Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 8 de 8
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 27: e3103, 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-978631

RESUMO

ABSTRACT Objective: to compare the efficacy of three active heating methods in the prevention of intraoperative hypothermia in open gastroenterological surgeries. Method: randomized clinical trial with a sample of 75 patients, whose initial body temperature measured by a tympanic thermometer. Esophageal temperature <36ºC was considered hypothermic. Patients were divided into three groups using: thermal mattress, underbody forced-air warming blanket and heated infusion system. The tympanic and esophageal temperatures were measured at different times of the intraoperative period, but the temperature considered gold standard was the esophageal. To evaluate the homogeneity of the groups, we used chi-square test (categorical variables). In the comparison of temperature measurements over time, the analysis of variance (ANOVA) and the contrast profile test were used for the difference in temperature between the times. The non-parametric Kruskal-Wallis test was used to compare the three groups. The level of significance was 5%. Results: regarding the studied variables, the groups were not homogeneous as to the categorical variable sex. All patients presented hypothermia during the intraoperative period (p> 0.05). Conclusion: there was no significant difference between the heating methods in the prevention of intraoperative hypothermia. REBEC - Brazilian Registry of Clinical Trials (RBR- no. 52shjp).


RESUMO Objetivo: comparar a eficácia de três métodos de aquecimento ativo na prevenção da hipotermia intraoperatória em cirurgias gastroenterológicas por via aberta. Método: ensaio clínico randomizado com amostra de 75 pacientes, com temperatura corpórea inicial mensurada por termômetro timpânico. Considerou-se hipotermia a temperatura esofágica <36ºC. Foram distribuídos em três grupos: colchão térmico, manta de aquecimento de ar forçado Underbody e sistema de infusão aquecida. As temperaturas timpânica e esofágica foram aferidas em diferentes momentos do intraoperatório, mas a temperatura considerada padrão ouro foi a esofágica. Para avaliar a homogeneidade dos grupos, utilizou-se o teste qui-quadrado (variáveis categóricas). Na comparação das medidas de temperatura ao longo do tempo, a análise de variância (ANOVA) e teste de perfil de contraste para a diferença das temperaturas entre os tempos. Para comparação dos três grupos, usou-se o teste não paramétrico de Kruskal-Wallis. O nível de significância foi de 5%. Resultados: em relação às variáveis estudadas, os grupos não foram homogêneos quanto à variável categórica sexo. Todos os pacientes apresentaram hipotermia no período intraoperatório (p > 0,05). Conclusão: não houve diferença significativa entre os métodos de aquecimento na prevenção da hipotermia intraoperatória. REBEC - Registro Brasileiro de Ensaios Clínicos (RBR- nº52shjp).


RESUMEN Objetivo: comparar la eficacia de tres métodos de calentamiento activo en la prevención de la hipotermia intraoperatoria en cirugías gastroenterológicas por vía abierta. Método: ensayo clínico aleatorizado con muestra de 75 pacientes, con temperatura corpórea inicial, medida por termómetro timpánico. Se consideró hipotermia la temperatura esofágica de <36ºC. Fueron distribuidos en tres grupos: colchón térmico, manta de calentamiento de aire forzado Underbody y sistema de infusión calentada. Las temperaturas timpánica y esofágica fueron medidas en diferentes momentos del intraoperatorio, pero la temperatura considerada estándar oro fue la esofágica. Para evaluar la homogeneidad de los grupos utilizamos el test Chi-cuadrado (variables categóricas). En la comparación de las medidas de temperatura a lo largo del tiempo, el análisis de variancia (ANOVA) y el test de perfil de contraste se usaron para la diferencia de las temperaturas entre los tiempos. Para comparación de los tres grupos se usó el test no-paramétrico de Kruskal-Wallis. El nivel de significancia fue de 5%. Resultados: en relación a las variables estudiadas, los grupos no fueron homogéneos en la variable categórica del sexo. Todos los pacientes presentaron hipotermia en el período intraoperatorio (p > 0,05). Conclusión: no hubo diferencia significativa entre los métodos de calentamiento en la prevención de la hipotermia intraoperatoria. REBEC - Registro Brasilero de Ensayos Clínicos (RBR- nº52shjp).


Assuntos
Humanos , Temperatura Corporal/fisiologia , Regulação da Temperatura Corporal/fisiologia , Hipotermia/diagnóstico , Equipamentos e Provisões/normas , Período Perioperatório/reabilitação
2.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 15(3): 341-350, 20161111. tab, ilus
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-967853

RESUMO

AIM: To compare the results of the water used to bath infarcted patients in bed under oxy-hemodynamic variables. METHOD: This research uses a 2X2 crossover of the interventions: bed bath with constant water temperature at 40°C (BB1) and 42.5°C (BB2) in 20 patients who had acute myocardial infarction (AMI). Dependent variables are: pulse oximetry, cardiac frequency (CF) and axillary temperature (Axt). The inferential statistics will be used in an analysis of the variations found repeated throughout the sample, as well as the Bonferroni test, with a level of significance of 5%. RESULTS: The SpO2 and Axt were higher after BB2 (p<0.05) when compared with BB1. BB2 reduced CF by 1% (p=0.01). DISCUSSION: The individual bath with controlled water temperature is capable of minimizing the oxy-hemodynamic impact. CONCLUSION: The bath with water temperature at 42.5ºC was shown to be more favorable than at 40°C with regard to SpO2, CF and Axt in infarcted patients.


OBJETIVO: Comparar las repercusiones de la temperatura del agua del baño en el lecho del paciente infartado sobre las variables oxi-hemodinámicas. MÉTODO: Crossover 2X2, intervenciones: baño en el lecho con temperatura del agua constante a 40°C (BL1) y 42,5°C (BL2) en 20 pacientes acometidos por infarto agudo de miocardio (IAM). Variables dependientes: oximetría de pulso, frecuencia cardíaca (FC) y temperatura axilar (Tax). Estadística inferencial por el análisis de variancia de medidas repetidas y test de Bonferroni; nivel de significancia de 5%. RESULTADO: La SpO2 y la Tax fue mayor después del BL2 (p<0.05) cuando comparado al BL1. El BL2 redujo la FC en 1% (p=0.01). DISCUSIÓN: El baño individualizado con control de la temperatura del agua es capaz de minimizar el impacto oxi-hemodinámico. CONCLUSIÓN: El baño con temperatura del agua a 42,5ºC se reveló más ventajoso en relación al de 40°C en lo referente al SpO2, FC y Tax en pacientes infartados.


OBJETIVO: Comparar repercussões da temperatura da água do banho no leito do paciente infartado sobre variáveis oxi-hemodinâmicas. MÉTODO: Crossover 2X2, intervenções: banho no leito com temperatura da água constante a 40°C (BL1) e 42,5°C (BL2) em 20 pacientes acometidos por infarto agudo do miocárdio (IAM). Variáveis dependentes: oximetria de pulso, frequência cardíaca (FC) e temperatura axilar (Tax). Estatística inferencial pela análise de variância de medidas repetidas e teste de Bonferroni; nível de significância de 5%. RESULTADO: A SpO2 e Tax foi maior após o BL2 (p<0.05) quando comparado ao BL1. O BL2 reduziu a FC em 1% (p=0.01). DISCUSSÃO: O banho individualizado com controle da temperatura da água é capaz de minimizar o impacto oxi-hemodinâmico. CONCLUSÃO: o banho com temperatura da água a 42,5ºC revelou-se mais vantajoso em relação ao 40°C no que tange ao SpO2, FC e Tax em pacientes infartados.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Banhos/enfermagem , Banhos/estatística & dados numéricos , Regulação da Temperatura Corporal , Enfermagem Baseada em Evidências/métodos , Frequência Cardíaca , Infarto do Miocárdio/terapia , Cuidados de Enfermagem/métodos
3.
Rev. RENE ; 15(5): 789-795, Set-Out. 2014.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-748708

RESUMO

Objetivou-se determinar a acurácia dos indicadores clínicos dos diagnósticos de Enfermagem hipertermia e hipotermia em recém-nascidos. Estudo transversal realizado em 2013, em maternidade de referência em Fortaleza, CE, Brasil, com 46 recém-nascidos. A coleta de dados foi feita por meio de instrumento construído baseado nos indicadores clínicos desses diagnósticos, ambos da NANDA Internacional. Foram selecionados enfermeiros diagnosticadores para realizarem inferência diagnóstica. Irritabilidade, inquietação, bradicardia, palidez, icterícia, taquicardia, preenchimento capilar lento e vasoconstrição periférica foram indicadores clínicos específicos para hipotermia, sendo que temperatura abaixo dos parâmetros normais foi o único indicador sensível encontrado. Taquipneia, vasodilatação e apneia foram específicas para hipertermia, mas não foram encontrados indicadores sensíveis. Acredita-se que os achados da presente pesquisa possam colaborar para a inferência correta e rápida de hipotermia e hipertermia em recém-nascidos...


This study aimed at determining the accuracy of clinical indicators of Nursing diagnoses hyperthermia and hypothermiain newborns. This was a cross-sectional study carried out in 2013 in a reference maternity in Fortaleza, CE, Brazil with46 newborns. Data collection was performed using an instrument developed based on the clinical indicators of thesediagnoses, both from NANDA International. Diagnostician nurses were selected to perform diagnostic inference. Irritability,restlessness, bradycardia, pallor, jaundice, tachycardia, slow capillary refill and peripheral vasoconstriction were specificclinical indicators for hypothermia and body temperature below the normal range was the only sensitive indicator.Tachypnea, vasodilation and apnea were specific to hyperthermia however sensitive indicators were not found. We believedthat the findings of this research can contribute to proper and fast inference of hypothermia and hyperthermia in newborns...


El objetivo fue determinar la precisión de los indicadores clínicos de los diagnósticos de Enfermería hipertermia e hipotermiaen recién nacidos. Estudio transversal, llevado a cabo en 2013, en maternidad de Fortaleza, CE, Brasil, con 46 recién nacidos.La recolección de datos se realizó a través de instrumento basado en indicadores clínicos de estos diagnósticos, provenientesde la NANDA Internacional. Fueron seleccionados enfermeros diagnosticadores para realizar inferencia diagnóstica.Irritabilidad, inquietud, bradicardia, palidez, ictericia, taquicardia, enlentecimiento del rellenado capilar y vasoconstricciónperiférica fueron indicadores clínicos específicos para hipotermia y reducción de la temperatura corporal por abajo dellímite normal fue el único indicador sensible. Taquipnea, vasodilatación y apnea fueron específicas para hipertermia, peroindicadores sensibles no fueron encontrados. Los resultados de esta investigación pueden contribuir a la inferencia correctay rápida de hipotermia e hipertermia en recién nacidos...


Assuntos
Humanos , Recém-Nascido , Diagnóstico de Enfermagem , Recém-Nascido , Regulação da Temperatura Corporal
4.
Rev. latinoam. enferm ; 15(4): 626-631, jul.-ago. 2007. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-463935

RESUMO

OBJECTIVES: To evaluate the efficacy of two different nursing interventions regarding control of body heat loss, using blankets during the intraoperative period of elderly patients. METHODS: This was an experimental, comparative, applied, longitudinal prospective study with a quantitative approach. Eighty-one elderly patients undergoing elective surgery with a surgical time frame of at least one hour were selected by systematic probability sampling into two Experimental and one Control Group. Informed consent was obtained from participants. Data was collected by biophysiological measurement, using a tympanic thermometer. RESULTS: After the homogeneity of variables - gender, surgical duration, age, BMR, anesthesia, room humidity and temperature, drugs and liquid infusion- had been demonstrated, the interventions were confronted. Incidence of hypothermia (59.3 percent) and body heat loss (E1=-0.6°C , E2=-0.6oC and C=-0.7°C) were not significantly different between the groups (p=0.85 and p=0.7 respectively). CONCLUSIONS: Results show the need for associated extra body warming methods to maintain normothermia.


OBJETIVO: Verificar la eficacia de dos intervenciones de enfermería en el control de la pérdida de temperatura corporal, utilizando mantas, en el intraoperatorio de pacientes quirúrgicos ancianos. MÉTODO: La investigación fue experimental, comparativa, de campo, aplicada, longitudinal prospectiva, con aproximación cuantitativa. Ochenta y uno ancianos, bajo cirugía electiva, con tiempo quirúrgico mínimo de una hora, fueron divididos a través de muestra probabilística, sistemática en dos grupos experimentales y un control. Los datos fueron recolectados por medida biofisiológica, a través de termómetro timpánico. RESULTADOS: Tras demostrar la homogeneidad de las variables: sexo, porte quirúrgico, edad, IMC, anestesia, temperatura y humedad ambiente, drogas e infusión líquida, las intervenciones fueron comparadas entre si. La incidencia de hipotermia y promedio de pérdida de calor corporal (E1=-0,6°C, E2=-0,6oC y C=-0,7°C) no han sido estadísticamente diferentes entre grupos (p=0,85 e p=0,7 respectivamente).CONCLUSION: Los resultados han demostrado la necesidad de métodos adicionales de calentamiento corporal para manutención de la temperatura.


O objetivo deste estudo foi verificar a eficácia de duas intervenções de enfermagem no controle da perda de temperatura corporal, utilizando cobertores no intra-operatório de pacientes cirúrgicos idosos. O estudo foi experimental, comparativo, de campo, aplicado, longitudinal prospectiva, com abordagem quantitativa. Oitenta e um idosos, sob cirurgia eletiva, com tempo cirúrgico mínimo de uma hora, foram divididos através de amostragem probabilística sistemática em dois grupos experimentais e um controle. Os dados foram coletados por medida biofisiológica, através de termômetro timpânico. Após demonstrar homogeneidade das variáveis - sexo, porte cirúrgico, idade, índice de massa corpórea (IMC), anestesia, temperatura e umidade ambiente, drogas e infusão líquida -, as intervenções foram comparadas entre si. A incidência de hipotermia (59,3 por cento) e média de perda de calor corporal (E1=-0,6°C , E2=-0,6°C e C=-0,7°C) não foram estatisticamente diferentes entre os grupos (p=0,85 e p=0,7, respectivamente). Os resultados demonstram necessidade de métodos adicionais de aquecimento corporal para manutenção da temperatura.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Idoso , Avaliação de Resultado de Intervenções Terapêuticas , Cuidados de Enfermagem , Hipotermia , Pacientes Internados , Período Pós-Operatório , Regulação da Temperatura Corporal
5.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-490353

RESUMO

The literature review on ineffective thermoregulation was made is to provide nurses with summaries and commentaries on recent articles that represent current issues in selected areas of high complexity as neonatal care. The objective was to identify scientific production in nursing and analyse its applicability the practice.


A revisão da literatura através de pesquisa computadorizada e manual sobre termorregulação ineficaz apresenta para enfermeiras (os) resumos e comentários sobre artigos publicados recentemente que apresentam aspectos atuais de determinadas áreas de alta complexidade em enfermagem neonatal com objetivo de identificar sua produção científica analisando sua aplicabilidade à prática, onde o cuidado de enfermagem relacionado ao controle e manutenção da temperatura do recém-nascido prematuro (RNPT) é essencial para sua sobrevida. A aplicação do conhecimento científico e a sistematização da assistência, baseada nas várias práticas encontradas, melhoram a qualidade de vida dos prematuros.


La revisión de la literatura a través de la investigación, automatizada y del manual sobre termorregulación ineficaz presentable para enfermeras (os) resumen y comentarios sobre artículos publicados recientemente que presentan aspectos actuales del determinadas áreas del alta complejidad en enfermaría neonatal con el objetivo para identificar su producción científica que analiza su aplicabilidad la práctica dónde los cuidados relativos al control y manutención del temperatura corporal de los recién nacido prematuro son esenciales para su sobre vivencia. La aplicación de lo conocimiento y la organización del asistencia del enfermería tiene como meta mejorar la calidad del vida de ésta clientela.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Cuidados de Enfermagem , Recém-Nascido Prematuro , Regulação da Temperatura Corporal
6.
Acta paul. enferm ; 15(1): 72-78, jan.-mar. 2002.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-313708

RESUMO

Os cuidados relativos ao controle e manutençäo da temperatura corporal do recém-nascido prematuro säo essenciais para sua sobrevida. Essas crianças resfriam-se e se superaquecem com facilidade, acompanhando passivamente as alteraçöes do ambiente térmico. O objetivo deste estudo é descrever a assistência de enfermagem ao recém-nascido pré-termo, em unidades neonatais, nos aspectos relativos à termorregulaçäo...


Assuntos
Humanos , Recém-Nascido Prematuro , Enfermagem Neonatal , Cuidado do Lactente , Regulação da Temperatura Corporal
7.
Säo Paulo; s.n; 2000. 107 p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-296004

RESUMO

A hipotermia durante o período intraoperatório é freqüente, atingindo 60 porcento dos pacientes. Os idosos constituem grupo de risco importante, devido às alteraçöes fisiológicas decorrentes da idade que contribuem para diminuiçäo da competência para a termorregulaçäo. Na tentativa de buscar uma açäo cuidativa para manter a temperatura corporal durante o período intra-operatório, foi realizado este estudo experimental, comparativo, de campo, aplicado, longitudinal prospectivo, com abordagem quantitativa junto aos pacientes idosos cirúrgicos. O local de estudo foi um hospital geral, de médio porte, em Londrina-PR. Os objetivos foram verificar a eficácia de duas intervençöes de enfermagem no intraoperatório no que se refere ao controle da perda de calor corporal: cobrir áreas adjacentes ao sítio cirúrgico (cabeça, dorso, membros inferiores e superiores) - Grupo Experimental I - ou apenas cobrir o colchäo da mesa cirúrgica, aquecendo, portanto, o dorso - Grupo Experimental II. O grupo controle constituiu-se de pacientes que obedeceram a rotina do local de estudo, que näo utiliza de nenhuma intervençäo para controle da perda de calor corporal. Todos os testes estatísticos (t de Student, exato de Fisher, correlaçäo de Pearson, análise de variância, Kruskal-Wallis, regressäo linear múltipla e análise de medidas repetidas) foram feitos de forma bicaudal, admitindo-se a probabilidade de ocorrência de erro de 5 porcento. Após demonstrar a homogeneidade dos grupos em relaçäo às variáveis: sexo, idade, porte cirúrgico, anti-sóptico utilizado, índice de massa corpórea, tipo de anestesia, temperatura e umidade relativa da sala de operaçäo, drogas recebidas e infusäo de líquidos, as duas intervençöes foram comparadas entre si e com o grupo de controle. A média de perda de calor corporal foi: grupo Experimental I='-0,6 GRAUS'(desvio padrao=0,37) e média de temperatura ao fim da primeira hora do procedimento anestésico-cirúrgico foi '34,8 GRAUS'(desvio padrao=0,6), grupo Experimental II='-0,6 GRAUS'(desvio padräo=0,45) e média de temperatura ao final da primeira hora do procedimento anestésico-cirúrgico foi '34,7 GRAUS'(desvio padräo=0,5), e grupo controle = '-0,7 GRAUS'(desvio padräo=0,37) e média de temperatura de '34,8 GRAUS' (desvio padräo=0,5). Os resultados demonstram que a cobertura adicional de cobertor durante o intraoperatório näo favorece o controle da perda de calor corporal, o que indica que o fluxo de transferência de calor da periferia para o...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Hipotermia , Período Intraoperatório , Regulação da Temperatura Corporal , Enfermagem , Estatísticas não Paramétricas
8.
Rev. gaúch. enferm ; 7(2): 275-85, jul. 1986. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-115013

RESUMO

Aborda o uso do plástico para a manutençäo de um meio ambiente termo-neutro necessário na assistência de enfermagem ao récem-nascido de pré-termo. O método consiste na colocaçäo do plástico sobre suportes que se adequam ao aparelho usado como fonte de aquecimento. A aplicaçäo do referido método demonstrou uma menor oscilaçäo na temperatura do microambiente que circunda o recém nascido (RN), contribuindo para a conservaçäo do calor, sem dificultar a manipulaçäo da crianca.


Assuntos
Recém-Nascido , Lactente , Humanos , Temperatura Corporal , Incubadoras/normas , Incubadoras para Lactentes/normas , Enfermagem Pediátrica/métodos , Ambiente Construído , Recém-Nascido , Temperatura , Plásticos , Regulação da Temperatura Corporal
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA