Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 417
Filtrar
1.
São Paulo; s.n; s.n; 2019. 88 p. graf.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1015357

RESUMO

O câncer cervical é um dos tipos de câncer mais comuns entre as mulheres, e a infecção persistente pelos HPV-16 e HPV-18 é responsável por 70% dos casos. As vacinas profiláticas disponíveis possuem alta eficácia na prevenção da infecção pelos tipos mais prevalentes de HPV. No entanto, este tipo de abordagem não beneficia mulheres que já apresentam lesões precursoras ou tumores cervicais avançados, e a busca por abordagens terapêuticas para esse tipo de câncer é considerada uma necessidade. A qualidade do antígeno representa um aspecto fundamental para o sucesso de vacinas terapêuticas baseadas em proteínas recombinantes. Neste sentido, os sistemas de expressão em células eucarióticas, como leveduras e células de mamíferos são considerados adequados para a produção de proteínas com aplicação biotecnológica. O objetivo principal deste trabalho contemplou a expressão das proteínas de fusão gDE7E6 do HPV-16 e do HPV-18 e a oncoproteína E7 do HPV-16 em células da levedura Pichia pastoris e expressão da gDE7E6 do HPV-16 e do HPV-18 em células de mamífero HEK293T e CHODG-44 para obtenção de antígenos purificados com futura aplicação em vacinas terapêuticas contra tumores associados ao HPV-16 e HPV-18. Os genes que codificam as proteínas gDE7E6 dos HPV-16 e HPV-18 e da E7 do HPV-16 foram clonados no vetor pPIC9K, os quais foram linearizados por digestão enzimática e utilizados na transformação da P. pastoris. A expressão das proteínas foi analisada nos tempos de 24, 48, 72 e 96 horas, no entanto, não foi observada a produção das proteínas no sobrenadante e nem no lisado celular. Diante desta constatação, iniciamos a expressão das proteínas gDE7E6 do HPV-16 e gDE7E6 do HPV-18 em células de mamíferos HEK293T e CHODG-44. As sequências genéticas das proteínas gDE7E6 do HPV-16 e do HPV-18 foram clonadas no vetor de expressão pNU1 e analisadas por digestão enzimática. Análises de SDS-PAGE e western blot demonstraram a expressão das proteínas gDE7E6 do HPV-16 e do HPV-18 em até 96 horas em células HEK293T. Em paralelo, realizamos a transfecção estável dos plasmídeos contendo as sequencias da gDE7E6 do HPV-16 e gDE7E6 do HPV-18 em células CHO-DG44. Com o intuito de aumentar a expressão das proteínas de interesse na população mista de CHODG-44, realizamos amplificação genômica com metotrexato (MTX), sendo possível observar aumento da expressão das proteínas, conforme aumento gradativo nas concentrações de MTX. Posteriormente, foram feitas tentativas para isolar um clone produtor das proteínas gDE7E6 HPV-16 e HPV-18, através de clonagem por diluição limitante e sistema automatizado, sendo possível isolar um clone para cada construção através de matriz semisólida, confirmado por western blot e citometria de fluxo. Apesar de demonstrar a expressão das proteínas de interesse em sistema de expressão baseado em células de mamífero, o rendimento obtido após a purificação por afinidade ao níquel foi extremamente baixo, o que dificulta a obtenção dos antígenos para fins vacinais


Cervical cancer is one of the most common cancers among women, and persistent infection with HPV-16 and HPV-18 accounts for 70% of the cases. Available prophylactic vaccines are highly effective in preventing infection by the most prevalent types of HPV. However, this type of approach does not benefit women who already have precursor lesions or advanced cervical tumors, and the search for therapeutic approaches to this type of cancer is considered a necessity. Antigen quality represents a key aspect for the success of therapeutic vaccines based on recombinant proteins. In this sense, expression systems based in eukaryotic cells such as yeast and mammalian cells are considered suitable for the production of proteins with biotechnological applications. The main objective of this work was to express the gDE7E6 fusion proteins HPV-16 and HPV-18 and the E7 oncoprotein HPV-16 in Pichia pastoris and expression of gDE7E6 HPV-16 and HPV-18 in mammalian cells HEK293T and CHODG-44 to obtain purified antigens with future applications in therapeutic vaccines against HPV-16 and HPV-18 associated tumors. The genes encoding the gDE7E6 proteins HPV-16 and HPV-18 and E7 HPV-16 were cloned into the pPIC9K vector, which were linearized by enzymatic digestion and used in the transformation of P. pastoris. Expression of the proteins was analyzed at 24, 48, 72 and 96 hours, however, the production of the proteins in the supernatant and in the cell lysate was not observed. In light of this finding, we initiated the expression of gDE7E6 proteins HPV-16 and HPV-18 in mammalian cells HEK293T and CHODG-44. The genetic sequences of gDE7E6 proteins HPV-16 and HPV-18 were cloned into the pNU1 expression vector and analyzed by enzymatic digestion. SDSPAGE and western blot analyzes demonstrated expression of gDE7E6 proteins HPV-16 and HPV-18 within 96 hours in HEK293T cells. In parallel, we performed stable transfection of plasmids containing gDE7E6 HPV-16 and HPV-18 sequences into CHODG44 cells. In order to increase the expression of the proteins in the mixed population of CHODG-44, we performed genomic amplification with methotrexate (MTX), and it was possible to observe an increase in protein expression, as a gradual increase in MTX concentrations. Therefore, attempts were made to isolate a clone producing gDE7E6 proteins HPV-16 and HPV-18 by limiting dilution and automated system, being possible to isolate one clone for each construct through a semisolid matrix, confirmed by western blot and flow cytometry. Despite observing protein expression in mammalian cell-based expression system, the yield obtained after nickel affinity purification was extremely low, which makes it difficult to obtain the antigens for vaccine purposes


Assuntos
Proteínas Oncogênicas/classificação , Papillomavirus Humano 16 , Papillomavirus Humano 18 , Pichia , Neoplasias do Colo do Útero/fisiopatologia , Herpesvirus Humano 1 , Eucariotos , Antígenos/análise
2.
São Paulo; s.n; s.n; 2018. 160 p. tab, ilus, graf.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-909532

RESUMO

Relógios endógenos controlam grande parte de processos biológicos através de osciladores bioquímicos que coordenam a sinalização de pistas ambientais até vias metabólicas, permitindo a percepção do tempo e adaptação a mudanças rítmicas. Comportamentos cíclicos diários foram primordialmente descritos em plantas e, mais recentemente, têm fornecido informações valiosas sobre os ciclos de retroalimentação da transcrição e tradução de genes que controlam estes osciladores. O florescimento é um exemplo bem conhecido da importância da percepção do comprimento do dia através do relógio, processo intimamente regulado por fotorreceptores e pelos genes centrais e periféricos do relógio biológico. Em organismos multicelulares há uma combinação específica de genes mais expressa em cada tecido, podendo ter funções, fases e períodos diferentes, o que aumenta a complexidade desse mecanismo. Devido a isso, tem-se buscado modelos alternativos mais simples dentro dos eucariotos fotossintetizantes relacionados às plantas terrestres. Modelos simplificados facilitam, por exemplo, a avaliação da combinação de fatores que induzem o estresse e como o relógio biológico se altera, permitindo a antecipação de mudanças ambientais e sincronização da fisiologia com o meio ambiente. Neste trabalho, verificou-se como o relógio circadiano se ajusta ao estresse em 3 diferentes modelos: Gracilaria tenuistipitata (Rhodophyta), Ostreococcus tauri (Chlorophyta) e Saccharum sp (Embryophyta). Para isso, estabeleceu-se em G. tenuistipitata métodos para avaliação de crescimento e da fluorescência da clorofila de modo automático, comprovando da existência de ritmos circadianos. Além disso, após padronização de genes de referência para normalização das RT-qPCRs, o gene TRX ficou superexpresso durante a primeira hora após o déficit hídrico. Já em O. tauri, onde os genes centrais do relógio são conhecidos, mudanças na expressão de LOV-HK e TOC1 estão relacionadas com maior crescimento em baixa e alta temperatura, respectivamente. Uma combinação específica de luz, temperatura e salinidade pode ser um importante indutor de eflorescências que reflete mudanças transcricionais no oscilador central, o que pode ser comparado às florescências de plantas terrestres. Já em Saccharum sp tolerante à seca, ritmos de fotossíntese e de expressão de CCA1 sofrem mudanças de fase em suas oscilações e transcritos de HVA-22 e DRP são significativamente mais expressos sob dessecação. Em suma, o estresse em Saccharum sp reseta o relógio, aumentando o período de oscilação da fotossíntese. Em O. tauri induz maior crescimento, mantendo as características do relógio. Não foi possível avaliar o efeito do estresse no relógio de G. tenuistipitata, mas ferramentas foram desenvolvidas visando este objetivo. Estudos de respostas do relógio podem fornecer informações valiosas para o entendimento da reprodução e crescimento de organismos com elevado potencial de aplicações biotecnológicas


Endogenous clocks control a large range of biological processes through biochemical oscillators that coordinate the signaling of environmental cues to metabolic pathways, allowing the perception of time and adjust to rhythmic changes. Cyclical daily behaviors were first noticed in plants and, more recently, revealed information about the transcriptional-translational feedback loops of genes that control these oscillators. Flowering is a well-known process where the perception of day length by the clock is intimately regulated by photoreceptors and by the central and peripheric genes of the biological clock. Multicellular organisms have a tissue-specific combination of expressed clock genes that may have different phase and period, increasing the complexity of this mechanism. Due to this reason, alternative models have been proposed for land plants-related photosynthetic eukaryotes. New models can simplify, for example, which combination of factors induce stress and how the biological clock is altered, allowing the anticipation of environmental changes and synchronization of physiology and environmental factors. This work aimed to verify how the biological clock adjusts to different kinds of stresses in 3 species: Gracilaria tenuistipitata (Rhodophyta), Ostreococcus tauri (Chlorophyta) and Saccharum sp (Embryophyta). Automated measurement techniques for growth rate and photosynthesis were stablished for the red alga. This alga also showed, after establishment of reference genes for RT-qPCRs normalization, an overexpression of TRX during the first hour under water deficit. In O. tauri, where the central clock genes are known, changes in LOV-HK and TOC1 gene expression are related to a higher growth rate under low and high temperatures, respectively. Besides, a specific combination of light, temperature and salinity can be an important trigger of seasonal blooms that causes important transcriptional changes at the central oscillator, what is similar to land plants. In Saccharum sp tolerant to drought, photosynthesis rhythms and CCA1 expression change their phase under simulated water deficit and drought responsive transcripts like HVA-22 and DRP are significantly up-regulated. In short, stress resets the clock in Saccharum sp, increasing the period of photosynthesis oscillation. In O.tauri, it induces a higher growth, keeping clock features. It was not possible to verify clock responses to stress in G.tenuistipitata, but methods to do so were stablished. The biological clock responses to stress can provide invaluable information for the better understanding about the growth and reproduction of organisms with a high biotechnological potential


Assuntos
Relógios Circadianos , Eucariotos/classificação , Estresse Psicológico/patologia , Desidratação/classificação , Diagnóstico por Imagem/métodos , Gracilaria , Fotossíntese , Saccharum
3.
Braz. j. microbiol ; 48(1): 37-42, Jan.-Mar. 2017. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-839338

RESUMO

Abstract Quantification of bacteria being grazed by microzooplankton is gaining importance since they serve as energy subsidies for higher trophic levels which consequently influence fish production. Hence, grazing pressure on viable and non-viable fraction of free and particle-associated bacteria in a tropical estuary controlled mainly by protist grazers was estimated using the seawater dilution technique. In vitro incubations over a period of 42 h showed that at the end of 24 h, growth coefficient (k) of particle-associated bacteria was 9 times higher at 0.546 than that of free forms. Further, ‘k’ value of viable cells on particles was double that of free forms at 0.016 and 0.007, respectively. While bacteria associated with particles were grazed (coefficient of removal (g) = 0.564), the free forms were relatively less grazed indicating that particle-associated bacteria were exposed to grazers in these waters. Among the viable and non-viable forms, ‘g’ of non-viable fraction (particle-associated bacteria = 0.615, Free = 0.0086) was much greater than the viable fraction (particle-associated bacteria = 0.056, Free = 0.068). Thus, grazing on viable cells was relatively low in both the free and attached states. These observations suggest that non-viable forms of particle-associated bacteria were more prone to grazing and were weeded out leaving the viable cells to replenish the bacterial standing stock. Particle colonization could thus be a temporary refuge for the “persistent variants” where the viable fraction multiply and release their progeny.


Assuntos
Bactérias , Ecossistema , Microbiologia Ambiental , Eucariotos , Água do Mar/microbiologia , Microbiologia da Água , Biodiversidade
4.
Mem. Inst. Invest. Cienc. Salud (Impr.) ; 14(3): 24-33, dic. 2016. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-869107

RESUMO

La leishmaniasis es una enfermedad producida por protozoarios parásitos del género Leishmania. Estos parásitos infectan a hospedadores mamíferos, entre los cuales los perros han sido implicados como reservorios del parásito. Este trabajo planteó estandarizar la técnica de la PCR-RFLP luego de la amplificación de la región ITS1 de Leishmania spp, como herramienta útil para la detección y caracterización molecular. Se utilizaron promastigotes de cultivo y muestras de biopsias procedentes de perros con leishmaniasis visceral previamente diagnosticados en el Centro Antirrábico Nacional. La región ITS1 del ADN genómico nuclear de Leishmania spp. fue amplificada utilizando los cebadores LITSR y L5,8S. La técnica ITS1 PCR-RFLP aplicada, permitió la detección de Leishmania (L) infantum en 10/10 aislados de parásitos mantenidos en medio NNN, en 10/18 muestras de bazo y 10/18 muestras de ganglio linfático poplíteo. Las condiciones óptimas de reacción fueron 0,2 mM de dNTPs, 0,1 pmol de cada cebador y 1U de Taq polimerasa. La sensibilidad de la PCR fue de 3 ng/µL de ADN en aislados de cultivo NNN y 60 ng/µL de ADN en muestras de biopsias, mientras que la especificidad fue de 100% para la detección de Leishmania sp. La enzima de restricción Hae III, determinó fragmentos de 184, 72 y 55 pb., que resultaron específicos para la especie Leishmania (L.) infantum. El marcador utilizado resultó confiable para la detección y caracterización de Leishmania sp. en perros procedentes de zonas endémicas, lo cual podría ser útil para verificar las especies de parásitos circulantes entre los perros.


Leishmaniasis is a disease caused by protozoan parasites of the genus Leishmania. The separasites infect to mammalian hosts, including canines that have been implicated as reservoirs of the parasite. The aim of this research was to standardize the technique of PCR RFLP after amplification of the ITS1 region of Leishmania (Leishmania) infantum, as a useful tool for detection and molecular characterization. Promastigotes from culture and biopsies from dogs with visceral Leishmaniasis previously diagnosed by the Centro Antirrábico Nacional. The ITS1 region of the genomic DNA of Leishmania sp. was amplified using LITSR and L5,8S primers. The technique ITS1 PCR-RFLP applied, allowed the detection of Leishmania (L.) infantum in 10/10 of the isolates from parasites maintained in NNN culture medium, in 10/18 samples from spleen and 10/18 samples from popliteal lymph node. Optimal reaction conditions were 0.2 mM dNTPs, 0.1 pmol of each primer and 1U of Taq polymerase. The sensitivity of PCR was 3 ng/µL DNA in isolates of parasites from NNNculture medium and 60 ng/µL DNA in biopsy samples while the specificity was 100% for the detection of DNA of Leishmania sp. The restriction enzyme Hae III determined fragments of184, 72 and 55 bp., which were specific to Leishmania (L.) infantum. The marker used isreliable for the detection and characterization of Leishmania sp. in dogs from endemic areas, which could be useful to verify the species of parasites circulating among animals.


Assuntos
Animais , Eucariotos , Reação em Cadeia da Polimerase , Cães
5.
Braz. j. biol ; 74(3): 529-537, 8/2014. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-723882

RESUMO

Six blooms of Heterosigma akashiwo (Raphidophyceae) were observed from March 2007 through March 2008 in the Rodrigo de Freitas Lagoon, a semi-confined eutrophic system located in Rio de Janeiro state, southeast Brazil. Vegetative cells of H. akashiwo analysed by optical and electron microscopy showed morphology as described in the literature. The blooms (2.8 × 104 to 4 × 108 cell.L–1) were restricted to the middle section of the Piraquê Channel, which is situated in the northeastern part of the lagoon and receives freshwater inflow. The salinity of subsurface water and the channel depth showed significant negative correlations with H. akashiwo abundances, and appeared to restrict the blooms to this compartment of the lagoon. No fish mortality was associated with the H. akashiwo blooms, nor were brevetoxins detected in a cell extract obtained from the bloom observed on 19 March 2007.


Seis florações de Heterosigma akashiwo (Raphidophyceae) foram observadas em março de 2007 a março de 2008 na Lagoa Rodrigo de Freitas, um sistema semi-confinado eutrófico localizado no Rio de Janeiro (Sudeste do Brasil). As células vegetativas de H. akashiwo analisadas por microscopia óptica e eletrônica mostraram morfologia como descrito em literatura. As florações (2.8 × 104 a 4 × 108 cel.L–1) foram restritas à zona intermédia do canal Piraquê, que se situa na parte nordeste da lagoa e recebe aporte de água doce. A salinidade da sub-superfície da água e a profundidade do canal apresentaram correlação negativa significativa com a abundância de H. akashiwo e parecem determinar a formação de florações restritas a este compartimento da lagoa. Não houve mortalidade de peixes durante as florações de H. akashiwo e não foi detectada a presença de brevetoxinas em um extrato celular obtido a partir da floração observada em 19 de março de 2007.


Assuntos
Monitoramento Ambiental , Eucariotos/crescimento & desenvolvimento , Lagos , Brasil , Densidade Demográfica , Estações do Ano
8.
São Paulo; s.n; s.n; 2014. 132 p. tab, graf, ilus.
Tese em Inglês | LILACS | ID: biblio-847139

RESUMO

O colesterol é um importante componente das membranas celulares em eucariotos superiores, desempenhando papéis estruturais e funcionais. O colesterol possui uma insaturação em sua estrutura sendo, portanto, alvo de oxidação mediada por espécies reativas de oxigênio e/ou nitrogênio. A oxidação não enzimática do colesterol gera, como produtos primários, os hidroperóxidos de colesterol. Tais moléculas, por sua vez, são altamente reativas e podem reagir com metais livres e/ou metaloproteínas, trazendo consequências à celula. Neste sentido, o primeiro capítulo deste trabalho tem como objetivo estudar a reação dos hidroperóxidos de colesterol (ChOOH) com o citocromo c (citc), uma heme proteína envolvida no transporte de elétrons na mitocôndria. Análises de espectroscopia no UV-Vis mostraram que o ChOOH promove o bleaching da banda Soret do citc de uma maneira dose-dependente. Mais ainda, esta reação leva à formação de radicais centrados em carbono tanto na proteína como no lipídeo, sugerindo uma redução homolítica do ChOOH. Como consequências, pode-se observar a oligomerização do citc, um processo que pode influenciar no transporte de elétrons bem como na sinalização para a apoptose. A partir da reação do citc com ChOOH podem surgir, direta ou indiretamente, outras espécies reativas, como aldeídos, cetonas e epóxidos. Dentre estas, destacam-se os aldeídos de colesterol, em particular o colesterol secoaldeído (CSec) e o carboxialdeído (ChAld), uma vez que foram encontrados elevados em placas ateroscleróticas e em tecidos cerebrais de pacientes com doenças neurodegenerativas. Tais espécies podem reagir com resíduos de aminoácidos provocando alterações estruturais e funcionais em proteínas. Neste sentido, o segundo capítulo deste trabalho tem como objetivo estudar a reação do ChAld com citc. Usando modelos mimétivos de membrana e espectrometria de massas, foi mostrado que o ChAld modifica covalentemente o citc por um mecanismo consistente com a formação de bases de Schiff. Tal modificação ocorre preferencialmente em resíduos de lisina que interagem com a membrana. Estas modificações influenciam na afinidade do citc pela membrana, aumentando sua aderência, o que pode ter influência no transporte de elétrons e sinalização para a apoptose. No terceiro e último capítulo deste trabalho nós buscamos uma ferramente analítica que permitisse analisar modificação de proteínas promovidas por produtos de oxidação de colesterol e outros esteróis. Em um estudo realizado em colaboração com o grupo do professor Porter na Universidade de Vanderbilt, utilizamos ensaios baseados em click chemistry para buscar proteínas modificadas. Para isso, foram sintetizados derivados de colesterol e 7-deidrocolesterol (7-DHC, precursor imediato do colesterol) contendo um grupo alquinil na sua cadeia lateral. Este grupo pode ser ligado a um grupo azida por meio de uma reação de cicloadição, em um processo conhecido como click chemistry. Após a síntese e caracterização dos derivados lipídicos contendo o grupo alquinil na cadeia lateral, células Neuro2a foram tratadas com o alquinil-7-DHC e o alquinil-colesterol para averiguar seu metabolismo. Análises por HPLC-MS/MS mostraram que ambos derivados contendo o grupo alquinil foram metabolisados e convertdos nos respectivos ésteres. Usando um modelo celular para a doença conhecida como Sindrome de Smith-Lemli-Opitz (SLOS), doença caracterizada pela deficiência na enzima 7-deidrocolesterol redutase, foi mostrado que o acúmulo característico de 7-DHC nos pacientes pode levar a uma maior modificação de proteínas promovidas por seus derivados, o que pode contribuir para o desenvolvimento da doença


Cholesterol is an important component of eukaryotic cellular membranes, where it has an influence in the fluidity and stability. Due to the presence of a double bond in its structure, cholesterol can be oxidized by reactive oxygen and nitrogen species. This non-enzymatic oxidation generates, as primary products, cholesterol hydroperoxides. Such molecules, in turn, are highly reactive and can react with free metal ions and/or metalloproteins, affecting cell metabolism. Therefore, the first chapter of the present study aims to investigate the reaction of cholesterol hydroperoxides (ChOOH) with cytochrome c (cytc), a heme protein involved in the mitochondrial electron transport. Spectroscopic analyses in the UV-Vis region showed that ChOOH induces a dose-dependent bleaching of cytc's Soret band. In addition, this reaction leads to the formation of carbon-centered radicals on both protein and lipid, suggesting a homolytic reduction of ChOOH. As consequences, cytc undergoes oligomerization, a process that can influence electron transport and apoptosis signaling. The reaction of cytc and ChOOH can produce, directly or indirectly, reactive species such as epoxides, aldehydes and ketones. Among them, cholesterol aldehydes, such as cholesterol secoaldehyde (CSec) and cholesterol carboxyaldehyde (ChAld), are of particular interest, since they were previously found elevated in atherosclerotic plaques and brain tissue of patients bearing neurodegenerative diseases. These species can also react with amino acid residues leading to protein denaturation and malfunction. With that in mind, the second chapter of this study aims to investigate the reaction of ChAld and cytc. Using mimetic membrane models and mass spectrometry analyses, we showed that ChAld covalently modifies cytc through a mechanism consistent with the formation of Schiff base adducts. Such modification occurs mostly at lysine residues that are known to interact with the membrane. The modifications have an influence in the affinity of cytc to the membrane, where they increase its binding to the membrane, a process that could affect the electron transport and apoptosis signaling. In the last and third chapter of this study we wanted an analytical tool that allowed the investigation of protein adduction promoted by cholesterol and other sterols-derived oxidation products. In a study performed in collaboration with the Porter group from Vanderbilt University, we used analyses based on click chemistry to search for protein adduction. To address that, we first synthesized derivatives of cholesterol and 7-dehydrocholesterol (7-DHC, the immediate precursor of cholesterol) containing an alkynyl group in the side chain. The alkynyl group can be ligated to an azide group through a cycloaddition reaction, in a process known as click chemistry. After the synthesis and characterization of alkynyl derivatives, Neuro2a cells were treated with alkynyl-7-DHC and alkynyl-cholesterol to check their metabolism. HPLC-MS/MS analyses showed that both alkynyl derivatives are metabolized and converted into their respective esters. In addition, using a cell model for Smith-Lemli-Optiz Syndrome (SLOS), a disease characterized by the deficiency in the dehydrocholesterol reductase 7, we showed that the characteristic accumulation of 7-DHC in SLOS patients might be associated with protein adduction promoted by its oxidation products, which might contribute to the development of the disease


Assuntos
Oxidação Química/análise , Colesterol Oxidase/sangue , Aldeídos/química , Cromatografia Líquida de Alta Pressão/instrumentação , Citocromos c/análise , Eucariotos , Radicais Livres , Peroxidação de Lipídeos , Espectrometria de Massas/métodos , Metaloproteínas , Ácido Peracético/análise , Síndrome de Smith-Lemli-Opitz
9.
Braz. j. biol ; 73(2): 331-346, maio 2013. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-680025

RESUMO

The distribution of periphytic algae communities depends on various factors such as type of substrate, level of disturbance, nutrient availability and light. According to the prediction that impacts of anthropogenic activity provide changes in environmental characteristics, making impacted Palm swamps related to environmental changes such as deforestation and higher loads of nutrients via allochthonous, the hypothesis tested was: impacted Palm swamps have higher richness, density, biomass and biovolume of epiphytic algae. We evaluated the distribution and structure of epiphytic algae communities in 23 Palm swamps of Goiás State under different environmental impacts. The community structure attributes here analyzed were composition, richness, density, biomass and biovolume. This study revealed the importance of the environment on the distribution and structuration of algal communities, relating the higher values of richness, biomass and biovolume with impacted environments. Acidic waters and high concentration of silica were important factors in this study. Altogether 200 taxa were identified, and the zygnemaphycea was the group most representative in richness and biovolume, whereas the diatoms, in density of studied epiphyton. Impacted Palm swamps in agricultural area presented two indicator species, Gomphonema lagenula Kützing and Oedogonium sp, both related to mesotrophic to eutrophic conditions for total nitrogen concentrations of these environments.


A distribuição de comunidades de algas perifíticas depende de vários fatores, como tipo de substrato, nível de distúrbio, disponibilidade de nutrientes e luz. De acordo com a predição de que impactos de ação antrópica proporcionam alterações nas características ambientais – tornando Veredas impactadas relacionadas a alterações ambientais, como desmatamentos e maiores cargas de nutrientes via alóctone –, a hipótese testada foi: Veredas impactadas apresentam maiores riqueza, densidade, biomassa e biovolume de algas epifíticas. Avaliaram-se a distribuição e a estruturação de comunidades de algas epifíticas em 23 Veredas do Estado de Goiás sob diferentes impactos ambientais. Os atributos da estrutura de comunidade avaliados foram composição, riqueza, densidade, biomassa e biovolume. Este estudo revelou a importância das características ambientais na distribuição e na estruturação das comunidades de algas, relacionando os maiores valores de riqueza, biomassa e biovolume dos organismos aos ambientes impactados. Águas ácidas e altas concentrações de sílica foram fatores importantes no estudo. Ao todo, foram identificados 200 táxons, sendo as zignemafíceas o grupo mais representativo em riqueza e biovolume, enquanto as diatomáceas, as mais representativas em densidade do epifíton estudado. Veredas impactadas em área de agropecuária apresentaram duas espécies indicadoras, Gomphonema lagenula e Oedogonium sp., ambas relacionadas com condições mesotróficas a eutróficas, para concentrações de nitrogênio total desses ambientes.


Assuntos
Biodiversidade , Eucariotos/classificação , Áreas Alagadas , Brasil , Dinâmica Populacional
10.
Rev. cuba. hig. epidemiol ; 51(1): 84-96, ene.-abr. 2013.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-671306

RESUMO

Entre las enfermedades relacionadas con el agua según su uso se encuentran las causadas por sustancias químicas y por agentes biológicos. Dentro de estas últimas, las ocasionadas por bacterias y protozoarios patógenos incrementan cada día la lista de enfermedades emergentes y reemergentes. Los métodos de ensayo para la determinación de microorganismos patógenos en el agua no han variado mucho en los últimos años, principalmente para los indicadores bacterianos de contaminación fecal, y por lo general se realizan por métodos convencionales. Sin embargo, existen situaciones, sobre todo en la aparición de brotes de enfermedades, en las que se hace necesario detectar el microorganismo patógeno en agua como posible agente causal, por lo que se ha recomendado el uso de métodos rápidos y confiables. Dentro de estos se encuentran los inmunoensayos, de los cuales los métodos por precipitación y aglutinación, los enzimoinmunoensayos, las técnicas de inmunofluorescencia directa e indirecta y la citometría de flujo son muy útiles en la detección de microorganismos en agua. Mención aparte merece la separación inmunomagnética o inmunocaptura como paso previo a otras técnicas avanzadas. Nos proponemos con este trabajo exponer las ventajas y desventajas de estos métodos, los principios en los cuales se basan y ejemplificar algunos de los más utilizados en microbiología de aguas, así como recalcar su importancia


Diseases related to the use of water may be caused by chemical substances or biological agents. Among the latter, a prominent role is played by pathogenic bacteria and protozoa, which constantly add to the list of emerging and re-emerging diseases. Assay methods to identify pathogenic microorganisms in water have not changed much in recent years, particularly with respect to bacterial indicators of fecal contamination, and tests are usually conducted by conventional methods. However, in certain situations, especially when a disease outbreak occurs, it is necessary to determine what pathogenic microorganism is the possible causal agent, and quick, reliable methods have been recommended to achieve this aim. These include immunoassays, among which precipitation and agglutination methods, enzyme immunoassays, direct and indirect immunofluorescence techniques and flow cytometry have proven very useful to detect microorganisms in water. Special mention should be made of immunomagnetic separation or immunocapture as a step preceding other advanced techniques. The present paper is aimed at presenting the advantages and disadvantages of these methods, as well as the principles on which they are based. Examples are provided of the methods most commonly used in water microbiology, highlighting their importance


Assuntos
Bactérias/imunologia , Qualidade da Água/normas , Poluição da Água/análise , Eucariotos/imunologia , Imunoensaio/métodos , Microrganismos Aquáticos/efeitos adversos , Microbiologia da Água , Doenças Transmitidas pela Água , Surtos de Doenças
11.
Rev. patol. trop ; 42(3): 323-330, 2013. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-743474

RESUMO

O consumo de vegetais frescos é uma via de infecção por enteroparasitos. Vários trabalhos constataram a contaminação de hortaliças destinadas ao consumo de seres humanos. Este estudo avaliou os procedimentos de higienização e a presença de estruturas parasitárias e/ou sujidades em alfaces servidas em restaurantes self-service de Porto Alegre-RS. Foram analisadas, pelo método de sedimentação espontânea, 90 amostras de alface (45 antes e 45 após a higienização), provenientes de 15 restaurantes. Cada amostra, constituída por 20 a 25 folhas grandes de alface, foi separada e embalada em sacos plásticos de primeiro uso pelo funcionário responsável pela higienização em cada estabelecimento. Os procedimentos de higienização dos estabelecimentos participantes foram avaliados por meio de questionário epidemiológico. Foram encontradas larvas e adultos de nematódeos de vida livre (21/45) e fragmentos de insetos (17/45) nas amostras não higienizadas e, naquelas prontas para consumo, fragmentos de insetos (7/45) e oocistos não esporulados (3/45). Sanitizantes à base de cloro eram os mais utilizados pelos restaurantes (10/15), mas três estabelecimentos utilizavam apenas água corrente. Embora nenhuma estrutura parasitária patogênica tenha sido identificada, concluiu-se que as medidas de higienização adotadas na sanitização das hortaliças foram pouco eficientes, pois 20 por cento (9/45) das amostras de alface apresentaram falhas no processo de higienização...


O consumo de vegetais frescos é uma via de infecção por enteroparasitos. Vários trabalhos constataram a contaminação de hortaliças destinadas ao consumo de seres humanos. Este estudo avaliou os procedimentos de higienização e a presença de estruturas parasitárias e/ou sujidades em alfaces servidas em restaurantes self-service de Porto Alegre-RS. Foram analisadas, pelo método de sedimentação espontânea, 90 amostras de alface (45 antes e 45 após a higienização), provenientes de 15 restaurantes. Cada amostra, constituída por 20 a 25 folhas grandes de alface, foi separada e embalada em sacos plásticos de primeiro uso pelo funcionário responsável pela higienização em cada estabelecimento. Os procedimentos de higienização dos estabelecimentos participantes foram avaliados por meio de questionário epidemiológico. Foram encontradas larvas e adultos de nematódeos de vida livre (21/45) e fragmentos de insetos (17/45) nas amostras não higienizadas e, naquelas prontas para consumo, fragmentos de insetos (7/45) e oocistos não esporulados (3/45). Sanitizantes à base de cloro eram os mais utilizados pelos restaurantes (10/15), mas três estabelecimentos utilizavam apenas água corrente. Embora nenhuma estrutura parasitária patogênica tenha sido identificada, concluiu-se que as medidas de higienização adotadas na sanitização das hortaliças foram pouco eficientes, pois 20% (9/45) das amostras de alface apresentaram falhas no processo de higienização...


Assuntos
Humanos , Artrópodes , Alface/parasitologia , Eucariotos , Higiene dos Alimentos , Nematoides , Verduras
12.
Rio de Janeiro; s.n; 2013. xviii,157 p. graf, ilus, tab.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-695575

RESUMO

A pesquisa e desenvolvimento de novos fármacos constituem um processo lento e oneroso. Novas técnicas têm sido propostas para agilizar esse processo. Uma dessas técnicas é chamada de reposicionamento de fármacos, cujo objetivo principal é utilizar fármacos já comercializados para tratamento de outras doenças. A proposição de um novo composto, fármaco ou nova utilização de um fármaco é um processo que necessita integrar informações de diversos campos do conhecimento. Na biologia, diversos dados têm sido gerados através das técnicas de larga escala e armazenados em bases de dados de diversos formatos, dificultando a integração desses dados e a consequente geração de novas informações. Neste estudo é proposta uma abordagem de integração de bases biológicas públicas, utilizando os preceitos do Linked Open Data, através da utilização de web semântica, RDF e URI, para propor uma lista de possíveis fármacos que possuem potencial para estudos mais aprofundados com a finalidade de serem reposicionados para tratamento de doenças causadas por protozoários.


Assuntos
Eucariotos , Internet , Preparações Farmacêuticas , Semântica
13.
Biol. Res ; 46(1): 5-11, 2013. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-676814

RESUMO

In addition to the established mechanisms of intercellular signaling, a new way of communication has gained much attention in the last decade: communication mediated by exosomes. Exosomes are nanovesicles (with a diameter of 40-120 nm) secreted into the extracellular space by the multivesicular endosome after its outer membrane fuses with the plasma membrane. Once released, exosomes modulate the response of the recipient cells that recognize them. This indicates that exosomes operate in a specific manner and participate in the regulation of the target cell. Remarkably, exosomes occur from unicellular organisms to mammals, suggesting an evolutionarily conserved mechanism of communication. In this review we describe the cascade of exosome formation, intracellular traffic, secretion, and internalization by recipient cells, and review their most relevant effects. We also highlight important steps that are still poorly understood.


Assuntos
Comunicação Celular/fisiologia , Eucariotos/fisiologia , Exossomos/fisiologia , Evolução Biológica , Complexos Endossomais de Distribuição Requeridos para Transporte/fisiologia , Exossomos , Tetraspaninas/fisiologia
14.
Braz. j. microbiol ; 43(3): 1192-1205, July-Sept. 2012. ilus, graf, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-656690

RESUMO

Baffled shake flask cultivation of Aurantiochytrium sp. B-072 was carried out at in a glucose-monosodium glutamate mineral medium at different C/N-ratios (30-165) with glucose fixed at 90 g/L. With increasing C/N-ratio, a modest increase in lipid content (60 to 73 % w/w) was observed whereas fat-free biomass decreased but overall biomass showed little variation. FA-profiles were not affected to a large extent by C/N-ratio and absolute docosahexaenoic (DHA)-levels fell in narrow range (5-6 g/L). However at C/N > 64 a rapid decrease in lipid synthetic rate and/or incomplete glucose utilization occurred. Glucose and FA-fluxes based on fat-free biomass peaked at a C/N ratio of 56. This condition was chosen for calculation of the redox balance (NAD(P)H) and energy (ATP) requirement and to estimate the in vivo P/O ratio during the main period of fatty acid biosynthesis. Several models with different routes for NADPH, acetyl-CoA formation and re-oxidation of OAA formed via ATP-citrate lyase were considered as these influence the redox- and energy balance. As an example, using a commonly shown scheme whereby NADPH is supplied by a cytosolic "transhydrogenase cycle" (pyruvate-OAA-malate-pyruvate) and OAA formed by ATP-citrate lyase is recycled via import into the mitochondria as malate, the calculated NADPH-requirement amounted to 5.5 with an ATP-demand of 10.5 mmol/(g fat-free biomass x h) and an in vivo P/O-ratio (not including non-growth associated maintenance) of 1.6. The lowest ATP requirement is found when acetyl-CoA would be transported directly from the mitochondria to the cytosol by carnitine acetyltransferase. Assay of some enzymes critical for NADPH supply indicates that activity of glucose-6-phosphate dehydrogenase, the first enzyme in the HMP pathway, is far insufficient for the required NADPH-flux and malic enzyme must be a major source. Activity of the latter (ca. 300 mU/mg protein) far exceeds that in oleaginous fungi and yeast.


Assuntos
Ácidos Graxos/análise , Biomassa , Ácidos Docosa-Hexaenoicos , Eucariotos/enzimologia , Glucose/biossíntese , Lipídeos/análise , Oxidação/análise , Ativação Enzimática , Métodos
15.
Braz. j. microbiol ; 43(1): 12-20, Jan.-Mar. 2012. ilus, tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-622786

RESUMO

The influence of aeration on algal growth and gamma-linolenic acid (GLA) production in a bubble column photobioreactor was investigated. Studies were performed in a 20-L reactor at different aeration rates (0.2-2.5 vvm). Static, continuous, and periodic operation of air resulted in 41.9%, 88.4%, and 108% air saturation of dissolved oxygen, for which the corresponding values of GLA were 2.3, 6.5, and 7.5 mg·g-1 dry cell weight, respectively. An increase in the aeration rate from 0.2 to 2.5 vvm enhanced both the specific growth rate and GLA content under periodic sparging in the bicarbonate medium. With a 6-fold increase in the aeration rate, the GLA content of the alga increased by 69.64% (5.6-9.5 mg· g-1 dry cell weight). In addition, the total fatty acid (TFA) content in dry biomass increased from 2.22% to 4.41%, whereas the algae maintained a constant GLA to TFA ratio within the aeration rate tested. The dependence of GLA production on the aeration rate was explained by interrelating the GLA production rate with the specific growth rate using the Luedeking and Piret mixed growth model.


Assuntos
Eucariotos/crescimento & desenvolvimento , Eucariotos/isolamento & purificação , Spirulina/crescimento & desenvolvimento , Spirulina/isolamento & purificação , Biomassa , Biotecnologia
16.
An. Fac. Med. (Perú) ; 73(1): 47-49, ene.-mar. 2012. tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-656502

RESUMO

Antecedentes: Pruebas de susceptibilidad antiparasitaria in vitro para Blastocystis hominis, Entamoeba histolytica-E. dispar y Balantidium coli, así como el cultivo para protozoarios intestinales, han sido publicados escasamente en la literatura médica. En nuestro medio aún no se ha comunicado pruebas de susceptibilidad in vitro para los parásitos mencionados. Objetivos: Plantear una alternativa de prueba de susceptibilidad antiparasitaria in vitro y conocer su resistencia frente a los antimicrobianos. Diseño: Estudio prospectivo, descriptivo. Instituciones: Instituto de Medicina Tropical "Daniel Alcides Carrión", Universidad Nacional Mayor de San Marcos, e Instituto Especializado de Salud del Niño, Lima, Perú. Material biológico: Cultivos de Blastocystis hominis, Entamoeba histolytica-E. dispar y Balantidium coli frente a cinco antimicrobianos. Métodos: Se trabajó con 64 cultivos de Blastocystis hominis, 16 de Entamoeba histolytica-dispar y 16 de Balantidium coli, frente a cinco antimicrobianos: metronidazol, cotrimoxazol, tetraciclina, furazolidona y ciprofloxacina. Las cepas de B. hominis, E. histolytica-E. dispar fueron cultivadas en el medio de Pavlova modificado, de 500 muestras de heces de niños con diagnóstico de parasitosis intestinal y las de B. coli de heces de cerdo. Las pruebas de susceptibilidad in vitro se realizaron con el método de microcultivos en el medio de Pavlova modificado, en pocitos con 200 uL del medio sin antiparasitarios (control) y con antiparasitarios en 10 concentraciones, desde 128 ug/mL hasta 0,25 ug/mL; luego de incubación a 36º C por 48 horas, la lectura por examen microscópico directo comparó el desarrollo en el medio control con el desarrollo en los pocitos conteniendo los antimicrobianos. Principales medidas de resultados: Concentración inhibitoria mínima (CIM). Resultados: Se encontró para B. hominis, con metronidazol CIM 90: 64 ug/mL y CIM 50: 2 ug/mL; para E. histolytica-E. dispar con metronidazol, CIM 90: 1 ug/mL y CIM 50: 0,5 ug/mL; para B. coli con tetraciclina, CIM 90: 0,25 ug/mL y CIM 50: 0,25 ug/mL. Conclusiones: Estos datos preliminares, a ser validados, muestran un comportamiento de las cepas de los parásitos mencionados, y es una alternativa de utilidad potencial (en caso de ser validada) para su aplicación en el tratamiento dirigido contra los protozoarios estudiados, así como en la vigilancia de resistencia.


Background: In vitro antiparasite susceptibility test for Blastocystis hominis, Entamoeba histolytica-E. dispar y Balantidium coli, as well as intestinal protozoaria cultures, have rarely been reported in the medical literature. In vitro susceptibility tests for those parasites have not been published locally. Objectives: To determine an alternative in vitro antiparasite susceptibility test and its resistance to antimicrobials. Design: Prospective, descriptive study. Settings: Instituto de Medicina Tropical "Daniel Alcides Carrion", Universidad Nacional Mayor de San Marcos, and Instituto Especializado de Salud del Niño, Lima, Peru. Biologic material: Blastocystis hominis, Entamoeba histolytica-E. dispar and Balantidium coli cultures against five antimicrobials. Methods: Sixty-four Blastocystis hominis, 16 Entamoeba histolytica-E. dispar and 16 Balantidium coli cultures were used against five antimicrobials: metronidazole, cotrimoxazole, tetracycline, furazolidone and ciprofloxacin. B. hominis, E. histolytica-E. dispar strains were cultured in modified PavlovaÆs media, from 500 feces samples of children with intestinal parasitosis diagnosis, and B. coli from pig feces. In vitro susceptibility tests were done by microculture methods in modified PavlovaÆs media, in 200 uL media little pools without antiparasites (control) and with antiparasites in 10 concentrations going from 128 ug/mL through 0,25 ug/mL; after incubation at 36º C for 48 hours, direct microscope exam reading compared development in control media and pools containing antimicrobials. Main outcome measures: Minimum inhibiting concentration (MIC). Results: For B. hominis with metronidazole CIM 90 was 64 ug/mL and CIM 50: 2 ug/mL; for E. histolytica-E. dispar with metronidazole, CIM 90: 1 ug/mL and CIM 50: 0.5 ug/mL; for B. coli with tetracicline, CIM 90: 0.25 ug/mL and CIM 50: 0.25 ug/mL. Conclusions: This preliminar information to be validated showed strains behavior of mentioned parasites, and represents a potential alternative use (in case of validation) in treatment of studied protozoa, as well as in resistance surveillance.


Assuntos
Balantidium , Blastocystis hominis , Entamoeba histolytica , Eucariotos , Testes de Sensibilidade Microbiana
17.
São Paulo; s.n; s.n; 2012. 227 p. tab, graf, ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-846817

RESUMO

Estudos recentes têm revelado que uma fração significativa do transcriptoma de eucariotos é composta por RNAs não codificadores longos (lncRNAs). Este trabalho investigou o padrão de expressão de um conjunto de lncRNAs originados a partir de regiões intrônicas de genes codificadores de proteínas em três linhagens celulares tumorais humanas utilizando microarranjos de DNA customizados. Realizamos uma série de análises in silico com a perspectiva de identificar propriedades globais desses transcritos, tais como a abundância relativa em diferentes tecidos, características evolutivas, estruturais e regulatórias, além de possíveis funções celulares. Avaliamos também a contribuição da metilação do DNA, um mecanismo de silenciamento epigenético da expressão de genes codificadores de proteínas, na regulação da expressão de lncRNAs intrônicos. Observamos que uma fração dos lncRNAs intrônicos detectados nas linhagens estudadas são conservados evolutivamente, tem padrão de expressão tecido específico, e está enriquecida em elementos regulatórios na sua extremidade 5'. Foram identificados subconjuntos de lncRNAs intrônicos possivelmente atuando sobre genes associados a vias regulatórias importantes para o controle do desenvolvimento de organismos e ciclo celular. Comparativamente a mRNAs, uma menor proporção de lncRNAs intrônicos possui ilhas CpGs (CGIs) na vizinhança de seu início de transcrição. Apesar disso, observamos que um subconjunto desses transcritos teve sua expressão sensível ao tratamento com o agente desmetilante de DNA 5-AZA, demonstrando que lncRNAs intrônicos transcritos podem estar sujeitos a regulação transcricional mediada por metilação do DNA. Dentre os lncRNAs intrônicos regulados por metilação do DNA, destaca-se o lncRNA AS-APP, cuja expressão aumentou em 25 a 80 vezes nas linhagens celulares DU-145 e HEK293, respectivamente, após tratamento com 5-AZA. Este lncRNA possui uma CGI metilada e um promotor ativo a cerca de 4 kb de distância do seu início de transcrição conhecido. O aumento da transcrição do lncRNA AS-APP após desmetilação do DNA correlacionou-se a uma diminuição significativa dos níveis de expressão do mRNA do gene APP. Este resultado sugere uma possível ação regulatória em cis do lncRNA AS-APP no locus APP, um importante gene envolvido na doença de Alzheimer e com expressão associada ao prognóstico de alguns tipos de câncer. Os resultados obtidos neste trabalho reforçam a ideia de que lncRNAs intrônicos constituem unidades transcricionais independentes que se encontram sobre controle regulatório nos diferentes tipos celulares. Foi gerado também um catálogo de lncRNAs intrônicos regulados por metilação que permitirá a seleção de candidatos com maior potencial de relevância funcional para caracterização detalhada


Recent studies have revealed that a significant fraction of the eukaryotic transcriptome is composed of long noncoding RNAs (lncRNAs). This work investigated the expression pattern in three human tumor cell lines of a set of lncRNAs originated from intronic regions of protein coding RNAs, using custom DNA oligoarrays. In silico analyses were performed to identify global properties of these transcripts such as relative abundance in different human tissues, regulatory, evolutionary and structural aspects, as well as their possible cellular functions. In addition, we evaluated the contribution of DNA methylation, an important epigenetic mechanism that control the expression of protein coding genes, in the regulation of intronic lncRNAs expression. We found that a fraction of the intronic lncRNAs detected in the cell lines are evolutionarily conserved, show a tissue specific expression pattern, and is enriched in regulatory elements at their 5' end region. Subsets of intronic lncRNAs possibly acting on genes associated to important regulatory pathways controlling organism development and cell cycle were identified. A smaller proportion of intronic lncRNAs relative to mRNAs displayed CpG islands (CGI) in the vicinity of the transcription start site. Notwithstanding, we observed that a subset of these transcripts responded to treatment with the DNA demethylation agent 5-AZA, demonstrating that intronic lncRNAs may be under transcriptional regulation mediated by DNA methylation. Among intronic lncRNAs regulated by DNA demethylation, stands out AS-APP lncRNA, which was up regulated 25 to 80 times in DU-145 and HEK293 cell lines following 5-AZA treatment, respectively,. This lncRNAs has a methylated CGI and an active promoter at 4-kb upstream from its known transcription start site. Increased AS-APP lncRNA transcription following DNA demethylation correlated with a significant decrease of APP gene messenger RNA levels. This finding suggests a possible cis-regulatory action of the lncRNA AS-APP in the APP locus, an important gene involved in Alzheimer disease and whose expression is associated with prognosis of different cancer types. The results obtained in this study reinforce the idea that intronic lncRNAs constitute independent transcriptional units under regulatory control in the different cell types. It was generated a catalog of intronic lncRNAs regulated by DNA methylation that will allow the selection of candidates with higher potential of functional relevance for detailed characterization


Assuntos
Linhagem Celular Tumoral , Metilação de DNA/genética , Epigênese Genética , Repressão Epigenética/genética , Eucariotos , Expressão Gênica/genética , RNA Longo não Codificante/análise
18.
Rio de Janeiro; s.n; 2012. xi,90 p. tab, ilus, graf, mapas.
Tese em Português | LILACS | ID: lil-688260

RESUMO

Os peptídeos antimicrobianos têm se mostrado uma boa alternativa para as terapias antiparasitárias. Neste trabalho descrevemos a estrutura e a atividade biológica da temporizina (FLPLWLWLWLWLWKLK) e sua ação contra formas epimastigotas do Trypanosoma cruzi. A temporizina é um peptídeo híbrido, sintetizado a partir de outros três peptídeos antimicrobianos: a temporina A (FLPLIGRVLSGIL-NH2), a sapecina B (KLKLLLLLKLK-NH2) e a gramicidina A (HCO-VGALAVVVWLWLWLW-NHCH2). Os efeitos da temporizina sobre o Trypanosoma cruzi e sua toxicidade para células de mamíferos foram analisados utilizando as metodologias de citometria de fluxo, microscopia de fluorescência e liberação da lactato desidrogenase (LDH). O valor concentração efetiva de temporizina para lisar 50% das formas epimastigotas de Trypanosoma cruzi (EC50), foi determinado em um ensaio de viabilidade celular através do método de metabolização do brometo azul de tetrazólio (MTT). Para determinar a liberação de hemoglobina e quantificar a porcentagem de hemólise causada pela temporizina em doses letais para o Trypanosoma cruz. Utilizamos o método colorimétrico. Os dados sobre a EC50 e a capacidade hemolítica da temporizina foram então utilizados para a determinação do índice terapêutico do peptídeo. O mapeamento da estrutura da temporizina e a determinação de suas características foram obtidos através da metodologia de dicroísmo circular em um ambiente hidrofóbico que mimetizou as bicamadas das biomembranas. Submetemos a sequência da temporizina à plataforma Itasser para modelagem de proteínas e softwares, com o objetivo de realizar predições teóricas sobre a sua estrutura e características conformacionais. Para avaliar os efeitos da temporizina sobre a eletrofisiologia de membranas, foi usada a técnica de Patch-Clamp em célula inteira ou célula ligada. Essa técnica associada com experimentos envolvendo captação de corantes com diferentes valores de massa molecular permitiu determinar o limite de exclusão dos poros formados pelo peptídeo. Tendo em vista, as características estruturais e a atividade tripanocida da temporizina, concluímos que este peptídeo é uma alternativa viável para o desenho racional de um novo fármaco para o controle da doença de Chagas.


Assuntos
Antiparasitários , Doença de Chagas , Eucariotos , Peptídeos , Trypanosoma cruzi
19.
Rio de Janeiro; Instituto Estadual do Ambiente; 2012. 339 p. ilus, mapas, tab, graf.
Monografia em Português | LILACS | ID: lil-678789

RESUMO

Em comemoracão aos 10 anos de atuação do Comitê Guandu, esta publicação apresenta múltiplas ações desenvolvidas nas bacias da Região Hidrográfica, notadamente aquelas voltadas ao saneamento ambiental e à recuperação da cobertura vegetal em mananciais estratégicos. Muitas dessas ações foram possibilitadas pela atuação do Comitê Guandu, a partir da cobrança pelo uso da água, do plano de bacia hidrográfica e do apoio de sua agência delegatária (Agevap), em parceria communicípios, órgãos estaduais, usuários e associações civis. Os textos apresentados aprofundam questões fundamentais para a gestão integrada dos recursos hídricos, contribuindo para o conhecimento das bacias hidrográficas dos rios Guandu, da Guarda e Guandu-Mirim.


Assuntos
Humanos , Bacias Hidrográficas/análise , Bacias Hidrográficas/economia , Bacias Hidrográficas/políticas , Conservação dos Recursos Naturais , Poluição Industrial , Qualidade Ambiental/análise , Política Hídrica , Qualidade da Água , Recursos Hídricos , Abastecimento de Água , Água Acidulada , Biodiversidade , Bivalves , Eucariotos , Peixes , Água Subterrânea , Sistemas de Informação , Metais Pesados/efeitos adversos , Rios , Sensores Remotos/análise , Transporte de Sedimentos/efeitos adversos
20.
Bol. malariol. salud ambient ; 51(2): 215-224, dez. 2011. ilus, tab
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-630469

RESUMO

Se presenta el reporte epidemiológico de la Leishmaniasis Cutánea Americana (LCA) en Venezuela para los años 2008-2009. Se describen las características epidemiológicas generales, junto a algunos aspectos clínico-inmunológicos de sus diferentes formas clínicas. Esto se logro a través del análisis de la base de datos del registro nacional de leishmaniasis del Instituto de Biomedicina. La información fue analizada con Epi Info 3.5.1 y Excel. Un total de 4.640 casos de las diferentes formas clínicas de leishmaniasis cutánea fueron diagnosticados en el periodo 2008-2009, una media de 2.320 casos por año, con una tasa promedio anual de 8,25 por 100.000 habitantes. Predomina el sexo masculino con una razón de masculinidad de 1,84 para el periodo en estudio. Casos en todas las edades, con predominio numérico en el grupo de 5 a 34 años, edad promedio fue de 31,09 y 33,91 años para 2008 y 2009 respectivamente. En cuanto a la ocupación 22,39 % corresponde a personas del sector agropecuario, seguido de estudiantes con 20,88% de los casos. Se registraron casos en todas las entidades federales menos en Nueva Esparta, en este periodo los estados con mayor número de casos fueron, Lara con 910 (19,61%), Miranda con 650 (14,01%) y Táchira con 488 (10,52%). En cuanto a las formas clínicas se observó un predominio franco de la leishmaniasis cutánea localizada con 97,84% de los casos (4.540/4.640). Mientras que las formas localizadas están distribuidas por todo el territorio nacional, las formas difusas predominan en el estado Lara (63,64%, 7/11), las formas Mucosas en los estados Bolívar (21,74%, 10/46), Portuguesa (15,22%, 7/46) y Miranda, Táchira, Zulia (10,87%, 5/46 c/u) y finalmente las formas intermedias en los estados Monagas (30,23%, 13/43), Miranda (18,60%, 8/43) y Táchira (13,95%, 6/43). Las características clínicas e inmunológicas estudiadas variaron de acuerdo con las diferentes formas clínicas. En promedio más del 90 % (93,39 % en el 2008 y 89,81 % en el 2009) de los casos fueron diagnosticados con frotis directo. 88,86 % de los casos recibieron como tratamiento de primera elección inmunoterapia. En conclusión se hace una descripción clínico-epidemiológica de la LCA en Venezuela para el periodo 2008-2009 y se compara con el patrón descrito con anterioridad.


The epidemiological report of American Cutaneous Leishmaniasis (ACL) in Venezuela for the years 2008-2009 is presented. It describes the general epidemiological characteristics, together with some clinical and immunological aspects of its different clinical forms. This was performed by analyzing the database of the leishmaniasis national registry of the Instituto de Biomedicina. The data was analyzed using Epi Info 3.5.1 and Excel. A total of 4,640 cases of different clinical forms of cutaneous leishmaniasis were diagnosed during 2008-2009, i. e. 2,320 cases per year with an average annual rate of 8.25 per 100,000 inhabitants. It is predominant in males, with a sex ratio of 1.84 for the period under study. Cases in all ages, with numerical predominance in the group of 5 to 34 years, mean age were 31.09 and 33.91 years for 2008 and 2009 respectively. Regarding the occupation, 22.39% are people of the agricultural sector, followed by students with 20.88% of cases. Cases were recorded in all states but Nueva Esparta, the states with the largest number of cases were Lara with 910 (19.61%), Miranda 650 (14.01%) and Táchira with 488 (10.52%). In terms of clinical forms, clear predominance was observed of localized cutaneous leishmaniasis with 97.84 % (4,540) cases. While localized forms are distributed nationwide, diffuse forms predominate in the Lara State (63.64%, 7/11), muco-cutaneous forms predominate in the States of Bolivar (21.74%, 10/46), Portuguesa (15.22%, 7/46) and Miranda, Táchira, Zulia (10.87%, 5/46 each one) and finally, the intermediate forms in the States of Monagas (30.23%, 13/43), Miranda (18.60%, 8/43) and Táchira (13.95%, 6/43). The clinical and immunological characteristics studied varied according to the different clinical forms. In average, more than 90% (93.39% in 2008 and 89.81% in 2009) of the cases were diagnosed with direct smear. 88.86% of the patients received immunotherapy as first choice treatment. In conclusion, a clinical-epidemiological description of the ACL in Venezuela for the period 2008-2009 was made and compared with the pattern previously described.


Assuntos
Humanos , Animais , Epidemiologia , Leishmaniose , Leishmaniose Cutânea , Eucariotos , Imunoterapia , Insetos , Parasitos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA