Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 27
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Hist. enferm., Rev. eletronica ; 11(2): 79-81, 20200000.
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1292057

RESUMO

La historia de la enfermería como campo de conocimiento e investigación reconocida por sus pares y por otras áreas se ha consolidado en Brasil durante los últimos 30 años, motivada especialmente, por dos importantes cuestiones. La primera de ellas, en nuestra evaluación, se debe a la expansión paulatina de los programas de posgrado en enfermería, incidiendo en la producción de tesis y disertaciones con perspectiva historiográfica1,2. La segunda, como consecuencia de la primera, se debe a la creación de grupos de investigación enfocados en la historia de la enfermería.


Assuntos
Grupos de Pesquisa , História da Enfermagem , História , Laboratórios
2.
Enferm. foco (Brasília) ; 9(1): 36-40, abr. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1028341

RESUMO

Objetivo: Refletir sobre a contribuição do laboratório de enfermagem para a formação de enfermeiros críticos e capazes de responder às necessidades de saúde da população. Metodologia: Ancoradas na Pedagogia Crítica, em Paulo Freire, trataremos o laboratório de enfermagem como um cenário/dispositivo que favorece a situação pedagógica, media o processo ensino aprendizagem e contribui para a formação de sujeitos comprometidos com a transformação da realidade social. Resultados: O laboratório de enfermagem deve ser um espaço de reflexão, (re)criação e (re)invenção da prática de enfermagem e que favorece a produção de novos modos de fazer que reflitam a realidade e as necessidades por ela geradas. Conclusão: O laboratório de enfermagem, como um cenário/dispositivo essencial para a formação de enfermeiros precisa ser visto numa perspectiva crítica, de superação de práticas hegemônicas conservadoras.


Objective: Reflect on the contribution of the Nursing laboratory for the nurse’s critical training and able to respond to the health needs of the population. Method: Anchored in Critical Pedagogy, in Paulo Freire, the nursing laboratory will be treated as a scenario/device that favors the pedagogical situation, mediates the learning teaching process and contributes to the training of subjects committed to the transformation of the social reality. Results: The Nursing laboratory should be a space for reflection, (re) creation and (re) invention of the Nursing practice, favoring the construction of new ways of doing this, that reflect reality and the needs generated by it. Conclusion: The Nursing laboratory, as a scenario/essential device for the training of nurses, needs to be seen in a critical perspective, of overcoming conservative hegemonic practices.


Objetivo: Reflexionar sobre la contribuición del laboratorio de enfermería para la formación de enfermeros críticos y capaces de responder a las necesidades de salud de la población. Metodología: Ancladas en la Pedagogía Crítica, en Paulo Freire, trataremos el laboratorio de enfermería como un escenario/dispositivo que favorece la situación pedagógica, media el proceso de enseñanza aprendizaje y contribuye a la formación de sujetos comprometidos con la transformación de la realidad social. Resultados: El laboratorio de enfermería debe ser un espacio de reflexión, (re)creación y (re)invención de la práctica de enfermería, favoreciendo la construcción de nuevos modos de hacer que reflejen la realidad y las necesidades generadas por ella. Conclusión: El laboratorio de enfermería, como un escenario/dispositivo esencial para la formación de enfermeros, necesita ser visto desde una perspectiva crítica, de superación de prácticas hegemónicas conservadoras.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Educação em Enfermagem , Enfermagem , Enfermeiras e Enfermeiros , Laboratórios , Ocupações
3.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 7: 1-7, jul.-dez. 2017.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-908321

RESUMO

Objetivo: compreender as percepções sobre o Laboratório de Enfermagem como cenário didático para estudantes de graduação em Enfermagem. Métodos: trata-se de estudo exploratório qualitativo. Os dados foram coletados em universidade pública de Minas Gerais. A população foi constituída por estudantes de graduação em Enfermagem e que já cursaram as disciplinas Sistematização da Assistência de Enfermagem e Fundamentos do Cuidado de Enfermagem. A entrevista aberta foi utilizada para coleta de dados. O tamanho da amostra foi estabelecido pelo critério da saturação, alcançada na 12º entrevista. Os dados foram tratados pela análise de conteúdo. Resultados: foram geradas duas categorias: Motivos que levam ao não uso do laboratório e significados atribuídos ao laboratório pelos estudantes. Conclusão: os estudantes frequentam o Laboratório somente em vésperas de provas práticas. Dessa forma, reitera-se a ideia de que conteúdos didáticos, incluindo os práticos e teórico-práticos despertam maior atenção dos estudantes quando atrelados a situações de cobranças.


Objective: to know what perceptions of undergraduate nursing students in a public university about the Nursing Lab. Methods: aqualitative approach was used. Data was collected through open interviews and the sample size was determined by saturation.Data was then processed according to the criteria established in the thematic analysis. Results: the interviews generated twocategories: Motives that lead to non-use of the laboratory and meanings assigned to the laboratory by students. Conclusion:students attend the Laboratory only on the eve of practical tests. Therefore, it reiterates the idea that educational contents,including practical and theoretical-practical arouse more attention from the students when linked to charges situations.


Objetivos: conocer percepciones sobre el Laboratorio de Enfermería para estudiantes de graduación en enfermería de universidad pública. Método: enfoque cualitativo. La entrevista abierta fue el instrumento de colecta de datos y el tamaño de la muestra fue establecido por la saturación. Los datos fueron tratados como criterios de análisis temáticas. Resultados: Se generaron doscategorías: Motivos que llevan al no uso del laboratorio y significados asignados al laboratorio por los estudiantes. Conclusión: Los estudiantes buscan al laboratorio solo en la víspera de las pruebas prácticas. Por lo tanto, se reitera la idea de que los contenidos educativos, incluyendo práctico y teórico-práctico despiertan más la atención de los estudiantes cuando están vinculadas a situaciones cobradas.


Assuntos
Masculino , Feminino , Humanos , Laboratórios , Pesquisa Qualitativa , Estudantes de Enfermagem
4.
Rev. bras. enferm ; 67(1): 127-132, Jan-Feb/2014. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-704716

RESUMO

O estudo objetivou avaliar a contaminação bacteriana em jalecos de acadêmicos de enfermagem após a sua utilização em práticas assistenciais à saúde. Realizou-se estudo quantitativo e descritivo, no qual os jalecos dos acadêmicos foram recolhidos, lavados e passados de forma padronizada e usados durante quatro horas em atividades assistenciais. Subsequentemente, coletaram-se amostras dos punhos com hastes de algodão estéreis para serem incubadas; analisando-se posteriormente o crescimento microbiano por meio de análise morfológica pelo método Gram e antibiograma. Observou-se crescimento bacteriano dos microrganismos Staphylococcus aureuse Staphylococcus epidermidis em 50% das amostras coletadas, sendo que o Staphylococcus aureus, encontrado no ambulatório de atendimento a portadores de feridas, apresentou resistência aos antibióticos Vancomicina, Cloranfenicol e Sulfonamidas. Os dados demonstraram que os jalecos utilizados durante as atividades assistenciais, mesmo em curtos períodos, são contaminados por cepas resistentes a antibióticos e que potencialmente podem ser causadores de infecção relacionada a assistência à saúde.


The study aimed to evaluate the bacterial contamination in lab coats worn by nursing students, before and after being worn in health care practices. A quantitative and descriptive study was carried out, in which the students' coats were collected, washed and ironed in a standardized way and wore for four hours in assistance activities. Subsequently, samples from the cuffs were collected with sterile cotton swabs in order to be incubated in order to analyze microbial growth through morphological analysis by Gram's Method and antibiogram. There was bacterial growth of Staphylococcus aureus and Staphylococcus epidermidis in 50% of the collected samples and Staphylococcus aureus, found in patients with wounds in outpatient care, showed resistance to antibiotics such as Vancomycin, Chloramphenicol and Sulfonamides. The data demonstrated that the lab coats wore during assistance activities, even in short periods, are effectively contaminated by strains resistant to antibiotics and can potentially cause infection related to health care.


Objetivó-se evaluar la contaminación bacteriana de batas de laboratorio de estudiantes de enfermería, antes y después del uso en la asistencia a la salud. Realizó-se un estudio cuantitativo y descriptivo, en el que fueron recogidas las batas de los alumnos, lavadas y planchadas de manera estandarizada y usadas durante cuatro horas en actividades de asistencia. Seguidamente, se recolectaron muestras de los puños con hisopos de algodón estéril para ser incubadas; analizando-se posteriormente el crecimiento microbiano mediante análisis morfológico por el método de Gram y el antibiograma. Hubo crecimiento bacteriano de microorganismos Staphylococcus aureus y Staphylococcus epidermidis en 50% de las muestras recolectadas, siendo que el Staphylococcus aureus, hallado en la atención ambulatoria de pacientes con heridas, presentó resistencia a los antibióticos Vancomicina Cloramfenicol y Sulfonamidas. Los datos demostraron que las batas de laboratorio utilizadas durante las actividades de asistencia, incluso en períodos cortos, efectivamente son contaminadas por cepas resistentes a los antibióticos y que potencialmente pueden causar infección relacionada a la asistencia a la salud.


Assuntos
Humanos , Contaminação de Equipamentos , Cuidados de Enfermagem , Roupa de Proteção/microbiologia , Staphylococcus aureus/isolamento & purificação , Staphylococcus epidermidis/isolamento & purificação , Laboratórios , Inquéritos e Questionários , Estudantes de Enfermagem
5.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(1): 243-249, mar. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-579760

RESUMO

Este estudo tem por objetivo conhecer a percepção de estudantes de enfermagem quanto aos aspectos físicos, pedagógicos e humanos referentes ao laboratório de enfermagem no processo ensino-aprendizagem. Trata-se de um estudo quantitativo, transversal, não experimental. A pesquisa foi realizada com 85 alunos. Um total de 58,8 por cento dos alunos avaliou a estrutura física como ruim ou regular; já a acomodação foi avaliada por 50,6 por cento dos alunos como ruim e péssima. Quanto ao horário de funcionamento, 63,5 por cento dos alunos avaliaram como bom ou ótimo. Os alunos avaliaram positivamente as enfermeiras especialistas em laboratório e as monitoras com 87,0 por cento e 84,9 por cento de bom ou ótimo, respectivamente. A maioria dos aspectos obteve conceito bom, exceto a infra-estrutura física. O aspecto melhor avaliado foi o recurso humano.


The objective of this study is to get to know the nursing students' perception in terms of the physical, educational and human aspects of the nursing laboratory in the teaching-learning process. This is a quantitative, cross-sectional, non-experimental study. Participants were 85 students who answered to a questionnaire about the laboratory in regard to human resources, teaching resources, physical infrastructure, and accommodation and hours of operation. Regarding the physical infrastructure of the lab, the majority of students (58.8 percent) rated it as bad or average, and accommodation was rated between bad and extremely bad by 50.6 percent of the students. The lab working hours were rated from good to excellent by 63.5 percent of the students. The nursing specialists and monitors of the laboratory were positively rated by the students, with 87.0 percent and 84.9 percent rating them from good to excellent, respectively. According to the students, the best aspect of the laboratory was human resources.


Conocer la percepción de estudiantes de enfermería en cuanto a los aspectos físicos, pedagógicos y humanos referentes al laboratorio de enfermería en el proceso enseñanza-aprendizaje. Se trata de un estudio cuantitativo, transversal, no experimental. La pesquisa fue realizada con 85 alumnos. En cuanto a la estructura física, el 58,8 por ciento de los alumnos la evaluó como mala o regular, las comodidades fueron malas o pésimas para 50,6 por ciento de los alumnos. Respecto al horario de funcionamiento, 63,5 por ciento de los alumnos lo evaluó como bueno u óptimo. Los alumnos evaluaron positivamente a las enfermeras especialistas en laboratorio y a las monitoras, con 87,0 por ciento y 84,9 por ciento para bueno y óptimo, respectivamente. La mayoría de los aspectos obtuvo buenos conceptos, excepto los relacionados con la infraestructura física. El aspecto mejor evaluado fue el recurso humano.


Assuntos
Humanos , Educação em Enfermagem/métodos , Estudantes de Enfermagem , Estudos Transversais , Laboratórios
6.
Rev. enferm. Cent.-Oeste Min ; 1(4): 592-602, 2011.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031046

RESUMO

Apresentar uma reflexao teorica sobre as novas formas de ensinar o estudante de enfermagem na aquisicao de habilidadespsicomotoras, interacao em grupos, raciocinio critico e o desenvolvimento de uma assistencia baseada na seguranca dosclientes. Destaca-se a importancia das metodologiasde ensino inovadoras, tais como a simulacao e a incubadora deaprendizagem, visando criar e implementar novos projetos na area. Assim, considera-se que o educador deve integrar-se epreparar-se para essas novas possibilidades em suapratica, pois a tecnologia traz uma multiplicidadede recursos queprecisam agregar a informatica, como no caso da simulacao, com propostas pedagogicas adequadas para facilitar o ensino.O educando, por sua vez, tambem necessita adquirirnovas habilidades para aprender, pois nao sera meroreceptor deinformacoes e sim agente ativo na construcao do seuconhecimento e na sua formacao como sujeito e cidadao,proporcionando o desenvolvimento de habilidades para producao de conhecimento proprio, inovador, assegurando umaassistencia de enfermagem de qualidade e segura aocliente.


Present a theoretical reflection on new forms of teaching nursing students in the acquisition of psychomotor skills, groupinteraction, critical thinking and developing a service based on customer safety. We emphasize the importance ofinnovative teaching methodologies such as simulation and learning incubator, to create and implement new projects inthe area. Thus, it is considered that the educatormust integrate and prepare for these new possibilities in their practice,because the technology brings a multitude of resources that need to aggregate information, such as simulation, withappropriate pedagogical proposals to facilitate teaching. The student, in turn, also need to acquire new skills to learn,therefore, not be a mere recipient of information but active agents in building their knowledge and their training ascitizens and subjects, providing skills developmentfor own innovative knowledge production, ensuringquality care andsafe nursing to the customer.


Presentar una reflexion teorica sobre las nuevas formas de ensenar a los estudiantes de enfermeria enla adquisicion dehabilidades psicomotoras, la interaccion del grupo,el pensamiento critico y el desarrollo de un servicio basado en laseguridad del cliente. Hacemos hincapie en la importancia de las metodologias de ensenanza innovadoras, tales como lasimulacion y la incubadora de aprendizaje, para crear e implementar nuevos proyectos en el area. Por lo tanto, seconsidera que el educador debe integrarse y prepararse para estas nuevas posibilidades en su practica,debido a que latecnologia aporta una gran cantidad de recursos quenecesitan la informacion agregada, como la simulacion, con lasoportunas propuestas pedagogicas para facilitar laensenanza. El alumno, a su vez, tambien debe adquirir nuevashabilidades para aprender, por lo tanto, no ser unmero receptor de informacion, sino agente activo enla construccion desus conocimientos y su formacion como sujeto y ciudadano, proporcionando el desarrollo de habilidadespara laproduccion de conocimiento propio, innovador, asegurando el cuidado de enfermeria de calidad y atencion al clienteseguro.


Assuntos
Aprendizagem , Educação Superior , Educação em Enfermagem , Estudantes de Enfermagem , Laboratórios , Simulação
7.
Rev. latinoam. enferm ; 18(1): 41-47, Jan.-Feb. 2010. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-545433

RESUMO

Non-verbal communication is predominant in the mother-child relation. This study aimed to analyze non-verbal mother-child communication in conditions of maternal HIV. In an experimental environment, five HIV-positive mothers were evaluated during care delivery to their babies of up to six months old. Recordings of the care were analyzed by experts, observing aspects of non-verbal communication, such as: paralanguage, kinesics, distance, visual contact, tone of voice, maternal and infant tactile behavior. In total, 344 scenes were obtained. After statistical analysis, these permitted inferring that mothers use non-verbal communication to demonstrate their close attachment to their children and to perceive possible abnormalities. It is suggested that the mother’s infection can be a determining factor for the formation of mothers’ strong attachment to their children after birth.


A comunicação não-verbal é predominante na relação entre mãe/filho. Objetivou-se verificar a comunicação não-verbal mãe/filho na vigência do HIV materno. Em ambiente experimental, foram avaliadas cinco mães HIV+, no exercício de cuidados com seus filhos de até seis meses de vida. Filmagens dos cuidados foram analisadas por peritos, sendo observados os aspectos da comunicação não-verbal, como: a paralinguagem, cinestésica, distância, contato visual, tom de voz, comportamento tátil materno e infantil. Obteve-se 344 cenas que, após análise estatística, possibilitou inferir que a comunicação não-verbal é utilizada pela mãe para demonstrar seu íntimo apego aos filhos e para perceber possíveis anormalidades. Sugere-se que a infecção materna pode ser fator determinante para a formação de forte apego materno ao seu bebê após o nascimento.


La comunicación no verbal es predominante en la relación entre madre/hijo. Se tuvo por objetivo verificar la comunicación no verbal madre/hijo en la existencia del HIV materno. En ambiente experimental, fueron evaluadas cinco madres HIV+, que cuidaban de sus hijos de hasta seis meses de vida. Las filmaciones de los cuidados fueron analizadas por peritos, siendo observados los aspectos de la comunicación no verbal, como: paralenguaje, cinestésica, proximidad, contacto visual, tono de voz y comportamiento táctil materno e infantil. Se obtuvo 344 escenas que, después de un análisis estadístico, posibilitó inferir que la comunicación no verbal es utilizada por la madre para demonstrar su apego íntimo a los hijos y para percibir posibles anormalidades. Se sugiere que la infección materna puede ser un factor determinante para la formación del fuerte apego de la madre por su bebé después el nacimiento.


Assuntos
Adulto , Pré-Escolar , Feminino , Humanos , Lactente , Recém-Nascido , Pessoa de Meia-Idade , Gravidez , Síndrome de Imunodeficiência Adquirida , Infecções por HIV , Soropositividade para HIV , Relações Mãe-Filho , Comunicação não Verbal , Distribuição Binomial , Pesquisa Biomédica , Choro , Coleta de Dados , Ética em Pesquisa , Cuidado do Lactente , Entrevistas como Assunto , Laboratórios , Complicações Infecciosas na Gravidez , Segundo Trimestre da Gravidez , Fatores de Risco , Fatores de Tempo
8.
Nursing (Säo Paulo) ; 10(112): 406-411, set. 2007. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-513234

RESUMO

O presente estudo, de caráter descritivo-analítico, teve como objetivos identificar os riscos biológicos junto aos profissionais do Laboratório de Análises Clínicas de uma Universidade privada, bem como investigar a ocorrência, os tipos e as causas dos acidentes ocupacionais e avaliar o conhecimento e o uso de medidas de biossegurança entre eles. A coleta de dados foi realizada através de um questionário, contendo perguntas abertas e fechadas acerca dos riscos e acidentes ocupacionais e alguns dados complementares sobre prevenção, condutas pós-exposição, uso de equipamentos de proteção, vacinação e legislações relacionadas à biossegurança. Os resultados demonstraram que, apesar desses profissionais estarem expostos aos riscos biológicos no seu ambiente de trabalho, não foi identificado nenhum acidente no laboratório do estudo e que reconhecem a importância do uso das medidas de biossegurança na rotina de trabalho, bem como de procedimentos que garantam a sua segurança e a da equipe. Os dados possibilitaram também reflexões acerca de aspectos relacionados à realidade encontrada, como formação e educação profissional continuada, aplicabilidade de leis, decretos e portarias emitidas por órgãos competentes e à importância da ênfase na necessidade de realização dos procedimentos a partir da adoção de medidas preventivas.


Assuntos
Humanos , Acidentes de Trabalho/prevenção & controle , /prevenção & controle , Laboratórios , Saúde do Trabalhador , Universidades
9.
Rev. latinoam. enferm ; 13(1): 65-71, jan.-fev. 2005. tab
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-394205

RESUMO

O artigo visa a caracterização do trabalho da enfermagem no setor de coleta de exames do laboratório de análises clínicas, identificando as atividades desempenhadas pelos diferentes agentes e sua inserção na estrutura organizacional. O referencial teórico está pautado nos estudos do processo de trabalho e de recursos humanos em saúde e enfermagem. Os dados foram coletados por meio de questionário, aplicado em uma amostra de 45 instituições e analisados quanti-qualitativamente. Os resultados mostram que, dentre os laboratórios estudados, 77,8 por cento têm auxiliares de enfermagem, 13 por cento técnicos de enfermagem e 33,3 por cento enfermeiros. Observa-se a divisão do trabalho, na qual os enfermeiros desenvolvem sobretudo atividades gerenciais e os auxiliares e técnicos de enfermagem atividades assistenciais, não havendo diferenças no trabalho desses últimos. Há outros profissionais compartilhando das mesmas atividades realizadas pela enfermagem, a qual está subordinada a outras áreas de atuação em 24 (53,3 por cento) laboratórios. Evidencia-se a ausência de especificidade das ações de enfermagem e sua escassa autonomia no cenário estudado


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Manejo de Espécimes , Trabalho , Enfermagem , Laboratórios , Enfermeiras e Enfermeiros , Enfermeiros , Recursos Humanos , Prática Profissional
10.
Natal; s.n; dez. 2004. 106f p.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1036385

RESUMO

Estudar o processo ensino/aprendizagem acerca dos procedimentos de Enfermagem desenvolvidos no laboratorio, apreendendo as dimensoes sapiens e demens desse processo, e o proposito principal deste estudo. Tem como objetivos identificar as principais contribuicoes do laboratorio de Enfermagem no processo ensino/aprendizagem, a partir da visao de estudantes de graduacao, os sentimentos que eles expressam, descrever as dificuldades identificadas por estes e analisar a importancia do laboratorio nesse processo. Como procedimento de investigacao, realizamos quatro reunioes de grupo focal com 26 estudantes de graduacao que haviam concluido a disciplina de Semiologia e Semiotecnica em Enfermagem, aquela que mais utiliza o laboratorio de Enfermagem como o principal espaco de sua aprendizagem. A analise, de abordagem qualitativa, teve como aporte teorico fundamental os estudos de Friedlander e Hayashida, que tratam do ensino/aprendizagem no laboratorio de Enfermagem, e autores que privilegiam a humanizacao no ensino como Freire, Maturana, Morin, Assmann, entre outros. Os resultados apontam a importancia do laboratorio de Enfermagem como facilitador do processo ensinar/aprender. Os estudantes, em suas falas, afirmam e reafirmam que a realizacao de praticas em situacoes simuladas torna-os mais seguros e preparados tecnicamente para o cuidar. Alem disso, ressaltam que os sentimentos de medo, inseguranca, ansiedade, angustia e panico, entre outros, sao atenuados por ocasiao da experiencia clinica quando antes vivenciam a aprendizagem no laboratorio. Constatam, igualmente, algumas dificuldades de ordem estrutural que constituem obstaculos ao bom desenvolvimento da aprendizagem. Em sintese, apesar das dificuldades apontadas pelos estudantes, em relacao ao uso do laboratorio de Enfermagem no processo ensino/aprendizagem, os mesmos reconhecem ser este o locus por excelencia para o desenvolvimento das habilidades e diminuicao de suas tensoes.


Assuntos
Humanos , Educação em Enfermagem , Estudantes de Enfermagem , Laboratórios
11.
São Paulo; s.n; 2004. 189 p
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1343113

RESUMO

Este estudo de caráter qualitativo e quantitativo, tipo exploratório-descritivo, trata da caracterização do trabalho de enfermagem em laboratórios de análises clínicas. O objetivo geral visa identificar os aspectos da atuação da enfermagem nos laboratórios de análises clínicas, que permitam caracterizar o processo de trabalho da enfermagem. Os objetivos específicos buscaram identificar os trabalhadores da saúde que atuam na coleta de exames; reconhecer as atividades desempenhadas pelos diferentes agentes da enfermagem e conhecer sua inserção na estrutura organizacional. O referencial teórico adotado pautou-se nos estudos do processo de trabalho e de recursos humanos em saúde e em enfermagem. Para a coleta de dados utilizou-se um questionário e a amostra foi composta por 45 instituições. A análise dos resultados revelou que, quanto à caracterização dos laboratórios, 15,6% não realizam treinamento em serviço e 60% fazem-no de modo isolado, não continuado; o enfermeiro é o profissional que assume majoritariamente a responsabilidade por essa ação. Quanto aos recursos humanos, 77,8% são auxiliares de enfermagem, 13% enfermeiros e 9,1% técnicos de enfermagem. Evidencia-se a divisão social e técnica do trabalho, no qual os auxiliares executam o cuidado direto, o enfermeiro gerencia o processo e os técnicos desempenham ambas ações, sem diferenças relevantes entre as atividades dos auxiliares e técnicos de enfermagem. Além disso, há outros profissionais que compartilham das mesmas atividades realizadas pela enfermagem e esta se encontra, em grande parte, subordinada a outras áreas de atuação, com escassa autonomia na estrutura organizacional.


This qualitative and quantitative study, an exploratory-descriptive study, examines the characteristics regarding the work performed by nursing professionals in clinical laboratories. The general goal aims to identify roles played by nursing professionals in clinical laboratories that allow us to characterize the nursing work process. The specific goals seek to identify health workers that are responsible for collecting samples, to distinguish the activities played by different nursing professionals and to learn how they are inserted in the organizational structure. The theoretical reference adopted is based on studies regarding work procedures and human resources in health and nursing. A questionnaire was used to collect data and the sample comprised 45 institutions. Regarding the clinical laboratories, result analysis revealed that 15.6% of them do not offer in-service training and 60% do not do it on a continuous manner; nurses basically take on the responsibility for training other nursing professionals. Regarding human resources, 77.8% are nursing assistants, 13% are nurses, and 9.1% are practical nurses. There is evidence of a social and technical division of the workload: nursing assistants provide direct care, nurses manage the processes, and practical nurses perform both activities. No relevant differences were observed between the activities played by nursing assistants from those played by practical nurses. Furthermore, there are other professionals that share the same activities played by those nursing professionals. In most cases, nursing professionals are subordinated to other areas and have little autonomy in the organizational structure.


Assuntos
Trabalho , Enfermagem , Laboratórios
12.
São Paulo; s.n; 2004. 189 p. tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-388163

RESUMO

Este estudo de caráter qualitativo e quantitativo, tipo exploratório-descritivo, trata da caracterização do trabalho de enfermagem em laboratórios de análises clínicas. O objetivo geral visa identificar os aspectos da atuação da enfermagem nos laboratórios de análises clínicas, que permitam caracterizar o processo de trabalho da enfermagem. Os objetivos específicos buscaram identificar os trabalhadores da saúde que atuam na coleta de exames; reconhecer as atividades desempenhadas pelos diferentes agentes da enfermagem e conhecer sua inserção na estrutura organizacional. O referencial teórico adotado pautou-se nos estudos do processo de trabalho e de recursos humanos em saúde e em enfermagem. Para a coleta de dados utilizou-se um questionário e a amostra foi composta por 45 instituições. A análise dos resultados revelou que, quanto à caracterização dos laboratórios, 15,6 porcento não realizam treinamento em serviço e 60 porcento fazem-no de modo isolado, não continuado; o enfermeiro é o profissional que assume majoritariamente a responsabilidade por essa ação. Quanto aos recursos humanos, 77,8 porcento são auxiliares de enfermagem, 13 porcento enfermeiros e 9,1 porcento técnicos de enfermagem. Evidencia-se a divisão social e técnica do trabalho, no qual os auxiliares executam o cuidado direto, o enfermeiro gerencia o processo e os técnicos desempenham ambas ações, sem diferenças relevantes entre as atividades dos auxiliares e técnicos de enfermagem. Além disso, há outros profissionais que compartilham das mesmas atividades realizadas pela enfermagem e esta se encontra, em grande parte, subordinada a outras áreas de atuação, com escassa autonomia na estrutura organizacional


Assuntos
Manejo de Espécimes , Enfermagem , Laboratórios
13.
Rev. enferm. Inst. Mex. Seguro Soc ; 11(1): 19-24, Enero-Abril 2003. tab
Artigo em Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-968917

RESUMO

Introducción: El monitoreo de la glucosa se obtiene del cambio en la tinción de la zona de una tira reactiva. La educación en diabetes incluye el conocimiento de las mediciones en sangre capilar. Objetivo: Conocer si la capacitación a enfermeras influye en la precisión del monitoreo de glucemia en ayunas. Material y método: Estudio transversal, observacional, descriptivo, comparativo, de intervención educativa en 116 pacientes diabéticos hospitalizados. Las determinaciones se realizaron en forma ciega por enfermería, antes y después de la capacitación en días diferentes, y las muestras de sangre venosa por el personal del laboratorio. Resultados: Su distribución por sexo fue 22 mujeres y 25 hombres en el grupo pre-intervención y 30 mujeres y 39 hombres en el grupo post-intervención. El coeficiente de correlación fue de 0.45 entre las muestras de glucosa por tira reactiva y las de laboratorio antes de la intervención educativa y de 0.77 después de la intervención educativa. El 11% de los pacientes descontrolados metabólicamente quedaban sin diagnosticarse por imprecisión del método con tira visual; después de la intervención educativa disminuyó a 8%. La diferencia de los valores promedios obtenidos por laboratorio y por tira reactiva fue significativa (p<0.05) en los dos grupos. Conclusiones: Los resultados de la correlación que existe entre los resultados de glucemia por laboratorio y con tira reactiva visuales baja y coincide con lo reportado en la literatura, pero mejora con la intervención educativa hacia el personal involucrado en su determinación.


Introduction: The results of capillary glucose testing are obtained by especific zone strip tincture. The current use of accurate blood glucose monitor are even more used nowadays, so, health diabetes team education is a priority. Frequently on clinical practice there are not correlation between visual test strips and reference laboratory. Objective: To know the correlation between different glucose monitoring according hospital educational intervention program training. Methods: Transversal, comparative, intervention study Visual testing monitoring before and after educational intervention program were compared with central laboratory results. We use t-student and Parson's "r" correlation test. Results: 116 hospitalized subjects were studied. 52 women and 64 male correlation coefficient was 0.45 between visual strips and referral laboratory and 0.77 after education intervention. Difference in values obtained from reactive strip and laboratory tests was significative (<0.05) in both groups. Conclusions: This study shows that correlation between results of both tests is low and it is related to the existing evidence found in the literature review, and it is improved after the introduction of the education (training) program.


Assuntos
Humanos , Glicemia , Estudos Transversais , Estratégias de Saúde , Assistência Centrada no Paciente , Diabetes Mellitus , Glucose , Glucose/análise , Laboratórios , Serviço Hospitalar de Enfermagem , México
14.
Rev. bras. enferm ; 54(4): 597-607, out.-dez. 2001. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-329043

RESUMO

No Brasil, uma das prioridades do plano de combate à tuberculose é a avaliação de desempenho laboratorial através do controle de qualidade das baciloscopias. Este estudo objetivou avaliar a confiabilidade dos exames realizados pelo Programa de Tuberculose do Distrito Federal (PCT-DF). Trata-se de um estudo descritivo, realizado a partir das lâminas revisadas no laboratório de referência, de 1988 a 1999. Comparou-se em dupla cega os resultados das leituras dos esfregaços obtidos na periferia e laboratório central. As concordâncias/discordâncias foram analisadas pelo Kappa e intervalo de confiança (IC). Avaliaram-se 7.756 lâminas, obtendo-se discordâncias de 1,9 por cento de falso-positivas e de 0,8 por cento falso-negativas. Até 1997, 66,5 por cento das baciloscopias positivas foram revisadas. Implementada essa atividade, atingiu-se 90,1 por cento. A confiabilidade foi ótima pelo Kappa, discordando com os resultados do IC. O controle de qualidade deve ampliar a confiabilidade do diagnóstico de tuberculose, entretanto, a avaliação depende do uso de testes de reprodutividade sensíveis.


Assuntos
Humanos , Controle de Qualidade , Tuberculose , Laboratórios , Técnicas Bacteriológicas , Tuberculose , Brasil , Estudos Retrospectivos , Planos e Programas de Saúde
15.
Texto & contexto enferm ; 7(3): 146-57, set.-dez. 1998.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-273156

RESUMO

Este estudo foi densenvolvido junto aos alunos da disciplina Semiologia e Semiotécnica do 2§ ano do curso de Enfermagem do CESULON, durante o ano de 1997. As professoras da disciplina, baseadas em trabalho realizado na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, utilizaram atividades lúdicas como método de ensino em laboratório de enfermagem. Os resultados demonstraram que o método utilizado estimulou a motivaçäo dos alunos para o aprendizado, como também exigiu dos educandos conhecimento e criatividade, näo limitando-se somente a repetiçäo e memorizaçäo dos conteúdos.


Assuntos
Humanos , Jogos e Brinquedos , Laboratórios , Educação em Enfermagem/métodos , Criatividade
16.
Rev. gaúch. enferm ; 19(2): 111-7, jul. 1998.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-259878

RESUMO

Visualizando os laboratórios de enfermagem enquanto um dos subsistemas tecnológicos da Universidade, buscamos com este estudo detectar e dimensionar as ocorrências positivas e negativas vivenciadas pelo aluno de graduaçäo, relacionadas à utilizaçäo destes laboratórios. Realizado na Escola de Enfermagem de Ribeiräo Preto da Universidade de Säo Paulo, o estudo contou com uma amostra constituída por 160 alunos entre o segundo e o quarto ano...


Assuntos
Humanos , Enfermagem , Laboratórios , Educação em Enfermagem/métodos
17.
Rev. gaúch. enferm ; 19(1): 66-8, jan. 1998.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-259873

RESUMO

O autor relata sua experiência acadêmica como aluno-monitor da disciplina de Morfologia: Histologia e Anatomia, desenvolvida durante o segundo semestre de 1996 até o primeiro semestre de 1998, na Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUI, Ijui/RS. Destaca a importância da monitoria como um meio de desenvolver a habilidade técnica com o manuseio dos materiais; obter um contato mais próximo com a docência, além de rever os conteúdos anteriormenrte aprendidos. O trabalho contribui para a reflexäo e o fortalecimento dessas atividades, ampliando os conhecimentos e levando-os à socializaçäo. Na avaliaçäo realizada com alguns estudantes, percebe a monitoria como uma atividade indispensável, vindo ao encontro de suas necessidades de estudo, além de ser um momento de troca de informaçöes, onde tanto monitor quanto aluno aprendem.


Assuntos
Humanos , Estudantes de Enfermagem , Laboratórios , Educação em Enfermagem , Estudos Retrospectivos , Histologia/educação , Anatomia/educação
18.
Ribeiräo Preto; s.n; 1997. 169 p. tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-214432

RESUMO

Vizualizando os laboratórios de enfermagem enquanto tecnologia organizacional, como um dos subsistemas tecnológicos da universidade, buscamos com este estudo a obtençäo de dados que permitam detectar e dimensionar as ocorrências positivas e negativas vivenciadas pelo aluno de graduaçäo, relacionadas ao uso destes laboratórios. Portanto, säo objetivos deste estudo: caracterizar a utilizaçäo dos laboratórios de enfermagem de acordo com a finalidade, identificar e analisar incidentes críticos positivos e negativos relacionados à sua utilizaçäo do ponto de vista do aluno de graduaçäo, identificar as dificuldades e as facilidades quanto ao acesso ou utilizaçäo e a sua opiniäo acerca do uso do laboratório de enfermagem no ensino de enfermagem. Realizado na Escola de Enfermagem de Ribeiräo Preto da Universidade de Säo Paulo, com amostra constituída por 160 alunos (72,4 por cento da populaçäo delimitada para estudo). A metodologia consistiu na utilizaçäo da técnica dos incidentes críticos; de duas questöes que tratavam das dificuldades ou facilidades para utilizar os laboratórios e a opiniäo sobre a utilizaçäo no ensino de enfermagem. Os resultados mostraram que os laboratórios foram mais utilizados para o desenvolvimento de atividades de pesquisa (47,3 por cento) do que de ensino (31,9 por cento), além de outras atividades (20,8 por cento). Em relaçäo às atividades relacionadas ao ensino, 56,0 por cento das aulas desenvolvidas em laboratório foram práticas e 44,0 por cento teóricas. Encontramos uma relaçäo aproximada de um terço de incidentes positivos para dois terços negativos, o que evidenciou a insatisfaçäo do aluno de graduaçäo no tocante às atividades relacionadas ao uso de laboratório de enfermagem. Houve predominância de situaçöes relacionadas ao desenvolvimento de aula prática (58,0 por cento) quando colocada frente às de treino voluntário (18,1 por cento), prova prática (9,6 por cento) e outras atividades (14,3 por cento). Em relaçäo as dificuldades e facilidades relacionadas ao acesso ou utilizaçäo dos laboratórios, a maioria (72,5 por cento) afirmou que nunca teve problema, apontando mais aspectos positivos (73,6 por cento) do que negativos (26,4 por cento). Quanto à opiniäo acerca da utilizaçäo de laboratório no ensino de enfermagem, houve unanimidade em relaçäo à sua aprovaçäo; entretanto, com base na sua experiência, os alunos especificaram mais aspectos positivos (52,8 por cento) do que negativos (47,2 por cento) vivenciados durante o ...


Assuntos
Humanos , Feminino , Masculino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Laboratórios , Educação em Enfermagem/métodos , Entrevistas como Assunto , Tecnologia Educacional
19.
Acta paul. enferm ; 8(4): 28-37, maio-dez. 1995. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-427130

RESUMO

Descrevem-se os resultados de um levantamento realizado junto a nove enfermeiros-professores de escolas públicas e privadas sobre alguns aspectos relacionados ao ensino em campo de estágio ou laboratório clínico: objetivos do estágio, número de alunos por grupo, orientação oferecida pelo professor respondente, distribuição de atividades e avaliação dos estudantes. O estudo fundamentou-se na pequena bibliografia americana específica encontrada e os dados são discutidos comparando-se as informações bibliográficas com os resultados obtidos. Finalmente, foram registradas algumas sugestões e cuidados oferecidos pelos professores envolvidos.


Assuntos
Educação em Enfermagem , Laboratórios , Ensino
20.
Rev. gaúch. enferm ; 15(1/2): 65-70, jan.-dez. 1994.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-166375

RESUMO

Trata-se de uma pesquisa histórica desenvolvida através do Estudo de Caso Histórico-Organizacional, que teve como objetivo investigar e discorrer sobre a trajetória histórica da estrutura e funcionamento do laboratório de enfermagem de uma unidade universitária estadual e sobre a situaçäo atual, com ênfase no desenvolvimento de atividades de apoio ao ensino, à pesquisa e serviços de extensäo. Procurou-se tecer algumas consideraçöes, à luz do conhecimento obtido sobre a Unidade, a respeito do impacto causado pela estrutura física, material e humana atualmente existente e utilizada como recurso de apoio ao ensino, à pesquisa e extensäo de serviços à comunidade.


Assuntos
Enfermagem , Laboratórios/história
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...