Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 1 de 1
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
  • Base de dados

Intervalo de ano de publicação
1.
Int. j. high dilution res ; 13(46): 13-27, 2014. tab
Artigo em Inglês | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-10937

RESUMO

Background: The use of homeopathic medicines has increased, partly because conventional drugs do not always elicit the desired effects, and partly because their side effects might compromise the patient’s’ adherence to treatment. Several studies showed benefits in the use of highly diluted medicines for the treatment of infectious diseases. Aim: The aim of the present review was to perform a critical discussion about aspects of homeopathy and the current status of veterinary experimentation, as well as of the use of highly diluted drugs in infectious and parasitic diseases. The main aspects of effects, therapeutic regimens and / or dynamizations used in various models are discussed. Methods: Articles published since 2000 in journals included in databases PubMed and SciELO and specialized journals sought for and reviewed using keywords “parasitic diseases/homeopathy” and “parasitic diseases/ ultra-dilutions”. Results: Several recent experimental studies demonstrated the biological effect of highly diluted medications on parasitic infections, with reduction of the number of parasites and improvement of the clinical condition of the affected animals. Several articles exhibit problems in the description of methods, which threaten the reproducibility of experiments. Conclusion: The acknowledgment of homeopathy depends on the credibility of investigators. Although research on homeopathy has clearly increased in recent years, relative to both implementation of more consistent methods and description of data and methods, improvement is still required. Precise and detailed descriptions will contribute to advance the use of homeopathy, so that society at large might benefit in actual practice. (AU)


Introdução: O uso de homeopáticos tem crescido devido o fato de que medicamentos convencionais algumas vezes não produzem o efeito esperado e também devido os seus efeitos indesejados que comprometem a adesão ao tratamento. Alguns trabalhos mostram os benefícios da utilização de medicamentos ultradiluídos no tratamento de doenças infecciosas. Objetivo: Esta revisão é uma discussão crítica sobre os aspectos da homeopatia, o estado atual da experimentação veterinária e o uso de medicamentos ultradiluídos nas infecções e doenças parasitárias. Os principais aspectos dos efeitos, esquemas de tratamento e/ou dinamizações utilizadas nos diferentes modelos são discutidos. Metodologia: Uma revisão de artigos publicados desde 2000 em revistas indexadas nos bancos de dados PubMed e Scielo e revistas especializadas foi utilizada para pesquisa das palavras-chave: parasitoses/ homeopatia e parasitoses/ ultradiluídos. Resultados: Experimentos recentes demonstraram o efeito biológico dos medicamentos ultradiluídos nas infecções parasitárias, com redução no número de parasitos e melhora da condição clínica nos animais tratados. Alguns artigos apresentaram problemas na descrição da metodologia o que pode comprometer a reprodutibilidade dos experimentos. Conclusão: O conhecimento da homeopatia depende da credibilidade dos grupos de pesquisa. Embora nos últimos anos a pesquisa em homeopatia tenha apresentado um claro desenvolvimento, tanto na implantação de metodologias mais consistentes quanto na descrição dos dados e métodos publicados, muito ainda deve ser melhorado neste campo. Descrições precisas e detalhadas poderiam contribuir para o avanço do uso da homeopatia, o que poderia beneficiar a comunidade em geral , na prática, a partir destes resultados. (AU)


Assuntos
Doenças Parasitárias/terapia , Homeopatia , Artrópodes , Helmintíase , Infecções por Protozoários
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA