Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. Esc. Enferm. USP ; 53: e03470, Jan.-Dez. 2019. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1020385

RESUMO

RESUMO Objetivo Avaliar a frequência e as razões da omissão do cuidado de enfermagem e verificar se as razões de omissão diferem entre categorias profissionais. Método Estudo quantitativo e transversal realizado nas unidades de internação adulto de hospital público de uma instituição de ensino. A coleta de dados foi realizada no período de fevereiro a abril de 2017, por meio de uma ficha de caracterização pessoal e profissional e pelo instrumento MISSCARE-BRASIL. Resultados Participaram do estudo 58 profissionais de enfermagem responsáveis pela assistência direta ao paciente, dos quais 74,1% relataram pelo menos uma atividade de enfermagem omitida no turno de trabalho. As principais razões atribuídas à omissão do cuidado foram o dimensionamento inadequado dos profissionais, as situações de urgência com os pacientes durante o turno de trabalho e a não disponibilidade de medicamentos, materiais ou equipamentos quando necessário. Conclusão A maioria dos cuidados foi "sempre" ou "frequentemente" realizada, e as razões atribuídas para a omissão do cuidado estão relacionadas aos recursos laborais, materiais e estilo de gestão. Os enfermeiros diferem dos técnicos quanto às razões para a não realização dos cuidados.


RESUMEN Objetivo Evaluar la frecuencia y las razones de la omisión del cuidado de enfermería y verificar si las razones de omisión difieren entre categorías profesionales. Método Estudio cuantitativo y transversal llevado a cabo en las unidades de hospitalización de adultos de un hospital público de un centro de enseñanza. La recolección de datos fue realizada en el período de febrero a abril de 2017, mediante una ficha de caracterización personal y profesional y por el instrumento MISSCARE-BRASIL. Resultados Participaron en el estudio 58 profesionales de enfermería responsables de la asistencia directa al paciente, de los que el 74,1% relataron por lo menos una actividad de enfermería omitida en el turno de trabajo. Las principales razones atribuidas a la omisión del cuidado fueron el dimensionamiento inadecuado de los profesionales, las situaciones de urgencias con los pacientes durante el turno de trabajo y la no disponibilidad de fármacos, materiales o equipos cuando necesario. Conclusión La mayoría de los cuidados fue "siempre" o "a menudo" realizada, y las razones atribuidas para la omisión del cuidado están relacionadas con los recursos laborales, materiales y estilo de gestión. Los enfermeros difieren de los técnicos en cuanto a las razones para la no realización de los cuidados.


ABSTRACT Objective To evaluate the frequency and reasons for missed nursing care and to verify whether the reasons for omission differ between professional categories. Method A quantitative and cross-sectional study carried out in the adult hospitalization units of a public hospital of a teaching institution. Data collection was performed from February to April 2017, through a personal and professional characterization form and the MISSCARE-BRASIL instrument. Results Fifty-eight (58) nursing professionals responsible for direct patient care participated in the study, of which 74.1% reported at least one missed nursing care activity during the work shift. The main reasons attributed to missed care situations were an inadequate amount of professionals, urgent situations with the patients during the work shift, and the non-availability of medicine, materials or equipment when necessary. Conclusion Most care was "always" or "often" performed, and the reasons given for missed care are related to work resources, materials, and management style. Nurses differ from the technicians as to the reasons for not performing care.


Assuntos
Humanos , Avaliação de Resultados da Assistência ao Paciente , Cuidados de Enfermagem , Avaliação em Saúde , Estudos Transversais , Segurança do Paciente
2.
Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) ; 7(3): 2930-2938, jul.-set. 2015. tab
Artigo em Inglês, Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-762256

RESUMO

Objectives: To evaluate the prenatal consultation conducted by nurses from the viewpoint of the women and the knowledge of pregnant women about the importance of prenatal consultation. Method: Exploratory, descriptive qualitative approach, developed with 20 pregnant women attended at a Family Health Unit in the Municipality of Tabira-EP, in November 2010. Data were collected from a semistructured questionnaire and analyzed by analysis of Bardin. Results: Presented on the context, it was observed that the women interviewed know some of the reasons that make prenatal conduct important to be performed during pregnancy. It was also observed that the guidelines given by the nurse during the consultation are incipient, before the various issues that should be addressed during the prenatal period. Conclusion: The guaranteed attendance on the weaknesses that limit the development of attention to quality.


Objetivos: Avaliar a consulta de pré-natal realizada pelo enfermeiro na ótica das gestantes e avaliar o conhecimento das gestantes sobre a importância da consulta de pré-natal. Método: Pesquisa exploratória, descritiva com abordagem qualitativa, desenvolvida com 20 gestantes, atendidas em uma Unidade de Saúde da Família no município de Tabira-PE, em novembro de 2010. Os dados foram coletados a partir de um questionário semi-estruturado e avaliados pela análise de conteúdo de Bardin. Resultados: Diante do contexto apresentado, foi possível observar que as gestantes entrevistadas conhecem alguns dos motivos que fazem do pré-natal uma conduta importante a ser realizada durante a gestação. Observou-se ainda que as orientações dadas pela enfermeira durante a consulta são incipientes, diante dos diversos assuntos que devem ser abordados durante o pré-natal. Conclusão: A assistência garantida diante das fragilidades que limitam o desenvolvimento de uma atenção com qualidade.


Objetivos: Evaluar la consulta prenatal realizado por enfermeras desde la perspectiva de las mujeres y el conocimiento de las mujeres embarazadas sobre la importancia de la consulta prenatal. Método: El enfoque cualitativo, exploratorio, descriptivo, desarrollado con 20 mujeres embarazadas atendidas en una Unidad de Salud de la Familia en el municipio de Tabira-EP, en noviembre de 2010. Los datos se obtuvieron de un cuestionario semi-estructurado y analizados por análisis de Bardin. Resultados: En el contexto, se observó que las mujeres entrevistadas conocer algunas de las razones que hacen que la conducta prenatal importante a realizar durante el embarazo. También se observó que las directrices dadas por la enfermera en la consulta son incipientes, ante las diversas cuestiones que se deben abordaren el período prenatal. Conclusión: La presencia garantizada en las debilidades que limitan el desarrollo de la atención a la calidad.


Assuntos
Humanos , Feminino , Gravidez , Avaliação de Resultados da Assistência ao Paciente , Conhecimentos, Atitudes e Prática em Saúde , Cuidado Pré-Natal , Educação em Saúde , Avaliação de Processos e Resultados em Cuidados de Saúde
3.
Rev. latinoam. enferm. (Online) ; 23(3): 450-457, May-June 2015. tab, ilus
Artigo em Inglês | BDENF - Enfermagem, LILACS | ID: lil-755953

RESUMO

OBJECTIVE:

to develop indicators for the nursing outcome Swallowing Status and the respective conceptual and operational definitions validated by experts and in a clinical setting among patients after having experienced a stroke.

METHOD:

methodological study with concept analysis and content and clinical validations. The Content Validation Index was verified for the scores assigned by 11 experts to indicators. Two pairs of nurses assessed 81 patients during the clinical validation: one pair used an instrument with definitions and the other used an instrument without definitions. The resulting assessments were compared using Intraclass Correlation Coefficient, Friedman's test, and Minimal Important Difference calculation.

RESULTS:

All the indicators, with the exception of the indicator Ability to bring food to mouth, presented Content Validation Index above 0.80. The pair using the instrument with definitions presented an Intraclass Correlation Coefficient above 0.80 for all the indicators and similarity was found in all the assessments, according to the Minimal Important Difference calculation. The pair using the instrument without definitions presented a low coefficient (ρ<0.75) for all the indicators.

CONCLUSION:

the results showed that greater uniformity and accuracy was achieved by the pair of nurses using the conceptual and operational definitions for the indicators of the nursing outcome Swallowing Status.

.

OBJETIVO:

construir e validar por especialistas e clinicamente os indicadores para o resultado de enfermagem Estado da deglutição e suas definições conceituais e operacionais em pacientes após acidente vascular cerebral.

MÉTODO:

estudo metodológico, com análise de conceito e validações de conteúdo e clínica. Verificou-se o Índice de Validade de Conteúdo para as notas atribuídas por 11 especialistas aos indicadores revisados. Na validação clínica, examinaram-se 81 pacientes por duas duplas de enfermeiros, uma usando instrumento com as definições construídas e outra com instrumento sem definições. As avaliações foram comparadas pelo Coeficiente de Correlação Intraclasse, teste de Friedman e Diferença Mínima Significante.

RESULTADOS:

exceto o indicador Captura do alimento, todos apresentaram Índice de Validade de Conteúdo superior a 0,80. A dupla de enfermeiros com instrumento contendo as definições construídas apresentou Coeficiente de Correlação Intraclasse superior a 0,80 para todos os indicadores e pelo cálculo da Diferença Mínima Significante houve similaridade entre todas as avaliações. Na dupla que estava sem as definições elaboradas, o coeficiente foi baixo (ρ<0,75) para todos os indicadores.

CONCLUSÃO:

os dados evidenciaram aumento na uniformidade e acurácia entre as avaliações dos enfermeiros ao utilizar as definições conceituais e operacionais para os indicadores do resultado de enfermagem Estado da deglutição.

.

OBJETIVO:

construir y validar por especialistas y clínicamente los indicadores para el resultado de enfermería Estado de la deglución y sus definiciones conceptuales y operacionales en pacientes después de accidente vascular cerebral.

MÉTODO:

estudio metodológico, con análisis de concepto y validaciones de contenido y clínicas. Se verificó el Índice de Validez de Contenido para las notas atribuidas por 11 especialistas a los indicadores revisados. En la validación clínica, fueron examinados 81 pacientes por dos parejas de enfermeros, una usando instrumento con las definiciones construidas y la otra con instrumento sin definiciones. Las evaluaciones fueron comparadas por el Coeficiente de Correlación Intraclase, test de Friedman y Diferencia Mínima Significativa.

RESULTADOS:

exceptuando el indicador Captura del alimento, todos presentaron Índice de Validez de Contenido superior a 0,80. La pareja de enfermeros con instrumento conteniendo las definiciones construidas presentó Coeficiente de Correlación Intraclase superior a 0,80 para todos los indicadores y por el cálculo de la Diferencia Mínima Significativa hubo semejanza entre todas las evaluaciones. En la pareja que estaba sin las definiciones elaboradas, el coeficiente fue bajo (ρ<0,75) para todos los indicadores.

CONCLUSIÓN:

los datos evidenciaron aumento en la uniformidad y precisión entre las evaluaciones de los enfermeros al utilizar las definiciones conceptuales y operacionales para los indicadores del resultado de enfermería Estado de la deglución.

.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Adulto Jovem , Transtornos de Deglutição/enfermagem , Avaliação de Resultados da Assistência ao Paciente , Transtornos de Deglutição/etiologia , Indicadores de Qualidade em Assistência à Saúde , Acidente Vascular Cerebral/complicações
4.
Curitiba; s.n; 20141217. 145 p. ilus.
Tese em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-1037799

RESUMO

A Atenção Perinatal de qualidade, livre de danos e que minimize as chances demorte materna e infantil requer a garantia dos direitos das mulheres previstos naspolíticas públicas de saúde brasileiras. Trata-se de pesquisa avaliativa, transversal,de abordagem quantitativa, realizada nas maternidades de risco habitual do SistemaÚnico de Saúde (SUS) em um município do sul do Brasil. O objetivo foi avaliar aAtenção Perinatal na perspectiva das usuárias, com foco no atendimento de seusdireitos. A amostra foi probabilística, baseada no número de partos realizadosmensalmente em cada maternidade, em 2013. Constituiu-se de 95 participantes quetiveram parto normal sem intercorrências, internadas no Alojamento Conjunto com oseu recém-nascido. A pesquisa foi aprovada por Comitês de Ética da UniversidadeFederal do Paraná e da Secretaria Municipal de Saúde do município. A coleta dedados desenvolveu-se entre maio a julho de 2014, mediante entrevista estruturadaocorrida entre a 24ª e a 48ª hora após o parto, nas instalações das maternidades.Dados foram organizados em planilhas eletrônicas e procedeu-se à análisedescritiva univariada. Resultados foram descritos e apresentados mediante tabelas,quadros e gráficos. Como parâmetros para avaliação dos processos da AtençãoPerinatal foram utilizadas as boas práticas de atenção ao parto e nascimento,recomendadas pela OMS e estabelecidos pela Rede Cegonha. As maternidadesforam avaliadas conjuntamente e os resultados cogitados com o referencial teórico eliteratura nacional e internacional correlata ao tema. Na maioria, as participantes sãomultíparas, sob união consensual, submetidas as seis consultas de pré-natal econtaram com o companheiro durante a gestação. Quanto aos direitos dasmulheres, a maioria foi chamada pelo nome durante o trabalho de parto, parto epuerpério imediato; os profissionais de saúde se identificaram...


Assuntos
Humanos , Assistência Perinatal , Avaliação de Resultados da Assistência ao Paciente , Avaliação em Saúde , Direitos da Mulher , Enfermagem Obstétrica , Políticas Públicas de Saúde
5.
Rev. latinoam. enferm ; 20(6): 1041-1047, Nov.-Dec. 2012. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: lil-659786

RESUMO

OBJECTIVE: to assess the predictive validity of the Manchester Triage System implemented in a municipal hospital in Belo Horizonte, MG, Brazil. METHOD: cohort prospective and analytical study. The sample of 300 patients was stratified by color groups. The outcome measured was the scores, obtained by patients in each classification group in the Therapeutic Intervention Scoring System - 28, 24 hours after admission to the emergency department. RESULTS: A total of 172 (57%) patients were men and the average age of all patients was 57.3 years old. The median score concerning the severity of their conditions was 6.5 points in the yellow group, 11.5 in the orange group, and 22 points in the red group. Statistically significant differences were found among the three groups (p<0.001). CONCLUSION: the data confirm that the conditions of patients within the color groups progressed at different levels of severity.


OBJETIVO: avaliar a validade preditiva do protocolo de classificação de risco de Manchester, implantado em um hospital municipal de Belo Horizonte, Minas Gerais. MÉTODO: trata-se de estudo de coorte prospectivo e analítico A amostra estratificada por cores da classificação foi de 300 pacientes. O desfecho avaliado foi a pontuação pelo Therapeutic Intervention Scoring System - 28, obtida pelos pacientes em cada grupo de classificação, após 24 horas da admissão no serviço de urgência. RESULTADOS: entre os pacientes, 172 eram homens (57%) e a média de idade dos pacientes avaliados foi de 57,3 anos. A mediana de pontuação do índice de gravidade no grupo amarelo foi de 6,5 pontos; no grupo laranja, 11,5 pontos e, no grupo vermelho, 22 pontos, havendo diferença estatística significante entre os três grupos (p<0,001). CONCLUSÃO: os dados reforçam que os pacientes evoluem com níveis de gravidade diferentes entre os grupos de cores de classificação.


OBJETIVO: evaluar la validez predictiva del protocolo de clasificación de riesgo de Manchester implantado en un hospital municipal de Belo Horizonte, Minas Gerais. MÉTODO: estudio de cohorte prospectivo y analítico. La muestra estratificada por colores de la clasificación fue de 300 pacientes. El final evaluado fue la puntuación por el Therapeutic Intervention Scoring System - 28, lograda por los pacientes en cada grupo de clasificación después de 24 horas de la admisión en el servicio de urgencia. RESULTADOS: entre los pacientes, 172 eran hombres (57%); la media de edad de los pacientes evaluados fue de 57,3 años. La mediana de puntuación del índice de gravedad en el grupo amarillo fue 6,5 puntos; en el grupo naranja, 11,5 puntos y, en el grupo rojo, 22 puntos, habiendo diferencia estadística significante entre los tres grupos (p<0,001). CONCLUSIÓN: los datos refuerzan que los pacientes evolucionan con niveles de gravedad diferentes entre los grupos de colores de clasificación.


Assuntos
Feminino , Humanos , Masculino , Pessoa de Meia-Idade , Emergências , Serviço Hospitalar de Emergência , Avaliação de Resultados da Assistência ao Paciente , Triagem/métodos , Triagem/normas , Estudos Prospectivos , Reprodutibilidade dos Testes
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA