Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 9(2): 575-582, abr.-jun. 2017. ilus
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-836376

RESUMO

Objective: to summarize the scientific literature regarding the consumption of alcohol among fishermen. Method: Integrative review performed by literature in CAPES databases, ScieLO and LILACS, through data collection in the period from March to April 2014. Results: Alcohol consumption was evidenced as an usual activity among fishermen, emphasizing its association with religion, long working hours, lack of maximum levels of weekly satisfactory consumption of alcohol, occupational accidents, cardiovascular and sexually transmitted diseases, and hyperlipidemia. Conclusion: The consumption of alcohol is a common practice among fishermen and despite all the studies pointing to this practice, there is no evidence of real alternatives related to promotion, prevention and healthcare of fishermen in relation to alcohol consumption.


Objetivo: sintetizar a produção científica quanto ao consumo de álcool entre pescadores. Método: Revisão integrativa realizada por meio de levantamento bibliográfico nas bases de dados CAPES, ScieLO e LILACS, com período de coleta de dados entre março e abril de 2014. Resultados: Evidenciou-se o consumo de álcool como atividade habitual entre pescadores, salientando a associação com religião, longas jornadas de trabalho, desconhecimento dos níveis máximos de consumo de álcool semanais satisfatórios, acidentes ocupacionais, doenças sexualmente transmissíveis e cardiovasculares, e hiperlipidemia. Conclusão: O consumo de álcool é uma prática comum entre os pescadores e apesar de todos os estudos apontarem para essa prática, não há evidências de alternativas reais relacionadas a promoção, prevenção e cuidado da saúde de pescadores no que tange ao consumo de álcool.


Objetivo: para resumir la literatura científica en relación con el consumo de alcohol entre los pescadores. Método: Revisión integrada realizada por la literatura en las bases de datos de la CAPES, SciELO y LILACS, con período de recolección de los datos de marzo a abril de 2014. Resultados: Se evidenció el consumo de alcohol como una actividad habitual entre los pescadores, haciendo hincapié en su asociación con la religión, largas horas de trabajo, la falta de niveles máximos de consumo de alcohol semanal satisfactorios, accidentes de trabajo, transmisibles y cardiovascular sexual, y la hiperlipidemia. Conclusión: El consumo de alcohol es una práctica común entre los pescadores y a pesar de todos los estudios que apuntana esta práctica, no hay pruebas de alternativas reales relacionados con los pescadores de promoción, prevención y atención de la salud en relación con el consumo de alcohol.


Assuntos
Humanos , Alcoolismo , Consumo de Bebidas Alcoólicas/efeitos adversos , Consumo de Bebidas Alcoólicas/prevenção & controle , Literatura de Revisão como Assunto , Pesqueiros , Saúde do Trabalhador , Brasil
2.
Rev. bras. enferm ; 42(1/4): 117-121, jan.-dez. 1989. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-255143

RESUMO

O trabalho é um estudo descritivo que focaliza um casal de idoso no contexto familiar e sócio-cultural numa comunidade pesqueira de origem açoriana. Com base nas informaçöes obtidas através de dados da pesquisa de CARTANA (1988), fez-se uma descriçäo sumária do cenário da vila, para que o leitor possa melhor compreender o estilo de vida de seus moradores. A vida do casal, Seu José e Dona Maria, que é o ponto central deste relato, é descrita a partir da apresentaçäo da estrutura familiar, de depoimentos pessoais, alguns transcritos de acordo com seu próprio modo de falar e da descriçäo e um dia comum de sua vida. Säo ressaltadas algumas implicaçöes para a enfermagem e outros profissionais da saúde como: saúde, doença e envelhecimento, notando-se que estes säo encarados com a mesma importäncia que os demais aspectos da família. É abordado seu comportamento em caso de doença quando procuram primeiramente os recursos comuns utilizados pela comunidade, depois a rede formal de atendimento à saúde. Chama-se especial atençäo dos profissionais de saúde, mostrando que poderäo desempenhar com eficiência suas funçöes, se considerarem, na assistência ao cliente, seu componente cultural de crenças, normas e práticas de saúde.


Assuntos
Humanos , Idoso , Características Culturais , Saúde da Família/etnologia , Pesqueiros
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA