Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Enferm. foco (Brasília) ; 10(1): 140-145, jan. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028069

RESUMO

Objetivo: analisar os aspectos éticos e legais da morte encefálica conhecidos por estudantes de enfermagem. Metodologia: pesquisa qualitativa com vinte estudantes de enfermagem de uma instituição superior de ensino, no período de junho a julho 2014, por entrevistas gravadas, submetida a análise do discurso do Sujeito Coletivo. Resultados: os conhecimentos adquiridos pelos estudantes de enfermagem envolvem seis dimensões expressa nas ideias centrais: Ações para identificação de possíveis doadores em morte encefálica; Confirmação de morte encefálica e seu registro; Aspectos éticos e legais da comunicação à família sobre morte encefálica; Tomada de decisão da família sobre a doação ou não de órgãos; Assinatura do Termo de consentimento livre e esclarecido pela família; Garantia da integridade do corpo. Conclusão: os estudantes de enfermagem conhecem as normativas que regem a doação de órgãos, valorizam a autonomia da família, necessários para a tomada de decisão frente a ética do cuidado.


Objective: to analyze the ethical and legal aspects of brain death known to nursing students. Methodology: qualitative research with twenty nursing students from a higher education institution, from June to July 2014, by recorded interviews, submitted to the analysis of the Discourse of the Collective Subject. Results: the knowledge acquired by nursing students involves six dimensions expressed in the central ideas: Actions to identify possible donors in brain death; Confirmation of encephalic death and its registration; Ethical and legal aspects of communication to the family about brain death; Family decision-making on organ donation or non-donation; Signature of the informed consent form by the family; Guarantee of the integrity of the body. Conclusion: nursing students know the rules governing organ donation, value family autonomy, necessary for decision-making regarding the ethics of care.


Objetivo: analizar los aspectos éticos y legales de la muerte encefálica conocidos por estudiantes de enfermería. Metodología: investigación cualitativa con veinte estudiantes de enfermería de una institución superior de enseñanza, en el período de junio a julio de 2014, por entrevistas grabadas, sometida a análisis del discurso del Sujeto Colectivo. Resultados: los conocimientos adquiridos por los estudiantes de enfermería involucra seis dimensiones expresadas en las ideas centrales: Acciones para la identificación de posibles donantes en muerte encefálica; Confirmación de muerte encefálica y su registro; Aspectos éticos y legales de la comunicación a la familia sobre muerte encefálica; Toma de decisión de la familia sobre la donación o no de órganos; Firma del Término de consentimiento libre y esclarecido por la familia; Garantía de la integridad del cuerpo. Conclusión: los estudiantes de enfermería conocen las normativas que rigen la donación de órganos, valoran la autonomía de la familia, necesarios para la toma de decisión frente a la ética del cuidado.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Educação em Enfermagem , Estudantes de Enfermagem , Jurisprudência , Morte Encefálica , Ética
2.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-551601

RESUMO

This study examines elements representing the organizational principles contained in the theoretical and juridical framework of Brazil?s Unified Health System (SUS). It is a qualitative study conducted on the basis of the Theory of Social Representations using the technique of thematic content analysis applied to Laws 8080/90, 8142/90, NOB 91, NOB 93, NOB 96, NOAS 2001, NOAS 2002 and the 1988 Federal Constitution and Rio de Janeiro State Constitution. The results revealed 531 units of analysis, grouped in four categories: system decentralization, health system hierarchization, health services regionalization and social participation. Connecting and orienting the categories was the SUS principles as a representation organizing the health system, at the same time as the municipality emerged as an image-based dimension of the representation, around which all the principles organized. Decentralization figured prominently as content in the representation, while the documents, in their practical aspect, place particular importance on municipalization as one of the goals of the system. Funding appears only in the decentralization category, representing nearly half its content. The study concludes that these documents were drafted in a dynamics comprising movements seeking to organize the system, as well as to reconcile among representations present in society. It was particularly important to study the theoretical and juridical framework of the SUS on a Theory of Social Representations approach, which revealed the endeavor to construct a new representation of Brazil?s health system appropriate to the demands and expectations of various social groups in interaction. (AU)


Este trabalho objetiva analisar os elementos representacionais dos princípios organizativos contidos no arcabouço teórico-jurídico do SUS. Trata-se de um estudo qualitativo, desenvolvido a partir da Teoria de Representações Sociais através da técnica de análise de conteúdo temática aplicada às Leis 8080/90, 8142/90, NOB 91, NOB 93, NOB 96, NOAS 2001, NOAS 2002 e Constituições Federal de 1988 e do Estado do Rio de Janeiro. Os resultados revelaram 531 unidades de registro, agrupadas em quatro categorias: descentralização do sistema, hierarquização da rede saúde, regionalização dos serviços de saúde e participação social. O eixo norteador das categorias foi a representação acerca dos princípios do SUS como organizadora do sistema de saúde, ao mesmo tempo em que a municipalidade caracterizou-se como uma dimensão imagética da representação, ao redor da qual todos os princípios se organizaram. A descentralização constituiu-se em um conteúdo com presença destacada na representação, enquanto os documentos, em sua dimensão prática, privilegiaram a municipalização como um dos objetivos do sistema. O financiamento aparece apenas na categoria descentralização, representando quase metade do seu conteúdo. Conclui-se que a dinâmica da constituição desses documentos revela movimentos de busca de organização do sistema, bem como de pactuação de representações presentes no tecido social. Ressalta-se a importância do estudo do arcabouço teórico-legal do SUS a partir da Teoria de Representações Sociais, revelando a busca de construção de uma nova representação do sistema de saúde brasileiro, condizente com as demandas e expectativas de diferentes grupos sociais em interação. (AU)


Assuntos
Legislação como Assunto , Saúde/legislação & jurisprudência , Jurisprudência , Sistema Único de Saúde/legislação & jurisprudência , Pesquisa Qualitativa , Sistema Único de Saúde
4.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 10(1): 45-53, Enero-Abr. 2002.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-981768

RESUMO

El presente artículo hace un recuento del sistema de salud colombiano hasta llegar al nuevo sistema General de Seguridad Social en Salud regido por la Ley 100/93, cuya aplicación significó un cambio radical en el modelo de prestación de servicios de salud en Colombia y, como todo nuevo proceso, ha sido objeto de críticas en diversos sentidos, al punto de poder afirmarse que pocas transformaciones en Colombia han despertado tantas reacciones por parte de todo tipo de personas y de grupos. Es innegable que la puesta en marcha de un nuevo modelo en salud requiere seguimiento y evaluación continuos, de tal manera que se detecten en forma oportuna los puntos débiles y, por consiguiente, se establezcan los correctivos pertinentes. Se analizan los logros y dificultades del nuevo sistema, así como los intentos legislativos de reforma que se adelantan actualmente en el país.


The present paper gives a review from the Colombian health system toward the new general system of social security by the 100/93 law. The application of the 100 law of 1993 meant a radical change in the Colombian health medical services model and as a new process has been criticized at diverse point of view up to afirm that very few transformations in Colombia have awaked so many reactions from all kind of people and groups. It is undoubtedly that the carry-on of a new health model requiris continued assessment and evaluation such as a way to detect the weak points at time and as a result, the appropiated solutions would be established. The success and the difficulties of the system are analyzed as well as the legislative approaches of the reform that are conducted at present in the country.


Assuntos
Humanos , Previdência Social , Previdência Social/legislação & jurisprudência , Planos e Programas de Saúde , Modelos Organizacionais , Normas Jurídicas , Governo Federal , Jurisprudência , Colômbia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA