Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 4 de 4
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
  • Base de dados

Intervalo de ano de publicação
2.
Rio de Janeiro; s.n; 1998. 216 p.
Tese em Português | HomeoIndex - Homeopatia | ID: hom-10969

RESUMO

Realiza uma reinterpretação dos textos de Ivan Illich, escrito entre os anos 70 - 90, identificando dois tipos de crítica social da saúde. Na Nêmesis da Medicina, Illich expoõe os elementos essencias da primeira crítica, retomando algumas idéias anteriores sobre a sociedade convencional, que seria caracterizada pelo fato de o instrumento está a serviço do homem e numa escala de uso que não o prejudica. Na segunda crítica social da saúde, Illich trata de uma nova forma de iatrogênese - a iatrogênese do corpo - que resulta de uma espécie de obsessão com a saúde corporal e com sua autoprodução por exercícios, dietas, etc. O autor trata esses duas críticas sociais da saúde através de uma recontextualização, que representa, ao mesmo tempo, uma contra-crítica e uma comparação com o que dizem outros autores sobre temas similares. Defende a interpretação de que há uma multiplicade inesgotáveis de possíveis boas formas de viver que podem ser inventadas, agora e no futuro, a fim de promover a autonomia do cuidado em saúde e que se caracterizam por darem lugar a um cuidado prudente com a saúde sem transformá-la numa espécie de finalidade da existência. Aduz, ao final, vários exemplos de formas de intervenção terapêutica que podem ser tomadas como partes de estilos existencias que se contrapõem à tendência contemporânea de se preocupar de maneira obsessiva e abusiva com a saúde e seus riscos. (AU)


Assuntos
Medicina Social
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA