Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
São Paulo; s.n; 2008. 166 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1100702

RESUMO

Diante do impacto da distribuição do tempo de trabalho da profissional enfermeira na determinação de parâmetros adequados para a operacionalização do processo de dimensionar pessoal de enfermagem, este estudo teve por objetivo identificar e analisar a distribuição do tempo de trabalho das enfermeiras em uma unidade de internação médico-cirúrgica. Trata-se de uma pesquisa de campo, prospectiva, de abordagem quantitativa, do tipo exploratório-descritiva, realizada em um Hospital geral, privado, de grande porte da cidade de São Paulo. Para a consecução dos objetivos da pesquisa considerou-se, como população estatística, as atividades de enfermagem realizadas pelas enfermeiras durante os turnos de trabalho. O tamanho da amostra e o período amostral foram estabelecidos a partir da determinação de critérios relacionados à probabilidade mínima de ocorrência das atividades realizadas pelas enfermeiras, bem como do número de enfermeiras por turno e do intervalo estipulado para a realização das observações das atividades executadas pelas enfermeiras. A identificação das atividades de enfermagem realizadas pelas enfermeiras ocorreu mediante solicitação de que cada enfermeira relacionasse, por escrito, as atividades executadas no cotidiano de trabalho da Unidade, que foram, posteriormente, categorizadas de acordo com um sistema padronizado de linguagem (NIC) e classificadas em intervenções de cuidado direto, intervenções de cuidado indireto, atividades associadas e detempo pessoal. Os dados foram coletados no período de 15 a 19 de outubro de 2007, por quatro observadoras de campo, contratadas e treinadas especificamente, para a realização deste procedimento. Obteve-se 1032 amostras das atividades realizadas pelas enfermeiras, verificando-se que as intervenções e atividades de enfermagem que mais utilizaram o tempo de trabalho das enfermeiras foram Documentação (18,4%), Tempo ) Pessoal (17,8%), Supervisão (11,4%), Atividades Associadas (9,7%), Delegação (9,3%), Passagem do Plantão (4,8%), Apoio ao Médico (3,9%) e Cuidados na Admissão (3,1%). Observou-se que 50% do tempo das enfermeiras foram dedicados às intervenções de cuidado indireto, 22% às intervenções de cuidado direto de enfermagem, 18% às atividades de tempo pessoal e 10% às atividades associadas. Estes dados corroboram a indicação de pesquisadores que apontam a necessidade de serem considerados o tempo pessoal dos trabalhadores de enfermagem e a realização das atividades associadas nos métodos de dimensionamento de pessoal preconizados pelos órgãos oficiais. Com este estudo evidenciam-se perspectivas para a realização de novas investigações no sentido de contribuir para o aperfeiçoamento dos parâmetros relacionados à temática dimensionamento de pessoal de enfermagem em instituições hospitalares.


The aim of this study was to identify and to analyze the work time distribution of nurses in a medical-surgical unit, considering the impact of the work time distribution of nurses to determine the adequate parameters for the process to measure nursery personnel .This is a prospective, quantitative, exploratory-descriptive type field research, conducted in a large, private, general hospital in the city of São Paulo. The activities performed by nursery personnel during work shifts were considered as statistical population to reach our objectives. Sample size and period were established after determining the criteria related to the minimum occurrence possibility of activities performed by the nurses, as well as the number of nursery personnel per shift and the specific interval to perform activities by the nurses. The identification of the nursing activities occurred by asking each nurse to write a report mentioning their daily activities at the Unit, which were later categorized in accordance with the standard language system (NIC) and classified as direct care and indirect care interventions, associated activities and personal time. Data were collected during the period from the 15th to the 19th of October, 2007, by four field observers, specifically hired and trained for this procedure. 1032 samples were obtained from the nurses\' activities. The nursing activities and interventions that most used work time of the nurses were: Documents (18,4%),Personal Time (17,8%), Supervision (11,4%), Associated Activities (9,7%), Assignment (9,3%), Shift Change (4,8%), Doctor\'s Support (3,9%) and Admission Care (3,1%). It was observed that 50% of the nurses\' time was dedicated to indirect care interventions, 22% to direct care nursing interventions, 18% to personal time activities and 10% to related activities. These data corroborated with the researcher\'s indication that showed the need to consider personal time of the nurse\'s work and the performance of associated activities within the methods of personnel measurement recommended by official institutions. New investigations are needed to contribute to the improvement of the parameters related to the nursing personnel measurement in hospital institutions.


Assuntos
Humanos , Pesquisa em Administração de Enfermagem , Medicina Geral , Enfermeiros
2.
Rev. latinoam. enferm ; 5(n.esp): 51-7, maio 1997. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-227880

RESUMO

Através de um inquérito epidemiológico, buscou-se detectar as co-morbidades dos diagnósticos psiquiátricos relacionados ao álcool. Para tanto, investigou-se os atendimentos num Hospital de Urgências Médicas no Setor de Psiquiatria, no período de 1988 a 1991, tendo por objetivo identificar quais as doenças clínicas e outros incidentes que acometem a populaçäo referida. Fizeram parte do levantamento os diagnósticos relacionados ao álcool, conforme CID 9 (291; 303 e 305.0) e os associados à näo pertencentes à psiquiatria. Evidenciou-se no período, 1835 casos com diagnósticos relacionados ao álcool e destes 487 (26,5 por cento) se referiram aos grupos 291-303-305.0, associados à outros näo psiquiátricos. Desse total a maior frequência de casos ocorreu nos grupos 340-349 (Outros transtornos do SNC) e 800-859 (Lesöes e complicaçöes traumáticas) com 80 (16,4 por cento) atendimentos, respectivamente. Observando-se os dados por ano, constata-se que dos diagnósticos relacionados ao álcool (com diagnósticos clínicos associados) o 303 (Síndrome de Dependência Alcoólica) foi que teve maior número de atendimento com 326 (67 por cento) casos, seguido de 291 (Psicose Alcoólica) com 117 (24 por cento) e 305.0 (Alcool) com 44 (9 por cento). No período, tanto o diagnóstico psiquiátrico 303 como o 291, apareceram mais frequentemente associados ao grupo de diagnósticos clínicos 340-349, com 55 (11,2 por cento) e 12 (2.4 por cento) casos, respectivamente e o 305.0 teve o grupo 800-859 com 10 (2 por cento) casos, como o mais frequente.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Alcoolismo/diagnóstico , Medicina Geral , Estudos Retrospectivos , Alcoolismo/cirurgia , Alcoolismo/complicações , Hospitais Gerais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA