Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 17 de 17
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(2): 591-600, fev. 2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032009

RESUMO

Objetivo: conhecer os motivos/razões que levam o familiar cuidador a omitir o diagnóstico de câncer para apessoa doente. Método: estudo exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa, desenvolvido em um hospital escola, com seis familiares cuidadores, por meio de uma entrevista semiestruturada gravada. Para a análise dos dados, foi utilizado a Proposta Operativa. Resultados: identificou-se que os familiares-cuidadores apresentaram dificuldades na compreensão do que é o câncer; referiram repassar ao enfermo as informações que julgam não serem prejudiciais à saúde, para poupá-lo do sofrimento; ainda demonstram expectativa de esclarecimento sobre as questões técnicas da doença e o apoio emocional para o enfrentamento do processo de adoecimento por parte da equipe de saúde. Conclusão: o estudo mostrou a necessidade de a Enfermagem fortalecer os cuidados com a informação sobre a doença para o paciente e a família, empoderando-os para a tomada de decisões.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Comunicação , Cuidadores , Enfermagem , Equipe de Assistência ao Paciente , Família , Neoplasias , Relações Profissional-Família , Relações Profissional-Paciente , Revelação da Verdade , Direitos do Paciente , Epidemiologia Descritiva , Neoplasias/diagnóstico
2.
Rev. enferm. UERJ ; 24(3): e19940, mai./jun. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-947388

RESUMO

Objetivo: discutir os achados de publicações, abordando repercussões da comunicação de notícias difíceis aos clientes por enfermeiros atuantes em atenção oncológica. Método: revisão integrativa de literatura analisando publicações indexadas em bancos de dados, no período de 2011 a 2015, abordando as repercussões da comunicação de noticias difíceis aos clientes por enfermeiros atuantes na atenção oncológica. A busca foi realizada no período de maio a setembro de 2015 nas bases LILACS, MEDLINE e BDENF. Foram encontrados 182 artigos, sendo excluídos 156 que não atenderam aos critérios estabelecidos. A amostra final foi composta por 26 artigos. Resultados: após a análise e síntese dos dados registrados, obteve-se as categorias: Dificuldades na comunicação de notícias difíceis; Desenvolvimento de habilidades dessas comunicações; Repercussões dessas notícias; Formação Profissional; Relação enfermeiro-cliente. Conclusão: há necessidade do desenvolvimento de habilidades sociais por parte dos profissionais de saúde para a comunicação de situações difíceis no percurso da doença oncológica.


Objective: to discuss the findings of publications addressing the repercussions of difficult news given to clients by nurses working in cancer care. Method: integrative literature review analyzing publications addressing the repercussions of difficult news given to clients by nurses working in cancer care indexed in databases from 2011 to 2015. The search was performed from May to September 2015 in the LILACS, MEDLINE and BDENF databases. Of the 182 articles found, 156 which did not meet the criteria established were excluded. The final sample consisted of 26 articles. Results: analysis and synthesis of the recorded data obtained the categories: Difficulties in giving difficult news; Developing skills in giving difficult news; Professional training; and Nurse-client relations. Conclusion: there is a need for health personnel to develop social skills for giving news of difficult situations in the course of cancer diseases.


Objetivo: discutir los hallazgos de publicaciones que tratan sobre las repercusiones de comunicación de malas noticias a los clientes por parte de enfermeros que trabajan en atención oncológica. Método: una revisión integrativa de literatura que analiza las publicaciones indexadas en bases de datos, en el período comprendido entre 2011 a 2015, abordando el impacto de la comunicación de malas noticias a los clientes por parte de enfermeros que trabajan en la atención oncológica. La búsqueda se realizó en el período comprendido entre mayo y septiembre de 2015 en las bases LILACS, MEDLINE y BDENF. Se han encontrado 182 artículos, 156 fueron excluidos puesto que no cumplían con los criterios establecidos. La muestra final estuvo compuesta por 26 artículos. Resultados: tras el análisis y síntesis de los datos registrados, se obtuvieron las categorías: dificultades en la comunicación de malas noticias; desarrollo de habilidades en la comunicación de malas noticias; Desarrollo de habilidades para hacer esas comunicaciones; Repercusiones de esas malas noticias; Formación profesional; Relación enfermero-cliente. Conclusión: existe la necesidad de desarrollar habilidades sociales por parte de profesionales de salud para la comunicación de situaciones difíciles en el curso de las enfermedades oncológicas.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Enfermagem Oncológica , Revelação da Verdade , Enfermagem , Comunicação em Saúde , Cuidados de Enfermagem , Revisão , Relações Enfermeiro-Paciente
3.
REME rev. min. enferm ; 19(3): 747-751, jul.-set. 2015.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-785676

RESUMO

O estudo objetivou conhecer a experiência das famílias frente à revelação do diagnóstico de câncer em um de seus integrantes. Tratou-se de uma pesquisa de campo do tipo descritiva e de abordagem qualitativa, envolvendo 12 familiares de 10 pacientes que estavam realizando tratamento no ambulatório de quimioterapia de um hospital de ensino do estado do Rio Grande do Sul, Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e avaliados a partir da análise de conteúdo. Com base nos resultados, organizaram-se duas categorias temáticas: o impacto da revelação do diagnóstico de câncer e sentimentos frente à revelação do diagnóstico. Concluiu-se que a revelação do diagnóstico de câncer é uma experiência difícil e nem sempre inesperada pelas famílias.


This study aimed to understand the experience of families facing a diagnosis of cancer among one of the family members. This was a field research, descriptive and qualitative, involving twelve family of ten patients who were undergoing treatment in the outpatient chemotherapy section of a teaching hospital in Rio Grande do Sul, Brazil. Data were collected through semi-structured interviews and analyzed using content analysis. Based on the results, data were organized two thematic categories: the impact of being given the diagnosis of cancer, and the feelings it provoked. We concluded that a diagnosis of cancer is a difficult experience, and not always unexpected by families.


Este estudio tuvo como objetivo conocer la experiencia de las familias ante la revelación del diagnóstico de cáncer en uno de sus miembros. Se trata de una investigación de campo, tipo descriptiva y de enfoque cualitativo, con la participación de doce familiares de diez pacientes que estaban realizando tratamiento de quimioterapia ambulatoria en un hospital universitario del estado de Río Grande do Sul, Brasil. Los datos fueron recogidos a través de entrevistas semiestructuradas y analizados mediante análisis de contenido. En base a los resultados se organizaron dos categorias temáticas: impacto de la revelación del diagnóstico de cáncer y sentimientos ante la revelación del diagnóstico. Se concluyó que la revelación del diagnóstico de cáncer es una experiencia difícil y no siempre inesperada para las familias.


Assuntos
Humanos , Enfermagem Oncológica , Relações Profissional-Paciente , Revelação da Verdade , Assistência à Saúde , Neoplasias/diagnóstico
4.
Rev. RENE ; 16(2): 275-283, Mar-Abr.2015.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-767431

RESUMO

Objetivo: buscar evidências sobre as questões que envolvem a revelação do diagnóstico de câncer à pessoa idosa. Métodos: revisão integrativa realizada em cinco bases de dados importantes da área da saúde com sete artigos selecionados. Resultados: evidenciou-se que há conflitos entre familiares e profissionais de saúde em relação à revelação do diagnóstico de câncer à pessoa idosa e que as preferências destas pessoas sobre a divulgação do diagnóstico são semelhantes as dos demais pacientes. Conclusão: profissionais de saúde, em especial os enfermeiros, necessitam de capacitação para realizar a comunicação segura e esclarecedora, adequando a informação às necessidades específicas de cada paciente, considerando sua realidade e forma de enfrentamento...


Assuntos
Humanos , Idoso , Comunicação , Idoso , Neoplasias , Revelação da Verdade
5.
Rev. gaúch. enferm ; 34(1): 14-21, mar. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-670488

RESUMO

O estudo analisou como uma história infantil, contendo questões relacionadas à Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, contribui para a compreensão do processo saúde-doença pela criança com o Vírus da Imunodeficiência Humana. Foi realizado, em Porto Alegre, RS, entre maio e dezembro de 2011. Participaram cinco crianças, com idades entre sete e nove anos, e seus cuidadores. Utilizou-se grupo focal e entrevista, e os dados foram submetidos à análise temática de conteúdo. Emergiram duas categorias: Identificação com a história e a relação com o processo saúde-doença e Compreensão da história e do processo saúde-doença. Os resultados demonstraram que a história infantil é um recurso para conversar com as crianças sobre o processo saúde-doença sem revelar o diagnóstico, levando a uma compreensão de si e do tratamento. Considera-se que esse recurso pode ser uma estratégia para auxiliar os cuidadores e profissionais da saúde a iniciar o processo de revelação do diagnóstico.


El estudio analizó cómo el cuento infantil con cuestiones sobre el SIDA contribuye a la comprensión del proceso salud-enfermedad por el niño con VIH. Fue realizado en clínica pediátrica de Porto Alegre/RS, de mayo a diciembre de 2011. Participaron cinco niños entre siete y nueve años y sus cuidadores. Los datos fueran recogidos en grupo focal y entrevista y analizados por medio del análisis temático de contenido. Emergieron dos categorías: La identificación con la historia y la relación con el proceso salud-enfermedad; y La comprensión de la historia y del proceso salud-enfermedad. Los resultados demostraron que el cuento infantil es un recurso para hablar con niños sobre el proceso salud-enfermedad, sin revelar el diagnóstico, llevándolos a una comprensión de su situación y la importancia del tratamiento. Consideramos que ese recurso puede ser una estrategia para ayudar a cuidadores y a profesionales de salud para iniciar el proceso de revelación.


This study analyzed how a story for children related to AIDS contributed to the understanding of the health-disease process of children with HIV. It was conducted at the Pediatric Clinic in Porto Alegre/RS from May to December 2011. The participants were five children aged between seven and nine years and their caregivers. The data were collected by a focal group through interviews and submitted to thematic content analysis. Two categories were found: identification with the story, relationship with the health-disease process, understanding of the story, and the health-disease process. The results demonstrated that stories for children are resources to talk about the health-disease process with children without revealing the diagnosis, leading them to understand their situation and the importance of treatment. We considered that this resource may be a strategy to help the caregivers and health professionals to initiate the process of revelation of diagnosis.


Assuntos
Humanos , Criança , Infecções por HIV/psicologia , Literatura Moderna , Psicologia da Criança , Educação de Pacientes como Assunto/métodos , Fármacos Anti-HIV/uso terapêutico , Comunicação , Cuidadores/psicologia , Grupos Focais , Infecções por HIV/tratamento farmacológico , Entrevistas como Assunto , Narração , Aceitação pelo Paciente de Cuidados de Saúde , Relações Profissional-Paciente , Revelação da Verdade
6.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(2): 480-486, abr. 2011.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-589171

RESUMO

Pesquisa fenomenológica que buscou compreender como a familiar cuidadora percebe a revelação do diagnóstico de aids à criança, fundamentado na filosofia de Martin Buber. Realizou-se em um hospital-escola de Porto Alegre com sete familiares de crianças com aids. A coleta das informações ocorreu por meio da entrevista fenomenológica e, para a interpretação, recorreu-se à hermenêutica. Os diálogos para a revelação do diagnóstico ao TU criança com aids demonstram que esta situação está presente no vivido por estas cuidadoras e interfere em sua existencialidade, ao estabelecer relações com o outro, no mundo. A revelação do diagnóstico de aids à criança é um fenômeno complexo e que gera diálogos relacionados às situações cotidianas compartilhadas pelas cuidadoras e crianças. Acredita-se na necessidade de outras pesquisas sobre esta temática, cada vez mais emergente nos serviços de saúde, e que considerem a dinamicidade e singularidade dos rumos tomados por esta epidemia no cenário brasileiro.


This phenomenological study aimed at understanding how the care-giving family sees the disclosure of the AIDS diagnosis to the infected child, founded on the philosophy of Martin Buber. This study was performed at a teaching hospital in Porto Alegre, with seven family members of children with AIDS. Data collection was performed through phenomenological interviews and interpreted guided by hermeneutics. The dialogues for disclosing of the diagnosis to YOU child with AIDS show that this situation occurs in the experience lived by those caregivers and interferes in their existentiality, as it when they establish relationships with the other, in the world. The disclosing of the AIDS diagnosis to the child is a complex phenomenon that generates dialogues related to the everyday situations shared by the caregivers and the children. Further studies are needed on this theme that is constantly increasing in health services, which would take into consideration the dynamicity and singularity of the rumors taken by this epidemics in the Brazilian context.


Investigación fenomenológica que buscó entender cómo el familiar cuidador percibe la revelación del diagnóstico de AIDS al niño, fundamentado en la filosofía de Martin Buber. Se realizó en hospital escuela de Porto Alegre con siete familiares de niños con AIDS. Se recolectó información mediante entrevista fenomenológica, interpretada por hermenéutica. Los diálogos para la revelación del diagnóstico al TU niño con AIDS demostraron que esta situación está presente vivencialmente en las cuidadoras e interfiere en su existencialidad, estableciendo relaciones con el otro, en el mundo. La revelación del diagnóstico de AIDS al niño es un fenómeno complejo y que genera diálogos relacionados con las situaciones cotidianas compartidas por cuidadoras y niños. Se coincide en la necesidad de investigaciones enfocadas a cuidadoras y niños. Se cree en la necesidad de otras investigaciones sobre esta temática que consideren la dinámica y singularidad de los rumbos de esta epidemia en Brasil.


Assuntos
Humanos , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Atitude , Família , Revelação da Verdade , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida/diagnóstico
7.
Rev. bras. enferm ; 63(5): 719-726, set.-out. 2010. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-565053

RESUMO

Definiu-se como objetivos desse estudo desvelar o cotidiano de cuidadores de criança em terapia antiretroviral e analisar as dimensões presentes na implementação do cuidado medicamentoso. De cunho qualitativo, desenvolveu-se duas dinâmicas do concreto do Método Criativo-Sensível com sete sujeitos, realizando-se análise de discurso. Os resultados apontam a existência de um cotidiano perpassado pelo ocultamento e silenciamento. O ocultamento é explicitado pelas regularidades lingüísticas em que HIV/Aids não aparece; também é percebido na organização do cotidiano, ao não expor a soropositividade. O silenciamento é encontrado basicamente na relação com a criança, quando seus questionamentos não são respondidos. Conclui-se que o silenciamento e o ocultamento necessitam ser abordados pelo enfermeiro em sua intervenção no cuidado e na educação em saúde.


The aims of this paper were unveiling the caregiver's everyday life of caring for children under antiretroviral therapy (ARVT), and analyzing the dimensions of care them. Qualitative research was conducted with a creative-sensitive method including seven family members and data were treated through discourse analysis. These family members' everyday life in the medication implementation was marked by concealing and silencing. The first one was represented by linguistic regularities, as expressions and acronyms do not appear in their enunciation, and also in the way their lives are organized facing stigma and bias related to the ARVT. The last one occurred in the relationship with children, as when family members were questioned about the medication, they answered in an evasive way. Concealing and silencing related to child HIV/AIDS are themes which need to be approached by nurses in their caring and health education interventions.


Fueron definidos, entonces, como objetivos de este estudio a revelar el cotidiano existencial de cuidadores de niños en terapia antiretroviral y analizar las dimensiones presentes en sus situaciones existenciales en la implementación del cuidado medicamentoso. De carácter cualitativo, fueron desarolladas dos dinámicas del concreto del método Criativo-Sensible con siete ciudadanos, realizándose análisis del discurso posteriormente. Los resultados señalan la existencia de un cotidiano existencial perpassado por el ocultamiento y el silenciamiento. El ocultamiento puede se evidenciado por las regularidades linguísticas en que no aparece HIV/AIDS; también se percibe en la organización del cotidiano, en la tentativa de no exhibir soropositividad. El silenciamiento se encuentra basicamente en la relación con el niño, donde sus dudas no son respondidos. Se concluye que el silenciamiento y el ocultamiento son temas que necesitan ser discutidos por el enfermero en su intervención en el cuidado y en la educación en salud.


Assuntos
Adulto , Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Cuidadores , Família , Infecções por HIV , Infecções por HIV/tratamento farmacológico , Revelação da Verdade , Adulto Jovem
8.
REME rev. min. enferm ; 14(2): 257-263, abr.-jun. 2010.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-575919

RESUMO

O domínio da doença oncológica coloca uma matriz de questões de complexidade acrescida no nível da problemática da informação a prestar ao doente terminal. A questão gira em torno da informação que é estritamente necessária e a que não é. A informação do diagnóstico é imprescindível e deve ser comunicada ao doente e aos familiares, o que constitui uma ameaça para eles. Comunicar notícias é uma tarefa complexa para os profissionais de saúde, particularmente para aqueles que lidam com pessoas do foro oncológico. A transmissão de más notícias está associada a uma grande carga emocional nos profissionais, doentes e familiares, repercutindo na vida dessas pessoas. Contudo, cada indivíduo reagirá de forma diferente à situação, sendo necessário adequar a informação a cada pessoa, não existindo um protocolo que possa servir a todos. Este artigo resulta da análise de revisão científica de trabalhos de investigação, visando ser uma abordagem não somente da informação que deve ser prestada pelos profissionais de saúde e os seus receios, mas dos modos de comunicar a má notícia e do impacto na vida daqueles que a recebem.


Controlling an oncological disease raises a matrix of complex questions related to the following problem: what should be told about the illness to a terminal patient? The question deals with which information is strictly necessary and which is not. The information about the diagnosis is indispensable and should be delivered to the patient and his relatives what usually means a threat to them. Delivering bad news is a difficult task for the health professionals,primarily for those who deal with cancer patients. It is charged with emotion for professionals, patients and relatives and has impacts in their lives. However, each person reacts differently to the same situation. Thus, it is necessary toad just the information to each individual for there is no protocol to be followed. This article results from the analysis of scientific review of various researches and aims to be not only an approach on the information that should be delivered by the health professionals but also their fears on how to deliver bad news and their impact on the lives of those who receive them.


El dominio de la enfermedad oncológica plantea una serie de complejas cuestiones relacionadas al problema de la información que se le debe trasmitir al paciente terminal. La cuestión gira alrededor de la información estrictamente necesaria y de la que no lo es. La información del diagnóstico es imprescindible y por ello debe ser comunicada al paciente y familiares, siendo una amenaza para ellos. Comunicar noticias es una tarea compleja para los profesionales de salud, particularmente para aquéllos que se ocupan de personas con cáncer. La trasmisión de malas noticias esta asociada a una gran carga emocional en profesionales, pacientes y familiares y tiene impactos en la vida de dichas personas. Además, cada individuo reacciona diferente ante la situación, es necesario adecuar la información a cada persona y no hay un protocolo que sirva a todos. Este artículo es el resultado de un análisis de revisión científica de trabajos de investigación y busca enfocar no sólo la información que debe ser dada por los profesionales de salud sino también sus miedos, modos de comunicar la mala noticia y el impacto en la vida de los que la reciben.


Assuntos
Humanos , Atitude Frente a Morte , Doente Terminal/psicologia , Relações Profissional-Paciente , Revelação da Verdade
9.
Enferm. univ ; 5(3): 42-46, July-Sept. 2008.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028489

RESUMO

Reflexionar sobre la construcción del conocimiento de enfermería a partir de la investigación ha generado un sin número de artículos, sin embargo son pocos los que han intentado desde los clásicos de la filosofía, señalar algunos elementos o premisas que a manera de analogía orienten sobre aspectos concretos de la construcción disciplinar y de la práctica del cuidado. De este modo se plantean algunas consideraciones en torno al artículo 9 de veritate de santo Tomás que diserta sobre si la verdad está en los sentidos, que para el caso de la enfermería tiene pertinencia, en tanto la verdad o sea el conocimiento de y en la enfermería descansa en la orientación y aplicación de los sentidos, todo en pro de la construcción disciplinar


Assuntos
Humanos , Conhecimento , Filosofia , Revelação da Verdade
10.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 42(3)set. 2008.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-493362

RESUMO

Trata-se de um estudo qualitativo realizado com mulheres infectadas pelo HIV/aids atendidas por um serviço especializado em DST/aids e matriculadas por uma equipe do Programa Saúde da Família. Teve como objetivo identificar quais as motivações para abrir a privacidade de suas informações para a equipe de PSF das mulheres soropositivas ao HIV/aids. Foi realizado por meio de entrevistas semi-estruturadas, analisadas com o referencial teórico da bioética. Verificou-se que as mulheres revelam o diagnóstico à equipe de PSF quando: o diagnóstico de soropositividade foi feito na unidade; sentem que são melhor atendidas por serem soropositivas ao HIV; têm vínculo como se fossem familiares; confiam; e sentem que não sentem pena. E não revelam quando: a atitude do profissional gerou medo e insegurança; acham que o PSF cuida de pessoas acamadas; não confiam por medo de quebra do sigilo; e já possuem toda assistência que precisam no SAE.


This qualitative study was carried out with women living with HIV/AIDS cared by a specialized STD/AIDS service and registered in a Family Health Program (FHP) unit. The purpose was to identify the motivations of women living with HIV/AIDS to provide private information to the FHP team. The study was performed using semi-structured interviews, analyzed with the bioethics theoretical framework. It was verified that women disclose the diagnosis to the FHP team when: the HIV/AIDS diagnosis was made in the unit; they feel there is better treatment for being HIV positive; they are bond as family members; there is trust; and women feel that they do not feel pity of them. Women so not disclose when: the professional's attitude produces fear and unreliability; they think that the FHP takes care of bedridden patients; they do not trust by fearing secret disclosure; and they already have all the care needed in the SCS.


Este es un estudio cualitativo realizado con mujeres infectadas con el VIH/SIDA atendidas por un servicio especializado en DST/SIDA y matriculadas por un equipo del Programa Salud de la Familia. Tuvo como objetivo identificar cuáles son las motivaciones de las mujeres seropositivas al VIH/SIDA para abrir la confidencialidad de sus informaciones al equipo del PSF. Se llevó a cabo por medio de entrevistas semi-estructuradas, analizadas con el referencial teórico de la bioética. Se verificó que las mujeres revelan el diagnóstico al equipo del PSF cuando: el diagnóstico de seropositividad se realizó en la unidad; sienten que son mejor atendidas por ser seropositivas al VIH; tienen vínculo como si fuesen familiares; confían; y manifiestan que no sienten pena. Y no revelan cuando: la actitud del profesional generó miedo e inseguridad; consideran que el PSF cuida a personas enfermas; no confían por miedo a la quiebra del sigilo; y ya poseen toda la asistencia que necesitan en el SAE.


Assuntos
Adulto , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Revelação da Verdade , Brasil , Motivação , Programas Nacionais de Saúde
11.
Rev. bras. enferm ; 60(6): 711-715, nov.-dez. 2007.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-471610

RESUMO

A adaptação do doente às condições de cronicidade configura a informação prestada ao doente como uma das estratégias mais poderosas, susceptível de contribuir para a mudança da representação social do doente, de mero caso clínico à condição de ser holístico. O objectivo deste estudo foi investigar a produção científica em periódicos indexados nas bases de dados Medline, Lilacs, sobre o acto informativo e as modalidades de que se reveste a informação prestada ao doente oncológico, no período de 1990-2006. A análise da literatura, permite constatar um incremento nas publicações, sublinhando o papel do doente oncológico enquanto potenciador da emergência de estratégias de ajustamento psicossocial revelando o seu protagonismo no estatuto de "doente profissional".


The adaptation of the patient to the conditions of chronic illness makes the information given to the patient one of the most powerful strategies, capable of contributing to a change in the social representation of the patient, from that of a mere clinical case to that of a holistic being. The objective of this study was to investigate the scientific work published in periodicals indexed by the Medline and Lilacs databases between 1990 and 2006 as to the informative act and the different forms in which information is provided to oncology patients. This analysis of the literature led to the conclusion that there has been an increase in the volume of publications, underlining the role of the oncology patient as a catalyst for new strategies for psychosocial adjustment and revealing her key role through her status as a 'professional patient'.


La adaptación del enfermo a las condiciones de cronicidad configura la información prestada al mismo, como siendo una de las estrategias más poderosas, susceptible de contribuir para el cambio de la representación social del enfermo, pasando de ser un mero caso clínico a la condición de ser holístico. El objetivo de este estudio fue el de investigar la producción científica en periódicos indexados en las bases de datos Medline, Lilacs, sobre el acto informativo y las modalidades de que se reviste la información prestada al enfermo oncológico, en el período de 1990-2006. El análisis de la literatura permite constatar un incremento en las publicaciones, subrayando el papel del enfermo oncológico como elemento reforzador de la emergencia de estrategias de ajuste psico-social, revelando su protagonismo en el estatuto de "enfermo profesional".


Assuntos
Humanos , Neoplasias , Adaptação Psicológica , Neoplasias/psicologia , Revelação da Verdade
12.
Acta paul. enferm ; 20(4): 509-513, out.-dez. 2007.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-471923

RESUMO

O crescimento da população idosa no Brasil e no mundo suscita novos desafios para os profissionais de saúde, dentre eles o aumento do número de doenças crônicas, em especial, o câncer. O enfermeiro depara-se, no cotidiano de sua prática de cuidados, com inúmeras situações que geram dilemas e questões éticas que envolvem o paciente e/ou familiares. Tem-se como objetivo refletir a respeito do direito do idoso de saber o seu diagnóstico e do respeito a sua autonomia. Considera-se significativa esta reflexão, pois o ato de cuidar, intrínseco nas ações de enfermagem, deve ser e estar pautado em atitudes éticas e no respeito ao direito do paciente de conhecer o seu diagnóstico.


The growth of the senior population in Brazil and in the world poses new challenges for the health professionals, and among those, the increase of the number of chronic diseases, especially cancer. Within the practice of his/her work, the nurse faces countless situations that generate dilemmas and ethical questions that involve the patient and/or his/her family. We aim at contemplating the senior's right of knowing his/her diagnosis and the respect to his/her autonomy. Such reflection is considered significant because the action of taking care, intrinsic in the nursing actions, should be ruled by ethical attitudes and in respect to the patient's right in knowing his/her diagnosis.


El crecimiento de la población anciana en el Brasil y el mundo genera nuevos retos para los profesionales de la salud, y entre ellos, el aumento del número de enfermedades crónicas, en especial, el cáncer. El enfermero se depara en el cotidiano de su práctica de cuidados con innumerables situaciones que generan dilemas e interrogantes éticas que involucran al paciente y/o familiares. Se tuvo como objetivo reflexionar respecto al derecho del anciano a saber su diagnóstico y sobre su autonomía. Se considera significativa esta reflexión pues el acto de cuidar, intrínseco en las acciones de enfermería, debe ser y estar pautado en actitudes éticas y en el respeto al derecho del paciente a conocer su diagnóstico.


Assuntos
Atitude do Pessoal de Saúde , Autonomia Pessoal , Direitos do Paciente , Enfermagem Oncológica , Neoplasias , Revelação da Verdade , Saúde do Idoso
13.
Rev. bras. enferm ; 58(4): 476-480, jul.-ago. 2005.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-430327

RESUMO

A revelação do diagnóstico de câncer é considerada um momento crucial e a forma como o profissional de saúde dá a notícia interfere diretamente na relação do paciente com o próprio diagnóstico. O estudo objetiva uma proposta de discussão sobre a importância da revelação do diagnóstico de câncer para o paciente e os profissionais de saúde. A metodologia trata-se de um ensaio. Na discussão abordam-se perspectivas de trabalhos que envolvem interação profissional de saúde e paciente, retrata-se a revelação do diagnóstico e a atuação da enfermagem no processo de comunicação. A difícil tarefa de revelar o diagnóstico pode divergir no campo da experiência de cada um e o profissional de saúde deve estar preparado para atuar de forma eficaz, levando em consideração as questões culturais, sociais e psicológicas do paciente em relação à preferência pela informação.


Assuntos
Humanos , Neoplasias , Relações Profissional-Paciente , Revelação da Verdade , Pessoal de Saúde , Ética em Enfermagem
14.
Texto & contexto enferm ; 14(1): 33-37, jan.-mar. 2005.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-414849

RESUMO

A comunicação é uma arma terapêutica essencial que permite acesso ao princípio de autonomia do doente, ao consentimento informado, à confiança mútua, à informação que o doente e a família necessitam para serem ajudados e ajudarem- se a si próprios, pelo que consideramos importante analisar a problemática da comunicação das más notícias, na tentativa de poder contribuir para uma melhor concientização das dificuldades neste âmbito e melhorar o processo comunicacional...


Assuntos
Humanos , Comunicação , Relações Profissional-Paciente , Revelação da Verdade , Ética Profissional , Entrevistas como Assunto
15.
Texto & contexto enferm ; 9(2): 137-46, maio-ago. 2000.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-282311

RESUMO

Neste texto, apresentamos uma reflexäo teórica acerca do possível dilema ético enfrentado pela enfermeira, numa proposta de assistência de enfermagem humanizada, frente à necessidade de revelaçäo do diagnóstico a um cliente com infecçäo hospitalar. A partir de conceitos de moral, ética e dos modelos de ética vivenciados na enfermagem, segundo Gelain (1995), compreendemos o enfrentamento deste dilema como uma manifestaçäo de um modelo de ética social-problematizadora.


Assuntos
Humanos , Ética em Enfermagem , Infecção Hospitalar , Revelação da Verdade
16.
Ribeiräo Preto; s.n; 2000. 298 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-312400

RESUMO

A presente pesquisa tem por objetivo identificar e analisar as justificativas morais das enfermeiras a respeito de dois dilemas éticos. É uma pesquisa qualitativa tipo descritiva, onde foi utilizada a análise temática transversal intensiva. Utilizamos como referencial teórico a linha principialista pluralista; a linha utilitarista consequencialista e a ética do cuidado na área da enfermagem para que pudéssemos analisar as duas situaçöes de conflito ético. A primeira diz respeito à informaçäo e a segunda sobre iatrogenia cirúrgica...


Assuntos
Humanos , Doença Iatrogênica , Erros Médicos , Ética em Enfermagem , Revelação da Verdade , Defesa do Paciente , Entrevistas como Assunto , Ética
17.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 27(2): 199-213, ago. 1993. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-255148

RESUMO

Os autores através de entrevistas individuais analisaram como os portadores de câncer tiveram conhecimento de sua doença e como estas informaçöes influíram na sua vida pessoal, familiar e nos sentimentos. Sugestöes säo formuladas após avaliaçäo dos resultados obtidos nesta pesquisa.


Assuntos
Humanos , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Pacientes Internados/psicologia , Neoplasias/psicologia , Emoções , Percepção , Entrevistas como Assunto , Equipe de Assistência ao Paciente , Inquéritos e Questionários , Revelação da Verdade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA