Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Belo Horizonte; s.n; 2017. 204 p. graf, tab, ilus.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1037874

RESUMO

A alimentação na adolescência possui múltiplos determinantes individuais e contextuais, cujo monitoramento em sistemas de vigilância pode subsidiar políticas públicas mais efetivas. Deste modo, esta tese objetivou investigar a alimentação de estudantes e sua relação com fatores individuais, familiares, comportamentais e indicadores macroeconômicos. Para isto, apresenta três artigos: 1) “Consumption of sugar-rich food products among Brazilian students: National School Health Survey (PeNSE 2012)”; 2) “Coexistence of risk behaviors for being overweight among Brazilian adolescents”; e 3) “Marcadores do consumo alimentar saudável e não saudável e indicadores macroeconômicos: Análise de estudantes de 74 países”. Os dois primeiros artigos possuem delineamento transversal e utilizaram dados de amostra representativa de estudantes brasileiros, de escolas públicas e privadas, de áreas urbanas e rurais, avaliados na Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE 2012). No Artigo 1, analisou-se o consumo de alimentos ricos em açúcar (guloseimas e refrigerantes) entre estudantes brasileiros e foram identificados os fatores associados a esse consumo. No segundo artigo, avaliou-se a magnitude e os aspectos relacionados à coexistência de comportamentos de risco para o excesso de peso (comportamento sedentário, consumo regular de alimentos ricos em açúcar e frituras, e irregular de frutas, verduras e legumes). O Artigo 3, de delineamento ecológico, foi realizado a partir de amostras representativas de estudantes brasileiros (Amostra 2 - PeNSE 2015) e de outros 73 países avaliados pela Global School-Based Student Health Survey (GSHS). O seu objetivo foi comparar as prevalências de consumo diário de marcadores de alimentação saudável (frutas, verduras e legumes) e não saudável (refrigerantes) entre estudantes destes 74 países, segundo indicadores macroeconômicos. O consumo regular de alimentos rico...


Adolescent food consumption has multiple individual and contextual determinants, whose monitoring in surveillance systems can support public policies that are more effective. Therefore, this thesis aimed to investigate the food consumption of students and its relation with individual, family, behavioral, and macroeconomic indicators. For this, it presents three articles: 1) "Consumption of sugar-rich food products among Brazilian students: National School Health Survey (PeNSE 2012)"; 2) "Coexistence of risk behaviors for being overweight among Brazilian adolescents"; and 3) "Markers of healthy and unhealthy food consumption and macroeconomic indicators: Analysis of students from 74 countries". The first two articles present a cross-sectional design and used from a representative sample of Brazilian students from public and private schools in urban and rural areas, evaluated in the National School Health Survey (PeNSE 2012). In article 1, the objective was to analyze the consumption of sugary foods (sweets and soft drinks) among Brazilian students and to identify the associated factors. The second article evaluated the magnitude and the aspects associated with the coexistence of risk behaviors for being overweight (sedentary behavior, regular consumption of sugary and fried foods, and irregular fruits and vegetables). Article 3 has an ecological design and was based on representative samples of Brazilian students (Sample 2 - PeNSE 2015) and from 73 other countries evaluated in the Global School-Based Student Health Survey (GSHS). The objective of this study was to compare the prevalence of daily consumption of healthy (fruits and vegetables) and unhealthy (soft drinks) food markers among students from these 74 countries, according to macroeconomic indicators. The regular consumption of sugary foods (sweets or soft drinks) was verified among 36.1% of Brazilian adolescents, and was higher among girls, 14-15 years old students, with higher maternal education...


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Adolescente , Comportamento do Adolescente , Consumo de Alimentos , Nutrição do Adolescente , Vigilância Nutricional , Bebidas Gaseificadas , Epidemiologia Nutricional , Comportamento Sedentário , Fatores Socioeconômicos , Fatores de Risco , Inquéritos e Questionários , Sobrepeso
2.
Nursing (Säo Paulo) ; 12(131): 182-189, abr. 2009. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-516582

RESUMO

Este estudo tem como objetivo verificar os desafios enfrentados pelas estudantes universitárias quanto à amamentação e a pesquisa enquadra-se em descritiva de natureza quantitativa. O local do estudo foi em uma universidade privada do município de São Paulo, tendo como processo de inclusão mães com filhos entre 6 meses a 4 anos de idade, onde 41 por cento das mães pararam de amamentar antes dos 4 meses de vida da criança, sendo 7 respostas predominantes justificadas com leite insuficiente e / ou fraco e 11 respostas ofertando como primeiro alimento sopas de legumes e sucos de frutas junto à amamentação. Concluímos que as mães têm a informação sobre a importância do aleitamento exclusivo, porém não o realizam.


Assuntos
Humanos , Feminino , Aleitamento Materno , Estudantes de Ciências da Saúde , Educação em Saúde , Bebidas Gaseificadas , Sopas
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA