Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 140
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Nursing (Säo Paulo) ; 23(262): 3683-3687, abr.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1100503

RESUMO

Objetivo: avaliar o conhecimento e o comportamento sexual dos adolescentes acerca das infecções sexualmente transmissíveis. Método: trata-se de uma revisão integrativa da literatura realizada nas bases de dados SCIELO, LILACS e BDENF por meio da estratégia PICO para definição da pergunta norteadora e do fluxograma PRISMA para seleção dos artigos. As buscas abrangeram o período de 2014 a 2019, sendo selecionados os artigos disponíveis em português, na íntegra e no formato original. Resultados: foram selecionados 10 artigos para a composição do estudo que demostraram déficit no conhecimento dos adolescentes acerca das infecções sexualmente transmissíveis, bem como não utilização do preservativo de modo rotineiro devido acreditarem que este inibe o prazer sexual. Conclusão: necessita-se orientar os adolescentes acerca das circunstâncias que acarretam às infecções sexualmente transmissíveis e sobre o uso correto do preservativo por meio de intervenções e educação em saúde nas escolas e nos serviços de saúde. (AU)


Objective: to evaluate the knowledge and sexual behavior of adolescents about sexually transmitted infections. Method: this is an integrative literature review performed in the databases SCIELO, LILACS and BDENF through the PICO strategy to define the guiding question and the PRISMA flowchart for article selection. The searches covered the period from 2014 to 2019, being selected the articles available in Portuguese, in full and in original format. Results: ten articles were selected for the composition of the study that showed a deficit in the adolescents' knowledge about sexually transmitted infections, as well as a nonuse of condoms on a routine basis because they believe that it inhibits sexual pleasure. Conclusion: adolescents need to be advised of the circumstances that lead to sexually transmitted infections and the correct use of condoms through health interventions and education in schools and health services.(AU)


Objetivo: evaluar el conocimiento y el comportamiento sexual de los adolescentes sobre las infecciones de transmisión sexual. Método: esta es una revisión integradora de la literatura realizada en las bases de datos SCIELO, LILACS y BDENF a través de la estrategia PICO para definir la pregunta guía y el diagrama de flujo PRISMA para la selección de artículos. Las búsquedas abarcaron el período de 2014 a 2019, seleccionándose los artículos disponibles en portugués, en su totalidad y en formato original. Resultados: se seleccionaron 10 artículos para la composición del estudio que mostraron un déficit en el conocimiento de los adolescentes sobre las infecciones de transmisión sexual, así como la falta de uso de condones de forma rutinaria porque creen que inhibe el placer sexual. Conclusión: los adolescentes deben ser informados de las circunstancias que conducen a infecciones de transmisión sexual y el uso correcto de condones a través de intervenciones de salud y educación en escuelas y servicios de salud. (AU)


Assuntos
Humanos , Adolescente , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Serviços de Saúde do Adolescente , Saúde Sexual/educação , Educação Sexual , Saúde do Adolescente
2.
Rev. enferm. UFPE on line ; 14: [1-8], 2020. ilus, tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1116175

RESUMO

Objetivo: relatar a experiência de estudantes do Curso de Enfermagem na implementação de intervenções educacionais para a promoção da saúde sexual e reprodutiva do adolescente escolar. Método: trata-se de um estudo descritivo, tipo relato de experiência, desenvolvida a partir das seguintes etapas: 1) Capacitação discente; 2) Apresentação do Projeto de Pesquisa; 3) Diagnóstico situacional no contexto escolar; 4) Seleção das temáticas; 5) Planejamento de estratégias e abordagens e 6) Execução e avaliação. As informações foram discutidas em concordância com a literatura. Resultados: notou-se a carência no conhecimento dos adolescentes escolares acerca da temática da saúde sexual e reprodutiva, entretanto, a intervenção no ambiente escolar mostrou ser um ambiente promissor para o processo de educação em saúde realizado, sobretudo, pelo enfermeiro no âmbito da Estratégia Saúde da Família com outros profissionais da saúde e da educação. Conclusão: enfatiza-se a necessidade de atividades no âmbito escolar a fim de promover o conhecimento e adoção hábitos e práticas saudáveis que impactem e assegurem aos estudantes riscos mínimos de injúrias à saúde sexual e reprodutiva.


Objective: to report the experience of Nursing Course students, in the implementation of educational interventions for the promotion of the sexual and reproductive health of adolescent students. Method: it is a descriptive study, of related experience type, developed from the following steps: 1) Student training; 2) Presentation of the Research Project; 3) Situational diagnosis in the school context; 4) Selection of themes; 5) Planning strategies and approaches and 6) Execution and evaluation. The information was discussed in accordance with the literature. Results: there was a lack of knowledge among adolescent students about the theme of sexual and reproductive health, however, the intervention in the school environment proved to be a promising environment for the health education process carried out, above all, by nurses within the scope of the Strategy Family Health with other health and education professionals. Conclusion: the need for activities at the school level is emphasized to promote knowledge and adoption of healthy habits and practices that impact and ensure students the minimum risk of injury to sexual and reproductive health.


Objetivo: reportar la experiencia de los estudiantes del Curso de Enfermería en la implementación de intervenciones educativas para la promoción de la salud sexual y reproductiva del adolescente escolar. Método: es un estudio descriptivo, tipo de informe de experiencia, desarrollado a partir de los siguientes pasos: 1) Capacitación de estudiantes; 2) Presentación del Proyecto de Investigación; 3) Diagnóstico situacional en el contexto escolar; 4) Selección de temas; 5) Planificación de estrategias y enfoques 6) Ejecución y evaluación. Las informaciones fueron discutidas de acuerdo con la literatura. Resultados: hubo una falta de conocimiento entre los adolescentes escolares sobre el tema de la salud sexual y reproductiva, sin embargo, la intervención en el entorno escolar demostró ser un entorno prometedor para el proceso de educación sanitaria llevado a cabo, obre todo, por el enfermero dentro del alcance de la Estrategia Salud Familiar con otros profesionales de la salud y la educación. Conclusión: se enfatiza la necesidad de actividades a nivel escolar para promover el conocimiento y la adopción de hábitos y prácticas saludables que impactan y aseguran a los estudiantes el riesgo mínimo de lesiones a la salud sexual y reproductiva.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Serviços de Saúde Escolar , Comportamento Sexual , Educação Sexual , Estudantes de Enfermagem , Educação em Saúde , Adolescente , Enfermagem , Saúde do Adolescente , Saúde Sexual e Reprodutiva , Vulnerabilidade em Saúde , Gravidez na Adolescência/prevenção & controle , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Epidemiologia Descritiva , Anticoncepção
3.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 11(5): 1208-1212, out.-dez. 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1022310

RESUMO

Objetivo: Discutir a percepção de adolescentes acerca da sexualidade no espaço escolar. Método: estudo descritivo e exploratório, de natureza qualitativa, realizado com quarenta e seis adolescentes em três escolas públicas do município de Macapá, capital do Estado do Amapá. A coleta de dados ocorreu através de entrevistas realizadas com a autorização dos respectivos responsáveis, posteriormente transcritos e submetidos à análise de conteúdo na modalidade temática. Resultados: Obteve-se a formação da seguinte categoria: a sexualidade no cotidiano dos adolescentes - um desafio para a educação sexual e reprodutiva, em que foi trabalhado estes aspectos: a sexualidade relacionada ao ato de gerar filhos; o desconhecimento dos adolescentes acerca da saúde sexual e reprodutiva. Conclusão: torna-se relevante a aproximação entre profissionais da educação e saúde para reverem as práticas pedagógicas ofertadas aos estudantes, sendo necessário avaliar as metodologias aplicadas e buscar novas propostas que alcancem as necessidades de informações necessárias para que adolescentes


Objective: The study's purpose has been to discuss the adolescents' perception about sexuality in the scholar framework. Methods: It is a descriptive-exploratory study with a qualitative approach, which was carried out with forty-six adolescents from three public schools in Macapá city, Amapá State. Data collection took place through interviews lead by the authorization of the respective parents/relatives. The data was later transcribed and submitted to content analysis by the thematic modality. Results: The following category was achieved: sexuality in the adolescents' daily life - a challenge for sexual and reproductive education; where the following aspects were addressed: sexuality related to the act of generating children; adolescents' lack of knowledge about sexual and reproductive health. Conclusion: Therefore, it is relevant to improve the relationship between education and health professionals aiming to reappraisal the pedagogical practices offered to students. Furthermore, it is necessary to assess the applied methodologies and to pursue new proposals that can reach the adolescents' information needs


Objetivo: Discutir la percepción de adolescentes acerca de la sexualidad en el espacio escolar. Método: estudio descriptivo y exploratorio, de naturaleza cualitativa, realizado con cuarenta y seis adolescentes en tres escuelas públicas del municipio de Macapá, capital del Estado de Amapá. La recolección de datos ocurrió a través de entrevistas realizadas con la autorización de los respectivos responsables, posteriormente transcritas y sometidas al análisis de contenido en la modalidad temática. Resultados: Se obtuvo la formación de la siguiente categoría: la sexualidad en el cotidiano de los adolescentes - un desafío para la educación sexual y reproductiva, en que se trabajó estos aspectos: la sexualidad relacionada al acto de generar hijos; el desconocimiento de los adolescentes acerca de la salud sexual y reproductiva. Conclusión: se hace relevante la aproximación entre profesionales de la educación y salud para revisar las prácticas pedagógicas ofrecidas a los estudiantes, siendo necesario evaluar las metodologías aplicadas y buscar nuevas propuestas que alcancen las necesidades de informaciones necesarias para que adolescentes


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Educação Sexual , Comportamento do Adolescente , Saúde Reprodutiva , Brasil , Sexualidade , Saúde Sexual
4.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(253): 2990-2994, jun.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1025678

RESUMO

Objetivou-se avaliar o conhecimento de adolescentes gestantes sobre métodos contraceptivos, o impacto que essa gestação causa na vida dessa adolescente e a maneira conforme essa informação é passada pelas adolescentes através do programa Estratégia da Saúde da Família pelo profissional enfermeiro. Trata-se de uma pesquisa de caráter exploratório descritivo, tendo como informação a pesquisa de campo e abordagem quanti-qualitativa. A coleta de dados ocorreu em outubro de 2018 através de um questionário, com uma amostra de 25 adolescentes grávidas internadas na Maternidade Mariana Bulhões. As adolescentes tinham em média de 13 a 19 anos. Os fatores socioeconômicos e culturais têm muita influência sobre o fenômeno tendo uma ênfase maior aos fatores psicossociais oriundos dos meios familiar, social e subjetivo individual. Conclui-se que a gravidez na adolescência é um problema social e que o enfermeiro tem um papel primordial como agente articulador neste contexto.(AU)


The aim was to evaluate the knowledge of pregnant adolescents about contraceptive methods, the impact that this pregnancy causes on the life of this adolescent and the way in which this information is passed by the adolescents through the Family Health Strategy program by the nurse practitioner. It is a descriptive exploratory research, having as information the field research and quantitative-qualitative approach. Data collection took place in October 2018 through a questionnaire, with a sample of 25 pregnant adolescents hospitalized at the Mariana Bulhões Maternity. The adolescents had an average age of 13 to 19 years. Socioeconomic and cultural factors have a great influence on the phenomenon with a greater emphasis on psychosocial factors derived from the individual family, social and subjective means. It is concluded that teenage pregnancy is a social problem and that nurses play a primary role as an articulating agent in this context.(AU)


Se objetivó evaluar el conocimiento de adolescentes gestantes sobre métodos anticonceptivos, el impacto que esa gestación causa en la vida de esa adolescente y la manera conforme esa información es pasada por las adolescentes a través del programa Estrategia de Salud de la Familia por el profesional enfermero. Se trata de una investigación de carácter exploratorio descriptivo, teniendo como información la investigación de campo y enfoque cuantitativo. La recolección de datos ocurrió en octubre de 2018 a través de un cuestionario, con una muestra de 25 adolescentes embarazadas internadas en la Maternidad Mariana Bulhões. Las adolescentes tenían en promedio de 13 a 19 años. Los factores socioeconómicos y culturales tienen mucha influencia sobre el fenómeno teniendo un énfasis mayor a los factores psicosociales oriundos de los medios familiares, sociales y subjetivos individuales. Se concluye que el embarazo en la adolescencia es un problema social y que el enfermero tiene un papel primordial como agente articulador en este contexto.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adolescente , Gravidez na Adolescência , Educação Sexual , Anticoncepção , Saúde do Adolescente , Promoção da Saúde , Estratégia Saúde da Família
5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(5): 1308-1316, maio 2019. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024302

RESUMO

Objetivo: descrever o processo de elaboração e validação de conteúdo acerca do uso do preservativo para a aplicação na educação em saúde, no âmbito da aprendizagem baseada em problemas. Método: trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, metodológico, desenvolvido, com nove profissionais com expertise na área da saúde e na aprendizagem baseada em problemas. Tabularam-se os dados no programa Excel® e apresentaram-se os resultados em tabelas. Resultados: verificou-se que, no processo de validação do conteúdo, todos os itens obtiveram o Índice de Validade de Conteúdo Máximo (=1), exceto o item "abrangência" do problema um (IVC=0,77) e o item "linguagem" do problema três (IVC=0,88). Realizaram-se, para se contemplarem as sugestões indicadas para estes itens, as seguintes alterações, respectivamente: a inclusão da participação feminina na adesão ao uso do preservativo e o esclarecimento do termo técnico "ejacular". Conclusão: aponta-se a validação via e-mail, com um número ímpar de avaliadores e com a utilização do Índice de Validade de Conteúdo, como uma estratégia prática e eficaz. Recomenda-se que outros estudos sejam desenvolvidos, incluindo a validação pelo público-alvo.(AU)


Objective: to describe the process of elaboration and validation of content about the use of the condom for the application in health education, in the context of problem - based learning. Method: this is a qualitative, descriptive, methodological study developed with nine professionals with expertise in health and problembased learning. The data was tabulated in the Excel® program and the results were presented in tables. Results: it was verified that, in the content validation process, all items obtained the Maximum Content Validity Index (= 1), except for the item "comprehensiveness" of problem one (CVI = 0.77) and the item "language" of problem three (CVI = 0.88). The following changes were made to include the female participation in the use of the condom and the clarification of the technical term "ejacular", in order to contemplate the suggestions indicated for these items. Conclusion: e-mail validation, with an odd number of evaluators and using the Content Validity Index, is a practical and effective strategy. It is recommended that further studies be developed, including validation by the target audience.(AU)


Objetivo: describir el proceso de elaboración y validación de contenido acerca del uso del preservativo para la aplicación en la educación en salud, en el ámbito del aprendizaje basado en problemas. Método: se trata de un estudio cualitativo, descriptivo, metodológico, desarrollado con nueve profesionales con experiencia en el área de la salud y en el aprendizaje basado en problemas. Se tabularon los datos en el programa Excel® y se presentaron los resultados en tablas. Resultados: se verificó que, en el proceso de validación del contenido, todos los ítems obtuvieron el Índice de Validez de Contenido Máximo (= 1), excepto el ítem "alcance" del problema uno (IVC = 0,77) y el ítem " lenguaje "del problema tres (IVC = 0,88). Se realizaron, para contemplar las sugerencias indicadas para estos ítems, las siguientes alteraciones, respectivamente: la inclusión de la participación femenina en la adhesión al uso del preservativo y la aclaración del término técnico "eyacular". Conclusión: se señala la validación vía correo electrónico, con un número impar de evaluadores y con la utilización del Índice de Validez de Contenido, como una estrategia práctica y eficaz. Se recomienda que se desarrollen otros estudios, incluida la validación por el público objetivo.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Educação Sexual , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Educação em Saúde , Adolescente , Preservativos , Aprendizagem Baseada em Problemas , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
6.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(251): 2937-2942, abr.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-998896

RESUMO

A pesquisa objetivou analisar percepção dos enfermeiros da Estratégia Saúde da Família do Território de Manguinhos sobre a sexualidade infantil e a implicação desta percepção para o cuidado à saúde da criança. Trata-se de um estudo descritivo, exploratório e de natureza qualitativa. Realizado no Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria e Clínica da Família Victor Valla no Complexo de Manguinhos, no Município do Rio de Janeiro, onde está localizado e é campo de ensino e pesquisa para ENSP/FIOCRUZ, com 8 enfermeiros entrevistados atuantes na Estratégia Saúde da Família. Utilizou-se o método de interpretação de sentidos, baseando-se em princípios hermenêutico-dialéticos. Os depoimentos evidenciam que o despreparo do profissional sobre o assunto e a implicação desta percepção para o cuidado à saúde da criança, leva a um cuidado incompleto. Neste sentido, refletimos sobre a importância da atuação do enfermeiro como profissional de saúde nas consultas, onde pode colaborar de maneira positiva com a educação de pais e crianças a respeito da sexualidade.(AU)


The aim of the research was to analyze nurses' perceptions of the Family Health Strategy of the Manguinhos Territory on child sexuality and the implication of this perception for the health care of the child. It is a descriptive, exploratory and qualitative study. Held at the Germano Sinval Faria School of Health and Victor Valla Family Clinic in the Manguinhos Complex, in the city of Rio de Janeiro, where it is located and is a teaching and research field for ENSP/FIOCRUZ, with 8 nurses interviewed in the Health Strategy of the family. The method of interpretation of senses was used, based on hermeneutic-dialectical principles. The testimonies show that the professional's unpreparedness about the subject and the implication of this perception for the child's health care leads to incomplete care. In this sense, we reflect on the importance of nurses acting as health professionals in consultations, where they can collaborate in a positive way with the education of parents and children regarding sexuality.(AU)


La investigación objetivó analizar la percepción de los enfermeros de la Estrategia Salud de la Familia del Territorio de Manguinhos sobre la sexualidad infantil y la implicación de esta percepción para el cuidado de la salud del niño. Se trata de un estudio descriptivo, exploratorio y de naturaleza cualitativa. En el municipio de Río de Janeiro, donde está ubicado y es campo de enseñanza e investigación para ENSP / FIOCRUZ, con 8 enfermeros entrevistados actuantes en la Estrategia Salud, en el Centro de Salud Escuela Germano Sinval Faria y Clínica de la Familia Victor Valla en el Complejo de Manguinhos, en el Municipio de Río de Janeiro, donde está localizado y es campo de enseñanza e investigación para ENSP / FIOCRUZ, con 8 enfermeros entrevistados actuantes en la Estrategia Salud de la familia. Se utilizó el método de interpretación de sentidos, basándose en principios hermenéutico-dialécticos. Los testimonios evidencian que la despreparación del profesional sobre el tema y la implicación de esta percepción para el cuidado a la salud del niño, lleva a un cuidado incompleto. En este sentido, reflexionamos sobre la importancia de la actuación del enfermero como profesional de salud en las consultas, donde puede colaborar de manera positiva con la educación de padres y niños respecto a la sexualidad.(AU)


Assuntos
Humanos , Criança , Cuidado da Criança , Saúde da Criança , Sexualidade , Estratégia Saúde da Família , Enfermagem Pediátrica , Educação Sexual
7.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1220, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1051222

RESUMO

INTRODUÇÃO: o início da atividade sexual no período da adolescência pode expor essa população a alguns riscos como a ocorrência de gravidez não planejada. Estudos mostram que, apesar do aumento do uso de métodos anticonceptivos (MAC), a gravidez continua alta entre os adolescentes. OBJETIVO: analisar o uso de MAC por adolescentes que engravidaram nesse período da vida. MÉTODO: trata-se de estudo do tipo caso-controle, realizado com 86 gestantes adolescentes (casos) e 86 jovens sem histórico de gravidez na adolescência (controles) em unidades de Estratégia de Saúde da Família do município de Cuiabá-MT, no período de agosto a novembro de 2016. RESULTADO: os dados revelaram que as adolescentes fizeram uso de MAC na primeira relação sexual (67,4%), porém se verificou considerável diminuição na utilização ao investigar especificadamente o uso no mês em que engravidaram (37,2%). Destacou-se que a utilização de MAC é menor entre as adolescentes comparado às jovens sem histórico de gravidez na adolescência. Verificaram-se, ainda, descontinuidades contraceptivas entre as participantes do estudo. CONCLUSÃO: os achados revelaram que as adolescentes utilizam menos métodos anticonceptivos, comparado às jovens, desde o início da vida sexual. Além disso, o uso é permeado por descontinuidades, com destaque para as falhas no uso do MAC. Esse fato indica a necessidade de aumentar os cuidados e opções contraceptivas para essa população.(AU)


Introduction: the beginning of sexual activity during adolescence may expose this population to some risks such as the occurrence of unplanned pregnancy. Several studies show that, despite the increased use of contraceptive methods (CMs), pregnancy remains high among adolescents. Objective: to analyze the use of CMs by adolescents who became pregnant during this period of life. Method: This is a case-control study conducted with 86 pregnant adolescents (cases) and 86 young women without a history of pregnancy in adolescence (controls) in Family Health Strategy (Estratégia Saúde da Familia) units in Cuiabá-MT, from August to November 2016. Results: the data revealed that the adolescents used CMs on their first sexual intercourse (67.4%), but there was a considerable decrease in use when specifically investigating their use in the month they became pregnancy (37.2%). It was noted that the use of CMs is lower among the adolescents compared to the young women without a history of pregnancy in adolescence. Contraceptive discontinuations were also verified among the study participants. Conclusion: the findings revealed that the adolescents use fewer contraceptive methods compared to young women since the beginning of their sexual life. In addition, the use is permeated by discontinuations, highlighting the failures in the use of CMs. This fact indicates the need to increase care and contraceptive options for this population.(AU)


Introducción: el inicio de la actividad sexual durante la adolescencia puede exponer a esta población a algunos riesgos, como el embarazo no planificado. Los estudios muestran que, a pesar del aumento en el uso de métodos anticonceptivos (MAC), el embarazo sigue siendo alto entre las adolescentes. Objetivo: analizar el uso de MAC en adolescentes que quedaron embarazadas durante este período de la vida. Método: estudio de caso- control, realizado con 86 adolescentes embarazadas (casos) y 86 mujeres jóvenes sin antecedentes de embarazo en la adolescencia (controles) en las unidades de Estrategia de Salud Familiar de la ciudad de Cuiabá-MT, de agosto a noviembre de 2016. Resultado: los datos revelaron que las adolescentes usaron MAC en la primera relación sexual (67,4%); sin embargo, al investigar específicamente el uso en el mes en que quedaron embarazadas, se constató que habian disminuido considerablemente dicho uso (37, 2%). Se observó que el uso de MAC es menor entre las adolescentes en comparación con las mujeres jóvenes sin antecedentes de embarazo en la adolescencia. También se observó discontinuidad en el uso de anticonceptivos entre las participantes del estudio. Conclusión: los hallazgos revelaron que las adolescentes emplean menos métodos anticonceptivos en comparación con las jóvenes, desde el inicio de su vida sexual. Además, hay mucha dicontinuidad en el uso de MAC, lo cual pone en evidencia sus fallas. Este hecho indica la necesidad de aumentar la atención y las opciones anticonceptivas para esta población.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Gravidez na Adolescência , Anticoncepção , Comportamento Contraceptivo , Gravidez não Planejada , Educação Sexual
8.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 204 p. ilus, mapa, graf.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1023204

RESUMO

Introdução: a educação para sexualidade é um pilar fundamental da saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes sendo discutida predominantemente no contexto das escolas urbanas. Pressupõe-se que existem elementos diferenciadores da sexualidade do adolescente inserido no contexto da escola rural e um distanciamento entre a educação para a sexualidade tradicional e as necessidades e desafios destes adolescentes. Objetivos: construir um processo educativo-libertador para a sexualidade dos adolescentes no contexto escolar rural, analisando a cultura, valores e saberes sobre a sexualidade dos adolescentes; identificando os elementos, singularidades e necessidades relacionadas com a sexualidade e promovendo o diálogo crítico da realidade da sexualidade no contexto da escola rural. Metodologia: foi desenvolvida uma pesquisa-ação de abordagem qualitativa, ancorada no referencial teórico-metodológico da educação crítica e libertadora de Paulo Freire. O cenário foi duas escolas de ensino fundamental e médio: uma localizada no distrito rural de Ipoema, Minas Gerais, Brasil e outra no município de Supatá, Cundinamarca, Colômbia. Foram implementadas as quatro fases do itinerário freiriano: investigação vocabular, tematização, problematização e avaliação por meio de sete círculos de cultura em cada escola. Participaram onze estudantes da escola brasileira e dezenove adolescentes da escola colombiana. Os dados foram produzidos no período de maio de 2017 a junho 2018, por meio de observação participante, grupos focais e mapa corporal na fase de avaliação. Para análise dos dados foi adotada a Análise Crítica do Discurso. Resultados: Há similaridades das duas escolas referentes às visões conservadoras e tradicionais sobre a sexualidade, com ausência de ações permanentes e falta de articulação entre área da saúde e educação para efetivar os processos educativos com caráter emancipador. O silenciamento foi identificado como prática social em torno da educação para a sexualidade, produzindo e reproduzindo vulnerabilidades corpóreas e sociais. A construção da sexualidade do adolescente é marcada, interdiscursivamente, pelo modelo biomédico, biológico e sexista, utilizando a tecnologia como forma de contestação frente às ausências e precariedades de um processo pedagógico crítico e libertador. As possiblidades de ruptura do silenciamento, das ideologias dominantes e a mudança de um ato esporádico, bancário e determinista para uma prática educativa crítica e democrática da sexualidade orientada pelo referencial de Paulo Freire em que o lúdico foi representativo, sendo os adolescentes protagonistas do processo. Conclusão: O processo educativo construído numa perspectiva ativa e crítica com os adolescentes, valorizando seus sonhos, opiniões, acolhendo suas dúvidas, sentimentos e medos apontou para uma ressignificação da educação para a sexualidade com potencial de transformação social e possibilitou uma pedagogia do corpo crítica e social. Neste aspecto coloca a sexualidade como uma dimensão humanizadora, reconhecendo os adolescentes como sujeitos criadores e agentes de mudança. Contribuições e recomendações: espera-se que os resultados contribuam para uma prática transformadora na educação para a sexualidade de adolescentes no contexto rural, no Brasil e na Colômbia, problematizando a formação de enfermeiros como agentes educadores para as populações na área rural e para a abordagem da sexualidade de forma crítica e libertadora; é preciso reeducar o conceito de sexualidade como dimensão humanizadora e avançar na discussão sobre como a tecnologia e a mídia interferem nos modos de vida e na construção da sexualidade dos adolescentes . Por fim, espera-se subsidiar discursos e práticassociais que superem os processos que usam o corpo e a sexualidade como dispositivos segregadores das infâncias e adolescências, retirando-lhes o direito de viver a saúde sexual e reprodutiva.(AU)


Introduction: Sex education is a fundamental pillar of adolescent sexual and reproductive health, which is predominantly discussed in the context of urban schools. It is assumed that there are different elements of adolescent sexuality in the context of rural schools that could create a gap between traditional sex education and the needs and challenges of these adolescents. Objective: This research aims to build an educational-liberating process for adolescent sexuality in the rural school context, analyzing the culture, values and knowledge around it; identifying the elements, singularities and needs related to sexuality and promoting the critical dialogue in the rural school context. Methodology: This study follows an active qualitative research anchored in Paulo Freire's theoretical-methodological framework of critical and liberating education. The scenario was two elementary and middle schools: the former located in the rural district of Ipoema, Minas Gerais, Brazil and the latter in the municipality of Supatá, Cundinamarca, Colombia. The four phases of the Freireian itinerary were implemented: vocabulary investigation, thematization, problematization and evaluation through seven culture circles in each school. Eleven students from the Brazilian school and nineteen teenagers from the Colombian school participated. Observations of the participants were carried out from May 2017 to June 2018, focusing on groups and body map in the evaluation phase. For data analysis, the Critical Discourse Analysis was adopted. Results: There are similarities between the two schools regarding the conservative and traditional views on sexuality, with the absence of permanent actions and the lack of connection between the health and education areas to effect the emancipatory educational processes. Silencing has been identified as a social practice around sex education, producing and reproducing health and social vulnerabilities. The construction of adolescent sexuality is interdiscursively marked by a biomedical, a biological and a sexist model, using technology as a way of fullfilling the absences and precariousness of a critical and liberating pedagogical process. The possibilities of breaking the silence, the dominant ideologies and the change from a sporadic, banking and deterministic act to a critical and democratic educational practice of sexuality guided by Paulo Freire's framework in which the playful was representative, being the adolescents protagonists of the process. Conclusion: The educational process built on an active and critical perspective with adolescents, valuing their dreams, opinions, welcoming their doubts, feelings and fears pointed to a resignification of sexuality education with the potential for social transformation and enabled a social and critical pedagogy of the body. In this respect, it places sexuality as a humanizing dimension, recognizing adolescents as creative subjects and agents of change. Contributions and recommendations: the results are expected to contribute to a transformative practice in adolescent sex education in the rural context in Brazil and Colombia, problematizing the training of nurses as educators for rural populations and the approach of sexuality in a critical and liberating way; It is necessary to re-educate the concept of sexuality as a humanizing dimension and to advance the discussion about how technology and the media interfere with the lifestyles and the construction of adolescent sexuality. Finally, we hope to subsidize social discourses and practices that surpass the processes that use the body and sexuality as segregating devices of childhood and adolescence, removing their right to live sexual and reproductive health.(AU)


Assuntos
Humanos , Adolescente , População Rural , Educação Sexual , Comportamento do Adolescente , Modelos Educacionais , Cultura , Brasil , Estudos Retrospectivos , Colômbia , Dissertação Acadêmica
9.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-8], 2019. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1051535

RESUMO

Objetivo: avaliar o nível de conhecimento de escolares sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis e métodos contraceptivos. Método: trata-se de um estudo qualitativo, tipo pesquisa-ação, com 153 escolares na faixa etária dos 11 aos 16 anos, de ambos os sexos, que responderam a um questionário, em seguida, empregou-se a análise estatística simples dos dados. Resultados: revela-se que 94,1% dos discentes disseram saber, pelo menos, uma maneira de prevenir-se de uma gravidez, sendo a camisinha masculina conhecida por 86,9% dos entrevistados e a "pílula do dia seguinte", por 80,4%. Pontua-se, sobre o que são as infecções sexualmente transmissíveis, que 15,7% não souberam responder; 22,9% afirmaram não conhecer nenhum meio de prevenção; 61,4% não souberam relatar nenhum possível sintoma; 24,2% declararam desconhecer os agravamentos se não tratados e 41,9% dos entrevistados disseram achar possível estar contaminados com alguma, sem ter o conhecimento desse fato. Conclusão: percebe-se a precariedade das informações que escolares possuem sobre a temática da sexualidade. Aponta-se, assim, a necessidade de conscientizá-los sobre os riscos a que estão expostos ao assumir uma prática sexual precoce sem um preparo adequado.(AU)


Objective: to assess students' level of knowledge about sexually transmitted infections and contraceptive methods. Method: this is a qualitative, action research study, with 153 schoolchildren aged 11 to 16 years, of both sexes, who answered a questionnaire, and then the simple statistical analysis of the data was used. Results: it appears that 94.1% of students said they know at least one way to prevent pregnancy, with male condom known by 86.9% of respondents and the "morning after pill" by 80.4%. Regarding sexually transmitted infections, 15.7% could not answer; 22.9% said they did not know any means of prevention; 61.4% could not report any possible symptoms; 24.2% said they were unaware of the aggravations if left untreated and 41.9% of respondents said they thought it was possible to be contaminated with some without being aware of this fact. Conclusion: the precariousness of the information that students have about the theme of sexuality is perceived. Thus, there is a need to make them aware of the risks they face when engaging in early sexual practice without proper preparation.(AU)


Objetivo: evaluar el nivel de conocimiento de los estudiantes sobre las Infecciones de Transmisión Sexual y los métodos anticonceptivos. Método: este es un estudio de investigación de acción cualitativo, con 153 escolares de 11 a 16 años, de ambos sexos, que respondieron un cuestionario, y luego se utilizó el análisis estadístico simple de los datos. Resultados: se informó que el 94.1% de los estudiantes dijeron que conocen al menos una forma de prevenir el embarazo, siendo el condón masculino conocido por el 86.9% de los encuestados y la "píldora del día siguiente" 80,4%. Con respecto a las infecciones de transmisión sexual, el 15,7% no pudo responder; el 22,9% dijo que no conocía ningún medio de prevención; 61,4% no pudo reportar ningún síntoma posible; el 24.2% dijo que no estaba al tanto de las molestias si no se trataba y el 41,9% de los encuestados dijo que pensaba que era posible contaminarse con algunos sin ser conscientes de este hecho. Conclusión: se nota la precariedad de la información que los estudiantes tienen sobre el tema de la sexualidad. Por lo tanto, se señala la necesidad de hacerlos conscientes de los riesgos a los que están expuestos cuando toman una práctica sexual precoz sin una preparación adecuada.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Autocuidado , Educação Sexual , Doenças Virais Sexualmente Transmissíveis , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Criança , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Educação em Saúde , Adolescente , Anticoncepção , Gravidez na Adolescência , Serviços de Saúde Escolar , Inquéritos e Questionários , Pesquisa Qualitativa
10.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(11): 3046-3051, nov. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-997834

RESUMO

Objetivo: analisar vídeos postados sobre à temática HIV/AIDS e adolescência no canal do YouTube® e suas implicações para a prática do cuidado. Método: trata-se de estudo quantitativo, exploratório utilizando-se uma amostra de 137 vídeos com o uso dos descritores "adolescente, infecção, HIV, Aids, vídeos" mediante a aplicação do operador booleano and. Realizou-se a categorização do conteúdo para a discussão dos dados e a análise da amostra final. Resultados: percebeu-se o poder de influência que as mídias podem gerar e os aspectos que influenciam diretamente as ações em saúde quando abordada a temática. Conclusão: conclui-se que a influência que a mídia virtual incita no adolescente, enquanto webespectator, deve ser discutida, analisada e fiscalizada, uma vez que as informações ali contidas atingem um número considerável de pessoas, incluindo as que estão buscando formar opiniões e que podem utilizar as informações contidas nesses vídeos para esse fim.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Recursos Audiovisuais , Educação Sexual , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Adolescente , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , HIV , Mídias Sociais , Tomada de Decisões
11.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 10(1): 137-144, jan.-mar. 2018. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-908437

RESUMO

Objective: this study aimed to determine the prevalence of HIV, syphilis, hepatitis B and hepatitis C in users of CAPS III of Caxias-MA. Methods: This is a retrospective study conducted at the Center for Psychosocial Care City Caxias-MA. For data collection was used a roadmap to chart analysis for sociodemographic data and on serology tests for HIV, syphilis, hepatitis B and C 300 records. Results: The results showed that 50% of respondents resided in the city of Caxias, 30 and 39 (26.3%), incomplete primary education (37.7%), most had psychiatric diagnosis of schizophrenia (22%). The overall prevalence was 4.5% for syphilis, 13.4% for hepatitis B and have not found prevalence rates for HIV and hepatitis C. Conclusion: Mechanisms to encourage these services to implement education programs on sexual health aimed at the prevention and care of these diseases and prevention mechanisms.


Objetivo: este estudio tuvo como objetivo determinar la prevalencia de VIH, sífilis, la hepatitis By la hepatitis C en usuarios de CAPS III de CaxiasMA. Métodos: Se trata de un estudio retrospectivo realizado en el Centro de Atención Psicosocial Ciudad Caxias- MA. Para la recolección de datos se utilizó una hoja de ruta para trazar el análisis de los datos sociodemográficos y en las pruebas de serología para el VIH, sífilis, hepatitis B y C 300 registros. Resultados: Los resultados mostraron que el 50% de los encuestados residía en la ciudad de Caxias, 30 y 39 (26,3%), la educación primaria incompleta (37,7%), el diagnóstico psiquiátrico tenido la mayor parte de la esquizofrenia (22%). La prevalencia global fue del 4,5% para la sífilis, el 13,4% para la hepatitis B y no han encontrado tasas de prevalencia de VIH y hepatitis C. Conclusión: Mecanismos para estimular estos servicios para poner en práctica programas de educación sobre salud sexual para la prevención y el cuidado de estas enfermedades y los mecanismos de prevención.


Objetivo: este estudo teve como objetivo determinar a prevalência de HIV, sífilis, hepatite B e hepatite C, em usuários de CAPS III de Caxias-MA. Métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo realizado no Centro de Atenção Psicossocial da cidade de Caxias - MA. Para a coleta de dados foi utilizado um roteiro para análise de prontuário para dados sociodemográficos e sobre as sorologias de HIV, sífilis, hepatites B e C em 300 prontuários. Resultados: Os resultados demonstraram que 50% dos pesquisados residiam na cidade de Caxias, 30 e 39 anos (26,3%), ensino fundamental incompleto (37,7%), a maioria tinham diagnóstico psiquiátrico de esquizofrenia (22%). As prevalências gerais foram 4,5% para sífilis, 13,4% para hepatite B e não foram encontradas prevalências para HIV e hepatite C. Conclusão: Mecanismos para estimular estes serviços a implementarem programas de educação em saúde sexual voltados para a prevenção e cuidado dessas doenças, bem como mecanismos de prevenção.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Hepatite B/epidemiologia , Serviços de Saúde Mental , Educação Sexual , Sífilis/epidemiologia , Brasil
12.
REME rev. min. enferm ; 22: e-1112, 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-912783

RESUMO

Objetivou-se descrever o comportamento sexual e o uso de métodos contraceptivos por universitárias da área da saúde em uma instituição de ensino superior público. Trata-se de estudo transversal desenvolvido com 177 estudantes dos cursos de Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Medicina, Nutrição e Odontologia. Utilizou-se questionário composto por questões fechadas. Os dados foram dispostos para análise mediante a utilização do software Statistical Package for the Social Science, versão 19.0. Foram realizadas análises univariadas, por meio de estatísticas descritivas simples. Na estatística inferencial foi aplicado teste de hipóteses bivariado (qui-quadrado e exato de Fischer). O nível de significância foi fixado em p≤0,05. Os resultados mostraram que as universitárias possuíam, em média, 20,5 anos, eram pardas, católicas, procedentes de Teresina, cursaram ensino médio em instituições públicas, residiam com a família, não possuíam filhos e com renda familiar de até três salários mínimos. O uso de métodos contraceptivos na primeira relação sexual foi referido pela maioria das universitárias e o preservativo masculino o método de escolha. Quanto à frequência da escolha do preservativo masculino, nos últimos 30 dias, significativa parcela afirma que nunca optou por esse método. Observou-se que o uso de álcool e outras drogas antes da última relação sexual possui associação significativa com o uso de métodos contraceptivos. O estudo pode auxiliar os profissionais da saúde na implantação de ações preventivas, curativas e educativas, considerando-se que na juventude há um sentimento de empoderamento em relação à saúde, que se reflete em demanda retraída desse grupo na busca pelos serviços.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Anticoncepção , Promoção da Saúde , Educação Sexual , Comportamento Sexual , Estudantes de Ciências da Saúde , Saúde da Mulher
13.
Enferm. foco (Brasília) ; 8(3): 14-18, nov.-2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028309

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção de homens idosos acerca de sua sexualidade. Metodologia: estudo descritivo, abordagem qualitativa, realizado com 10 idosos, por meio de uma entrevista semiestruturada, em uma Unidade Municipal de Saúde de Belém, estado do Pará, no período de setembro a outubro de 2016. Utilizou-se o método de análise de dados de Strauss e Corbin. Resultados: a maioria dos idosos estava na faixa etária entre 60 e 75 anos, casados e nível fundamental de ensino. A análise das entrevistas evidenciou três categorias: visão do homem idoso sobre conceitos em sexualidade; sexualidade e seu desenvolvimento pelo homem idoso; e a prática sexual e sua importância para o homem idoso. Conclusão: percebeu-se um déficit no conhecimento sobre a sexualidade. As alterações biológicas, fisiológicas, patologias e preconceito da família foram identificados como obstáculos. O sexo não é mais importante. Nesse contexto, é necessário que os profissionais abordem sobre a vida sexual desses indivíduos.


Objective: to know the perception of elderly men about their sexuality. Methodology: Descriptive study, qualitative approach, performed with ten elderly people, through a semi - structured interview, at a Municipal Health Unit of Belém, state of Pará, from September to October 2016. The data analysis method of Strauss and Corbin was used. Results: The majority of the elderly men were in the age group between 60 and 75 years, married and had primary level education. The analysis of the interviews revealed three categories: The view of the elderly man regarding sexuality; Sexuality and its development by the elderly man and Sexual practice and its importance for the elderly man. Conclusion: There was a lack of knowledge about sexuality. The biological, physiological changes, pathologies and prejudice of the family were identified as obstacles. Sex is no longer important. In this context, it is necessary for professionals to address the sexual life of these individuals.


Objetivo: Conocer la percepción de los hombres de edad avanzada sobre su sexualidad. Metodología: Estudio descriptivo, enfoque cualitativo se realizó con diez personas mayores, a través de una entrevista semiestructurada, en una de Belén Unidad Municipal de Salud, Estado de Pará, en el período septiembre-octubre de 2016. Se utilizó el método de análisis datos de Strauss y Corbin. Resultados: La mayoría de los ancianos tenían edades comprendidas entre los 60 y los 75 años el nivel de edad, casada y fundamental. El análisis de los datos reveló tres categorías: la visión antigua del hombre en los conceptos de la sexualidad; La sexualidad y su desarrollo por el anciano y la práctica sexual y su importancia para el anciano. Conclusión: Se observó un déficit en el conocimiento sobre la sexualidad. Las modificaciones biológicas, fisiológicas, las enfermedades y la familia perjuicio han sido identificados como obstáculos. El sexo no es importante. En este contexto, es necesario que los profesionales tratan sobre la vida sexual de estas personas.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Comportamento Sexual , Educação Sexual , Idoso , Saúde do Homem , Sexualidade
14.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(11): 4469-4482, nov.2017. ilus
Artigo em Inglês | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031937

RESUMO

Objetivo: avaliar as evidências científicas disponíveis na literatura para entender a importância e o alcance de programas construtivos de educação escolar na prevenção do abuso sexual infantil com ênfase em programas que englobam crianças, adolescentes, professores e pais. Método: literatura integrativa de artigos publicados entre 2010 e 2017, escritos em inglês, português e espanhol. Os bancos de dados de PsychINFO,PubMed/Medline e SciELO foram pesquisados usando os descritores: Ofensas sexuais; Criança; Adolescente; Prevenção primária; Programas; Educação sexual; Escolas. Resultado: houve 18 estudos elegíveis; dos quais seis foram desenvolvidos nos EUA, dois no Canadá e dois no Brasil, e oito estudos em oito países diferentes. Estudos selecionados revelaram a importância do envolvimento dos pais e professores na detecção precoce de abuso sexual em crianças e adolescentes, aumento positivo das habilidades de comunicação e aumento da autoestima. Conclusão: esta revisão indica que os programas de prevenção podem ser efetivos se estiverem bem planejados e executados adequadamente.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Abuso Sexual na Infância , Abuso Sexual na Infância/prevenção & controle , Adolescente , Delitos Sexuais , Educação Sexual , Pais , Prevenção Primária , Professores Escolares , Serviços de Saúde Escolar , MEDLINE
15.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.9): 3642-3649, set.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032553

RESUMO

Objetivos: identificar as dúvidas dos alunos de uma escola pública federal sobre Infecção Sexualmente Transmissível e propor uma abordagem ou metodologia educacional mais apropriada para os alunos. Método: estudo qualitativo, descritivo e exploratório, do tipo pesquisa-ação. Os dados foram produzidos a partir de entrevistas individuais, com roteiro semiestruturado, e analisados pela técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: dos 127 alunos convidados, compareceram 81 alunos (64%); 69% deles disseram que sabiam o que é IST e 41% não sabiam definir. Ao serem questionados sobre com quem gostariam de aprender sobre IST, escolheram os profissionais de educação e os de saúde. Conclusão: a parceria escola e saúde é uma das alternativas para promover a saúde aos adolescentes, por meio da interação dos profissionais de educação e saúde.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Criança , Adolescente , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Doenças Sexualmente Transmissíveis/prevenção & controle , Educação Sexual , Educação em Saúde , Enfermagem , Saúde do Adolescente , Serviços de Saúde Escolar , Autocuidado , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
16.
Enferm. actual Costa Rica (Online) ; (32): 26-39, ene.-jun. 2017. tab, ilus
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-891473

RESUMO

ResumenIntroducción: El virus del papiloma humano (VPH) tiene una alta prevalencia en mujeres jóvenes, por lo que considera un problema de salud pública. Al respecto, en el año 2011, México ocupó el decimonoveno lugar de las enfermedades transmisibles y más del 90% de casos de cáncer cérvicouterino están ligados a esa enfermedad. El objetivo del estudio fue determinar el nivel de conocimientos sobre el VPH, la vacuna y las conductas de riesgo de mujeres adultas jóvenes de una comunidad rural de San Juan del Río, Querétaro, México.Metodología:El estudio fue transversal, descriptivo, el muestreo fue por conveniencia en mujeres de 20 a 40 años. Se aplicó el instrumento "el VPH y su salud" con un Alfa de Cronbach de 0.79, dividido en datos sociodemográficos, conocimientos de VPH y vacuna, aspectos de salud y fuentes de información. Se encuestó a 45 personas, con una edad de x=27.8 y s=5.9 años.Resultados: El conocimiento de las mujeres respecto del VPH corresponde a un 22% (bueno); 20%, regular; 17.78%, deficiente y 40%, muy deficiente. En cuanto a la vacuna, un 2.2% evidenció excelente conocimiento, mientras que el de un 53.3% fue muy deficiente. En relación con las conductas de riesgo, están en un rango de medio y bajo (46.7%) y alto (2.2%) (inicio temprano de vida sexual, drogas).Conclusión: Es necesario mejorar los conocimientos del VPH para que la población evite el desarrollo del cáncer cérvico-uterino por el virus; además se requiere explicar a las mujeres la inmunización contra el VPH, así como el funcionamiento y la importancia de la administración de la vacuna a niñas.


AbstractIntroduction: The human papillomavirus (HPV) has a high prevalence in young women resulting on a problem of public health. In México, it occupied the nineteenth place in the 2011 of transmissible diseases and more than 90% of cervical cancer cases are related to it. The aim of the research was to determine the level of knowledge about HPV, vaccine and risk behaviors of young adult woman in a rural community of San Juan del Río, Querétaro, México.Methodology:The study was cross-sectional; convenience sample on woman from 20 to 40 years old. The instrument used was "HPV and Health" with a Cronbach´s alpha of 0.79, divided into sociodemographic data, knowledge of HPV and vaccine, health aspects and information sources. 45 people were surveyed; age X=27.8, S=5.9 years.Results: Women presented a good level of knowledge about the HPV with 22%, 20% regular, 17.78% deficient and 40 % very deficient. Regarding the vaccine 53.3% had deficient knowledge and 2.2% had excellent. It is necessary to improve knowledge about HPV in order to for people to avoid the development of cervical cancer virus;Conclusion:It is also required to explain women about immunization against HPV, as well as the operation and the importance of administering the vaccine to girls.


ResumoIntrodução. O vírus do papiloma humano (VPH) tem uma alta prevalência em mulheres jovens, motivo pelo qual se considera um problema de saúde pública. A respeito, no ano 2011, o México ocupou o décimo nono lugar das doenças transmissíveis e mais de 90% de casos de câncer cérvico uterino estão ligados a essa doença. O objetivo do estudo foi determinar o nível de conhecimento sobre o VPH, a vacina e as condutas de risco em mulheres adultas jovens de uma comunidade rural de San Juan del Río, Querétaro, México.Método. O estudo foi transversal, descritivo, amostra por conveniência em mulheres de 20 a 40 anos. Aplicou-se o instrumento "o VPH e sua saúde" com um Alfa de Cronbach de 0.79, dividido em dados socio-demográficos, conhecimentos de VPH e vacina, aspectos de saúde e fontes de informação. Foram feitas entrevistas a 45 pessoas, com idade de x=27.8 e s=5.9 anosResultados. O conhecimento das mulheres com relação ao VPH corresponde a 22% (bom); 20%, regular; 17.78%, deficiente e 40%, muito deficiente. Em relação a vacina, 2.2% evidenciou excelente conhecimento, enquanto que 53.3% foi muito deficiente. Em relação com as condutas de risco, estão em um nível de média e baixa (46.7%) e alta (2.2%) (início precoce de vida sexual, drogas).Conclusão. É necessário melhorar os conhecimentos do VPH para que a população evite o desenvolvimeno de câncer cérvico-uterino pelo vírus; ademais se requer explicar para as mulheres a imunização contra o VPH, assim como o funcionamento e a importância da administração da vacina nas meninas.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Papillomaviridae , Neoplasias do Colo do Útero/prevenção & controle , Vacina Quadrivalente Recombinante contra HPV tipos 6, 11, 16, 18/uso terapêutico , Promoção da Saúde , México , Educação Sexual
17.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.5): 2075-2082, maio 2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032452

RESUMO

Objetivos: identificar reações de adolescentes diante da gravidez e identificar avaliação de adolescentes no atendimento de atenção primária à saúde. Método: estudo descritivo, de abordagem quantitativa, em uma Maternidade Pública, com 100 puérperas adolescentes. Os dados foram coletados por meio de questionário, armazenados no software Epi-info 3.5, analisados e apresentados de forma descritiva, discutidos à luz da literatura. Resultados: a maioria das de adolescentes morava com o companheiro e 83% haviam parado de estudar. As reações diante da descoberta da gravidez foram positivas (65%), 25% surpresas e 15% negativas. No atendimento aos serviços de saúde não tiveram dificuldades (94%), 98% foram atendidas de primeira vez pelo enfermeiro, 93% referiram dúvidas atendidas e 88% que as queixas foram anotadas no prontuário. Conclusão: a maioria parou de estudar antes de engravidar, contava com a presença do companheiro, demonstrou satisfação no atendimento à saúde viabilizando às adolescentes descobertas da sexualidade de maneira mais consciente.


Assuntos
Feminino , Humanos , Gravidez , Adolescente , Atenção Primária à Saúde , Educação Sexual , Educação em Saúde , Gravidez na Adolescência , Epidemiologia Descritiva , Gravidez na Adolescência/prevenção & controle
18.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.5): 2250-2256, maio 2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032474

RESUMO

Objetivo: descrever as dinâmicas de oficinas de educação permanente sobre infecção sexualmente transmissível. Método: estudo descritivo e exploratório, de abordagem qualitativa, realizado em uma escola de ensino médio tecnológico da rede pública federal, tendo-se como participantes os servidores que atuam nesse cenário, pelo modelo pedagógico Metodologia Ativa a partir de rodas de conversa. Para análise de dados foram utilizados os preceitos de Bardin. Resultados: após as oficinas, emergiram duas categorias: >; >, que foram discutidas com o teórico Paulo Freire e fundamentação teórica disponibilizada na literatura científica. Conclusão: a realização das oficinas de Educação Permanente com os servidores resultou em uma sensibilização notória e explicitada através das reflexões, ratificando que a Educação Permanente é uma trajetória para a solução de problemas, relacionada à vida dos atores envolvidos no ambiente de trabalho.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Doenças Sexualmente Transmissíveis , Educação Continuada , Educação Sexual , Educação em Saúde , Empregados do Governo , Serviços de Saúde Escolar , Epidemiologia Descritiva , Promoção da Saúde
19.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.3): 1504-1512, mar.2017. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032434

RESUMO

Objetivo: analisar o conhecimento científico brasileiro produzido sobre a prevenção da gravidez das adolescentes. Método: estudo de revisão integrativa da literatura. Os dados foram coletados em setembro de2014 utilizando as bases de dados do Medical Literature onLine, Literatura da América Latina e Caribe, Base de Dados de Enfermagem, em conformidade com critérios de inclusão previamente estabelecidos, e a amostra final foi constituída por cinco estudos nacionais. Resultados: a prevenção da gravidez das adolescentes é investigada em maternidades, com prevalência de pesquisas em unidades básica de saúde. A abordagem metodológica utilizada predominantemente foi a quantitativa. Conclusão: os estudos recomendam a necessidade de orientações direcionadas para a população jovem acerca da saúde sexual e reprodutiva, a organização de serviços de saúde de qualidade, profissionais qualificados, principalmente de Enfermagem, preparados para cuidar das adolescentes.


Assuntos
Feminino , Humanos , Gravidez , Adolescente , Anticoncepção , Direitos Sexuais e Reprodutivos , Educação Sexual , Gravidez na Adolescência/prevenção & controle , Período Pós-Parto , Planejamento Familiar , Saúde do Adolescente , Relações Enfermeiro-Paciente , Serviços de Saúde do Adolescente
20.
Nursing (Säo Paulo) ; 20(225): 1590-1594, fev.2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-869191

RESUMO

Objetivou-se identificar a percepção dos universitários masculinos nordestinos sobre o termo sexo. Estudo descritivo com abordagem qualitativa. Participaram 28 universitários masculinos acima de 18 anos, matriculados no curso de direito, através de entrevista semiestruturada, gravada, transcrita e analisadas mediante construção de duas temáticas,sexo e seus múltiplos olhares e sexo seguro, usando como referencial, Bardin. Percebeu-se que falar sobre sexo é ainda hoje considerado um tabu, visto ser difícil o diálogo aberto e direto sobre o tema, mesmo que, com todas as mudanças de comportamento, entre as famílias modernas. Mesmo com todas as transformações da sociedade e da banalidade do tem apelos meios de comunicação percebe-se que falar sobre o assunto sem timidez é algo raro. Portanto faz-se necessário que os profissionais da saúde assumam a tarefa de informar e ensinar, para que os jovens sejam sensibilizados para realização de uma prática sexual saudável.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adolescente , Adulto Jovem , Educação Sexual , Estudantes , Promoção da Saúde , Saúde do Homem , Sexualidade
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA