Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UERJ ; 21(2): 168-172, abr.-jun. 2013.
Artigo em Espanhol | BDENF - Enfermagem | ID: bde-27854

RESUMO

Todos los seres humanos son intrínsecamente sexuales y el desarrollo sexual evoluciona desde la concepción, sentando las bases para la salud sexual del adulto. El propósito de este trabajo es interpretar la significación de la salud sexual como valor en los y las adolescentes. El abordaje se enmarca en un enfoque fenomenológico hermenéutico y el método utilizado fue de Spiegelberg y hecho en 2010. Los cinco sujetos de investigación tienen edades comprendidas entre 14 y 19 años de edad, son estudiantes del Liceo Nacional Bolivariano San Carlos con residencia en San Carlos, Estado Cojedes-Venezuela. Se usó como técnica de recolección de datos la entrevista cualitativa en profundidad. Los resultados apuntan las siguientes categorías: confunden sexualidad con genitalidad, autoestima alta, deficiente comunicación padres-hijos, aceptanla salud sexual como un valor, comunicación escasa docente-estudiante. Se concluyó que estos indicios permitieron comprender que los adolescentes no dan el verdadero significado a la salud sexual. (AU)


All human beings are inherently sexual and sexual development evolves from conception, setting the stage foradult sexual health. The purpose of this qualitative research is to interpret the significance of sexual health as a value in adolescents aged between 14 and 19 years of age, students of Lyceum Bolivarian “San Carlos” based in San Carlos, Edo. Cojedes. Venezuela. The approach is part of a hermeneutic phenomenological approach and the method used was Spiegelberg and happened in 2010. This study was performed in five adolescents. Was used as a technique for collecting qualitative indepth interview. The categories that emerged were: confuse sexuality with genitalia, high self-esteem, poor parent-child communication, accept sexual health as a value, low teacher-student communication. These clues allowed to understand that adolescents do not give true meaning to sexual health. (AU)


Todos os seres humanos são intrinsecamente sexuais e o desenvolvimento sexual evolui desde a concepção, fundamentando as bases para a saúde sexual do adulto. Teve-se como objetivo compreender o significado da saúde sexual como valor entre os adolescentes. A abordagem de pesquisa demarca um enfoque fenomenológico hermenêutico, sendo utilizado o método de Spiegelberg e realizado em 2010. Foram sujeitos do estudo cinco adolescentes situados na faixa etária de 14 a 19 anos. São estudantes do Liceu Nacional Bolivariano San Carlos e residem nesta cidade do Estado Cojedes-Venezuela. Utilizou-se como técnica de produção de dados a entrevista qualitativa em profundidade. Os resultados apontaram as seguintes categorias: confundem sexualidade com genitalidade, autoestima alta, deficiente comunicação pais-filhos, aceitação da saúde sexual como um valor, comunicação escassa docente-estudante. Concluiu-se que esses indícios permitiram compreender que os adolescentes não dão um significado real à saúde sexual. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Sexualidade , Saúde Sexual e Reprodutiva , Desenvolvimento Sexual , Saúde do Adolescente , Valores Sociais , Pesquisa Qualitativa
2.
Curitiba; s.n; 20080221. 103 p.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34208

RESUMO

Este estudo teve como objetivo identificar como os pais vivenciam a educação sexual dos filhos adolescentes. A amostra foi composta por dez familiares, pais de alunos matriculados na 7ª e 8ª séries do ensino fundamental de uma escola particular do município de Toledo, Estado do Paraná. A metodologia escolhida foi a pesquisa qualitativo descritiva. Utilizou-se a entrevista semi-estruturada para a coleta dos dados, analisados através do método do Discurso do Sujeito Coletivo proposto por Lefévre e Lefévre (2003). Os aspectos éticos foram respeitados levando-se em conta o que é preconizado pela Resolução 196/96. As entrevistas foram realizadas de agosto a setembro de 2007. Os resultados deste estudo revelam que a orientação sexual dos filhos é um processo complexo que provoca, nos pais, diversos sentimentos e conflitos. Na compreensão destes pais a sexualidade possui vários significados, entre eles: um tema que nunca é pensado e falado; relacionado ao ato sexual; visto como mudanças e transformações; diferença entre gêneros; uma forma de conhecimento de si e do outro; manifestações de sentimentos e ações, com assuntos que envolvem princípios e valores. Perceber a sexualidade do filho adolescente acontece por meio da observação de mudanças físicas e comportamentais e a manifestação de sentimentos novos...(AU)


Assuntos
Humanos , Adolescente , Educação Sexual , Adolescente , Enfermeiras e Enfermeiros , Família , Família/psicologia , Sexualidade , Desenvolvimento Sexual
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA