60%), julga ter bom conhecimento sobre a doença (75%) e acredita que sua saúde melhorou (92%). Os pacientes não consumem álcool (71%), não fumam (88%) e não usam drogas ilícitas (92%), nunca usaram preservativos antes do diagnóstico (62%). Conclusão: o perfil identificado segue as tendências nacionais...


Caracterizar el perfil epidemiológico-clínico y de hábitos de vida de los adultos VIH-positivos. Métodos: estudio descriptivo, transversal y cuantitativo con una muestra de 331 personas VIH-positivas con programación ambulatoria entre febrero y agosto de 2014 de un hospital de referencia en Natal/RN. La recolección de datos se realizó a través de entrevistas semi-estructuradas. Resultados: los resultados mostraron un predominio de hombres (52%), jóvenes (42%), procedentes de la capital (58%), mulatos (53%), solteros (56%), heterosexuales (79%), pobres (68%). La mayoría había realizado el primer examen contra el VIH hacía menos de cinco años (60%), tenían señales y síntomas del SIDA antes del examen (90%), fueron internados (90%), habían iniciado el TAR hacía menos de cinco años (60 %), juzgan tener un buen conocimiento acerca de la enfermedad (75%) y creen que su salud ha mejorado (92%). No consumen alcohol (71%), no fuman (88%), no usan drogas ilícitas (92%) y nunca usaron preservativos antes del diagnóstico (62%). Conclusión: el perfil identificado sigue las tendencias nacionales...


Assuntos
Humanos , Adulto , Hábitos , Perfil de Saúde , Soropositividade para HIV/epidemiologia , Brasil
11.
Rev. gaúch. enferm ; 37(2): e55291, 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-782968

RESUMO

RESUMO Objetivo Analisar a Qualidade de Vida (QV) de estudantes de graduação em Enfermagem. Métodos Estudo descritivo e transversal realizado com 206 estudantes, em julho de 2013, no município de Picos (PI). Para tanto, utilizou-se um formulário e o questionário WHOQOL-bref. Os testes de Mann-Whitney e de Kruskal-Wallis foram utilizados na análise dos dados, com nível de significância de 5%. Resultados Os domínios com melhor avaliação média foram o Físico (69,4) e o das Relações Sociais (74,3); já os piores foram o Psicológico (68,5) e o Ambiente (54,2). Na avaliação global, a média foi de 66,6+10,8. Houve significância estatística ao cruzar QV com o número de filhos (p=0,029). Logo, os estudantes sem filhos obtiveram melhor desempenho. Conclusão Estes resultados permitem a detecção precoce das dificuldades vivenciadas pelos estudantes de Enfermagem e podem cooperar com o delineamento de estratégias que beneficiem a busca por soluções para os conflitos que incidem na QV.


RESUMEN Objetivo Este estudio tuvo como objetivo analizar la calidad de vida (QOL) de los estudiantes de enfermería de pregrado. Métodos Estudio descriptivo transversal con 206 alumnos, en julio de 2013, en la ciudad de Picos/PI. Para tanto, se utilizó formulario y WHOQOL-bref. Se utilizaron las pruebas de Mann-Whitney y Kruskal-Wallis en el análisis de datos, con un nivel de significación del 5%. Resultados Las áreas con mejor nota promedio fueron física (69,4) y relaciones sociales (74,3), las peores fueron las psicológicas (68,5) y medio ambiente (54,2). Evaluación global, el promedio fue de 66,6+10,8. No hubo significación estadística al cruzar la QV con el número de hijos (p = 0,029), por lo que los estudiantes que no tienen hijos tuvieron un mejor desempeño. Conclusión Estos resultados permiten la detección temprana de las dificultades experimentadas por estudiantes de enfermería y podrá cooperar para diseñar estrategias que beneficien la búsqueda de soluciones a los conflictos que afectan a la calidad de vida.


ABSTRACT Objective The aim of this paper is to analyse the quality of life (QOL) of undergraduate nursing students. Methods A descriptive cross-sectional study with 206 students conducted in July 2013, in the city of Picos/PI, Brazil. Data were collected using the WHOQOL-BREF questionnaire. The Mann-Whitney and Kruskal-Wallis tests were used to analyse the data with a significance level of 5%. Results The domains with the best average scores were Physical (69.4) and Social Relations (74.3), and the domains with the worst average scores were Psychological (68.5) and Environment (54.2). For the overall assessment, the average was 66.6+10.8. A statistical significance was observed when crossing QOL with number of children (p = 0.029), where students without children performed better. Conclusion These results allow the early detection of difficulties experienced by nursing students and may support strategies that benefit the search for solutions to conflicts that affect QOL.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Adulto Jovem , Qualidade de Vida , Estudantes de Enfermagem/psicologia , Fatores Socioeconômicos , Universidades , Brasil , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários , Educação em Enfermagem , Hábitos , Atividades de Lazer , Estilo de Vida
12.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 7(4): 3292-3304, out.-dez. 2015.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1029874

RESUMO

Objective: check the adaptation methods of mastectomies women; raise the presence of changes in the habits of life of women after mastectomy; correlate the adaptive process outlined by the woman with the theory presented by Roy and investigate the care provided by nurses to women with mastectomies. Method: For carrying out the survey was used to type descriptive qualitative approach. Results: The role of nursing in the care the woman, who had been subjected to breast surgery, encompasses care for maintenance of their bodily functions as well as support to those who are involved in the process, the individual as a whole and family. Conclusion: Roy's theory is the bases for hypotheses that can be tested.


Objetivo: verificar os métodos de adaptação de mulheres mastectomizadas; levantar a presença de mudanças nos hábitos de vida da mulher após a mastectomia; correlacionar o processo adaptativo exposto pela mulher com a teoria apresentada por Roy e averiguar a assistência prestada pelos profissionais de enfermagem às mulheres mastectomizadas. Método: Para a realização da pesquisa foi utilizada a abordagem qualitativa do tipo descritiva. Resultados: O papel da enfermagem no cuidado a mulher que fora submetida à cirurgia mamária, engloba cuidados para manutenção de suas funções orgânicas assim como apoio aos que estão envolvidos no processo, o indivíduo como um todo e familiares. Conclusão: A teoria de Roy constitui as bases para hipóteses que podem ser testadas.


Objetivo: Compruebe los métodos de adaptación de mastectomías mujeres; aumentar la presencia de cambios en los hábitos de vida de las mujeres después de la mastectomía; correlacionar el proceso adaptativo esbozado por la mujer con la teoría presentada por Roy e investigar a la atención proporcionada por enfermeras a las mujeres mastectomizadas. Método: Para llevar a cabo la encuesta se utilizó para el tipo de enfoque cualitativo descriptivo. Resultados: El papel de enfermería en el cuidado de la mujer que había sido sometida a cirugía de mama, abarca la atención para el mantenimiento de sus funciones corporales, así como el apoyo a quienes están involucrados en el proceso, el individuo como un todo y familia. Conclusión: La teoría de Roy son las bases para las hipótesis que pueden ser probadas.


Assuntos
Feminino , Humanos , Adaptação Psicológica , Ajustamento Social , Mastectomia/enfermagem , Transtornos de Adaptação , Brasil , Hábitos
13.
Rev. gaúch. enferm ; 36(2): 89-96, Apr-Jun/2015. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-752574

RESUMO

OBJECTIVE: This study aimed to investigate the quality of life of women suffering from breast cancer undergoing chemotherapy in public and private health care systems. METHOD: It is an observational, prospective study with 64 women suffering from breast cancer. Data was collected with two instruments: Quality of Life Questionnaire C30 and Breast Cancer Module BR23. By applying Mann Whitney and Friedman's statistical tests, p values < 0.05 were considered statistically significant. RESULTS: The significant results in public health care systems were: physical functions, pain symptom, body image, systemic effects and outlook for the future. In private health care systems, the results were sexual, social functions and body image. Women's quality of life was harmed by chemotherapy in both institutions. CONCLUSION: The quality of life of women has been harmed as a result of the chemotherapy treatment in both institutions, but in different domains, indicating the type of nursing care that should be provided according to the characteristics of each group. .


OBJETIVO: Se objetivó investigar la calidad de vida de las mujeres con neoplasia mamaria sometidas a quimioterapia, en el seguro médico público y privado. MÉTODO: Se trata de un estudio observacional, de cohorte, prospectivo, realizado con 64 mujeres con neoplasia mamaria. Los datos fueron recolectados mediante dos instrumentos Quality of Life Questionnaire C30 y Breast Cancer Module BR23. Para el análisis los datos se utilizaron pruebas estadísticas de Mann Whitney y Friedman, con valores estadísticamente significativas para p <005. RESULTADOS: Fueron verificadas diferencias estadísticamente significativas en el seguro médico público: la función física, síntoma dolor, la imagen corporal, los efectos sistémicos en las perspectivas de futuro, en el seguro médico privado fueron la función sexual, la imagen social y el cuerpo. CONCLUSIÓN: La calidad de vida de las mujeres se ha visto comprometida como consecuencia de la quimioterapia en ambas instituciones, pero en diferentes dominios que subsidia la atención de enfermería dirigida según las características de cada grupo. .


OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi investigar a qualidade de vida das mulheres com neoplasia mamária submetidas à quimioterapia nos convênios público e privado. MÉTODO: Trata-se de estudo observacional, de coorte prospectivo, realizado com 64 mulheres portadoras de neoplasia mamária. Os dados foram coletados com a utilização dos instrumentos Quality of Life Questionnaire C30 e Breast Cancer Module BR23. Para análise dos dados, foram utilizados os testes estatísticos de Mann Whitney e Friedman, com valores estatisticamente significantes para p<005. RESULTADOS: Os resultados significantes no convênio público foram: função física, dor, imagem corporal, efeitos sistêmicos e perspectivas futuras. No convênio privado, foram: função sexual, social e imagem corporal. CONCLUSÃO: A qualidade de vida das mulheres foi comprometida em decorrência do tratamento quimioterápico em ambas as instituições, porém em domínios diferentes, o que subsidia um cuidado de enfermagem direcionado de acordo com as características de cada grupo. .


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Neoplasias da Mama/psicologia , Qualidade de Vida , Atividades Cotidianas , Antineoplásicos/efeitos adversos , Antineoplásicos/uso terapêutico , Imagem Corporal , Brasil , Neoplasias da Mama/tratamento farmacológico , Neoplasias da Mama/economia , Emoções , Fadiga/induzido quimicamente , Fadiga/psicologia , Gastroenteropatias/induzido quimicamente , Gastroenteropatias/psicologia , Hábitos , Hospitais Privados , Hospitais Públicos , Relações Interpessoais , Linfedema/psicologia , Ocupações , Prognóstico , Estudos Prospectivos , Autoimagem , Comportamento Sexual , Inquéritos e Questionários
14.
Rev. gaúch. enferm ; 34(2): 78-85, jun. 2013. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-680915

RESUMO

Considerando a importância das mãos na cadeia de transmissão de microrganismos, esta pesquisa observacional investigou a infraestrutura material e a adesão à higienização das mãos em unidade de terapia intensiva do sul do Brasil, em 2010. Os dados foram coletados por observação direta não participante e emprego de instrumento autoaplicável a 39 profissionais, analisados com auxílio de Teste do χ², estatística descritiva e análise de discurso quantitativa. Embora os profissionais superestimem a adesão, reconheçam a prática como relevante para a prevenção de infecções e refiram não haver fatores de impedimento, entre 1277 oportunidades observadas, a adesão foi de 28,6%, e significativamente menor antes do contato e dos procedimentos assépticos do que após o contato com o paciente. A infraestrutura apresentou-se deficiente em funcionalidade. Os resultados implicam risco para a segurança dos pacientes, sendo relevante o planejamento de ações corretivas e que promovam essa prática.


Considering the importance of hands in the chain of transmission of microorganisms, this observational research investigated the material infrastructure and compliance of hand hygiene in an intensive care unit in the south of Brazil, in 2010. The data was collected by direct non-participant observation and through the use of self-administered questionnaires to be completed by the 39 participants, which was analyzed with the assistance of the χ² Test, descriptive statistics and quantitative discourse analysis. Although health professionals overestimate compliance rates, recognize the practice as relevant to the prevention of infection and refer there are no impeding factors, of the 1,277 opportunities observed, compliance was 26% and significantly lower before patient contact and the use of aseptic procedures than after patient contact: infrastructure was shown to be deficient. The results indicate risk to patient safety, and, thus, the planning of corrective actions to promote hand washing is relevant.


Con base en la importancia de las manos en la cadena de transmisión de microorganismos, esta investigación observacional tuvo el objetivo de observar la infraestructura material y la adhesión a la higienización de las manos en unidad de terapia intensiva del sur de Brasil, en 2010. Los datos fueron recogidos por la observación directa no participante y empleo de instrumento autoaplicable a 39 participantes, analizados con ayuda del Test de χ², estadística descriptiva y análisis de discurso cuantitativo. A pesar de que los profesionales sobrestimen la adhesión, reconocen la práctica como relevante para la prevención de infecciones y refieren no haber factores de impedimento. Entre 1277 oportunidades observadas, la adhesión fue del 28,6% y significativamente menor antes del contacto y procedimientos asépticos que después del contacto con el paciente; la infraestructura se ha presentado deficiente en funcionalidad. Los resultados revelan riesgo para la seguridad de los pacientes siendo relevante el planeamiento de acciones correctivas y que promuevan esa práctica.


Assuntos
Adulto , Humanos , Fidelidade a Diretrizes , Higiene das Mãos , Transmissão de Doença Infecciosa do Profissional para o Paciente/prevenção & controle , Segurança do Paciente , Recursos Humanos em Hospital/estatística & dados numéricos , Anti-Infecciosos Locais/provisão & distribução , Infecção Hospitalar/prevenção & controle , Infecção Hospitalar/transmissão , Fidelidade a Diretrizes/estatística & dados numéricos , Hábitos , Desinfecção das Mãos/instrumentação , Desinfecção das Mãos/normas , Higiene das Mãos/normas , Pesquisas sobre Serviços de Saúde , Unidades de Terapia Intensiva , Assistentes de Enfermagem/estatística & dados numéricos , Enfermeiras e Enfermeiros/estatística & dados numéricos , Fisioterapeutas/estatística & dados numéricos , Médicos/estatística & dados numéricos , Inquéritos e Questionários , Engenharia Sanitária/instrumentação , Engenharia Sanitária/estatística & dados numéricos , Autorrelato , Sabões/provisão & distribução , Toaletes/estatística & dados numéricos
15.
Av. enferm ; 30(2): 108-114, jul.-dic. 2012. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: lil-675126

RESUMO

El artículo describe el estado del conocimiento sobre la enfermedad coronaria en las mujeres en el departamento de Nariño. La consulta a expertos, las visitas institucionales y la revisión documental a nivel regional, permitieron estructurar una visión general de la enfermedad coronaria en las mujeres en comparación con los hallazgos encontrados en estudios nacionales e internacionales, además visualiza algunas concepciones culturales que condicionan los comportamientos. Se concluye que en Nariño comienza a esbozarse el intento de llenar el vacío investigativo respecto al tema desde el objeto de estudio del enfermero.


This article describes the state of knowledge about the coronary disease in women from the Department of Nariño. Expert consultation, institutional visits and document review at regional level allowed structuring an overview of the coronary disease in women in contrast with the findings of national and international studies. Likewise, it considers some cultural conceptions conditioning behaviors. It was found that in Nariño an attempt to fill in the research void about the issue is originating from the nurse subject of study.


O artigo descreve o estado de conhecimento sobre a doença coronária nas mulheres no departamento de Nariño. A consulta de especialistas, as visitas institucionais e a revisão documental a nível regional possibilitaram a estruturação de uma visão geral da doença coronária nas mulheres a respeito dos achados encontrados em estudos nacionais e internacionais, além de visualizar algumas concepções culturais que condicionam os comportamentos. Conclui-se que em Nariño começa a se manifestar a tentativa de fechar a brecha nas pesquisas relativas a este tópico desde o objeto de estudo do enfermeiro.


Assuntos
Humanos , Feminino , Fatores de Risco , Angina Pectoris , Hábitos
16.
Av. enferm ; 29(2): 307-318, jul.-dic. 2011. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: lil-635416

RESUMO

Utilizando un abordaje cualitativo interpretativo, se describen y analizan las percepciones y creencias que tiene un grupo de personas que padecieron un infarto agudo de miocardio, con respecto a sus hábitos de vida; se busca encontrar, desde el propio sujeto, las implicaciones que lo llevan a asumir un hábito. La muestra se constituyó con la información proporcionada por siete personas usuarias del servicio de salud de la Universidad Nacional, que fueron abordadas en dos momentos diferentes con entrevistas no estructuradas, justificadas mediante el criterio de saturación. Del análisis se obtuvo la construcción de seis categorías y subcategorías que permitieron una descripción del fenómeno en estudio. Entre las categorías encontradas están: identidad, impacto de la experiencia, gusto, lo que hay detrás del cambio, relaciones humanas y estrategias para conservarse sano. Posteriormente estas categorías se analizaron a la luz de los cuatro existenciales que presenta la teoría fenomenológica: cuerpo vivido, espacio vivido, tiempo vivido y relaciones humanas vividas. Los hallazgos permiten avanzar en la comprensión del Ser, al cual se le recomienda un cambio de hábito con una visión renovada del sujeto; así se intenta construir y recuperar el acervo cultural de los procesos de salud y enfermedad tomando como punto de partida a los propios sujetos sociales y, de esta manera, poder repensar desde ópticas diferentes los enfoques de promoción de la salud y prevención de la enfermedad que lleven a mejores resultados.


Using a qualitative and interpretative approach, the perceptions and beliefs related to lifestyle choices of a group of sufferers of acute myocardial infarctions are analyzed and described. The study tries to find, from the subject itself, the situations that make him or her pick up a habit. The sample was constituted by the information given by seven users of the health services of the National University, who were approached at two different moments with non-structured interviews, justified by the principle of saturation. From the analysis, it was possible to build six categories and subcategories that allowed for a description of the studied incident. Amongst these categories, are: identity, impact of the experience, taste, elements behind change, human relationships and health strategies. These categories were later analyzed through the lens of four existential elements, presented by the phenomenological theory: experienced body, experienced space, experienced period and experienced human relationships. The findings allows for advances in the comprehension of the Self, to which is recommended a change of habits, with a renewed vision of the topic. As such, the construction and retrieval of the cultural knowledge of the health-disease process from the point of view of those same social subjects is attempted. This also brings the reanalysis, from different standpoints, of several health promotion and disease prevention approaches that provide better results.


Utilizando um método qualitativo e interpretativo, foram descritas e analisadas as percepções e crenças de um grupo de pessoas que padeceram um infarto agudo do miocárdio em relação a seus hábitos, e as implicações que o levam a assumir um hábito são procuradas no sujeito mesmo. A amostra foi constituída pela informação fornecida por sete usuários do serviço de saúde da Universidade Nacional, entrevistados em dois momentos diferentes, utilizando entrevistas estruturadas e justificadas pelo critério de saturação. Desta análise, foram construídas seis categorias e subca-tegorias que permitiram uma descrição do fenômeno estudado. Entre as categorias estão: identidade, impacto da experiência, gosto, razões da mudança, relações humanas e estratégias para se manter são. Estas categorias foram analisadas posteriormente à luz das quatro elementos existenciais apresentados pela teoria fenomenológica: corpo vivido, espaço vivido, tempo vivido, e relações humanas vividas. As descobertas permitem avançar na compreensão do Ser, ao qual uma mudança de hábitos é recomendada, junto com uma visão renovada do sujeito. Desta forma, a construção e a recuperação do acervo cultural dos processos de saúde e de doença são iniciadas, utilizando os sujeitos sociais como ponto de partida e, portanto, repensar a promoção da saúde e da prevenção das doenças desde diversos pontos de vista que gerem melhores resultados.


Assuntos
Humanos , Processo Saúde-Doença , Hábitos , Estilo de Vida , Infarto do Miocárdio
17.
Rev. enferm. UERJ ; 18(1): 48-54, jan.-mar. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-556437

RESUMO

Este trabalho enfoca a promoção da vida através de comportamentos saudáveis, com objetivo de analisar os hábitos de vida de docentes de enfermagem, correlacionando-os aos modos de adaptação: fisiológico, de autoconceito e de interdependência propostos por Roy. Pesquisa descritiva realizada em 2009, com 101 professores de universidades públicas do Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Utilizando estatística descritiva e medidas de tendência central para analisar os dados, identificou-se que os sujeitos alcançaram, predominantemente, o conceito A- hábitos de vida saudável, nos modos fisiológico e de autoconceito, seguindo-se o modo de interdependência. Destacam-se a heterogeneidade do modo fisiológico e a homogeneidade do modo de autoconceito. O pressuposto formulado atendeu parcialmente às expectativas de os docentes utilizarem, em seu benefício, saberes sobre o cuidar promovendo o bem-estar e o bem viver com qualidade. O autocuidado, como realização pessoal, evidencia que exercer o magistério em enfermagem é reconstruir o cuidado com as pessoas.


This descriptive study addresses promotion of life through healthful behavior. The research was conducted in 2009 with 101 nursing professors at public universities in Rio de Janeiro State, Brazil, in order to analyze the nursing professors’ living habits and correlate them with the physiological, self-concept and interdependence adaptive modes proposed by Roy. Data were analyzed by descriptive statistics and measures of central tendency. The results showed that the professors predominantly achieved an A rating (healthy living habits) in the physiological and self-concept modes, followed by interdependence. Particularly notable were the heterogeneity in the physiological mode and homogeneity in the self-concept mode. The hypothesis formulated partly met expectations that the professors use their knowledge of care to promote wellbeing and good living with quality. It was concluded that self-care, as a personal accomplishment, is evidence that to work as a professor of nursing is to reconstruct caring for people.


Este trabajo enfoca la promoción de la vida mediante comportamientos saludables, objetivando analizar los hábitos de vida de docentes de enfermería correlacionados a los modos de adaptación: fisiológico, de autoconcepto y de interdependencia propuestos por Roy. La investigación descriptiva fue realizada en 2009, con 101 profesores de universidades públicas del Estado de Río de Janeiro-Brasil. Utilizando estadística descriptiva y medidas de tendencia central para analizar los datos, se identificó que ellos han alcanzado, predominantemente, el concepto A- hábitos de vida saludable, en los modos fisiológico y de autoconcepto, seguido del modo de interdependencia. Se destacan la heterogeneidad del modo fisiológico y la homogeneidad del modo de autoconcepto. El presupuesto formulado atendió parcialmente a las expectativas de los profesores utilizaren, en su beneficio, los conocimientos acerca del cuidar, promoviendo el bien-estar y el bien vivir con calidad. El autocuidado, como realización personal, evidencia que ejercer la docencia en enfermería es reconstruir el cuidado con las personas.


Assuntos
Docentes de Enfermagem , Hábitos , Modelos de Enfermagem , Autocuidado , Brasil , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Teoria de Enfermagem
18.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 13(3): 567-573, jul.-set. 2009. graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-527454

RESUMO

O objetivo foi avaliar a estrutura, o desenvolvimento e o funcionamento da família composta por mulher acometida pelo Papilomavírus Humano, com base no Modelo Calgary. Foi realizado um estudo de caso no domicílio da participante por meio de entrevista semiestruturada com o casal, genograma e ecomapa da família. Em exame ginecológico, foram diagnosticadas na participante do estudo uma verruga externa e uma pequena lesão na junção escamocolunar do colo uterino. A esposa compartilhou o caso com o marido, culpando-o, mas posteriormente conseguiu conscientizá-lo da importância dos hábitos sexuais seguros. O casal conseguiu superar a fase crítica vivenciada, deixando como repercussão a mudança de hábitos e maior afeição familiar. Com relação ao tema estudado, verifica-se que muitas pessoas ainda o desconhecem, ficando a cargo dos profissionais de saúdedifundirem o assunto. Assim como também promover a educação em saúde para que as pessoas reflitam a respeito da importância de utilizar o preservativo.


Assuntos
Humanos , Feminino , Doenças Virais Sexualmente Transmissíveis/diagnóstico , Hábitos , Relações Familiares , Saúde da Mulher
19.
Rev. bras. enferm ; 60(5): 564-568, set.-out. 2007.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-467458

RESUMO

Trata-se de um artigo de revisão bibliográfica realizado com o objetivo de apresentar os principais fatores orgânicos, psicológicos e culturais que influenciam os hábitos de sono do lactente. Com uma abordagem clínico-antropológica, descreve as inter-relações desses hábitos com os estressores biocomportamentais e psicossociais, além das práticas culturais como co-leito, alimentação noturna, objetos transicionais e uso de chupetas. Aponta para algumas condutas que podem modular a fisiologia do sono e as práticas domiciliares de sono na infância.


This literature review presents the main organic, psychological and cultural factors influencing the sleeping habits of infants. By means of a clinical-anthropological approach, the interrelation between these habits and biobehavioral and psychosocial stressing factors is described, as well as cultural practices such as shared bed, night feeding, transitional objects and use of dummies. It presents some measures that may modulate the physiology of sleep and home practices of sleeping in childhood.


Tratase de un artículo de revisión relizado con el objetivo de presentar los principales factores orgánicos, psicológicos y culturales que influencian en los hábitos del sueño del lactante. Con un abordaje clínico-antropológico, describe las interrelaciones de esos hábitos con los éstressores biocomportamentales y psicosociales, más allá de las prácticas culturales como el co-lecho, alimentación nocturna, objetos transicionales y el uso de chupetes. Apunta para algunas conductas que pueden modular la fisiología del sueño y las prácticas domiciliares del sueño en la infancia.


Assuntos
Humanos , Lactente , Criança , Comportamento do Lactente , Hábitos , Sono/fisiologia , Comparação Transcultural , Fatores Culturais
20.
Cogitare enferm ; 10(1): 81-86, jan.-abr. 2005.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-436025

RESUMO

Este estudo teve como objetivo compreender e interpretar os conceitos bourdieusianos de campo, habitus e capital, aplicando-os ao campo da enfermagem. Apreendeu-se que à semelhança de outros, o campo da enfermagem é movido por interesses, entre eles, o de acumular saberes, ou seja, capital científico. O conceito de habitus mostrou-se apropriado para fundamentar estudos referentes ao processo de cuidar em enfermagem. Nesse sentido, a formação acadêmica, a estrutura dos serviços, os habitus de classe dos profissionais e os dos clientes precisam ser constantemente considerados, questionados e confrontados para que o processo de cuidar se atualize e acompanhe a evolução do conhecimento no campo científico. Considerando-se que o habitus é incorporado principalmente nos primeiros anos de vida, é no processo de cuidar crianças que seu emprego é mais promissor com vistas à incorporação de habitus promotores de saúde e qualidade de vida


Assuntos
Enfermagem , Filosofia em Enfermagem , Hábitos , Promoção da Saúde
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA