Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 68
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Nursing (Säo Paulo) ; 23(265): 4117-4121, jun.2020.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1117645

RESUMO

Objetivo: Conhecer as condições de vida e saúde de mulheres trabalhadoras em área rural de um município da região oeste do Paraná. Método: Pesquisa de campo, descritiva, exploratória, com análise quantitativa. A coleta de dados ocorreu de janeiro a junho de 2018 com 29 mulheres. Resultados: A idade máxima foi de 68 anos e a mínima 21, média de 43,5 anos. 15 (51,72%) mulheres realizaram a última coleta do exame Papanicolau com a enfermeira e 25 (86,20%) mulheres disseram estar com o esquema de vacinas completo. Quanto as doenças referidas a primeira causa são as doenças do aparelho circulatório, seguido pelas doenças do aparelho geniturinário, endócrinas, nutricionais e metabólicas. Conclusão: As mulheres estão conquistando seu espaço no meio rural, porém nem sempre tem acesso aos serviços de saúde, dos quais necessitam para os cuidados de vida e saúde.(AU)


Objective: To get to know the life and health of working women from the rural area of a city of the West region of Paraná State. Method: Descriptive and exploratory field research, with qualitative analysis. The data collection was carried out from January to June of 2018, with 29 women. Results: The maximum age was 68 years old and the minimum was 21, an average of 43,5 years old. 15 (51,72%) women took the last Pap Smear test with the nurse and 25 (86,20%) women told their vaccine schedule was complete. As for the referred diseases, the first cause is the circulatory system diseases, followed by genitourinary system, endocrine, nutritional and metabolic diseases. Conclusion: Women are acquiring their space in the rural environment, but they not always have the access to health services that they need to take care of their life and health.(AU)


Objetivo: Conocer las condiciones de vida y salud de las trabajadoras en una zona rural de un ayuntamiento en el oeste de Paraná. Método: Investigación de campo, descriptiva, exploratoria, con análisis cuantitativo. La recopilación de datos tuvo lugar entre los meses de enero a junio de 2018 con 29 mujeres. Resultados: la edad máxima fue de 68 años y la mínima de 21 años, un promedio de 43,5 años. 15 (51,72%) mujeres se sometieron a la última recolección de Papanicolau con la enfermera y 25 (86,20%) mujeres dijeron que tenían el calendario completo de vacunación. En cuanto a las enfermedades mencionadas, la primera causa son las enfermedades del sistema circulatorio, seguidas de las enfermedades del sistema genitourinario, las enfermedades endocrinas, nutricionales y metabólicas. Conclusión: las mujeres están conquistando su espacio en las zonas rurales, pero no siempre tienen acceso a los servicios de salud, que necesitan para la vida y salud.(AU)


Assuntos
Humanos , Condições Sociais , Mulheres Trabalhadoras , Saúde da Mulher , Acesso aos Serviços de Saúde , Zona Rural , Serviços de Saúde
2.
Rev. enferm. atenção saúde ; 9(1): 78-89, jan./jul. 2020. tab.
Artigo em Inglês, Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1118000

RESUMO

Objetivo: Analisaro perfil epidemiológico demulherestrabalhadorasenvolvidas em acidentes e/ou doenças relacionadasao trabalhono Oeste de Santa Catarina.Método: Estudo epidemiológico transversal descritivo de caráter observacional, com coleta de dados retrospectiva. Os dados foram coletados no período de 2012 a 2016.Resultados: Os resultados mostraram que a faixa etária predominante de mulheres acidentadas são dos20 aos 39 anos; os tipos de lesão mais prevalentes são a lesão cortante e traumatismo; quanto aos acidentes destacam-seos com material biológico, LER/DORT, intoxicações exógenas e os acidentes de trabalho não especificados. As profissões mais notificadassão:alimentador da linha de produção, faxineiro etécnico de enfermagem.Conclusão: Anotificação dos agravos à saúde do trabalhadoré necessáriapensando no planejamento e replanejamento das ações, programas e políticas voltadas para a saúde da mulher trabalhadora que auxiliem na prevenção de acidentes e agravos e sobretudo na redução de desfechos desfavoráveis (AU).


Objective: To analyze the epidemiological profile of worker women involved in work -related accidents and / or diseases in the West of Santa Catarina.Methods:This is a descriptive cross-sectional epidemiological study of an observational nature, with retrospective data collection. Data were collectedbetween 2012 and 2016. Results:The results showed that the predominant age group of injured women are between 20 and 39 years of age; the most prevalent types of injury are cuttingand trauma; As for accidents, the most notable are those with biological material, RSI/WMSD, exogenous intoxications and unspecified work-related accidents, and the most frequently reported professions include the production line feeder, the occupation of Cleaner and the Technician of nursing. Conclusion: Notification of injuries to workers' health is necessary, and there is a need to plan and re-plan actions, programs and policies aimed at the health of working women that help in the prevention of accidents and injuries and especially in reducing unfavorable outcomes (AU).


Objetivo:analizar el perfil epidemiológico de mujeres trabajadoras involucradas en accidentes y/o enfermedades relacionadas al trabajo en el Oeste de Santa Catarina, Brasil.Método:se trata de una investigación epidemiológica transversal descriptiva de carácter observacional, con colecta de datos retrospectiva. Los datos fueron colectados en el período de 2012 a 2016 y obtuvieron una totalidad de 3.084 notificaciones relativas a los accidentes del trabajo y enfermedades relacionadas al trabajo de la mujer.Resultados:los resultados mostraron que las edades predominantes de mujeres accidentadas son de los 20 a los 39 años, los tipos de lesiones más comunes son la lesión cortante y el traumatismo; cuanto a los accidentes se destacan con material biológico, las LER/DORT, las intoxicaciones exógenas y los accidentes de trabajo no especificado y cuanto las profesiones más notificadasse evidencia el alimentador de la línea de producción, la ocupación de limpiador y la del técnico en enfermería.Conclusión:Por lo tanto,la notificación de los agravios a la salud del trabajador es necesaria, ocurriendo la necesidad en planear y replantear acciones, programas y políticas enfocadas a la salud de la mujer trabajadora que ayuden en la prevención de accidentes y agravios y sobre todo de desenlaces desfavorables (AU).


Assuntos
Humanos , Feminino , Criança , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Mulheres Trabalhadoras , Acidentes de Trabalho , Doenças Profissionais , Brasil/epidemiologia , Estudos Epidemiológicos
3.
Rev. enferm. UERJ ; 27: e39620, jan.-dez. 2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1087411

RESUMO

Objetivo: identificar as vivências de sofrimento e de prazer dos acadêmicos de enfermagem frente à organização do trabalho das enfermeiras obstétricas na maternidade. Método: estudo exploratório e qualitativo, com 13 acadêmicas de enfermagem de uma instituição do ensino superior privada do Rio de Janeiro. Dados coletados em abril e maio de 2018, por meio de entrevistas semiestruturadas, submetidos à análise de conteúdo e discutidos à luz do referencial teórico de Christopher Dejours. Resultados: durante o estágio supervisionado, as vivências de sofrimento associaram-se à percepção de falta de reconhecimento e à identificação da violência obstétrica. As vivências de prazer foram relacionadas ao reconhecimento das mulheres pelo cuidado prestado. Conclusão: são necessárias estratégias pedagógicas aplicadas nos cenários de prática, capazes de problematizar o contexto laboral e suas implicações sobre o trabalhador, com o intuito de constituir enfermeiras com atitudes transformadoras da realidade e dispostas a lutar pela valorização e pelo reconhecimento da enfermagem obstétrica.


Objective: to identify experiences of nursing students on suffering and pleasure in relation to the work organization of obstetric nurses in the maternity ward. Method: exploratory and qualitative study, with 13 nursing undergraduate students from a private institution in Rio de Janeiro, Brazil. Data were collected in April and May 2018 through semi-structured interviews. Content analysis and Christopher Dejours' theoretical framework was used to data analysis. Results: during the supervised internship, the experiences of suffering were associated with the perception that the obstetric violence is not recognized nor identified. The experiences of pleasure are related to the women's recognition of the care provided. Conclusion: it is necessary to adopt pedagogical strategies to be possible to problematize the work context as well its repercussions on the worker, in order to prepare nurses with reality-transforming attitudes and dispositions to fight for the appreciation and recognition of obstetric nursing.


Objetivo: identificar experiencias de estudiantes de enfermería sobre sufrimiento y placer en relación con la organización del trabajo de las enfermeras obstétricas en el sector de la maternidad. Método: estudio exploratorio y cualitativo, con 13 estudiantes de enfermería de una institución privada de educación superior en Río de Janeiro, Brasil. Los datos se recopilaron en abril y mayo de 2018 a través de entrevistas semiestructuradas. El análisis de contenido y el marco teórico de Christopher Dejours se utilizaron para analizar los datos. Resultados: durante el entrenamiento supervisado, las experiencias de sufrimiento se asociaron con la percepción de que la violencia obstétrica no se reconoce ni se identifica. Las experiencias de placer estánrelacionadas con el reconocimiento de las mujeres de la atención brindada. Conclusión: es necesario adoptar estrategias pedagógicas para poder problematizar el contexto laboral y sus repercusiones en el trabajador, a fin de preparar a las enfermeras con actitudes y disposiciones transformadoras de la realidad para luchar por la apreciación y el reconocimiento de la enfermería obstétrica.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Mulheres Trabalhadoras , Trabalho , Saúde do Trabalhador , Enfermagem/organização & administração , Enfermagem Obstétrica , Pesquisa Qualitativa
4.
Nursing (Säo Paulo) ; 22(255): 3047-3077, ago.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1025938

RESUMO

Pesquisa foi motivada a investigar como as mulheres trabalhadoras realizava a manutenção do aleitamento materno ao retornar de seu trabalho, que teve como objetivo descrever se havia dificuldades e estratégias realizadas para a manutenção do aleitamento. O método análise dos dados pelo referencial de Bardin, realizada entre os meses de setembro à outubro de 2017, com vinte mulheres entre 19 a 39 anos de idade cadastradas e atendidas na unidade de estratégia saúde da família do município do Rio de Janeiro, sendo produzidas duas categorias: Paradoxo da rede de apoio; Ausência do Enfermeiro no trabalho multiprofissional. Resultado obteve como desmame precoce havendo a introdução de leite pasteurizado como consequência. Conclui-se que há insegurança para a realização de ações de continuidade de aleitamento materno após o retorno ao trabalho.(AU)


The research was motivated to investigate the hard-working women accomplished the maintenance of the maternal breast feeding when returning of his / her work, that he / she had an objective described if there were difficulties and strategies accomplished for the maintenance of the breast feeding. The methodology analysis of the data for the reference of Bardin, conducted between the months of September to October of 2017, twenty women among 19 to 39 years of age registered and assisted in the unit of strategy. municipal district of Rio de Janeiro, being produced two categories: Paradox of the support net; Absence of the Nurse in the multi-professional work. Result obtained how it weans precocious having the introduction of milk pasteurized as consequence. It is ended that there is insecurity for the accomplishment of actions of continuity of maternal breast feeding after the return to the work.(AU)


La investigación fue motivada a investigar cómo las mujeres trabajadoras realizaban el mantenimiento de la lactancia materna al retornar de su trabajo, que tuvo como objetivo describir si había dificultades y estrategias realizadas para el mantenimiento de la lactancia. La metodología análisis de los datos por el referencial de Bardin, realizada entre los meses de septiembre a octubre de 2017, veinte mujeres entre 19 a 39 años de edad registradas y atendidas en la unidad de estrategia salud de la familia del municipio de Río de Janeiro En enero, se producirá dos categorías: Paradoja de la red de apoyo; Ausencia del enfermero en el trabajo multiprofesional. Resultado obtenido como destete precoz habiendo la introducción de leche pasteurizada como consecuencia. Se concluye que hay inseguridad para la realización de acciones de continuidad de lactancia materna después del retorno al trabajo.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Adulto , Mulheres Trabalhadoras , Aleitamento Materno , Saúde Materno-Infantil , Serviços de Saúde Materno-Infantil , Promoção da Saúde
5.
REME rev. min. enferm ; 23: e-1195, jan.2019.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem, Repositório RHS | ID: biblio-1008498

RESUMO

Objetivo: historicizar a inserção da mulher enfermeira na Marinha do Brasil, por meio do Corpo Auxiliar Feminino da Reserva da Marinha, destacando suas conquistas e contribuições no período de 1980 a 1997. Método: estudo qualitativo de abordagem histórico-social, no qual foram realizadas oito entrevistas utilizando a técnica de história oral e fontes documentais. Foi realizada análise de dados temática. Resultados: foram apresentados três aspectos: a inserção da mulher enfermeira na Marinha do Brasil e suas conquistas ao longo dos anos; a contribuição das mulheres ao ambiente nas Forças Armadas e a formação profissional; e o significado de ser mulher, enfermeira e militar. Conclusão: as enfermeiras militares contribuíram com a feminização da profissão no ambiente militar e também para a profissionalização da Enfermagem.(AU)


Objective: to historicize the insertion of the female nurse in the Brazilian Navy through the Auxiliary Body of the Navy Reserve, highlighting her achievements and contributions from 1980 to 1997. Method: a qualitative study of a social and historical approach, in which eight interviews were conducted using the oral history technique and documentary sources. Thematic data analysis was performed. Results: three aspects were presented: the insertion of the female nurse in the Brazilian Navy and its conquests over the years; the contribution of women to the environment in the Armed Forces and vocational training; and the meaning of being a woman, a nurse, and a military man. Conclusion: military nurses contributed to the feminization of the profession in the military environment and to the professionalization of Nursing.(AU)


Objetivo: relatar la inclusión de la mujer enfermera en la Marina de Brasil por medio del Cuerpo Auxiliar Femenino de la Reserva de la Marina y realzar sus logros y aportes entre los años 1980 y 1997. Método: estudio cuantitativo de enfoque histórico social, con ocho entrevistas realizadas según la técnica de historia oral y fuentes documentales. Los datos se analizaron por temas. Resultados: se observaron tres temas: inclusión de la mujer enfermera en la Marina de Brasil y sus logros a través del tiempo; contribución de las mujeres al ambiente de las Fuerzas Armadas y la formación profesional; y significado de ser mujer, enfermera y militar. Conclusión: las enfermeras militares han contribuido a la feminización de la profesión en el ambiente militar y, asimismo, a que la Enfermería se torne más profesional en ese ambiente.(AU)


Assuntos
Humanos , Feminino , Mulheres Trabalhadoras , Enfermagem Militar , Militares , Saúde da Mulher , Desempenho Profissional
6.
Cogitare enferm ; 23(3): e55748, 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-984264

RESUMO

RESUMO Objetivo: identificar requisitos de autocuidado de mulheres transexuais em uso de hormônios sexuais, fundamentado na Teoria Geral de Orem. Método: estudo descritivo-exploratório com abordagem qualitativa, desenvolvido em Recife, capital de Pernambuco, de novembro de 2016 a fevereiro de 2017. A coleta de dados foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas, com uma amostra composta por 10 mulheres transexuais em uso de hormônios sexuais, selecionadas pela técnica Snowball. A análise foi realizada com o auxílio do Software IRAMUTE Q versão 0.7. Resultados: os requisitos encontrados foram: prevenção dos perigos à vida, funcionamento e bem-estar; busca e garantia de assistência médica apropriada; adaptação às modificações do corpo; modificação de autoimagem; e eventos adversos que afetam o desenvolvimento. Conclusão: os requisitos estiveram ancorados em questões geradas pelo baixo conhecimento sobre o uso de hormônios e pela baixa qualidade das informações recebidas por meio dos profissionais de saúde.


RESUMO Objetivo: identificar requisitos de autocuidado de mujeres transexuales que usan hormonas sexuales, por medio de la fundamentación de la Teoría General de Orem. Método estudio descriptivo exploratorio con abordaje cualitativo, desarrollado en Recife, capital de Pernambuco, de noviembre de 2016 a febrero de 2017. Se recogieron los datos por medio de entrevistas semi estructuradas, con una muestra de 10 mujeres transexuales que utilizan hormonas sexuales, seleccionadas por la técnica Snowball. Se realizó el análisis con la ayuda del Software IRAMUTE Q versión 0.7. Resultados los requisitos hallados fueron: prevención de riegos de muerte, funcionamiento y bienestar; búsqueda y garantía de asistencia médica apropiada; adaptación a los cambios del cuerpo; alteración de la autoimagen; y eventos adversos que afectan el desarrollo. Conclusión los requisitos estuvieron basados en cuestiones generadas por poco conocimiento acerca del uso de hormonas y por la baja cualidad de las informaciones provenientes de los profesionales de salud.


ABSTRACT Objective: to identify self-care needs of transsexual women using sex hormones, based in Orem's General Theory of Nursing. Method: descriptive-exploratory study with a qualitative approach, undertaken in Recife, capital of the Brazilian state of Pernambuco, between November 2016 and February 2017. Data collection was undertaken through semistructured interviews, with a sample of 10 transsexual women using sex hormones, selected using the Snowball technique. Analysis was undertaken using the IRAMUTE Q software, version 0.7. Results: the needs found were: prevention of danger to life, functioning and well-being; seeking and ensuring appropriate medical care; adapting to the changes in the body; modification of self-image; and adverse events affecting development. Conclusion: the requirements were anchored in issues caused by poor knowledge about the use of hormones, and by the poor quality of the information received through the health professionals.


Assuntos
Humanos , Autocuidado , Mulheres Trabalhadoras , Pessoas Transgênero , Hormônios
7.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 52: e03370, 2018. tab
Artigo em Inglês, Espanhol | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-985053

RESUMO

ABSTRACT Objective: To investigate the meanings given by women caregivers to their care practices and to analyze the relationship between such practices and their work history. Method: This was a phenomenological qualitative cohort study conducted in Seville, Spain, with family caregivers. Data were collected using semi-structured interviews and submitted to content analysis, using Atlas-ti GmbH software version 5.0®. The following categories emerged: caregiving history and work history, and the meaning of care in their lives. Results: Twenty caregivers participated in the study. Women caregivers told stories of wide-ranging care, including several individuals in their family at different moments. They performed different forms of care, encompassing physical and social dimensions. Their discourse expressed the contradiction between their caregiving role and entering and/or maintaining their place in the labor market. Conclusion: The women expressed a concept of comprehensive care that includes responsibility, availability, and companionship, as well as emotional states, which greatly impact health. They tailored their participation in the labor market according to their family's care needs. Thus, the gender perspective must be incorporated by health care providers who work with the health of caregivers.


RESUMO Objetivo: Explorar o significado que as mulheres cuidadoras dão às suas práticas de cuidado e analisar a relação dessas práticas com as trajetórias de trabalho. Método: Estudo qualitativo, com desenho fenomenológico de desígnio, realizado em Sevilha, Espanha com cuidadoras familiares. A estratégia de obtenção de dados foi a entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados com a metodologia de análise de conteúdo, por meio do software Atlas-ti GmbH, versão 5.0®. As categorias definidas são: história de cuidados e história laboral e o significado do cuidado em suas vidas. Resultados: Participaram do estudo 20 cuidadoras. As mulheres cuidadoras narram algumas histórias de cuidados extensas e cuidam de diferentes pessoas da unidade familiar em diferentes momentos temporais. Os cuidados que desempenham são muito diversos, contemplando a dimensão física e social. Observa-se uma contradição entre o trabalho de cuidado e a incorporação e/ou manutenção no mercado de trabalho. Conclusão: As mulheres expressam um conceito integrante de cuidados que abarca a responsabilidade, a disponibilidade, o acompanhamento, como também estados afetivos que geram um grande impacto em sua saúde. As mulheres entrevistadas ajustam a participação no mercado de trabalho com as necessidades de cuidados da família. Deste modo, a perspectiva de gênero deve ser incorporada pelos profissionais da saúde que atendem aos problemas de saúde das cuidadoras.


RESUMEN Objetivo: Explorar el significado que las mujeres cuidadoras dan a sus prácticas de cuidado y analizar la relación de dichas prácticas con las trayectorias laborales. Método: Estudio de corte cualitativo con diseño fenomenológico, realizado en Sevilla, España con cuidadoras familiares. La estrategia de obtención de datos ha sido la entrevista semi-estructurada. Los datos fueron analizados mediante análisis de contenido, se utilizó el software informático Atlas-ti GmbH versión 5.0®. Las categorías definidas son: historia cuidadora e historia laboral y significado del cuidado en sus vidas. Resultados: Participaron del estudio veinte cuidadoras. Las mujeres cuidadoras narran unas historias de cuidados extensas, cuidan a distintas personas de la unidad familiar en distintos momentos temporales. Los cuidados que desempeñan son muy diversos, contemplando la dimensión física y social. Se observa una contradicción entre el trabajo de cuidado y la incorporación y/o mantenimiento en el mercado laboral. Conclusión: Las mujeres expresan un concepto de cuidados integral que contempla la responsabilidad, la disponibilidad, el acompañamiento, así como estados afectivos, que generan un gran impacto en su salud. Las mujeres entrevistadas ajustan la participación en el mercado laboral a las necesidades de cuidados de la familia. Así, la perspectiva de género debe ser incorporada por los profesionales sanitarios que atienden los problemas de salud de las cuidadoras.


Assuntos
Mulheres , Mulheres Trabalhadoras , Cuidadores , Enfermagem Familiar , Pesquisa Qualitativa , Identidade de Gênero
8.
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e26999], jan.-dez. 2017.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-947712

RESUMO

Objetivo: descrever as percepções de enfermeiras obstétricas sobre suas condições de trabalho. Método: pesquisa qualitativa com 15 enfermeiras obstétricas atuantes em hospitais da cidade Rio de Janeiro. As entrevistas foram realizadas no período de abril a maio de 2016 e após foram transcritas, codificadas, categorizadas e discutidas à luz do referencial de Bourdieu. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e pesquisa/CAAE 54061315.9.0000.5282. Resultados: as condições de trabalho percebidas pelas enfermeiras foram a instabilidade no vínculo de contrato, levando ao medo de perder o emprego; a busca por produtividade que descaracteriza o cuidado humanizado e a violência simbólica representada pela desqualificação e divisão sexual do trabalho. Conclusão: essas condições apontam para a precarização do trabalho e podem interferir diretamente na implantação das práticas de cuidado humanizadas no parto e nascimento e na saúde das enfermeiras.


Objective: to describe the obstetric nurses' perceptions about their working conditions. Method: qualitative research with 15 obstetric nurses working in hospitals in the city of Rio de Janeiro, Brasil. The interviews were carried out from April to May 2016 and were then transcribed, coded, categorized and discussed based on Bourdieu's reference. The research was approved by the Ethics and Research Committee / CAAE 54061315.9.0000.5282. Results: the working conditions perceived by nurses were caracterized by instability in the job contract, leading to fear of losing their job; the search for productivity that de-characterizes the humanized care and symbolic violence represented by the disqualification and sexual division of labor. Conclusion: these conditions indicate to the precariousness of work and may interfere directly in the development of humanized care practices in childbirth and birth as well as in nurses' health.


Objetivo: describir las percepciones de las enfermeras obstétricas sobre sus condiciones de trabajo. Método: investigación cualitativa con 15 enfermeras obstétricas que trabajan en hospitales de la ciudad de Río de Janeiro, Brasil. Las entrevistas se llevaron a cabo de abril a mayo de 2016 y luego fueran transcritas, codificadas, categorizadas y discutidas según el referencia lde Bourdieu. La investigación fue aprobada por el Comité de Ética e Investigación / CAAE 54061315.9.0000.5282. Resultados: las condiciones laborales percibidas por las enfermeras se caracterizaron por la inestabilidad en el contrato de trabajo, lo que generó temor a perder su trabajo; la búsqueda de la productividad que descaracteriza el cuidado humanizado; y la violencia simbólica representada por la descalificación y la división sexual del trabajo. Conclusión: estas condiciones indican la precariedad del trabajo y pueden interferir directamente en el desarrollo de prácticas de cuidado humanizado en el parto y el nacimiento, así como en la salud de las enfermeras.


Assuntos
Humanos , Feminino , Mulheres Trabalhadoras , Saúde da Mulher , Humanização da Assistência , Divisão do Trabalho baseado no Gênero , Enfermagem Obstétrica , Condições de Trabalho , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Hospitais
9.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(12): 4970-4979, dez.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031971

RESUMO

Objetivo: conhecer a assistência pré-natal desenvolvida na Estratégia Saúde da Família. Método: estudodescritivo, de abordagem qualitativa, com a participação de gestantes, médicos e enfermeiros do meio rural.A coleta de dados foi por meio de entrevistas semiestruturadas e a análise por meio da técnica de Análise deconteúdo na modalidade Análise Temática. Resultados: constatou-se que as consultas de pré-natal sãocentradas no profissional médico, que os profissionais de saúde não abordam o ambiente e o processo detrabalho das gestantes agricultoras e, nas orientações, evidenciou-se que o processo de comunicação entre osprofissionais e a gestante precisa ser melhorado. Conclusão: a assistência ao pré-natal de baixo risco naEstratégia Saúde da Familia no meio rural é focada no modelo Biomédico, sendo que poucos profissionais(re)conhecem o ambiente e os processos de trabalho das gestantes agricultoras.


Assuntos
Feminino , Humanos , Gravidez , Adulto , Assistência à Saúde Culturalmente Competente , Cuidado Pré-Natal , Equipe de Assistência ao Paciente , Estratégia Saúde da Família , Mulheres Trabalhadoras , Trabalhadores Rurais , Epidemiologia Descritiva , Pesquisa Qualitativa
10.
Rev. enferm. UFPE on line ; 11(4): 1662-1666, abr.2017.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1032073

RESUMO

Objetivos: discutir a participação de trabalhadoras rurais na fruticultura irrigada do Vale do Submédio SãoFrancisco e verificar a percepção delas acerca do fenômeno da violência. Método: estudo descritivo, deabordagem quantitativa, realizado por meio de entrevista semiestruturada aplicada a 90 trabalhadoras rurais.Os dados foram tratados à luz da estatística descritiva e apresentados por meio de frequências absoluta erelativa, bem como ilustrados por meio de fragmentos do discurso das participantes. Resultados: a média deidade das entrevistadas foi de 34,16 anos, 51,11% estudaram até o ensino fundamental incompleto, 81% foramadmitidas a partir de contratos temporários e 48,78% possuíam outra ocupação para complementar a renda. Amaioria (42,22%) só considera como violência eventos que deixam marcas corporais. Conclusão: a fruticulturaé um campo de trabalho muito importante para as mulheres da região. A naturalização da violência despontacomo grave problema de saúde para essa população.


Assuntos
Feminino , Humanos , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Mulheres Trabalhadoras , Percepção , Trabalhadores Rurais , Violência contra a Mulher , Epidemiologia Descritiva
11.
Rio de Janeiro; s.n; 2017. 140 p. il..
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-968770

RESUMO

Muitas enfermeiras obstétricas vêm desenvolvendo práticas baseadas em tecnologias relacionais no cuidado ao ciclo gravídico-puerperal impulsionadas pelos movimentos de humanização e políticas neoliberais dos anos 1990. Com o lançamento da Rede Cegonha (2011), na rede municipal de saúde do Rio de Janeiro, aumentaram os postos de trabalho para enfermeiras, inseridas na perspectiva de contrapor o modelo medicalizado de assistência. Simultaneamente, observam-se transformações na gestão de recursos humanos e de cuidados, provavelmente legatárias da reestruturação produtiva que prevê aumento na produtividade e flexibilização dos vínculos trabalhistas. Assim, esse estudo objetivou: descrever as condições objetivas do trabalho das enfermeiras obstétricas no campo hospitalar; analisar os efeitos das condições de trabalho das enfermeiras para o campo obstétrico e discutir a percepção das enfermeiras obstétricas sobre suas relações de trabalho. Trata-se de pesquisa exploratória, descritiva e qualitativa, sendo participantes 15 enfermeiras obstétricas, formadas a partir de 2011, atuantes na área hospitalar, no mínimo, há 6 meses. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e tratados de duas formas: para o primeiro objetivo, definiram-se as condições objetivas de trabalho a partir do referencial temático que originaram as três categorias da primeira seção analítica. Para os outros objetivos foram seguidos os passos do método proposto por Minayo (2014): transcrição das entrevistas, codificação e agrupamento das falas e criação de quatro categorias analíticas. O arcabouço teórico de Pierre Bourdieu ancorou a análise. Os resultados apontaram que a maioria das enfermeiras pesquisadas possuem dois contratos empregatícios pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) em organizações sociais terceirizadas. Na realização da mesma atividade, as enfermeiras contratadas têm salários maiores que os das estatutárias e menores que os dos médicos obstetras contratados e a jornada de trabalho é intensificada pelo acúmulo de funções. As participantes percebem uma instabilidade no vínculo de contrato, levando-as à insegurança e ao medo de perder o emprego. A lógica produtivista pressiona para o aumento da quantidade de partos e o uso dos instrumentos "apropriados" para humanizar a assistência. A aproximação com a chefia é percebida como uma estratégia para se manter no emprego, ao mesmo tempo em que se torna um meio de incremento da produtividade pela redução de conflitos. Por fim, percebe-se uma hierarquia no campo obstétrico que atribui às enfermeiras as tarefas menos prestigiosas e reproduz a dominação masculina. Conclui-se que há uma possível precarização nas relações de trabalho condizente com os novos modos de produção, o que pode impactar no projeto desmedicalizador do campo obstétrico e ocasionar a retirada da autonomia das mulheres usuárias.


Many obstetric nurses have been developing practices based on relational technologies in the care of pregnancy, childbirth and after childbirth guided by the humanization movements and neoliberal policies in the 1990s. With the launch of Cegonha Carioca (2011) in the municipal health of Rio de Janeiro, jobs for nurses, inserted in the perspective of opposing the medicalized model of care were increased. At the same time, there are transformations in the management of human resources and care, probably legatoires of the productive restructuring that predicts an increase in productivity and flexibilization of labor relations. This study aimed to: describe the objective conditions of obstetric nurses's work in the hospital field; To analyze the effects of nurses 'working conditions on the obstetric field and to discuss the obstetric nurses' perception of their labor relations. It is an exploratory, descriptive and qualitative research, with 15 obstetric nurses, graduated since 2011, working at the hospital area, at least 6 months ago. The data were collected through a semi-structured interview and treated in two ways: for the first objective, the objective conditions of work were defined based on the thematic reference that originated three categories of the first analytical section. For other objectives, the steps of the method proposed by Minayo (2014) were followed by: transcription of interviews, coding and grouping of statements and creation of four analytical categories. The theoretical framework of Pierre Bourdieu anchored the analysis. The results showed that most of nurses have two employment contracts for the Consolidation of Labor Laws in social organizations. Performing at the same activity, hired nurses have higher salaries than those of the civil servants and smaller ones than those of the contracted obstetrical doctors and the daily work is intensified by the accumulation of functions. Participants perceive instability in the contract bond, leading to insecurity and fear of losing their jobs. The productivist logic pressures by the increase of the number of deliveries and using the "appropriate" instruments to humanize the assistance. The approach to leadership is perceived as a strategy to remain in employment, at the same time as it becomes a meaning of increasing productivity through the reduction of conflicts. Finally, one perceives a hierarchy in the obstetric field that assigns nurses, the less prestigious tasks and reproduces the masculine domination. It is concluded that there is a possible precariousness in labor relationship that is keeping with new ways of production that can impact on the demedicalizer project of the obstetric field and causes withdrawal of the autonomy of women users.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Mulheres Trabalhadoras , Riscos Ocupacionais , Mercado de Trabalho , Enfermeiras Obstétricas , Enfermagem Obstétrica
12.
Rev. enferm. UFPE on line ; 10(9): 3401-3410, set. 2016. ilus
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1031781

RESUMO

Objetivo: analisar a dupla jornada de trabalho e as repercussões na saúde da enfermeira atuante naEstratégia Saúde da Família. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizada com 13enfermeiras, por meio de entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados de acordo com a técnica deanálise temática. Resultados: emergiram as categorias: 1. Conceito de saúde: percepção das enfermeirasacerca do cuidado de si; 2. Práticas de saúde e sua correlação com o trabalho público e doméstico: impactosna saúde física e mental; 3. Ser mulher, mãe e profissional de Enfermagem: contextualização sob a ótica degênero; e 4. Preocupação/percepção negativa da autoimagem corporal diante dos estereótipos de gênero.Conclusão: o estudo poderá contribuir para a reflexão perante as questões de gênero que se apresentamimplícitas no cotidiano das mulheres/enfermeiras, sendo importante compreendê-las como determinantes doprocesso saúde-doença.


Assuntos
Feminino , Humanos , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Enfermeiras e Enfermeiros , Estratégia Saúde da Família , Jornada de Trabalho , Mulheres Trabalhadoras , Relações Interpessoais , Saúde da Mulher , Autoimagem , Epidemiologia Descritiva , Processo Saúde-Doença
13.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 8(1): 3679-3690, jan.-mar. 2016.
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-776215

RESUMO

Objective: recognizing the scientific productions that approach night shift work carried out by the nursing staff in hospitals. Method: this is a bibliographic, narrative, exploratory and descriptive research. The search was developed in the Virtual Health Library, from July to August 2012. Results: studies point to the fact that most workers are married women with spouses and/or children, who have to do housework and deal with their profession, in one or two jobs. Despite of the negative repercussion of the night shift work upon the health of the workers, they often do this shift because of their choice/personal need or professional and not by imposition of the institution. Conclusion: there is a growing interest in this topic, mainly in terms of repercussions of this work shift for the health of nursing professionals. It should be highlighted that it is fundamental to reduce these repercussions, as well as to diminish the hospitalization rates in a way to contribute for the promotion of health and satisfaction at work.


Objetivo: conhecer as produções científicas que abordam o trabalho noturno realizado pela enfermagem em instituições hospitalares. Método: trata-se de uma pesquisa bibliográfica, narrativa, exploratória e descritiva. A busca foi realizada na Biblioteca Virtual de Saúde nos meses de julho e agosto de 2012. Resultados: os estudos apontam que a maioria destes trabalhadores são mulheres casadas ou com companheiros e/ou filhos, que se dividem entre as tarefas do lar e profissionais em um ou dois empregos. Apesar de o trabalho noturno repercutir negativamente na saúde dos trabalhadores, estes frequentemente estão neste turno por escolha/necessidade pessoal ou profissional e não por imposição da instituição. Conclusão: há crescente interesse na temática, principalmente em relação às repercussões desse turno de trabalho para a saúde dos trabalhadores de enfermagem. Ressalta-se que minimizar estas repercussões é fundamental, assim como reduzir os índices de adoecimento, como forma de contribuir na promoção da saúde e satisfação no trabalho.


Objetivo: conocer las producciones científicas que enfocan en el trabajo nocturno realizado por las enfermeras en los hospitales. Método: se trata de una investigación bibliografica, narrativa, exploratoria y descriptiva. La busqueda se realizo em la Biblioteca Virtual de Salud em Julio y agosto de 2012. Resultados: estudios muestran que la mayoría de estos trabajadores son mujeres casadas o conparejas y/o niños, que están divididas entre las tareas de casa y profesionales en uno o dos puestos de trabajo. A pesar del trabajo nocturno reflejar negativamente en la salud de los trabajadores, a menudo están en este turno por elección/ necesidad personal o profesional y no por imposición de la institución. Conclusión: existe un creciente interés en el tema, sobre todo en relación con el impacto de este turno de trabajo para la salud de los trabajadores de enfermería. Es de destacar que minimicen estos efectos es essencial, así como reducir la incidencia de la enfermedad como una contribución en la promoción de la salud y la satisfacción en eltrabajo.


Assuntos
Humanos , Condições de Trabalho , Equipe de Enfermagem , Hospitais , Ritmo Circadiano , Saúde do Trabalhador , Mulheres Trabalhadoras , Jornada de Trabalho em Turnos , Brasil
14.
Rev. enferm. UERJ ; 24(1): e11726, jan.-fev. 2016.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-946463

RESUMO

Objetivo: desvelar os sentidos do modo-de-ser de profissionais de enfermagem em uma unidade de pronto-atendimento do interior do Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Método: investigação de natureza qualitativa, com abordagem fenomenológica e referencial teóricometodológico fundamentado em Martin Heidegger. As participantes do estudo, realizado em 2012 e 2013, foram 14 mulheres que faziam parte da equipe de enfermagem. Resultados: a análise dos depoimentos revelou que as mulheres se mostraram companheiras, amigas e afetuosas na relação com o outro membro da equipe de saúde, em um cuidado direcionado ao cliente e ao colega de trabalho/ amigo. Conclusão: desvela-se que, ao cuidar do outro, se suprime seu próprio cuidado, revelando um movimento para a impessoalidade. Reitera-se a importância do ser - mulher - profissional de enfermagem cuidar de si mesma, para que realize o cuidado ao outro com completude, e sentir-se plena cuidando de sua saúde e de seu bem-estar.


Objective: to unveil the meanings of nurses' modes of being in an emergency unit in Rio de Janeiro State, Brazil, in 2012 and 2013. Method: this qualitative, phenomenological study took an approach based theoretically and methodologically on Martin Heidegger. The study participants were 14 women members of the nursing team. Results: transcript analysis revealed that the women were companionable, friendly and affectionate in their relations with the other member of the team in care directed to the client and to the coworker/friend. Conclusion: it was unveiled that, in caring for others, they suppressed care for themselves, revealing a movement towards impersonality. It is important that beings-women-nursing personnel care for themselves in order to care completely for others and to feel fulfilled caring for their own health and well-being.


Objetivo: desvelar los significados de la manera de ser de los profesionales de enfermería en una unidad de emergencia del interior del Estado de Río de Janeiro - Brasil. Método: investigación cualitativa con enfoque fenomenológico y referencial teórico-metodológico basado en el método de Martin Heidegger. Los participantes del estudio, realizado en 2012 y 2013, fueron 14 mujeres que formaban parte del equipo de enfermería. Resultados: el análisis de las declaraciones reveló que las mujeres mostraron ser compañeras, amigas y afectuosas en relación con el otro miembro del equipo de salud; el cuidado se dirigía al cliente y al compañero de trabajo/amigo. Conclusión: revela que, al cuidar del otro, se suprime su propio cuidado, revelando un movimiento de Impersonalidad. Se reitera la importancia de que el ser - mujer - profesional de enfermería cuide de sí misma para realizar el cuidado al otro con plenitud y para sentirse plena al cuidar de su salud y bienestar.


Assuntos
Humanos , Filosofia , Mulheres , Mulheres Trabalhadoras , Enfermagem , Profissionais de Enfermagem
15.
Niterói; s.n; 2015. 70 p.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-849411

RESUMO

O Presente estudo teve como objetivo de pesquisa descrever o perfil epidemiológico, bem como analisar as condições de vida, trabalho e saúde das mulheres vendedoras ambulantes, relacionando-as com o conceito de Determinantes Sociais de Saúde. Com vistas a atender os objetivos da pesquisa, optou-se por realizar um estudo descritivo, observacional, transversal. As participantes do estudo foram 116 mulheres com idade igual ou superior a 18 anos, que trabalham exclusivamente como vendedoras ambulantes e, exercem tal atividade por no mínimo seis meses. Os dados foram coletados entre os meses de Julho à Agosto de 2014 em três pontos específicos do Centro da Cidade do Rio de Janeiro: Central do Brasil, Região do entorno da Rodoviária Novo Rio, e Largo da Carioca. A análise estatística foi processada através do software estatístico SAS® System, versão 6.11 (SAS Institute, Inc., Cary, North Carolina). Foram elaboradas tabelas de contingência, e realizados testes qui-quadrado no programa SPSS (Statistical Package for Social Sciences) para verificar a associação entre determinadas variáveis. Os resultados foram sistematizados e organizados em tabelas que se apresentam em três categorias: condições socioeconômicas, condições de trabalho e condições de saúde auto referida pelas participantes do estudo. A mediana de idade entre as participantes do estudo foi de 45 anos. Há uma predominância da raça negra no grupo pesquisado. Quase a metade das vendedoras ambulantes (47,4 %), possui uma renda média mensal de até um salário mínimo, e cerca de 35,3% das entrevistadas cursaram o ensino médio. Uma das características que sobressaltam neste estudo é que 50,5% das mulheres são chefes de família. De acordo com características socioeconômicas das mulheres vendedoras ambulantes, podemos reafirmar por meio desta pesquisa, que as mulheres negras, continuam a ganhar menos, quaisquer que sejam suas credenciais de escolaridade, assim como alega o IBGE (2010). Tratando-se aqui, da imbricação de duas discriminações recorrentes em nosso país, a de gênero e a de raça. Soma-se a isto as perversas características do ambiente laboral para com aquelas que executam suas tarefas em vias e logradouros públicos, agravadas pelo contexto do trabalho informal. Neste sentido, destacamos que as vendedoras ambulantes passam cerca de 10 horas por dia imersas em um ambiente extremamente barulhento, expostas à radiação solar e calor intenso, além de constante poluição do ar. Alimentam-se enquanto atendem seus clientes, com mantimentos trazidos de casa, que permanecem desde o início da jornada em temperatura ambiente, sem nenhum mecanismo de conservação. Sob a ótica dos Determinantes Sociais de Saúde, entendemos que a natureza do emprego e as condições de trabalho têm efeitos sobre a saúde física e mental dos trabalhadores. Imbuídos por este referencial, destacamos que cerca de 64,7% das entrevistadas referiram ardência e/ou irritação nos olhos por conta de poeira ou fumaça presentes em seu ambiente de trabalho, 83,6 % das mulheres queixam-se de dores musculares em geral; 82,8 % queixam-se de lombalgia; 46,6 % referem edema em membros inferiores; 61,2 % queixam- se de varizes em membros inferiores e dores de cabeça; 50,9 % referem ter insônia; 51,7 % relataram ter problemas emocionais como ansiedade ou depressão que a causa tenha sido o trabalho. Ainda no campo da saúde mental, foi possível avaliar em nosso estudo, a relação existente entre o estresse, uma condição que demonstra a situação de trabalho vivenciada pelas vendedoras ambulantes no Centro da Cidade do Rio de Janeiro, e a insônia. Ao realizarmos o cruzamento dessas variáveis, e analisarmos a correlação entre as mesmas, podemos inferir que a incidência de insônia entre o grupo de mulheres vendedoras ambulantes está associada ao nível de estresse em seu ambiente de trabalho. Por fim, observamos que as longas jornadas de trabalho dificultam o acesso das mulheres aos serviços de saúde. Através desta pesquisa, apreendemos um pouco mais do cotidiano das mulheres vendedoras ambulantes, que por seu modo de inserção no mercado de trabalho, se submetem a condições laborais que as obrigam a deixar em segundo plano alguns imperativos de vida e trabalho, inclusive os cuidados com sua saúde. É possível perceber, na perspectiva da saúde ocupacional, que para alcançar o desenvolvimento de ações de atenção integral à saúde da classe de1 trabalhadoras envolvidas neste estudo, é necessário a realização de mudanças estratégicas nas formas de se ofertar saúde a população, para que se possa contemplar a complexidade das relações trabalho-saúde no âmbito da informalidade


This work has the purpose to describe the epidemiological profile search, and analyze the conditions of life, work and health of women street vendors, relating them with the concept of Social Determinants of Health. In order to meet the objectives of the research, it was decided to hold a descriptive, observational, cross-sectional study. Study participants were 116 women aged over 18 years, working exclusively as street vendors for at least six months. It was established that informal workers who eventually had formal employment contract could not participate in this survey. The information was collected between july and august 2014 in three specific places in the center of Rio de Janeiro: Central do Brasil, The surrounding region of Rodoviária Novo Rio and Largo da Carioca. The statistic analisys was processed in the statistic software SAS System, 6.11 version (SAS Institute, Inc., Cary, North Carolina).Contingency tables were prepared, and the chi-square test using SPSS (Statistical Package for Social Sciences) to assess the association between certain variables. The results were systematized and organized in tables that are presented in three categories: socioeconomic conditions, working conditions and health conditions self-reported by the participants of the studyThe median age of study participants was 45anos. There is a predominance of blacks in the study group. Almost half of the street vendors (47.4%), has an average monthly income of up to one minimum wage, and about 35.3% of the respondents attended high school. One of the features that startle this study is that 50.5% of women are heads of households. According to socioeconomic characteristics of women street vendors, we reaffirm through this research that black women continue to earn less, whatever their educational credentials, as claimed by the IBGE (2010). In the case here, the overlapping of two recurring discrimination in our country, gender and race. Added to this the perverse features of the workplace toward those that perform their tasks in public roads and public parks, aggravated by the informal working environment. In this regard, we emphasize that the street vendors spend about 10 hours a day immersed in an extremely noisy environment, exposed to intense sunlight and cool with constant air pollution. They feed while meeting its customers with supplies brought from home, that remain from the beginning of the journey at room temperature without any conservation mechanism. From the perspective of the Social Determinants of Health, we understand that the nature of employment and working conditions have effects on physical and mental health of workers. Imbued by this reference, we point out that about 64.7% of the interviewees reported burning and / or eye irritation from dust account or smoke present in the workplace, 83.6% of women complain of muscle pain in general ; 82.8% complain of low back pain; 46.6% reported edema in the lower limbs; 61.2% queixam- to varicose veins in the lower limbs and headaches; 50.9% report having insomnia; 51.7% reported having emotional problems such as anxiety or depression that question has been the work. Also in the field of mental health could be assessed in our study, the relationship between stress, a condition that demonstrates the work situation experienced by street vendors in the City Center of Rio de Janeiro, and insomnia. As we perform the intersection of these variables, and analyze the correlation between them, we can infer that the incidence of insomnia among the group of street vendors women is associated with the level of stress in their work environment. Finally, we note that long working hours make it difficult women's access to health services. Through this research, we apprehend a little more everyday women street vendors, which in insert mode in the labor market, are subject to working conditions that require them to leave in the background some imperatives of life and work, including care your health. You can see from the perspective of occupational health, that to achieve the development of actions of comprehensive health care class de 1 workers involved in this study, the realization of strategic changes in ways to offer health population is necessary so that you can contemplate the complexity of the work and health in the context of informality


Assuntos
Saúde do Trabalhador , Mulheres Trabalhadoras , Condições de Trabalho
16.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 22(5): 857-865, Sep-Oct.2014. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-730634

RESUMO

OBJECTIVE: to describe the experience of Latin American working women regarding immigration, taking into account the expectations and conditions in which this process takes place. METHOD: ethnographic qualitative study. Data collection was performed by means of semi-structured interviews with 24 Latin American immigrant women in Spain. The information collected was triangulated through two focal groups. RESULTS: the expectations of migrant women focus on improving family living conditions. Social support is essential for their settling and to perform daily life activities. They declare they have adapted to the settlement country, although they live with stress. They perceive they have greater sexual freedom and power with their partners but keep greater responsibility in childcare, combining that with the role of working woman. CONCLUSIONS: migrant women play a key role in the survival of households, they build and create new meanings about being a woman, their understanding of life, their social and couple relationships. Such importance is shaped by their expectations and the conditions in which the migration process takes place, as well as their work integration. .


OBJETIVO: descrever a experiência da mulher latina trabalhadora no contexto da imigração, considerando as expectativas e as condições em que ocorre esse processo. MÉTODO: corresponde a estudo qualitativo de cunho etnográfico. A coleta de dados foi realizada através de entrevistas semiestruturadas com 24 mulheres imigrantes, na Espanha. As informações recolhidas foram analisadas por meio de dois grupos focais. RESULTADOS: as expectativas das mulheres migrantes focalizam a melhoria das condições da vida familiar. O apoio social é essencial para a residência e o desempenho das atividades da vida diária. Consideram-se adaptadas ao país de residência, embora admitam viver com stress. Veem-se como tendo maior liberdade sexual e maior poder na vida de casadas, mantendo, no entanto, maior responsabilidade no cuidado das crianças, faceta essa que se une ao papel de mulheres trabalhadoras. CONCLUSÕES: as mulheres migrantes desempenham papel central na sobrevivência das famílias, constroem e produzem novos significados sobre o que é ser mulher, a sua concepção de vida, as relações sociais e a vida a dois. Tais significados são determinados pelas expectativas e condições em que o processo de migração ocorre, assim como a sua inserção laboral. .


OBJETIVO: describir la experiencia de la mujer latina trabajadora de la inmigración, considerando las expectativas y condiciones en que se da este proceso. MÉTODO: correponde a un estudio cualitativo de corte etnográfico. La recolección de datos se realizó a través de entrevistas semiestructuradas a 24 mujeres latinas inmigrantes en España. Se trianguló la información recogida a través de dos grupos focales. RESULTADOS: las expectativas de las mujeres migrantes se enfocan en mejorar las condiciones de vida familiar. El apoyo social es fundamental para su asentamiento y para el desempeño de actividades de la vida diaria. Refieren estar adaptadas en el país de asentamiento, aunque viven con estrés. Se perciben con mayor libertad sexual y poder con sus parejas pero mantienen una mayor responsabilidad en el cuidado de los hijos, aunado al rol de mujer trabajadora. CONCLUSIONES: las mujeres migrantes juegan un papel central en la supervivencia de los hogares, construyen y crean nuevos significados acerca de ser mujer, su concepción de la vida, las relaciones sociales y de pareja. Tal significación está moldeada por las expectativas y las condiciones en que se da el proceso migratorio, así como su inserción laboral. .


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Adulto Jovem , Mulheres Trabalhadoras , Emigração e Imigração , Emigrantes e Imigrantes , Espanha , América Latina/etnologia , Antropologia Cultural
17.
Rev. RENE ; 15(4): 683-690, 2014-08-28.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-749346

RESUMO

Objetivou-se compreender as concepções de mulheres assentadas em relação à educação em saúde, com foco na saúde da mulher, procurando apreender questões de gênero. Pesquisa qualitativa, do tipo exploratória e descritiva, realizada em um Assentamento do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra no Sul do Brasil. A coleta de dados ocorreu em 2011, por meio de entrevista semiestruturada, com nove mulheres, entre 35 e 60 anos residentes do assentamento. Para o tratamento dos dados, utilizou-se a análise temática. Existe uma multiplicidade de opiniões, crenças, sentimentos, uma vez que as concepções de educação em saúde das assentadas estão pautadas na valorização de práticas educativas mais sensíveis as suas necessidades e que transcendam a dimensão reprodutiva. Portanto, as particularidades e diversidades que rodeia o mundo das assentadas precisam ser consideradas no planejamento das ações em saúde...


This study aimed at understanding the conceptions of women in a rural settlement concerning education in health, focusingon the health of women, in the pursuit of apprehending matters of gender. This is a qualitative study of exploratory anddescriptive type, made in a rural settlement of the Workers Without Land Movement in Southern Brazil. Data collectionoccurred from March to May 2011, through semi-structured interviews with nine women between 35 and 60 years of ageresidents in the settlement. The thematic analysis was used for the data. There is a multiplicity of opinions, beliefs, feelings,once the concepts of education in health of the settled workers are based on the value of more sensitive educational practicesand their needs that transcend the reproductive dimension. Therefore, the peculiarities and diversities around the world ofthe settled workers must be considered in planning actions of health...


El objetivo fue comprender las concepciones de mujeres asentadas cuanto a la educación en salud, centrándose en la saludde la mujer, tratando comprender cuestiones de género. Investigación cualitativa, del tipo exploratorio y descriptiva, llevadaa cabo en un agrupamiento del Movimiento de los Trabajadores Sin Tierra en el sur del Brasil. La recolección de datosocurrió entre marzo y mayo de 2011, a través de entrevista semiestructurada, con nueve mujeres, entre 35 y 60 residentesdel asentamiento. Para el tratamiento de los datos, se utilizó el análisis temático. Hay multiplicidad de opiniones, creencias,sentimientos, una vez que los conceptos de educación en salud de las asentadas se basan en la valoración de las prácticaseducativas más sensibles a sus necesidades y que trascienden la dimensión reproductiva. Por lo tanto, las particularidades ydiversidades del mundo de las asentadas deben ser consideradas en la planificación de las acciones de salud...


Assuntos
Humanos , Feminino , Educação em Saúde , Gênero e Saúde , Mulheres Trabalhadoras
18.
Esc. Anna Nery Rev. Enferm ; 17(2): 306-312, abr.-jun. 2013.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-684976

RESUMO

Pesquisa qualitativa, exploratório-descritiva que objetivou conhecer as repercussões do Programa de Extensão Universitária Mulheres Conquistando Cidadania no cotidiano de mulheres participantes. Foi desenvolvida em um município do interior do Rio Grande do Sul/Brasil. Participaram do estudo 13 mulheres egressas do Programa referido. As entrevistas semiestruturadas foram realizadas nos meses de janeiro a agosto/2011. Da análise de conteúdo temática destacou-se a categoria: processo de empoderamento a partir da participação no Programa Mulheres Conquistando Cidadania. Identificaram-se a construção de confiança, a mudança significativa na postura e o modo de pensar das mulheres em relação a sua autopercepção, conhecimento e poder de decisão. Constataram-se transformações na forma de pensar os papéis sociais de mulheres e homens a partir de referenciais de cidadania e empoderamento. Conclui-se que tal experiência, tanto no que se refere à Extensão quanto à presente pesquisa, constitui-se uma temática atual e necessária na área de saúde da mulher.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Papel Profissional , Poder Psicológico , Mulheres Trabalhadoras/estatística & dados numéricos
19.
Rev. RENE ; 13(5): 1208-1217, 2012.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-679853

RESUMO

Pesquisas mostram que as mulheres consideram o trabalho e continuação do aleitamento materno como práticas incompatíveis. Este trabalho apresenta como objetivo analisar as evidências científicas acerca das barreiras e facilitadores no aleitamento materno após retorno da mulher ao trabalho. A busca bibliográfica deu-se nas bases de dados SCOPUS, LILACS, PUBMED e CINAHL. A amostra foi composta de 20 artigos publicados no período de 2001 a 2011. Os artigos foram agrupados e os resultados divididos em cinco categorias temáticas: experiências maternas frente à amamentação; fatores relacionados à duração da amamentação; trabalho e amamentação; políticas de trabalho e amamentação; programas de amamentação; mulher trabalhadora e fatores biológicos. Este estudo é fundamental para profissionais da saúde de diversas áreas, uma vez que se configura como ferramenta primordial para identificação de estratégias específicas para a melhoria da assistência à mulher trabalhadora.


Assuntos
Humanos , Feminino , Aleitamento Materno , Enfermagem , Mulheres Trabalhadoras , Aleitamento Materno/estatística & dados numéricos , Mulheres Trabalhadoras/educação
20.
Rev. latinoam. enferm ; 19(6): 1314-1321, Nov.-Dec. 2011. tab
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-611621

RESUMO

The objective of this study was to determine the association between the professional activity and the perceived quality of life in climacteric women who work in Health and Education. A descriptive and cross-sectional study was developed in a sample of 203 climacteric women, together with a correlation analysis of labor factors’ influence on health-related quality of life. Significant differences were found between working women’s quality of life and some labor conditions. The perceived quality of life in perimenopausal women who work in Education is higher than that of those working in Health (p=0.004). Nursing professionals can develop health programs that deal with the work conditions that negatively influence the perceived quality of life in climacteric women.


O objetivo deste estudo foi determinar a associação entre a atividade profissional e a qualidade de vida percebida em mulheres climatéricas que trabalham nas áreas da saúde e educação. Realizou-se estudo descritivo e transversal, numa amostra de 203 mulheres climatéricas, juntamente com análise correlacional da influência dos fatores de trabalho na qualidade de vida, relacionada à saúde. Encontraram-se diferenças significativas entre a qualidade de vida das trabalhadoras e algumas variáveis laborais. A qualidade de vida percebida pelas mulheres perimenopáusicas que trabalham na área da educação é superior à daquelas que trabalham na área da saúde (p=0,004). Os profissionais de enfermagem podem elaborar programas de saúde que abordem as condições de trabalho que influenciam negativamente a qualidade de vida percebida pelas mulheres climatéricas.


El objetivo de este estudio fue determinar la asociación entre la actividad profesional y la calidad de vida percibida en mujeres climatéricas que trabajan en las áreas sanitaria y educativa. Se realizó un estudio descriptivo y transversal, en una muestra de 203 mujeres climatéricas, junto al análisis correlacional de la influencia de los factores laborales en la calidad de vida relacionada con la salud. Se encontraron diferencias significativas entre la calidad de vida de las trabajadoras y algunas condiciones laborales. La calidad de vida percibida por las mujeres perimenopáusicas que trabajan en educación es superior a la de las que trabajan en salud (p=0,004). Los profesionales de Enfermería pueden elaborar programas de salud, que aborden las condiciones de trabajo que influyen negativamente en la calidad de vida percibida por las mujeres climatéricas.


Assuntos
Feminino , Humanos , Pessoa de Meia-Idade , Educação , Pessoal de Saúde , Perimenopausa , Qualidade de Vida , Mulheres Trabalhadoras , Estudos Transversais
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA