Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. gaúch. enferm ; 36(2): 35-41, Apr-Jun/2015. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-752577

RESUMO

OBJECTIVE: The aim of this study is to correlate the QOL domains of the civil servants to the type and number of chronic health conditions. METHOD: A transversal, quantitative study, conducted at the Department of Civil Servant Assistance of the Federal University of Rio Grande do Norte with 215 civil servants, during the period from March to May 2011. RESULTS: Among the chronic health conditions studied, there was significant relationship between non-communicable chronic disease and QOL scores, correlating weakly (r <-376; p <0.008) in the other fields. It was found that the greater the number of chronic conditions, the lower the values on the QOL scale. CONCLUSION: The quality of life of civil servants is negatively influenced by chronic health conditions, compromising, in general, their daily work and life activities. .


OBJETIVO: El objetivo de este estudio es correlacionar las áreas de la calidad de vida de los servidores al tipo y cantidad de problemas de salud crónicos. MÉTODO: Estudio cuantitativo transversal, realizado en el Departamento de asistencia a la Universidad Federal de Rio Grande do Norte Server con 215 servidores, en el período de marzo a mayo de 2011. RESULTADOS: Entre las condiciones crónicas de salud, se ha observado una relación significativa entre la enfermedad crónica intransferible y puntajes QOL y se correlacionó débilmente (r <-376; p <0,008) en otras área. Se encontró que cuanto mayor es el número de condiciones crónicas, la parte inferior de los valores de escala QOL. CONCLUSIÓN: La calidad de vida de los servidores está influenciada negativamente por las condiciones de salud crónicas, que afectan en las actividades cotidianas generales de la vida y el trabajo. .


OBJETIVO: O objetivo desse estudo é correlacionar os domínios da QV dos servidores com o tipo e a quantidade de condições crônicas de saúde. MÉTODO: Estudo transversal, quantitativo, realizado no Departamento de Assistência ao Servidor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte com 215 servidores, durante o período de março a maio de 2011. RESULTADOS: Dentre as condições crônicas de saúde estudadas, constatou-se relação significativa entre a doença crônica não transmissível e escores de QV, correlacionando-se de modo fraco (r<-376; p<0,008) nos demais domínios. Verificou-se que, quanto maior o número de condições crônicas, menores são os valores da escala de QV. CONCLUSÃO: A qualidade de vida dos servidores é influenciada negativamente pelas condições crônicas de saúde, comprometendo de forma geral suas atividades diárias de vida e trabalho. .


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Doença Crônica/psicologia , Governo , Ocupações , Qualidade de Vida , Atividades Cotidianas , Brasil/epidemiologia , Estudos Transversais , Doença Crônica/epidemiologia , Dor Crônica/epidemiologia , Dor Crônica/psicologia , Emoções , Relações Interpessoais , Fatores Socioeconômicos
2.
Rev. bras. enferm ; 65(2): 347-352, mar.-abr. 2012.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-646404

RESUMO

Estudo histórico-social cujos objetivos foram os de descrever as principais características das ditaduras de Vargas e Franco e analisar as implicações destas para a institucionalização da enfermagem no Brasil e na Espanha. As fontes utilizadas foram documentos escritos localizados em arquivos brasileiros e espanhóis e a literatura relativa ao tema. A análise dos dados, apoiada por conceitos da Teoria do Mundo Social de Pierre Bourdieu, evidenciou que, no Brasil e na Espanha, no que se referia à divisão social do trabalho, o ponto de encontro entre Igreja e Estado consistia na reclusão da mulher no espaço privado. Conclui-se que as qualidades femininas foram capitalizadas pelas enfermeiras para legitimarem sua atuação no espaço público, ainda que para reproduzir neste espaço, consentido pelo Estado e pela Igreja, ocupações adequadas à feminilidade.


This is a historical and social study, which aimed to describe the main characteristics of the Vargas and Franco dictatorships, and to analyze the implications of these to the institutionalization of nursing in Brazil and Spain. As fonts, it was used written documents located in the historical Brazilian and Spanish archives, in addition to the literature on the subject. Data analysis, supported by concepts of Pierre Bourdieu's World Social Theory, showed that, in Brazil and Spain, in referring to the social division of labor, the meeting point between Church and the State was the seclusion of women in private space. It is concluded that the feminine qualities were capitalized by the nurses to legitimize their actions in public space, even to reproduce in that space, consented to by the State and Church, occupations appropriate to femininity.


Estudio histórico y social que tuvo como objetivos describir las principales características de las dictaduras de Vargas y de Franco, y analizar sus implicaciones para la institucionalización de la enfermería en Brasil y en España. Fueran usadas como fuentes documentos escritos localizados en archivos históricos brasileños y españoles, además de la literatura relativa al tema. El análisis de los datos, apoyada por los conceptos de la Teoría del Mundo Social de Pierre Bourdieu, evidenció que, en Brasil y en España, en el que se refería a la división social del trabajo, el punto de encuentro entre Iglesia y Estado consistía en la reclusión de la mujer en el espacio privado. Concluye-se que las cualidades femeninas fueron capitalizadas por las enfermeras para legitimaren su actuación en el espacio público, aún que para reproducir en ese espacio, consentido por el Estado y por la Iglesia, ocupaciones adecuadas a la feminidad.


Assuntos
Feminino , História do Século XX , Humanos , Governo/história , História da Enfermagem , Brasil , Poder Psicológico
3.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(1): 187-193, mar. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, Repositório RHS | ID: lil-579752

RESUMO

No Brasil, a formação dos trabalhadores de enfermagem adota a perspectiva das competências profissionais. O presente estudo, exploratório e descritivo, teve por objetivo conhecer a potencialidade crítico-emancipatória da competência, conforme descrita pelos Ministérios da Educação e da Saúde (MEC e MS). As fontes de dados foram os documentos reguladores da educação profissional técnica oriundos desses Ministérios entre 1996 e 2006. Os resultados mostraram que, para o MEC, os princípios norteadores da educação profissional são as exigências do mercado; a noção de competência se apóia na perspectiva construtivista, enfatizando atributos pessoais em detrimento à sua dimensão social. Para o MS, a educação profissional é um instrumento da cidadania, orientada pelo paradigma político assistencial do SUS; a noção de competência funda-se na perspectiva crítico-emancipatória. Concluiu-se que os dois Ministérios, mesmo tendo ações reguladoras sobre a educação profissional, são contraditórios em suas bases conceituais.


In Brazil, nursing professionals are trained based on the perspective of professional competencies. The objective of this exploratory, descriptive study was to identify the critical-emancipator potential of the competency, as described by the Brazilian Ministries of Education and of Health. The sources used for data collection were the regulating documents of technical professional education of the referred Ministries regarding the years 1996 and 2006. Results showed that, for the Ministry of Education, the guiding principles of professional education are the demands of the working market; the idea of competency is supported on the constructivist perspective, highlighting personal features over their social dimension. For the Ministry of Health, professional education is an instrument of citizenship, guided by the political health care paradigm of the national public health system, referred to as the Unique Health System; the idea of competency is founded on the critical-emancipatory perspective. In conclusion, the two Ministries, despite having regulations regarding professional education, are contradictory in terms of their conceptual foundations.


La formación de los trabajadores de enfermería en Brasil adopta la perspectiva de las competencias profesionales. El presente estudio, exploratorio y descriptivo, tuvo por objetivo conocer la potencialidad crítico-emancipatoria de la competencia, conforme a su descripción por los Ministerios de Educación y de Salud (MEC y MS). Las fuentes de datos fueron los documentos que regulan la educación profesional técnica originados en esos Ministerios, entre 1996 y 2006. Los resultados mostraron que, para el MEC, los principios orientadores de la educación profesional son las exigencias del mercado; la noción de competencia se apoya en la perspectiva constructivista, enfatizando atributos personales en detrimento de su dimensión social. Para el MS, la educación profesional es un instrumento de la ciudadanía, orientado por el paradigma político asistencial del SUS; la noción de competencia se funda en la perspectiva crítico-emancipatoria. Se concluyó en que los dos Ministerios, aún generando acciones regulatorias sobre la educación profesional, son contradictorios en sus bases conceptuales.


Assuntos
Competência Clínica , Governo , Pessoal de Saúde , Política de Saúde , Enfermagem , Brasil , Competência Clínica/legislação & jurisprudência , Pessoal de Saúde/legislação & jurisprudência , Política de Saúde/legislação & jurisprudência
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA