Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. enferm. UERJ ; 25: [e19649], jan.-dez. 2017. ilus
Artigo em Português | LILACS, BDENF - Enfermagem | ID: biblio-915683

RESUMO

Objetivo: conhecer a percepção dos enfermeiros de uma unidade de pronto atendimento acerca da classificação de risco. Método: estudo qualitativo, descritivo, realizado com nove enfermeiros de uma unidade de pronto atendimento de Florianópolis, por meio de entrevista semiestruturada, no período de abril a junho de 2014. Para a organização e análise dos dados, utilizou-se a técnica do Discurso do Sujeito Coletivo. Projeto aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa, protocolo nº 17041613.8.0000.0121. Resultados: emergiram dois discursos com as ideias centrais: a classificação de risco além de priorizar o atendimento aos pacientes mais graves dá mais segurança ao profissional; e, cada enfermeiro avalia, classifica e registra de um jeito. Conclusão: apesar de os enfermeiros considerarem a importância da classificação de risco na unidade de pronto atendimento, encontram dificuldades quanto à unicidade de conduta na sua implementação e registro, sinalizando a necessidade de ações de educação permanente para uma melhor organização no atendimento.


Objective: to examine nurses' perceptions of risk classification in an emergency unit. Method: in this qualitative, descriptive study, nine nurses at an emergency unit in Florianópolis underwent semi-structured interviews between April and June 2014. Collective Subject Discourse was used as an organizational and data analysis technique. The project was approved by the Research Ethics Committee (Protocol No. 17041613.8.0000.0121). Results: two discourses emerged with the core ideas: risk assessment, in addition to prioritizing critical patient care, gives health personnel more security; and each nurse assesses, classifies and records in a particular way. Conclusion: although nurses consider risk classification important in the emergency unit, they find difficulty as regards standard conduct in implementing it and in recording, which signals a need for continuous education actions to improve care organization.


Objetivo: conocer el punto de vista de los enfermeros de una unidad de urgencias acerca de la clasificación de riesgo. Método: es un estudio cualitativo, descriptivo, realizado junto a nueve enfermeros de una Unidad de Urgencias de Florianópolis, por medio de una entrevista semiestructurada, entre abril y junio del 2014. Se utilizó, como técnica de organización y análisis de datos, el Discurso del Sujeto Colectivo. Proyecto aprobado por el Comité de Ética en Investigación, Protocolo nº 17041613.8.0000.0121. Resultados: surgieron dos discursos cuyas ideas centrales son: la clasificación del riesgo, además de priorizar la atención de los pacientes más graves, le ofrece más seguridad al profesional; y cada enfermero evalúa, clasifica y registra de una manera diferente. Conclusión: aunque los enfermeros hayan considerado la importancia de la clasificación de riesgo en la unidad de urgencias, ellos encuentran dificultades en cuanto a la unicidad de conducta en su implementación y registro, señalando la necesidad de acciones de educación permanente para una mejor organización respecto a la atención al paciente.


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Triagem , Enfermagem , Enfermagem em Emergência , Classificação e Identificação por Risco de Substâncias, Produtos e Materiais , Pesquisa Metodológica em Enfermagem , Protocolos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA