Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 41
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UFPE on line ; 13: [1-8], 2019.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1048052

RESUMO

Objetivo: compreender a importância do setting no brincar de irmãos de crianças hospitalizadas após a visita hospitalar em unidade intensiva. Método: trata-se de estudo qualitativo, de abordagem fenomenológica, à luz da Teoria do Amadurecimento, com oito irmãos de crianças hospitalizadas, idades entre os 3 aos 10 anos, que participaram de entrevista mediada por sessão de brinquedo dramático após visita hospitalar em unidade intensiva. Seguiram-se, na análise dos dados, os passos preconizados pela pesquisa fenomenológica. Resultados: sabe-se que a partir do reconhecimento do setting como suficientemente bom é que os irmãos puderam revelar, por meio do brinquedo terapêutico dramático, o significado da visita à criança hospitalizada em unidade intensiva. Informa-se que o reconhecimento do setting teve início já no convite para brincar, continuando durante o brincar e finalizando com a inclusão do pesquisador na brincadeira. Conclusão: possibilitou-se, pelas sessões de brinquedo terapêutico dramático, que os irmãos fossem cuidados, como membros da família, sendo que o ambiente hostil da unidade intensiva não foi percebido dessa forma pelos irmãos.(AU)


Objective: to understand the importance of the setting in the play of siblings of hospitalized children after the hospital visit in intensive unit. Method: this is a qualitative, phenomenological study, in the light of the Theory of Maturity, with eight siblings of children hospitalized, aged between three and ten years, who participated in a mediated interview with a dramatic toy session after a hospital visit in a unit intensive. In the analysis of the data, the steps recommended by the phenomenological research were followed. Results: it is known that from the recognition of the setting as good enough that the brothers could reveal, through the dramatic therapeutic toy, the meaning of the visit to the hospitalized child in intensive unit. It is reported that the recognition of the setting began already in the invitation to play, continuing during the play and ending with the inclusion of the researcher in the game. Conclusion: it was possible, through the sessions of dramatic therapeutic play, that the brothers were cared for as members of the family, and that the hostile environment of the intensive unit was not perceived in this way by the brothers.(AU)


Objetivo: comprender la importancia del setting en el jugar de hermanos de niños hospitalizados después de la visita hospitalaria en unidad intensiva. Método: se trata de un estudio cualitativo, de enfoque fenomenológico, a la luz de la Teoría de la madurez, con ocho hermanos de niños hospitalizados, edades entre los 3 a los 10 años, que participaron en una entrevista mediada por sesión de juguete dramático tras visita hospitalaria en unidad intensiva. Se siguieron, en el análisis de los datos, los pasos preconizados por la investigación fenomenológica. Resultados: se sabe que a partir del reconocimiento del setting como suficientemente bueno es que los hermanos pudieron revelar, por medio del juguete terapéutico dramático, el significado de la visita al niño hospitalizado en unidad intensiva. Se informa que el reconocimiento del setting tuvo inicio ya en la invitación para jugar, continuando durante el jugar y finalizando con la inclusión del investigador en el juego. Conclusión: se posibilitó, por las sesiones de juguete terapéutico dramático, que los hermanos fueran cuidados, como miembros de la familia, siendo que el ambiente hostil de la unidad intensiva no fue percibido de esa forma por los hermanos.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pré-Escolar , Criança , Enfermagem Pediátrica , Jogos e Brinquedos , Relações entre Irmãos , Visitas a Pacientes , Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica , Criança , Saúde da Criança , Hospitalização , Pesquisa Qualitativa
2.
Rev. enferm. UERJ ; 26: e33461, jan.-dez. 2018.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-969695

RESUMO

Objetivo: compreender a experiência de profissionais de enfermagem sobre a visitação aberta em uma unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN), antes e após sua implementação. Método: estudo descritivo, qualitativo, desenvolvido em uma maternidade pública situada em Bauru, São Paulo, Brasil, em 2016. A amostra foi definida pelo método de saturação de dados e constou de sete participantes. Para a coleta de dados utilizou-se a entrevista estruturada e como referencial metodológico a análise de conteúdo temática. A pesquisa iniciou-se após aprovação do projeto pelo Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: a partir dos discursos elencaram-se as categorias: expectativas profissionais antes da visitação aberta; enfrentando as dificuldades da visitação aberta; evidenciando os benefícios da visitação aberta; e desafios no seu aprimoramento. Conclusão: a percepção da equipe de enfermagem inicialmente foi negativa, porém após a implementação da visitação aberta na UTIN, evidenciaram-se os benefícios para os recém-nascidos, pais, acompanhantes e equipe.


Objective: to understand nursing personnel's experience of open visitation in a neonatal intensive care unit, before and after implementation. Method: this descriptive, qualitative study was conducted at a public maternity hospital in Bauru, São Paulo, Brazil, in 2016. The sample, defined by the data saturation method, consisted of seven participants. Data were collected by structured interviews, and thematic content analysis provided the methodological frame of reference. The study after approval by the research ethics committee. Results: the categories identified from the discourse were: professional expectations before open visitation; coping with the difficulties of open visitation; evidencing the benefits of open visitation; and challenges in improving it. Conclusion: the nursing team's initial perceptions were negative, but after implementation of open visitation, the benefits for newborns, parents, companions, and staff became evident.


Objetivo: comprender la experiencia de profesionales de enfermería sobre la visitación abierta en una unidad de terapia intensiva neonatal (UTIN), antes y después de su implementación. Método: estudio descriptivo, cualitativo, desarrollado en una maternidad pública situada en Bauru, São Paulo, Brasil, en 2016. La muestra fue definida por el método de saturación de datos y consistió en siete participantes. Para la recolección de datos se utilizó la entrevista estructurada y, como referencial metodológico, el análisis de contenido temático. La investigación se inició tras la aprobación del Comité de Ética en Investigación. Resultados: Con base en los discursos, se enlistaron las categorías: expectativas profesionales antes de la visitación abierta; enfrentando las dificultades de la visitación abierta; evidenciando los beneficios de la visitación abierta; y desafíos en su perfeccionamiento. Conclusión: la percepción del equipo de enfermería inicialmente fue negativa pero, después de la implementación de la visitación abierta en la UTIN, se evidenciaron los beneficios a los recién nacidos, padres, acompañantes y equipo.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Relações Profissional-Família , Visitas a Pacientes , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal/organização & administração , Humanização da Assistência , Brasil , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa , Técnicos de Enfermagem , Enfermeiras e Enfermeiros
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(10): 3920-3927, out.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-33068

RESUMO

Objetivo: conhecer a opinião dos acompanhantes sobre a importância da visita às crianças internadas em um Centro de Terapia Intensiva Pediátrica. Método: estudo qualitativo, descritivo, com a produção de dados realizada, por entrevistas semiestruturadas, com 21 acompanhantes de crianças internadas. Os dados foram analisados segundo a técnica da Análise de Conteúdo, na modalidade Análise Temática. Resultados: os acompanhantes atribuíram importância à visita hospitalar e acreditam que esta impacta na qualidade da recuperação da criança. Qualificaram as informações recebidas pela equipe multiprofissional como contraditórias, carecendo de clareza e objetividade. O acolhimento se mostrou como uma ferramenta importante na promoção do vínculo acompanhante-equipe. Conclusão: os acompanhantes valorizaram a visita hospitalar, porém, as informações que recebem mostram fragilidades para que eles possam sustentar relações mais seguras e acolhedoras. Acredita-se que o acolhimento poderá servir de estratégia de fortalecimento de vínculo. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Unidades de Terapia Intensiva Pediátrica , Família , Família/psicologia , Criança , Hospitalização , Visitas a Pacientes , Relações Profissional-Família , Humanização da Assistência , Acolhimento , Epidemiologia Descritiva
4.
Rev. enferm. UFSM ; 7(3): 1-11, jul.-set.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-34364

RESUMO

Objetivo: refletir acerca da implementação de políticas de visitação aberta emUnidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto. Método: estudo teórico-reflexivo a partir da revisãoda literatura, dividido em três categorias: a caracterização da visita aberta no Brasil e mundo; apercepção do paciente, da equipe e dos familiares; a influência da visitação aberta sobre osdesfechos clínicos. Resultados: a implementação da visita aberta é uma realidade, já instituídaem alguns serviços no Brasil e no mundo, que necessita de apoio por parte dos profissionaisenvolvidos no processo de cuidado. A inserção dos familiares nas UTIs pode minimizar osdesconfortos vivenciados pelas famílias e pacientes durante a internação, desde que associadaao acolhimento e comunicação efetivos da equipe assistencial. Considerações finais: ospacientes internados em UTI passam por situações de estresse e ansiedade. Assim, a inclusão dafamília deve ser considerada no seu plano terapêutico por meio da visitação aberta.(AU)


Aim:to reflect about the implementation of open visitation policies in anAdult Intensive Care Unit (ICU). Method: a theoretical-reflective study based on theliterature review, divided into three categories: the characterization of the openvisitation in Brazil and in world; The perception of the patient, team and family; Theinfluence of open visitation on clinical outcomes. Results: the implementation of theopen visitation is a reality, established in some services in Brazil and in the world,which needs support from the professionals involved in the care process. The insertionof the family members in the ICUs can minimize the discomforts experienced by thefamilies and patients during the hospitalization, once associated with the effectivereception and communication of the care team. Final considerations: patients in ICUexperience stress and anxiety. Thus, the inclusion of the family should be considered inone’s therapeutic plan through open visitation.(AU)


Objetivo: reflexionar acerca de la implementación de políticas de visitación enUnidad de Cuidados Intensivos (UCI) adulto. Método: estudio teórico-reflexivo a partir de larevisión de la literatura, dividido en tres categorías: la caracterización de la visita abierta en elBrasil y en el mundo; la percepción del paciente, equipo y familiares; la influencia de la visitaabierta sobre los resultados clínicos. Resultados: la implementación de la visita abierta es unarealidad instituida en algunos servicios en el Brasil y en el mundo, que necesita apoyo de losprofesionales involucrados en el cuidado. La inserción de los familiares en las UCI puedeminimizar las molestias vivenciadas por las familias y los pacientes, desde que asociada alacogimiento y a la comunicación efectiva del equipo asistencial. Consideraciones finales: lospacientes en UCI pasan por situaciones de estrés y ansiedad. Así, la inclusión de la familia debe serconsiderada en su plan terapéutico a través de la visita abierta.(AU)


Assuntos
Unidades de Terapia Intensiva , Visitas a Pacientes , Assistência Centrada no Paciente
5.
Rev. pesqui. cuid. fundam. (Online) ; 9(1): 200-207, jan.-mar. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-30422

RESUMO

Objective: To investigate the applicability of unconventional practices in health performed by visitors with affective bonds and/or family members of critically ill patients. Methods: A descriptive and quantitative study was carried out in care environments to critically ill patients from the Emergency and Trauma State’s Hospital in the city of João Pessoa - Paraiba. The sample consisted of 100 families. Data were collected through semistructured interviews and analyzed by the Statistical Package for Social Sciences software. Approved by the Research Ethics Committee under number 328.320. Results: It was observed applicability, knowledge and good acceptance in the use of some unconventional practices by family and by people with emotional bonds with critically ill patients. Conclusion: The unconventional practices provide comprehensive care to the individual, to the family and to affective bonds. Family and affective bonds convey a great reliability of these practices, recognizing them and integrating them is a key component to the influence of its use.(AU)


Objetivo: averiguar a aplicabilidade das práticas não convencionais na saúde realizadas visitantes com vínculos afetivos e/ou familiares de pacientes críticos. Métodos: Estudo descritivo, quantitativo, realizado nos ambientes de atendimento ao paciente crítico do Hospital Estadual de Emergência e Trauma, na cidade de João Pessoa – Paraíba. A amostra foi composta por 100 familiares. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e analisados pelo Software Statistical Package for Social Sciences. Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, sob o número 328.320. Resultados: Observou-se aplicabilidade, conhecimento e boa aceitação na utilização de algumas práticas não convencionais, por familiares e por vínculos afetivos de pacientes críticos. Conclusão: As práticas não convencionais proporcionam um cuidado integral ao indivíduo, aos familiares e vínculos afetivos. Os familiares e vínculos afetivos transmitem uma grande confiabilidade destas práticas, reconhecendo-as e integrando-as como componente fundamental para a influência do seu uso.(AU)


Objetivo: Investigar la aplicabilidad de las prácticas no convencionales de salud por los visitantes con vínculos afectivos y/o familiares de pacientes en estado crítico. Métodos: Se realizó un estudio descriptivo y cuantitativo se llevó a cabo entorno de atención a pacientes críticos en el Hospital de Emergencia y Trauma del Estado en la ciudad de João Pessoa -Paraiba. La muestra estuvo conformada por 100 familias. Los datos fueron recolectados através de entrevistas semi-estructuradas y analizados por el software Statistical Package for Social Sciences. Aprobado por el Comitéde Ética de la Investigación con el número 328.320. Resultados: Se observó aplicabilidad, conocimientos y buena aceptación en el uso de algunas prácticas no convencionales por la familia y los lazos emocionales de los pacientes críticos. Conclusión: Las prácticas no convencionales proporcionan una atención integral para el individuo, la familia y los lazos afectivos. Familia y lazos emocionales transmiten una gran fiabilidad de estas prácticas, el reconocimiento de ellos y su integración son como un componente clave de la influencia de su uso.(AU)


Assuntos
Humanos , Cuidados Críticos/métodos , Cuidados Críticos/psicologia , Cuidados Críticos , Cuidadores , Família , Terapias Complementares , Visitas a Pacientes , Brasil
6.
Rev. bras. enferm ; 65(5): 803-808, set.-out. 2012.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-25951

RESUMO

Objetivou-se analisar as necessidades do familiar acompanhante na sala de quimioterapia do ponto de vista da criança em tratamento. Estudo qualitativo, realizado em um hospital escola da cidade do Rio de Janeiro, entre abril e junho de 2010. Utilizou-se adaptação da técnica do desenho-estória temático para produção do material empírico junto a sete crianças. A análise foi feita utilizando-se a interpretação temática. As necessidades do familiar para a criança em tratamento são: estímulo para o rodízio entre os membros da família como cuidador da criança; orientação e treinamento para os diferentes membros da família que acompanham as crianças; conforto para o familiar permanecer ao lado da criança; autonomia para o familiar; acolhimento ao irmão saudável; ambiente que proporcione aproximação entre os pais separados para apoiar o filho em tratamento. Torna-se imprescindível a ampliação do foco assistencial restrito à criança com câncer, expandindo a atenção da equipe de enfermagem aos familiares.(AU)


The purpose was to analyze the needs of the family companion that follows the child in the chemotherapy unit from the standpoint of the child in treatment. It was a qualitative study. We used the adaptation of drawing-story with themes for the production of empirical data from seven children with cancer. The analysis was done using a thematic interpretation. For children, the family needs are: to incentive to change among family members as caregivers of the child; counseling and training for all family members who accompany the children; comfort for the family to remain with the child; autonomy for the family; take care the healthy sibling; environment that provides closeness between unmarried parents to support the child in treatment. It is essential to expand the focus of care restricted to children with cancer, broadening also the attention of nursing's team to family.(AU)


El objetivo fue analizar las necesidades del familiar acompañante en la sala de quimioterapia desde el punto de vista de los niños en tratamiento. Estudio cualitativo. Se utilizó la técnica de lo diseño estoria con tema para recoletar datos con siete niños con cáncer. El análisis se realizó mediante una interpretación temática. Para los niños las necesidades de la familia son: estímulo a lo intercambio entre los miembros de la familia como los cuidadores del niño; orientación y capacitación para los diferentes miembros de la familia que acompañan a los niños; comodidad para la familia a permanecer con el niño; autonomía de la familia; cuidado de lo hermano sano; medio ambiente proporciona la aproximación entre los padres divorciados. Es esencial ampliar el foco de atención del equipo de enfermería limitada a los niños con cáncer para la familia.(AU)


Assuntos
Criança , Humanos , Família , Neoplasias , Visitas a Pacientes , Neoplasias/tratamento farmacológico
7.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 45(5): 1048-1054, out. 2011.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-22912

RESUMO

O objetivo deste estudo foi conhecer a percepção das mães acompanhantes na unidade neonatal em relação às ações humanizadoras. Trata-se de uma pesquisa exploratória descritiva, com enfoque qualitativo, desenvolvido na unidade neonatal do Hospital da Universidade de São Paulo com as acompanhantes dos bebês que permaneceram internados a partir do quinto dia de vida até a alta hospitalar. O período estudado foram os meses de outubro de 2007 a janeiro de 2008. Foram realizadas 18 entrevistas, analisadas segundo o referencial de Bardin, o que permitiu a construção das categorias: assistência recebida, relacionamento com os profissionais e condições institucionais. Constatou-se satisfação quanto à assistência recebida e ao apoio da equipe, mas foram apontadas necessidades de mudanças na estrutura física do setor, para proporcionar uma assistência mais humanizada.(AU)


The objective of this study was to learn the perception of accompanying mothers at the neonatal unit as to humanizing actions. This is an exploratory descriptive study, with a qualitative focus, developed at the neonatal unit of the University of São Paulo Hospital with the accompanying mothers of hospitalized babies, from their fifth day of life until discharge. The study was performed from October 2007 to January 2008. A total 18 interviews were performed and analyzed according to Bardin's framework, which permitted to develop the following categories: assistance received, relationship with professionals and conditions of the institution. It was found that there was satisfaction regarding the received assistance and team support, and there is a need to make changes in the physical structure of the sector, to provide assistance that is more humanized.(AU)


Estudio que objetivó conocer la percepción de madres acompañantes en unidad neonatal, en relación a acciones humanitarias. Investigación exploratoria descriptiva, con enfoque cuantitativo, desarrollada en unidad Neonatal del Hospital Universitario de la Universidad de São Paulo con las acompañantes de bebés internados a partir del quinto día de vida hasta su alta hospitalaria. El período estudiado fueron los meses de octubre 2007 a enero 2008. Se realizaron 18 entrevistas, analizadas según el referencial de Bardin, lo que permitió la construcción de las categorías: atención recibida, relación con los profesionales y condiciones institucionales. Se constató satisfacción en cuanto a la atención recibida y apoyo del equipo; y fueron señaladas necesidades de cambio en la estructura física del sector, para proporcionar una atención más humanizada.(AU)


Assuntos
Humanos , Humanismo , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Mães , Enfermagem Neonatal , Visitas a Pacientes
8.
Rev. gaúch. enferm ; 32(3): 458-464, set. 2011.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-23126

RESUMO

Objetivou conhecer o impacto da primeira visita à criança internada na Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal para sua mãe. Trata-se de uma pesquisa qualitativa realizada em um Hospital Universitário de agosto a novembro de 2009. Realizaram-se entrevistas semiestruturadas com dez mães. A partir da análise temática verificou-se que a primeira visita é impactante, pois a unidade é reconhecida como um setor para o atendimento de pacientes graves; a tecnologia existente é causadora de estresse; o entrar desacompanhada e receber poucas informações acerca da criança pode dificultar a presença da mãe na unidade e tornar a visita assustadora gerando sentimentos contraditórios. Sugerem a necessidade do preparo da mãe para a entrada no setor através do fornecimento de informações simples capazes de diminuir sua angústia e temor. Conclui-se necessário que a mãe seja apoiada pela equipe de saúde no momento da visita, fortalecendo seu vínculo afetivo com a criança.(AU)


El estudio tuvo como objetivo conocer el impacto de la primera visita a los niños hospitalizados en la Unidad de Cuidados Intensivos para su madre. Se trata de una investigación cualitativa realizada en un hospital universitario de agosto a noviembre de 2009. Se realizaron entrevistas semiestructuradas con diez madres. A partir del análisis temático se encontró que la primera visita es sorprendente, porque la unidad es reconocida como para el cuidado de los pacientes críticos, la tecnología existente es causadora de estrés. Ir sin supervisión y obtener y recibir poca información sobre el niño puede obstaculizar la presencia de la madre en la unidad generando miedo y sentimientos no coincidentes. Sugieren la necesidad de preparar a la madre para entrar en el sector a través de la provisión de información simple que puede reducir su ansiedad y el miedo. Es necesario que la madre recibe apoyo de el equipo de salud en el momento de la visita, para fortalecer su vínculo emocional con el niño.(AU)


This study aimed to establish the impact the first visit to a child hospitalized in the Neonatal Intensive Care Unit have on the moher. This is a qualitative research conducted in a University Hospital from August to November, 2009. Semistructured interviews were conducted with ten mothers. Through thematic analysis we found that: the first visit is striking because the unit is known as a place for the care of critically ill patients; the existing technology causes stress; and that entering at the unit unattended and receiving little information about the child may hinder the mother's presence in the unit and make the visit frightening, leading to mixed feelings. They suggest the need to prepare the mothers to enter the sector through the provision of simple informations that can reduce their anxiety and fear. It is necessary that mothers be supported by the healthcare staff during the visit, strengthening their emotional link with their children.(AU)


Assuntos
Feminino , Humanos , Recém-Nascido , Atitude , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Mães/psicologia , Visitas a Pacientes/psicologia , Pesquisa Qualitativa
9.
Rev. gaúch. enferm ; 32(1): 72-78, mar. 2011.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-23172

RESUMO

Trata-se de um estudo qualitativo que objetivou conhecer quais os sentimentos dos familiares de pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O estudo foi realizado na UTI de um hospital geral de grande porte da região oeste de Santa Catarina. A coleta ocorreu em 2009, com entrevista semiestruturada a 18 familiares. Para o tratamento dos dados utilizou-se o Discurso do Sujeito Coletivo. Dos relatos surgiram dois temas relacionados aos sentimentos: à hospitalização na UTI e os durante a espera para entrar na unidade. A análise revelou sentimentos como: dor, angústia, tristeza, impotência, medo, desespero, ansiedade e expectativa infinita. Espera-se que esses resultados possam auxiliar na capacitação dos profissionais, para o acolhimento à família e para a inserção desta no ambiente da UTI, como elemento a ser integrado no cuidado de enfermagem, através de ações acolhedoras, ajudando-os a enfrentarem a hospitalização de um familiar na unidade crítica.(AU)


Se trata de un estudio cualitativo que tuvo como objetivo comprender lo que los sentimientos de los familiares de pacientes ingresados en la Unidad de Cuidados Intensivos (UCI). El estudio se llevó a cabo en la UCI de un gran hospital general en la región oeste de Santa Catarina. Los datos fueron recolectados en el 2009 con una entrevista semi estructurada a las familias de dieciocho años. Para el tratamiento de datos utilizado el discurso del sujeto colectivo. Los informes surgieron de dos elementos relacionados con los sentimientos: la hospitalización en la UCI y en espera de entrar en la unidad. El análisis reveló sentimientos como el dolor, la angustia, tristeza, impotencia, miedo, desesperación, ansiedad y expectativa infinita. Se espera que estos resultados pueden ayudar en la formación de los profesionales, a la familia de acogida y su inserción en el entorno de la UCI como un elemento para ser integrados en los cuidados de enfermería, a través de acciones de bienvenida, ayudándoles a hacer frente a la hospitalización de un familiar en una unidad de críticos.(AU)


This is a qualitative study that aimed to understand what the feelings of relatives of patients admitted to the Intensive Care Unit (ICU). The study was conducted in the ICU of a large general hospital in the western region of Santa Catarina. The data collection occurred in 2009 with a semi structured interview to eighteen families. For the data treatment used the collective subject discourse. Reports emerged of two items related to feelings: hospitalization in the ICU and while waiting to enter the unit. The analysis revealed feelings as pain, anguish, sadness, helplessness, fear, despair, anxiety and expectation infinite. It is hoped that these results may assist in the training of professionals, to host the family and its insertion in the ICU environment as an element to be integrated into nursing care, through actions welcoming, helping them to cope with hospitalization of a relative in a critical unit.(AU)


Assuntos
Humanos , Emoções , Família/psicologia , Unidades de Terapia Intensiva , Visitas a Pacientes/psicologia , Estudos de Avaliação como Assunto
10.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 41(3): 468-477, set. 2007.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-15745

RESUMO

Estudo de abordagem comparada que utilizou duas etnografias já concluídas com o objetivo de identificar como as famílias percebem suas inserções na unidade de internação e como são percebidas pela equipe de saúde, considerando-se as regras e as normas da cultura institucional. Os resultados obtidos revelam que tanto as equipes quanto as famílias se aproximam ou se distanciam em face da concordância ou não das regras vigentes na instituição. Embora as famílias, em muitas situações, submetam-se aos regulamentos impostos pelo hospital e pela equipe, também usam resistências individuais e coletivas para enfrentar os mecanismos reguladores. Os resultados contribuem para aumentar a compreensão sobre o tema, tanto para a equipe de saúde quanto para a prática de enfermagem com famílias, especialmente no sentido de reconhecer as famílias como unidades ativas, responsáveis e coparticipantes na atenção intra-hospitalar.(AU)


This study uses a comparative approach, as well as two already concluded ethnographies, to achieve its objective of identifying how families perceive their insertion into the overnight stay unit in a hospital and how they are perceived by the health care team, considering the rules and regulations of the institutional culture. The results obtained show that teams and families get closer or more distant depending on whether there's agreement or disagreement regarding the hospital's governing rules. Although families, in many situations, subject themselves to the regulations imposed by the hospital and the health care team, they also use individual and collective resistances in order to confront the regulatory mechanisms. The results contribute to increase the comprehension of this theme, both for the health care team and for the practice of family nursing, especially in the sense of recognizing the family as an active, responsible, and co-participatory unit within intra-hospital care.(AU)


Un estudio de abordaje comparado que utilizó dos etnografías ya concluidas con el objetivo de identificar como las familias perciben sus inserciones en la unidad de internamiento y como éstas son percibidas por el equipo de la salud, considerándose las reglas y las normas de la cultura institucional. Los resultados obtenidos revelan que tanto los equipos cuanto las familias se aproximan o se distancian en torno del acuerdo o no de las reglas vigentes en la institución. Aunque, las familias en muchas situaciones, se sometan a los reglamentos impuestos por el hospital y por el equipo, también, usan resistencias individuales y colectivas para que ellos enfrenten los mecanismos reguladores. Los resultados contribuyen para aumentar la comprensión sobre el tema, tanto para el equipo de la salud, cuanto para la práctica de la enfermería con las familias, especialmente, en el sentido de reconocer a las familias como unidades activas, responsables y co-participantes en la atención intrahospitalar.(AU)


Assuntos
Humanos , Família , Hospitalização , Institucionalização , Visitas a Pacientes
11.
Cogitare enferm ; 11(3): 245-251, set.-dez. 2006. tab, graf
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-12203

RESUMO

O estudo teve como objetivos identificar a percepção das enfermeiras acerca da importância da visita pré-operatória, estabelecendo-a como primeira etapa da sistematização da assistência de enfermagem perioperatória. Este se caracteriza como uma pesquisa descritiva, os dados foram coletados mediante o preenchimento do questionário e ofcinas. A visita representa um valioso instrumento que permite à enfermeira assistir o paciente de modo individualizado, sistematizado e contínuo. Todas as enfermeiras consideram a visita importante e como uma de suas atribuições, no entanto um número significativo delas não a realizam, devido a inúmeras dificuldades. Elencaram dezoito diagnósticos de enfermagem como prioritários na visita. O estudo em questão proporciona às enfermeiras da Unidade de Centro Cirúrgico e Unidades de Internação Cirúrgica subsídios para que possam instituir a visita pré-operatória como procedimento básico e indispensável para a avaliação de todos os pacientes que se submetem à cirurgia eletiva em hospital(AU)


Assuntos
Visitas a Pacientes , Assistência Perioperatória , Enfermagem Perioperatória , Hospitais Universitários
12.
Rev. bras. enferm ; 59(5): 609-613, set.-out. 2006.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-19386

RESUMO

Objetivou-se descrever acerca das concepções dos visitantes em relação ao cuidado dispensado por parte da equipe de enfermagem e identificar suas necessidades. É um estudo descritivo com abordagem qualitativa, realizado na UTI de um hospital universitário do Rio de Janeiro com 12 visitantes de pacientes hospitalizados, através de coleta de dados via entrevista semi-estruturada. Os resultados apontam para angústia, desespero, fragilidade e medo da morte devem ser levados em consideração pela enfermagem. Sobre o cuidado dispensado, os visitantes ressaltaram a valorização e interação da recepção, desejam aumentar a comunicação e plena consciência dos procedimentos interferindo na forma de cuidado. Como necessidades, apontam para a melhoria nas informações e o desejo que o paciente fique bem e seja bem tratado.(AU)


The aim was to describe the visitors' conceptions about assistance they receive from the nursing group as well as to identify their needs. It is a descriptive study using qualitative approach, based on an intensive care's observation in a hospital from Rio de Janeiro, with 12 visitors of patients under hospitalization. The data were collected by a semi-structured interview. The results mark despair, fear of death anguish, visitors feelings and they have to be taken into consideration. In relation to the care they pointed out the value of interaction in the reception, they wish to increase communication and total conscience of procedure inferring in the way care is delivered and also want to know everything possible about procedures. They point out the need of better information and wish the best care for the patiente and receives a good treatment.(AU)


Se pretendió describir acerca de las concepciones de los visitantes con relación al cuidado dispensado por parte del equipo de la enfemería e identificar sus necesidades. Es un estudio descriptivo con abordaje cualitativo, realizado en la UCI de un hospital universitario de Rio de Janeiro con 12 visitantes de pacientes hospitalizados, a através de la coleta de datos vía entrevista semielaborada. Los resultados apuntan para la angustia, el desespero, la frigilidad y el miedo da la muerte deben ser llevados en consideración por la enfermería. Sobre el cuidado dispensado, los visitantes resaltaron la valoración e interacción de la recepción, desean aumentar la comunicación y plena conciencia de los procedimientos interfiriendo en la forma de cuidado. Como necessidades, apuntan para la mejoría en las informaciones y el deseo de que el paciente se vuelva bien y sea bien tratado.(AU)


Assuntos
Unidades de Terapia Intensiva/normas , Visitas a Pacientes , Comportamento do Consumidor , Entrevistas como Assunto
14.
Acta paul. enferm ; 16(3): 41-50, jul.-set. 2003.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-11831

RESUMO

Este artigo é resultado de uma pesquisa que buscou explorar a percepção dos pais a respeito do contato mantido com os filhos internados em Unidade de Tratamento Intensivo Neonatal. Utilizou-se a abordagem qualitativa de pesquisa tendo como referencial metodológico a análise interpretativa, por permitir o clareamento dos significados à partir da descrição detalhada dos conteúdos. O confronto dos dados com a Teoria do Apego, referencial teórico que discute como os laços de afeto são construídos e mantidos ao l ongo da vida indicando possíveis efeitos de um rompimento sobre o desenvolvimento da criança e seu núcleo familiar. Os resultados indicaram a ambivalência como característica presente em todos os temas e categorias identificadas. Assim confirma-se a importância da permanência dos pais junto aos filhos internados a fim de minimizar os efeitos do afastamento precoce entre a díade, bem como a urgência em prestar assistência também aos pais destas crianças. (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Recém-Nascido , Lactente , Desenvolvimento Infantil , Criança Hospitalizada , Unidades de Terapia Intensiva Neonatal , Pais , Visitas a Pacientes , Adaptação Psicológica
15.
Nursing (São Paulo) ; 6(61): 25-29, jun. 2003. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-16503

RESUMO

Este trabalho é um relato de experência após conhecermos os benefícios conseguidos por meio da TAA em quatro instituições de saúde da cidade de São Paulo. As visitas foram feitas no 2º semestre de 2001 em uma casa especializada em edicação especial para crianças com diversas síndromes, uma que abriga idosos abandonados ou sem família, uma que oferece apoio para crianças com câncer e outra que abriga e dá assistência à crianças aidéticas. Percebemos, observando a visita de animais aos pacientes, que estes se tornaram mais alegres, mais dispostos, conversando mais entre si e com os voluntários, que a TAA pode ser usada também como um recurso de aproximação entre o enfermeiro e o paciente.(AU)


Assuntos
Humanos , Criança , Idoso , Jogos e Brinquedos/psicologia , Visitas a Pacientes , Relações Enfermeiro-Paciente , Comunicação
16.
Cogitare enferm ; 5(2): 81-84, jul.-dez. 2000.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-10829

RESUMO

Este estudo tem por objetivo verificar se a lavagem das mäos é orientada pelos profissionais de Enfermagem aos visitantes antes de seu contato com o paciente...(AU)


Assuntos
Humanos , Desinfecção das Mãos , Visitas a Pacientes/educação
17.
Rev. gaúch. enferm ; 20(1): 57-68, jan.1999. tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-659

RESUMO

O objetivo deste trabalho foi verificar se o atual sistema de visitaçäo e informaçöes satisfazem os visitantes dos pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva de um Hospital Universitário de grande porte. Para isto, foram distribuídos duzentos questionários aos visitantes, no período de um mês, destes retornaram cento e sessenta...(AU)


Assuntos
Humanos , Unidades de Terapia Intensiva , Percepção , Visitas a Pacientes , Inquéritos e Questionários
18.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 32(2): 134-9, ago. 1998.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-2909

RESUMO

Trata-se de um estudo com caracterizaçäo dos gestos e posturas utilizados pelo enfermeiro durante a orientaçäo sistematizada de familiares dos pacientes internados em UTI. Os dados foram coletados através de filmagem das interaçöes entre enfermeira e o familiar. Na análise foram identificadas as diversas categorias dos gestos propostos por Ekman e Friesen. Entre os resultados destacou-se com maior frequência a presença dos gestos ilustrativos, o que foi positivo, pois eles contribuiram para enfatizar a fala da enfermeira e facilitar a compreensäo do familiar. (AU)


Assuntos
Humanos , Gestos , Postura , Relações Profissional-Família , Unidades de Terapia Intensiva , Comunicação , Visitas a Pacientes , Comunicação não Verbal
19.
Ribeiräo Preto; s.n; 1993. 96 p. tab.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-4140

RESUMO

Este estudo foi desenvolvido em um hospital governamental de uma cidade do interior do estado de Säo Paulo. Trata-se de uma pesquisa sobre orientaçäo à família do paciente internado na UTI. Os objetivos foram: identificar quem orienta a família do paciente internado na UTI, conhecer o conteúdo das orientaçöes dadas; identificar as possíveis dúvidas da família mesmo após a orientaçäo; conhecer a percepçäo da família quanto ao horário e tempo de permanência das visitas. A populaçäo constou de 35 famíliares que realizaram a primeira visita e receberam orientaçäo sobre o estado geral do paciente. A metodologia utilizada foi a observaçäo näo participante e a entrevista semi-estruturada. Verificou-se que a maioria dos familiares foram orientados por médicos, o conteúdo das orientaçöes estava relacionado ao diagnóstico médico, prognóstico e as intervençöes realizadas ou a serem realizadas. A maioria dos familiares apresentaram dúvidas, após as orientaçöes e quanto à percepçäo da visita grande parte dos familiares consideraram tempo, horário e número de pessoas adequados. (AU)


Assuntos
Unidades de Terapia Intensiva , Saúde da Família , Visitas a Pacientes , Relações Profissional-Família , Dissertação Acadêmica
20.
Rio de Janeiro; s.n; 1991. xii,165 p. ilus.
Tese em Português | BDENF - Enfermagem | ID: bde-3256

RESUMO

Este trabalho evidencia o processo de interaçäo entre equipe de enfermagem e família de pacientes internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), focalizando, essencialmente, a consonância entre a assistência prestada e as necessidades familiares manifestadas. Pesquisa de natureza descritiva, tipo estudo de caso, com abordagem qualitativa. Os objetivos foram identificar as necessidades que os familiares apresentam, por ocasiäo da internaçäo de um parente na UTI, e a assistência e enfermagem a eles dispensada, com vistas a analisar a qualidade do atendimento e possibilidades de mudanças. Após uma fase exploratória, utilizando a observaçäo livre, realizei entrevistas semi-estruturadas com integrantes da equipe de enfermagem e familiares de pacientes da UTI. Verifiquei que a equipe de enfermagem näo considera a assistência à família como sua funçäo e que o "regulamento" da unidade, muitas vezes, cerceia os direitos dos familiares e limita a atuaçäo dos profissionais do serviço. Considerei fundamental a mudança de atitude por parte da equipe de enfermagem, estendendo sua assistência à família e reorientando seu atendimento para a identificaçäo das necessidades humanas básicas (AU)


Assuntos
Relatos de Casos , Humanos , Relações Enfermeiro-Paciente , Visitas a Pacientes , Pacientes Internados , Cuidados Críticos , Unidades Hospitalares , Enfermagem Prática
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA