Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 43
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Av. enferm ; 37(1): 92-103, ene.-abr. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, COLNAL | ID: biblio-1011392

RESUMO

Resumo Objetivo: Refletir acerca do acesso de quilombolas brasileiros ao sistema de saúde pública a partir da perspectiva do pensamento do filósofo francês Michael Foucault. Síntese de conteúdo: Ao refletir sobre o acesso dos quilombolas ao sistema de saúde pública, é importante reconhecer a existência de micropoderes nos serviços de saúde e na relação com os usuários deste serviço. Reflete-se sobre a necessidade de exercer o controle social como forma de garantia de direitos à saúde. Assim, apesar do Sistema Único de Saúde possuir avanços, o acesso a este serviço apresenta dificuldades como também inadequação de gerenciamento, além de escassez no exercício do controle social, como pontos a serem questionados. Conclusão: Percebe-se que, à luz do referencial teórico de Michael Foucault, o "poder" político, existente nas relações das comunidades quilom-bolas referentes aos serviços de saúde pública, cria dificuldades diversas e que há anos se perpetua.


Resumen Objetivo: Reflexionar sobre el acceso al sistema de salud pública por parte de quilombolas brasileños, a partir de la perspectiva del pensamiento del filósofo francés Michael Foucault. Síntesis del contenido: Al reflexionar sobre el acceso de los quilombolas al sistema de salud pública es importante reconocer la existencia de micropoderes en los servicios de salud y en la relación con los usuarios de este servicio. Se reflexiona sobre la necesidad de ejercer el control social como forma de garantía de derechos a la salud. Así, a pesar de que el sistema único de salud tiene avances, el acceso a este servicio es difícil y presenta inadecuación de la gestión y poco control social, puntos que deben cuestionarse. Conclusión: Se percibe que, a la luz del referencial teórico de Michael Foucault, el "poder" político existente en las relaciones de las comunidades quilombolas con los servicios de salud pública, crea dificultades diversas que desde hace años se perpetúan.


Abstract Objective: To think about access to the public health system by Brazilian quilombolas, from the perspective of the thought of the French philosopher Michael Foucault. Synthesis of the contents: When reflecting on the Quilombolas access to the public health system, it is important to recognize the existence of "micropowers" in health services and in the relationship with the users of this service. It reflects on the need of exerting social control as a form of guarantee rights to health. Thus, although the unified health system has advances, access to this service is difficult and presents inadequate management and poor social control, points that should be questioned. Conclusion: It is perceived that, in the light of the referential theorist Michael Foucault, political power existing in the relations of quilombo-la communities with public health services, creates various difficulties that are perpetuated for years.


Assuntos
Humanos , Organização e Administração , Sistema Único de Saúde , Grupos Étnicos , Saúde Pública , Serviços Públicos de Saúde , Direito à Saúde , Sistemas de Saúde
2.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(2): 541-545, fev. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1015035

RESUMO

Objetivo: analisar a relação que o acesso à saúde de mulheres encarceradas pode ter com o processo de ressocialização. Método: trata-se de estudo qualitativo, tipo descritivo. Fundamentar-se-á o processo no referencial teórico da fenomenologia sociológica de Alfred Schutz. Realizar-se-á a pesquisa no Estabelecimento Prisional Feminino Santa Luzia (EPFSL), no ano de 2019, com mulheres encarceradas há mais de um mês e usuárias dos serviços de saúde ofertados, agentes penitenciários e profissionais de saúde atuantes há mais de três meses. Produzir-se-ão as informações por meio de um formulário de entrevista semiestruturada e analisar-se-ão os dados coletados de acordo com a técnica de Análise de Conteúdo. Resultados esperados: pretende-se desvelar a relação existente entre o acesso aos serviços de saúde e o processo de ressocialização de mulheres encarceradas e descrever as formas como se dão o acesso aos serviços de saúde e as iniciativas de ressocialização no cenário prisional.(AU)


Objective: to analyze the relation that the access to the health of incarcerated women can have with the process of resocialization. Method: this is a qualitative study, of descriptive type. The process will be based on the theoretical reference of the sociological phenomenology of Alfred Schutz. The research will be carried out at the Santa Luzia Female Prison (SLFP) in 2019, with women incarcerated for more than one month and users of the offered health services, penitentiary agents and health professionals who have been active for more than three months. The information will be produced through a semi-structured interview form and the data collected according to the Content Analysis technique will be analyzed. Expected results: it is intended to unveil the relationship between access to health services and the process of resocialization of imprisoned women and to describe the ways in which access to health services and resocialization initiatives in prisons are given.(AU)


Objetivo: analizar la relación que el acceso a la salud de mujeres encarceladas puede tener con el proceso de resocialización. Método: se trata de un estudio cualitativo, tipo descriptivo. Se fundamentará el proceso en el referencial teórico de la fenomenología sociológica de Alfred Schutz. Se realizará la investigación en el Establecimiento Penitenciario Femenino Santa Lucía (EPFSL), en el año 2019, con mujeres encarceladas hace más de un mes y usuarias de los servicios de salud ofertados, agentes penitenciarios y profesionales de salud actuantes desde hace más de tres meses . Se producirá la información a través de un formulario de entrevista semiestructurada y se analizarán los datos recopilados de acuerdo con la técnica de Análisis de Contenido. Resultados esperados: se pretende desvelar la relación existente entre el acceso a los servicios de salud y el proceso de resocialización de mujeres encarceladas y describir las formas como se dan el acceso a los servicios de salud y las iniciativas de resocialización en el escenario penitenciario.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Prisões , Prisioneiros , Socialização , Mulheres , Direito à Saúde , Saúde da Mulher , Acesso aos Serviços de Saúde , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-6], 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1087966

RESUMO

Objetivo: descrever a experiência de uma oficina realizada com pessoas em situação de rua sobre Direito à Saúde. Método: trata-se de um estudo descritivo, tipo relato de experiência, realizado durante o desenvolvimento da disciplina Saúde do Homem de um Curso de Enfermagem. Elencou-se como campo da pesquisa um Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua que atende 18 usuários de ambos os sexos, jovens, adultos e idosos. Apresentaram-se os resultados em forma de relato. Resultados: observou-se que a percepção dos usuários em relação ao conceito de saúde está atrelada ao senso de saúde como a ausência da doença, e apenas um participante demonstrou um conhecimento mais amplo sobre a percepção de saúde ao usar o termo felicidade para afirmar que é saudável. Conclusão: entende-se que as políticas públicas voltadas para a validação do direito à saúde à população em situação de rua ainda precisam ser aperfeiçoadas com a execução de estratégias específicas que tenham o intuito de promover e proteger a saúde de tais indivíduos que são extremamente vulneráveis ao adoecimento.(AU)


Objective: to describe the experience of a workshop held with street people on the Right to Health. Method: this is a descriptive study, an experience report, carried out during the development of the discipline Saúde Man in a Nursing Course. As a field of research, a Special Reference Center for Population in Street Situation was set up, serving 18 users of both sexes, young people, adults and the elderly. The results were presented in the form of a report. Results: it was observed that the perception of the users in relation to the concept of health is linked to the sense of health as the absence of the disease, and only one participant demonstrated a wider knowledge about the health perception when using the term happiness to affirm that It's healthy. Conclusion: it is understood that public policies aimed at the validation of the right to health for the street population still need to be improved with the implementation of specific strategies aimed at promoting and protecting the health of such individuals who are extremely vulnerable to illness.(AU)


Objetivo: describir la experiencia de un taller realizado con personas en situación de calle sobre Derecho a la Salud. Método: se trata de un estudio descriptivo, tipo relato de experiencia, realizado durante el desarrollo de la asignatura Salud del Hombre de un Curso de Enfermería. Se estableció como campo de investigación un Centro de Referencia Especializado para Población en Situación de Calle que atiende a 18 usuarios de ambos sexos, jóvenes, adultos y ancianos. Se presentaron los resultados en forma de relato. Resultados: se observó que la percepción de los usuarios en relación al concepto de salud está relacionada al sentido de salud como la ausencia de la enfermedad, y sólo un participante demostró un conocimiento más amplio sobre la percepción de salud al usar el término felicidad para afirmar que es saludable. Conclusión: se entiende que las políticas públicas orientadas a la validación del derecho a la salud a la población en situación de calle todavía necesitan ser perfeccionadas con la ejecución de estrategias específicas que tengan la intención de promover y proteger la salud de tales individuos que son extremadamente vulnerables a la enfermedad.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Pessoas em Situação de Rua , Saúde Pública , Políticas Públicas de Saúde , Vulnerabilidade em Saúde , Acolhimento , Direito à Saúde , Epidemiologia Descritiva
4.
Niterói; s.n; 2018. 113 f p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-905837

RESUMO

A saúde está assegurada na Constituição Federal como um direito de todos e dever do Estado, e foi conquistado a partir de muitas lutas sociais. Caso o Estado não consiga efetivar o Direito à saúde por meio de seus atores sociais: cidadãos, sociedade, rede de atenção à saúde e a participação popular; podemos ter o nascimento de conflitos de âmbito litigioso para a efetivação do direito. Podemos considerar que esse processo é o mecanismo da judicialização da saúde. Este estudo busca investigar a judicialização na luta do cidadão pelo direito à saúde e discutir possíveis saídas para as demandas encontradas. Para alcançar o objetivo proposto, foi desenvolvido pesquisa documental, utilizando no primeiro momento fontes secundárias para conhecer o cenário nacional sobre judicialização; e no segundo dados obtidos diretamente no Tribunal de Justiça do estado do Rio de Janeiro. A pesquisa foi realizada considerando processos impetrados nos anos de 2015, 2016 e de janeiro a setembro de 2017. Os resultados da pesquisa de fonte secundária demonstraram: um número exorbitante de judicialização da saúde em diversos estados da nação, e considera a gestão, assistência; baixa participação popular como a origem do fenômeno, além de apontar problemas na descentralização, caracterizando o nível municipal com mais inferência e os medicamentos, insumos e assistência médico­hospitalar, na relação direta com as judicializações. Assim, apontam a resolução dos conflitos em saúde como saída da diminuição de judicializações futuras. Os dados, indicam que as judicializações ocorrem caracterizada como conflito nos seguintes campos: saúde suplementar; político administrativa na relação com o SUS, assistência médico hospitalar e; relação de medicamentos e insumos. Este estudo buscou-se a partir dos dados, propor saídas para as demandas encontradas a partir da mediação sanitária e da juridicização da saúde, além de considerar caminhos através da educação dos diversos atores envolvidos. Conclui-se que quanto aos estudos de fontes secundárias, os achados apresentam a necessidade de se discutir sobre a temática pelos diversos atores sociais, já que representa indicador de não funcionamento do sistema, principalmente a nível municipal e quanto a serviços, procedimentos e tratamento. Do mesmo modo, milhares de processos foram encontrados no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, evidenciando conflitos severos tanto na saúde suplementar e o SUS. Assim conclui-se que medidas educacionais e conciliadoras são as saídas para tais demandas encontras


Health is secured in the Federal Constitution as a right of all and duty of the State, and has been won from many social struggles. If the State fails to implement the right to health through its social actors: citizens, society, health care network and popular participation; we can have the birth of conflicts of litigious scope for the realization of the law. We can consider that this process is the mechanism of the judicialization of health. This study seeks to investigate the judicialization in the struggle of the citizen for the right to health and discuss possible outputs to the demands found. In order to reach the proposed objective, documentary research was developed, using in the first moment of secondary sources to know the national scene on judicialization; and in the second data obtained directly in the Court of the state of Rio de Janeiro. The research was carried out considering lawsuits filed in 2015, 2016 and from January to September 2017. The results of the secondary source research demonstrated: an exorbitant number of health judicialization in several states of the nation, and considers the management, assistance; low popular participation as the origin of the phenomenon, besides pointing out problems in the decentralization, characterizing the municipal level with more inference and the medicines, supplies and medical-hospital assistance, in the direct relation with the judicializations. Thus, they point to the resolution of conflicts in health as a way out of the decrease of future judicializations. The data, indicate that the judicializations occur characterized as conflict in the following fields: supplementary health; administrative policy in relation to the SUS, hospital medical care and; of drugs and inputs. This study was based on the data, propose outputs to the demands found from the health mediation and the juridicization of health, in addition to considering ways through the education of the various actors involved. It is concluded that in the studies of secondary sources, the findings present the need to discuss the theme by the various social actors, since it represents an indicator of non-functioning of the system, mainly at the municipal level and in terms of services, procedures and treatment. Likewise, thousands of lawsuits were found in the Rio de Janeiro Court of Justice, evidencing severe conflicts in both supplementary health and SUS. Thus it is concluded that educational and conciliatory measures are the way out of such demands


Assuntos
Judicialização da Saúde , Integralidade em Saúde , Direito à Saúde
5.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1024714

RESUMO

Objetivou-se identificar a produção científica sobre a Judicialização da Saúde, analisar esta produção nos últimos cinco anos e descrever como a Judicialização tem sido trabalhada. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura, tendo como objetivos identificar, analisar e descrever a produção científica sobre a judicialização da saúde nos últimos cinco anos Foram apresentados os resultados de uma revisão de publicações nacionais e internacionais, relacionadas a Judicialização da Saúde. Foram analisadas as pesquisas do período de 2013 a 2017. A amostra final foi composta por 23 estudos, enfatizou-se a Judicialização da Saúde como um processo com duas vertentes, a qual de um lado apresenta-se como aliada do SUS, garantindo o direito á Saúde. Porém de outro lado apresenta-se como deletéria, impossibilitando o princípio da Igualdade e da divisão de Recursos Financeiros, sendo um gasto instável para os gestores da saúde. Conclui-se assim, que a Judicialização da Saúde, favorece a população, porém beneficia poucos em detrimento de muitos, levantando debates quanto aos princípios do SUS e como correlacioná-los entre si, respeitando o Direito e a Integralidade da Saúde do litigante, assim como, a Igualdade e Equidade na prestação de serviços para a população


It aimed to identify the scientific production on the Judicialization of Health, analyze this production in the last five years and describe how the Judicialization has been worked. It is an integrative review of the literature, with the objective of identifying, analyzing and describing the scientific production on the judicialization of health in the last five years. The results of a review of national and international publications related to Health Judicialization were presented. analyzed the researches from the period from 2013 to 2017. The final sample consisted of 23 studies, emphasizing the Judicialization of Health as a two-tier process, which on the one hand it presents itself as an ally of the SUS, guaranteeing the right to Health. On the other hand, it presents itself as deleterious, making it impossible for the principle of Equality and for the division of Financial Resources to be an unstable expense for health managers. It concluded that the Health Judicialization favors the population, but it benefits few to the detriment of many, raising debates about the principles of SUS and how to correlate them with each other, respecting the Law and Health Integrality of the litigant, as well as Equality and Equity in the provision of services to the population


Assuntos
Humanos , Direito à Saúde , Integralidade em Saúde , Judicialização da Saúde
6.
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e4344], jan.-dez. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-911282

RESUMO

Objetivo: descrever a percepção de profissionais de saúde e clientes de um Centro de Atenção Psicossocial II (CAPS II) de um município do interior do Estado de São Paulo sobre os direitos humanos das pessoas com transtornos mentais. Método: estudo qualitativo, desenvolvido em 2008 e 2009 com cinco clientes e sete profissionais de saúde. Dados foram coletados por entrevista semiestruturada e analisados pela análise de conteúdo de Bardin. Pesquisa aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo sob os protocolos nº 1038/2009; CAAE - 249 e nº 0919/2008; CAAE - 143. Resultados: clientes e profissionais argumentam que a discriminação e o preconceito prejudicam a concretização dos direitos das pessoas com transtornos mentais. Conclusão: a atitude dos profissionais como agentes multiplicadores de informações e facilitadores do envolvimento dos clientes e famílias é relevante para a consolidação dos direitos


Objective: to describe the views held by health professionals and clients at a Psychosocial Care Center II (CAPS II) in a municipality in São Paulo State regarding the human rights of people with mental disorders. Method: in this qualitative study of five clients and seven health professionals, data were collected in 2008 and 2009 by semi-structured interview and analyzed using Bardin's content analysis. The project was approved by the Ethics Review Board at the School of Nursing of São Paulo University at Ribeirão Preto (Protocols Nos. 1038/2009; CAAE - 249 and 0919/2008; CAAE ­ 143). Results: clients and professionals argue that discrimination and prejudice impair fulfillment of the rights of people with mental disorders. Conclusion: health professionals are disseminators of information and facilitators of clients' and families' involvement and, as such, their attitudes are relevant to securing rights.


Objetivo: describir la percepción de profesionales de salud y clientes de un Centro de Atención Psicosocial II (CAPS II) de una municipalidad en el interior del estado de São Paulo sobre los derechos humanos de las personas con trastornos mentales. Método: estudio cualitativo, realizado en 2008 y 2009, junto a cinco clientes y siete profesionales de salud. Los datos fueron recolectados por entrevista semiestructurada y analizados por el análisis de contenido Bardin. La investigación fue aprobada por el Comité de Ética en Investigación de la Escuela de Enfermería de Ribeirão Preto de la Universidad de São Paulo, Nº de protocolo 1038/2009; CAAE - 249 y Nº 0919/2008; CAAE-143. Resultados: clientes y profesionales argumentan que la discriminación y el prejuicio perjudican la consecución de los derechos de las personas con trastornos mentales. Conclusión: la actitud de los profesionales como multiplicadores de información y facilitadores de la participación de los clientes y sus familias es relevante para la consolidación de los derechos


Assuntos
Humanos , Enfermagem Psiquiátrica , Direito à Saúde , Saúde Mental , Assistência Integral à Saúde , Direitos Humanos , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Transtornos Mentais
7.
Rio de Janeiro; s.n; 2017. 182 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-909313

RESUMO

Trata-se de uma tese de caráter teórico-conceitual e jurídico, que traz um diálogo entre o campo jurídico e o da saúde. Seu objeto de estudo é a judicialização da saúde pública e seu papel para a conquista do acesso aos cuidados de saúde, com base em conceitos como dignidade da pessoa humana, saúde como direito universal e dever do Estado, direito a um ambiente saudável no trabalho, teoria da reserva do possível, mínimo existencial e a judicialização e suas implicações para o sistema de saúde, para as práticas de saúde e para a enfermagem. Considerando que o enfermeiro é um profissional que possui atividades que variam desde a assistência até a gestão e suas ações são influenciadas pelas variáveis sociopolíticas, acredita-se que este profissional deva estar preparado para mudanças e surgimento de problemas complexos. O objetivo geral foi analisar a questão da judicialização na saúde, com base na análise de ações civis públicas cujo objeto fosse a saúde pública. Os objetivos específicos foram: identificar, nos casos estudados, os principais desfechos judiciais obtidos e os motivos das demandas; analisar as principais fundamentações utilizadas nas demandas; discutir sobre até que ponto a judicialização é um problema ou uma solução imediata na garantia dos direitos constitucionais dos cidadãos e apresentar os limites da intervenção do judiciário. Para tal, optou-se por um estudo de caráter qualitativo, do tipo descritivo e exploratório, com leitura e análise crítica e interpretativa do material, à luz do referencial teórico. O percurso metodológico escolhido foi o estudo de caso, o qual teve quatro fases: delimitação da unidade-caso; coleta de dados; seleção, análise e interpretação dos dados e elaboração do relatório. Como resultado, foram encontrados dois casos selecionados aleatoriamente, que abordavam a judicialização da saúde pública no Estado do Rio de Janeiro. Ambas são ações civis públicas movidas pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro em face do Estado (lato sensu). Surgiram motivados pela má qualidade na assistência em hospitais públicos localizados no Estado do Rio de Janeiro, culminando no descumprimento do art.196 da Constituição Federal. Ao analisar os casos discutidos e a bibliografia consultada, concluiu-se que o aumento recente da judicialização da saúde no Brasil, principalmente depois da Constituição de 1988, é uma consequência natural, resultante da conjuntura política e econômica que aqui se impôs. Desde que a saúde foi elevada a um direito fundamental e passou a ser direito de todos e dever do Estado, a dimensão jurídica da cidadania passa a prevalecer, levando os usuários do SUS a buscarem seus direitos junto ao poder judiciário, a fim de conseguirem bens e direitos, aqueles que são importantes para a garantia da saúde e que, de alguma forma, estão sendo negados, geralmente, pela omissão dos poderes executivo e legislativo. Por derradeiro, conclui-se que, em um Estado Democrático de Direito, não há espaço para um superpoder, nem se pretendeu defender isso com esta tese, mas, também, não se pode continuar aceitando a omissão dos poderes executivo e legislativo, prejudicando, principalmente, a população mais vulnerável, mais desassistida.


It is a thesis of conceptual and legal character, which brings a dialogue between the legal and the field of health. Its object of study was the judicialization of public health and your role in the access to health care, based on concepts like human dignity, health as a universal right and duty of the State, the right to a healthy environment at work, theory of possible existential minimum reserve and judicialization and its implications for the health system for health and practices for nursing. Considering that the nurse is a professional who has activities that range from assistance to the management and their actions are influenced by the socio-political variables, it is believed that this professional should be prepared for changes and emergence of complex problems. The overall objective was to analyze the issue of judicialization on health, based on the analysis of public civil actions whose object was public health. The specific objectives were: to identify, in the cases studied, the main judicial outcomes obtained and the reasons for the demands; analyze the main reasons used in the claims; discuss to what extent judicialization is a problem or an immediate solution on the constitutional rights of citizens and provide the limits of judicial intervention. To this end, we opted for a qualitative character study, descriptive and exploratory type, with reading and critical and interpretive analysis of the material, in the light of the theoretical. The methodological path chosen was the case study, which had four phases: demarcation of unit-case; data collection; selection, analysis and interpretation of data and drafting of the report. As a result, were found two randomly selected cases that addressed public health judicialization in the State of Rio de Janeiro. Both are public civil actions filed by the Public Ministry of Rio de Janeiro State in the face of the State (lato sensu). Appeared motivated by the poor quality in assistance in public hospitals located in the State of Rio de Janeiro, culminating in breach of article 196 of the Federal Constitution. When analyzing the cases discussed and the bibliography consulted concluded that the recent increase of the judicialization of health in Brazil, especially after the 1988 Constitution, is a natural consequence resulting from the political and economic situation here has imposed. Since health was a fundamental right and became everyone's right and duty of the State, the legal dimension of citizenship goes to prevail, leading users of SUS to seek their rights by the judiciary, in order to gain assets and rights, those that are important for health and assurance that somehow , are being denied, generally, by the omission of the Executive and legislative branches. For ultimate, it is concluded that, in a democratic State of law, there is no room for a superpower, even if intended to defend it with this thesis, but, also, we cannot continue accepting the omission of the Executive and legislative branches, damaging, mainly the most vulnerable population, more unassisted.


Assuntos
Judicialização da Saúde/políticas , Poder Judiciário , Legislação como Assunto , Enfermagem , Direito à Saúde/legislação & jurisprudência , Brasil
8.
Rev. enferm. UERJ ; 24(5): e16681, set./out. 2016.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem, LILACS | ID: biblio-948021

RESUMO

Objetivo: identificar os cuidados às crianças com foco na prevenção de acidentes na infância, na idade entre seis meses e menores de dois anos, relatados por mães adolescentes, na perspectiva da defesa do direito à saúde. Método: estudo exploratório, com análise qualitativa temática indutiva dos dados, realizado no município de Passos, Minas Gerais, Brasil, em 2014, a partir de entrevistas semiestruturadas gravadas com vinte mães adolescentes. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa, CAAE: 21800413.9.0000.5112. Resultados: os relatos maternos foram organizados em dois temas: Cuidar e reconhecer a necessidade de vigilância constante; A família como suporte para o cuidado protetor. Os resultados apontam preocupações sobre os acidentes na infância e o papel da família nas ações de prevenção. Conclusão: o cuidado protetor da saúde da criança foi vislumbrado como uma responsabilidade materna e da família, ocorrendo por meio da vigilância constante e de adequações no ambiente doméstico.


Objective: to identify childcare focused on preventing accidents in childhood, at age six months to two years, reported by adolescent mothers, from a right-to-health perspective. Methods: this exploratory study applied qualitative, inductive thematic content analysis to semi-structured interviews of 20 adolescent mothers in the municipality of Passos in Minas Gerais, Brazil, in 2014. The study was approved by the Research Ethics Committee (CAAE - 21800413.9.0000.5112). Results: the mothers' reports were organized into two themes: Caring, and recognizing the need for constant monitoring; The family as support for protective care. The results pointed to concerns about childhood accidents and the family's role in preventive action. Conclusion: care to protect children's health was envisaged as the mothers' and families' responsibility, and as occurring through continuous monitoring and adjustment of the home environment.


Objetivo: identificar los cuidados a los niños con enfoque en la prevención de los accidentes en la infancia, de edad entre seis meses y dos años, reportados por las madres adolescentes, con el fin de defender el derecho la salud. Método: estudio exploratorio con análisis cualitativo temático inductivo de los datos, llevado a cabo en el municipio de Passos, Minas Gerais, Brasil, en 2014, a partir de entrevistas grabadas junto a veinte madres adolescentes. El estudio fue aprobado por el Comité de Ética en Investigación, CPEE: 21800413.9.0000.5112. Resultados: los informes maternos se organizaron en dos temas: El cuidado y reconocimiento de la necesidad de una vigilancia constante; La familia como un apoyo para el cuidado de protección. Los resultados muestran preocupación acerca de los accidentes en la infancia y el papel de la familia en las acciones de prevención. Conclusión: el cuidado protector de la salud de los niños fue concebido como una responsabilidad de la madre y de la familia, pasando por la vigilancia constante y ajustes en el hogar.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Lactente , Pré-Escolar , Criança , Adolescente , Saúde da Criança , Prevenção de Acidentes , Promoção da Saúde , Relações Mãe-Filho , Direito à Saúde , Estudos de Avaliação como Assunto , Criança , Cuidadores
9.
Ciênc. cuid. saúde ; 15(3): 489-497, Jul.-Set. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-974865

RESUMO

RESUMO Trata-se de um estudo de caso interpretativo desenvolvido com o objetivo de descrever as experiências de pessoas que recorreram à via judicial para ter acesso a medicamentos no Sistema Único de Saúde. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada nos domicílios de oito pessoas que recorreram a essa via, residentes em um município localizado no sudoeste do Estado de Goiás. A experiência de acesso ao medicamento foi marcada por barreiras que estão interligadas aos diversos níveis do sistema de saúde; envolvem aspectos organizacionais e assistenciais relacionados à informação, ao acolhimento e à resolutividade. A necessidade do tratamento contínuo da condição crônica e a dificuldade financeira foram os fatores determinantes para que os participantes recorressem à justiça. Observou-se a necessidade de aprimorar o acolhimento e a comunicação entre a equipe de saúde envolvida no acesso ao medicamento e de qualificar os profissionais da saúde para uma compreensão ampliada da assistência farmacêutica no Sistema Único de Saúde.


RESUMEN Se trata de un estudio de caso interpretativo desarrollado con el objetivo de describirlas experiencias de personas que recurrieron a la vía judicial para tener acceso a medicamentos en el Sistema Único de Salud de Brasil. Los datos fueron recolectados por medio de entrevista semiestructurada en los domicilios de ocho personas que recurrieron a esta vía, residentes en un municipio ubicado en el sudoeste del Estado de Goiás. La experiencia de acceso al medicamento fue marcada por obstáculos que están interconectados a los diversos niveles del sistema de salud; involucran aspectos organizacionales y asistenciales relacionados a la información, acogiday resolutividad. La necesidad del tratamiento continuo de la condición crónica yla dificultad financiera fueron los factores determinantes para que los participantes recurrieran a la justicia. Se observól a necesidad de perfeccionar la acogiday comunicación entre el equipo de salud involucrado en el acceso al medicamento y de calificar a los profesionales de la salud para una comprensión ampliada de la asistencia farmacéutica en el Sistema Único de Salud.


ABSTRACT The present study is an interpretative case study developed to describe the experiences of people who have resorted to judicial proceedings to gain access to medications in the Unified Health System. Data were collected through semi-structured interviews in the homes of eight individuals who have used this approach, who lived in a city in the southwest of the State of Goiás. The experience of access to medications was marked by barriers that are interconnected to the different levels of the health system; they involve organizational and assistance aspects related to information, embracement and resolution. The need for continued treatment of chronic conditions and financial difficulties were the determining factors for participants to resort to judicial proceedings. The need to improve embracement and communication among the health teams involved in access to medications, and to qualify health professionals for a broader understanding of pharmaceutical care in the Unified Health System, was observed.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Assistência Farmacêutica/legislação & jurisprudência , Ministério Público/organização & administração , Acesso a Medicamentos Essenciais e Tecnologias em Saúde , Acesso aos Serviços de Saúde/legislação & jurisprudência , Equipe de Assistência ao Paciente , Sistema Único de Saúde/estatística & dados numéricos , Preparações Farmacêuticas , Direitos do Paciente/legislação & jurisprudência , Direito à Saúde/legislação & jurisprudência
10.
Rev. eletrônica enferm ; 16(2): 394-400, 20143006.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-832284

RESUMO

As implicações do adoecimento por câncer exigem da pessoa adoecida e de sua família a busca por cuidados profissionais, que nem sempre são oferecidos de maneira resolutiva às suas necessidades, o que os leva a recorrer à instância jurídica para a efetivação do direito à saúde. Objetivou-se, nesse sentido, analisar contenda do direito à saúde entre os poderes do Estado e Magistrado em decisões judiciais envolvendo demandas em saúde de pessoas que vivenciam o agravo câncer. Estudo de abordagem qualitativa de caráter documental com análise de 34 decisões judiciais relativas ao período de maio/2008 a abril/2009, do TJMT. Das decisões analisadas, 88,2% foram por solicitação de medicamentos, 11,7% por suplementos nutricionais, 2,9% por transporte terrestre e 2,9% por neurocirurgia. No decorrer da análise, percebeu-se que os argumentos utilizados pelo Estado foram insuficientes mediante aqueles que o Magistrado apresentou ao reiterar o direito à vida, constitucionalmente garantido, sobrepondo-se aos interesses estatais


The implications of developing cancer demand that affected individuals and their families seek professional care, which are not always offered in a manner adequate to their needs. This leads them to appeal to court instances in order to guarantee their right to health. The goal of the present study is to analyze legal struggles in relation to the health of people with cancer. It is a qualitative documentary study analyzing 34 court rulings relative to the period of May 2008 to April 2009, made by the Mato Grosso Court of Justice (TJMT). Out of these, 88.2% were requests for medication, 11.7% for nutritional supplies, 2.9% for land transportation and 2.9% for neurosurgery. Throughout the analysis, we realized that the arguments used by the State were insufficient before those presented by the magistrate used to reaffirm the right to life as guaranteed by the constitution, which takes precedence over interests of the State


Las implicancias del padecimiento de cáncer exigen de la persona enferma y de su familia la búsqueda de cuidadosprofesionales, no siempre ofrecidos de modo resolutivo de sus necesidades, lo cual los lleva a recurrir a instancias jurídicas para efectivizar su derecho a la salud. Se objetivó analizar procesos del derecho a la salud entre los Poderes estatales y Magistrados en sentencias involucrando demandas de salud de personas afectadas por c áncer. Estudio de abordaje cualitativo, de carácter documental, analizando 34 sentencias jurídicas emitidas de mayo/2008 a abril/2009, del TJMT. De las sentencias analizadas, 88,2% correspondió a solicitud de medicamentos, 11,7% a suplementos nutricionales, 2,9% a transporte terrestre y 2,9% a neurocirugía. Durante el análisis, percibimos que los argumentos esgrimidos por el Estado fueron insuficientes frente a aquellos esgrimidos por el Magistrado al respaldar el derecho a la vida, constitucionalmente garantizado, superponiéndolo a los intereses estatales.


Assuntos
Decisões Judiciais , Neoplasias , Enfermagem , Direito à Saúde
11.
Rev. enferm. UERJ ; 21(4): 546-550, out.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-747433

RESUMO

A Constituição Federal de 1988 garantiu a todos os brasileiros o direito à saúde, entretanto, o Sistema Único de Saúde nem sempre consegue atender às demandas da população, o que desencadeou o aumento das ações judiciais na área da saúde. A esse fenômeno dá-se o nome de judicialização. Este artigo pretende trazer uma reflexão sobre esse fenômeno, discutindo a dignidade da pessoa humana como um valor e o direito à saúde como um princípio republicano, ambos garantidos pela Constituição Federal. Além disso, aborda as duas posições antagônicas que se encontram nos estudos sobre a judicialização - como um verdadeiro exercício da cidadania e como a atuação indevida do poder judiciário no poder executivo. Por fim, levanta a importância da ampliação do conhecimento da enfermagem sobre esse fenômeno atual.


The Constitution of 1988 guaranteed to all Brazilians the right to health, however, the Health System, can notal ways meet the demands of the population, which triggered an increase in lawsuits in healthcare. This phenomenon gives the name of legalization. This article aims to reflect on this phenomenon, discussing the dignity of the human person as a value and the right to health as a republican principle, both guaranteed by the Constitution. Furthermore, it addresses the two conflicting studies are about legalization as a true citizenship and as nuisance activation of the judiciary in the executive power. Finally, raises the importance of increasing nursing‘s understanding on this phenomenon.


La Constitución Federal de 1988 garantiza a todos los brasileños el derecho a la salud, sin embargo, el Sistema Único de Salud ni siempre puede satisfacer las demandas de la población, lo que provocó un aumento de las acciones judiciales en el área de la salud. A ese fenómeno se da el nombre de judicialización. Este artículo tiene como objetivo reflexionar sobre ese fenómeno, hablando de la dignidad de la persona humana como un valor y el derecho a la salud como un principio republicano, ambos garantizados por la Constitución Federal. Además, aborda las dos posiciones antagónicas encontradas en los estudios sobre la judicialización: como un verdadero ejercicio de ciudadanía y como la actuación indebida del poder judiciario en el poder ejecutivo. Por fin, plantea la importancia de la ampliación del conocimiento de la enfermería sobre ese fenómeno actual.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Acesso aos Serviços de Saúde/legislação & jurisprudência , Constituição e Estatutos , Cuidados de Enfermagem , Direito à Saúde , Poder Judiciário , Brasil , Pesquisa
12.
Ciênc. cuid. saúde ; 12(4): 719-727, out.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-735642

RESUMO

O objetivo do presente estudo foi analisar narrativas de enfermeiros sobre o cuidado da criança na prática de puericultura, à luz do cuidado e da defesa do direito à saúde. Trata-se de estudo exploratório com análise qualitativa dos dados, a partir de entrevistas semiestruturadas gravadas com 14 enfermeiros que atuam na Estratégia Saúde da Família do município de Passos-MG, sendo realizada análise temática dos dados. Nos resultados, as narrativas trazem aspectos sobre a avaliação da criança, identificação de situações vulneráveis e dificuldades na abordagem e condução dos casos. Retratam formas complexas e intersubjetivas de defesa da saúde da criança, requerendo responsabilidades e aprimoramento de saberes e práticas, para defender e proteger os sujeitos. Considera-se que os elementos fundamentais do cuidado de enfermagem englobaram atenção, sensibilidade e habilidade de comunicação para efetivar o cuidado e a advocacia em saúde, para respeitar, proteger e efetivar os direitos da criança, de modo integral e longitudinal.


The present study aims at analyze narratives of nurses about care in child care practice, by the light of the care and defense of the right to health. This is an exploratory study using qualitative data analysis, from semistructured interviews recorded with 14 nurses working in the Family Health Strategy of the municipality of Passos-MG, being performed thematic analysis of the data. In the results narratives bring aspects of the evaluation of the child, identification situations vulnerable and difficulties in addressing and handling of the cases. Depict complex and intersubjective shapes of defense of child health, requiring responsibilities and enhancement of knowledge and practices to protect and defend the subjects. It is considered that the fundamental elements of nursing care include attention, sensitivity and communication skills to effect care and health advocacy, to respect, protect and implement the rights of the child so full and longitudinal.


El objetivo de este estudio fue analizar las narrativas de enfermeros sobre el cuidado al niño en la práctica de la puericultura, a la luz de la atención y de la defensa del derecho a la salud. Se trata de un estudio exploratorio con análisis cualitativo de los datos, a partir de entrevistas semiestructuradas grabadas con 14 enfermeros que actúan en la Estrategia Salud de la Familia del municipio de Passos-MG, siendo realizado un análisis temático de los datos. En los resultados, las narrativas traen aspectos sobre la evaluación del niño, identificación de situaciones vulnerables y dificultades en el abordaje y manejo de los casos. Retratan formas complejas e intersubjetivas de defensa de la salud del niño, requiriendo responsabilidades y perfeccionamiento de los saberes y prácticas para defender y proteger a los sujetos. Se considera que los elementos fundamentales de la atención de enfermería incluyen atención, sensibilidad y habilidad de comunicación para efectuar el cuidado y la defensa de la salud, para respetar, proteger y aplicar los derechos del niño de manera plena y longitudinal.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Enfermagem , Atenção Primária à Saúde , Direito à Saúde
13.
Cogitare enferm ; 18(4): 647-654, out.-dez. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-717820

RESUMO

Estudo objetivou analisar a contraposição entre os discursos do Poder Judiciário e do Poder Executivo, contendores em decisão judicial acerca do direito à saúde de criança em situação de adoecimento crônico com desnutrição grave. Trata-se de estudo descritivo de abordagem qualitativa, baseado em análise documental de decisão judicial do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, demandando o fornecimento de insumo alimentar e medicamentos. A análise mostrou que o Estado, apesar de suas responsabilidades em garanti-los, nega concedê-los afirmando a necessidade de gestão na distribuição farmacêutica, o desconhecimento do risco de morte do bebê e limites nos recursos financeiros da saúde. O estudo evidencia a contradição do discurso do Estado brasileiro na proteção de seus cidadãos, especificamente as crianças. Esta contradição mostra que o Estado descumpre abertamente a legislação, considerando as questões administrativas como mais prioritárias que o bem estar de criança vulnerável.


This study aimed to analyze the contrast between the discourses of the Judiciary and the Public Authority, contenders in judicial decision-making regarding the right to health of the child in a situation of chronic illness with serious malnutrition. It is a descriptive study with a qualitative approach, based on documental analysis of the judicial decision-making of the Court of Justice of Mato Grosso, requiring the provision of nutritional intake and medications. The analysis showed that the State, in spite of its responsibilities to guarantee these, declines to concede them, asserting the need for management in the distribution of medications, lack of knowledge of the risk of death for the baby, and limits on the financial resources for health. The study evidences the contradiction of the discourse of the Brazilian State in the protection of its citizens, in particular the children. This contradiction shows that the State openly fails to comply with the legislation, considering administrative issues as having priority over the well-being of vulnerable children.


Estudio cuya finalidad fue analizar la contraposición entre los discursos del Poder Judiciario y del Poder Ejecutivo, responsables por decisión judicial acerca del derecho a la salud del niño en situación de enfermedad crónica con desnutrición grave. Se trata de estudio descriptivo de abordaje cualitativo, basado en análisis documental de decisión judicial del Tribunal de Justicia de Mato Grosso, demandando fornecimiento de insumo alimentar y medicamentos. El análisis evidenció que el Estado, a pesar de sus responsabilidades en garantizarlos, niega concederlos afirmando la necesidad de gestión en la distribución farmacéutica, el desconocimiento del riesgo de muerte del bebé y límites en los recursos financieros de la salud. El estudio evidencia la contradicción del discurso del Estado brasileño en la protección de sus ciudadanos, específicamente los niños. Esta contradicción muestra que el Estado no cumple la legislación, dando más prioridad a las cuestiones administrativas que al bienestar del niño vulnerable.


Assuntos
Humanos , Direito à Saúde , Saúde da Criança , Decisões Judiciais , Instalações de Saúde
14.
Online braz. j. nurs. (Online) ; 12(suplementar)out. 2013.
Artigo em Inglês, Espanhol, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-698488

RESUMO

Introduction: Albino people (PA) are more likely to become sunburned, to develop skin lesions and skin cancer then people without this condition. From the Right-to-Health perspective, this study will try to identify PA who have exceeded the skin cancer risk limits. Aims: To identify PA with skin neoplasms; to describe their main characteristics; to find out about their therapeutic route; and to discuss healthcare from the PA's perspective. Method: It is a descriptive study that has been developed in two complementary stages: (i) a sectional study of the PA population who are receiving treatment at the dermatology ambulatory center of the study setting; (ii) this second stage has been carried out using a qualitative approach. The sources of data include medical reports and interviews with the PA participants. The quantitative data will be analyzed through the use of simple statistics. The semi-structured interviews will be transcribed and analyzed using the Content Analysis method. This study has been approved under protocol EEAN/HESFA/UFRJ, no 371.467...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Albinismo , Cuidados de Enfermagem , Direito à Saúde , Neoplasias Cutâneas
16.
Rev. RENE ; 13(4): 919-928, set.-dez. 2012.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-679882

RESUMO

Neoplasias malignas representam a segunda causa de morte na população brasileira e mundial. Objetivou-se descrever a demanda do direito à saúde no Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJMT) sobre medicamentos para pessoas com câncer. Abordagem metodológica qualitativa documental de decisões judiciais do TJMT, sendo os principais achados: tipo de medicação e modo de nomeação; situação de adoecimento e medicamento solicitado; tipo de ação jurídica; diferentes discursos; justificativa da demanda pelo autor da ação; negativa ou não do magistrado; fundamentação e justificativa da decisão pelo magistrado; visibilidade conferida à pessoa na ação judicial. A discussão aponta para negação do Estado em oferecer à pessoa com câncer medicamentos não preconizados em políticas específicas. Assim, estas pessoas acessam o poder judiciário para amenizar seus problemas de forma pontual. Seus pedidos são acolhidos pelos magistrados, embora haja a oposição do próprio Estado em efetivar-lhes o direito à saúde.


Assuntos
Decisões Judiciais , Direito à Saúde , Neoplasias , Direito à Saúde/legislação & jurisprudência
17.
Rev. eletrônica enferm ; 14(1): 68-76, jan.-mar. 2012. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-693802

RESUMO

Buscou-se compreender como o Tribunal de Justiça de Mato Grosso contribui na efetivação do direito à saúde, ao atuar como mediador na demanda de pessoas e/ou famílias por suplementos. Objetivou conhecer a origem, o motivo, o objeto, o sujeito demandante e a resolutividade das decisões judiciais. Trata-se de estudo qualitativo baseado em pesquisa documental. Das 28 decisões analisadas, 92,8% (26) demandaram compostos alimentares e 7,1% (2), fitas de controle glicêmico. O magistrado acolheu o pedido em 96,5% (27) das decisões, recorrendo estritamente à Constituição Federal, em seu discurso sobre o direito à saúde, e à prescrição médica como prova jurídica. Tais prescrições impõem marcas comerciais em 100% (28) dos casos, e a alergia alimentar pediátrica constitui principal motivo da demanda, 17,8% (5). A maioria dos adoecimentos, considerados condições crônicas de saúde, demanda cuidados continuados e prolongados, frente aos quais o caráter pontual das decisões judiciais pouco contribui para efetivação da equidade e integralidade em saúde.


This study aimed at understanding how the Mato Grosso Court of Justice contributes to the right to health, by working as the mediator for the demands of people and/or families for supplemental health care. The objective was to identify the origin, reason, object in demand and the subject making the request, as well as determining how the demand was resolved in regards to the legal decision made. This qualitative study is based on documental research. Of the 28 analyzed decisions, 92.8% (26) requested food, and 7.1% (2) required glucose test strips. The judge endorsed the request in 96.5% (27) of the cases, referring to the Federal Constitution in the discourse regarding the right to health, and using the medical prescription as legal evidence. The referred prescriptions mention commercial brands in 100% (28) of the cases, and pediatric food allergy is the main reason for the demand (17.8%) (5). Most diseases considered to be chronic health conditions demand continuous and prolonged care, and the timely character of legal decisions do not contribute much to the equality and comprehensiveness of health care.


Se buscó comprender cómo el Tribunal de Justicia de Mato Grosso contribuye en la efectivización del derecho sanitario, actuando como mediador en demandas de personas y/o familias por suplementos. Se objetivó conocer origen, motivo, objeto, sujeto demandante y resolutividad de los fallos. Estudio cualitativo basado en investigación documental. De 28 fallos analizados, 92,8% (26) demandaron complementos alimentarios y 7,1% (2) cintas de control glucémico. El magistrado acogió el pedido en 96,5 (27) de sus fallos, recurriendo estrictamente a la Constitución Federal en su discurso sobre derecho a la salud, y a la prescripción médica como prueba jurídica. Tales prescripciones imponen marcas comerciales en 100% (28) de los casos; alergia alimentaria pediátrica constituyó principal motivo de demanda, 17,8% (5). La mayoría de padecimientos, considerados condiciones crónicas de salud, demanda cuidados continuos y prolongados; frente a ellos, el carácter puntual de los fallos poco contribuye para efectivizar equidad e integralidad en salud.


Assuntos
Humanos , Doença Crônica , Suplementos Nutricionais , Direito à Saúde/legislação & jurisprudência , Decisões Judiciais
18.
Enfoque (Panama) ; 11(6): 20-26, ene.-jun. 2012.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028588

RESUMO

La bioética surgió en 1971 por el oncólogo norteamericano Rensselaer Van Potter, como una disciplina encaminada a conseguir el bién social. Surge en respuesta a la deshumanización de las ciencias de la salud, en un intento por regular las nuevas tecnologías y avances científicos, para respetar la vida y la dignidad humana. Para resolver estos dilemas, se han enunciado algunos principios: el de beneficencia, no maleficencia, autonomía y justicia, que pueden ser asumidos por todos o la mayoría, independientemente de sus creencias o ideologías. Para hacer valer esos principios la enfermera debe realizar una práctica correcta, adecuada y eficiente, siguiendo las pautas del Código Deontológico de Enfermería. Allí se establece claramente el respeto a los derechos humanos, con inclusión del derecho a la vida, a la dignidad; que son inherentes a la enfermería. El profesional con altos valores morales promoverá el respeto hacia los demás, su actitud siempre será de conciliación, tendrá sensibilidad al dolor ajeno, será comprensivo y el servicio será en función al bienestar común; de otro modo se fragmentaría el enlace con los principios bioéticos. Servicio, amor y responsabilidad, son solo reflejos de cuántos valores se requieren para ejercer esta profesión por vocación, constituyendo una sólida base para orientar las acciones del cuidado.


Bioethics emerged in 1971, by the American oncologist Van Rensselaer Potter, as a discipline aimed at achieving socia welfare. It arises in response to the dehumanization of health sciences, in an attempt to regulate new technologies and scientific advances, to respect life and human dignity. To solve this dilemma, some principles have been stated: beneficence, nonmal eficence, autonomy and justice, which can be assumed by all or most people, regardless of their belirfs or ideologies. To enforce these principles the nurse must perform a correct, adequate, and efficient practice; following the guidelines of the Nursing Code of Ethics. In this code, here is clearly established respect for human rights, including the right to life, dignity, which are inherent in nursing. Nursing Professionals with higt moral values promote respect for others, his attitude will always be of conciliation; they have sensitive to others` pain, will be comprehensive and will be based on service tothe common welfare; otherwise the link with bioetic principles will be fragmented. Service, love and responsibility are just reflections of how values are required for this profession by vocation, constituting a basis for guiding actions of care given.


Assuntos
Humanos , Direito à Saúde , Humanismo , Pessoalidade , Ética em Enfermagem , Bioética/história , Relações Enfermeiro-Paciente
19.
Enferm. foco (Brasília) ; 1(3): 94-97, nov. 2010.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028089

RESUMO

Pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva que busca explicar as situações vivenciadas pelos enfermeiros relacionadas ao encaminhamento de paciente para internação na UTI por decisão judicial. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Unisinos. Verifica-se que os enfermeiros, em sua maioria, estão assumindo seu papel com cidadania e orientando os familiares a procurar ajuda junto ao Ministério Público, a fim de viabilizar ao paciente grave um leito de UTI...


That is qualitative, exploratory and descriptive research that aims to describe the situations experienced by nurses involved in the referring of a patient to the ICU by judicial decision. That is a project approved by Unisimos’ ethics and research committee. It is verified that most of nurses are assuming their role as citizens; they are guiding families to seek support, and seek support in prosecutor aiming to become available an ICU bed...


Se trata de una investigación exploratória, cualitativa y descriptiva con el objetivo de describir lãs situaciones vivenciadas por los enfermeros(as) relacionadas al encaminamiento del paciente para hospitalización en UCI por la decisón judicial. Se trata de um proyecto aprovado por el comitê de ética e investigación de la Unisinos. Parece que los enfermeros, en su mayoría, están haciendo su parte a la ciudadanía, están impulsando a las familias a buscar ayuda, buscar la ayuda del fiscal a fin de hacer posible, al paciente critico, una cama en la UCI...


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Assistência à Saúde , Direito à Saúde , Unidades de Terapia Intensiva , Acesso aos Serviços de Saúde , Enfermagem em Emergência , Papel do Profissional de Enfermagem
20.
Rev. eletrônica enferm ; 11(3)set. 2009.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-549710

RESUMO

No Brasil, a vivencia da condição crônica, principalmente das pessoas afetadas por limitações e incapacidades, é marcada por uma trajetória de desafios e sofrimentos em busca por atendimento as suas necessidades. A enfermagem tem consciência da responsabilidade frente às questões vivenciadas por elas ao mesmo tempo em que reconhece a força política que elas podem ter ao constituir grupos organizados. Assim, procuramos relatar a experiência da participação da enfermagem na criação de três associações de usuários em Mato Grosso. Nosso objetivo foi dar visibilidade a essa iniciativa e explicitar a base epistemológica em que ela vem se sustentando, articulando teorias com a nossa práxis como profissionais e pesquisadores em saúde. Relatamos como estabelecemos a relação com os usuários e seus familiares que vivenciam condições crônicas de saúde. Consideramos que conseguimos incentivar o exercício da politicidade, o conhecimento das responsabilidades do Estado e o reconhecimento da força concreta das associações como instrumentos de apoio na busca por atenção as necessidades de vida e saúde. Porém percebemos que, devido as dificuldades que essas pessoas encontram na produção de sua própria existência, esse é um apoio que precisa ser mais intensivo e continuado do que havíamos pensado inicialmente.


In Brazil, the experience of chronic condition, mainly for people affected by limitations and disabilities, is marked by a history of challenges and sufferings when seeking care for their needs. The nursing is aware of the responsibilities facing by issues lived for them while it recognized the political power that they can acquire to constitute themselves as a politically organized group. In this report we bring the experience of the nursing in the creation of three users? associations in Mato Grosso. Our objective was to aid this initiative and to explain the epistemological basis on which has been supporting this work, articulating theories with our practice as professionals and researchers in health. It was reported as we established the relationship with users and their families who experience chronic health conditions. We believe that we encourage the exercise of policy, the knowledge of the State?s responsibilities and the recognition of the strength of associations as instruments to support the search for attention to needs of life and health. However, due to the great difficulties that these people face in the production of their existence, this is a support that should be continued and more intensive than initially we thought.


En Brasil, la vivencia de la condición crónica de salud, principalmente de las personas afectadas por limitaciones e incapacidades, es marcada por una trayectoria de desafíos y de sufrimientos cuando buscan atención a sus necesidades de salud. La enfermería tiene consciencia de la responsabilidad frente a las cuestiones vivenciadas por ellas, al mismo tiempo que reconoce la fuerza política que ellas pueden adquirir al constituirse como un grupo organizado políticamente. En este relato traemos la experiencia de la participación de la enfermería en la creación de tres asociaciones de usuarios en la provincia de Mato Grosso, Brasil. Nuestro objetivo fue dar visibilidad a esa iniciativa y explicitar el sustento epistemológico en que se apoya este trabajo, articulando teorías con nuestra praxis como profesionales y investigadores en salud. Relatamos como establecemos la relación con los usuarios y sus familiares que vivencian condiciones crónicas de salud. Consideramos que conseguimos incentivar el ejercicio de conductas políticas, el conocimiento de las responsabilidades del Estado y el reconocimiento de la fuerza concreta de las asociaciones como instrumentos de apoyo en la busca por atención a las necesidades de vida y de salud. Pero, debido a las grandes dificultades que esas personas tienen para la producción de su propia existencia, este suporte debe ser más intenso y continuado de lo que pensamos inicialmente.


Assuntos
Direito à Saúde , Doença Crônica , Educação em Saúde , Enfermagem , Saúde de Grupos Específicos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA