Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Biosci. j. (Online) ; 35(5): 1478-1489, sept./oct. 2019. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1049029

RESUMO

In Brazil's food industry, dairy production is one of the most important sectors, whose most relevant byproduct is whey. Due to the difficulties of reuse and environmental impacts caused when discarded as effluent in water bodies, an alternative for its final destination would be the application of this residue in the soil. The purpose of this study was to determine chemical changes and mobility and distribution of solutes in the soil after applications of whey rates, as well as to analyze the leachate collected after each application. The test was carried out in a laboratory, in PVC columns filled with soil. The treatments consisted of 2 x 2 samples of a typical dystrophic Red-Yellow Oxisol (Oxisol) and a typical dystrophic fluvic Inceptisol (Inceptisol), sampled in the layers 0- 20 and 20-40 cm. Each experimental unit consisted of 11 PVC rings (diameter of 6.6 cm, height of 7 cm). The columns were arranged in a randomized complete block design with five replications. Four whey rates were applied, corresponding to a soil pore volume of 0.2, at intervals of six days. The leachate was collected 24 and 120 hours after each application to measure pH, electrical conductivity (EC), chemical oxygen demand (COD), contents of total N, N-NH4+, N-NO3-, Na, K, Ca, and Mg. Six days after the last whey application, the columns were opened and the soil of each ring was analyzed for pH, EC, total N, N-NH4+, N-NO3-, Na, K, Ca, and Mg. The high electrolyte concentrations of whey resulted in a general increase in soil EC. The increase of N-NH4+ and N-NO3- in the soil was high due to mineralization. High concentrations of K, Na and Ca caused displacement of Mg from the exchange complex. It was concluded that from an environmental standpoint, whey soil application is a viable alternative, given that problems of salinization and leaching of undesirable elements are avoided by an adequate management.


Entre os setores da indústria alimentícia, o segmento de laticínios é um dos mais importantes do Brasil, sendo o soro de leite o seu maior subproduto. Devido às dificuldades de reaproveitamento e aos impactos ambientais causados, quando descartado como efluente em corpos de água, uma alternativa para a sua destinação final seria a aplicação desse resíduo no solo. Objetivou-se com este trabalho determinar alterações químicas e a mobilidade e distribuição de solutos no solo após aplicação fracionada de soro de leite, assim como a caracterização dos percolados recolhidos após cada aplicação. O ensaio, em laboratório, foi conduzido em colunas de PVC preenchidas com solo. Os tratamentos corresponderam a um fatorial 2 x 2, sendo amostras de um Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico típico (LVAd) e de um Cambissolo Flúvico Tb distrófico (CYbd), coletados em duas profundidades: 0­20 e 20­40 cm. Cada unidade experimental foi constituída de 11 anéis de PVC, com 6,6 cm de diâmetro interno e 7 cm de altura. As colunas foram dispostas em um delineamento experimental em blocos casualizados, com cinco repetições. Foram realizadas quatro aplicações de soro de leite, correspondentes a 0,2 volume de poros de solo, a cada intervalo de seis dias. O percolado foi recolhido após 24 e 120 horas de cada aplicação sendo realizadas as seguintes determinações: pH, condutividade elétrica (CE), demanda química de oxigênio (DQO), teores de N total, N-NH4+, N-NO3-, Na, K, Ca e Mg. Após seis dias da última aplicação de soro de leite, as colunas foram desmontadas e o solo de cada anel analisado. As análises compreenderam: pH em água, CE (1:5), N total, N-NH4+, N-NO3-, Na, K, Ca e Mg. As elevadas concentrações eletrolíticas do soro de leite provocaram aumento generalizado da CE no solo. Houve incremento maior do nitrogênio assimilável (N-NH4+ e N-NO3-) no solo em decorrência de processos de mineralização. Elevadas concentrações de K, Na e Ca causaram deslocamento de Mg do complexo de troca. Conclui-se que a aplicação de soro de leite no solo é uma alternativa viável do ponto de vista ambiental, desde que seja feito um correto manejo, a fim de evitar problemas de salinização e perdas por lixiviação de elementos indesejáveis.


Assuntos
Usos do Solo , Percolação , Laticínios , Soro do Leite
2.
Rev. chil. nutr ; 46(2): 205-214, abr. 2019. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1003695

RESUMO

RESUMEN El lactosuero es un subproducto derivado de la elaboración de queso. La calidad de la composición química de las proteínas del lactosuero las convierte en un sustrato ideal para la generación de péptidos con actividad biológica. La presente revisión tiene por objetivo analizar y discutir los efectos fisiológicos de los péptidos bioactivos derivados de las proteínas del lactosuero (PBDL) en la salud. Asimismo, este trabajo muestra detalladamente las estructuras químicas de las secuencias de los PBDL capaces de ejercer efectos favorables in vitro e in vivo e influir positivamente en los sistemas cardiovascular, endócrino e inmunológico. Sin embargo, las metodologías para generar PBDL de manera controlada, la dosificación y las concentraciones óptimas han sido poco exploradas. Por lo que es importante llevar a cabo investigación de frontera que permita avanzar el umbral del conocimiento vislumbrando la posibilidad de utilizar los PBDL como coadyuvantes en la prevención y tratamiento de enfermedades.


ABSTRACT Whey is a by-product of cheese production. The relevant chemical composition of whey proteins makes them an ideal substrate to release peptides with biological activity. The objective of this manuscript was to analyze and discuss the effects of whey-derived proteins bioactive peptides in health. Moreover, this review shows in detail sequences able to benefit human systems. Several in vitro and in vivo studies showed the capacity of these bioactive peptides to positively influence cardiovascular, endocrine and immune systems. However, the methodologies to obtain them in a controlled way, as well as dose and optimum concentrations have been scarcely explored. Therefore, it is necessary to conduct new research to improve knowledge that focuses on the possibility of using whey-derived bioactive peptides in the prevention and treatment of diseases.


Assuntos
Humanos , Peptídeos , Sistema Cardiovascular , Proteínas , Impactos na Saúde , Sistema Endócrino , Soro do Leite , Sistema Imunitário
3.
Pesqui. vet. bras ; 38(4): 620-623, abr. 2018. graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-955381

RESUMO

Descrevem-se os dados epidemiológicos, sinais clínicos e lesões produzidas no rúmen pela ingestão de soro de leite fermentado. Adoeceram 160 bovinos incluindo vacas, novilhas ebezerras, dos quais 87 morreram. Um dia após terem sido fornecidos 6.000 litros de soro de leite, os bovinos manifestaram perda de apetite, andar cambaleante, endoftalmia, diarreia de coloração cinza e fétida e deitavam e levantavam com frequência. Os achados de necropsia foram consistentes no rúmen e se caracterizaram por congestão dos vasos da serosa e distensão acentuada da parede, permitindo observar o conteúdo interno, que era líquido, acinzentado e fétido. A mucosa tinha coloração avermelhada com junção das papilas formando pequenas massas de consistência firme. No abomaso a mucosa era vermelho escura, difusa. As lesões histológicas no rúmen consistiram de degeneração vacuolar com formação de vesículas, necrose multifocal acompanhada de infiltrado neutrofílico, as vezes com deposição de fibrina, além de espessamento da camada queratinizada da mucosa.(AU)


This study reports the epidemiological data, clinical signs and lesions produced in the rumen by ingestion of fermented whey. 160 cattle have become ill, including cows, heifers and calves, 87 of them died. One day after being given 6000 liters of whey, the cattle showed loss of appetite, staggering gait, endophthalmitis, diarrhea with gray coloration and malodorous, and they lay down and raised frequently. Necropsy findings were consistent in the rumen and were characterized by congestion of vessels of serous and marked distention of the wall, allowing seeing the internal content, which was liquid, greyish and fetid. The mucosa was reddish with junction of the buds forming small masses of firm consistency. In the abomasum the mucosa was dark red, fuzzy. Histological lesions in the rumen consisted of vacuolar degeneration with formation of vesicles, multifocal necrosis accompanied by neutrophilic infiltrate, sometimes with fibrin deposition, besides thickening of the keratinized mucosa layer.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Bovinos/crescimento & desenvolvimento , Epidemiologia , Mortalidade/tendências , Soro do Leite
4.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(2): 606-614, mar.-abr. 2018. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-910882

RESUMO

O objetivo deste experimento foi comparar três métodos analíticos para determinação de soro em leite cru refrigerado: cromatografia líquida de alta eficiência, ninidrina ácida e colorimétrico adaptado. Foram coletadas 100 amostras de leite cru refrigerado de tanques de expansão. Estas, quando submetidas à análise pelo método da ninidrina ácida, apresentaram 10 (14,7%) amostras negativas e 58 (85,3%) positivas. O teor médio de ácido siálico encontrado na técnica da ninidrina foi de 5,58(g/mL, com valor mais frequente de 2,70(g/mL. Das 68 amostras negativas pela cromatografia líquida de alta eficiência, duas foram positivas (2,94%) e 66 (97,06%) negativas, quando analisadas pelo método colorimétrico. A frequência relativa de amostras positivas foi de 32%, com a CLAE apresentando a maior média de soro (14,37%), seguida do método colorimétrico (5,28%) e o da ninidrina ácida (3,12%). A técnica de cromatografia líquida de alta eficiência diferiu dos métodos de ninidrina ácida e colorimétrico, enquanto os métodos da ninidrina e colorimétrico não diferiram entre si, podendo ambos serem utilizados como metodologias de triagem. Entre as três técnicas, a cromatografia líquida de alta eficiência foi a metodologia mais sensível na detecção e quantificação do soro em leite cru refrigerado.(AU)


The objective of this study was to compare three analytical methods to determine serum in refrigerated raw milk. High-performance liquid chromatography (HPLC), acidic and colorimetric ninhydrin methods were applied. A collection of 100 samples of raw milk from cooled expansion tanks took place. The results showed that 10 samples (14.7%) were negative and 58 (85.3%) were positive for the acidic ninhydrin method. The mean sialic acid content found in the ninhydrin technique was 5.58µg/mL, with a more frequent value of 2.70µg/mL. From all 68 HPLC negative samples, two were positive (2.94%) and 66 (97.06%) negative to the colorimetric method. The relative frequency of positive samples was 32%, HPLC had the highest mean serum levels (14.37%), followed by the colorimetric method (5.28%) and acid ninhydrin (3.12%). The high-performance liquid chromatography method was different from the acid and colorimetric ninhydrin methods. The ninhydrin and colorimetric methods were not different from each other, both of which could be used as screening methodologies. Among the three techniques, HPLC was the most sensitive methodology for the detection and quantification of serum in refrigerated raw milk.(AU)


Assuntos
Cromatografia/estatística & dados numéricos , Ninidrina/síntese química , Soro do Leite/diagnóstico por imagem
5.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR ; 20(1): 9-13, jan-mar. 2017. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-849151

RESUMO

O uso de leite na alimentação de bezerras representa o maior custo na fase de cria. Com o objetivo de avaliar a viabilidade técnica da utilização de diferentes quantidades de dieta líquida na alimentação de bezerros da Raça Holandês, utilizou-se 160 ou 240 litros de dieta líquida, durante um período de 53 dias (do quarto ao 56o dia de vida) de aleitamento com diferentes níveis de inclusão de soro de leite em substituição ao leite integral (0, 10 e 20%), em esquema fatorial 2x3 (160 ou 240 litros de dieta líquida e 0, 10 ou 20% de inclusão de soro do leite), conduzido no Laboratório de Bovinocultura Leiteira da Universidade Federal de Santa Maria. Os animais foram distribuídos inteiramente ao acaso em seis tratamentos, com quatro repetições por tratamento. Foram avaliados o consumo de matéria seca do concentrado (CMSC), da matéria seca total (CMST), ganho médio diário (GMD), conversão alimentar (CA), peso vivo final (PVF) e o comportamento dos animais. Para os níveis de soro do leite, ocorreu uma resposta quadrática (p<0,05) para o CMSC, CMST, GMD e CA. Os bezerros que receberam 160 litros de leite apresentaram maior (p<0,05) CMSC, porém pior CA. O CMST, o GMD e o PVF foram superiores (p<0,05) para os bezerros que consumiram 240 litros de leite durante o período experimental, com melhor CA para esse grupo de animais. Na análise do comportamento não foi determinada diferença significativa para os parâmetros avaliados (p>0,05).(AU)


The use of milk in the calves feed represents the largest cost in the calf production system. The aim was to evaluate the technical feasibility of using different amounts of liquid diet in feeding of Holstein calves. It was used 160 or 240 liters of milk during 53 days (from the fourth to the 56th day of life) of feeding with different levels of milk serum included to whole milk (0, 10 and 20%), in a factorial 2x3 model conducted at the Dairy Cattle Laboratory of the Federal University of Santa Maria. The animals were randomly assigned to six treatments with four replicates per treatment. The dry matter intake of concentrate (DMIC), of the total dry matter (TDM), average daily gain (ADG), feed conversion (FC), final body weight (FBW) and the behavior of animals. For milk serum levels, there was a quadratic response (p<0.05) for the DMIC, TDM, ADG and FC. DMIC and FC were higher (p<0.05) for calves received 160 liters of milk. The ADG, TDM and FBW were higher for calves that consumed 240 liters of milk during the experimental period, while FC was lower (p<0.05) for this group of calves. There was no difference in the behavior of calves for the evaluated parameters (p>0.05).(AU)


El uso de leche en la alimentación de terneros representa el costo más grande en la fase de creación. Con el fin de evaluar la viabilidad técnica de utilizar diferentes cantidades de dieta líquida en la alimentación de terneros de la raza holandesa, se utilizaron 160 o 240 litros de dieta líquida por un período de 53 días (desde el cuarto hasta el día 56º día de vida), alimentación con diferentes niveles de adición de suero de leche entera (0, 10 y 20%), en un estudio factorial 2x3 (160 0 240 litros de dieta líquida y 0, 10 o 20% de inclusión de suero de leche), llevado a cabo en el Laboratorio de Ganado Lechero de la Universidad Federal de Santa María. Los animales se distribuyeron completamente al azar en seis tratamientos con cuatro repeticiones por tratamiento. Se evaluó el consumo de materia seca del concentrado (CMSC), de la materia seca total (CMST), ganancia media diaria (GMD), conversión alimenticia (CA), el peso vivo final (PVF) y el comportamiento de los animales. Para los niveles de suero de leche, hubo una respuesta cuadrática (p<0,05) para el CMSC, CMST, GMD y CA. Los terneros que recibieron 160 litros de la leche presentaron mayor (p<0,05) CMSC, sin embargo con peor CA. Las variables CMST, GMD y PVF fueran mayores (p<0,05) para los terneros que consumieron 240 litros de leche durante el período experimental, mientras con mejor CA para ese grupo de animales. En el análisis del comportamiento no ha sido determinada diferencia significativa para los parámetros evaluados (p>0,05).(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Animais Lactentes/crescimento & desenvolvimento , Soro do Leite/administração & dosagem , Ganho de Peso
6.
Hig. aliment ; 31(268/269): 122-127, 30/06/2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-846500

RESUMO

A busca por uma alimentação mais saudável e a preocupação com a contaminação ambiental, torna favorável a elaboração de bebidas lácteas funcionais à base de soro de leite. O objetivo deste estudo foi desenvolver uma bebida láctea simbiótica com potencial funcional à base de soro de leite fluido e em pó. Foram testadas formulações com 0, 2, 5 e 8% de soro de leite em pó. O experimento foi realizado em três repetições e submetido a análises físico-química e microbiológica. Verificou-se que a concentração de soro em pó influencia diretamente na composição de algumas características físico-químicas do produto, aumentando o teor proteína, sólidos totais e viscosidade, reduzindo o teor de pH, porém não interferiu no teor de gordura e acidez do produto final. Todas as bebidas analisadas apresentaram-se dentro dos padrões estabelecidos pela legislação vigente para bebidas lácteas fermentadas. A contagem de coliformes a 35 e 45 °C encontrou-se de acordo com os padrões da legislação (BRASIL, 2005) indicando condição higienicossanitária satisfatória. O desenvolvimento de uma bebida láctea simbiótica caracteriza-se como alternativa inovadora, pois além de ser uma nova forma de aproveitamento do soro gerado pela indústria, trata- -se de um produto que proporciona benefícios à saúde do consumidor.


Assuntos
Produtos Fermentados do Leite/análise , Alimento Funcional , Soro do Leite , Ácido Láctico , Lactobacillus casei , Fenômenos Químicos , Probióticos/administração & dosagem
7.
Hig. aliment ; 31(266/267): 75-79, 30/04/2017.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-833328

RESUMO

O leite, por ser rico em nutrientes, é um alimento altamente consumido pela população mundial. Para a sua comercialização são exigidos requisitos e padrões de qualidade; entre os parâmetros de qualidade, a legislação brasileira estabelece que o leite não deve conter adição de soro do próprio leite pois, além de ser uma ação fraudulenta, o torna impróprio para o consumo humano. Esta prática, porém, é muito comum, devido à grande produção de soro de leite pela indústria queijeira e por pequenos produtores rurais, que visualizam este subproduto, que não tem muito valor financeiro, como um fator economicamente atrativo para ser adicionado ao leite, aumentando o volume e mascarando-o por ser um constituinte próprio do leite, levando à obtenção de mais lucro pela venda de uma maior quantidade de leite. O objetivo deste trabalho foi avaliar amostras de leite comercializadas no município de Itabuna, utilizando cinco marcas diferentes de leite em pó, leite ultrapasteurizado (UHT) e leite pasteurizado, a fim de detectar a fraude por soro, através da presença de caseína macropeptídeo (CMP), que é uma fração da caseína encontrada no soro. Neste estudo foram encontradas três amostras de leite fora da especificação permitida para CMP, sendo que duas destas não deveriam estar sendo comercializadas para alimentação humana, devido à alta quantidade de soro presente, o que afeta consequentemente o valor nutricional do leite.


Assuntos
Humanos , Caseínas/análise , Fraude , Leite , Soro do Leite/administração & dosagem , Comércio , Qualidade de Produtos para o Consumidor , Amostras de Alimentos
8.
Rev. chil. nutr ; 44(1): 39-44, mar. 2017. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-844505

RESUMO

The present work was carried out with the objective of designing a fermented dairy beverage using whey as a partial substitute of milk and different commercial stabilizers. An experimental design with three replicates was used for each treatment, where two study factors were manipulated: A. Percentage of serum lactum (10, 20 and 30%) in combination with whole milk and B. Stabilizers types, Obsigel 8AGT, Obsigel 955B and CC-729, all at 0.1% dosing). Their properties were compared with a naturally sweetened yogurt using a 500 mL experimental unit. The treatments were physic-chemical analyzed: syneresis, pH, acidity, °brix and consistency after product packaging. The products also underwent an organoleptic evaluation with 30 untrained judges where the following attributes were rated: texture, aroma, taste, and general quality. The results showed that the best treatment was a3b3 (30% whey + 0.1% CC-729), 4.17pH, 0.67% acidity, 3.13 cm3 consistency and 15.23 ° Brix. Sensorial all treatments were statistically the same with very good acceptance. Due to its greater relevance in physicochemical tests, the stabilizer CC-729 Descalzi (0.1%) showed that it maintains the characteristics of the fermented milk beverage.


El presente trabajo se realizó con el objetivo de diseñar una bebida láctea fermentada utilizando lactosuero como sustituto parcial de leche y diferentes estabilizantes comerciales. Se empleó un diseño experimental con arreglo bifactorial AxB con tres réplicas por cada tratamiento, donde se manipularon dos factores de estudio: A. Porcentajes de lacto suero (10, 20 y 30%) en combinación con leche entera y B. Tipos de estabilizantes (Obsigel 8AGT, Obsigel 955B y CC-729, todos al 0,1% de dosificación). Se compararon sus propiedades con un yogur natural azucarado usando una unidad experimental de 500 mL. A los tratamientos se efectuaron análisis físico-químicos: Sinéresis, pH, acidez, °brix y consistencia después del envasado el producto, además de una evaluación organoléptica con 30 jueces no entrenados donde se calificaron los siguientes atributos: textura, aroma, sabor, calidad general. Los resultados encontrados demostraron que el mejor tratamiento, fue a3b3 (30% de lactosuero + 0,1% CC-729), el cual presentó un pH de 4,17, mientras que la acidez fue un 0,67%, consistencia de 3,13 cm³ y °Brix de 15,23 y sensorialmente todos los tratamientos estadísticamente fueron iguales con muy buena aceptación. El estabilizante CC-729 Descalzi (0,1%) al presentar mayor relevancia en las pruebas físico-químicas mostró que mantiene las características de la bebida láctea fermentada.


Assuntos
Bebidas , Produção de Alimentos , Acidez , Soro do Leite , Qualidade dos Alimentos , Substitutos do Leite
9.
São Paulo; s.n; s.n; 2017. 197p p. ilus, tab, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-874973

RESUMO

Bacteriocins are antimicrobial peptides ribosomally synthesized by various bacteria. In particular, the bacteriocins produced by lactic acid bacteria have recently received great attention due to their wide applicability and also because they are produced by microorganisms safe for human consumption. There are numerous studies reporting bacteriocin production by different lactic acid bacteria, as well as its optimization by using alternative substrate. Some of these studies point to milk/cheese whey as a potential low-cost source for the cultivation of lactic acid bacteria and the production of biocomposites, such as bacteriocins. Several researches refer to the production of bacteriocins, mainly nisin. On the other hand, the production of bacteriocins by Lactobacillus plantarum strains still limited. In this context, the present work first studied the growth and production of bacteriocin by L. plantarum strain ST16Pa when cultivated in Man, Rogosa and Sharpe (MRS) broth with and without inulin supplementation incubated under shaken and stationary conditions. The results indicated that this strain has higher growth when cultured in aerobiosis; however, the highest bacteriocin activity is obtained in stationary condition. The stability and partitioning of bacteriocin from the fermented MRS broth of L. plantarum ST16Pa in the PEG/NaPA/electrolytes aqueous two-phase systems was also studied. After 1 h in temperatures from 50 °C to 80 °C and pH from 3.0 to 8.0, the produced bacteriocin remained stable. In addition, the proposed partition system has proved to be an economical alternative for the recovery and purification of this biomolecule. Motivated by the trend in use industrial by products aiming the production of high value-added biocomposites, we investigated the performance of milk/cheese whey as alternative substrate for L. plantarum ST16Pa growth and for the production of antimicrobial biomolecules by this strain. For this purpose, the study was divided in two steps, being the first developed using whey powder supplemented according to the Plackett & Burman experimental design, with 12 trials and 4 central points. Although the proposed design was not the ideal statistical tool to optimize the bacteriocin ST16Pa production, through it was possible to obtain a formulation, which resulted in greater inhibition zones when compared with previous date reported by other authors using the same strain cultured in cheese whey. Later, still using L. plantarum strain ST16Pa, we investigated the production of bacteriocin and lactate in fresh cheese whey previously hydrolyzed by Flavourzyme or Lactozym. The cultures were optimized by supplementing this medium with different concentrations of soybean flour, which were incubated under aerobic and microaerophilic/anaerobic conditions. The highest values of bacteriocin activity (7,367.23 AU/mL) and lactate yield (Ylactate/lactose = 1.39 g/g) were obtained under anaerobic conditions using 10 g/L of soybean flour to supplement cheese whey prehydrolyzed with Flavourzyme during 3 h. Finally, the cell-free supernatant resulted from this cultivation was applied on the surfaces of chicken breast fillets artificially contaminated with Enterococcus faecium 711, showing biopreservative efficiency during 7 days of storage under refrigeration.


Bacteriocinas são peptídeos antimicrobianos sintetizados por diversas bactérias. Em particular, as bacteriocinas produzidas por bactérias ácido-láticas têm recebido crescente destaque devido sua ampla aplicabilidade e também por serem produzidas por microorganismos seguros para o consumo humano. Inúmeros estudos relatam a produção de bacteriocina por diversas bactérias ácido-láticas, bem como a otimização da produção desta biomolécula utilizando fontes alternativas de substrato. Alguns destes estudos apontam o soro de leite/queijo como uma fonte potencial e de baixo custo para o cultivo de bactérias láticas e produção de biocompostos, tais como bacteriocinas. Diversas pesquisas se referem à produção de bacteriocinas, principalmente a nisina. Por outro lado, a produção de bacteriocinas por cepas de Lactobacillus plantarum ainda é limitada. Neste âmbito, o presente trabalho estudou, primeiramente, o crescimento e produção de bacteriocina pela cepa L. plantarum ST16Pa quando cultivada em caldo Man, Rogosa e Sharpe (MRS) com e sem suplementação de inulina sob condições aeradas e sem agitação. Os resultados indicaram que este micro-organismo tem maior crescimento quando cultivado em aerobiose, entretanto, os maiores valores de atividade da bacteriocina produzida foram obtidos em cultivos não agitados. Ainda utilizando MRS para o cultivo desta cepa, investigou-se a estabilidade e partição da bacteriocina em sistema aquoso de duas fases do tipo PEG/NaPA/electrólitos. Após 1 h submetida à temperaturas entre 50 °C e 80 °C e pH entre 3,0 e 8,0, a bacteriocina produzida permaneceu estável. Além disso, o sistema de partição proposto demonstrou ser uma alternativa econômica para recuperação e purificação desta biomolécula. Motivados pela tendência do uso de subprodutos industriais para a produção de biocompostos de alto valor agregado, investigou-se o desempenho do soro de leite/queijo como substrato alternativo para o crescimento de L. plantarum ST16Pa e a consequente produção de biomoléculas antimicrobianas por esta cepa. O estudo foi divido em duas etapas, sendo a primeira desenvolvida utilizando soro de leite em pó suplementado de acordo com o delineamento experimental Plackett & Burman, com 12 ensaios e mais 4 pontos centrais. Embora o delineamento proposto não tenha sido a ferramenta estatística ideal para alcançar a otimização da produção de bacteriocina ST16Pa, através do mesmo foi possível obter uma formulação, a qual gerou maiores halos de inibição quando comparados com resultados prévios reportados por outros autores utilizando a mesma cepa cultivada em soro de queijo. Posteriormente, ainda utilizando L. plantarum ST16Pa, investigou-se a produção de bacteriocina e lactato em soro de queijo fresco previamente hidrolisado por Flavourzyme ou Lactozym. Os cultivos foram otimizado através da suplementação deste meio de cultura com diferentes concentrações de farinha de soja, os quais foram incubados sob condições aeróbicas e microaerofílicas/anaeróbicas. Os maiores valores de atividade da bacteriocina (7367,23 AU/mL) e rendimento de lactato (Ylactate/lactose = 1,39 g/g) foram obtidos sob condições anaeróbicas utilizando 10 g/L de farinha de soja para suplementar o soro de queijo hidrolizado por Flavourzyme durante 3 h. Por fim, o sobrenadante resultante deste cultivo foi aplicado sobre a superfície de filés de peito de frango artificialmente contaminados por Enterococcus faecium 711, demonstrando eficiência como bioconservante durante 7 dias de armazenamento sob refrigeração.


Assuntos
Queijo/efeitos adversos , Otimização , Soro do Leite/efeitos adversos , Bacteriocinas/análise , Lactobacillus plantarum/classificação
10.
HU rev ; 42(2): 143-148, jul.-ago. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1954

RESUMO

Este trabalho objetivou elaborar e avaliar sensorialmente preparações de mousses elaboradas com soro de leite, um resíduo industrial de laticínios rico em proteínas de elevado valor biológico, visando a sua utilização sustentável em duas versões: (1) tradicional com açúcar; e (2) diet. Foi realizada analise sensorial e do potencial mercadológico dos dois produtos, aplicada a 150 provadores adultos não treinados, em Belo Horizonte - MG, em dezembro de 2014, através de avaliação, por escala hedônica de 9 pontos, dos quesitos sensoriais aroma, cor, sabor, textura; e por escala de 7 pontos, para os quesitos mercadológicos de intenção de consumo e de intenção de compra. Os dados obtidos foram comparados por análise de variância e, para a comparação das médias entre as amostras, utilizou-se o teste de Friedman, seguida de pós-teste de Dunns. O nível de significância adotado foi de 5%. Ambos os produtos apresentaram aceitação sensorial (7,75 e 8,2, respectivamente) e potencial de compra e consumo (4,85 e 5,65, respectivamente) médios elevados, indicando alta aceitabilidade das preparações. Surpreendentemente, a versão diet mostrou-se significativamente mais bem avaliada na observação dos quesitos aroma, sabor, textura, intenção de consumo e intenção de compra (p<0,05) em comparação à versão açucarada, além de exibir coloração semelhantemente, indicando padronização visual. Apresentou ainda maior aceitabilidade e potencial mercadológico. Estes resultados representam elevado potencial para introdução do soro de leite em preparações de mousses e aceitabilidade superior da versão diet. A utilização de soro de leite na elaboração de novos produtos é uma alternativa para a redução de resíduos na indústria de lacticínios, bem como para a elevação da qualidade nutricional e para a redução de custos na elaboração de alimentos, inclusive para dietas com restrição de açúcar.


Assuntos
Aproveitamento Integral dos Alimentos , Proteínas do Leite , Gestão da Qualidade , Substitutos do Leite , Proteínas do Soro do Leite , Soro do Leite , Alimentos
11.
Rev. chil. nutr ; 43(2): 159-166, jun. 2016. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-789445

RESUMO

El mango de hilacha y el lactosuero son dos productos perecederos con gran cantidad de nutrientes. El objetivo de esta investigación fue evaluar las condiciones de secado por aspersión de un producto a base de estas materias primas tratando de obtener la máxima recuperación de vitamina C. El producto se secó a temperaturas de entrada del aire caliente entre 120°C - 160°C y salida de 65°C a 74°C, empleando maltodextrina entre un 15% - 35% como agente encapsulante. Se evaluó la concentración en vitamina C (AOAC 967.21/90) y otros parámetros como higroscopicidad, solubilidad y color del producto. Las mejores condiciones de secado se definieron utilizando una concentración de maltodextrina del 27,5%, temperaturas de entrada y salida del aire de 138,2°C y 69,6°C, con una velocidad de aspersión de 24908 rpm, obteniendo una recuperación de vitamina C de 15,60 mg/100 g de producto (58,15%) y por encima del 80% de los demás constituyentes estudiados.


The mango of hilacha and whey are two perishables with a lot of nutrients. The objective of this research was to evaluate the conditions of spray drying of a product based on these raw materials trying to get the maximum recovery of vitamin C. The product was dried at inlet temperatures of hot air between 120°C - 160°C and outlet 65°C to 74°C using maltodextrin between 15% - 35%. The concentration of vitamin C (AOAC 967.21/90) and otherparameters such as hygroscopicity, solubility and color of the product was evaluated. The best drying conditions were defined using a concentration of 27,5% maltodextrin, inlet and outlet temperatures of the air of 138,2°C and 69,6°C with a speed of24908 rpm spraying, obtaining a recovery of vitamin C 15,60 mg/100 g of product (58,15%) and over 80% of the other constituents studied.


Assuntos
Ácido Ascórbico , Mangifera , Soro do Leite , Manipulação de Alimentos
12.
São Paulo; s.n; s.n; 2016. 115 p. tab, graf, ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-846586

RESUMO

As bactérias ácido-láticas (BAL) são micro-organismos que auxiliam nas características organolépticas, funcionais e de bioconservação de produtos fermentados. A utilização do soro de leite como meio de cultivo natural enaltece o conceito da produção de biomoléculas de alto valor agregado, como bacteriocinas, já que é um subproduto gerado por indústrias de laticínios e considerado um agente poluidor. A inulina é um ingrediente prebiótico que promove seletivamente o crescimento de culturas probióticas. Nesse âmbito, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da composição da cultura de Lactococcus lactis (LL) em cocultura com Streptococcus thermophilus (ST) e da suplementação da base de soro de leite com inulina: (i) nos parâmetros cinéticos de acidificacão, (ii) no crescimento celular, (iii) na viscosidade do produto e (iv) na atividade antimicrobiana da nisina. A fermentação do soro de leite com Lactococcus lactis em cocultura com Streptococcus thermophilus proporcionou a maior taxa de acidificação (Vmax=7,93x10-3 upH/min), assim como apresentou o menor tempo para atingir a velocidade máxima de acidificação (Tvmax=1,13 h). A adição de 2% de inulina ao soro de leite fermentado pela cocultura binária fez com que o tempo para completar o cultivo fosse o mais curto (TpH4,5=4,43 h) quando comparado aos demais ensaios. Quanto ao crescimento celular, pode-se observar que a inulina não afetou significativamente a contagem microbiológica, quando as cepas ST e LL foram utilizadas separadamente no processo fermentativo. Em particular, a adição de 4% de inulina reduziu em 1,2 LogUFC/mL e 0,92 LogUFC/mL a contagem de ST e LL (em monocultura), respectivamente. Por outro lado, em coculturas binárias (ST-LL), percebeu-se ganho na contagem microbiológica nos ensaios que receberam suplementação do ingrediente prebiótico, ou seja, quando adicionados 2% e 4% de inulina, houve aumento de 1 LogUFC/mL e de 1,34 LogUFC/mL na contagem de ST, respectivamente. No caso da cepa LL em cocultura com ST, a suplementação de 2% e 4% do prebiótico aumentou em 0,31 LogUFC/mL e 0,75 LogUFC/mL, respectivamente. A concentração de ácido lático também foi mais elevada nos cultivos realizados com a cocultura binária, sendo 4,56 g/L (na ausência de inulina), 5,28 g/L (com adição de 2% de inulina) e 5,71 g/L (com suplementação de 4% de inulina). A viscosidade foi influenciada tanto pela adição de inulina como pelo efeito sinérgico da cocultura, sendo que o maior valor (7,38 mPas) foi obtido pela cocultura ST-LL e pela adição de 4% do ingrediente prebiótico. Quanto à produção de nisina, observou-se que, no cultivo em cocultura (ST-LL), a concentração de 2% de inulina aumentou em 102% a atividade antimicrobiana quando comparada com a cultura pura LL. Vale ressaltar que ambas as cepas satisfizeram os requisitos tecnológicos relativos à produção de laticínios funcionais


Lactic acid bacteria (LAB) are microorganisms that help in the organoleptic and functional characteristics and in the biopreservation of fermented products. The use of milk whey as a culture medium extols the concept of the production of high value-added biomolecules, such as bacteriocins, since it is a by-product generated by the dairy industry and considered a pollutant. Inulin is a prebiotic ingredient that promotes selectively the growth of probiotic cultures. In this context, the aim of this study was to evaluate the effect of culture composition Lactococcus lactis (LL) in co-culture with Streptococcus thermophilus (ST) and the supplementation of milk whey with inulin on: (i) the acidification kinetic parameters, (ii) the cell growth, (iii) the product viscosity, and (iv) the antimicrobial activity of nisin. The fermentation of milk whey by Lactococcus lactis in coculture with Streptococcus thermophilus provided the highest acidification rate (Vmax = 7.93x10-3 upH/min) and the shortest time to reach the maximum acidification rate ( TVmax = 1.13 h). The addition of 2% inulin in the binary coculture binary led to the shorter time to complete the fermentation (TpH4,5 = 4.43) compared to the other tests. With regard to cell growth, it can be observed that the addition of inulin did not affect the microbiological count of pure cultures of ST and LL strains in the fermentation process. In particular, the addition of 4% inulin reduced by 1.2 Log CFU/mL and 0.92 Log CFU/mL the counts of ST and LL (monoculture), respectively. In the other hand, the binary co-cultures cultivations (ST-LL) with the addition of 2% and 4% inulin increased by 1 LogCFU/mL and 1.34 Log CFU/mL in the case of the ST counts and 0.31 log CFU/mL and 0.75 log CFU/mL the counts of LL, respectively. Lactic acid concentration was higher in cultivations carried out by binary cocultures, thus being 4.56 g/L (in the absence of inulin), 5.28 g/L (with addition of 2% inulin) and 5.71g/L (supplemented with 4% inulin). The viscosity was influenced by the addition of prebiotic ingredient and by the synergistic effect of binary coculture, being the highest value (7.38 mPas) obtained by the addition of 4% inulin. Finally, as regards the production of nisin noted that in the binary coculture cultivations (ST-LL), the concentration of 2% inulin increased at 102% the antimicrobial activity when compared to the pure culture LL. It is worth mentioning that both strains met the technological requirements as regards the production of functional dairy products


Assuntos
Acidificação , Bactérias , Crescimento Celular , Cinética , Nisina , Soro do Leite/estatística & dados numéricos , Fermentação , Lactococcus lactis , Streptococcus thermophilus/crescimento & desenvolvimento
13.
Pesqui. vet. bras ; 35(supl.1): 27-32, dez. 2015. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: lil-789004

RESUMO

O perfil metabólico é utilizado como monitoramento rotineiro para o diagnóstico de transtornos metabólicos, deficiências nutricionais e como preventivo de transtornos subclínicos, além da pesquisa de problemas de saúde e de desempenho de um rebanho. Neste contexto, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a influência de diferentes dietas líquidas contendo soro de queijo e colostro sobre os perfis dos metabólitos séricos de bezerros durante a fase de aleitamento. Foram utilizados 24 bezerros mestiços provenientes de rebanhos leiteiros da região, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos e oito repetições: LI = Leite integral (controle); LS = 50% Leite integral + 50% de Soro de queijo in natura; SC = 70% de Soro de queijo in natura + 30% Colostro. Semanalmente foram coletadas amostras de sangue por punção jugular externa, no período da manhã, antes do fornecimento da dieta líquida e duas horas após a ingestão desta. As concentrações dos parâmetros séricos avaliados diferiram entre os tratamentos, porém sem comprometer o desempenho dos animais. Desse modo, a utilização de soro de queijo associado ao colostro apresenta-se como forma viável de redução de custos com aleitamento de bezerros, visto que possíveis déficits causados pelas diferenças nutricionais das dietas líquidas são supridos pelos alimentos sólidos, não afetando os perfis dos metabólitos séricos relacionados ao status protéico e energético.(AU)


Metabolic profile is used as routine monitoring for the diagnosis of metabolic disorders, nutritional deficiencies, and as a preventive of subclinical disorders, in addition to research health issues and performance of a herd. In this context, the aim of this study was to evaluate the influence of different liquid diets containing whey cheese and colostrum on the serum biochemistry profile of calves. Twenty-four crossbred calves from dairy herds in the region, distributed in a completely randomized design with three treatments and eight replicates: LI = Whole milk (control); LS = 50% Whole milk + 50% cheese whey in nature; SC = 70% of cheese whey in natura + 30% Colostrum. Weekly blood samples by jugular puncture were collected in the morning, before the supply of liquid diet and two hours after eating this. The serum concentrations of the evaluated parameters differ between treatments, but without compromising animal performance. Thus, the use of whey associated with colostrum presents itself as a viable cost reduction with feeding calves, since possible nutritional deficits caused by differences in liquid diets are supplied by solid food form, not affecting the profiles of the metabolites related to serum protein and energy status.(AU)


Assuntos
Animais , Recém-Nascido , Lactente , Bovinos , Colostro , Substitutos do Leite/administração & dosagem , Soro do Leite , Animais Lactentes/metabolismo , Animais Lactentes/sangue
16.
Pesqui. vet. bras ; 34(supl.1): 79-86, dez. 2014. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: lil-778356

RESUMO

Para avaliar o perfil bioquímico, inclusive proteínas, do soro lácteo de búfalas Murrah primíparas e pluríparas sadias foram analisadas amostras de leite de 30 fêmeas bubalinas durante uma lactação completa. Os animais foram distribuídos em três grupos: G1 - 10 búfalas primíparas, G2 - 10 búfalas pluríparas com duas a três lactações e G3 - 10 búfalas pluríparas com mais de três lactações. O período de lactação foi dividido em: fase inicial (I: primeiro ao terceiro mês de lactação), fase intermediária (T: quarto ao sexto mês de lactação) e fase final (F: sétimo ao nono mês de lactação). Antes da colheita das amostras de leite foram realizados o exame físico da glândula mamária, o teste da caneca de fundo escuro e o California Mastitis Test (CMT). Após a assepsia dos quartos mamários, foram colhidas mensalmente, durante uma lactação completa, amostras de 20mL de leite de cada quarto mamário, em frascos plásticos esterilizados e sem conservante, para a realização do isolamento microbiológico, determinação do perfil bioquímico e fracionamento proteico por meio de eletroforese em gel de poliacrilamida contendo dodecil sulfato de sódio (SDS-PAGE), e amostras de 30mL de leite de cada quarto mamário, em frascos plásticos esterilizados contendo conservante bronopol, para contagem de células somáticas (CCS). Das 1.042 amostras de leite colhidas dos três grupos experimentais durante a lactação, 923 amostras de leite apresentaram reação negativa ao CMT e isolamento microbiológico negativo e foram selecionadas para as análises do perfil bioquímico e fracionamento proteico em SDS-PAGE. Notou-se influência da ordem de parto e da fase da lactação no perfil bioquímico e no proteinograma do soro lácteo de búfalas da raça Murrah sadias. As búfalas primíparas (G1) apresentaram maior atividade das enzimas gamaglutamiltransferase (GGT: 2.346U/L) e fosfatase alcalina (ALP: 181U/L) e maiores concentrações de fósforo (P: 56,6mg/dL), potássio (K: 32,0mg/dL) e α-lactoalbumina (458mg/dL). As fêmeas com duas a três lactações (G2) apresentaram maior CCS (70.700 células/mL) e maiores concentrações de proteína total (1,55g/dL), albumina (100mg/dL), magnésio (Mg: 8,80mg/dL), cloretos (Cl: 176mg/dL), ferro (Fe: 10,7µg/dL), sódio (Na: 178mMol/L) e lactoferrina (59,5mg/dL). As fêmeas com mais de três lactações (G3) apresentaram maiores concentrações de cálcio total (Ca: 41,8mg/dL), cálcio ionizado (Cai: 2,92mMol/L), imunoglobulina A (IgA: 1,32mg/dL), albumina sérica (99,1mg/dL), imunoglobulina G (IgG: 49,7mg/dL) e b-lactoglobulina (1.068mg/dL). Durante a lactação foi observado aumento da CCS, aumento das atividades das enzimas GGT e ALP, aumento das concentrações de proteína total, albumina, P, Mg, Cl, Na, lactoferrina, albumina sérica, IgG, α-lactoalbumina e redução das concentrações de Ca, Fe, Cai, K, IgA e b-lactoglobulina no soro lácteo das búfalas. Os resultados obtidos podem ser utilizados como referências para a espécie bubalina e auxiliar no diagnóstico e no prognóstico de doenças de ocorrência comum na fase de lactação.(AU)


To evaluate the biochemical profile and protein concentration of whey from milk samples of healthy Murrah primiparous and pluriparous buffaloes, 30 female buffaloes were analyzed during a complete lactation. The animals were divided into three groups: G1 = 10 primiparous buffaloes, G2 = 10 pluriparous buffaloes with 2-3 lactations and G3 = 10 pluriparous buffaloes with >3 lactations. The lactation period was divided into: early stage (I: 1-3 months of lactation), intermediate stage (T: 4-6 months of lactation) and final stage (F: 7-9 months of lactation). Before milk sampling, physical examination of the mammary gland, strip cup test and California Mastitis Test (CMT) were performed. After mammary quarters asepsis, 20mL of milk were collected monthly from each mammary quarter, during a complete lactation, in sterilized plastic bottles without preservative, in order to perform microbiological isolation, biochemical profile and protein electrophoresis in sodium dodecyl sulfate polyacrylamide gel electrophoresis (SDS-PAGE), and 30mL of milk from each mammary quarter were collect, in sterilized plastic bottles containing preservative bronopol to perform the somatic cell count (SCC). A total of 1,042 milk samples were collected from the experimental groups during lactation, of which 923 samples showed negative reaction to CMT and negative microbiological isolation and were selected to biochemical profile analysis and protein electrophoresis in SDS-PAGE. There were influence of parity order and stage of lactation in biochemical profile and protein concentration of healthy Murrah buffaloes' whey. Primiparous buffaloes (G1) showed higher gamma-glutamyltransferase (GGT: 2,346 U/L), alkaline phosphatase (ALP: 181 U/L), phosphorus (P; 56.6mg/dL), potassium (K; 32.0mg/dL) and α-lactalbumin (458mg/dL). Buffaloes with 2-3 lactations (G2) showed higher SCC (70,700 cells/mL) and higher concentrations of total protein (1.55g/dL), albumin (100mg/dL), magnesium (Mg; 8.80mg/dL), chlorides (Cl; 176mg/dL), iron (Fe; 10.7µg/dL), sodium (Na; 178mMol/L) and lactoferrin (59.5mg/dL). Bufalloes with >3 lactations (G3) showed higher concentrations of total calcium (Ca; 41.8mg/dL), ionized calcium (iCa; 2.92mMol/L), immunoglobulin A (IgA; 1.32mg/dL), serum albumin (99.1mg/dL), immunoglobulin G (IgG; 49.7mg/dL) and ß-lactoglobulin (1,068mg/dL). During lactation it was observed increase in SCC, GGT, ALP, total protein, albumin, P, Mg, Cl, Na, lactoferrin, serum albumin, IgG and α-lactalbumin, as well as decrease in concentrations of Ca, Fe, iCa, K, IgA and ß-lactoglobulin in buffaloes' whey. The results may be used as reference for buffaloes and to support diagnosis and prognosis of diseases common to lactation periods.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Lactação/sangue , Búfalos , Proteínas Sanguíneas/análise , Soro do Leite
17.
Rev. chil. nutr ; 40(4): 397-403, dic. 2013. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-703279

RESUMO

The whey is defined as a dairy product obtained during the manufacturing of cheese. It is not a substitute for cow's milk because it is a fraction of it. However, the whey contains nutrients and compounds with potential nutritional and functional benefits. Approximately 90% of calcium from milk is present in whey. Some scientific evidence suggests that calcium from whey is more bioavailable, even overpassing the mineral salts that are used for food fortification or nutritional supplements. The enhanced bioavailability is associated with the nutrients present within, especially proteins and lactose. It has also been shown that the technology used for the processing of whey can involve greater or lesser concentration and bioavailability of calcium. Human Investigations are needed to confirm these hypotheses.


El lactosuero o suero de leche se define como un subproducto lácteo obtenido durante la fabricación del queso que aunque no constituye un sustituto integral de la leche de vaca por ser una fracción de la misma, contiene nutrientes y compuestos con potenciales beneficios nutricionales y funcionales. El calcio es uno de los nutrientes que puede estar en cantidades considerables, alcanzando hasta el 90% de la concentración inicial del mineral en la leche. Existe evidencia que el calcio del suero lácteo es de mayor biodisponibilidad, incluso superando a las sales minerales que se utilizan para fortificación de alimentos o como suplementos nutricionales. La mayor biodisponibilidad se asocia con el contenido de nutrientes presente en el mismo, especialmente proteínas y lactosa. También se ha demostrado que la tecnología utilizada para el procesamiento del suero puede implicar mayor o menor concentración y biodisponibilidad de calcio en suero. Se requieren investigaciones en humanos para confirmar estas hipótesis.


Assuntos
Disponibilidade Biológica , Ultrafiltração , Proteínas , Cálcio , Soro do Leite , Lactose
18.
Bol. Centro Pesqui. Process. Aliment ; 31(01): 39-50, jan. 2013.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-915771

RESUMO

Visando melhor aproveitamento do soro de queijo estudou-se a influência da proporção de soro e da concentração de hidrocoloide nos teores de lactose, ácido lático e tempo de fermentação de bebidas lácteas. Utilizou-se planejamento composto central rotacional com 3 pontos centrais, totalizando 11 experimentos. Empregaram-se as proporções soro/leite de 51, 55, 65, 75 e 79%, e as concentrações de hidrocoloide de 0,03; 0,04; 0,07; 0,10 e 0,11%. Os resultados foram tratados por análise de variância ao nível de significância de 5%. A proporção de soro influenciou significativamente (p<0,05) as variáveis resposta tempo de fermentação, lactose, sólidos totais e acidez titulável, porém não houve influência significativa (p<0,05) para a concentração de hidrocoloide. Menores tempos de fermentação foram atingidos quando se utilizou até 65% de soro. Os maiores teores de lactose foram obtidos nos experimentos com maior proporção de soro, enquanto que as bebidas com menor proporção de soro apresentaram maior teor de sólidos totais e acidez titulável.


Assuntos
Produtos Fermentados do Leite , Soro do Leite , Laticínios , Lactose
19.
Braz. j. pharm. sci ; 48(4): 747-757, Oct.-Dec. 2012. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-665872

RESUMO

The aim of this study was to prepare enzymatic hydrolysates from whey protein concentrate with a nutritionally adequate peptide profile and the ability to inhibit angiotensin-converting enzyme (ACE) activity. The effects of the type of enzyme used (pancreatin or papain), the enzyme:substrate ratio (E:S ratio=0.5:100, 1:100, 2:100 and 3:100) and the use of ultrafiltration (UF) were investigated. The fractionation of peptides was performed by size-exclusion-HPLC, and the quantification of the components of the chromatographic fractions was carried out by a rapid Corrected Fraction Area method. The ACE inhibitory activity (ACE-IA) was determined by Reverse Phase-HPLC. All parameters tested affected both the peptide profile and the ACE-IA. The best peptide profile was achieved for the hydrolysates obtained with papain, whereas pancreatin was more advantageous in terms of ACE-IA. The beneficial effect of using a lower E:S ratio on the peptide profile and ACE-IA was observed for both enzymes depending on the conditions used to prepare the hydrolysates. The beneficial effect of not using UF on the peptide profile was observed in some cases for pancreatin and papain. However, the absence of UF yielded greater ACE-IA only when using papain.


O objetivo deste estudo foi preparar hidrolisados enzimáticos do concentrado proteico do soro de leite com perfil peptídico nutricionalmente adequado e com capacidade para inibir a atividade da enzima conversora da angiotensina (ECA). Os efeitos do tipo de enzima usado (pancreatina ou papaína), da relação enzima:substrato (E:S=0,5:100, 1:100, 2:100 e 3:100) e do uso da ultrafiltração (UF) foram investigados. O fracionamento dos peptídeos foi feito por CLAE de exclusão molecular e a quantificação dos componentes das frações cromatográficas foi realizada pelo método da Área Corrigida da Fração. A atividade inibitória da ECA (AI-ECA) foi determinada por CLAE de fase reversa. Todos os parâmetros testados afetaram tanto o perfil peptídico quanto a AI-ECA. O melhor perfil peptídico foi atingido para os hidrolisados obtidos com papaína, enquanto a pancreatina foi mais vantajosa em termos da AI-ECA. O efeito benéfico do uso de menor relação E:S sobre o perfil peptídico e a AI-ECA foi observado para ambas as enzimas dependendo das condições usadas para o preparo dos hidrolisados. O efeito benéfico da ausência da UF sobre o perfil peptídico foi observado em alguns casos para pancreatina e papaína. No entanto, a ausência da UF produziu maior AI-ECA somente quando a papaína foi usada.


Assuntos
Peptidil Dipeptidase A/farmacologia , Hidrolisados de Proteína/análise , Hidrolisados de Proteína/farmacocinética , Soro do Leite/estatística & dados numéricos , Cromatografia Líquida de Alta Pressão , Ultrafiltração/estatística & dados numéricos
20.
NOVA publ. cient ; 10(18): 157-163, jul.-dic. 2012. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS, COLNAL | ID: lil-729481

RESUMO

Mediante un diseño experimental 2k combinado con un diseño compuesto central y un análisis de superficie de respuesta se optimizo la producción de ácido láctico (AL) a partir de suero de leche de caprino (SLC) como sustrato principal y se determinó la combinación de los efectos de la concentración de tres nutrimentos: riboflavina, extracto de levadura y sulfato de amonio. Según el experimento realizado (confiabilidad; 95%) existe evidencia que tanto la temperatura y la concentración del complemento como la interacción de ambos inciden en la producción de ácido láctico (AL), que se obtiene al fermentar suero de leche de caprino. Las mayores producciones de ácido lactico-23,68 g/litro y crecimiento bacteriano se obtuvieron con mayores concentraciones de los nutrimentos a una temperatura de 42oC.


In the study the production of lactic acid from whey goats as main substrate (SLC) was optimized, following 2k experimental design combined with a central composite design and response surface analysis. It was also determined the combined effects of the concentration of three nutrient level (Riboflavin, yeast extract, ammonium sulfate): X1 and temperature (0C): X2 in lactic acid concentration. According with the results there is enough statistical evidence (95% confidence) that showed that the temperature and the concentration of complement and their interaction influence the production of lactic acid obtained by fermenting goat whey. The greatest lactic acid production (23, 68 g / liter) and bacterial growth were gotten with higher concentrations of nutrients and temperature of 42°C.


Assuntos
Humanos , Ácido Láctico , Indústria de Laticínios , Lactobacillus helveticus , Soro do Leite
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA