Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 5 de 5
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. j. biol ; 80(1): 66-72, Feb. 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1089274

RESUMO

Abstract Emus are large flightless birds in the ratite group and are native to Australia. Since the mid-1980s, there has been increased interest in the captive breeding of emus for the production of leather, meat and oil. The aim of this study was to identify gastrointestinal parasites in the feces of emus Dromaius novaehollandiae from a South American scientific breeding. Fecal samples collected from 13 birds were examined by direct smears, both with and without centrifugation, as well as by the fecal flotation technique using Sheather's sugar solution. Trophozoites, cysts and oocysts of protozoa and nematode eggs were morphologically and morphometrically evaluated. Molecular analysis using PCR assays with specific primers for the genera Entamoeba, Giardia and Cryptosporidium were performed. Trophozoites and cysts of Entamoeba spp. and Giardia spp., oocysts of Eimeria spp. and Isospora dromaii, as well as eggs belonging to the Ascaridida order were found in the feces. Three animals were diagnosed with Giardia spp., and three were positive for Entamoeba spp. based on PCR techniques. After analyzing the data, we concluded that emus were infected enzootically by nematode and protozoan species.


Resumo Emus são aves grandes que não voam pertencentes ao grupo das ratitas e são originários da Austrália. Desde meados da década de 1980, aumentou o interesse pela criação de emus em cativeiro para a produção de couro, carne e óleo. O objetivo deste estudo foi identificar parasitas gastrointestinais nas fezes de emus Dromaius novaehollandiae de um criatório científico da América do Sul. Amostras de fezes coletadas de 13 aves foram examinadas por esfregaços diretos, tanto com e sem centrifugação, quanto com a técnica de flutuação fecal utilizando solução de açúcar de Sheather. Trofozoítos, cistos e oocistos de protozoários e ovos de nematóides foram avaliados morfologicamente e morfometricamente. Foram realizadas análises moleculares utilizando ensaios de PCR com primers específicos para os gêneros Entamoeba, Giardia e Cryptosporidium. Trofozoítos e cistos de Entamoeba spp. e Giardia spp., oocistos de Eimeria spp. e Isospora dromaii, bem como ovos pertencentes à ordem Ascaridida foram encontrados nas fezes. Três animais foram diagnosticados com Giardia spp., e três foram positivos para Entamoeba spp. com base em técnicas de PCR. Depois de analisar os dados, concluímos que os emus estavam infectados enzooticamente por espécies de nematóides e protozoários.


Assuntos
Animais , Dromaiidae , Criptosporidiose , Cryptosporidium , Parasitos , Brasil , Fezes
2.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(1): 177-179, Jan.-Mar. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042498

RESUMO

Abstract The study aimed to identify species of ticks present in the environment and among captive animals, in Mangaratiba, Rio de Janeiro, Brazil. Ticks were isolated from captive animals by manual examination and free-living ticks in the environment were captured using the flannel drag technique. A total of 91 ticks were obtained (51 adults, 25 nymphs and 15 larvae). The specimens were identified morphologically as Amblyomma sp., Amblyomma dubitatum, Amblyomma ovale and Amblyomma sculptum , and were distributed among five species of native mammals and an exotic bird. This study also reports the first case of infestation of the Australian emu (Dromaius novaehollandiae) by A. sculptum.


Resumo O estudo teve como objetivo identificar espécies de carrapatos presentes no ambiente e entre animais de cativeiro em Mangaratiba, Rio de Janeiro, Brasil. Os carrapatos foram removidos manualmente de animais de cativeiro e no ambiente usando a técnica de arrasto em flanela. Um total de 91 carrapatos foram capturados (51 adultos, 25 ninfas e 15 larvas). Os espécimes foram identificados morfologicamente como Amblyomma sp., Amblyomma dubitatum, Amblyomma ovale e Amblyomma sculptum, e foram distribuídos entre cinco espécies de mamíferos nativos e uma ave exótica. Este estudo também relata o primeiro caso de infestação do emu australiano (Dromaius novaehollandiae) por A. sculptum .


Assuntos
Animais , Infestações por Carrapato/veterinária , Dromaiidae/parasitologia , Infestações por Carrapato/diagnóstico , Infestações por Carrapato/parasitologia , Brasil , Dromaiidae/classificação , Animais Selvagens
3.
Int. j. morphol ; 36(2): 608-613, jun. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-954161

RESUMO

The study aimed at estimating the values of basic metric traits of emu cervical vertebrae. The study was conducted on the vertebrae of 6 male and 10 female emus being fourteen years old. Osteometric measurements were performed with electronic callipers, while the hydrostatic method was used to assess the density and volume of each vertebra. The sex of birds was considered a source of variation. The cervical spine had 17 vertebrae. Dimorphism was found in basic metric traits between analogous emu vertebrae of both sexes. The female vertebrae were characterised by significantly (P≤0.05 and P≤0.01) greater length, breadth and height than the male ones. No dimorphic differences were found in the volume of bone mass for vertebrae 1 to 8, whereas female vertebrae 9 to 17 had greater (P≤0.05) volume compared to the male ones. Correlation coefficients for body weight, vertebra volume and spinal canal capacity were weak. The sum of the length of vertebral bodies determining the length of neck showed significantly (P≤0.01) longer necks in female emus. No narrowing and extensions of the vertebral canal for the spinal cord running in it was found throughout the whole cervical spine.


Este estudio tuvo como objetivo la estimación de los valores de los rasgos métricos básicos de las vértebras cervicales del Emu. El estudio se realizó en vértebras de 6 machos y 10 hembras Emu de catorce años. Las mediciones osteométricas se realizaron con pinzas electrónicas, mientras que el método hidrostático se usó para evaluar la densidad y el volumen de cada vértebra. El sexo de las aves se consideró como una variación. La columna cervical contaba con 17 vértebras. Se encontró dismorfismo en rasgos métricos básicos entre vértebras análogas de ambos sexos. Las vértebras de las hembras se caracterizaron por una longitud, ancho y altura significativamente mayor (P≤0,05 y P≤0,01) a las de los machos. No se encontraron diferencias dismórficas en el volumen de masa ósea para las vértebras 1 a 8, mientras que las vértebras de las hembras 9 a 17 tuvieron un volumen mayor (P≤0,05) en comparación con los machos. Los coeficientes de correlación para el peso corporal, el volumen de la vértebra y la capacidad del canal espinal fueron débiles. La suma de la longitud de los cuerpos vertebrales que determina la longitud del cuello mostró significativamente (P≤0.01) cuellos más largos en las hembras. No se observaron estrechamientos y extensiones del canal vertebral para la médula espinal que se encuentra en toda la columna cervical.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Vértebras Cervicais/anatomia & histologia , Dromaiidae/anatomia & histologia , Pressão Hidrostática
4.
Arq. bras. med. vet. zootec ; 69(2): 405-408, mar.-abr. 2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-833838

RESUMO

Protein electrophoresis is a relatively simple technique that allows separating serum protein fractions, and provides important information in the investigation and diagnosis of several diseases. This study determined the levels of acute-phase proteins in the serum of healthy, captive emus (Dromaius novaehollandiae). Animals were divided into two groups (n=11 in each) based on age, with 1-year-old and 4-year-old emus. Acute-phase proteins were separated by SDS-PAGE. Ceruloplasmin, transferrin, albumin, haptoglobin, acidic glycoprotein, IgA, and IgG were detected in the serum of all animals. Protein profiles varied significantly with age (P<0.05). Individuals in the 4-year-old emus group had higher values of ceruloplasmin, transferrin, albumin, haptoglobin, and acidic glycoprotein, compared with the group with 1-year-old animals, showing the role of age in the protein profile of this species. Reference values for acute-phase proteins in healthy emus may be useful in the evaluation of health status and in the diagnosis of diseases affecting the species.(AU)


A eletroforese de proteínas é um método relativamente simples, que permite a separação das proteínas do plasma em frações. Sua interpretação fornece informações importantes para a investigação e o diagnóstico de inúmeras doenças. O objetivo deste estudo foi o de determinar a concentração das proteínas de fase aguda no soro de emus (Dromaius novaehollandiae) hígidos e criados em cativeiro. As aves foram separadas em dois grupos: grupo 1: (n=11), aves com um ano de idade; grupo 2: (n=11), aves com quatro anos de idade. As proteínas de fase aguda foram separadas por eletroforese em gel de poliacrilamida (SDS-PAGE). Identificaram-se as proteínas ceruloplasmina, transferrina, albumina, IgG, haptoglobina, glicoproteína ácida, IgA e IgG no soro de todos os emus. Houve diferença (P<0.05) entre os traçados eletroforéticos em função da faixa etária. As aves do grupo 2 apresentaram valores superiores de ceruloplasmina, transferrina, albumina, haptoglobina e glicoproteína ácida quando comparadas às aves do grupo 1. Conclui-se que o perfil eletroforético de emus sofre alterações conforme a idade analisada. O estabelecimento de valores de referência para as proteínas de fase aguda de emus hígidos poderá auxiliar estudos futuros na avaliação da saúde assim como no diagnóstico de doenças em emus.(AU)


Assuntos
Animais , Proteínas da Fase Aguda/análise , Reação de Fase Aguda/veterinária , Eletroforese das Proteínas Sanguíneas/veterinária , Proteínas Sanguíneas/análise , Dromaiidae , Eletroforese em Gel de Poliacrilamida/veterinária
5.
Biosci. j ; 22(3): 159-168, aept.-dDec. 2006. ilus, tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-529813

RESUMO

A criação comercial de avestruzes aponta como mais uma alternativa de agronegócio. Estas aves oferecem, além da carne, o couro e as penas, e o Brasil é o maior importador mundial deste subproduto. Uma avestruz doméstica bota em média de vinte a trinta ovos por estação reprodutiva. Com exceção da África do Sul, o plantel mundial está em formação, os ovos férteis alcançam aqui no Brasil em média R$ 450,00, os frangos com 2 meses, R$ 1200,00, reprodutores adultos entre R$ 8.000,00 a 10.000,00. Nos Estados Unidos, a criação iniciou-se na década de 80 e os preços também eram semelhantes. Por momento estão um pouco mais baixos devido ao aumento do número de animais e conseqüente aumento da oferta. De posse do exposto, deve-se observar com cuidado o manejo reprodutivo desta ave, de maneira tal a não inviabilizar economicamente uma propriedade que resolva investir na estrutiocultura. Infecções no oviduto de avestruzes são relativamente comuns. Os agentes infecciosos variam, e também a severidade da infecção. Na metade dos casos somente o útero, ou a glândula secretora da casca são infectados, levando a metrite. Os sinais clínicos variam desde ovos com casca anormal a falência na produção destes. Salpingite e peritonite podem ocorrer, dependendo da duração da doença ou rota de infecção. A infecção proveniente de migração ascendente de bactérias resulta quase sempre em degeneração da musculatura do oviduto. As doenças reprodutivas em avestruz são, em sua maioria, relacionadas com o manejo dos animais. Assim, o objetivo deste trabalho foi revisar as doenças reprodutivas em avestruz, sua ligação com o manejo e os possíveis tratamentos.


Ratite production as an agricultural enterprise and one alternative to agribusiness. This bird offered meat, leather, and feather, the last shows potencies in our country, because Brazil is the greater import country. A hen lay between twenty to thirty eggs in one breeding season. The early multiplication phase are characterized by exceptionally high price for fertile egg in Brazil, about R$ 450, 3-mounth-old chicks, R$ 1200, mature adults R$ 8000 to 10.000. In USA the ratite industry begins in 80’ and the prices are same of Brazil in that time, now are lower. Prices were high, reflecting the imbalance of supply and demand as producers envisioned promising future market opportunities from the relatively prolific livestock species. Infertility represents a significant source of financial loss. The aid of this monograph was review ostrich reproduction diseases, the behavior, reproductive management and possible treatment. Infectious agents vary, as does the severity of the infection. In mild cases, only the uterus, or shell gland, is affected, termed metritis. Clinical signs range from production of eggs with abnormal shells to failure of produce eggs. Salpingitis and peritonitis may occur depending on the duration of the disease in the route of infection.Infection may result from muscular degeneration of the oviduct during egg production, allowing an ascending bacterial infection. The ostrich reproductive diseases are relationship with animal’s management.


Assuntos
Animais , Dromaiidae , Reprodução , Sêmen , Struthioniformes
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA
...