Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 152
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1116283

RESUMO

Objetivo: Analisar as atividades realizadas pelos cuidadores de idosos de uma instituição de longa permanência. Método: Pesquisa descritiva com abordagem qualitativa, realizada em uma Instituição de longa Permanência para Idosos no município de Teresina-PI, com 12 cuidadores de idosos, de fevereiro a março de 2017, por meio de uma entrevista semi-estruturada. Resultados: Após a análise temática foi possível destacar duas categorias: Atividades em relação às necessidades humanas básicas e a sobrecarga dos cuidadores na realização das atividades com os idosos. Conclusão: As ações realizadas não correspondem às atividades além do cuidado. Embora alguns cuidadores se referem fazer algumas brincadeiras, danças e jogos, essas são consideradas como algo não habitual. Há um contratempo, pois as atividades levam a estes a uma sobrecarga de trabalho, mudanças de humor, dificuldades na adaptação, dependência total, tornando assim uma barreira para execução das mesmas


Objective: The study's purpose has been to analyze the activities performed by long-stay institution caregivers. Methods: It is a descriptive research with a qualitative approach, which was performed at a long-stay philanthropic institution for the elderly located in the East of Teresina city, Piauí State. A total of 12 randomly selected elderly caregivers have participated of the study. Data collection took place from February to March 2017 through semi-structured interviews. Results: Based on the thematic analysis, it was possible to underline two categories, as follows: Activities concerning basic human needs; and, The caregivers' overload due to elderly-related activities. Conclusion: The actions taken do not go beyond the caring activities. Although some caregivers mention doing some plays, dances, and games, those actions are considered unusual, because not everyone does it. There is a setback, because the activities lead such professionals to work overload, mood swings, adaptation difficulties, total dependency, then becoming a barrier to its own execution


Objetivo: Analizar las actividades realizadas por los cuidadores de ancianos de una institución de larga permanencia. Método: Investigación descriptiva con abordaje cualitativo, realizada en una Institución de larga permanencia para ancianos en el municipio de Teresina-PI, con 12 cuidadores de ancianos, de febrero a marzo de 2017, a través de una entrevista semiestructurada. Resultados: Después del análisis temático fue posible destacar dos categorías: Actividades en relación a las necesidades humanas básicas y la sobrecarga de los cuidadores en la realización de las actividades con los ancianos. Conclusión: Las acciones realizadas no corresponden a las actividades más allá del cuidado. Aunque algunos cuidadores se refieren a hacer algunas bromas, danzas y juegos, esas son consideradas como algo no habitual. Hay un contratiempo, pues las actividades llevan a éstos a una sobrecarga de trabajo, cambios de humor, dificultades en la adaptación, dependencia total, haciendo así una barrera para ejecución de las mismas


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Condições de Trabalho , Saúde do Trabalhador , Cuidadores , Instituição de Longa Permanência para Idosos , Jogos e Brinquedos , Idoso , Dança , Pesquisa Qualitativa
2.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(257): 3234-3238, out.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1026098

RESUMO

O estudo objetivou compreender a experiência da criança com Dermatite Atópica em relação ao enfrentamento da doença por meio do conteúdo expresso na brincadeira, à luz do Interacionismo Simbólico. Trata-se de pesquisa qualitativa, realizada em uma unidade ambulatorial filantrópica em São Paulo-SP, com crianças em fase pré-escolar. Este percebeu que o viver com dermatite atópica é marcado por uma série de restrições. Os resultados permitiram compreender a experiência vivenciada pela criança pré-escolar com dermatite atópica e entender como esta condição interfere em sua vida e na interação com o ambiente à sua volta. O brinquedo mostrou-se como um aliado da criança no enfrentamento da doença e importante ferramenta de coleta de dados, possibilitando à criança expressar-se com liberdade. Este avançou no conhecimento sobre o tema e pode auxiliar o enfermeiro na decisão por ações centradas na criança e em sua perspectiva, contribuindo para aprimorar a qualidade da assistência de enfermagem.(AU)


The research aimed to understand the experience of the child with Atopic Dermatitis in relation to the confrontation of the disease through the content expressed in the game, by the light of Symbolic Interactionism. This is a qualitative research, carried out in a philanthropic outpatient unit in São Paulo, Brazil, with pre-school children. The results allowed us to understand the experience of preschool children with atopic dermatitis and to understand how this condition interferes with their life and their interaction with the environment around them. The therapeutic play proved to be an ally of the child in overcoming his hardships and proved to be an important data collection tool that enables the child to express himself with freedom. It has advanced in the knowledge about the subject and can help nurses in the decision for actions centered on the child and their perspective, contributing to improve the quality of nursing care.(AU)


El estudio objetivó comprender la experiencia del niño con Dermatitis Atópica en relación al enfrentamiento de la enfermedad por medio del contenido expresado en la broma, a la luz del Interaccionismo Simbólico. Se trata de una investigación cualitativa, realizada en una unidad ambulatorial filantrópica en São Paulo-SP, con niños en fase preescolar. Este percibió que el vivir con dermatitis atópica está marcado por una serie de restricciones. Los resultados permitieron comprender la experiencia vivenciada por el niño preescolar con dermatitis atópica y entender cómo esta condición interfiere en su vida y en la interacción con el ambiente a su alrededor. El juguete se mostró como un aliado del niño en el enfrentamiento de la enfermedad e importante herramienta recolecta de datos, permitiendo al niño expresarse con libertad. Este avanzó en el conocimiento sobre el tema y puede auxiliar al enfermero en la decisión por acciones centradas en el niño y en su perspectiva, contribuyendo a mejorar la calidad de la asistencia de enfermería.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Enfermagem Pediátrica , Jogos e Brinquedos , Dermatite Atópica , Relações Enfermeiro-Paciente , Serviços de Saúde da Criança , Saúde da Criança
4.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 11(4): 1043-1047, jul.-set. 2019.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005743

RESUMO

Objetivo: identificar o uso do brinquedo terapêutico pelos acadêmicos de enfermagem no cuidado à criança hospitalizada e discutir as implicações de seu uso na trajetória do acadêmico de enfermagem. Método: pesquisa qualitativa, desenvolvida em uma Escola de Enfermagem Federal no Rio de Janeiro com 17 acadêmicos. A coleta de dados foi realizada em outubro e novembro de 2016 por meio de entrevista semiestruturada e tratados com a técnica de análise de conteúdo temática. Resultados: o brinquedo terapêutico é apresentado ao aluno no conteúdo teórico, porém sem a oportunidade de aplicá-lo na prática. Sua aplicação prática o deixaria mais seguro para prestar assistência à criança, somado à qualidade do cuidado prestado e os benefícios para ela. Conclusão: o ensino do brinquedo terapêutico deve acontecer em campo prático, e não somente no teórico, contribuindo, assim, para melhor formação do enfermeiro e melhoria da qualidade da assistência pediátrica


Objective: To identify the use of therapeutic toys by nursing students when caring for hospitalized children and to discuss the consequences of their use in the path of nursing students. Method: Qualitative research, developed at a Federal Nursing School in Rio de Janeiro with 17 students. Data were collected in October and November 2016, through semistructured interviews, and they were processed with the thematic content analysis technique. Results: The therapeutic toy is introduced to the student in the theoretical content, but without the opportunity to apply it in practice. Its practical application would make it safer to provide care to the child, added to the quality of the care provided and the benefits for it. Conclusion: The therapeutic toy teaching should happen in the practical field, not only in the theoretical field, thereby contributing to a better training of nurses and improvement of the quality of the pediatric care


Objetivo: Identificar el uso del juguete terapéutico por los académicos de enfermería en la atención al niño hospitalizado y discutir las consecuencias de su uso en la trayectoria del académico de enfermería. Método: Investigación cualitativa, desarrollada en una Escuela Federal de Enfermería en Río de Janeiro con 17 académicos. Los datos se recolectaron en octubre y noviembre 2016 mediante entrevista semiestructurada y se trataron con la técnica de análisis de contenido temático. Resultados: El juguete terapéutico se presenta al alumno en el contenido teórico, pero sin oportunidad de aplicarlo en la práctica. Su aplicación práctica lo dejaría más seguro para ayudar al niño, sumado a la calidad de la atención ofrecida y los beneficios para él. Conclusión: La enseñanza del juguete terapéutico debe ocurrir en el campo práctico, y no sólo en el teórico, contribuyendo así para mejor formación del enfermero y mejoramiento de la calidad de la asistencia pediátrica


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adulto , Jogos e Brinquedos/psicologia , Estudantes de Enfermagem , Criança Hospitalizada , Enfermagem Pediátrica/educação , Materiais de Ensino
5.
J. nurs. health ; 9(2): 199209, abr.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1047265

RESUMO

Objetivo: identificar a percepção dos professores a respeito das ações desenvolvidas durante os grupos de (re)conhecimento emocional realizado com estudantes de uma escola de ensino fundamental. Método: trata-se de um estudo qualitativo descritivo. A coleta de dados deu-se por meio de entrevistas semiestruturadas com quatro professores, em 2014. Utilizou-se a análise temática, que emergiu duas categorias: "A percepção dos professores sobre os grupos de reconhecimento emocional" e "Aprendizagem dos professores". Resultados: o grupo de (re)conhecimento emocional proporcionou a mudança do comportamento das crianças dentro da sala de aula e auxiliou na sensibilização dos professores para trabalhar com a identificação das emoções das crianças. Conclusão: a sensibilização dos professores participantes, ampliou os conhecimentos destes, sobre como identificar e trabalhar as emoções e sentimentos apresentados pelas crianças e contribuiu para a promoção de saúde mental infantil.(AU)


Objective: identify the perception of teachers regarding actions performed in emotional recognition groups with students in a basic education school. Method: this is a descriptive qualitative study. The data collection was done through semi-structured interviews with four teachers, in 2014. To do that, we used the thematic analysis, from which has emerged two categories: "The perceptions of teachers regarding the emotional recognition groups" and "The teachers' learning". Results: the emotional recognition group changed the behavior of children in the classroom environment as well as it has helped to raise awareness of teachers to work with the identification of the children's emotions. Conclusion: the awareness of the participating teachers, amplified their knowledge about how to identify and work with the emotions and feelings of children and also contributed to the promotion of children's mental health.(AU)


Assuntos
Jogos e Brinquedos , Criança , Saúde Mental , Enfermagem , Emoções
6.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(2): 292-297, fev. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1009887

RESUMO

Objetivo: analisar a percepção de adolescentes sobre a hanseníase. Método: trata-se de uma pesquisa qualitativa, descritiva, constituída por 30 adolescentes de uma escola pública, realizada no período de agosto a novembro de 2016. Coletaram-se os dados a partir do jogo dinâmica da face, cujas falas foram transcritas e analisadas conforme a técnica de Análise de Conteúdo na modalidade Análise Temática. Resultados: verificase, nas falas dos adolescentes, pouco conhecimento sobre a hanseníase, sem discernimento sobre os aspectos gerais da doença, associando-a a outras enfermidades. Percebe-se que eles têm a família e a televisão como principais fontes de informação sobre a doença, e o desconhecimento sobre a hanseníase gera uma atmosfera de medo, dúvida, angústia e preocupação, principalmente, por pensarem que a doença não tem cura, causa isolamento social, e pode ser transmitida a seus familiares. Conclusão: conclui-se que os adolescentes percebem a hanseníase como uma doença grave, incurável e causadora de medo, vergonha e isolamento social.(AU)


Objective: to analyze the adolescents' perception about leprosy. Method: this is a qualitative, descriptive study of 30 adolescents from a public school, carried out from August to November 2016. Data was collected from the dynamic face game; the speeches were transcribed and analyzed according to the Content Analysis technique in the Thematic Analysis modality. Results: there is little knowledge about leprosy in adolescents, without discernment about the general aspects of the disease, associating it with other diseases. It is perceived that they have family and television as the main sources of information about the disease, and the lack of knowledge about leprosy generates an atmosphere of fear, doubt, anguish and concern, mainly because they think that the disease has no cure, causes social isolation, and can be transmitted to their family members. Conclusion: it is concluded that adolescents perceive leprosy as a serious, incurable disease that causes fear, shame and social isolation.(AU)


Objetivo: analizar la percepción de los adolescentes sobre la lepra. Método: se trata de una investigación cualitativa, descriptiva, constituida por 30 adolescentes de una escuela pública, realizada en el período de agosto a noviembre de 2016. Se recogen los datos a partir del juego dinámico de la cara, cuyas palabras fueron transcritas y analizadas de acuerdo con la técnica de Análisis de Contenido en la modalidad Análisis Temático. Resultados: se verifica, en las conversaciones de los adolescentes, poco conocimiento sobre la lepra, sin discernimiento sobre los aspectos generales de la enfermedad, asociándola a otras enfermedades. Se percibe que tienen la familia y la televisión como principales fuentes de información sobre la enfermedad, y el desconocimiento sobre la lepra genera una atmósfera de miedo, duda, angustia y preocupación, principalmente, por pensar que la enfermedad no tiene cura, causa aislamiento social, y puede ser transmitida a sus familiares. Conclusión: se concluye que los adolescentes perciben la lepra como una enfermedad grave, incurable y causante de miedo, vergüenza y aislamiento social.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adolescente , Percepção , Jogos e Brinquedos , Serviços de Saúde Escolar , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Educação em Saúde , Adolescente , Hanseníase , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
7.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 155-161, jan. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1006139

RESUMO

Objetivo: analisar os discursos dos acadêmicos de Enfermagem sobre as tecnologias educativas no processo de ensino-aprendizagem. Método: trata-se um estudo qualitativo, descritivo. Coletaram-se os dados por meio de entrevistas semiestruturadas, com 16 acadêmicos de Enfermagem, no período de novembro de 2016 a janeiro de 2017. Analisaram-se os depoimentos por meio da Análise de Discurso, apresentando-os por meio de recorte dos registros das falas. Resultados: perceberam-se as tecnologias educativas enquanto método inovador no ensino, tendo o elemento mais preponderante relacionado às práticas lúdicas, situação esta em que os jogos foram os exemplos mais relevantes para estimular o aprendizado do discente. Promove-se, pela aplicação dos jogos educativos, por meio dos docentes, ambiente sensibilizador, no qual o aprender brincando reflete, nos acadêmicos, motivação inovadora e desafiadora de estudar. Conclusão: atrela-se o uso das tecnologias educativas na formação acadêmica à inciativa, bem como à interação entre docentes, discentes e à própria universidade. Observa-se que o lúdico é um caminho para construir o aprendizado, de maneira interativa e sensível, favorecendo a formação crítica do enfermeiro.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Jogos e Brinquedos , Estudantes de Enfermagem , Tecnologia Educacional , Educação em Enfermagem , Bacharelado em Enfermagem , Capacitação de Recursos Humanos em Saúde , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
8.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13(1): 275-280, jan. 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1007759

RESUMO

Objetivo: descrever a experiência do uso da tecnologia educativa como forma de empoderar o adolescente de escola pública sobre a depressão e os fatores associados à mesma. Método: trata-se de estudo descritivo, tipo relato de experiência, oriundo de intervenções realizadas por integrantes do grupo de pesquisa Laboratório de Tecnologias de Informação e Comunicação em Saúde, de uma universidade federal. Informa-se que as ações ocorreram mediante a aplicação de um jogo educativo desenvolvido pela equipe para trabalhar a temática depressão na adolescência. Resultados: proporcionou-se, por meio da atividade educativa, associada ao jogo, a criação de um contexto favorável ao diálogo acerca dos fatores associados à depressão em adolescentes, a partir da ludicidade e da interação ativa dos participantes. Conclusão: percebeu-se um ambiente favorável ao compartilhamento do conhecimento em saúde para os estudantes viabilizado pela utilização de tecnologia educativa, sendo estratégia no incentivo ao empoderamento dos adolescentes na busca do autocuidado.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Jogos e Brinquedos , Educação em Saúde , Adolescente , Tecnologia Educacional , Saúde do Adolescente , Depressão , Promoção da Saúde , Epidemiologia Descritiva
9.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-8], 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1048052

RESUMO

Objetivo: compreender a importância do setting no brincar de irmãos de crianças hospitalizadas após a visita hospitalar em unidade intensiva. Método: trata-se de estudo qualitativo, de abordagem fenomenológica, à luz da Teoria do Amadurecimento, com oito irmãos de crianças hospitalizadas, idades entre os 3 aos 10 anos, que participaram de entrevista mediada por sessão de brinquedo dramático após visita hospitalar em unidade intensiva. Seguiram-se, na análise dos dados, os passos preconizados pela pesquisa fenomenológica. Resultados: sabe-se que a partir do reconhecimento do setting como suficientemente bom é que os irmãos puderam revelar, por meio do brinquedo terapêutico dramático, o significado da visita à criança hospitalizada em unidade intensiva. Informa-se que o reconhecimento do setting teve início já no convite para brincar, continuando durante o brincar e finalizando com a inclusão do pesquisador na brincadeira. Conclusão: possibilitou-se, pelas sessões de brinquedo terapêutico dramático, que os irmãos fossem cuidados, como membros da família, sendo que o ambiente hostil da unidade intensiva não foi percebido dessa forma pelos irmãos.(AU)


Objective: to understand the importance of the setting in the play of siblings of hospitalized children after the hospital visit in intensive unit. Method: this is a qualitative, phenomenological study, in the light of the Theory of Maturity, with eight siblings of children hospitalized, aged between three and ten years, who participated in a mediated interview with a dramatic toy session after a hospital visit in a unit intensive. In the analysis of the data, the steps recommended by the phenomenological research were followed. Results: it is known that from the recognition of the setting as good enough that the brothers could reveal, through the dramatic therapeutic toy, the meaning of the visit to the hospitalized child in intensive unit. It is reported that the recognition of the setting began already in the invitation to play, continuing during the play and ending with the inclusion of the researcher in the game. Conclusion: it was possible, through the sessions of dramatic therapeutic play, that the brothers were cared for as members of the family, and that the hostile environment of the intensive unit was not perceived in this way by the brothers.(AU)


Objetivo: comprender la importancia del setting en el jugar de hermanos de niños hospitalizados después de la visita hospitalaria en unidad intensiva. Método: se trata de un estudio cualitativo, de enfoque fenomenológico, a la luz de la Teoría de la madurez, con ocho hermanos de niños hospitalizados, edades entre los 3 a los 10 años, que participaron en una entrevista mediada por sesión de juguete dramático tras visita hospitalaria en unidad intensiva. Se siguieron, en el análisis de los datos, los pasos preconizados por la investigación fenomenológica. Resultados: se sabe que a partir del reconocimiento del setting como suficientemente bueno es que los hermanos pudieron revelar, por medio del juguete terapéutico dramático, el significado de la visita al niño hospitalizado en unidad intensiva. Se informa que el reconocimiento del setting tuvo inicio ya en la invitación para jugar, continuando durante el jugar y finalizando con la inclusión del investigador en el juego. Conclusión: se posibilitó, por las sesiones de juguete terapéutico dramático, que los hermanos fueran cuidados, como miembros de la familia, siendo que el ambiente hostil de la unidad intensiva no fue percibido de esa forma por los hermanos.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Enfermagem Pediátrica , Jogos e Brinquedos , Relações entre Irmãos , Visitas a Pacientes , Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica , Criança , Saúde da Criança , Hospitalização , Pesquisa Qualitativa
10.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1025230

RESUMO

Objetiva-se conhecer a percepção da criança acerca de sua hospitalização em uma unidade pediátrica. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que utilizou a Dinâmica da Criatividade e Sensibilidade para produção dos dados. Participaram da pesquisa quatro crianças, na faixa etária dos seis aos 12 anos incompletos, que corresponderam ao total que foi hospitalizado no período de julho a outubro de 2016. Os resultados mostraram que a hospitalização é para as crianças um período ambivalente com sentimentos felizes e tristes, pois elas sabem que precisam estar internadas, mas ao mesmo tempo sentem saudade de casa, da sua rotina e de seus familiares. Diante disso, é imprescindível que os profissionais que atendem às crianças hospitalizadas estejam preparados para acolhê-las e estabeleçam com elas uma comunicação efetiva, sendo importante adotar estratégias lúdicas para isso, pois estas favorecem a compreensão da criança e sua participação no tratamento


The objective of this study is to know the child's perception about his or her hospitalization in a pediatric unit. This is a qualitative research that used the Dynamics of Creativity and Sensitivity for data production. Four children in the age range from six to 12 years of age, who were hospitalized from July to October 2016, participated in the study. The results showed that hospitalization is for children an ambivalent period with happy and sad feelings, because they know they need to be hospitalized, but at the same time they miss their homes, their routine and their families. In view of this, it is essential that the professionals who care for the hospitalized children are prepared to accept them and establish effective communication with them, and for this end, it is important to adopt playful strategies, since they favor the child's understanding and participation in the treatment


Assuntos
Humanos , Enfermagem Pediátrica , Percepção , Jogos e Brinquedos , Criança Hospitalizada
11.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-7], 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1046214

RESUMO

Objetivo: descrever a percepção da equipe multiprofissional sobre a utilização do lúdico e dos fatores que interferem na sua prática no contexto do cuidado à criança hospitalizada. Método: trata-se de estudo qualitativo, descritvo, exploratório realizado na Clínica Pediátrica de um hospital universitário, com 18 profissionais, por meio de entrevista semiestruturada e emprego da técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: revela-se que os profissionais percebem como o lúdico ajuda a modificar o ambiente hospitalar, os sentimentos e o processo de comunicação com a criança, influencia na adesão às terapêuticas, à socialização, à promoção de vínculos e à colaboração com a equipe, ainda que nem todos se sintam preparados para incorporá-lo à sua rotina de trabalho. Conclusão: depara-se a equipe com dificuldades relacionadas aos recursos humanos e materiais, embora haja benefícios; contudo, investe para que a atenção integral à criança seja mediada de forma humanizada, na capacitação da equipe e modificação da prática de cuidados no hospital.(AU)


Objective: to describe the perception of the multiprofessional team about the use of play and the factors that interfere in their practice in the context of the care of hospitalized children. Method: this is a qualitative, descriptive, exploratory study carried out in the Pediatric Clinic of a university hospital, with 18 professionals, through a semistructured interview and using the Content Analysis technique. Results: it is revealed that the professionals perceive how play help to modify the hospital environment, the feelings and the process of communication with the child, influences adherence to therapies, socialization, the promotion of bonds and collaboration with the team, even though not everyone feels prepared to incorporate it into their work routine. Conclusion: the team faces difficulties related to human and material resources, although there are benefits; however, it invests so that the child's integral care is mediated in a humanized way, in the qualification of the team and modification of the practice of care in the hospital.(AU)


Objetivo: describir la percepción del equipo multiprofesional sobre la utilización del lúdico y de los factores que interfieren en su práctica en el contexto del cuidado al niño hospitalizado. Método: se trata de un estudio cualitativo, descriptivo, exploratorio realizado en la Clínica Pediátrica de un hospital universitario, con 18 profesionales, por medio de entrevista semiestructurada y empleo de la técnica de Análisis de Contenido. Resultados: se revela que los profesionales perciben cómo el lúdico ayuda a modificar el ambiente hospitalario, los sentimientos y el proceso de comunicación con el niño, influye en la adhesión a las terapias, a la socialización, a la promoción de vínculos y a la colaboración con el equipo, aunque no todos se sienten preparados para incorporarlo a su rutina de trabajo. Conclusión: se encuentra el equipo con dificultades relacionadas con los recursos humanos y materiales, aunque hay beneficios; sin embargo, invierte para que la atención integral al niño sea mediada de forma humanizada, en la capacitación del equipo y modificación de la práctica de cuidados en el hospital.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Equipe de Assistência ao Paciente , Percepção , Jogos e Brinquedos , Ludoterapia , Criança , Cuidado da Criança , Saúde da Criança Institucionalizada , Humanização da Assistência , Hospitalização , Enfermagem Pediátrica , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
12.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-11], 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1046218

RESUMO

Objetivo: analisar o uso de estratégias lúdicas no cuidado à criança hospitalizada na perspectiva da equipe de Enfermagem. Método: trata-se de um estudo qualitativo, descritivo, no setor da Pediatria de um hospital municipal, por meio de entrevistas semiestruturadas com 15 profissionais de enfermagem, cujos dados foram submetidos à técnica de Análise de Conteúdo, na modalidade Análise Temática. Resultados: entende-se que as estratégias lúdicas são compreendidas majoritariamente como uma forma de entreter/distrair as crianças hospitalizadas. Utilizam-se materiais hospitalares, brincadeiras, desenhos, conversa/amizade, vestimentas diferenciadas e contação de histórias, especialmente, durante os cuidados procedimentais. Identificam-se, contudo, fatores limitantes do uso dessas estratégias lúdicas no cuidado à criança, como a escassez de recursos/materiais/investimentos, o medo das crianças em relação aos profissionais e aos procedimentos, a falta de tempo e a presença dos familiares. Conclusão: avalia-se que os fatores limitantes precisam ser superados para a garantia do atendimento integral às crianças hospitalizadas, considerando que o brincar é um direito garantido legalmente, além de contribuir para a recuperação mais prazerosa e para o pleno desenvolvimento infantil.(AU)


Objective: to analyze the use of play strategies in hospitalized child care from the perspective of the Nursing team. Method: this is a qualitative, descriptive study in the pediatrics sector of a municipal hospital, through semi-structured interviews with 15 nursing professionals, whose data were submitted to the Content Analysis technique in the Thematic Analysis modality. Results: it is understood that play strategies are understood mainly as a way to entertain/distract hospitalized children. Hospital materials, games, drawings, conversation/friendship, differentiated clothing and storytelling are used, especially during procedural care. However, there are limitations to the use of these play strategies in child care, such as scarce resources/materials/investments, children's fear of professionals and procedures, lack of time and the presence of family members. Conclusion: it is estimated that the limiting factors need to be overcome to guarantee the integral care of hospitalized children, considering that playing is a legally guaranteed right, as well as contributing to a more pleasant recovery and to the full development of children.(AU)


Objetivo: analizar el uso de estrategias lúdicas en el cuidado al niño hospitalizado en la perspectiva del equipo de Enfermería. Método: se trata de un estudio cualitativo, descriptivo, en el sector de la Pediatría de un hospital municipal, por medio de entrevistas semiestructuradas con 15 profesionales de enfermería, cuyos datos fueron sometidos a la técnica de Análisis de Contenido, en la modalidad Análisis Temático. Resultados: se entiende que las estrategias lúdicas son comprendidas mayoritariamente como una forma de entretene/distraer a los niños hospitalizados. Se utilizan materiales hospitalarios, juegos, dibujos, conversación/amistad, vestimentas diferenciadas y cuenta de historias, especialmente, durante los cuidados procedimentales. Se identifican, sin embargo, factores limitantes del uso de esas estrategias lúdicas en el cuidado al niño, como la escasez de recursos / materiales / inversiones, el miedo de los niños hacia los profesionales y los procedimientos, la falta de tiempo y la presencia de los familiares. Conclusión: se evalúa que los factores limitantes necesitan ser superados para la garantía de la atención integral a los niños hospitalizados, considerando que el jugar es un derecho garantizado legalmente, además de contribuir para la recuperación más placentera y para el pleno desarrollo infantil.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Enfermagem Pediátrica , Percepção , Jogos e Brinquedos , Ludoterapia , Criança , Cuidado da Criança , Saúde da Criança Institucionalizada , Humanização da Assistência , Hospitalização , Equipe de Enfermagem , Pesquisa em Enfermagem Clínica , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
13.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(12): 3484-3491, dez. 2018. ilus, graf, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005315

RESUMO

Objetivo: analisar a importância do lúdico no contexto da hospitalização infantil. Método: trata-se de estudo bibliográfico, descritivo, tipo revisão integrativa. Utilizaram-se artigos publicados no período de 2010 a 2016 e realizaram-se as buscas nas bases de dados BVS, MEDLINE, LILACS e BDENF selecionando-se os artigos publicados na íntegra, em língua portuguesa. Analisaram-se os dados por meio da técnica de Análise de Conteúdo Temática Categorial. Resultados: identificaram-se as categorias "Atividades lúdicas e seus benefícios para a criança hospitalizada", "Visão dos acompanhantes em relação às atividades lúdicas" e "Visão da equipe de Enfermagem com relação às atividades lúdicas". Conclusão: evidenciou-se que, de fato, o lúdico tem sua importância dentro do contexto da hospitalização infantil, uma vez que traz benefícios não somente para a criança hospitalizada, mas, também, para a família e a equipe de saúde, além de possibilitar um cuidado mais humanizado.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Jogos e Brinquedos , Ludoterapia , Socialização , Criança , Humanização da Assistência , Hospitalização , Equipe de Enfermagem , Pais , Epidemiologia Descritiva , MEDLINE , LILACS
14.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(10): 2703-2709, out. 2018.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-996691

RESUMO

Objetivo: identificar a percepção dos acompanhantes das crianças hospitalizadas com relação às atividades lúdicas. Método: trata-se de estudo qualitativo, de campo, descrito e exploratório, com dez acompanhantes, uutilizando-se a ferramenta Brinquedo terapêutico. Coletaram-se os dados por meio de entrevista com roteiro semiestruturado. Empregou-se a técnica de Análise de Conteúdo na modalidade Análise Categorial para análise dos dados. Resultados: elegeram-se, a partir da leitura e releitura das entrevistas, quatro categorias: << A brinquedoteca como auxílio no tratamento pediátrico >>, << Utilização do Brinquedo Terapêutico na realização dos procedimentos >>; << O brinquedo terapêutico como suporte da assistência de Enfermagem >>, << O brinquedo e a aproximação entre o profissional e a criança >>. Conclusão: considerou-se primordial que os profissionais atuantes na Pediatria desenvolvam estratégias para a utilização do brinquedo terapêutico, melhorando a assistência oferecida e como contribuição, proporcionando o atendimento mais humano e qualificado na área.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Enfermagem Pediátrica , Percepção , Jogos e Brinquedos , Ludoterapia , Relações Profissional-Paciente , Família , Criança , Saúde da Criança Institucionalizada , Humanização da Assistência , Hospitalização , Equipe de Enfermagem , Relações Profissional-Família , Pesquisa em Enfermagem Clínica , Pesquisa Qualitativa
15.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 22(1): e20170258, 2018.
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-891753

RESUMO

Abstract Objective: To understand what it means to be a volunteer in a cancer-affected children care unit´s toy library, located within the state of São Paulo. Method: Phenomenological study based on the assumptions related to the analysis of the stated phenomenon's structure, with eleven volunteers to be interviewed upon a guiding question: "What does it feel like to be a volunteer in a toy library used by children with cancer?". Results: From the volunteer's answers, three theme categories arose: self-oriented relations, group-oriented relations and world-oriented relations. Conclusion and implications for practice: Being a volunteer embraces diverse relationships that contribute to the self-knowledge of the individual, making it possible to review concepts, beliefs, values, according to the new times in which we live There is a need for volunteer empowerment for work as well as mental health care. Nurses play a fundamental role in this context.


Resumen Objetivo: Comprender el significado de ser un voluntario de una sala de juegos en una casa de apoyo para niños con cáncer. Método: Estudio fenomenológico de las hipótesis del análisis de la estructura del fenómeno situado, llevado a cabo con 11 voluntarios entrevistados a partir de la pregunta: "¿Cómo es ser voluntariado de una sala de juegos para niños con cáncer?". Resultados: Emergieron tres categorías temáticas: relaciones con si mismo; relaciones con el grupo; y relaciones con el mundo. Conclusión e implicaciones para la práctica: Ser voluntario abarca relaciones diversas que contribuyen al autoconocimiento del individuo, posibilitando revisar conceptos, creencias y valores, de acuerdo con los nuevos tiempos en que vivimos. Hay necesidad de capacitación de los voluntarios para el trabajo y también cuidados con relación a la salud mental. El enfermero tiene un papel fundamental en este contexto.


Resumo Objetivo: Compreender o significado de ser voluntário de uma brinquedoteca em uma casa de apoio para crianças com câncer. Método: Estudo fenomenológico a partir das premissas da análise da estrutura do fenômeno situado, com 11 voluntários entrevistados, a partir da questão norteadora: "Como é ser voluntário de uma brinquedoteca para crianças com câncer?". Resultados: A partir dos discursos dos voluntários emergiram três categorias temáticas: relações consigo, relações com o grupo e relações com o mundo, que foram analisadas à luz da literatura. Conclusão e implicações para a prática: Ser voluntário abarca relações diversas que contribuem para o autoconhecimento do indivíduo, possibilitando rever conceitos, crenças, valores, de acordo com os novos tempos em que vivemos. Há necessidade de capacitação dos voluntários para o trabalho e também cuidados com relação a saúde mental. O enfermeiro tem papel fundamental nesse contexto.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Criança , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Saúde da Criança , Neoplasias , Jogos e Brinquedos , Voluntários
16.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 22(3): 20170300, 2018. tab, ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-891817

RESUMO

Objetivos: Elaborar jogo educativo para orientação de gestantes sobre seus direitos e as boas práticas no processo de parir e validar o conteúdo das informações textuais e imagens do jogo com a colaboração de juízes. Método: Trata-se de uma pesquisa metodológica, quantitativa. A validação do conteúdo foi realizada por 10 juízes. Resultados: O jogo foi nomeado "Boas Práticas no Parto". Das 44 cartas, apenas duas foram questionadas e não atingiram os 90% de concordância, a imagem da carta de número 2 (p = 0,01) e o conteúdo da carta número 9 (p = 0,01). Conclusão: A construção e validação do conteúdo do jogo mostrou-se adequada e viável para a orientação e preparo de gestantes sobre as boas práticas na assistência ao processo de parir.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Enfermagem Obstétrica , Parto , Jogos e Brinquedos , Gestantes
17.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 22(2): e20170313, 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-953442

RESUMO

Objective: To understand the meaning of playing for the hospitalized child under precaution. Method: Qualitative research, where Symbolic Interactionism is the theoretical framework and Qualitative Content Analysis is the methodological one. It was attended by eight children aged between 5 and 10. Data were collected through participant observation of playful activities developed with the child by a nurse-researcher and semi-structured interviews mediated by story-drawing with theme. Results: Data showed the evolution of the interactions among toy, researcher and child; their rapid acceptance to get involved in playing; the way they explore the toys; the desire to free themselves from confinement; the relief of stress, the mastery of the situation and the protagonism enabled by the playing; the way they outline the hospital and the importance of having someone to play. Final considerations: Nurses should use creativity, seeking strategies that allow the child to play in this environment full of restrictions.


Objetivo: Comprender el significado del jugar para el niño hospitalizado bajo precaución. Método: Investigación cualitativa, siendo el Interaccionismo Simbólico el marco teórico y el Análisis Cualitativo de Contenido, el metodológico. Participaron ocho niños de entre 5 y 10 años. Datos recolectados mediante observación participante de actividades lúdicas desarrolladas con el niño por una enfermera investigadora y entrevista semiestructurada mediada por dibujo-historia con tema. Resultados: Los datos mostraron la evolución de las interacciones entre juguete, investigadora y niño; su pronta aceptación para involucrarse en el juego; la forma cómo utiliza los juguetes; el deseo de liberarse del confinamiento; el alivio del estrés, el dominio de la situación y el protagonismo propiciados por el jugar; la forma en que representa el hospital y la importancia de tener alguien con quien jugar. Consideraciones finales: El enfermero debe utilizar su creatividad, buscando estrategias que permitan al niño jugar en ese ambiente lleno de restricciones.


Objetivo: Compreender o significado do brincar para a criança hospitalizada em precaução. Método: Pesquisa qualitativa, sendo o Interacionismo Simbólico o referencial teórico e a Análise Qualitativa de Conteúdo, o metodológico. Participaram oito crianças, com idade entre 5 e 10 anos. Os dados foram coletados por observação participante de atividades lúdicas desenvolvidas com a criança por uma enfermeira pesquisadora e entrevista semiestruturada mediada pelo desenho-estória com tema. Resultados: Os dados revelaram a evolução das interações entre brinquedo, pesquisadora e criança; sua pronta aceitação para envolver-se na brincadeira; a maneira como ela explora os brinquedos; o desejo de libertar-se do confinamento, o alívio do estresse, o domínio da situação e o protagonismo propiciados pelo brincar; a maneira como ela significa o hospital e a importância dela ter alguém para brincar. Considerações finais: É preciso que o enfermeiro use sua criatividade, buscando estratégias que permitam à criança brincar nesse ambiente repleto de restrições.


Assuntos
Humanos , Criança , Enfermagem Pediátrica , Jogos e Brinquedos , Criança Hospitalizada , Saúde da Criança
18.
Rev Rene (Online) ; 19: e3359, jan. - dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-909036

RESUMO

Objetivo: compreender a experiência existencial de crianças em tratamento quimioterápico sobre a importância do brincar. Métodos: pesquisa qualitativa realizada no ambulatório de um hospital escola com cinco crianças em tratamento quimioterápico. A coleta de dados foi realizada por meio da técnica de entrevista, e a análise dos dados ocorreu à luz da Teoria Humanística de Enfermagem. Resultados: os discursos revelaram a compreensão das crianças sobre sua doença e seu tratamento, evidenciando as privações vivenciadas por elas e a situação de desequilíbrio emocional. Brincar, segundo os relatos das crianças, suscitou sentimentos positivos, constituindo uma maneira de o tempo passar mais rápido. Conclusão: o tratamento quimioterápico foi considerado ambíguo, sendo uma experiência desagradável, mas necessária para cura. As brincadeiras no serviço de quimioterapia ambulatorial foram uma ferramenta viável para o descontentamento diante da situação vivida, suscitando sentimentos positivos, como felicidade e satisfação.(AU)


Assuntos
Humanos , Criança , Criança , Neoplasias , Ambulatório Hospitalar , Jogos e Brinquedos
19.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(supl.12): 5455-5463, dez.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032376

RESUMO

Objetivo: descrever a experiência de planejamento e desenvolvimento de atividades de educação em saúdejunto ao ensino infantil. Método: estudo qualitativo, descritivo, do tipo relato de experiência, de atividadesda disciplina de Saúde da Criança do Curso de Graduação em Enfermagem de universidade pública do Sul doBrasil junto à escola de educação infantil. Os temas abordados foram: hábitos de higiene, alimentaçãoinfantil, acidentes na infância. Resultados: realizaram-se atividades lúdicas, como gincana, desenhos,pintura, para o aprendizado e troca de conhecimentos entre as crianças. Para cada encontro, foramplanejadas duas ou três atividades, podendo abordar mais temáticas no mesmo encontro, utilizando-se damodalidade de gincana. Conclusão: almeja-se contribuir para a divulgação de ideias de atividades deeducação em saúde junto à educação infantil e a possibilidade de replicar tais atividades em outroscontextos, visando à promoção da saúde no âmbito do cuidado de Enfermagem.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Pré-Escolar , Criança , Creches , Cuidados de Enfermagem , Educação em Saúde , Jogos e Brinquedos , Promoção da Saúde , Saúde da Criança , Serviços de Saúde Escolar , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
20.
J. nurs. health ; 7(2): 117-126, ago.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1029153

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção dos pais quanto a inserção de atividades lúdicas durante a internaçãohospitalar da criança. Métodos: estudo qualitativo, descritivo e exploratório, realizado de outubro adezembro de 2012 em um hospital no Brasil. Foram entrevistados seis pais de crianças internadas. Aentrevista ocorreu em duas etapas: inicialmente, as crianças foram abordadas de forma lúdicadurante os cuidados de enfermagem. Após foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os pais.O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa sob o número 083/2012. Resultados: da análisesurgiram dois eixos temáticos: as dificuldades encontradas pelas crianças durante o período deinternação hospitalar, e, os benefícios da inserção de atividades lúdicas durante a hospitalização.Considerações finais: com a utilização de atividades lúdicas, conclui-se que essas são capazes detornar o ambiente hospitalar menos ameaçador, possibilitando resgatar sorrisos e alegria de sercriança.


Objective: to know the perception of the parents regarding the insertion of play activities duringthe hospitalization of the child. Methods: qualitative, descriptive and exploratory study, carried outfrom October to December 2012 in a hospital in Brazil. Parents of six hospitalized children wereinterviewed. The interview was made in two stages: first, the children were raised in a playful,during nursing care. After, semi-structured interviews with the parents were conducted. The studywas approved by the Research Ethics Committee with number 083/2012. Results: two theme fromthe analysis emerged: the difficulties faced by children during the hospitalization, and the benefitsof inclusion of recreational activities during hospitalization. Final considerations: with the use ofrecreational activities, we can conclude that they are able to make the hospital environment leastthreatening, enabling rescue smiles and the joy of being a child.


Assuntos
Humanos , Enfermagem Pediátrica , Hospitalização , Jogos e Brinquedos , Pediatria
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA