Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 86
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 12: 311-318, jan.-dez. 2020. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1051220

RESUMO

Objetivo: Analisar a sintomatologia climatérica em mulheres com doença arterial coronariana. Métodos: Participaram quarenta (40) mulheres, clientes do Ambulatório de Cardiologia do Hospital da Universidade Federal do Maranhão. Utilizou-se a Escala de Avaliação da Menopausa. Pesquisa aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade São Paulo sob o número 293.900. Resultados: Os sintomas mais frequentes relatados foram ansiedade, mal estar no coração, irritabilidade, problemas musculares e nas articulações. Os sintomas mais intensos foram os problemas musculares e nas articulações, ansiedade, mal estar no coração, esgotamento físico e mental. A média de escore dos sintomas psicológicos foi 23,8; nos sintomas somáticos foi 23,6 e nos sintomas urogenitais foi 9,2. Conclusão: Os sintomas climatéricos parecem ser confundidos com problemas inerentes à idade e percebidos com mais intensidade na presença de doenças, inclusive a doença arterial coronariana


Objective: to Analyze the climate symptoms in women with coronary artery disease. Methods: participated in 40 (40) women, Cardiology outpatient clinic of the Hospital of the Federal University of Maranhão. It was menopause assessment scale. Research approved by the Research Ethics Committee of the school of nursing of Ribeirão Preto, University of São Paulo under number 293.900. Results: The most frequent symptoms reported were anxiety, malaise in the heart, irritability, muscle and joint problems. The most intense symptoms were the muscle problems and joint pain, anxiety, malaise in the heart, physical and mental exhaustion. The average score of the psychological symptoms was 23.8; somatic symptoms was 23.6 and urogenital symptoms was 9.2. Conclusion: climate symptoms seem to be confused with inherent problems of age and perceived with more intensity in the presence of diseases, including coronary artery disease


Objetivo: analizar los síntomas de clima en mujeres con enfermedad arterial coronaria. Métodos: participaron en 40 (40) mujeres, clínica de consulta externa de Cardiología del Hospital de la Universidad Federal de Maranhão. Fue la escala de evaluación de la menopausia. Investigación aprobado por el Comité de ética de investigación de la escuela de enfermería de Ribeirão Preto, Universidad de São Paulo bajo número 293.900. Resultados: informaron de los síntomas más frecuentes fueron ansiedad, malestar en el corazón, irritabilidad, problemas musculares y la articulaciones. Los síntomas más intensos fueron los problemas musculares y dolor en las articulaciones, ansiedad, malestar en el corazón, agotamiento físico y mental. La puntuación media de los síntomas psicológicos fue 23,8; síntomas somáticos fue 23.6 y síntomas urogenitales 9.2. Conclusion: clima síntomas parecen ser confundidos con problemas inherentes de la edad y percibe con más intensidad en la presencia de enfermedades, incluyendo enfermedad arterial coronaria


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Doença da Artéria Coronariana , Climatério , Doença das Coronárias , Terapia de Reposição de Estrogênios , Fatores de Risco , Saúde da Mulher , Interacionismo Simbólico
2.
Rev. enferm. UFSM ; 9: [20], jul. 15, 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024670

RESUMO

Objetivo: identificar nos registros de ocorrência de uma Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), as situações de violência perpetradas por parceiro íntimo em abuso de álcool contra mulheres no climatério. Método: pesquisa qualitativa descritiva, realizada na DEAM de um município do interior baiano. Para a coleta de dados, utilizou-se o sistema de notificação de ocorrências da DEAM e na análise dos dados foi empregada a análise de conteúdo. Resultados: a violência praticada por parceiro íntimo torna-se frequente com o uso abusivo de álcool, sob a forma de violência física, psicológica e sexual e na fase do climatério as agressões foram constantes. Considerações finais: ressalta-se a importância da discussão sobre violência contra as mulheres entre profissionais que atuam na atenção primária à saúde para identificar a violência, realizar atendimento integral e implementar estratégias de prevenção e redução da violência, visando à articulação com os serviços da rede de atenção.


Objective: To identify, in the records of a Women's Police Station (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, DEAM), violence perpetrated by intoxicated intimate partners against women in the climacteric period. Method: A descriptive qualitative research carried out in the DEAM of a municipality in the inland of Bahia. For data collection and analysis, the DEAM's notification system was used and its content was analyzed. Results: Intimate partner violence and alcohol abuse are frequently related; it happens in the form of physical, psychological and sexual violence. During the climacteric period the aggressions were constant. Final considerations: The importance to discuss violence against women among professionals working in primary health care is highlighted to identify violence, provide integral care and implement strategies to prevent and reduce violence, in order to articulate with the services of primary health care.


Objetivo: identificar, en los registros de ocurrencia, de una Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), las situaciones de violencia perpetradas por compañeros íntimos en abuso de alcohol contra mujeres en el climaterio. Método: investigación cualitativa, descriptiva, realizada en la DEAM, de un municipio del interior bahiano. Para la recolección de los datos se utilizó el sistema de notificación de ocurrencias de la DEAM y el análisis de los datos se basó en el análisis de contenido. Resultados: la violencia practicada por los compañeros íntimos ocurre frecuentemente con el uso abusivo del alcohol, por la forma de violencia física, psicológica y sexual, en la fase del climaterio las agresiones son constantes. Consideraciones finales: se resalta la importancia de la discusión sobre la violencia contra las mujeres entre profesionales, que actúan en la atención primaria a la salud, para identificar la violencia, realizar atendimiento integral e implementar estrategias de prevención y reducción de la violencia, para la articulación de los servicios de la red de atención.


Assuntos
Humanos , Climatério , Alcoolismo , Violência contra a Mulher , Violência por Parceiro Íntimo
3.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1167, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005381

RESUMO

Objetivo: estudo qualitativo com o objetivo de descrever o impacto da descoberta da doença coronariana no cotidiano das mulheres climatéricas. Método: utilizou- -se, para interpretação dos dados, a análise de conteúdo de Bardin. Resultados e discussão: foram identificadas quatro categorias: "o conhecimento da doença coronariana"; "mudança na alimentação"; "mudanças no trabalho"; "a insegurança e o medo da morte". As mulheres manifestam certo desconhecimento em definir a doença coronariana. Compreendem que é grave e impõe riscos, porém sentem dificuldades em defini-la ou explicá-la. Reconhecem a importância do tratamento preconizado, seguindo as recomendações terapêuticas como a mudança de hábitos de vida, a utilização da terapia medicamentosa e dos tratamentos invasivos, como a cirurgia de revascularização do miocárdio e a angioplastia. Conclusão: as principais mudanças no cotidiano das mulheres estão relacionadas à alimentação e às atividades laborais e domésticas. A perda da autonomia imposta pela doença ocasiona dependência e inutilidade. A insegurança e o medo também estão presentes associados a significações simbólicas acerca do inesperado e da morte. As mudanças cotidianas após a descoberta da doença coronariana causam impacto físico, emocional e social a essas mulheres, bastante prejudicial à sua saúde na recorrência de eventos coronarianos ou para uma condição mais grave e incapacitante da doença coronariana.(AU)


Objective: this is a qualitative study aimed at describing the impact of the discovery of the coronary disease in the daily life of climacteric women. Method: Bardin content analysis was used for data interpretation. Results and discussion: four categories were identified: "knowledge of the coronary disease"; "Change in food"; "Changes in work"; "Insecurity and fear of death". The women showed a lack of knowledge in defining the coronary disease. They understand that it is a serious and risky disease, but they find it difficult to define or explain it. They recognize the importance of the recommended treatment, following the therapeutic recommendations as to the change of habits of life, the use of the drug therapy and the invasive treatments, as the surgery of revascularization of the myocardium and the angioplasty. Conclusion: the main changes in the daily life of women are related to food and work and domestic activities. The loss of autonomy imposed by the disease causes dependence and uselessness. Insecurity and fear are also present associated with symbolic meanings of unexpected and death. The daily changes after the discovery of the coronary disease cause physical, emotional and social impact to these women, quite harmful to their health in the recurrence of coronary events or to a more serious and incapacitating condition of the coronary disease.(AU)


Objetivo: estudio cualitativo con miras a describir el impacto del descubrimiento de la enfermedad coronaria en el cotidiano de las mujeres en edad de climaterio. Método: la interpretación de datos se realizó según el análisis de Bardin. Resultados y discusión: se identificaron cuatro categorías: "conocimiento de la enfermedad coronaria"; " cambios en la alimentación"; "cambios en el trabajo"; " la inseguridad y el miedo a la muerte". Las mujeres manisfestaron desconocimiento para definir la enfermedad coronaria. Entienden que es grave y trae riesgos pero les resulta dificil definirla o explicarla. Reconocen la importancia del tratamiento, que sigue recomendaciones terapéuticas tales como el cambio de costumbres de vida, la terapia medicamentosa y los tratamientos invasivos, como la cirugía de revascularización del miocardio y la angioplastia. Conclusión: los principales cambios en el cotidiano de las mujeres están relacionados con la alimentación y las actividades laborales y domésticas. La pérdida de autonomía impuesta por la enfermedad causa dependencia e inutilidad. La inseguridad y el miedo también están presentes asociados a significados simbólicos sobre lo inesperado y la muerte. Los cambios cotidianos después del descubrimiento de la enfermedad coronaria causan impacto físico, emocional y social, bastante perjudicial a la salud en la recurrencia de eventos coronarios o para una condición más grave e incapacitante de la enfermedad coronaria.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Climatério , Saúde da Mulher , Impactos na Saúde , Doença das Coronárias , Promoção da Saúde
4.
Rio de Janeiro; s.n; 2019. 111 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047665

RESUMO

Estudo descritivo, de cunho qualitativo, que busca compreender os significados atribuídos por mulheres no climatério na perspectiva do interacionismo simbólico, bem como as repercussões nas diversas dimensões do seu cotidiano. Partiu-se do pressuposto de que, na perspectiva do interacionismo simbólico, (re)significar o climatério para mulheres que o vivenciam repercutirá em autonomia e liberdade colocando-as como protagonistas de enfrentamento das modificações inerentes a esta fase da vida. Objetivou-se: analisar, sob a perspectiva do interacionismo simbólico, o processo de significação da mulher que vivencia o climatério e analisar, sob a perspectiva do interacionismo simbólico, a influência do climatério na interação social destas mulheres. Como cenário, foi utilizado a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Campus de Jequié. A técnica de coleta dos dados foi a entrevista individual semiestruturada, em horários pré-determinados entre a pesquisadora e as participantes, em locais com menor circulação de pessoas para a manutenção da privacidade e menor possibilidade de interrupções. Para subsidiar a técnica da entrevista foi utilizado um roteiro pré-elaborado. As entrevistas foram gravadas em aparelho mp7 gravador de voz, transcritas e preservadas na íntegra. Participaram 17 mulheres com faixa etária entre 43 e 64 anos que estivessem vivenciando ou que vivenciaram o climatério. A quantidade de participantes foi baseada na saturação teórica. As participantes assinaram o TCLE. O projeto foi aprovado mediante o parecer do CEP de número 2.187.889. Os dados foram analisados e organizados em conformidade com a Grounded Theory. Emergiram seis categorias e uma categoria central que foram discutidas com base no interacionismo simbólico. Os resultados apontaram que as participantes do estudo compreendem o climatério como processo inevitável, assim como as modificações físicas e emocionais inerentes a ele. Mostraram momentos de aceitação e rejeição. Reconheceram que o estilo de vida saudável, estrutura familiar, religião, trabalho, amigos, colegas de trabalho, viagem, médico, são estratégias ou segmentos sociais que ajudam na compreensão do fenômeno, na sua ressignificação e na superação das modificações apresentadas, quer seja pelo enfrentamento naturalizado ou não. Buscam estratégias de enfrentamento por meio da capacidade de interpretação das situações vivenciadas constituídas culturalmente. Assim, elas transitam por momentos em que não abrem mão da medicalização, e em outros optam pela desmedicalização, vivendo em constante indecisão. Os sentidos atribuídos às características do climatério surgem da interação estabelecida consigo mesmas e com seu grupo social. Para as mulheres, o climatério configura-se como um processo de transição na vida, durante o qual podem oscilar entre sua concepção pautada em significados vinculados à visão de mundo medicalizada e a desmedicalizada, a partir dos quais agem e interagem socialmente.


This is a descriptive, exploratory, qualitative study aiming to understand the meanings attributed by women to the climacteric in the perspective of symbolic interactionism, as well as its repercussions in the various dimensions of their daily life. It was assumed that, in the perspective of symbolic interactionism, (re) signifying the climacteric for women who experience it will have repercussions on autonomy and freedom, placing them as protagonists in coping with the inherent changes in this phase of life. The objective of this study was to analyze, from the perspective of symbolic interactionism, the signification process of women undergoing the climacteric and to analyze, from the perspective of symbolic interactionism, its influence on the social interactions of these women. As setting, we used the State University of Southwest Bahia, Jequié Campus. The technique of data collection was a semi-structured individual interview, at predetermined times, between the researcher and the participants, in places with less movement of people to maintain privacy and having less possibility of interruptions. To support the interview technique, a pre-elaborated script was used. The interviews were recorded on a mp7 recorder voice recorder, transcribed and preserved in full in their original speech. The participants were 17 women aged between 43 and 64 years and the inclusion criteria were women who were experiencing or had experienced the climacteric. The number of participants was based on theoretical saturation. The participants who agreed to the study signed the consent forms in two ways. The project was approved by CEP ruling N° 2.187.889. The data were analyzed and organized in accordance with Grounded Theory. Six categories and a central category emerged that were discussed based on symbolic interactionism. The results pointed out that the study participants understand the climacteric as an inevitable process, as well as the physical and emotional changes inherent to it. They showed moments of acceptance and rejection. They recognized that a healthy lifestyle, family structure, religion, work, friends, work colleagues, travel, the doctor, are strategies or social segments that help in understanding this phenomenon, in its resignification and in overcoming the changes it brings along, naturalized or not. They also pursue coping strategies through the ability to interpret culturally the experienced situations. Thus, they go through times when they do not give up the medicalization, but at other times they opt for demedicalization, living in constant indecision. The senses attributed to the characteristics of the climacteric emerge in this study from the interaction established with themselves and with their social group. For women, the climacteric is a process of transition in life, during which they can oscillate between their conception based on meanings linked to the medicalized and demedicalized worldview, from which they act and interact socially.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Envelhecimento , Climatério , Saúde da Mulher , Enfermagem , Interacionismo Simbólico , Menopausa , Pesquisa Metodológica em Enfermagem
5.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(12): 3352-3359, dez. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1000302

RESUMO

Objetivo: identificar o perfil socioeconômico, demográfico, clínico e hábitos de vida de mulheres no climatério residentes em uma comunidade quilombola. Método: trata-se de um estudo quantitativo, descritivo, de corte transversal, desenvolvido em uma comunidade quilombola. Utilizou-se um questionário padronizado com 158 participantes. Construiu-se um banco de dados em planilha eletrônica sendo calculadas as frequências absolutas e relativas, e os resultados apresentam-se em forma de tabelas. Resultados: observou-se que a maioria das mulheres era parda, com companheiro estável e renda familiar de até dois salários mínimos. Apontou-se que um terço não tinha nenhuma escolaridade, e um quarto das menopausadas teve a sua última menstruação entre 38 e 42 anos. Ressalta-se que mais de um terço das pesquisadas portava doença crônica e, dessas, a quase totalidade era hipertensa, com ou sem diabetes associada. Conclusão: identificaram-se, neste estudo, as características de um grupo de mulheres no climatério de uma comunidade quilombola, sendo que a escassez de pesquisas sobre essas comunidades, no que se refere aos dados investigados, torna a pesquisa original e relevante.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Fatores Socioeconômicos , Perfil de Saúde , Climatério , Menopausa , Saúde da Mulher , Grupo com Ancestrais do Continente Africano , Estilo de Vida , Qualidade de Vida , Epidemiologia Descritiva , Estudos Transversais , Inquéritos e Questionários
6.
Rev. enferm. UERJ ; 26: e32588, jan.-dez. 2018. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-991141

RESUMO

Objetivo: analisar o conhecimento produzido acerca de climatério, família e envelhecimento. Método:revisão integrativa da literatura, realizada na base de dados BVS, Pubmed e Portal de Periódicos Capes (2012-2017). Resultados:respeitando-se os critérios de inclusão, 22 artigos foram selecionados e analisados em duas categorias: a influência da família no processo de envelhecimento de mulheres em fase de climatério e o enfrentamento do climatério e suas desordens na natureza físico-psicológica da mulher. Conclusão: é necessário estudar o climatério para além da sintomatologia clínica da menopausa na perspectiva de se promover o envelhecimento ativo e saudável. A família é parte integrante deste processo, por isso, enfermeiros e demais profissionais da equipe multidisciplinar devem incluí-la no processo de conhecimento, entendimento, acompanhamento e cura das sintomatologias transitórias que possam acometer a mulher em fase de climatério/ menopausa.


Objective: to examine the knowledge produced on climacterium, family and aging. Method: this integrative literature review used the VHL, Pubmed and Capes Journal Portal databases (2012-2017). Results: 22 articles were selected and analyzed by two categories: the family's influence on the aging process of women in the climacteric phase, and coping with the climacterium and its physical and psychological disorders. Conclusion: study of the climacterium needs to go beyond the clinical symptomatology of menopause, with a view to promoting active, healthy aging. The family is an integral part of this process and, accordingly, nurses and other professionals in multidisciplinary teams should include it in the process of learning about, understanding, following up on and curing of transitory symptoms that can affect women in the menopause / climacteric phase.


Objetivo: analizar el conocimiento producido sobre climaterio, familia y envejecimiento. Método: revisión integrativa de la literatura, realizada en la base de datos BVS, Pubmed y Portal de Periódicos Capes (2012-2017). Resultados: respetando los criterios de inclusión, se seleccionaron 22 artículos que fueron analizados en dos categorías: la influencia de la familia en el proceso de envejecimiento de mujeres en fase de climaterio y el enfrentamiento del climaterio y sus desórdenes en la naturaleza físico-psicológica de la mujer. Conclusión: es necesario estudiar el climaterio más allá de la sintomatología clínica de la menopausia con vistas a promover el envejecimiento activo y saludable. La familia es parte integrante de este proceso, por eso, enfermeros y demás profesionales del equipo multidisciplinario deben incluirla en el proceso de conocimiento, entendimiento, acompañamiento y curación de las sintomatologías transitorias que puedan acometer a la mujer en fase de climaterio / menopausia.


Assuntos
Humanos , Feminino , Envelhecimento , Climatério/psicologia , Relações Familiares , Comunicação em Saúde , Cuidados de Enfermagem , Saúde da Mulher , Revisão , Acontecimentos que Mudam a Vida
7.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(4): 906-912, out.-dez. 2018.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-915414

RESUMO

Objetivo: Conhecer as percepções de mulheres acerca do climatério. Métodos: Pesquisa qualitativa com 18 mulheres que vivenciam o período do climatério, que pertencem a uma Estratégia em Saúde da Família de um município da região Sul do Brasil. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada em setembro de 2016. A análise dos dados foi a partir da Análise de Conteúdo Temática de Minayo. Resultados: Os elementos emergidos das compreensões das mulheres acerca do climatério demonstram percepções voltadas à negatividade, ao envelhecimento do corpo, ao desequilíbrio emocional e à sintomatologia manifestada nesse período. Conclusão: Portanto, é preciso implementar medidas que ofereçam a essas mulheres um maior conhecimento e entendimento sobre o climatério, pois refletirá de maneira positiva, de modo que a mulher vivencie esse período com tranquilidade e qualidade de vida


Objective: To know the perceptions of women about climacteric. Methods: Qualitative research with 18 women living in the climacteric period, who belong to a Family Health Strategy of a municipality in the Southern region of Brazil. Data were collected through a semistructured interview in September 2016. Data analysis was based on the Minayo Thematic Content Analysis. Results: The emergence of women's understanding of climacteric shows perceptions of negativity, body aging, emotional imbalance, and symptomatology manifested during this period. Conclusion: Therefore, it is necessary to implement measures that offer these women a greater knowledge and understanding about the climacteric, as it will reflect in a positive way, allowing women to experience this period with tranquility and quality of life


Objetivo: Conocer las percepciones de las mujeres sobre la menopausia. Métodos: La investigación cualitativa con 18 mujeres que experimentan período de la perimenopausia, que pertenecen a una estrategia de salud em un municipio del sur de Brasil. Los datos fueron recolectados a través de entrevista semiestructurada en septiembre de 2016. El análisis de los datos fue a partir del análisis cualitativo de Minayo. Resultados: Los elementos surgieron la comprensión de las mujeres sobre la menopausia demostrar percepciones centradas en la negatividad, el cuerpo de envejecimiento, desequilibrio emocional y síntomas que se manifiestan en este periodo. Conclusión: Por lo tanto, es necesario poner en práctica medidas que brinden a estas mujeres un mayor conocimiento y comprensión del climaterio, como se refleja positivamente causando la mujer para experimentar este periodo de tranquilidad y calidad de vida


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Climatério/psicologia , Menopausa/psicologia , Pós-Menopausa/psicologia , Saúde da Mulher
8.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 10(3, n. esp): 140-141, jun. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-905736

RESUMO

Há muito a ser estudado e discutido com relação ao processo de amadurecimento e de envelhecimento, principalmente com relação às expectativas sociais, emocionais nos aspectos biopsicossociais, que formam o entorno desse processo; a reflexão sobre perdas e ganhos característicos das diferentes fases de vida pode ser bastante enriquecedora melhorando a qualidade de vida destas mulheres


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Climatério/psicologia , Pós-Menopausa/psicologia , Saúde da Mulher
9.
Cogitare enferm ; 23(2): e54075, abr-jun. 2018. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-974970

RESUMO

RESUMO Objetivo: investigar os sintomas climatéricos psicológicos em mulheres cardiopatas. Método: estudo quantitativo, realizado em Hospital Universitário no Nordeste do Brasil, no período de outubro de 2016 a janeiro de 2017. Foram entrevistadas individualmente 221 mulheres climatéricas cardiopatas atendidas no Ambulatório de Cardiologia. Foram realizadas análises da estatística descritiva, de associação com o teste não paramétrico de Qui-quadrado de independência (c2) e teste de Correlação de Spearman, com o auxílio do programa SPSS Statistics 20. Resultados: houve predomínio de sintomas climatéricos muito intensos como a angústia/ansiedade, 75 (33,9%); esgotamento físico e mental, 61 (27,6%); estado de ânimo depressivo, 54 (24,4%); nervosismo, 59 (26,7%); e insônia, 45 (20,4%). Houve associação significativa nos sintomas climatéricos psicológicos entre si e entre os sintomas psicológicos e a depressão. Conclusão: os sintomas climatéricos psicológicos parecem tornar as mulheres mais propensas a transtornos emocionais, agravada pela existência de uma doença crônica como a cardiopatia.


RESUMEN Objetivo: investigar los síntomas climatéricos psicológicos en mujeres cardiópatas. Método: estudio cuantitativo, realizado en Hospital Universitario en Nordeste de Brasil, en el periodo de octubre de 2016 a enero de 2017. Se entrevistaron individualmente 221 mujeres climatéricas cardiópatas atendidas en el Ambulatorio de Cardiología. Se realizaron análisis de estadística descriptiva, de asociación con el test no paramétrico de Chi cuadrado de independencia (c2) y test de Correlación de Spearman, con la ayuda del programa SPSS Statistics 20. Resultados: hubo predominio de síntomas climatéricos muy intensos como angustia/ansiedad, 75 (33,9%); agotamiento físico y mental, 61 (27,6%); estado de ánimo depresivo, 54 (24,4%); nerviosismo, 59 (26,7%); y insomnio, 45 (20,4%). Hubo asociación significativa en los síntomas climatéricos psicológicos entre sí y entre los síntomas psicológicos y la depresión. Conclusión: los síntomas climatéricos psicológicos pueden dejar las mujeres más propensas a trastornos emocionales, agraviados por la existencia de una enfermedad crónica como la cardiopatía.


ABSTRACT Objective: to investigate psychological climacteric symptoms in women with heart disease. Method: a quantitative study, carried out at a University Hospital in the Northeast of Brazil, from October 2016 to January 2017. A total of 221 climacteric women with heart disease were interviewed at the Cardiology Outpatient Clinic. Descriptive statistical analysis was performed, association with the non-parametric Chi-square test of independence (c2) and Spearman's correlation test, with the use of the SPSS Statistics 20 program. Results: there was a predominance of very intense climacteric symptoms such as anguish/anxiety, 75 (33.9%); physical and mental exhaustion, 61 (27.6%); depressed mood, 54 (24.4%); nervousness, 59 (26.7%); and insomnia, 45 (20.4%). There were significant associations among the psychological climacteric symptoms and between the psychological symptoms and depression. Conclusion: psychological climacteric symptoms appear to make women more prone to emotional disorders, aggravated by the existence of a chronic disease such as cardiopathy.


Assuntos
Feminino , Psicologia , Climatério , Menopausa , Sintomas Psíquicos , Cardiopatias
10.
Nursing (Säo Paulo) ; 21(241): 2205-2210, jun.2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-946661

RESUMO

O estudo descreveu, caracterizou e estimou a variabilidade do perfil lipídico e socioeconômico de mulheres climatéricas. Trata-se de uma pesquisa documental, descritiva exploratória, quantitativa, aprovada no CEP da FACID, protocolo nº 393/09. A população foi de 201 mulheres com idade média de 50,94±5,46 anos, com valor médio de CT (207,0±44,78 mg/dL). Quanto ao HDL-C a média foi de 47,2±11,60 mg/dL, LDL-C (130,4±45,51 mg/dL) e TG (151,9±75,59 mg/dL). Concluiu-se que o perfil lipídico achado indicou valores desejáveis à saúde, com relação à Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC e a outros estudos.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Climatério , Saúde da Mulher , Lipoproteínas HDL , Lipoproteínas LDL , Fatores Socioeconômicos , Serviços de Saúde da Mulher
11.
Enferm. foco (Brasília) ; 9(2): 40-45, mai. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34066

RESUMO

Objetivo: apreender as percepções de mulheres que vivenciam o climatério. Metodologia: estudo descritivo exploratório com abordagem qualitativa, realizado na Unidade Básica de Saúde de um município do Noroeste do Paraná. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada junto a 16 mulheres em dezembro de 2016 e submetidos a análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados: as percepções das mulheres que vivenciam o climatério resultou em duas categorias: Vivenciando o climatério e a menopausa: sinais e sintomas; e Tratamento utilizado no climatério. Observou-se a influência direta dos sinais e sintomas na qualidade de vida dessas mulheres e muitas vezes a não procura por reposição hormonal devido ao desconhecimento. Conclusão: o acolhimento e atendimento integral à mulher deve fazer parte da rotina de cuidado dos profissionais, em especial da Atenção Básica, oportunizando o conhecimento das necessidades particulares e o planejamento de ações de cuidado. (AU)


Objectives: to apprehend the perceptions of women who experience the climacteric. Methodology: descriptive exploratory study with a qualitative approach, carried out at the Basic Health Unit of a municipality in the Northwest of Paraná. Data were collected through a semistructured interview with 16 women in December 2016 and submitted to content analysis, thematic modality. Results: the perceptions of women experiencing climacteric resulted in two categories: experiencing climacteric and menopause: signs and symptoms; and Treatment used in climacteric. It was observed the direct influence of signs and symptoms on the quality of life of these women and often the search for hormone replacement due to ignorance. Conclusion: the reception and integral care of the woman should be part of the routine of care of the professionals, especially of the Basic Attention, providing the knowledge of the particular needs and the planning of care actions. (AU)


Objetivo: aprehender las percepciones de mujeres que experimentan el climaterio. Metodología: estudio descriptivo exploratorio con abordaje cualitativo, realizado en la Unidad Básica de Salud de un municipio del Noroeste de Paraná. Los datos fueron recolectados por medio de una entrevista semiestructurada junto a 16 mujeres en diciembre de 2016 y sometidos a análisis de contenido, modalidad temática. Resultados: las percepciones de las mujeres que experimentan el climaterio resultaron en dos categorías: Vivenciando el climaterio y la menopausia: signos y síntomas; y Tratamiento utilizado en el climaterio. Se observó la influencia directa de los signos y síntomas en la calidad de vida de esas mujeres y muchas veces la no busca por reposición hormonal debido al desconocimiento. Conclusión: la acogida y atención integral a la mujer debe formar parte de la rutina de cuidado de los profesionales, en especial de la Atención Básica, oportunizando el conocimiento de las necesidades particulares y la planificación de acciones de cuidado. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Saúde da Mulher , Climatério , Atenção Primária à Saúde , Menopausa
12.
Niterói; s.n; 2018. 94 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-987931

RESUMO

Considera-se climatério uma fase da vida da mulher, que marca a transferência do período reprodutivo para o não reprodutivo, em que a menopausa fisiológica ocorre por volta dos 48 aos 50 anos. Estar em situação de climatério significa experimentar modificações e buscar por qualidade de vida, muitas vezes conhecida como de "perdas e ganhos". É oportuno que profissionais da saúde atentem para modos de cuidar que favoreçam a autoestima e garantam uma vida saudável da mulher no climatério, pois o envelhecimento ativo e saudável é prioridade na agenda de saúde. A família é parte integrante das relações e, muitas das vezes, influencia o comportamento e as atitudes do outro perante a vida. A fenomenologia heideggeriana sustentou a abordagem desta pesquisa, que foi subjetiva, existencial e analítica. O objetivo foi desvelar o sentido de ser familiar da mulher que vivencia o climatério. Foram participantes quatorze familiares de mulheres cuidadoras formais de idosos cadastradas no CASIC/ UFF. As entrevistas fenomenológicas ocorreram após ser concedida aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa da Faculdade de Medicina/HUAP (CAAE 48559515.5.0000.5243). A análise possibilitou construir a historiografia e a historicidade, cinco Unidades de Significação compreendidas vaga e medianamente, seguidas da hermenêutica heideggeriana. Desvelou-se a medianidade do familiar em relação à mulher por um cotidiano marcado por falatório, ocupação e ambiguidade. O familiar também apresentou sua possibilidade de ser-com a mulher na vivência do climatério. Concluiu-se que o climatério, a partir da mulher que o vivencia, pode ser compreendido, interpretado e desvelado a fim de proporcionar mudanças políticas, acadêmicas, profissionais e de cuidados prestados nesta fase da vida no contexto da saúde


Climacterium is the time of a woman's life that marks the transfer from the reproductive to the non-reproductive period, in which the physiological menopause occurs, around the age of 48 to 50 years old. Being in a climacteric situation means experiencing modifications and searching for life quality, often known as "losses and gains". It is opportune that health professionals observe the ways of caring that promote self-esteem and ensure a healthy life for women in the climacteric period, since active and healthy aging is a priority in the health agenda. Family is an integral part of relationships, and often influences one's behavior and attitudes towards life. Heideggerian phenomenology supported this research approach, which was subjective, existential and analytical. The objective was to unveil the sense of being familiar to the woman who lives the climacterium. Participants were fourteen family members of elderly formal female caregivers enrolled in CASIC / UFF. Phenomenological interviews occurred after being approved by the Research Ethics Committee of the College of Medicine / HUAP (CAAE 48559515.5.0000.5243). The analysis made it possible to construct historiography and historicity, five units of significance which are vaguely and moderately understood, followed by Heideggerian hermeneutics. The relative mediation towards the woman was revealed in a daily routine marked by discussion, commitments and ambiguity. The relative also presented his possibility of being with the woman in the climacteric experience. It was concluded that the climacterium, from the woman who experiences it, can be understood, interpreted and unveiled in order to provide political, academic, professional and care changes at this stage of life in the health context


Assuntos
Envelhecimento , Climatério , Família , Saúde da Mulher , Enfermagem
13.
Rev Rene (Online) ; 19: e32617, jan. - dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-970841

RESUMO

Objetivo: analisar a influência do climatério em relacionamentos conjugais sob a perspectiva de gênero. Métodos: estudo qualitativo, fundamentado na teoria de gênero, realizado com 20 mulheres climatéricas. Dados coletados por meio de entrevistas e submetidos à análise temática. Resultados: emergiram três categorias: Carinho, companheirismo, compreensão, respeito e diálogo: influências positivas do climatério no relacionamento conjugal; Influência do climatério na atividade sexual e sua interface com o relacionamento conjugal; e distanciamento no relacionamento conjugal influenciado pelo climatério. Os relatos das influências positivas do climatério no relacionamento conjugal destacam a intensificação do carinho, companheirismo, compreensão, respeito e diálogo; o climatério influencia o relacionamento conjugal devido às alterações na atividade sexual; o distanciamento no relacionamento conjugal ocorreu em virtude das mudanças do companheiro e rotina do casal. Conclusão: o climatério influencia positivamente o relacionamento conjugal. Mas, devido aos sintomas desta fase, há mudanças na atividade sexual que contribuem para o distanciamento do casal. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Climatério , Casamento , Saúde da Mulher
14.
J. nurs. health ; 7(1): 58-66, Dec.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-31754

RESUMO

Objetivo: conhecer como foi realizado o planejamento reprodutivo das climatéricas usuárias daAtenção Primária em Canarana-MT. Métodos: pesquisa qualitativa, exploratória e descritivaenvolvendo dez climatéricas, no ano de 2012, aprovado pelo comitê de ética sob parecer 070/06.Resultados: média de idade foi de 50,2 anos, a média de anos de estudo foi de 7,6. A maioria écasada, sendo 9 sexualmente ativas. São multíparas, variando de 3 a 9 gestações, majoritariamentede alto risco, identificou-se baixo planejamento reprodutivo. 40% conhecem sobre planejamentofamiliar. Oito aderiram à laqueadura, minoria reconhece o uso da camisinha para a prevenção dedoenças sexualmente transmissíveis. Mesmo sendo inférteis, 40% identificaram quando interromper autilização do método contraceptivo. Considerações finais: a assistência ao planejamento reprodutivocontemplou as ações de promoção com êxito, as de prevenção com algumas fragilidades, e ações deinformação e educação em saúde de maneira satisfatória ao propiciar conscientização para oautocuidado.(AU)


Objective: to know how the reproductive planning of climacteric women, users of Primary HealthCare in Canarana-MT, was done. Methods: a qualitative, exploratory and descriptive study involvingten climateric, in 2012, approved by the Ethics Committee under protocol 070/06. Results: meanage was 50.2 years, the average years of schooling was 7.6. Most are married, with 9 being sexuallyactive. Are multiparous, ranging from 3 to 9 pregnancies, mostly high-risk, low reproductive planningwas identified. 40% know about family planning. Eight adhered to tubal ligation, few recognize theuse of condoms to prevent sexually transmitted diseases. Although being infertile, 40% identifiedwhen to stop using the contraceptive method. Final thoughts: assistance to reproductive planningsuccessfully included promotion actions, prevention with some weaknesses, and information andeducation on health satisfactorily to provide awareness for self-care.(AU)


Objetivo: conocer cómo se realizó la planificación reproductiva de las climatericas en la AtenciónPrimaria en Canarana-MT. Métodos: estudio cualitativo, exploratorio y descriptivo con diezclimatericas, en 2012, aprobado por el Comité de Ética, opinión 070/06. Resultados: la edadpromedio fue 50,2 años, el promedio de escolaridad fue 7,6. La mayoría son casados, 9 sexualmenteactivos. Son multíparas, 3 a 9 niños, en su mayoría embarazos de alto riesgo, se identifico bajaplanificación reproductiva. 40% sabe acerca de la planificación familiar. Ocho eligieron la ligadurade trompas, pocas reconocen el uso de condones para prevenir las enfermedades de transmisiónsexual. Incluso infértiles, 40% identificó cuando dejar de usar el método anticonceptivo.Consideraciones finales: asistencia a la planificación reproductiva incluyen las acciones depromoción con éxito, la prevención con algunas debilidades, e información y educación sobre la saludde manera satisfactoria proporcionando conciencia para el cuidado personal.(AU)


Assuntos
Humanos , Climatério , Planejamento Familiar , Saúde da Mulher
15.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(8): 3100-3107, ago.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32534

RESUMO

Objetivo: verificar o efeito de dois programas de intervenção (Educação Alimentar; consumo de azeite de oliva) sobre o perfil lipídico de mulheres climatéricas. Método: estudo clínico randomizado, realizado com 19mulheres, divididas em grupo A, que recebeu intervenção de Educação Alimentar e Nutricional, mais o consumo de azeite de Oliva, e grupo B, intervenção de Educação Alimentar e Nutricional, por um período de três meses. O estudo comparou o efeito das duas intervenções. Resultados: as mulheres apresentaram estado de obesidade geral (avaliação do estado nutricional pelo índice de massa corporal, perímetro da cintura e percentual de gordura) antes da intervenção e, após a intervenção, as mulheres do grupo A apresentaram melhoras significativas sobre os níveis de colesterol HDL (p=0,005) e LDL (p=0,021). Conclusão: A Educação Alimentar e a suplementação de azeite foram capazes de melhorar o perfil lipídico das mulheres com dislipidemia no período do climatério.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Climatério , Educação Alimentar e Nutricional , Azeite de Oliva , Dislipidemias , Dislipidemias/dietoterapia , Saúde da Mulher , Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto , Antropometria , Obesidade , Síndrome Metabólica
16.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(7): 2765-2772, jul.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-32345

RESUMO

Objetivo: descrever como é vivenciar o climatério, sob a visão das mulheres soropositivas para HIV/AIDS que utilizam o Serviço de Assistência Especializada. Método: estudo descritivo, exploratório, com abordagem qualitativa, realizado com 15 usuárias do Serviço de Atendimento Especializado para Infecções Sexualmente Transmissíveis. Os dados foram produzidos por meio de entrevistas individuais semiestruturadas que, após gravação e transcrição, foram submetidos à técnica de Análise de Conteúdo, na modalidade Análise Categorial. Resultados: emergiram as categorias <>, <> e <<>. Conclusão: a participação do profissional de saúde é indispensável para que ele atenda a mulher de forma integral, não apenas visualizando a soropositividade para o HIV/AIDS, mas também a questão do climatério. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Saúde da Mulher , Climatério , Soropositividade para HIV , Infecções por HIV , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Relações Profissional-Paciente , Pessoal de Saúde , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Epidemiologia Descritiva
17.
Ciênc. cuid. saúde ; 16(2)abr. -jun.2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-967635

RESUMO

O climatério é constituído por sintomatologia específica que desencadeia na mulher processos interativos, significantes os quais influenciam a identificação de sua condição de saúde. Objetivou-se compreender o significado atribuído pelas mulheres sobre o climatério/menopausa e doença coronariana. Utilizou-se o interacionismo simbólico respaldado no método de análise de conteúdo e a técnica de grupos focais com 25 mulheres. Identificaram -se cinco categorias: Certo desconhecimento; Envelhecimento e adoecimento; Processo de mudanças; Sentimentos de desordem no bem estar físico e emocional e a menopausa tem ligação com a doença coronariana. As mulheres não conseguiram expressar o climatério como uma fase de profunda vulnerabilidade que favorece a suscetibilidade a sintomas, desordem e adaptação, manifestada por mal-estar biológico e emocional, associada ao envelhecimento e às doenças. Estabeleceram uma ligação entre a menopausa e a doença coronariana, sugerindo que a doença cardíaca se constitui como causa e/ou consequência do climatério. O climatério e a doença cardíaca necessitam de uma atenção mais qualificada que transcenda os aspectos biológicos da assistência à saúde, favorecendo um cuidado integral e mais próximo de suas necessidades, contemplando as singularidades.[AU]


The climacteric is composed of specific symptoms that trigger on woman interactive processes and significant that influenciamà your ID condition. The objective of understanding the meaning attributed to the women about menopause/menopausal and coronary heart disease. We used the symbolic interactionism backed in the content analysis method and the technique of focus groups in twenty-five (25) women. Identified five categories: Right ignorance; Aging and illness; Process of change; Feelings of disorder in the physical and emotional well-being and the menopause has linked with coronary heart disease. Women failed to express the climacteric phase as a deep vulnerability that favors the susceptibility to symptoms, disorder, and adaptation, manifested by biological and emotional malaise, associated with aging and diseases. Women have established a link between menopause and coronary heart disease, suggesting that heart disease is the cause and/or consequence of climacteric. The menopause and heart disease require more skilled attention that transcends the biological aspects of health care, promoting integral care and closer to their needs, including their singularities.[AU]


El climaterio es constituido por sintomatología específica que desencadena en la mujer procesos interactivos, significativos que influyen en la identificación de su condición de salud. El objetivo fue comprender el significado atribuido por las mujeres acerca del climaterio/menopausia y de la enfermedad coronaria. Se utilizó el interaccionismo simbólico basado en el método de análisis de contenido y la técnica de grupos focales con 25 mujeres. Fueron identificadas cinco categorías: Algún desconocimiento; Envejecimiento y enfermedad; Proceso de cambios; Sentimientos de desorden en el bienestar físico y emocional; y la menopausia tiene vínculo con la enfermedad coronaria. Las mujeres no consiguieron expresar el climaterio como una fase de profunda vulnerabilidad que favorece la susceptibilidad a síntomas, desorden y adaptación, que se manifiesta por malestar biológico y emocional, asociada al envejecimiento y a las enfermedades. Establecieron un vínculo entre la menopausia y la enfermedad coronaria, sugiriendo que la enfermedad cardíaca se constituye como causa y/o consecuencia del climaterio. El climaterio y la enfermedad cardíaca requieren atención más calificada que trascienda los aspectos biológicos de la atención a la salud, promoviendo un cuidado integral y más próximo de sus necesidades, incluyendo las singularidades.[AU]


Assuntos
Humanos , Feminino , Doença da Artéria Coronariana , Climatério , Doença das Coronárias , Interacionismo Simbólico
18.
Cogitare enferm ; 22(1): 01-08, jan.-mar.2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-859575

RESUMO

Objetivou identificar sinais, sintomas e problemas que afetam a saúde, nos relatos de mulheres que passam pelo período do climatério, quando se encontram privadas de liberdade. Pesquisa exploratória, descritiva, com abordagem qualitativa. Entre outubro de 2014 e janeiro de 2015 foram realizadas entrevistas com sete mulheres que se encontravam no período do climatério, ao estarem em um presídio feminino situado no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. A partir da análise temática, foram identificadas duas categorias: Sintomatologia referente ao período do climatério e Problemas que afetam a saúde de mulheres privadas de liberdade. A maioria das entrevistadas passa pelo período do climatério de maneira desconfortável, tendo a saúde afetada de algum modo durante a prisão. Assim, o climatério, sobretudo em situações de privação de liberdade, deve ser mais explorado pelas políticas públicas de saúde contribuindo para melhoria das condições de vida desse grupo específico (AU).


The present study aimed to identify, based on reports, signs, symptoms and problems that affect the health of women in the climacteric period who are serving time in prison. Exploratory and descriptive study with a qualitative approach. Seven climacteric women incarcerated in a female prison in the State of Rio de Janeiro, Brazil, were interviewed from October 2014 to January 2015. After thematic analysis, two categories were identified: Symptoms related to the climacteric period and Problems that affect the health of women deprived of their liberty. Most interviewees reported feeling uncomfortable in the climacteric period, and having health problems in prison. Thus, climacteric, especially in situations of deprivation of liberty, should deserve greater attention of public health policies, to contribute to the improvement of the living conditions of this specific group (AU).


Estudio cuyo objetivo fue identificar señales, síntomas y problemas que atingen la salud en los relatos de mujeres en el periodo del climaterio, cuando están privadas de libertad. Investigación exploratoria, descriptiva, de abordaje cualitativo. Las entrevistas fueron realizadas de octubre de 2014 a enero de 2015 con siete mujeres en el periodo del climaterio que estaban en una cárcel ubicada en el estado de Rio de Janeiro, Brasil. Por medio del análisis temático, se identificaron dos categorías: Sintomatología referente al periodo del climaterio y Problemas que atingen la salud de mujeres privadas de libertad. La mayoría de las entrevistadas siente malestar en el periodo de climaterio, teniendo la salud atingida de algun modo durante la cárcel. Así, el climaterio, sobretodo en situaciones de privación de libertad, debe ser más explorado por las políticas públicas de salud, contribuyendo para mejorar las condiciones de vida de ese grupo específico


Assuntos
Feminino , Prisões , Mulheres , Climatério , Saúde da Mulher
19.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.2): 1032-1043, fev.2017. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30876

RESUMO

Objetivo: analisar a contribuição do cuidado da Enfermagem à autonomia da mulher que vivencia o climatério, no contexto da APS numa perspectiva desmedicalizada. Método: revisão integrativa, abrangendo as bases de dados Lilacs, MEDLINE e BDENF, biblioteca virtual SciELO e portal do Ministério da Saúde. Foram encontrados 133 artigos, dos quais nove estavam repetidos, 58 apresentavam resumos incompletos, 55 não respondiam à temática. Apenas 19 artigos atenderam ao critério de inclusão. Resultados: identificaram-se três categorias: <>;<> e <>.Conclusão: o estudo aponta a necessidade de urgência na (re)organização dos serviços de saúde, na perspectiva do autocuidado, para que as mulheres criem mecanismos de autonomia, a partir de estratégias desmedicalizadoras. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Climatério , Cuidados de Enfermagem , Atenção Primária à Saúde , Saúde da Mulher , Medicalização , Autocuidado , Autonomia Pessoal , Assistência Integral à Saúde , MEDLINE , Educação em Saúde , Humanização da Assistência
20.
João Pessoa, PB; s.n; s.n; 2017. 179 f p. ilus.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1051554

RESUMO

A Terapia Comunitária Integrativa (TCI)se constitui em um espaço de acolhimento, partilha de sabedoria de vida e de sofrimentos vivenciados no cotidiano das pessoas, onde elas se tornam terapeutas de si mesmas, permitindo encontrar soluções para seus conflitospessoais e familiares. O estudo teve como objetivo avaliar a eficácia da TCI, como tecnologia do cuidado, capaz de aumentar a autoestima e reduzir os sinais e sintomas da depressão, de mulheres vivenciando o climatério. Trata-se de uma pesquisa-ação-intervençãocom 06 mulheres no climatérioque apresentavam sinais e sintomas de depressão e,que participaram de no mínimo de 06 rodas de TCI, em uma Unidade Integrada de Saúde da Família, de João Pessoa, PB, Brasil.Como instrumentos, foram utilizados o Inventário de Depressão de Beck e a Escala de Autoestima de Rosenberg-versão UNIFESP-EPM e, como intervenção, foram realizadas 12 rodasde TCI, no período de 19 semanas. Para a produção do material empírico foram utilizados as videogravações das rodas, caderno de campo eentrevistas semiestruturadas, sendo analisados, por meio da análise de conteúdo temática de Bardin. O estudoobedeceu aos preceitos éticos, sendo deferidasob o protocolo: CAAE 50926615.7.0000.5188. Como resultados, as mulheres melhoraram a autoestima e reduziram os sinais e sintomas de depressão. Percebeu-se que a TCI representou para elas, uma possibilidade de descobrir um jeito novo de ver a vida, despertando a necessidade de mudança, mediante a autorreflexão e desenvolvimento das competências pessoais, como autonomia, emancipação, empoderamento e resgate da autoestima.Conclui-se que a TCI é uma tecnologia do cuidado potente, capaz de ampliar o olhar das participantes, as motivando a saírem da estagnação da qual suas vidas se encontravam, adotando novas posturas e jeito de conduzir a vida, encorajando-as a refletirem e buscaremrespostas para suas necessidades subjetivas, provocando mudanças importantes em suas vidas. (AU)


Integrative Community Therapy (ICT) is a space for welcoming and sharing of life wisdom and suffering experienced in people's daily lives, where they become therapists of themselves, which enables them to find solutions to their personal and family conflicts. The study was intended to assess the effectiveness of ICT as a health care technology capable of improving self-esteem and mitigating the depression signs and symptoms in women experiencing climacteric. This is an action-research-intervention with 06 women in climacteric who showed depression signs and symptoms and who took part in at least 06 ICT rounds in an Integrated Family Health Unit in João Pessoa-PB, Brazil. Beck's Depression Inventory and Rosenberg's Self-esteem Scale ­ UNIFESP-EPM version were used as instruments, whilst 12 ICT rounds were held as interventions in a 19-week period. In order to produce the empirical material, we used the video-recordings of the rounds, field notebook and semi-structured interviews, which were analyzed through the Bardin thematic content analysis. The study complied with the ethical precepts, and then accepted under the CAAE protocol: 50926615.7.0000.5188. As a result, women have improved self-esteem and mitigated the depression signs and symptoms. We have realized that ICT represented for them a possibility of discovering a new way of seeing life, thus awakening the need for change, through the self-reflection and development of personal skills, such as autonomy, emancipation, empowerment and rescue of self-esteem. We can conclude that ICT is a powerful health care technology capable of enhancing the participants' standpoint, thus motivating them to leave the stagnation of their lives, by adopting new stances and ways of driving life, as well as encouraging them to reflect and seek answers to their subjective needs, which may entail important changes in their lives. (AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Terapias Complementares , Climatério , Saúde da Mulher , Depressão , Cuidados de Enfermagem
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA