Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 39
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
  • Base de dados

Intervalo de ano de publicação
1.
Homeopatia Méx ; 86(711): 24-29, nov.- dic. 2017.
Artigo em Espanhol | LILACS, HomeoIndex - Homeopatia | ID: biblio-988416

RESUMO

La Homeopatía se fundamenta en la ley de semejanza, la cual nos dice que el empleo de medicamentos que producen síntomas similares a los de las enfermedades estimula la reacción del organismo para aliviar sus propias dolencias. El tratamiento homeopático puede emplear toda clase de sustancias (naturales o sintéticas, en dosis ponderales o infinitesimales) siempre que se respete dicho principio. Con base en lo anterior, desde 2003 hemos propuesto el uso de fármacos modernos según el principio homeopático de curación tanto a través de investigaciones y publicaciones en revistas científicas, como de la elaboración de una Materia Médica Homeopática de Fármacos Modernos, que incluye los efectos primarios de 1,250 fármacos alopáticos, y un Repertorio Homeopático de Fármacos Modernos. Estos esfuerzos forman parte del proyecto Nuevos Medicamentos Homeopáticos: Uso de Fármacos Modernos según el Principio de Semejanza, que puede consultarse de manera gratuita, en portugués e inglés, en el sitio web www.nuevosmedicamentoshomeopaticos.com. Ahora, la validez clínica y científica de esta propuesta ha comenzado con la realización de un ensayo clínico para evaluar la eficacia y la seguridad del estrógeno dinamizado en el tratamiento homeopático del dolor pélvico asociado a la endometriosis. El resultado ha sido positivo, pero se requiere que médicos, farmacéuticos e investigadores se sumen a esta iniciativa para robustecerla e impulsar su crecimiento.(AU)


Homeopathy is based on the law of similarity, which tells us that the use of drugs that produce symptoms similar to those of diseases stimulates the body's reaction to relieve their own ailments. Homeopathic treatment can use all kinds of substances (natural or synthetic, in weight or infinitesimal doses) provided that this principle is respected. Based on the above, since 2003 we have proposed the use of modern drugs according to the homeopathic healing principle both through research and publications in scientific journals, and the development of a Homeopathic Materia Medica Modern Drugs, which includes the primary effects of 1,250 allopathic drugs, and a Homeopathic Repertory of Modern Drugs. These efforts are part of the New Homeopathic Medicine project: Use of Modern Drugs according to the Principle of Similarity, which can be consulted free of charge, in Portuguese and English, on the website www.newhomeopathicmedicines.com. Now, the clinical and scientific validity of this proposal has begun with the performance of a clinical trial to evaluate the efficacy and safety of energized estrogen in the homeopathic treatment of pelvic pain associated with endometriosis. The result has been positive, but it requires doctors, pharmacists and researchers to join this initiative to strengthen it and boost its growth. (AU)


Assuntos
Farmacologia , Materia Medica , Lei dos Semelhantes , Repertório Homeopático , Homeopatia , Medicamentos Homeopáticos Novos
2.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 80(3/4): 36-81, 2017.
Artigo em Inglês | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-12033

RESUMO

Background: Homeopathy employs the so-called ‘principle of similars’ as therapeutic method - which consists in administering medicines that cause certain symptoms in healthy individuals to treat similar symptoms in sick individuals (similia similibus curantur) - to induce a secondary and healing reaction by the body against its own disorders. This secondary (vital, homeostatic or paradoxical) reaction of the body is based on the ‘rebound effect’ of modern drugs, a type of adverse event that occurs following discontinuation of several classes of drugs prescribed according to the ‘principle of contraries’ (contraria contrariis curantur). Aim: The present review sought to scientifically substantiate the homeopathic healing principle vis-à-vis experimental and clinical pharmacology through a systematic study of the rebound effect of modern drugs or paradoxical reaction of the body. Methods: Employing as reference studies and revisions on the subject published since 1998, we updated the data adding recent studies included in database PubMed. Results: The rebound effect occurs after discontinuation of several classes of drugs with action contrary to the symptoms of diseases, exacerbating them to levels above the ones before treatment. [...]. Following the homeopathic premises, modern drugs might also be used according to the principle oftherapeutic similitude, thus employing the rebound effect (paradoxical reaction) with curative intent. Conclusions: Evidenced by hundreds of studies that attest to the similarityof concepts and manifestations, the rebound effect of modern drugs scientifically substantiates the principle of homeopathic cure. Although the rebound phenomenon is anadverse event studied by modern pharmacology, it is not known by health care professionals, thus depriving doctors of knowledge indispensable for safe management ofdrugs. (AU)


Assuntos
Humanos , Homeopatia , Ação Farmacodinâmica do Medicamento Homeopático , Efeito Rebote , Lei dos Semelhantes , Farmacologia
3.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 80(1/2,supl): 27-51, 2017.
Artigo em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-12045

RESUMO

Introdução: O modelo homeopático de tratamento utiliza o ‘princípio dos semelhantes’ como método terapêutico, administrando medicamentos que causam determinados sintomas em indivíduos sadios para tratar sintomas semelhantes em indivíduos doentes (similia similibus curantur), com o intuito de despertar uma reação secundária e curativa do organismo contra os seus próprios distúrbios. Essa reação secundária (vital, homeostática ou paradoxal) do organismo está embasada no ‘efeito rebote’ dos fármacos modernos, evento adverso observado após a descontinuação de diversas classes de drogas que utilizam o ‘princípio dos contrários’ (contraria contrariis curantur) como métodoterapêutico. Objetivo: Esta revisão visa fundamentar cientificamente o princípio de cura homeopático perante a farmacologia clínica e experimental, através do estudo sistemático do efeito rebote dos fármacos modernos ou reação paradoxal do organismo. Métodos: Empregando como fonte de referência os estudos e revisões sobre o tema que vimos publicando desde 1998, atualizamos os dados acrescentando pesquisas recentes citadasna base de dados PubMed. Resultados: O efeito rebote ocorre após a descontinuação de inúmeras classes de fármacos com ação terapêutica contrária aos sintomas das doenças, exacerbando-os a níveis superiores aos anteriores do tratamento. Independente da doença, da droga, da dose e da duração do tratamento, o fenômeno rebote se manifesta numa pequena proporção de indivíduos suscetíveis. Seguindo as premissas homeopáticas, osfármacos modernos também podem ser utilizados segundo o princípio da similitude terapêutica, empregando o efeito rebote (reação paradoxal) de forma curativa Conclusões: [...] Embora o fenômeno rebote seja um evento adversoestudado pela farmacologia moderna, ele não é conhecido pelos profissionais da saúde, privando a classe médica de um saber indispensável ao manejo seguro dos fármacos. (AU)


Assuntos
Humanos , Homeopatia , Ação Farmacodinâmica do Medicamento Homeopático , Efeito Rebote , Lei dos Semelhantes , Farmacologia
4.
Rev. homeopatia (São Paulo) ; 80(1/2): 40-88, 2017.
Artigo em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-11970

RESUMO

Introdução: O modelo homeopático de tratamento utiliza o ‘princípio dos semelhantes’ como método terapêutico, administrando medicamentos que causam determinados sintomas em indivíduos sadios para tratar sintomas semelhantes em indivíduos doentes (similia similibus curantur), com o intuito de despertar uma reação secundária e curativa do organismo contra os seus próprios distúrbios. Essa reação secundária (vital, homeostática ou paradoxal) do organismo está embasada no ‘efeito rebote’ dos fármacos modernos, evento adverso observado após a descontinuação de diversas classes de drogas que utilizam o ‘princípio dos contrários’ (contraria contrariis curantur) como métodoterapêutico. Objetivo: Esta revisão visa fundamentar cientificamente o princípio de cura homeopático perante a farmacologia clínica e experimental, através do estudo sistemático do efeito rebote dos fármacos modernos ou reação paradoxal do organismo. Métodos: Empregando como fonte de referência os estudos e revisões sobre o tema que vimos publicando desde 1998, atualizamos os dados acrescentando pesquisas recentes citadasna base de dados PubMed. Resultados: O efeito rebote ocorre após a descontinuação de inúmeras classes de fármacos com ação terapêutica contrária aos sintomas das doenças, exacerbando-os a níveis superiores aos anteriores do tratamento. Independente da doença, da droga, da dose e da duração do tratamento, o fenômeno rebote se manifesta numa pequena proporção de indivíduos suscetíveis. Seguindo as premissas homeopáticas, osfármacos modernos também podem ser utilizados segundo o princípio da similitude terapêutica, empregando o efeito rebote (reação paradoxal) de forma curativa Conclusões: [...] Embora o fenômeno rebote seja um evento adversoestudado pela farmacologia moderna, ele não é conhecido pelos profissionais da saúde, privando a classe médica de um saber indispensável ao manejo seguro dos fármacos. (AU)


Introduction: Homeopathy employs the so-called ‘principle of similars’ as therapeutic method, which consists in administering medicines that cause certain symptoms in healthy individuals to treat similar symptoms in sick individuals (similia similibus curantur)to arouse a secondary and healing reaction by the body against its own disorders. This secondary (vital, homeostatic or paradoxical) reaction of the body is based on the ‘rebound effect’ of modern drugs, a type of adverse event that occurs following discontinuation of several classes of drugs prescribed according to the ‘principle of contraries’ (contraria contrariis curantur). Aim: The present review sought to scientifically substantiate the homeopathic healing principle vis-à-vis experimental and clinical pharmacology through a systematic study of the rebound effect of modern drugs or paradoxical reaction of the body. Methods: Employing as reference the studies and revisions on the subject that we have published since 1998, we updated the data adding recent studies cited in database PubMed. Results: The rebound effect occurs after discontinuation of several classes of drugs with contrary action to the symptoms of diseases, exacerbating them to levels above the ones present before treatment. Regardless of disease, drug, dose and duration of treatment, the rebound phenomenon manifests in a small proportion of susceptible individuals.[...] Conclusions: Evidenced in hundreds of studies that attest to the similarity of concepts and manifestations, the rebound effect of modern drugs scientifically substantiates the principle of homeopathic cure. Although the rebound phenomenon is an adverse event studied by modern pharmacology, it is not known by healthcare professionals, thus depriving doctors of knowledge indispensable for a safe management of drugs. (AU)


Assuntos
Humanos , Homeopatia , Efeito Rebote , Lei dos Semelhantes , Ação Farmacodinâmica do Medicamento Homeopático , Farmacologia
5.
Int. j. high dilution res ; 13(49): 207-226, 2014.
Artigo em Inglês | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-11054

RESUMO

Using the empirical or phenomenological research method by observing the effects of drugs in the human physiology, Samuel Hahnemann proposed the homeopathic treatment. He synthesized modern pharmacodynamic in the ‘primary action’ of the drugs and in the consequent and opposite ‘secondary action’ or ‘vital reaction’ of the organism. Noting that drugs with ‘contrary’ primary action to the symptoms of the diseases caused worsening of the symptoms after its withdrawal, as a result of secondary action of the organism, Hahnemann proposed using this vital reaction (secondary action) in a curative way, administering to sick individuals the drugs that caused‘similar’ symptoms in healthy individuals (therapeutic use of the similitude principle). According to the clinical and experimental pharmacology, this secondary action (vital reaction) of the organism is observed in the ‘rebound effect’ or ‘paradoxical reaction’ of several classes of drugs, which is the scientific basis of the ‘homeopathic pharmacology’. In the last decade, exponents of modern pharmacology have suggested the therapeutic use of the paradoxical reaction(‘paradoxical pharmacology’), proposing the use of drugs that cause an exacerbation of the disease in the short term to treat these same diseases in the long-term. In this review, we compare the various aspects between the ‘homeopathic pharmacology’ and the ‘paradoxical pharmacology’, reinforcing the validity of homeopathic assumptions and expanding the knowledge to optimize both proposals.(AU)


Assuntos
Efeito Rebote , Ação Farmacodinâmica do Medicamento Homeopático , Farmacologia , Efeito Secundário , Terapêutica Homeopática , Farmacologia Clínica/métodos , Lei dos Semelhantes/métodos
6.
São Paulo; Organon; 2009. 142 p.
Monografia em Espanhol | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-10468

RESUMO

Entre 1835 e seu falecimento, o Dr. Samuel Hahnemann começou a modificar os métodos de preparo e prescrição dos medicamentos homeopáticos. Também ajustou a forma de administrá-los, substituindo as doses únicas pelas diárias durante períodos prolongados.Essa modalidade de potencialização progressiva, conhecida entre os médicos homeopatas como Escala LM, vem sendo pesquisada há várias décadas pelo homeopata Fernando Flores Villalva. Ele comprovou que a aplicação da Escala LM, tanto em transtornos simples como em enfermidades graves e crônicas, resulta ser visivelmente mais efetiva do que os métodos habituais.Neste manual, o Dr. Flores Villalva demonstra seus avanços nos conceitos der dinamização, potencialização e administração de doses, e propõe também um uso mais racional baseado na dinamização 50 milesimal.Mostra como o clássico prognóstico de observação de Kent pode ser aplicado à Escala LM. Dedica um capitulo aos aspectos a serem considerados para prescrevê-la, e dois à análise dos valores das doses. Ensina também a distinguir a agravação dos sintomas tratados segundo a Escala LM (se este responde a uma potência equivocada ou a uma má escolha do medicamento).Esta obra encontra-se ilustrada com inúmeros casos clínicos que visam esclarecer e demonstrar os diversos aspectos da utilização da Escala LM ou 50 milesimal.


Assuntos
Cinquenta Milesimal , Doença Aguda , Farmacologia/métodos , Método Hahnemanniano
7.
Int. j. high dilution res ; 7(22): 22-30, 2008.
Artigo em Inglês, Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-9229

RESUMO

One of the roots of modern therapeutic similarity might be retraced to the work of SamuelHahnemann at the end of the 18th century. His particular formulation arose from an originalsynthesis of traditional therapeutic similarity, dating from classic Antiquity and maintained asan undercurrent in medical thinking, and contemporary theories, particularly counter-irritation(antagonistic fever) theory. Against historical readings asserting that modern therapeuticsimilarity is either a mere a continuation of the ancient, or a historical orphan, it is possible toverify that Hahnemann's work belonged within the specific framework of 18th medical science.The formulation of modern therapeutic similarity is best described as a process combining bothcontinuity and epistemological break.(AU)


Uma das raízes da semelhança terapêutica moderna pode ser localizada na obra de Samuel Hahnemann, no final do século XVIII. Sua formulação particular surgiu da síntese original da semelhança terapêutica tradicional, procedente da Antigüidade clássica e conservada subterraneamente no pensamento médico, com teorias contemporâneas, especialmente a teoria da contra-irritação (febre antagonista). Por oposição a leituras históricas que afirmam que semelhança terapêutica moderna é uma mera continuação da antiga ou, alternativamente, um ófão histórico, pode-se constatar que a obra de Hahnemann corresponde ao marco específico da ciência médico do século XVIII. A formulação da semelhança terapêutica parece ser melhor compreendida como um processo que combina continuidade e ruptura epistemológicas.(AU)


Assuntos
Humanos , História da Homeopatia do Século XVIII , Farmacologia , Homeopatia , Cinchona
9.
The Netherlands; European Committee for Homoeopathy; 1994. 55 p.
Monografia em Inglês | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8455
10.
Studia hom ; 1(1): 140-145, 1993. ilus
Artigo em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-7405

RESUMO

Apos estudo farmaceutico da droga Rhus toxicodendron L., observamos discordancia entre as diversas farmacopeias e a Materia Medica Pura de Hahnemann quanto a correta especie utilizada... (AU)


Assuntos
Toxicodendron , Farmacologia
11.
Washington; Taylor & Francis; 1991. 162 p.
Monografia em Inglês | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8178
12.
In. I SEMINÁRIO SOBRE O ENSINO E A PESQUISA EM HOMEOPATIA. Problemas Metodológicos em Homeopatia. s.l, s.n, 1991. p.13-18.
Monografia em Francês | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8256
13.
In. I SEMINÁRIO SOBRE O ENSINO E A PESQUISA EM HOMEOPATIA. Problemas Metodológicos em Homeopatia. s.l, s.n, 1991. p.7-14.
Monografia em Francês | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8282
14.
Ribeirão Preto; Instituto Homeopatico Francois Lamasson; 2 ed; 1991. 47 p.
Monografia em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8381
16.
Ribeirão Preto; Museu de Homeopatia Abrahão Brickmann; 1989. 62 p.
Monografia em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8472
17.
Anon.
Paris; L'adrapharm; 1989. [1066] p.
Monografia em Francês | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-11677
19.
Ribeirão Preto; Instituto Homeopatico Francois Lamasson; 1988. 47 p.
Monografia em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-8382
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA