Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 9 de 9
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 157 p. ilus, graf, tab, mapa.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1007506

RESUMO

Introdução: O excesso de peso constitui grave problema de Saúde Pública, com ascensão mundial. Neste cenário, torna-se necessário compreender os aspectos associados ao seu desenvolvimento visando o delineamento de intervenções efetivas e sustentáveis, sobretudo no ambiente alimentar obesogênico da atualidade. Objetivo: Verificar a associação entre o ambiente alimentar do consumidor e o excesso de peso, a partir de bases de dados validadas do ambiente alimentar e do peso corporal de usuários do Programa Academia da Saúde (PAS) de Belo Horizonte, Minas Gerais Métodos: Este estudo foi realizado a partir de dados de ensaio comunitário controlado randomizado (ECCR), com amostra representativa de unidades do PAS de Belo Horizonte-MG. Foram investigadas 18 unidades e entrevistados todos os usuários do PAS com 20 anos ou mais. No nível do indivíduo foram utilizados dados da linha de base (n=3.414), obtidos por entrevista face a face; da reavaliação com 36 meses de seguimento (n=2.371), realizada por telefone; e da entrevista de validação. Foram investigados dados sociodemográficos (sexo, idade, classificação econômica, escolaridade, estado civil e ocupação); percepção de saúde; tentativas anteriores de redução de peso; tempo que frequenta o PAS; peso referido e realizada antropometria (peso e altura). Paralelamente, realizou-se auditoria do ambiente alimentar dos estabelecimentos comerciais de frutas e hortaliças (FH) em um buffer de 1.600 metros entorno das unidades do PAS amostradas, totalizando 298 estabelecimentos auditados quanto ao ambiente alimentar da comunidade (densidade de estabelecimentos e tipo de estabelecimento comercial) e do consumidor (condições higiênico-sanitárias, disponibilidade, diversidade, variedade, publicidade, e preço para FH e alimentos ultraprocessados). A partir das informações do indivíduo e do ambiente foram desenvolvidos três artigos, sendo um estudo ecológico, um transversal e um estudo de validação. O estudo ecológico objetivou validar o ambiente alimentar do território do PAS e realizar a sua caracterização (Artigo 1). No estudo transversal, objetivou- se verificar a relação entre o ambiente alimentar do consumidor e o excesso de peso corporal de usuários do PAS (Artigo 2); e, por fim, realizar a validação do peso corporal obtido por entrevista telefônica (Artigo 3). Resultados: A auditoria nos estabelecimentos de FH mostrou concordância de 45,7% com a base de dados secundária. Os sacolões, considerados estabelecimentos de alimentos saudáveis, foram os mais encontrados (61,3%), entretanto, a maioria (60,7%) também comercializava alimentos ultraprocessados. A prevalência de excesso de peso entre os usuários na linha de base foi elevada (62,6%), sendo associada à variedade de vegetais disponível no ambiente alimentar no território do PAS. Já a validação do peso corporal, obtido por entrevista telefônica, mostrou que os homens apresentam relato adequado, enquanto para as mulheres foi identificado um erro na estimativa do peso associado à idade e estado nutricional, sendo necessária a sua correção. Conclusão: Este trabalho mostrou a necessidade de validar bases de dados secundárias do ambiente alimentar visando obter resultados mais fidedignos nas pesquisas. Dessa forma, foi possível verificar que, o acesso a alimentos saudáveis no território do PAS, como os vegetais, está associado ao excesso de peso dos participantes do programa. A validação de base de dados obtida por telefone permitirá a análise longitudinal deste resultado, possibilitando a sua confirmação. Investir em intervenções que favoreçam a oferta de vegetais pode ser bom um caminho para a prevenção e o controle do excesso de peso corporal.(AU)


Introduction: Overweight represents a serious public health issue, which presents worldwide rise. In this scenario, it is necessary to understand the associated aspects of its development in order to plan effective and sustainable interventions, especially in the current obesogenic food environment. Objective: To verify the association between the consumer's food environment and overweight, from databases validated for food environment and for users of the Programa Academia da Saúde (PAS) in Belo Horizonte, Minas Gerais. Methods: This Thesis was conducted using data from a randomized controlled community trial (ECCR), with representative sample from PAS units in Belo Horizonte-MG. 18 PAS units were investigated and all users aged 20 years or more in these units were interviewed. On the individual's level, data from the baseline (n=3.414) were utilized, obtained by face to face interview and from reassessment of 36 months follow up (n=2.371) carried by telephone, and the validation interview. The investigated data were: socioeconomic (sex, age, economic classification, education level, marital status and occupation); health perception; previously weight loss attempts; attendance time on PAS; self-report weight; and anthropometry (weight and height). Parallel to the baseline from ECCR, a food environment audit was conducted on fruits and vegetables (FV) stores in a buffer of 1.600 meters in the surrounding area of the sampled PAS units, totalling 298 audited stores. Investigated data were from the community's food environment (density of stores and type of commercial stores) and from consumer (hygienic-sanitary conditions, availability, diversity, variety, publicity, and price for FH and ultra-processed foods). With this information, from the individual and the environment, 3 articles were developed, one ecological study, one cross-sectional study and one validity study. The aim of the ecologic study was to validate the food environment of PAS territory and to execute its characterization (Article 1). In the cross-sectional study, the aim was to verify the relation between the consumer's food environment and the overweight of PAS users (Article 2); and, ultimately, validate the self-report weight obtained by telephonic interview (Article 3). Results: The audit in the FV stores showed an agreement with the secondary databases in 45,7%. The bulk grocery stores, considered healthy food stores, were the most common stores (61,3%), however, the majority (60.7%) also sells ultra-processed foods. The prevalence of overweight between the users of baseline were high (62,6%), which was associated with variety of available vegetables in the food environment around the PAS. As to the body weight validation, obtained by telephonic interview, showed that men presents adequate reporting, while in women the error on weight estimation was associated with age and nutritional status, being necessary its correction. Conclusion: This work showed the need to validate secondary databases from food environment to obtain more reliable results in research. Thus, it was possible to verify that access to healthy foods in territory of PAS, like vegetables, was associated to overweight for users. The validation of databases obtained by telephone will allow the longitudinal analysis of this result, making its confirmation possible in future. Investing in interventions that favor the supply of vegetables may be a good way to prevent and control overweight.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Academias de Ginástica , Sobrepeso , Comportamento Alimentar , Inquéritos e Questionários , Dissertação Acadêmica , Obesidade
2.
Belo Horizonte; s.n; 2019. 166 p. ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1005823

RESUMO

A mudança no perfil de adoecimento da população nas últimas décadas, principalmente devido ao processo de urbanização e envelhecimento populacional, acarretou expressivo aumento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) no Brasil e no mundo. Caracterizadas, sobretudo, por sua cronicidade, as DCNT são de grande magnitude e estão associadas a altas taxas de óbitos e morbidades. Com a demanda crescente, as políticas públicas de saúde no Brasil se voltaram para as ações de promoção da saúde que buscam melhorar e garantir a qualidade de vida da população, reduzindo fatores de risco relacionados aos condicionantes e determinantes sociais das DCNT. Para a construção de modos de vida saudáveis, foram incluídas nas políticas de promoção da saúde, dentre as diversas ações, práticas corporais e atividades físicas, implantadas por meio do Programa Academia da Saúde (PAS) nos municípios brasileiros. Para avaliar a implantação do Programa, foram definidos eixos de estudo, nos quais foi incluída a avaliação referente à implicação dos atores no processo. O presente estudo investigou como as formas de pensar e agir dos usuários e profissionais se relacionam com suas implicações nas propostas do Programa. Por meio de metodologias centradas nos sujeitos, foram analisadas as representações de profissionais e usuários do PAS sobre saúde e doença, promoção de saúde, cuidar em saúde, atividade física e sobre o próprio programa, com foco na implicação desses atores na promoção da saúde. Trata-se de um estudo qualitativo fundamentado na teoria das Representações Sociais, entendendo-as como os modos de pensar das pessoas que se explicitam também em suas ações. Foram realizadas entrevistas em profundidade com coordenadores, profissionais da assistência ­ todos profissionais de educação física (PEF) - e usuários do PAS de Belo Horizonte. As entrevistas, após transcrição, foram interpretadas utilizando-se o método de Análise Estrutural de Narração, considerando que tudo tem sentido na fala do participante, por se constituir de reflexão sobre fatos, histórias, com seus pontos de vistas e explicações de mundo. Os dados resultaram em três categorias: (1) Representações sobre saúde e doença de profissionais das Academias da Saúde: implicações nas ações de promoção da saúde; (2) O Programa Academia da Saúde e a Atividade Física, pela ótica dos gestores e profissionais da assistência: política pública de proteção à saúde da população; (3) Representações de usuários do programa Academia da Saúde de Belo Horizonte sobre atividade física e sobre o programa. A análise das narrativas evidenciou a existência de pontos de vista concordantes e discordantes nas representações dos PEF e dos usuários do PAS. No caso dos profissionais, há representações centrais que definem a saúde como o oposto à doença, e, de forma periférica, que saúde é mais do que ausência de doença. O modelo biomédico é muito presente, mas convive com pontos de vista que ampliam os horizontes da prática em saúde, voltados para a construção da promoção da saúde como um bem e um direito. Para manterem paralelas as representações, utilizam-se do discurso oficial que criou o Programa, ancorado na Saúde Coletiva, e do discurso da ciência e senso comum, ancorados na biologia e tratamentos. Os usuários, por sua vez, reproduzem esse discurso e tentam seguir as normativas do serviço em meio às contradições e dilemas que cercam as possibilidades de escolher entre ser saudável e ser feliz. Os profissionais de educação física e usuários consideram que o PAS oportuniza o acesso à atividade física gratuita e de qualidade, melhorando diversos parâmetros biológicos em uma dimensão utilitarista de saúde. Os PEF ampliam este significado do Programa à possibilidade de tratamento e prevenção de doenças e promoção da saúde. Conclui-se que a implicação do profissional nas ações do PAS é paradoxal, exigindo melhorias permanentes na formação profissional para que haja continuidade na mudança de paradigma na atenção à saúde. Os modos de pensar e agir dos usuários em relação ao cuidado com a saúde são moldados pelas normativas dos serviços de saúde. Entretanto, estas pessoas encontram formas e justificativas para flexibilizar suas condutas e viver suas vidas, com avanços na compreensão que implica promoção de saúde. Neste contexto, o Programa se configura, de forma mais abrangente, como uma política pública necessária e inclusiva.(AU)


The change in the population's illness profile in the last decades, mainly due to the process of urbanization and population aging, led to a significant increase in chronic noncommunicable diseases (CNCD) worldwide. Mainly characterized by its chronicity, CNCDs are of great magnitude and are associated with high rates of deaths and morbidities. With increasing demand, public health policies in Brazil have turned to health promotion actions that seek to improve and guarantee the quality of life of the population, reducing risk factors related to social conditions and determinants of CNCD. For the construction of healthy lifestyles, corporal practices and physical activities, were included in the health promotion activities through the Health Academy Program (HAP) in Brazilian counties. In order to evaluate the implementation of the Program, axes were defined, in which the evaluation regarding the implication of the actors in the process was included. The present study investigated how the ways of thinking and acting of users and professionals relate to their implications Program's proposal. Through subject-centered methodologies, we analyzed the representations of professionals and users of HAP on health and disease, health promotion, health care, physical activity and on the program itself, focusing on the implication of these actors in health promotion. It is a qualitative study based on the theory of Social Representations, understanding them as the ways of thinking of the people that are also explicit in their actions. In-depth interviews were conducted with coordinators, care professionals - all physical education professionals (PEP) - and users of the Belo Horizonte HAP. The interviews, after transcription, were interpreted using the Structural Analysis of Narration method, considering that everything has meaning in the participant's speech, because it consists of reflection on facts, stories, with their points of view and explanations of the world. The data resulted in three categories: (1) Representations on health and illness of professionals of the Health Academies: implications in the actions of health promotion; (2) The Health and Physical Activity Program, from the perspective of health care managers and professionals: public health policy for the population; (3) Representations of users of the Belo Horizonte Health Academy Program on physical activity and the program. The analysis of the narratives showed the existence of concordant and discordant points of view in the representations of the PEP and the users of the HAP. Regarding the professionals, there are central representations that define health as the opposite of disease, and, peripherally, that health is more than absence of disease. The biomedical model is very present, but it coexists with points of view that broaden the horizons of health practice, aimed at the construction of health promotion as a good and a right. To keep the representations parallel, we use the official discourse that created the Program, anchored in Collective Health, and the discourse of science and common sense, anchored in biology and treatments. Users, in turn, reproduce this discourse and try to follow the rules of service amid the contradictions and dilemmas surrounding the possibilities of choosing between being healthy and being happy. Physical education professionals and users consider that HAP provides access to free and quality physical activity, improving several biological parameters in a utilitarian dimension of health. PEPs extend this meaning of the Program to the possibility of treatment and prevention of diseases and health promotion. It is concluded that the professional's involvement in HAP actions is paradoxical, requiring permanent improvements in professional training so that there is continuity in the paradigm shift in health care. The ways of thinking and acting of the users in relation to health care are shaped by the norms of the health services. However, these people find ways and justifications to bend their behaviors and live their lives, with advances in the understanding that implies health promotion. In this context, the Program is more broadly defined as a necessary and inclusive public policy.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adolescente , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Academias de Ginástica , Promoção da Saúde , Política Pública , Fatores Socioeconômicos , Exercício Físico , Avaliação de Programas e Projetos de Saúde , Processo Saúde-Doença , Doença Crônica/prevenção & controle , Inquéritos e Questionários , Dissertação Acadêmica , Pesquisa Qualitativa
3.
Rev. enferm. UFPE on line ; 12(1): 160-170, jan. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-946734

RESUMO

Objetivo: caracterizar o perfil de praticantes de musculação quanto ao uso de recursos ergogênicos e relacioná-lo à autopercepção corporal. Método: estudo quantitativo, transversal, realizado em academias de musculação de duas cidades de Minas Gerais com entrevistas estruturadas utilizando um questionário e o conjunto de silhuetas. A análise foi pelo Statistical Package for Social Sciences (SPSS15.0), General Linear Model de medidas repetidas e a correlação de Pearson. Resultados: a prática de musculação, em ambos os sexos, foi pela melhora da saúde. A maioria afirmou que realiza as atividades físicas e consome suplementos sem orientação médica ou nutricional. O mais utilizado é o de proteínas, sendo que os homens consomem mais em relação às mulheres. Conclusão: não houve evidências de alterações de autoimagem relacionadas ao uso de suplementos, apesar da falta de orientação.(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Autoimagem , Imagem Corporal , Suplementos Nutricionais , Treinamento de Resistência , Anabolizantes , Estudos Transversais , Academias de Ginástica , Promoção da Saúde
4.
Belo Horizonte; s.n; 2016. 149 p. map, ilus, tab.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-870145

RESUMO

A elevada morbimortalidade devido às doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), configura-se como situação complexa e multicausal, no Brasil e no mundo, abordada frequentemente em pesquisas que as relacionam a fatores objetivos e mensuráveis, e que fundamentam políticas públicas para a sua prevenção e controle. O programa Academia de Saúde foi instituído pelo governo federal em 2011 como estratégia de promoção de saúde que inclui atividades físicas e educação em saúde em estruturas específicas nos municípios brasileiros. Espera-se que a participação da população no programa resulte em melhoria dos indicadores relacionados às DCNT, o que exige pesquisas que considerem aspectos da subjetividade relativos à adesão e mudanças de comportamento, explicitadas nas representações sociais sobre a saúde e a doença. Interroga-se se há reconstruções de posturas sobre saúde e cuidado após inserção no Programa. O objetivo do estudo foi compreender representações sobre saúde e doença de usuários das academias da saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais. Trata-se de pesquisa qualitativa, fundamentada na Teoria das Representações Sociais, na perspectiva de Alain Giami, realizada com entrevistas abertas com 32 usuários, 11 homens e 21 mulheres. Os dados foram interpretados com base na Análise Estrutural da Narração e desvelaram duas categorias: Saúde e doença: a relação entre a norma social e as possibilidades dos sujeitos; O cuidado nos modos de viver: a influência do gênero e idade. As representações estão ancoradas nas vivências dos entrevistados, suas histórias de vida e interações sociais. Representações de saúde que enfatizam o modelo biológico, reducionistas e centradas em normas e condutas prescritivas, predominam, porém foram encontradas representações que relacionam saúde ao direito e ao acesso a condições básicas de vida, a posturas de prevenção e cuidado, à alegria de viver e ao lazer, mesmo que essas sejam ainda tênue se comparadas às primeiras...


The high morbidity and mortality due to chronic non-communicable diseases (NCD), appears as a complex situation and multicausal, in Brazil and in the world, often addressed in research that relate to objectives and measurable factors, and underlying public policies for its prevention and control. The Health Academy program was instituted by the federal Government in 2011 as a health promotion strategy that includes physical activity and health education in specific structures in the Brazilian municipalities. It is expected that participation in the program will result in improvement of the indicators related to NCD, which requires research to consider aspects of subjectivity concerning the accession and changes in behaviour, synthesized in social representations about health and disease. Wonders if there are reconstructions of postures on health and care after insertion into the program. The objective of this study was to understand representations about health and disease of users of the academies of health of Belo Horizonte, Minas Gerais. This is qualitative research, grounded in the theory of social representations, in the perspective of Alain Giami, performed with interviews with 32 users, 11 men and 21 women. The data were interpreted based on the structural analysis of narration and unfolded two categories: health and disease: the relationship between the social norm and the possibilities of the subject; Care in ways of living: the influence of gender and age. The representations are anchored in the experiences of respondents, their life stories and social interactions. Representations of health that emphasize the biological reductionist model and focusing on prescriptive rules and conduct, predominate, but representations were found relating to health law and access to basic living conditions, the postures of prevention and care, to the joy of...


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Academias de Ginástica , Percepção , Prevenção de Doenças , Promoção da Saúde , Programas Nacionais de Saúde
5.
Belo Horizonte; s.n; 2015. 188 p. tab, mapas, ilus, graf.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-756726

RESUMO

Dois estudos, um transversal e outro ecológico, foram realizados no Programa Academia da Saúde (PAS) de Belo Horizonte, Minas Gerais. O PAS é um ponto de atenção do Sistema Único de Saúde que visa promover a saúde mediante ações, como a prática regular de exercícios físicos e alimentação saudável. No estudo transversal, buscou-se identificar o perfil nutricional e de saúde dos ingressantes no PAS, durante um triênio, em um polo de referência. Coletaram-se dados sociodemográficos, de saúde, hábitos e consumo alimentar, e antropometria. No estudo ecológico avaliaram-se os estabelecimentos comerciais contidos em buffers a partir de 18 polos selecionados por amostra de conglomerado simples, estratificada pelas nove regiões administrativas do município. Dados dos estabelecimentos comerciais foram disponibilizados pela Prefeitura Municipal, sendo coletadas por observação direta as variáveis como tipo e localização dos estabelecimentos, disponibilidade, variedade e propaganda de frutas e hortaliças (FH) e alimentos ultraprocessados, que geraram um índice de qualidade do acesso a alimentos em estabelecimentos comerciais (IAA). Para verificar a influência de fatores sociodemográficos (escolaridade e renda per capita) e do tipo de estabelecimento comercial sobre o IAA, selecionaram-se os usuários residentes em até 1.000m dos estabelecimentos comerciais. No estudo transversal, observou-se que os usuários apresentavam baixa escolaridade e renda, elevadas prevalências de inadequações alimentares, como baixo consumo de FH (75,3%), além de agravos, como hipertensão arterial e excesso de peso. Tais achados remetem à necessidade de avaliar o ambiente alimentar do território do PAS. Dessa forma, procedeu-se à condução do estudo ecológico com 1.211 estabelecimentos, sendo excluídos 385 por não comercializarem FH e 72 por estarem duplicados. Foram, então, visitados 754 estabelecimentos, sendo que 46,3% (n = 349) não existiam e 23%...


Two studies, one cross-sectional and other ecological, were carried out in the Health Academy Program (HAP) of Belo Horizonte, Minas Gerais. HAP is a focus point of the Brazilian Unified Health System to promote health through actions such as regular physical exercise and healthy eating. In the cross-sectional study, we aimed to identify the nutritional status and health conditions of individuals entering in the HAP, over a three year period, in a reference site of the Program. Were registered sociodemographic data, health conditions, food intake and anthropometry. On the other hand, the ecological study evaluated stores selling groceries confined in buffers from 18 sites of the Program selected by simple conglomerate sampling strategy, stratified according to the nine administrative regions of the city. Data from the stores were obtained with the city administration. In each store were registered, by direct observation, variables as the type and location of establishments, availability, variety and advertising of fruit and vegetables (FV) and ultraprocessed foods, allowing estimating a quality index of access to food in the shops (IAFE). To verify the association between sociodemographic variables (education and income) and the type of commercial establishment, with the IAFE, HAP users residing in a radius of a 1,000m these establishments were selected. In the cross-sectional study, we found that HAP users had lower education and income, high prevalence of dietary inadequacies, such as low intake of FV (75.3%), and diseases such as hypertension and overweight. These findings indicate the need for assessing the food environment in the area of HAP. Thus, we proceeded to conduct the environmental study. From the 1,211 establishments initially identified, 385 were excluded for not commercializing FV and 72 for being duplicates in the City Hall list. A total of 754 stores were then visited. From this,46.3% (n = 349) were inexistent or inoperable and 23%...


Assuntos
Humanos , Exercício Físico , Comportamento Alimentar , Promoção da Saúde , Academias de Ginástica , Análise Espacial , Brasil , Fatores Socioeconômicos
6.
Belo Horizonte; s.n; 2015. 196 p. ilus, graf, tab, mapas.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-831464

RESUMO

Introdução: A avaliação adequada do consumo de frutas e hortaliças (FH) adquire relevância pela sua contribuição para a proteção à saúde. Entretanto, é um desafio devido à aleatoriedade do consumo alimentar e dos múltiplos fatores que interferem em sua acurácia. OBJETIVO: Avaliar a validade relativa de métodos de investigação do consumo de frutas e hortaliças em usuários do Programa Academia da Saúde de Belo Horizonte, Minas Gerais. MÉTODOS: Estudo transversal, com usuários adultos e idosos (> 20 anos) de amostra representativa dos polos do Programa Academia da Saúde de Belo Horizonte/MG. Foram coletados dados socioeconômicos, antropométricos e de consumo de FH a partir de questionário estruturado e testado. Comparou-se as medianas do consumo em gramas de FH (exceto tubérculos), tercis e adequação de consumo desses alimentos segundo métodos teste: Questionário Breve de Avaliação do consumo de frutas e hortaliças (QBreve-FH) e Questionário de Frequência Alimentar (QFA-FH), e método referência: Recordatório Alimentar de 24 horas (R24h) associado a kit de medidas caseiras. Foram calculados coeficiente de correlação de Spearman e Kappa ponderado, e efetuado teste de Wilcoxon segundo idade, sexo, grau de escolaridade e Índice de Massa Corporal. RESULTADOS: A amostra foi de 299 indivíduos, sendo 86,6% do sexo feminino com mediana de 57 (intervalo interquartílico de 48 a 65) anos de idade. Observou-se que a correlação entre os métodos teste e referência foram fracas ou moderadas. Melhores correlações foram observadas para avaliação do consumo de frutas segundo QBreve-FH (r=0,437), principalmente entre os indivíduos com maior escolaridade (r=0,521) e excesso de peso (r=0,551). Não foram observadas diferenças estatísticas entre o consumo em gramas de frutas obtidas pelo QBreve-FH e o R24h. Essa comparação também resultou em maiores percentuais de classificação em ...


The assessment of the consumption of fruits and vegetables (FH) becomes relevant for their contribution for health protection. However, this assignment is challenging because of the randomness of food consumption and the multiple factors that interfere in its accuracy. OBJECTIVE: To evaluate the relative validity of the methods of consumption of fruits and vegetables in users of the Health Academy Program in Belo Horizonte, Minas Gerais. METHODS: Cross-sectional study with users 20 years old or more of representative sample of the poles of the Health Academy Program in Belo Horizonte / MG. Socioeconomic, anthropometric and FH consumption data were collected from structured and tested questionnaire. The median of consumption was compared in grams of FH (except tubers) tertiles and suitability of these foods second test methods: Brief Assessment of consumption of fruits and vegetables (QBreve-FH) and Food Frequency Questionnaire (QFA- FH), and reference method: 24 hours Food Recall (24HR) associated with the kit of household measures. The correlation coefficient was calculated to Spearman, Kappa and Wilcoxon tests according to age, sex, education level and body mass index. RESULTS: The sample consisted of 299 individuals, 86.6% were female with a median of 57 (interquartile range of 48 to 65) years old. It was observed that the correlation between the test and reference methods varied between poor and moderate. Best correlations are observed for evaluation of fruit second QBreve-FH (r = 0.427), mainly among individuals with higher education (r = 0.521) and overweight (r = 0.551). There were no statistical differences between the consumption in grams of fruit obtained by QBreve-FH and the 24-hour recall, the same comparison resulted in higher...(AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Pessoa de Meia-Idade , Avaliação Nutricional , Consumo de Alimentos , Frutas , Verduras , Academias de Ginástica/métodos , Estudos Transversais/métodos , Inquéritos Nutricionais
7.
Curitiba; s.n; 20130221. 165 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1037811

RESUMO

O ruído encontra-se cada vez mais relacionado à atividade de lazer no Brasil, inclusive em academias de ginástica, onde milhares de professores e alunos estão expostos a elevados níveis de pressão sonora durante várias horas por dia, sem qualquer tipo de proteção, sendo necessária a preocupação com a saúde mental e corporal desta população. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar os níveis de ruído em academias de ginástica nas cidades de Curitiba-PR e Irati-PR, através das medições dos níveis de pressão sonora - nível sonoro equivalente (Leq), níveis mínimos (Lmin) e máximos (Lmax), simulações dos parâmetros acústicos (tempo de reverberação - TR e índice de transmissão da fala – STI) e identificação dos efeitos causados pelo ruído nos professores e alunos. Para a coleta de dados, foi utilizado um medidor sonoro classe I da marca Brüel & Kjær, modelo 2238, as simulações computacionais foram realizadas com o software Odeon Combined versão 9.2 e para a identificação dos efeitos, foram aplicados questionários nos alunos e professores. Na análise estatística foi utilizado o software R versão 2.11.1,considerado o nível de significância igual a 5% (p ≤ 0,05). Os resultados mostraram que os níveis de pressão sonora (Leq) variaram entre 80,1 e 100,1 dB(A), atingindo o valor máximo (Lmax) 117,2 dB(A), ultrapassando os valores limites estabelecidos pela legislação...


Assuntos
Humanos , Academias de Ginástica , Nível de Percepção Sonora , Ruído
8.
Rev. enferm. UFPE on line ; 5(9): 2099-2104, nov. 2011.
Artigo em Português | BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1033376

RESUMO

Objetivo: investigar a influência da academia no comportamento sexual dos adolescentes. Método: trata-se de umapesquisa descritiva com abordagem qualitativa, cuja amostra foi de dez adolescentes do sexo masculino. A coleta ocorreunos meses de dezembro de 2009, janeiro e fevereiro de 2010, totalizando 13 visitas. Como instrumento de coleta de dadosutilizou-se questionário aberto e semi-estruturado, assim como a observação e o diário de campo. O projeto de pesquisafoi encaminhado ao Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará (COMEPE) e aprovado sob o número doprotocolo 311/09. Resultados: percebeu-se que os adolescentes têm na prática de musculação uma forma de despertar ointeresse do sexo oposto e ter um melhor desempenho no ato sexual. Sendo na academia um espaço para adquiriremsaúde e uma boa socialização. Conclusão: pela academia, os jovens podem atingir a forma física desejada e além decausar interesse no sexo oposto, sendo essencial implementar medidas que possam minimizar os riscos de contrair uma ISTaos adolescentes.


Assuntos
Masculino , Humanos , Adolescente , Sexualidade , Treinamento de Resistência , Academias de Ginástica , Epidemiologia , Exercício Físico , Pesquisa Qualitativa
9.
Rev. latinoam. enferm ; 13(2): 243-248, mar.-abr. 2005.
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-403288

RESUMO

O estudo teve por objetivo investigar os benefícios da dança do ventre para a saúde de mulheres que freqüentam uma academia de dança do interior do Estado de São Paulo. Trata-se de um estudo qualitativo. Os referenciais foram a experiência dos pesquisadores e outras literaturas da área de dança. A amostra foi constituída por 12 mulheres com faixa etária de 16 a 40 anos, que praticavam dança do ventre há mais de três meses, às quais foi aplicado um questionário com perguntas abertas. A análise foi feita por meio dos conteúdos das respostas, o que possibilitou a conclusão de que a dança do ventre é um método que traz benefícios para a educação integral e leva à valorização da vida, melhorando a saúde e a qualidade de vida dessas mulheres


Assuntos
Humanos , Feminino , Adolescente , Adulto , Academias de Ginástica , Saúde da Mulher , Terapia através da Dança
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA