Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UERJ ; 17(4): 601-605, out.-dez. 2009.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-18030

RESUMO

O incesto emerge na atualidade como problema de saúde, já que é definido como situação de violência sexual. O objetivo deste artigo é refletir acerca do caráter natural da gênese do incesto, contextualizando-o nas narrativas históricas familiares. Trata-se de pesquisa bibliográfica buscando aportes de autores com discussão sobre família. Como resultados, expõem-se as inter-relações entre família e incesto, seguidas de discussão acerca dessa problemática como violência sexual baseada nas relações do patriarcado. Conclui-se que compreender a construção histórica do modelo familiar contemporâneo e o entorno do nascimento do incesto é um desafio para a enfermagem como prática social, pois a percepção dos seus determinantes irá propiciar a transformação dessa realidade.(AU)


In the present day, incest features as a public health problem, given that it is defined as a situation of sexual violence. The purpose of this paper is to reflect on the natural character of the origin of incest, contextualizing it in family history narratives. This literature review sought input from authors who discuss the family. The results reveal interrelations between family and incest; this is followed by a discussion of incest as sexual violence framed by patriarchal relations. It is concluded that understanding the historical construction of the contemporary model of family and the conditions surrounding the emergence of incest constitutes a challenge for nursing as a social practice, because an awareness of the determinants of incest will reinforce change in these realities.(AU)


El incesto se manifesta actualmente como problema de salud, ya que él es definido como situación de violencia sexual. El objetivo de este artículo es reflexionar sobre el carácter natural de la génesis del incesto, contextualizándolo en las narrativas históricas familiares. Se trata de investigación bibliográfica buscando aportes de autores con discusión sobre familia. Como resultados, son expuestas las interrelaciones entre familia e incesto, seguidas de discusión acerca de esa problemática como violencia sexual basada en las relaciones del patriarcado. Se concluye que comprender la construcción histórica del modelo familiar contemporáneo y el entorno del nacimiento del incesto es un desafío para la enfermería como práctica social, pues la percepción d sus determinantes irá corroborar la transformación de esa realidad.(AU)


Assuntos
Incesto/psicologia , Relações Familiares , Poder Psicológico , Processo de Enfermagem , Delitos Sexuais , Violência Doméstica/psicologia , Violência contra a Mulher
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA