Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 79
Filtrar
1.
Av. enferm ; 38(2): 182-190, May-Aug. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1114688

RESUMO

Resumo Objetivo: analisar as morbidades autorreferidas relacionadas com as condições sociodemográficas dos usuários de espaços comunitários de atividade física. Materiais e métodos: estudo transversal, com abordagem quantitativa, realizado com 433 usuários do Sistema Único de Saúde, na macrorregião Cariri, Ceará, Brasil. A coleta ocorreu por meio de formulário estruturado a partir do modelo de questionário da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, operacionalizada pelo Ministério da Saúde do Brasil. Resultados: a média de idade dos participantes do estudo foi de 42,92 anos (DP ± 17,4); a de renda familiar foi de r$ 1.486,30 (DP ± 1.015,0). Verificou-se predomínio do sexo feminino associado à maior prevalência de hipertensão (p = 0,001) e de dislipidemia (p = 0,003). A idade mais elevada relacionou-se aos diagnósticos médicos de hipertensão (53,85 anos, DP ± 15,64), dislipidemia (59,54 anos, DP ± 15,25) e diabetes (52,42 anos, DP ± 16,66). Conclusão: a análise das características sociais e econômicas permitiu verificar a associação de morbidades como hipertensão, diabetes e dislipidemia com o sexo, a idade, a renda e a escolaridade; esses fatores são causais para o desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis.


Resumen Objetivo: analizar las morbilidades autorreferidas relacionadas con las condiciones sociodemográficas de los usuarios de espacios comunitarios de actividad física. Materiales y métodos: estúdio transversal, con enfoque cuantitativo, realizado con 433 usuarios del Sistema Único de Saúde, en la macro región Cariri, Ceará, Brasil. La recolección de datos se realizó por medio de un formulario estructurado basado en el modelo de cuestionario de la Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, operado por el Ministerio de Salud de Brasil. Resultados: la edad promedio de los participantes fue de 42,92 años (DE ± 17.4) y el ingreso familiar promedio de R$ 1.486,30 (DE ± 1015). Se registró un predominio de mujeres, asociado con una mayor prevalencia de hipertensión (p = 0,001) y dislipidemia (p = 0,003). La edad más alta registrada se relacionó con el diagnóstico médico de hipertensión (53,85 años, DE ± 15,64), dislipidemia (59,54 años, DE ± 15,25) y diabetes (52,42 años, DE ± 16,66). Conclusión: el análisis de las características sociales y económicas permitió verificar la asociación de morbilidades como la hipertensión, la diabetes y la dislipidemia con el sexo, la edad, los ingresos y la educación; estos factores son causales para el desarrollo de enfermedades crónicas no transmisibles.


Abstract Objective: To analyze self-reported morbidities related to sociodemo-graphic conditions of users of community spaces for physical activity. Materials and methods: Cross-sectional study, with a quantitative approach, carried out with 433 users of the Sistema Único de Saúde, in the Cariri-Ceadianará macro-region (Brazil). The collection of data was made through a structured form based on the questionnaire model of the Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico, operated by the Ministry of Health of Brazil. Results: The average age among participants was 42.92 years (SD ± 17.4). Family income was R 1,486.30 (SD ± 1015). There was a predominance of female participants, associated with a higher prevalence of hypertension (p = 0.001) and dyslipidemia (p = 0.003). The highest age reported was related to the medical diagnosis of hypertension (53.85 years, SD ± 15.64), dyslipidemia (59.54 years, SD ± 15.25), and diabetes (52.42 years, SD ± 16.66). Conclusion: The analysis of social and economic variables allowed to confirm the association of morbidities such as hypertension, diabetes and dyslipidemia with sex, age, income and education, these being causal factors for the development of Chronic Noncommunicable Diseases.


Assuntos
Humanos , Qualidade de Vida , Exercício Físico , Fatores de Risco , Morbidade , Promoção da Saúde , Atividade Motora , Fatores Sociológicos , Doenças não Transmissíveis
2.
Enferm. actual Costa Rica (Online) ; (38): 151-162, Jan.-Jun. 2020. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1090093

RESUMO

Resumen El objetivo de esta investigación fue estudiar la prevalencia de sobrepeso, obesidad y factores asociados en estudiantes de 5° y 6° grado de primaria en dos municipios de la Costa Chica de Guerrero. Se llevó a cabo un estudio descriptivo transversal. Para la recopilación de información se utilizó una báscula digital para registrar las medidas antropométricas y, se aplicó un cuestionario, que incluyó variables relacionadas con hábitos alimenticios, actividad física, tiempo dedicado a ver televisión (TV) y tiempo dedicado a dormir. Se encontró que el 16% de los estudiantes tuvo sobrepeso y 15% obesidad. Hubo mayor riesgo de padecer la enfermedad metabólica en los participantes que ven TV más de 5 h/día (ORns Cl adj = 1.72.IC 95% 1.27-2.34), mientras que comer cuatro o más veces al día tuvo un efecto protector (ORns Cl adj = 0.47, IC 95% 0.31-0.72). En los municipios de Cruz Grande y San Marcos los estudiantes de 5° y 6° de primaria tienen un grado medio de sobrepeso y obesidad; ya que el sedentarismo no es tan marcado y existe la tendencia a practicar el deporte. Se concluye que disminuir el número de horas frente al televisor y la correcta alimentación son acciones que pueden contribuir a la prevención y disminución del sobrepeso y la obesidad en estudiantes de primaria.


Abstract The objective of this research was to study the prevalence of overweight, obesity and associated factors in students of 5th and 6th grade of primary school in two municipalities of the Costa Chica, Guerrero. A crosssectional descriptive study was carried out. For the collection of information, a digital scale was used to record the anthropometric measurements and, a questionnaire was applied, which included variables related to eating habits, physical activity, time spent watching television (TV) and time spent sleeping. It was found that 16% of the students were overweight and 15% obese. There was an increased risk of metabolic disease in participants who watched TV more than 5 h / day (ORns Cl adj = 1.72.IC 95% 1.27-2.34), while eating four or more times a day had a protective effect (ORns Cl adj = 0.47, 95% CI 0.31-0.72). In the municipalities of Cruz Grande and San Marcos, students in grades 5 and 6 have a medium degree of overweight and obesity; since sedentary lifestyle is not as marked and there is a tendency to practice sports. It is concluded that reducing the number of hours in front of the television and the correct feeding are actions that can contribute to the prevention and reduction of overweight and obesity in elementary students.


Resumo O objetivo desta pesquisa foi estudar a prevalência de sobrepeso, obesidade e fatores associados em estudantes da 5ª e 6ª séries do ensino fundamental de dois municípios da Costa Chica de Guerrero. Foi realizado um estudo descritivo transversal. Para a coleta de informações, utilizou-se uma escala digital para registro das medidas antropométricas e aplicou-se um questionário, que incluiu variáveis relacionadas aos hábitos alimentares, atividade física, tempo gasto assistindo televisão (TV) e tempo gasto dormindo. Verificou-se que 16% dos estudantes estavam com sobrepeso e 15% com obesidade. Houve um risco aumentado de doença metabólica nos participantes que assistiram TV mais de 5 h / dia (ORns Cl adj = 1,72.IC 95% 1,27-2,34), enquanto comer quatro ou mais vezes por dia teve um efeito protetor (ORns Cl adj = 0,47, IC 95% 0,31-0,72). Nos municípios de Cruz Grande e San Marcos, os alunos das séries 5 e 6 apresentam sobrepeso e obesidade médios; uma vez que o estilo de vida sedentário não é tão acentuado e existe uma tendência a praticar esportes. Conclui-se que reduzir o número de horas em frente à televisão e a alimentação correta são ações que podem contribuir para a prevenção e redução do sobrepeso e obesidade em alunos do ensino fundamental.


Assuntos
Humanos , Criança , Estudantes , Exercício Físico , Saúde do Estudante , Sobrepeso , Comportamento Alimentar , Comportamento Sedentário , México , Atividade Motora , Obesidade
3.
Aquichan ; 19(3): e1936, July-Sept. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1038334

RESUMO

ABSTRACT Objective: This work sought to evaluate a physical exercise program of moderate intensity in patients operated of bariatric surgery and its influence on muscle strength. Method: Randomized clinical trial, with an intervention group and a control group. Forty three patients were operated of bariatric surgery. The intervention group was applied a program of moderate physical activity during six months. Grip strength and bioimpedance were measured at their baseline form, at one month, and six months after surgery. A bivariate study was conducted to observe variable changes. Results: Upon conducting Student´s t for independent samples in all the variables (weight, body mass index, grip strength, lean mass, fat mass, and metabolism), the result is that no significant differences exist between the intervention group and the control group with p > 0.05. Conclusion: A program of moderate physical activity lasting six months in patients intervened of bariatric surgery has no significant result in the development of muscle mass evaluated through manual dynamometry and bioimpedance.


RESUMEN Objetivo: evaluar un programa de ejercicio físico de intensidad moderada en pacientes operados de cirugía bariátrica y su influencia en la fuerza muscular. Método: ensayo clínico aleatorizado, con un grupo de intervención y un grupo control. Cuarenta y tres pacientes fueron operados de cirugía bariátrica. Al grupo de intervención se le aplicó un programa de actividad física moderada durante seis meses. La fuerza de agarre y la bioimpedancia se midieron en su forma basal, al mes y a los seis meses después de la cirugía. Se realizó un estudio de bivariante para observar los cambios de las variables. Resultados: al realizar la prueba de t de student para muestras independientes en todas las variables (peso, índice de masa corporal, fuerza de agarre, masa magra, masa grasa y metabolismo), el resultado es que no hay diferencias significativas entre el grupo de intervención y el grupo control con p>0,05. Conclusión: un programa de actividad física moderado de seis meses de duración en pacientes intervenidos de cirugía bariátrica no tiene resultados significantes en el desarrollo de la masa muscular evaluada a través de la dinamometría manual y la bioimpedancia.


RESUMO Objetivo: avaliar um programa de exercício físico de intensidade moderada em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica e sua influência na força muscular. Materiais e método: ensaio clínico randomizado, com um grupo de intervenção e um grupo controle. Quarenta e três pacientes foram operados de cirurgia bariátrica. Ao grupo de intervenção, foi aplicado um programa de atividade física moderada durante seis meses. A força muscular e a bioimpedância foram medidas em sua forma basal em um mês e aos seis meses depois da cirurgia. Foi realizado um estudo de bivariante para observar as mudanças das variáveis. Resultados: ao realizar o teste t de Student para amostras independentes em todas as variáveis (peso, índice de massa corporal, força muscular, massa magra, massa gordurosa e metabolismo), não se verificam diferenças significativas entre o grupo de intervenção e o grupo controle com p > 0,05. Conclusão: um programa de atividade física moderada de seis meses de duração em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica não apresenta resultados significantes no desenvolvimento da massa muscular avaliada por meio da dinamometria manual e da bioimpedância.


Assuntos
Humanos , Exercício Físico , Cirurgia Bariátrica , Atividade Motora , Obesidade Mórbida , Índice de Massa Corporal , Força da Mão , Terapia por Exercício , Obesidade
4.
Enferm. actual Costa Rica (Online) ; (36): 36-47, Jan.-Jun. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1019828

RESUMO

Resumo Este estudo teve como objetivo descrever o nível de atividade física e a qualidade de vida de bancários. Trata-se de um estudo quantitativo e descritivo de corte transversal realizado com 36 bancários da cidade de Jequié, Bahia, Brasil. Para coletar o nível de atividade física adotou-se o Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ) que avalia a prática dessa atividade no período de 1 semana. Para avaliar a Qualidade de Vida utilizou-se o WHOQOL-bref que considera quatro domínios para avaliação: físico, psicológico, relações sociais e meio ambiente. Os dados foram tabulados e analisados por meio de estatística descritiva simples no software Statistical Packageforthe Social Sciences (SPSS) versão 21.0. Entre os resultados, constatou-se que 66,7% (n=24) dos bancários eram insuficientemente ativos. Quanto à avaliação dos domínios da Qualidade de Vida, observou-se que os bancários apresentaram melhor percepção de Qualidade de Vida no domínio físico (82,1) e piorpercepção no domíniomeio ambiente (59,3). Conclui-se que, a partir desseestudo, foipossível à compreensão sobre o nível de atividade física, em que houve predominância de trabalhadores insuficientemente ativos, sendo que este fator pode estar influenciando na sua qualidade de vida no domínio físico e meio ambiente.


Resumen Este estudio tuvo como objetivo describir el nivel de actividad física y calidad de vida de trabajadores bancarios. Es un estudio cuantitativo, descriptivo y transversal realizado con 36 bancarios de la ciudad de Jequié, Bahía, Brasil. Para recolectar el nivel de actividad física se adoptó el Cuestionario Internacional de Actividad Física (IPAQ) que evalúa la práctica de esa actividad en el período de una semana. Para evaluar la calidad de vida se utilizó el WHOQOL-bref que considera 4 dominios para evaluación: físico, psicológico, relaciones sociales y medio ambiente. Los datos fueron tabulados y analizados mediante estadística descriptiva simples en el software Software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versión 21.0. Entre los resultados se obtuvo que 66,7% (n=24) de los bancarios eran insuficientemente activos. En lo que se refiere a la evaluación de los dominios de la calidad de vida, se observó que los bancarios presentaron mejor percepción de calidad de vida en el dominio físico (82,1) y peor percepción en el dominio medio ambiente (59,3). Se concluye que a partir de este estudio, fue posible la comprensión sobre el nivel de actividad física de los bancarios, en que hubo el predominio de trabajadores insuficientemente activos, sin que tal factor pueda estar influenciando en su calidad de vida.


Abstract The purpose of this study was to describe the level of physical activity and quality of life of bank workers. This is a quantitative and cross-sectional descriptive study of 36 bank workers of the town of Jequié. To collect the level of physical activity, it was used the International Physical Activity Questionnaire (IPAQ) that evaluates the practice this activity during 1 week. To evaluate the quality of life was used the WHOQOL-bref that considers 4 areas for the assessment: physical, psychological, social relationships and environment. The data were tabulated and analyzed using descriptive and simple statistics in the Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) version 21.0. Among the results, it was found that 66,7% (n=24) of bank workers were classified as physically inactive. Regarding the evaluation of the Quality of Life, it was observed that the bank workers showed a better perception of Quality of Life in the physical domain (82,1) and worst perception in environment domain (59,3). It is concluded that based on this study it was posible the understanding about de physical activity level in which there was a predominance of physically inactive workers and it can influence their quality of life in the physical and environment domains.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Qualidade de Vida , Brasil , Exercício Físico , Saúde do Trabalhador , Ergonomia , Atividade Motora , Medicina do Trabalho
5.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1245, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047979

RESUMO

OBJETIVO: avaliar a autopercepção de adolescentes sobre a sua qualidade de vida e a relação entre a qualidade de vida e sexo, renda familiar e prática de atividades físicas. MÉTODOS: estudo epidemiológico, transversal e analítico. Pesquisaram-se 633 adolescentes de 10 a 16 anos, do ensino público fundamental e médio. A coleta dos dados foi realizada no mês de agosto de 2016. O instrumento KIDSCREEN27 foi usado para determinar a qualidade de vida. Foram coletados dados sociodemográficos e sobre prática de atividades físicas. A análise foi feita por estatística descritiva, análise bivariada e usadas tabelas com valores absolutos e relativos. Aplicaram-se os testes ANOVA um fator, teste T de Student e H de Kruskal-Walis. RESULTADOS: os adolescentes tinham, em média, 13,82 anos, maioria do sexo feminino, cor/raça parda, cursando o primeiro ano do ensino médio e com renda familiar de até três salários mínimos. Aproximadamente 60% eram sedentários e, entre os que realizavam alguma atividade física, faziam-na em dois ou três dias na semana. Houve associação estatisticamente comprovada (p<0,001) para maiores médias de escore de qualidade de vida entre os participantes que realizavam atividade física. As médias dos escores KIDSCREEN27 foram maiores no sexo masculino, com associação estatisticamente comprovada, com exceção dos domínios suporte social e grupo de pares e ambiente escolar. CONCLUSÕES: constastou-se que os adolescentes do sexo feminino apresentaram percepção inferior quanto à sua qualidade de vida e que a realização de atividades físicas é um fator importante para o incremento dessa percepção.(AU)


Objective: to assess adolescents' self-perception of their quality of life and the relationship between quality of life and gender, family income and physical activity. Methods: epidemiological, cross-sectional and analytical study. A total of 633 adolescents from 10 to 16 years old, from public elementary and high school, were surveyed. Data collection was performed in August 2016. The instrument KIDSCREEN-27 was used to determine quality of life. Sociodemographic and physical activity data were collected. The analysis was performed by descriptive statistics, bivariate analysis and tables with absolute and relative values. Oneway ANOVA, Student's t-test and Kruskal-Wallis H tests were applied. Results: the adolescents were, on average, 13.82 years old, mostly female, mixed race / brown, attending the first year of high school and with family income of up to three minimum wages. Approximately 60% were sedentary and, among those who performed some physical activity, did it on two or three days a week. There was a statistically proven association (p <0.001) for higher means of quality of life score among participants who performed physical activity. The average KIDSCREEN-27 scores were higher in males, with a statistically proven association, except for the social support domains and peer group and school environment. Conclusions: it was found that female adolescents had lower perception regarding their quality of...(AU)


Objetivo: evaluar la autopercepción de los adolescentes sobre su calidad de vida y la relación entre calidad de vida y sexo, ingreso familiar y actividad física. Métodos: estudio epidemiológico, transversal y analítico. Se encuestó a un total de 633 adolescentes de 10 a 16 años de edad de escuelas primarias y secundarias públicas. La recogida de datos se realizó en agosto de 2016. Se utilizó el instrumento KIDSCREEN27 para determinar la calidad de vida. Se recogieron datos sociodemográficos y de actividad física. El análisis se realizó mediante estadística descriptiva, análisis bivariado y tablas con valores absolutos y relativos. Se aplicaron ANOVA unidireccional, la prueba t de Student y las pruebas H de Kruskal-Walis. Resultados: los adolescentes tenían, en promedio, 13,82 años, eran en su mayoría mujeres, de tez oscura, cursaban el primer año de la escuela secundaria y tenían ingresos familiares de hasta tres salarios mínimos. Aproximadamente el 60% eran sedentarios y, entre los que realizaban alguna actividad física, lo hacían dos o tres días a la semana. Hubo una asociación estadísticamente comprobada (p <0.001) para promedios más altos en la calidad de vida entre los participantes que realizaban actividad física. Los puntajes promedio de KIDSCREEN27 fueron más altos entre los varones, con una asociación estadísticamente comprobada, a excepción de los dominios apoyo social y grupo de pares y ambiente escolar. Conclusiones: se constató que las adolescentes tenían una percepción más baja con respecto a su calidad de vida y que la práctica de actividades físicas es un factor importante para aumentar esta percepción.(AU)


Assuntos
Criança , Adolescente , Qualidade de Vida , Saúde do Adolescente , Promoção da Saúde , Atividade Motora , Fatores Socioeconômicos
6.
rev. cuid. (Bucaramanga. 2010) ; 9(2): 2105-2116, maio-ago. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-963430

RESUMO

Resumo Introdução O estilo de vida tem se destacado como importante causa para as principais doenças crônicas, como o diabetes mellitus tipo 2, por causar alterações fisiológicas crônicas que tendem a se agravar à medida que o indivíduo envelhece. Comparou-se o nível de atividade física realizada por pessoas com diabetes mellitus tipo 2 na atenção básica e unidade especializada. Materiais e Métodos Estudo descritivo, de corte transversal, com análise comparativa. Aplicaram-se questionários semiestruturado e o validado Internacional de Atividade Física, submetidos e comparados por análise estatística com os testes do Qui-quadrado de Pearson e t student. Resultados: A idade média dos usuários foi 59 anos, predominância sexo feminino e não praticantes de atividade física. Valores glicêmicos obtidos pelo exame da hemoglobina glicada foram, 8,1% em centro de referência e 9,6% em unidade básica de saúde (p=0,017), diferenciais de controle metabólico e distintas realidades de atendimento. Discussão O nível de atividade física aliado a mudanças no estilo de vida e adesão terapêutica, é parte fundamental para o controle do diabetes e prevenção de complicações, devendo ser encorajadas pelos profissionais da saúde. Conclusoes Melhor desempenho no nível de atividade física e melhor controle glicêmico de pessoas acompanhadas em centro especializado. Deve-se considerar ações de educação à saúde na perspectiva do cuidado integral na Rede de Atenção à Saúde, independente do tipo de serviço, como potencializadoras para o automonitoramento e controle do diabetes mellitus.


Abstract Introduction Lifestyle has emerged as an important cause of major chronic diseases, such as type-2 diabetes mellitus, because it causes chronic physiological changes that tend to worsen as individual age. The study compared the level of physical activity performed by people with type-2 diabetes mellitus in basic care and specialized unit. Materials and Methods Descriptive, cross-sectional study with comparative analysis. Semi-structured questionnaires and the internationally validated Physical Activity questionnaire were applied, submitted and compared through statistical analysis with Pearson's chi-square and Student's t tests. Results The average age of the users was 59 years, with predominance of females and those not engaging in physical activity. Glycemic values obtained by examining glycated hemoglobin were: 8.1% in a reference center and 9.6% in a basic health unit (p = 0.017), differentials of metabolic control and different care realities. Discussion The level of physical activity, combined with changes in lifestyle and therapeutic adherence, is a fundamental part of diabetes control and prevention of complications and should be encouraged by health professionals. Conclusions Better performance was noted in the level of physical activity and better glycemic control of individuals monitored at a specialized center. Health education actions should be considered within the perspective of comprehensive care in the Health Care Network, regardless of the type of service, as potential for self-monitoring and control of diabetes mellitus.


Resumen Introducción El estilo de vida se ha destacado como una importante causa para las principales enfermedades crónicas, como la diabetes mellitus tipo 2, por causar alteraciones fisiológicas crónicas que tienden a agravarse a medida que el individuo envejece. Se comparó el nivel de actividad física realizada por personas con diabetes mellitus tipo 2 en la atención básica y en unidad especializada. Materiales y Métodos Estudio descriptivo de corte transversal con análisis comparativo. Se aplicaron cuestionarios semiestructurados y el validado Internacional de Actividad Física, sometidos y comparados por análisis estadístico con las pruebas del Chi-cuadrado de Pearson y t student. Resultados La edad media de los usuarios fue de 59 años, predominancia del sexo femenino y no practicantes de actividad física. Los valores glucémicos obtenidos por el examen de la hemoglobina glicosilada fue de 8.1% en centro de referencia y 9.6% en unidad básica de salud (p = 0,017), diferenciales de control metabólico y distintas realidades de atención. Discusión: El nivel de actividad física aliado a cambios en el estilo de vida y adhesión terapéutica es parte fundamental para el control de la diabetes y prevención de complicaciones, debiendo ser estimuladas por los profesionales de la salud. Conclusiones Mejor desempeño en el nivel de actividad física y mejor control glucémico de personas acompañadas en centro especializado. Se debe considerar acciones de educación a la salud en la perspectiva del cuidado integral en la Red de Atención a la Salud, independiente del tipo de servicio, como potencializadoras para el automonitoramiento y control de la diabetes mellitus.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem em Saúde Comunitária , Diabetes Mellitus , Atividade Motora
7.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 8: [1-11], mar. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-973223

RESUMO

Objetivo: descrever as características definidoras e fatores relacionados ao diagnóstico de enfermagem na recuperação cirúrgica retardada em idosos pós-cirúrgicos de gastrectomia e colectomia. Método: Estudo descritivo de casos múltiplos, realizado em dois hospitais públicos do Rio de Janeiro, Brasil, de agosto/2014 a abril/2015. Os sujeitos do estudo foram 10 idosos, acompanhados por 60 dias, por meio de cinco entrevistas sobre variáveis do diagnóstico. A análise descritiva apresentou os cálculos de média, desvio padrão e percentual; e para análise e síntese dos dados diagnósticos adotou-se o modelo de Risner. Resultados: os pacientes foram, majoritariamente, do sexo masculino (70%); média de idade 70,1 ± 6,8; dias pós-operatório 63,8 ± 42,8. Os fatores relacionados aos casos foram: procedimento cirúrgico extenso (100%); dor (80%); e infecção pós-operatória no local da incisão(50%). Esses se ajustaram às características definidoras: adiamento ao retorno às atividades de trabalho/emprego (100%);evidência de interrupção na cicatrização da área cirúrgica (70%); dificuldade para movimentar-se (50%); ajuda no autocuidado(50%), ratificado o retardo na recuperação cirúrgica. Conclusão: Recomenda-se investigação precoce em idosos com risco de desenvolver o diagnóstico para o estabelecimento de ações assertivas de enfermagem.


Objective: to describe the defining characteristics and factors related to nursing diagnosis on delayed surgical recovery in elderlypeople, post-surgical of gastrectomy and colectomy. Method: A descriptive study of multiple cases, carried out in two publichospitals in Rio de Janeiro, Brazil, from August/2014 to April/2015. The study subjects were 10 elderly people, followed up for 60days, through five interviews on diagnostic variables. The descriptive analysis presented the mean, standard deviation andpercentage calculations; and for the analysis and synthesis of the diagnostic data, the Risner’s model was adopted. Results:Patients were predominantly males (70%), means age 70.1 ± 6.8, postoperative 63.8 ± 42.8 days. The factors related to the caseswere: extensive surgical procedure (100%), pain (80%), postoperative infection at the incision site (50%). These ones conformed tothe defining characteristic: postponed return at work/job activities (100%), evidence of interruption in the surgical area healing(70%), difficult to move (50%), help in self-care (50%) ratified the retardment in surgical recovery. Conclusion: we recommend earlyresearch in elderly people with possibility/risk of developing diagnostic for establishing assertive nursing actions.


Objetivo: describir los factores relacionados y características que definen el diagnóstico de enfermería recuperación quirúrgica retardada en ancianos a lo largo post-quirúrgico de la gastrectomía y la colectomía. Método: Estudio descriptivo de múltiples casos, llevado a cabo en dos hospitales públicos del Rio de Janeiro, Brasil, de agosto/2014 hasta abril/2015. Los sujetos participantes del estudio fueron 10 ancianos, acompañados por 60 días, en cinco entrevistas sobre variables del diagnóstico. El análisis descriptivo mostró los cálculos de la media, desviación estándar y el porcentaje; y el análisis y síntesis de los datos de diagnóstico, adoptaron el modelo Risner. Resultados: Los pacientes eran varones (70%), edad 70,1 ± 6,8, postoperatorio 63.8 ± 42.8 días. Los factores relacionados: procedimiento quirúrgico amplio (100%); dolor (80%); infección postoperatoria en el sitio de la incisión (50%). Esos seajustaron a las características definitorias: aplazamiento al regreso al trabajo/empleo (100%); evidencia de interrupción de lacuración de la zona quirúrgica (70%); dificultad de moverse (50%); ayuda en el autocuidado (50%) confirman el retraso en la recuperación quirúrgica. Conclusión: se recomienda investigaciones precoces en ancianos con posibilidad/riesgo de desarrollar de diagnóstico para el establecimiento de acciones asertivas de enfermería.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Estratégia Saúde da Família , Enfermagem Geriátrica , Atividade Motora , Diagnóstico de Enfermagem
8.
Niterói; s.n; 2018. 107 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-913793

RESUMO

OBJETIVOS: Este estudo investigou os efeitos da residência em instituições de longa permanência para idosos (ILPIs) sobre as habilidades motoras, funções executivas, sintomas depressivos e atividades básicas da vida diária (ABVDs), suas relações e desfechos. MÉTODOS: Trata-se de um estudo observacional analítico de corte transversal. Para isso, a amostra foi constituída por residentes em quatro diferentes ILPIs, selecionados de forma não probabilística, totalizando 56 idosos. Destes, 38 (67,85%) do sexo masculino e 18 (32,15%) do sexo feminino, com idade 77,68 ±8,24 anos e 45,01 ±87,36 meses de residência em ILPI. Nos procedimentos experimentais foram adquiridas variáveis sociodemográficas, desempenho nas ABVDs, fluência verbal, sintomas depressivos, medidas cineantropométricas e estabilométricas por plataforma de força. Realizaram-se análises estatísticas descritivas e análise da distribuição. Para as comparações, utilizou-se ANOVA one way ou Kruskal-Wallis, com seus respectivos testes posteriores. O teste ANCOVA foi utilizado para minimizar o efeito das variáveis de confundimento. Para as variáveis ordinais, utilizou-se o teste Qui-quadrado e para as dicotômicas, odds ratio. RESULTADOS: O resultado da análise mostrou que os idosos que compuseram esta pesquisa, residentes nas ILPIs, tiveram os resultados abaixo dos pontos de cortes em todos os testes aplicados. Porém, este delineamento não foi capaz de apontar a influência do tempo de residência em ILPI de forma efetiva nestas variáveis. Quando se mensurou os sintomas depressivos, identificou-se uma correlação negativa (rs= 0,318 p<0,05) e diferença entre os subgrupos estratificados por tempo de residência em ILPI. Isso demostra que os idosos residentes em ILPIs têm seus sintomas depressivos mais pronunciados nas etapas iniciais da institucionalização. Assim como no teste Qui-quadrado, que mostra relação entre a maior classificação da escala de depressão geriátrica (EDG) com o menor tempo de institucionalização. Houve a indicação de uma Odds Ratio de 4,6 para que, quando houver sintomas depressivos presentes, o idoso tenha algum tipo de dependência para realizar ABVDs. CONCLUSÃO: Este estudo indica que as variáveis pesquisadas nestes idosos estão niveladas abaixo dos índices recomendados, revelando ser atingidas por um "efeito piso", em que os instrumentos ficam incapazes de distinguir diferenças entre grupos e indivíduos. Os sintomas depressivos apresentaram uma variável influenciada pelo tempo de residência de uma forma inversamente proporcional. Essas descobertas insinuam que o atual padrão de institucionalização asilar do idoso é nocivo à qualidade das variáveis estudadas, indicadas pelas múltiplas restrições das habilidades motoras, cognitivas e comportamentais, impostas pela rotina das ILPIs, que se traduz nas respostas adaptativas para falta estímulos


OBJECTIVES: This study investigated the effects of residency in Homes for the Aged (HA) on motor skills, executive functions, depressive symptoms and basic activities of daily living (ADL), their relationships and outcomes. METHODS: This is an observational, cross-sectional, observational study. For this, the sample consisted of residents of four different HA, selected in a non-probabilistic way, totaling 56 elderly, 38 (67.85%) males and 18 (32.15%) females, aged, 68 ± 8.24 years) and (45.01 ± 87.36 months) residence in HA. In the experimental procedures, sociodemographic variables, performance in ADL, verbal fluency, depressive symptoms, kinetic and stabilometry were obtained by force platform. Descriptive statistical analysis, distribution analysis, for ANOVA comparisons one way or Kruskal-Wallis, with their respective subsequent tests were performed. The ANCOVA test was used to minimize the effect of confounding variables. For the ordinal variables the chi-square test was used and for the dichotomous odds ratio. RESULTS: it was pointed out by the results that the elderly living in the HA that composed this study had the results below the cut points in all the applied tests, however this design was not able to point out the influence of the residence time in HA effectively in these variables. When the depressive symptoms were measured, a negative correlation (rs = 0.318 p <0.05) and difference between the subgroups stratified by residence time in HA were found, which shows that the elderly living in HA have their most depressive symptoms pronounced in the initial stages of institutionalization, as well as in the chi-square test that shows the relationship between the higher classification of Geriatric Depression Scale (GDS) and the shorter institutionalization time. There was an indication of an Odds Ratio of 4.6 when there are depressive symptoms present the elderly have some type of dependency to perform ADL. CONCLUSION: This study indicates that the variables studied in these elderly people are below the recommended indexes. revealing being hit by a "floor effect" in which the instruments are unable to distinguish differences between groups and individuals. The depressive symptoms presented a variable influenced by the time of residences of an inversely proportional form. These findings suggest that the current standard of asylum institutionalization of the elderly is harmful to the quality of the variables studied, indicated by the multiple restrictions of motor, cognitive and behavioral skills that are imposed by the HA routine, which translates into the adaptive responses to lack of stimuli


Assuntos
Idoso , Depressão , Função Executiva , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Atividade Motora , Equilíbrio Postural
9.
J. nurs. health ; 7(3): e177305, dez.2017. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1029165

RESUMO

Objetivo: conhecer os hábitos cotidianos de alimentação e prática de atividades físicas de crianças entre sete e dez anos de idade, de uma unidade básica de educação de um município do Sul de Santa Catarina. Método: pesquisa qualitativa descritiva e exploratória, desenvolvida com 24 crianças em uma unidade de ensino, vinculada a Estratégia de Saúde da família. Os dados foram coletados no período de outubro de 2012, por meio de entrevista semiestruturada e analisados a luz do referencial teórico de Madeleine Leininger. Resultados: o cotidiano das crianças e de suas famílias nem sempre auxiliam nos hábitos saudáveis, padrões culturais podem influenciar neste processo, consequentemente refletindo no ambiente escolar. Conclusão: parcerias entre a Estratégia de Saúde da Família (ESF), escola e família são importantes para traçar estratégias que fomentam as práticas de educação em saúde desta comunidade.


Objective: to learn about the everyday habits of food and physical activity of children from sevento ten years of age, from a basic unit of education at a city in the south of Santa Catarina. Methods:qualitative descriptive and exploratory study, developed with 24 children in a unit of education,linked to the Family Health Strategy. The data was collected in October 2012, through semistructuredinterviews, and analyzed through the theoretical framework of Madeleine Leininger.Results: the daily life of children and their families do not always assist in healthy habits; culturalpatterns may influence this process, consequently reflecting in the school environment. Conclusion:partnerships among the Family Health Strategy (FHS), school, and family are important to devisestrategies that foster the practices of health education in this community.


Assuntos
Humanos , Atividade Motora , Comportamento Alimentar , Criança , Enfermagem , Obesidade
10.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(11): 4435-4444, nov.2017. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031933

RESUMO

Objetivo: avaliar o desenvolvimento físico dos lactentes hospitalizados. Método: estudo quantitativo, transversal, observacional, realizado com 27 lactentes. Foram avaliadas as medidas antropométricas, no Programa ANTHRO 2007, por meio de relações avaliadas em escores z. Realizaram-se análises estatísticas descritivas a partir de figura e tabelas. Resultados: verificou-se que 51,9% dos lactentes eram do sexo masculino. Observou-se que a maioria apresentava medidas e relações antropométricas de acordo com o esperado para as suas idades, isto é, crescimento satisfatório com relações dentro do intervalo -2 e +2 do escore z. Com relação às habilidades motoras refinadas e grossas, alguns lactentes incluíram-se na faixa de risco, tendo em vista que não conseguiram realizar os testes completamente. Conclusão: o contexto de hospitalização pode influenciar o desenvolvimento físico de lactentes a depender da duração e do contexto desta internação.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Lactente , Antropometria , Atividade Motora , Crescimento e Desenvolvimento , Desenvolvimento Infantil , Hospitalização , Pesos e Medidas Corporais , Saúde do Lactente , Enfermagem Pediátrica , Estudos Transversais
11.
Cogitare enferm ; 22(2): 01-09, abr-jun. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-868381

RESUMO

Este estudo teve como objetivo relacionar a força muscular de membros inferiores com a funcionalidade do joelho de idosas praticantes de hidroginástica. Trata-se se de um estudo transversal realizado entre junho e setembro de 2016 na cidade de Maringá no Paraná. A amostra foi composta por 147 idosas praticantes de hidroginástica. Foi utilizado o teste de levantar e sentar da cadeira por 30 segundos e o questionário Cincinnati. Observou-se que as idosas apresentaram nível fraco de força muscular de membro inferior [Md = 13 (Q1 = 11; Q3 = 16)]. Verificou-se correlação significativa (p = 0,001) e moderada (r = 0,68) entre a força muscular de membros inferiores e a funcionalidade do joelho. A correlação moderada entre a força muscular de membros inferiores e a funcionalidade do joelho das idosas sugere uma importante associação entre essas variáveis (AU).


The objective in this study was to relate the lower limb muscle strength with the knee functionality of elderly women practicing water aerobics. A cross-sectional study was developed between June and September 2016 in the city of Maringá, state of Paraná, Brazil. The sample consisted of 147 elderly women practicing water aerobics. The 30-second chair stand test and the Cincinnati questionnaire were used. It was observed that the elderly women presented low levels of lower limb muscle strength [Md = 13 (Q1 = 11; Q3 = 16)]. A significant (p = 0.001) and moderate (r = 0.68) correlation was found between lower limb muscle strength and knee functionality. The moderate correlation between the lower limb muscle strength and knee functionality of the elderly women suggests an important association between these variables (AU).


El objetivo de este estudio fue relacionar la fuerza muscular de miembros inferiores con la funcionalidad de la rodilla de ancianas practicantes de aquagym. Se trata de un estudio trasversal desarrollado entre junio y septiembre de 2016 en la ciudad de Maringá, estado de Paraná, Brasil. La muestra incluyó a 147 ancianas practicantes de aquagym. Fue utilizado la prueba 30-second chair stand y el cuestionario Cincinnati. Se observó que las ancianas presentaron nivel débil de fuerza muscular de miembro inferior [Md = 13 (Q1 = 11; Q3 = 16)]. Fue verificada correlación significativa (p = 0,001) y moderada (r = 0,68) entre la fuerza muscular de miembros inferiores y la funcionalidad de la rodilla. La correlación moderada entre la fuerza muscular de miembros inferiores y la funcionalidad de la rodilla de las ancianas sugiere una asociación importante entre esas variables (AU).


Assuntos
Humanos , Idoso , Envelhecimento , Aptidão Física , Geriatria , Promoção da Saúde , Atividade Motora
12.
rev. cuid. (Bucaramanga. 2010) ; 7(2): 1279-1287, july.-dic. 2016. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-790007

RESUMO

Introducción: El nivel de actividad física, tabaquismo y alcoholismo, son factores de riesgo cardiovascular que modifican la salud y calidad de vida de las personas. El objetivo del estudio fue determinar el nivel de actividad física, consumo de alcohol y tabaquismo que se presenta en funcionarios públicos de una institución gubernamental en Tunja, Colombia. Materiales y Métodos: Estudio descriptivo de corte transversal en una muestra de 71 funcionarios, a quienes se les aplicó tres test de auto diligenciamiento para determinar su actividad física, habito de fumar y consumo de alcohol. Resultados: El nivel de actividad física más predominante fue el moderado (40.85%); además un 43.6% de la muestra resulto permanece más de 6 horas sentada. Respecto al tabaquismo, se encontró que el 22.54% fuman, obteniendo en las 3 categorías en su mayoría dependencia leve; el consumo de alcohol se presentó en un 73,24%, donde el 78,85%, son bebedores sociales y el 7,69% tienen consumo de riesgo. Discusión: La importante inactividad física encontrada en los funcionarios, se reflejó en su índice de masa corporal, además de conductas de riesgo como consumo de alcohol y hábito de fumar que en un futuro pueden afectar su salud, identificándose que se debe realizar mayores estudios epidemiológicos que profundicen en el tema. Conclusiones: La muestra estudiada presentó un moderado nivel de actividad física junto con alta prevalencia de otros factores de riesgo cardiovascular; por lo cual se recomendaría la implementación de pausas activas como medida para estimular el ejercicio físico.


Introdução: O nível de atividade física, tabagismo e o consumo de álcool são fatores de risco cardiovascular que modificam a saúde e qualidade de vida das pessoas. O objetivo do estudo foi determinar o nível de atividade física, consumo de álcool e tabagismo, que ocorre em funcionários públicos de uma instituição governamental em Tunja, Colômbia. Materiais e Métodos: Estudo descritivo de corte transversal em uma amostra de 71 funcionários, para quem se aplicaram três testes de auto-preenchimento para determinar a sua atividade física, seu hábito de fumar e consumo de álcool. Resultados: O nível de atividade física mais proeminente foi o moderado (40.85%); além de um 43.6% da amostra que permaneceu mais de 6 horas sentada. Em relação ao tabagismo, foi achado que 22.54% foram fumadores, obtendo nas 3 categorias em sua maioria uma dependência leve; o consumo de álcool se apresentou em 73.24%, onde 78.85% são bebedores sociais e 7.69% têm consumo de risco. Discusão: A importante inatividade física achada nos funcionários, foi refletida em seu índice de massa corporal, além de comportamentos de risco como consumo de álcool e hábito de fumar que no futuro podriam afetar sua saúde, identificando que devem se levar a cabo maiores estudos epidemiológicos que afundem no tema. Conclusões: A amostra estudada apresentou um moderado nível de atividade física junto à alta prevalência de outros fatores de risco cardiovascular, pelo qual se recomendaria a implementação de pausas ativas como medida para a estimulação do exercício físico.


Introduction: The level of physical activity, smoking and alcohol are cardiovascular risk factors that modify health and quality of life of people. The aim of the study was to determine the level of physical activity, alcohol consumption and smoking that occurs in servants from a government institution in Tunja, Colombia. Material and Methods: A descriptive cross-sectional study in a sample of 71 servants, who were applied three tests about self-processed to determine their physical activity, smoking and alcohol consumption. Results: The most prevalent level of physical activity was moderate (40.85%); then 43.6% of the sample was spending more than six hours sitting. According to smoking, it was found that 22.54% smoke, getting in three categories in its most mild dependence, alcohol consumption was presented at a 73.24% where 78.85% are social drinkers and 7.69% have hazardous drinking. Discussion: The important physical inactivity found in servants, it was reflected in their body mass index as well as risk behaviors such as alcohol consumption and smoking habits in the future can affect your health, identifying to be performed largest epidemiological studies to deepen the topic. Conclusions: The sample studied presented a moderated level in physical activity along with high prevalence of other cardiovascular risk factors; for all of these reasons, it would be recommended the implementation of active pauses as a measure to stimulate physical exercise.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto Jovem , Pessoa de Meia-Idade , Atividade Motora , Alcoolismo , Exercício Físico , Doenças Cardiovasculares , Fatores de Risco , Fumar , Serviços de Saúde do Trabalhador , Colômbia , Epidemiologia Descritiva , Inquéritos e Questionários
13.
Ciênc. cuid. saúde ; 15(2): 321-327, Abr.-Jun. 2016. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-974840

RESUMO

RESUMO Atualmente as doenças crônicas não transmissíveis são as principais causas de morte no mundo. Consideradas doenças multifatoriais, têm em comum fatores de riscos modificáveis tais como inatividade física, colesterol elevado, excesso de peso, tabagismo, consumo excessivo de bebidas alcoólicas e alimentação não saudável. Com o objetivo de verificar o impacto por um programa de Gerenciamento de Doenças Crônicas, após dois anos de acompanhamento, surgiu esta pesquisa. Trata-se de programa desenvolvido com um grupo de clientes de uma autogestão localizada no estado de São Paulo. É um estudo transversal realizado durante os anos de 2014-2015 com dados de prontuário eletrônico que foram comparados parâmetros clínicos e hábitos de vida de 1.509 indivíduos participantes de um programa de gerenciamento de doenças em dois momentos: na entrada ao programa e após dois anos de participação. Observaram-se resultados satisfatórios na melhora de parâmetros clínicos relacionados aos níveis pressóricos e à dosagem de glicemia em jejum, assim como diminuição do sedentarismo em indivíduos abaixo dos 60 anos.


RESUMEN Actualmente las enfermedades crónicas no transmisibles son las principales causas de muerte en todo el mundo. Consideradas enfermedades multifactoriales, tienen en común factores de riesgo modificables, tales como inactividad física, colesterol alto, sobrepeso, tabaco, exceso de alcohol y alimentación poco sana. Con el objetivo de averiguar el impacto por un programa de Gestión de Enfermedades Crónicas, tras dos años de acompañamiento, se hizo esta investigación. Se trata de un programa desarrollado con un grupo de clientes de una autogestión ubicada en el estado de São Paulo, Brasil. Es un estudio transversal realizado durante los años de 2014-2015 con datos de registros médicos electrónicos, comparándose los parámetros clínicos y hábitos de vida de 1.509 personas que participan en un programa de gestión de enfermedades en dos ocasiones: cuando entran en el programa y después de dos años de participación. Se observaron resultados satisfactorios en la mejora de los parámetros clínicos relacionados con los niveles de presión arterial y a la dosificación de glucemia en ayunas, así como la disminución de la inactividad física en personas con edad abajo de 60 años.


ABSTRACT Currently, non-transmissible chronic diseases are leading causes of death worldwide. Considered as multifactorial diseases, they have common modifiable risk factors such as physical inactivity, high cholesterol, overweight, smoking, excessive alcohol consumption, and unhealthy diets. Aiming at verifying the impact of theChronic Disease Management program, this study arose after two years of follow-up. This is a program developed with a group of customers in a self-management platform in the state of São Paulo. This was a cross-sectional study carried out during 2014 and 2015 with electronic medical record data through the comparison ofthe clinical and lifestyle parameters of 1,509 individuals participating in a disease management program in two moments: at the program'sentry and two years after participation. Satisfactory results in the improvement of clinical parameters related to blood pressure and blood glucose levels in fasting were observed as well as decreased physical inactivity in individuals under 60 years of age.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Planos e Programas de Saúde/normas , Doença Crônica/enfermagem , Planos de Pré-Pagamento em Saúde/normas , Promoção da Saúde/normas , Tabagismo/prevenção & controle , Glicemia/análise , Pressão Sanguínea/efeitos dos fármacos , Envelhecimento/efeitos dos fármacos , Consumo de Bebidas Alcoólicas/efeitos adversos , Colesterol/análise , Causas de Morte/tendências , Índice Glicêmico/efeitos dos fármacos , Diabetes Mellitus Tipo 2/enfermagem , Dieta/estatística & dados numéricos , Sobrepeso/metabolismo , Registros Eletrônicos de Saúde/estatística & dados numéricos , Pressão Arterial/efeitos dos fármacos , Doenças não Transmissíveis/classificação , Hipertensão/enfermagem , Atividade Motora/efeitos dos fármacos
14.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(supl.3): 1517-1522, abr. 2016. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031814

RESUMO

Objetivo: avaliar as evidências disponíveis na literatura científica sobre a força muscular respiratória emidosos e as repercussões na sua saúde. Método: estudo descritivo, revisão integrativa, com vistas a respondera questão >. Foram consultadas as bases de dados MEDLINE e LILACS, biblioteca virtual Scielo e o portal deperiódicos da Capes. Os Descritores em Ciências da Saúde utilizados foram: idoso, força muscular, músculosrespiratórios e atividade motora. Resultados: os estudos mostraram aumento da força muscular respiratóriaem idosos que praticam atividade física, bem como demonstram a correlação positiva entre força de músculosrespiratórios com a mobilidade e a autonomia funcional e a correlação negativa com a mortalidade destapopulação. Conclusão: há relação entre a diminuição da força muscular respiratória e impactos negativos nasaúde do idoso, bem como a atividade física tem impacto positivo no aumento da força muscular respiratória.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Idoso , Atividade Motora , Epidemiologia Descritiva , Força Muscular , Músculos Respiratórios , Saúde do Idoso , MEDLINE , Dinâmica Populacional , Envelhecimento , Idoso/estatística & dados numéricos
15.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-907926

RESUMO

Trata-se de artigo reflexivo que objetivou tecer considerações sobre a ação do uso de drogas no movimento humano a partir de vivências em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPs). Foram discutidos os efeitos agudos e crônicos dessas substâncias, destacando-se como efeitos agudos do álcool a falta de coordenação, desequilíbrio e tremores finos das extremidades. Como efeito crônico, a polineurite alcoólica. Entre os efeitos agudos da cocaína e crack citam-se a agitação psicomotora e entre os efeitos crônicos a distonia e a coreia. Já a maconha provoca incoordenação e redução da capacidade de executar atividades motoras complexas. Contudo, quando se considera o corpo que se movimenta por meio da intenção, do desejo, do sentido, ou seja, por meio da intencionalidade, outros olhares são possíveis. Desse modo acredita-se que este estudo fornece subsídios à qualificação das práticas terapêuticas corporais de cuidado ao usuário de drogas para além da dimensão puramente fisiológica, o que contribui para a ampliação desse conhecimento por diversas profissões da saúde: Enfermagem, Fisioterapia, Educação Física, entre outras.


This is a reflective article that aimed to make considerations on the effects of drug use in human movements based on experiences witnessed in aPsychosocial Care Center (CAPs). Acute and chronic effects of these substances were discussed, highlighting the lack of coordination and balanceand fine tremors of the extremities as acute effects of alcohol. Alcoholic polyneuritis was identified as chronic effect. Among the acute effects ofcocaine and crack were psychomotor agitation, and among the chronic effects, dystonia and chorea. In the case of marijuana, this causes lackof coordination and reduced ability to perform complex motor activities. However, other viewpoints are possible when considering the body thatmoves through intention, desire, direction, that is, through intentionality. Thus, it is believed that this study supports the qualification of bodilytherapeutic practices of care for drug users beyond the purely physiological dimension, which contributes to the expansion of this knowledge invarious health professions: Nursing, Physiotherapy, Physical Education, among others.


Se trata de un artículo de reflexión sobre las consecuencias del consumo de drogas en el ser humano a partir de las vivencias en un Centro de AtenciónPsicosocial (CAPs) donde se discutieron los efectos agudos y crónicos de dichas sustancias. Entre los efectos agudos del alcohol se destacan la faltade coordinación, de equilibrio y los temblores en las extremidades. Como efecto crónico se menciona la polineuritis alcohólica. Entre los efectosagudos de la cocaína y del crack se citan agitación psicomotora y, entre los crónicos, distonía y corea. La marihuana causa falta de coordinación ydisminución de la capacidad de realizar actividades motoras complejas. Sin embargo, si se considera que el cuerpo se mueve a través de la intención,el deseo y el sentido, o sea, por medio de la intencionalidad, entonces también caben otras miradas. Por lo tanto, se cree que este estudio refuerzala clasificación de las prácticas terapéuticas corporales de cuidados a los usuarios de drogas, más allá de la dimensión puramente fisiológica, lo cualcontribuye a la expansión del conocimiento para varias profesiones de la salud, entre ellas enfermería, fisioterapia y educación física.


Assuntos
Humanos , Transtornos Relacionados ao Uso de Álcool , Corpo Humano , Atividade Motora , Destreza Motora , Drogas Ilícitas , Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias
16.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 7(4): 3263-3273, out.-dez. 2015. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1029873

RESUMO

Objective: to characterize chronic renal users who do hemodialysis in a Nephrologic Unit in a city in the northwestern region of Rio Grande do Sul and to relate physical and leisure activities according to perceptions regarding the evaluation of their health in general. Method: quantitative, analytical, descriptive, cross-sectional research with 77 renal chronic users in hemodialysis program. Data was collected from April to July/2010, after approval of the Ethics Committee, Opinion 02780243000-09. Instruments: sociodemographic, physical activity, leisure, health assessment-KDQOL-SFTM. Data analysis using descriptive statistics. Results: the majority are men, married, 45.5% elderly, low education, 64.9% practicing physical activity, 61% of leisure, 37.7% need help with everyday activities. At the intersection of the variables “leisure” and “health assessment”, out of 61.0% that realize it, 33.8% rated health as “good” and 24.7% as“regular”. Conclusion: the performance of physical activity and/or leisure contributes to quality of life, allowance for qualification of care, prevention and health promotion.


Objetivo: caracterizar usuários renais crônicos que hemodializam em uma Unidade Nefrológica de um município da região noroeste do Rio Grande do Sul e relacionar atividades físicas e de lazer segundo percepções referentes à avaliação da sua saúde em geral. Método: pesquisa quantitativa, analítica,descritiva, transversal, com 77 usuários renais crônicos em programa hemodialítico. Os dados foram coletados de abril a julho/2010 após aprovação do Comitê de Ética, Parecer 02780243000-09. Instrumentos: sociodemográficos, atividades físicas, lazer, avaliação da saúde - KDQOL-SFTM. A análise dos dados foi realizada com estatística descritiva. Resultados: a maioria dos usuários são homens, casados, 45,5% idosos,baixa escolaridade, 64,9% praticam atividade física, 61% de lazer, 37,7% necessitam ajuda para atividades cotidianas. No cruzamento das variáveis ‘lazer’ com ‘avaliação da saúde’, dos 61,0% que as realizam, 33,8% avaliam saúde como “boa” e 24,7% “regular”. Conclusão: a realização de atividade física e/ou lazer contribui para qualidade de vida, subsídio para qualificação da assistência, prevenção e promoção da saúde.


Objetivo: caracterizar usuarios renales crónicos en programa de hemodialisis de uma Unidad Nefrológica en un municipio de la región noroeste de Rio Grande do Sul y relacionar las actividades físicas y de ocio de acuerdo con las percepciones sobre la evaluación de su salud en general. Método: investigación cuantitativa, analítica, descriptiva, transversal, con 77 usuarios en programa de hemodiálisis. Datos recogidos entre abril y julio/2010, después de la aprobación del Comité de Ética, Opinión 02780243000-09. Instrumentos: actividad sociodemográficas, físicas, de ocio, de evaluación de la salud - KDQOL-SFTM. Análisis de los datos fueron mediante estadística descriptiva. Resultados: la mayoría son hombres, casados, 45,5% de la tercera edad, bajo nivel educativo, 64,9% practica actividad física, 61% de ocio, 37,7% necesitan ayuda con las actividades cotidianas. En la intersección de las variables “ocio” con “evaluación de la salud”, de los 61,0% que las realizan, 33,8% evalúa la salud como “buena” y 24,7% “regular”. Conclusión: la realización de actividad física y/o ocio contribuye la calidad de vida, es subsidio para la calificación de la atención, prevención y promoción de la salud.


Assuntos
Humanos , Atividade Motora , Atividades de Lazer , Diálise Renal/enfermagem , Insuficiência Renal Crônica/enfermagem , Qualidade de Vida , Brasil
17.
Rev. bras. enferm ; 68(4): 690-696, jul.-ago. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-761096

RESUMO

RESUMOInsuficiência cardíaca (IC) é causa frequente de internação exigindo do enfermeiro precisão na conduta clínica e adequado julgamento dos diagnósticos de enfermagem.Objetivo:verificar acurácia na determinação dos diagnósticos de enfermagem fadiga, intolerância à atividade e débito cardíaco diminuído em paciente com IC hospitalizados.Método:estudo descritivo aplicado aos enfermeiros experientes em diagnósticos de enfermagem NANDA-I e/ou IC. Avaliação da acurácia foi realizada a partir do cálculo das medidas: eficácia (E), falso negativo (FN), falso positivo (FP) e tendência (T). Foram aptos os enfermeiros com inspeção aceitável para dois diagnósticos.Resultados:o diagnóstico de enfermagem fadiga foi o mais erroneamente identificado pelos enfermeiros avaliadores.Discussão:a busca pelo aperfeiçoamento da acurácia diagnóstica reafirma a necessidade de treinamento contínuo e específico para a melhora da capacidade diagnosticadora do enfermeiro.Conclusão:o treinamento permitiu o exercício do raciocínio clínico e melhor acurácia dos enfermeiros.


RESUMENInsuficiencia cardíaca (IC) es causa frecuente de ingresos hospitalarios exigindo del enfermero precisión en la conducta clínica y adecuado juzgamiento de los diagnósticos de enfermería.Objetivo:verificar la precisión en la determinación de los diagnósticos de enfermería fatiga, disminuición del gasto cardíaco e intolerancia a la actividad en pacientes con IC ingresos en hospitales.Método:estudio observacional, con enfermeros docentes y experientes en diagnósticos de enfermería NANDA-I y/o IC. Evaluación y precisión fueron realizadas por através del cálculo: eficacia (E), falso negativo (FN), falso positivo (FP) y tendecia (T). Fueron aptos los enfermeros con inspección aceptable para dos diagnósticos.Resultados:el diagnóstico de enfermería fatiga fue identificado erróneamente como por evaluadores enfermeras.Discusión:la búsqueda de la mejora de la precisión diagnóstica reafirma la necesidad de una formación continua y específica a la mejora de la capacidad del diagnosticador enfermera.Conclusión:la capacitación permitió el ejercicio del raciocínio y mejor precisión de los enfermeros.


ABSTRACTHeart failure (HF) is a common cause of hospitalization and requires accuracy in clinical judgment and appropriate nursing diagnoses.Objective:to determine the accuracy of nursing diagnoses of fatigue, intolerance to activity and decreased cardiac output in hospitalized HF patients.Method:descriptive study applied to nurses with experience in NANDA-I and/or HF nursing diagnoses. Evaluation and accuracy were determined by calculating effi cacy (E), false negative (FN), false positive (FP) and trend (T) measures. Nurses who showed acceptable inspection for two diagnoses were selected.Results:the nursing diagnosis of fatigue was the most commonly mistaken diagnosis identifi ed by the nursing evaluators.Discussion:the search for improving diagnostic accuracy reaffi rms the need for continuous and specifi c training to improve the diagnosis capability of nurses.Conclusion:the training allowed the exercise of clinical judgment and better accuracy of nurses.


Assuntos
Animais , Feminino , Anti-Inflamatórios não Esteroides/uso terapêutico , Carbazóis/uso terapêutico , Galinhas/lesões , Fraturas Ósseas/veterinária , Atividade Motora/efeitos dos fármacos , Tiazinas/uso terapêutico , Tiazóis/uso terapêutico , Fraturas Ósseas/tratamento farmacológico
18.
Rev. enferm. UERJ ; 23(3): 338-343, maio.-jun. 2015.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-768861

RESUMO

O objetivo da pesquisa é avaliar o perfil de atividade física de usuários da estratégia saúde da família. Estudo descritivo, realizado entre outubro de 2010 e fevereiro de 2011. Teve como instrumento uma entrevista aplicada com 386 usuários, idade superior a 20 anos, de uma unidade básica de saúde da família, em Campina Grande, Paraíba. Observou-se que 275 (71,24%) disseram que não praticavam atividade física e 111 (28,76%) realizavam. A adesão à atividade física foi maior entre os sujeitos com ensino superior. Entre os que se exercitam, 91 (101%) realizavam a caminhada; 62 (55,88%) faziam mais de três vezes por semana; 80 (72,03%) gastavam um tempo entre 30 e 60 minutos. Conclui-se que a prática da atividade física não é habitual entre eles, devendo ser estimulada pela equipe de saúde.


This exploratory, descriptive case study evaluated the physical activity profile of family health strategy users between October 2010 and February 2011. At interview of 386 users over 20 years old, at a family health primary care facility in Campina Grande, Paraíba, 275 (71.24%) said they did no exercise, while 111 (28.76%) exercised. Adherence to physicalactivity was greater among users with higher education. Of participants who did physical exercise, 91 (101%) walked, 62 (55.88%) exercised three times a week, and 80 (72.03%) exercised for 30 to 60 minutes. It was concluded that physical activityis not habitual among users, and should be encouraged by the health team.


El objetivo de la investigación es evaluar el tipo de actividad física de los usuarios de la estrategia salud de la familia. Es un estudio descriptivo, realizado entre octubre de 2010 y febrero de 2011 cuyo instrumento ha sido una entrevista aplicada a 386 usuarios, mayores de 20 años, de una unidad básica de salud de la familia en Campina Grande, Paraíba. Se ha observado que 275 (71,24%) declararon que no practicaban actividad física y 111 (28,76%) que sí. La adhesión a la actividad física es más significativa entre individuos con educación superior. Entre los que hacían ejercicio físico, 91 (101%) caminaban, 62 (55,88%) lo hacían tres veces por semana, 80 (72,03%), gastaban de 30 a 60 minutos en la actividad. Se concluye que la práctica de actividad física es poco común entre los usuarios y debe ser estimulada por el equipo de salud.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Atividade Motora , Estratégia Saúde da Família , Prevenção de Doenças , Promoção da Saúde , Estudos de Avaliação como Assunto , Brasil , Epidemiologia Descritiva
19.
REME rev. min. enferm ; 19(2): 14-20, abr.-jun. 2015. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-768592

RESUMO

Este estudo transversal teve como objetivo analisar o conhecimento de alunos de bacharelado em Educação Física sobre diabetes e exercício físico.A amostra foi constituída de 69 alunos de três cursos de bacharelado em Educação Física, em 2011. Para a coleta de dados foi elaborado questionário com 27 questões relacionadas ao conhecimento sobre conceitos da doença, sinais e sintomas e exercício físico. Os resultados mostraram que os alunos apresentaram índice satisfatório de acertos na categoria exercício físico e insatisfatório na categoria conceitos, sinais e sintomas. Das 27 questões, obteve-se média de 11,1±3,4 para as respostas corretas e de 15,0±2,8 para as incorretas; 23 alunos deixaram de responder alguma questão, média de 2,4±2,7. Recomenda-se agregar às disciplinas da grade curricular conteúdos sobre conceitos, sinais e sintomas e exercício físico relacionado à doença. Assim, o educador físico poderá contribuir para a integralidade da atenção à saúde.


This is a cross-sectional study that aims at analysing the level of knowledge of Physical Education undergraduate students on diabetes and physical exercise. The random sample consisted of 69 students from three physical education university courses in 2011. Data were collected through a questionnaire consisting of 27 questions related to concepts of the disease, its signs and symptoms and physical exercise. Results showed that the students had satisfactory marks in physical exercise questions and inadequate in concepts, signs and symptoms. Regarding the number of answers,the average of correct answers was 11.1±3.4; the average of incorrect answers was 15.0±2.8. Twenty-three students failed to answer all questions (average of 2.4±2.7). The researchers recommend that concepts, signs and symptoms and physical exercise applied to people with diabetes mellitus should be added to the course curriculum; therefore, the physical education teacher will be able to contribute to comprehensive health care delivery.


Este estudio de corte transversal se propuso analizar el conocimiento de los estudiantes de Educación Física sobre diabetes y actividad física. La muestra estuvo compuesta por 69 estudiantes de tres cursos de grado en Educación Física, en 2011. Los datos fueron recogidos por medio de un cuestionario con 27 preguntas relacionadas con el conocimiento sobre los conceptos, señales y síntomas de la enfermedad y el ejercicio físico. Los resultados mostraron que el conocimiento de los estudiantes era suficiente en ejercicio físico e insuficiente en conceptos, señales y síntomas. De las 27 preguntas, hubo un promedio de 11,1 ±3,4 de respuestas correctas y de 15,0 ±2,8 de respuestas incorrectas. Veintitrés estudiantes no contestaron alguna de las preguntas, lo cual representa un promedio de 2,4 ±2,7. Se recomienda incluir en las asignaturas del plan de estudios contenidossobre conceptos, señales y síntomas y ejercicio físico relacionado con la Diabetes Mellitus. De esta manera, el educador físico podrá contribuir a laintegralidad de la atención de la salud.


Assuntos
Humanos , Atividade Motora , Estilo de Vida Saudável , Conhecimento , Diabetes Mellitus , Educação Física e Treinamento , Educação de Pacientes como Assunto , Exercício Físico , Coleta de Dados/métodos , Estudos Transversais
20.
rev. cuid. (Bucaramanga. 2010) ; 5(2): 792-798, july.-dic. 2014.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-790059

RESUMO

Introdução: A longevidade é uma realidade tornando-se necessário a implementação e/ou implantação de ações efetivas baseadas em evidências para o controle de doenças crônicas não-transmissíveis e seus fatores de risco. Objetivou-se, relatar a experiência do grupo de hipertensos e diabéticos, desenvolvidos por enfermeiros da estratégia saúde da família, descrevendo a atividade física para a prevenção, promoção da saúde e melhoria da qualidade de vida dos idosos. Materiais e Métodos: Trata-se de um relato de experiência de natureza descritiva, vivenciado pelas enfermeiras com um grupo de usuários idosos hipertensos e diabéticos. Foi realizado levantamento em prontuários (dados secundários) de 2008 até 2012. Resultados: Encontrado 320 idosos, destes, sete (2,2%) eram diabéticos, cinco (1,6%) diabéticos e hipertensos e, cinquenta e dois (16,2%) apenas hipertensos. Resultando em sessenta e quatro idosos (20,0%) portadores de alguma doença crônica não-transmissível. Destes 320 idosos, 224 idosos (70,0%) relataram que não participavam de atividades físicas por inúmeros motivos. Discussão e Conclusões: Pode-se concluir que com a inclusão das atividades físicas, como atividade complementar ao tratamento médico, percebeu-se que houve uma melhoria na qualidade de vida, saúde e integração social destes idosos, através de relatos dos idosos dentre eles: controle da pressão arterial, diminuição de dores musculares e realização de atividades da vida cotidiana.


Introducción: La longevidad es una realidad por lo que es necesario la implementación y/o ejecución de acciones basadas en la evidencia efectivos para el control de enfermedades crónicas no transmisibles y sus factores de riesgo. El objetivo del presente estudio fue relatar la experiencia del grupo de hipertensos y diabéticos, desarrollado por enfermeras de la estrategia de salud de la familia, describiendo la actividad física para su prevención, promoción de la salud y mejoría de la calidad de vida de adultos mayores. Materiales y Métodos: Se trata de un relato de experiencia de carácter descriptivo, experimentado por las enfermeras en un grupo de usuarios de adultos mayores hipertensos y diabéticos. Se realizó análisis de las historias y registros clínicos (datos secundarios) desde 2008 hasta 2012. Resultados: Se reportaron 320 adultos mayores, de los cuales, siete (2,2%) eran diabéticos, cinco (1,6%) diabéticos e hipertensos y cincuenta y dos (16, 2%) solamente hipertensos. Resultando en sesenta y cuatro adultos mayores (20,0%) portadores de alguna enfermedad crónica no transmisible. De éstos 320 adultos mayores, 224 (70,0%) informaron que no habían participado en actividades físicas por varias razones. Discusión y Conclusiones: Se puede concluir que con la inclusión de la actividad física como una acción complementaria al tratamiento médico, se observó que hubo una mejoría en la calidad de vida, la salud y la integración social de los adultos mayores a través de informes de las personas sobre: control de la presión arterial, disminución de dolores musculares y realización de actividades de la vida diaria.


Introduction: Longevity is a reality making it necessary to implement and / or implementation of effective evidence-based actions for the control of non-communicable chronic diseases and their risk factors. The objective of reporting the experience of the group of hypertensive and diabetic developed by nurses from the family health strategy, describing physical activity for prevention, health promotion and improved quality of life for seniors. Materials and Methods: This is an experience report of a descriptive nature, experienced by nurses in a group of hypertensive and diabetic elderly users. . Survey of the records (secondary data) 2008 was held until 2012. Results: Found 320 elderly, these, seven (2.2%) were diabetic, five (1.6%) diabetic and hypertensive and fifty-two (16, 2%) hypertensives only. Resulting in sixty-four elderly (20.0%) patients with a chronic non-communicable disease. Of these 320 seniors, 224 seniors (70.0%) reported that they participated in physical activities for several reasons. Discussion and Conclusions: We can conclude that with the inclusion of physical activity as a complementary activity to medical treatment, it was noticed that there was an improvement in quality of life, health and social integration of the elderly through reports of the elderly among them: control of blood pressure, decrease muscle pain and perform activities of daily life.


Assuntos
Humanos , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Atividade Motora , Doença Crônica , Enfermagem , Exercício Físico , Promoção da Saúde , Qualidade de Vida , Serviços de Saúde para Idosos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA