Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 10 de 10
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
J. nurs. health ; 10(4): 20104015, abr.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1104058

RESUMO

Objetivo: identificar na literatura mundial a atuação do psicólogo na saúde mental da população diante da pandemia ocasionada pelo Coronavírus. Método: revisão integrativa da literatura, realizada conforme os descritores Pandemias, Saúde Mental e Medicina do comportamento, nas plataformas Google Scholar, PepsiCo e Portal Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. A amostra foi composta por 17 estudos. Resultados: o Coronavírus está produzindo sofrimentos psicológicos aos sujeitos, sendo assim os psicólogos tiveram que buscar por novas formas de realizar as intervenções psicoterapêuticas. Alguns deles são as consultas online e a manutenção do serviço de saúde com os atendimentos psicológicos hospitalares. Ambos serviços se fazem essenciais diante do enfrentamento ao novo Coronavírus. Conclusões: há limitações e desafios enfrentados pela área da Psicologia, devido às fragilidades e despreparo dos profissionais, por ser uma situação nova e imprevisível.(AU)


Objective: identify in the worldwide literature the performance of psychologist in the mental health of the population in face of the pandemic caused by the coronavirus. Method: integrative review of the literature, carried according to the descriptors Pandemics, Mental Health and Behavior Medicine, on the Google Scholar, PepsiCo and Portal Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel platforms. The sample consisted of 17 studies. Results: the coronavirus, is producing numerous psychological sufferings to the subjects, so psychologist ad to look for new ways to perform psychotherapy interventions. One of them was the online consultations and maintenance of health service with psychological hospital care. Both services are essential in facing the pandemic of the new coronavirus. Conclusion: the limitations and the challenges faced by area of the psychology are presented, due to the fragility and under preparedness of professionals, at it is and new and unpredictable situation.(AU)


Objetivo: identificar en la literatura mundial el desempeño del psicólogo en la salud mental de la población frente a la pandemia causada por el coronavirus. Método: revisión bibliográfica integradora, realizada según los descriptores Pandemias, Salud Mental y Medicina del Comportamiento, en las plataformas Google Scholar, PepsiCo y Portal Coordinación para mejora del personal de educación superior. La muestra consistió en 17 estudios. Resultados: o coronavírus está produciendo sufrimientos psicológicos a os sujetos, siendo así os psicólogos tuvieran que buscar por novas formas de realizar intervenciones psicoterapéuticas. Una de las fue a consultas online e manutención del servicio de salde con atendimientos psicológicos hospitaleros. Ambos servicios fase-se esencias diente do enfrentamiento a nuevo coronavirus. Conclusiones: hay limitaciones y retos a los que se enfrenta el área de la Psicología, debido a la fragilidad y falta de preparación de los profesionales, ya que se trata de una situación nueva e impredecible.(AU)


Assuntos
Medicina do Comportamento , Saúde Mental , Infecções por Coronavirus , Pandemias
2.
Rev. enferm. UFPE on line ; 6(1): 240-247, jan.2012.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1033442

RESUMO

Objetivo: verificar quais instrumentos psicológicos vêm sendo utilizados na avaliação da aderência terapêutica, apresentar os indicadores evidenciados nos resultados provenientes de tais instrumentos para investigação e avaliação deste aspecto, bem como refletir acerca da aplicabilidade destes na prática de atuação do psicólogo. Método: trata-se de revisão integrativa realizada no portal Periódicos Capes, utilizando-se os descritores aderência, instrumentos e insuficiência cardíaca crônica, bem como os correlatos em língua inglesa. Resultados: a baixa adesão ao tratamento pode estar associada a diversos fatores, desde problemas socioeconômicos, distúrbios psicológicos, e prejuízos cognitivos, até as características da doença e a complexidade do tratamento; o relacionamento entre o profissional de saúde e o paciente, em contrapartida, é um dos fatores que contribui à adesão ao tratamento. Conclusão: alguns autores vêm buscando apresentar métodos que avaliem a adesão ao tratamento incluindo testes e inventários psicológicos, porém há um número limitado de investigação nesse sentido. Sabe-se que o comportamento aderente envolve muitos e diferentes fatores, o que requer investigação aprofundada por meio da avaliação psicológica, no sentido de identificar quais destes favorecem ou dificultam o seguimento adequado do tratamento, e promover maior conhecimento tanto à equipe de saúde quanto ao paciente, possibilitando estratégias de intervenção.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adulto Jovem , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adesão à Medicação , Insuficiência Cardíaca , Medicina do Comportamento , Conflito Psicológico , Epidemiologia Descritiva
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 5(9): 2309-2316, nov. 2011.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1033403

RESUMO

Objetivo: analisar, por meio de ensaio epistemológico, o paradigma biopsicossocial, que é amplamente usado paraorientar as práticas em Psicologia da Saúde. Método: trata-se de um estudo teórico que, por meio de revisão deliteratura, propõe-se a uma reflexão epistemológica. Para tanto, abordaram-se os conceitos de saúde e doença, situandoos tratamentos utilizados ao longo do tempo; a concepção de Psicologia da Saúde e seus aspectos históricos de surgimentoe a transição do modelo biomédico para o biopsicossocial. Resultados: identifica-se por intermédio das metateoriashierárquica ou interacionista e integradora ou dialética a coexistência de diferentes versões do modelo biopsicossocial, asquais encerram pressupostos epistemológicos distintos. A metateoria interacionista presume uma concepção dualista (bio+ psicossocial), alinhando-se ao modelo positivista e biomédico, com prevalência hierárquica entre as áreas envolvidas aose submeterem à autoridade epistemológica da biomedicina. Já na metateoria integrativa, as dimensões biológica,psicológica e social interagem dialeticamente, apresentando afinidade com a doutrina hipocrática. Conclusão: as práticasdo psicólogo da saúde comportam uma atitude epistemológica, mesmo que por ele ignorada. Portanto, dentro dadenominação biopsicossocial é possível reconhecer posições epistemológicas divergentes.


Assuntos
Humanos , Conhecimento , Medicina do Comportamento , Prática Psicológica , Epidemiologia
4.
Rev. enferm. UFPE on line ; 4(2): 548-556, 20100300. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032923

RESUMO

Objetivo: verificar aspectos psicossociais e de personalidade que podem influenciar na adesão terapêutica de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Método: estudo observacional, quantitativo e qualitativo, de corte transversal, realizado com 15 pacientes pós-cirúrgicos. Estes foram indicados pelo setor de enfermagem como mais assíduos e classificados em baixa e alta aderência pelo coordenador do Serviço de Cirurgia da Obesidade e Doenças Relacionadas. Este estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa/Hospital Universitário Onofre Lopes n. 355/09 e os dados foram coletados em um hospital da rede pública de saúde de Natal-RN (Brasil), com um questionário semi-estruturado e de um teste projetivo (Zulliger). Posteriormente, foram submetidos à análise de conteúdo seguindo os parâmetros de Bardin e o Zulliger foi corrigido de acordo com o sistema Klopfer. Resultados: a maior parte dos pacientes demonstrou satisfação com a cirurgia e melhoras em diversas esferas da vida. Paradoxalmente, o grupo classificado como tendo baixa aderência apresentou características de personalidade proativa em relação ao grupo considerado de alta aderência. Conclusão: a avaliação da aderência faz-se dificultosa uma vez que comportamentos ativos podem ser compreendidos como baixa aderência, podendo gerar entraves nas condutas


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adulto , Cirurgia Bariátrica/psicologia , Medicina do Comportamento , Obesidade , Adesão a Diretivas Antecipadas , Comportamento Alimentar , Cuidados Pós-Operatórios , Estudos Observacionais como Assunto , Fidelidade a Diretrizes , Inquéritos e Questionários , Qualidade de Vida , Saúde Pública
5.
Rev. enferm. UERJ ; 16(3): 427-439, jul.-set. 2008.
Artigo em Francês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-503221

RESUMO

Depuis ses débuts en Europe, il y a plus de vingt ans, et contrairement à la contribution pionnière des sciences sociales, la psychologie de la santé n’a pas intégré de manière systémique dans ses modèles la dimension de la culture. Les raisons rendant nécessaire une telle intégration qui favoriserait un décloisonnement des disciplines sont examinées. Elles sont liées à l’histoire du champ de la santé, au développement de perspectives culturelles en psychologie et au besoin d’une approche pluridimensionnelle des phénomènes propres au champ de la santé. Trois questions sont posées  pour avancer dans l’analyse de l’intervention de la culture: où, dans quel espace la situer, comment en concevoir les formes, à quelles conceptions de la culture peut-on avoir recours en psychologie de la santé. On tente d’y répondre en s’appuyant sur des travaux théoriques et empiriques et en introduisant un nouveau lieu d’observation: l’expérience vécue par les acteurs du système de santé.


From its early days in Europe over twenty years ago, Health Psychology has failed to integrate the cultural dimension into its models in a systemic way, as did the pioneer contributions of the Social Sciences. This article looks at the reasons why such integration is necessary and how it would prevent scientific segmentation. These reasons are linked to the history of health studies; the development of cultural perspectives in psychology; and the need to promote a multidimensional approach of the phenomenon which is peculiar to the health field. In order to advance the analysis of culture intervention within health practices, three questions are stated: where, in what place to locate culture? how to conceive its forms of intervention? what conceptions of culture can be applied in Health Psychology? To answer these questions, a tentative perspective is proposed on the basis of theoretical and empirical contributions, as well as a new place of observation: the actors’ lived experiences within the health system.


Após o seu início na Europa, há mais de 20 anos, e contrariamente à contribuição pioneira das ciências sociais, a psicologia da saúde não integrou de maneira sistêmica nos seus modelos a dimensão da cultura. As razões da necessidade de uma tal integração que favoreceria uma descompartimentalização das disciplinas são analisadas. Elas são ligadas à história do campo da saúde, ao desenvolvimento de perspectivas culturais em psicologia e a necessidade de uma abordagem pluridimensional dos fenômenos próprios ao campo da saúde. Três questões são colocadas para avançar na análise da intervenção da cultura: onde, em qual espaço a situar, como conceber as suas formas, a quais concepções de cultura podemos recorrer em psicologia da saúde. Tentamos responder a isso apoiando-nos em trabalhos teóricos e empíricos e introduzindo um novo lugar de observação: a experiência vivida pelos atores do sistema de saúde.


Assuntos
Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Cultura , Medicina do Comportamento , Psicologia Social
6.
Rev. eletrônica enferm ; 9(3): 736-747, set.-dez. 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-668467

RESUMO

O Brasil vive um processo de transição demográfica pelo aumento da longevidade do ser humano. Este estudo descritivo qualitativo investiga as relações entre as visões compartilhadas e a prática dos profissionais de saúde neste processo, no município de Dourados/MS, no ano 2007. Foram entrevistados 10 participantes, profissionais de saúde e usuários dos serviços de atenção à saúde de idosos. Utilizou-se um software de análise de conteúdo. Os resultados mostram representações sociais divergentes entre as concepções dos participantes, apontando defasagem na assimilação das mudanças ocorridas na realidade do envelhecimento. A falta de qualificação especializada para o cuidado desta população interfere nas práticas de cuidar em saúde, uma vez que o conhecimento científico não se encontra integrado à realidade social. Destacamos a relevância de que os resultados encontrados contribuam para que o conhecimento adquirido acompanhe a evolução da sociedade, como auxiliar no direcionamento de políticas de educação e saúde, integrando o universo consensual e reificado.


Brazil is going through a demographic transition process, because the human being longevity. The present descriptive qualitative study investigates the relation between the partaken overview and the health professionals? practice in this process. Ten participants were questioned, health professional and the users of the service of health attention. Software of content analyses was used. The results show different social representations between the participants? concepts, pointing to the fault in the assimilation of the changes occurred in the aging reality, and the necessity of qualification to the health care practices of the elderly. The lack of specialized qualification for the care of this population interferes in the practices of taking care in health, once the scientific knowledge one don't find integrated to the social reality. We detached the relevance that the found results contribute so that the acquired knowledge accompanies the evolution of the society, how to aid in the guide of education politics and health, integrating the consensual universes and science.


Brasil vive un proceso de transición demográfica, por el aumento de la longevidad del ser humano. Este estudio calificativo descriptivo investiga las relaciones entre las visiones compartilladas y la práctica de los profesionales de salud en este proceso. Fueran entrevistados 10 (diez) participantes, profesionales de salud y usuarios de los servicios de atención a la salud de los ancianos. Se utilizó un software de análisis de contenido. Los resultados muestran representaciones sociales divergentes entre las concepciones de los participantes apuntando un aislamiento en la asimilación de cambios ocurridos en la realidad del envejecimiento. La falta de calificación especializada para el cuidado de esta población interfiere en las prácticas de tener el cuidado en la salud, una vez el conocimiento uno científico no encuentra integrado a la realidad social. Nosotros destacamos la relevancia que los resultados encontraron contribuyen para que el conocimiento adquirido acompañe la evolución de la sociedad, cómo ayudar en la guía de política de educación y salud, integrando los universos consensuales y ciencia.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Qualidade de Vida , Medicina do Comportamento , Envelhecimento/psicologia
7.
Texto & contexto enferm ; 16(1): 89-96, jan.-mar. 2007.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-454196

RESUMO

Esta pesquisa teve como objetivo geral investigar o preparo dos acadêmicos de enfermagem frente à morte. A metodologia é de natureza qualitativa, realizada através de 15 entrevistas semi-estruturadas com acadêmicos de Enfermagem do sexto e sétimo semestres de uma instituição de ensino superior localizada no norte do Rio Grande do Sul. Os resultados apontam as dificuldades dos acadêmicos de enfermagem entrevistados em lidar com o processo morte-morrer dos pacientes assistidos em estágio; a dificuldade delidar com os sentimentos de ansiedade, culpa e impotência gerados pela experiência; a fuga do contato com osfamiliares, através de cuidados emimentemente técnicos e burocráticos; a falta de apoio do professor supervisorem campo de estágio, quando da morte de um paciente e o desconhecimento das fases psicológicas da morte. Conclui-se que os acadêmicos de enfermagem não estão preparados para vivenciar o processo morte-morrer de seus futuros clientes devido às poucas oportunidades de discutir o tema na graduação...


This paper aims at investigating how Nursing undergraduates face death. It is a qualitative study; fifteen semi-structured interviews were carried out with nursing undergraduates who attend the third and the fourth years of their course in a college located in northern Rio Grande do Sul, Brazil. Results showthe difficulty Nursing undergraduates experience when dealing with their patientsÆ death-dying process duringtheir apprenticeship; the difficulty in dealing with anxiety, guilt, and impotence generated by the experience; the attempt to escape from contact with the patientsÆ relatives by taking on technical and bureaucratic aspects of their work; the apprenticeship professor/supervisor's lack of support when a patient dies; and a lack of knowledge about the psychological phases of death. I have concluded that Nursing undergraduates are not prepared to experience the death-dying process of their patients-to-be due to the fact that they have few opportunities to discuss the theme during their undergraduate course...


Assuntos
Humanos , Assistência Terminal , Atitude Frente a Morte , Enfermagem , Estudantes de Enfermagem , Medicina do Comportamento , Educação Superior , Emoções
8.
Texto & contexto enferm ; 13(3): 414-419, jul.-set. 2004.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-458750

RESUMO

Investigação entre gestantes e puérperas portadoras do HIV sobre quais os sentimentos que representam pelo fato de não poderem amamentar. Trata-se de estudo qualitativo realizado de outubro a dezembro de 2003 em Fortaleza-CE. Foram entrevistadas por meio de entrevista semi-estruturada cinco gestantes e oito puérperas soropositivas para HIV. De acordo com os achados, as gestantes e puérperas expressaram que a maternidade estaria completa se efetivassem o ato da amamentação. Mencionaram que o motivo de não amamentar lhes acarreta culpa, frustrações, sofrimentos, desejos interrompidos, impotência e sonhos desfeitos. Contudo, também exprimiram sentimentos de indiferença diante do fato pontual de não amamentar. Conclui-se que as mulheres com HIV manifestaram dificuldades físicas, econômicas e psicológicas ante a não amamentação...


This study aimed at investigating the feeling of pregnant and post-partum women HIV bearers for not being able to breastfeed. It is a qualitative study held from October to December 2003, in Fortaleza - CE. Five pregnant and eight post-partum women HIV bearers were interviewed through a semi-structured interview. The results show that pregnant and puerperal women think that maternity would be complete if they could breastfeed. They said that the fact they cannot breastfeed brings guilt, frustration, suffering, unfulfilled wishes, impotence and destroyed dreams. However, they also show indifference to the important fact of not breastfeeding. It is concluded that the women with HIV manifested physical, economical and psychological difficulties because of the not breastfeeding...


Investigación entre las mujeres embarazadas y parturientes portadoras de VIH sobre cuales son los sentimientos que vivenciam por el hecho de no poder amamantar. Se trata de un estudio cualitativo realizado desde octubre hasta diciembre del 2003 en Fortaleza-Ceará. Fueron aplicadas entrevistas semi-estructuradas a cinco mujeres gestantes y ocho parturientes portadoras de VIH. Los resultados señalaron que las mujeres gestantes y las parturientes expresan que la maternidad seria completa se fuera efetivo el acto de amamentamiento. Mencionaron que el motivo de no amamantar les produce sentimientos: culpa, frustraciones, sufrimiento, deseos interrumpidos, imposibilidad y sueños no realizados. Sin embargo, también, expresaran sentimiento de indiferencia delante del hecho puntual de no amamantar. Concluimos que las mujeres con VIH manifestaron las dificultades físicas, barata y psicológicas antes de no amamantar...


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Recém-Nascido , HIV , Aleitamento Materno , Emoções , Estresse Psicológico , Medicina do Comportamento , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Transtornos Puerperais/imunologia , Transtornos Puerperais/psicologia
9.
Texto & contexto enferm ; 10(3): 39-59, set.-dez. 2001.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-466169

RESUMO

Esta investigação estuda as relações entre equilíbrio psíquico e trabalho de profissionais em espaços fechados de luta contínua pela vida, contra a morte. Busca uma compreensão dos dinamismos psicológicos, sociais e organizacionais mobilizados pela interação dos sujeitos com a realidade do trabalho. Tem como eixo condutor, os fundamentos teóricos da Psicopatologia e Psicodinâmica do Trabalho de Christophe Dejours. Consiste num estudo descritivo, com abordagem qualitativa, tendo como sujeitos os profissionais que atuam em Unidades de Tratamento Intensivo. Os resultados evidenciaram que o equilíbrio psíquico no trabalho com pacientes terminais, traz a marca do individual e do coletivo organizacional...


This investigation studies the relation between psychic balance and professionalsÆ jobs in closed areas of continue fight for life, against the death. It researches a comprehension of psychological social and organizational dynamisms mobilized by the interaction between subjects and the work reality. It has as conductor axle, the theoretical bases of Psychopathology and Psychodynamic of Work of Christophe Dejours. It consists in a descriptive study, with qualitative approach and it has as subjects, the professionals of Intensive Treatment unities. The results evidenced that the psychic balance in the work with terminals patients has the mark of the individual and the collective organizational...


Esta investigación estudia las relaciones entre equilibrio psíquico y trabajo de profesionales en espacios cerrados contra la muerte. Busca una comprensión de los dinamismos psicológicos, sociales y organizacionales movidos pela interacción de los sujetos con la realidad de trabajo. Tiene como fundamento teórico la Sicopatología y Sicodinamica de lo Trabajo de Christophe Dejours. Es un estudio descriptivo con abordaje cualitativo, tiendo como sujetos los profesionales que trabajan en Unidades de Tratamiento Intensivo. Los resultados evidenciaran que el equilibrio psíquico en el trabajo con pacientes terminales, tras la marca del individual y del colectivo organizacional...


Assuntos
Humanos , Atitude Frente a Morte , Equipe de Assistência ao Paciente , Medicina do Comportamento , Morte , Pessoal de Saúde/psicologia , Unidades de Terapia Intensiva , Epidemiologia Descritiva
10.
Rio de Janeiro; s.n; dez. 1999. 112 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-302094

RESUMO

O presente trabalho investigou os Significados do nervoso em comunidade de classe popular, em Teresina-PI. Trata-se de um estudo de campo, de natureza qualitativa, com referencial teórico das ciências sociais, utilizando-se estudiosos que investigam o nervoso em vários contextos brasileiros, notadamente Luis Fernando Dias Duarte. O cenário é a Vila Bandeirantes e a coleta de dados se deu através de observações com anotações em diário de campo e entrevista com roteiro semi-estruturado, com questões sobre sintomas, sofrimento e noção de pessoa na sociedade. A pesquisa mostra aque os significados do nervoso para as mulheres encontram-se associadas a situações de violência, relacionamentos conflituosos, excesso de bebida pelo companheiro, abandono e insegurança no enfrentamento dos problemas do dia a dia. Para os homens, os significados do nervoso estariam mais ligadas ao trabalho fora de casa e a insegurança diante da manutenção deste trabalho.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Temperamento , Enfermagem Psiquiátrica , Medicina do Comportamento , Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA