Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 5.708
Filtrar
1.
Rev. ADM ; 77(2): 108-116, mar.-abr. 2020. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1102217

RESUMO

La frecuencia de las cirugías relacionadas con implantes dentales que involucran procedimientos de aumento de tejido blando y hueso han aumentado significativamente. Los sustitutos óseos derivados de bovinos han sido, por mucho, los xenoinjertos más utilizados en odontología. Aunque la literatura está repleta de estudios clínicos a favor de los materiales de injerto derivados de bovinos, los estudios que reportan los riesgos y las complicaciones clínicas son escasos. La impresión clínica y la preocupación por la seguridad del paciente llevaron al informe que hemos proporcionado. El objetivo de esta presentación de una serie de casos es crear conciencia sobre los riesgos a largo plazo y las complicaciones clínicas tardías de los materiales de injerto derivados de bovinos. Los pacientes fueron referidos a un consultorio privado debido a complicaciones asociadas con los procedimientos de injerto óseo. Reportamos los datos demográficos, hallazgos médicos y dentales significativos. Las complicaciones incluyeron: sinusitis y patologías del hueso maxilar, desplazamiento de los materiales del injerto, falla del implante, reacción de cuerpo extraño, encapsulación del material, inflamación crónica, fenestraciones de tejidos blandos y quistes asociados. Los materiales de injerto derivados de bovino no fueron biodegradables. La preocupación de los autores es que la morbilidad del paciente puede no reducirse con los xenoinjertos, debido a los riesgos inherentes y a las complicaciones asociadas. La resolución de las lesiones y los síntomas asociados se logró después de la eliminación/ remoción de los materiales del injerto óseo. La extracción quirúrgica de los materiales de xenoinjerto puede requerir habilidades clínicas avanzadas, debido a las diferentes configuraciones que los cirujanos pueden encontrar en las partículas no resorbidas y migradas. Los médicos que buscan proporcionar resultados funcionales y estéticos deben ser conscientes de las complicaciones de los materiales de injerto derivados de bovinos. La seguridad a largo plazo de los xenoinjertos y su posible asociación con la transmisión de enfermedades son preocupaciones válidas (AU)


The frequency of dental implant related surgeries that involve soft and bone augmentation procedures has increased significantly. Bovinederived substitutes have been by far the most commonly used xenografts in dentistry. Albeit literature is replete with clinical studies in favor of bovine-derived graft materials, bibliographical data reporting on risks and clinical complications is scarce. Clinical impression and concern for patients' safety led to the report we have provided. The aim of the present case series was to raise awareness on the long-term risks and late clinical complications of bovine-derived graft materials. Patients were referred to a private practice due to bone augmentation complications. Demographics, significant medical and dental findings are reported. The present report was conceived with the safety of patients in mind. Complications included sinus and maxillary bone pathoses, displacement of the graft materials, oro-antral and oro-nasal communications, paresthesia, implant failure, foreign body reactions, encapsulation, chronic inflammation, soft tissue fenestrations and associated cyst. Bovine-derived graft materials were not biodegradable. Resolution of the associated lesions and symptoms was achieved after the removal of the bone graft materials. Clinicians seeking to provide functional and esthetic outcomes should be aware of the complications of the bovine-derived graft materials. The long-term safety of xenografts and their potential association with disease are valid concerns (AU)


Assuntos
Humanos , Masculino , Feminino , Adulto , Pessoa de Meia-Idade , Idoso , Idoso de 80 Anos ou mais , Complicações Pós-Operatórias , Bovinos , Fatores de Risco , Transplante Ósseo , Substitutos Ósseos , Implantação Dentária Endo-Óssea , Falha de Restauração Dentária , Procedimentos Cirúrgicos Bucais , Seio Maxilar/patologia
2.
Braz. j. biol ; 80(1): 39-46, Feb. 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1089293

RESUMO

Abstract The current study aimed to assess whether the A122V causal polymorphism promotes alterations in the functional and structural proprieties of the CXC chemokine receptor type 1 protein (CXCR1) of cattle Bos taurus by in silico analyses. Two amino acid sequences of bovine CXCR1 was selected from database UniProtKB/Swiss-Prot: a) non-polymorphic sequence (A7KWG0) with alanine (A) at position 122, and b) polymorphic sequence harboring the A122V polymorphism, substituting alanine by valine (V) at same position. CXCR1 sequences were submitted as input to different Bioinformatics' tools to examine the effects of this polymorphism on functional and structural stabilities, to predict eventual alterations in the 3-D structural modeling, and to estimate the quality and accuracy of the predictive models. The A122V polymorphism exerted tolerable and non-deleterious effects on the polymorphic CXCR1, and the predictive structural model for polymorphic CXCR1 revealed an alpha helix spatial structure typical of a receptor transmembrane polypeptide. Although higher variations in the distances between pairs of amino acid residues at target-positions are detected in the polymorphic CXCR1 protein, more than 97% of the amino acid residues in both models were located in favored and allowed conformational regions in Ramachandran plots. Evidences has supported that the A122V polymorphism in the CXCR1 protein is associated with increased clinical mastitis incidence in dairy cows. Thus, the findings described herein prove that the replacement of the alanine by valine amino acids provokes local conformational changes in the A122V-harboring CXCR1 protein, which could directly affect its post-translational folding mechanisms and biological functionality.


Resumo O presente estudo objetivou avaliar se o polimorfismo causal A122V promove alterações nas propriedades funcionais e estruturais da proteína receptora de quimiocina CXC do tipo 1 (CXCR1) de bovino Bos taurus por análises in silico. Duas sequências de aminoácidos da CXCR1 bovina foram selecionadas a partir do banco de dados UniProtKB/Swiss-Prot: a) sequência não-polimórfica (A7KWG0) contendo alanina (A) na posição 122, e b) sequência polimórfica carreando o polimorfismo A122V, causando a substituição de alanina por valina (V) na mesma posição. As sequências CXCR1 foram analisadas por diferentes ferramentas de Bioinformática para examinar o efeito desse polimorfismo sobre sua estabilidade, função e estrutura, predizer eventuais alterações na sua modelagem estrutural 3-D, bem como estimar a qualidade dos modelos preditos. O polimorfismo A122V exerceu efeitos toleráveis e não-deletérios sobre a CXCR1 polimórfica, apresentando um modelo estrutural de alfa-hélice típico de uma proteína receptora transmembranar para ambas as proteínas. Embora maiores variações nas distâncias entre os pares de aminoácidos nas posições-alvo tenham sido detectadas na proteína polimórfica, mais do que 97% dos aminoácidos em ambos os modelos foram situados em regiões ditas favoráveis e permitidas nos diagramas de Ramachandran. Evidências sustentam que o polimorfismo de nucleotídeo único A122V na proteína receptora CXCR1 está associado à aumentada incidência de mastite clínica em vacas leiteiras. Assim, as descobertas descritas aqui comprovam que a substituição do aminoácido alanina por valina provoca mudanças conformacionais locais na proteína CXCR1 polimórfica, que podem estar diretamente afetando seus mecanismos de enovelamento pós-traducionais e sua função biológica.


Assuntos
Animais , Feminino , Polimorfismo de Nucleotídeo Único , Receptores de Interleucina-8A , Bovinos , Sequência de Aminoácidos
3.
Pesqui. vet. bras ; 40(2): 82-87, Feb. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1098440

RESUMO

The genus Mycoplasma includes more than 200 bacterial species that cause disease in animals. It is responsible for causing mastitis in bovines and may be related to other manifestations, such as arthritis and pneumonia in calves and heifers. The present study aimed to detect Mycoplasma bovis isolated from milk samples of bovine clinical mastitis, and to compare the isolation rates in two culture media: Hayflick and SP4. An initial screening was performed in order to detect the presence of the class Mollicutes in 1166 milk samples from clinical mastitis by the conventional Polymerase Chain Reaction (PCR) technique. According to the 1166 milk samples evaluated, 8.6% (100/1166) were positive to class Mollicutes. Regarding molecular analyses, 1.1% (13/1166) of conventional PCR for positive M. bovis was obtained and 0.9% (11/1166) in real-time PCR. The results of the microbiological culture of the 100 samples previously screened demonstrated that 6% (6/100) of colony growth have been developed when using the Hayflick medium, and 11% (11/100) when using the SP4 medium (including the positive on Hayflick medium). Concerning the 11 isolates obtained in the microbiological culture, conventional PCR confirmed M. bovis in nine of them, and two cultures were negative. In the phylogenetic analysis of the isolates, all of them were grouped in M. bovis and M. agalactiae clusters. The results confirmed the importance of the presence of M. bovis in the etiology of bovine clinical mastitis and reinforced the need for further studies to elucidate other Mycoplasma species that may be involved in bovine clinical mastitis in Brazil.(AU)


O gênero Mycoplasma inclui mais de 200 espécies que causam doenças nos animais. É responsável por quadros de mastite em bovinos, podendo também estar relacionado à outras manifestações como artrite e pneumonia em bezerros e novilhas. O presente estudo objetivou a detecção de Mycoplasma bovis isolados a partir de amostras de leite de mastite clínica bovina, bem como, a comparação da taxa de isolamento em dois meios de cultura: Hayflick e SP4. Para efeito de triagem amostral, foram avaliadas quanto à presença da classe Mollicutes 1166 amostras de leite de casos de mastite clínica pela técnica de PCR convencional. Das 1166 amostras de leite avaliadas, 8,6% (100/1166) foram positivas à classe. Nas análises moleculares, obteve-se 1,1% (13/1166) de positividade para Mycoplasma bovis na PCR convencional e 0,9% (11/1166) na PCR em tempo real. Os resultados do cultivo microbiológico das 100 amostras triadas previamente demonstraram 6% (6/100) de crescimento de colônias ao se utilizar o meio Hayflick e 11% (11/100) ao se utilizar o meio SP4 (incluindo as positivas ao primeiro). A partir dos 11 isolados obtidos no cultivo microbiológico, a PCR convencional confirmou Mycoplasma bovis em nove deles, e dois foram negativos para o agente. Na análise filogenética dos isolados, todos agruparam no cluster Mycoplasma bovis e Mycoplasma agalactiae. Frente aos resultados, ressalta-se a importância da presença de Mycoplasma bovis na etiologia da mastite clínica bovina e reforça a necessidade de estudos mais aprofundados para a elucidação de outras espécies de micoplasmas que possam estar envolvidas na mastite bovina.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Mycoplasma bovis/isolamento & purificação , Leite/microbiologia , Mastite Bovina/etiologia , Infecções por Mycoplasma/veterinária , Reação em Cadeia da Polimerase/veterinária , Tenericutes , Mycoplasma agalactiae/isolamento & purificação , Reação em Cadeia da Polimerase em Tempo Real/veterinária
4.
Pesqui. vet. bras ; 40(2): 77-81, Feb. 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1098448

RESUMO

Bovine tuberculosis (BTB) is an infectious and zoonotic disease with socioeconomic importance, responsible for economic losses in livestock due to the decrease in animal productivity, mortality, bovine carcass condemnation and restriction on exportations. The objective of the present study was to evaluate the epidemiological aspects of this disease through a descriptive analysis and time series of cases of bovine tuberculosis diagnosed at the Laboratório Regional de Diagnóstico (LRD) of the Faculdade de Medicina Veterinária, Universidade Federal de Pelotas (UFPel) from 2000 to 2015. A survey was carried out in the LRD database of cases diagnosed as tuberculosis in cattle during this period. The incidence rate of BTB ([cases/population] x 100000) was calculated. Qualitative variables (sex, age, race, origin, type of material and presumptive diagnosis) were analyzed in a descriptive way, aiming to establish the profile of affected animals, characterize the municipalities in which the disease is originated and also fix the main referral organs for diagnosis. The time series analysis was performed using the Gretl statistical software 1.9.12 (GNU Regression, Econometric and Time-series Library). To verify the existence of the stationary distribution, the test of Dickey-Fuller was used, considering a value of p<0.05. During this period, 331 cases of BTB were diagnosed in the LRD. The present study identified that the predominant profile of the bovines affected by tuberculosis was female bovine aged more than two years old and crossbreed; the main organ sent for histopathological examination was lymph nodes. The microregion of Pelotas presented the highest incidence of the disease. There was also a tendency of a decrease in the incidence rate of this disease over the years, absence of seasonal influence in the occurrence of the disease and no cases of epidemics occurred from 2002 to 2015 in the area covered by the LRD-UFPel.(AU)


Tuberculose bovina é uma enfermidade infectocontagiosa e zoonótica, de importância socioeconômica, responsável por prejuízos econômicos na pecuária em decorrência da diminuição na produtividade animal, mortalidades, condenações de carcaças e restrições nas exportações. O objetivo do presente estudo foi avaliar os aspectos epidemiológicos, por meio de uma análise descritiva e de séries temporais, dos casos de tuberculose bovina diagnosticados no Laboratório Regional de Diagnóstico da Faculdade de Veterinária, Universidade Federal de Pelotas (LRD-UFPel), no período de 2000 a 2015. Foi realizado um levantamento no banco de dados do LRD dos casos diagnosticados como tuberculose em bovinos, entre os anos de 2000 e 2015. Foi calculada a taxa de incidência da tuberculose bovina ([casos/população] x 100000). As variáveis qualitativas (sexo, idade, raça, procedência, tipo de material e diagnóstico presuntivo) foram analisadas de forma descritiva, tendo como finalidade estabelecer o perfil dos animais acometidos, caracterizar os municípios de origem, e estabelecer os principais órgãos remetidos para diagnóstico. A análise de série temporal foi feita através do software estatístico Gretl 1.9.12 (GNU Regression, Econometricand Time-series Library) e para verificar a existência da estacionariedade utilizou-se o teste de Dickey-Fuller aumentado, considerando um valor de p<0,05. Durante este período foram diagnosticados 331 casos de tuberculose bovina no LRD. O presente estudo permitiu concluir que o perfil predominante dos bovinos acometidos por tuberculose foi de fêmeas, com mais de dois anos de idade e mestiças; o principal órgão encaminhado para exame histopatológico foram linfonodos e a microrregião de Pelotas apresentou a maior incidência da doença. Foi constatada, ainda, uma tendência de queda na taxa de incidência da doença ao longo dos anos analisados, ausência de influência sazonal na ocorrência da enfermidade e, não foram registrados casos de epidemias nos anos de 2002 a 2015, na área de abrangência do LRD-UFPel.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Tuberculose Bovina/patologia , Tuberculose Bovina/epidemiologia , Bovinos , Estudos de Séries Temporais
5.
Pesqui. vet. bras ; 40(2): 97-101, Feb. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1098446

RESUMO

Dietary chromium supplementation before, during, and after weaning was conducted to evaluate the hypothesis that chromium supplementation could reduce weaning-induced cortisol release in beef calves. We examined the effects of chromium supplementation in 150 crossbred calves (male and female) between five and six months of age. The calves were randomly divided by sex and breed into two equal homogeneous groups (n=75). One group was used as the control, and the other experimental group received supplementation with 0.9mg of chromium carbon-amino-phospho-chelate per 100kg BW. The chromium supplement was mixed with mineral salt for the consumption of 0.1% of BW, and the supplement was administered via creep feeding 60 days before and 60 days after forced weaning. Calves were weighed, and their blood and urine samples were obtained at four time-points: T0 (60 days before weaning), T1 (at weaning), T2 (48 hours after weaning), and T3 (60 days after weaning). Blood samples were used to determine chromium, cortisol, total protein, and albumin concentrations, and urine samples were used to determine urinary creatinine and chromium levels. Cumulative weight gain was higher in calves supplemented with chromium before weaning and during the experiment (P<0.05). In addition, weaning-related stress caused an increase in chromium excretion in the urine, and chromium supplementation reduced stress, which resulted in lower cortisol and total protein levels during weaning.(AU)


O estudo foi realizado para avaliar a hipótese de que a suplementação dietética com cromo antes, durante e após a desmama possa diminuir a concentração de cortisol causado por este processo em bezerros de corte. Para tal, foram utilizados 150 bezerros mestiços, machos e fêmeas, entre cinco e seis meses de idade. Os animais foram divididos randomicamente por sexo e grupo genético em dois grupos homogêneos (n=75), um mantido como controle e outro suplementado com 0,9mg de carboaminofosfoquelato de cromo/100 kg PV misturado a um sal proteinado para ser consumido na base de 0,1% do PV via creep feeding, no decorrer de 60 dias antes e 60 dias após à desmama forçada. Os animais foram pesados e foram coletadas amostras sanguíneas e urinárias no M0 (60 dias antes da desmama), M1 (desmama), M2 (48 horas após a desmama) e M3 (60 dias após à desmama) para determinação de cromo, cortisol, proteína total e albumina no sangue e da concentração urinária de creatinina e cromo. O ganho acumulado de peso foi superior nos bezerros suplementados com cromo antes da desmama e no decorrer de todo o experimento (P<0,05). A suplementação com cromo reduziu os teores de cortisol e de proteína total durante a desmama. O estresse da desmama provocou aumento da excreção de cromo pela urina.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Desmame , Bovinos/crescimento & desenvolvimento , Cortisona/antagonistas & inibidores , Ganho de Peso , Cromo/uso terapêutico , Suplementos Nutricionais , Urina
6.
Pesqui. vet. bras ; 40(1): 1-6, Jan. 2020. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1091656

RESUMO

The aim of this work was to describe the epidemiological, clinical and pathological aspects of two outbreaks of spontaneous poisoning caused by Froelichia humboldtiana in cattle in Pernambuco, northeastern Brazil and reproduce experimentally this poisoning in cattle. Spontaneous poisonings of primary photosensitization occurred in two farms at the municipalities of Cachoeirinha and São Caetano and affected twenty-two adult bovines and two suckling calves after the rainy season. All bovines have recovered 21 days after they were removed from the pasture. To reproduce experimental poisoning, three cows and a calf were maintained in a pasture with 1ha composed by F. humboldtiana during 14 days. Clinical signs and skin lesions were similar in both spontaneous and experimental poisoning and consisted of cutaneous itching and hyperemia of non-pigmented areas of skin that evolved into edema, exudative dermatitis and extensive areas of skin necrosis. Serum levels of aspartate aminotransferase (AST), gamma glutamyltransferase (GGT), total, direct and indirect bilirubin were normal in all cattle examined. Histologically, lesions consisted of epidermal necrosis, hyperkeratosis with large amounts of degenerate neutrophils and acanthosis. In the dermis, edema and inflammatory infiltrate composed of eosinophils, lymphocytes and plasma cells mainly around the blood vessels were observed. In the experimental group, clinical signs of photosensitization were observed after the third day of F. humboldtiana consumption. The suckling calf displayed mild clinical signs of photodermatitis on the 8th day of the experiment. It was estimated that the average consumption of F. humboldtiana necessary to initiate clinical signs in each adult bovine was 78kg.(AU)


Os objetivos deste trabalho foram descrever os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos de dois surtos de intoxicação por Froelichia humboldtiana em bovinos em Pernambuco e reproduzir experimentalmente essa intoxicação em bovinos. Intoxicações espontâneas foram observadas após o início do período chuvoso nos municípios de Cachoerinha e São Caetano. Vinte e dois bovinos apresentaram sinais clínicos e lesões cutâneas compatíveis com fotossensibilização primária, dentre os quais, dois bezerros lactentes. Todos os bovinos se recuperaram totalmente cerca de 21 dias após serem retirados da pastagem. Para reproduzir experimentalmente a intoxicação, três vacas, uma delas com bezerro ao pé, foram mantidas em um piquete de 1ha composto por F. humboldtiana por 14 dias consecutivos. O quadro clínico e as lesões tegumentares, tanto nos bovinos intoxicados nos surtos espontâneos, quanto nos bovinos do experimento consistiram em prurido e hiperemia em áreas despigmentadas de pele, que evoluíam para edema, dermatite exsudativa e necrose de áreas extensas de pele. Em todos os bovinos examinados, os níveis séricos de aspartato aminotransferase (AST), gamaglutamiltransferase (GGT), bilirrubina total, direta e indireta estavam normais. Histologicamente, as lesões consistiram em necrose da epiderme, hiperqueratose com grande quantidade de neutrófilos degenerados e acantose. Na derme havia edema e infiltrado inflamatório composto por eosinófilos, linfócitos e plasmócitos principalmente ao redor dos vasos sanguíneos. Nos bovinos do experimento, sinais clínicos de fotossensibilização foram observados após o terceiro dia de consumo de F. humboldtiana. O bezerro lactente apresentou sinais clínicos leves de fotodermatite no 8º dia do experimento. Estimou-se que o consumo médio de matéria seca de F. humboldtiana necessário para iniciar os sinais clínicos em cada bovino adulto foi de 78kg.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Intoxicação por Plantas/veterinária , Dermatite Fotoalérgica/etiologia , Cicer/envenenamento , Cicer/toxicidade , Dermatite Fotoalérgica/veterinária , Dermatite/etiologia , Dermatite/veterinária
7.
Pesqui. vet. bras ; 40(1): 17-28, Jan. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1091657

RESUMO

The early use of antimicrobial therapy has been introduced in many farms to prevent diarrhea and respiratory disease in young calves; however, there is controversy about whether this practice has a beneficial effect on the health of these animals. This study evaluated the influence of the early use of antimicrobials on the health and performance of neonatal Holstein calves. Twenty-six Holstein calves were screened and divided into two groups, according to the administration (ATB+), or not (ATB-) of tulathromycin (2.5mg/kg, subcutaneously) within the first 12 hours of life. Calves were evaluated by general clinical examination, fecal score, respiratory score, and external palpation of the umbilical region, besides fecal output of dry matter. Anemia was determined by using an automatic system and, also, using a commercial kit for iron dosage. Diarrhea was diagnosed by a centrifuge-flotation technique using a sugar solution (Cryptosporidium) and multiplex semi-nested RT-PCR (rotavirus/coronavirus). The performance of the calves was estimated by Daily Weight Gain (DWG). The young dairy calves were evaluated within 12 hours of birth (≤12h) and at 3-5th (D3-5), 7-9th (D7-9), 13-15th (D13-15), 20-23rd (D20-23), and 27-30th (D27-30) days of life. No difference was noted between the ATB+ and ATB- groups concerning heart rate, respiratory frequency, and rectal temperature. Erythrogram showed a higher frequency of anemia in ATB- group (P=0.016) at the D3-5 check-up; lower values of serum iron were also observed simultaneously (P=0.051). Thirteen cases of respiratory disease were detected during this study; however, no significant difference was observed between the groups in this regard. The frequency of diarrhea (fecal score 2-3) was high in both groups, peaking at D13-D15. No differences were noted between the groups regarding the frequency of diarrhea when considering the dry fecal matter. The predominant etiological agent for diarrhea was Cryptosporidium spp.. The DWG was similar between groups, with maximum weight reduction on D13-15. The administration of tulathromycin in prophylactic dose (2.5mg/kg) at birth decreased the frequency of anemia but did not influence weight gain or the prevalence of diarrhea.(AU)


O uso precoce de antimicrobianos tem sido adotado em muitas fazendas para profilaxia das diarreias e doença respiratória em bezerras, no entanto existem controvérsias sobre os beneficios desta prática na saúde desses animais. Esta pesquisa avaliou a influência do uso precoce de antimicrobiano na sanidade e desempenho de bezerras holandesas recém-nascidas. Para tanto foram selecionadas 26 bezerras Holandesas distribuídas de acordo com a aplicação (ATB+) ou não (ATB-) de tulatromicina (2,5mg/Kg) por via subcutânea até 12h de vida. As bezerras foram examinadas por meio de exame clínico geral, escore fecal, escore respiratório e palpação externa da região umbilical, além da matéria seca fecal. A presença de anemias foi determinada pelo eritrograma utilizando sistema automático e além da dosagem de ferro utilizando kit comercial. O diagnóstico etiológico das diarreias foi investigado por meio da técnica de flutuação em solução saturada de sacarose (Cryptosporidium) e multiplex semi-nested RT-PCR (rotavírus/coronavírus). O desempenho das bezerras foi estimado pelo ganho de peso. As bezerras foram avaliadas até doze horas após o nascimento (≤12h); 3-5º (D3-5); 7-9º (D7-9); 13-15º (D13-15); 20-23º (D20-23); e 27-30º dias de vida (D27-30). Não foram encontradas diferenças entre os grupos ATB+ e ATB- em relação à frequência cardíaca, frequência respiratória e temperatura retal. O eritrograma revelou maior frequência de anemias no grupo ATB- (P=0,016) no D3-5. Neste momento também foram observados menores valores de ferro sérico (P=0,051). Foram detectados treze casos de doença respiratória durante o estudo, no entanto não foi possível detectar diferença entre os grupos. A frequência de diarreias (escore fecal 2 e 3) foi alta em ambos os grupos, observando-se pico no D13-15 (ATB+=92,3%; ATB-=92,3%). Não observamos diferenças entre os grupos em relação a frequência de diarreia considerando-se a matéria seca fecal. O agente etiológico predominante nas diarreias foi o Cryptosporidium. O ganho de peso diário foi igual entre grupos, com intensa redução no GPD no D13-15. A administração de tulatromicina na dose profilática (2,5mg/Kg) ao nascimento diminuiu a frequência de anemias e não influenciou no ganho de peso e prevalência de diarreias.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Infecções por Rotavirus/veterinária , Macrolídeos/uso terapêutico , Disenteria/etiologia , Gastroenteropatias/etiologia , Anemia/prevenção & controle , Anti-Infecciosos/uso terapêutico , Coronavirus Bovino , Infecções por Coronavirus/veterinária , Criptosporidiose
8.
Pesqui. vet. bras ; 40(1): 12-16, Jan. 2020. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1091659

RESUMO

Tuberculosis is a chronic anthropozoonosis of worldwide occurrence, caused by the bacterium Mycobacterium tuberculosis and its variants. In Brazil, the National Program for the Control and Eradication of Brucellosis and Tuberculosis in cattle, is responsible for diagnosing and the correctly allocate positive animals, but there is still a lack of definitive diagnosis of the disease. This study described the use of five diagnostic tools that can be used, preferably together, for the confirmation of suspected cases. These tools included the clinical examination comparative cervical tuberculin test, macroscopic findings during the slaughtering and histopathology of the damaged tissues followed by histochemistry. We evaluated a total of 211 dairy cattle, where 15.1% (32/211) had classic clinical signs of bovine tuberculosis, 74 (35%) showed reactivity in the comparative cervical tuberculin test. Of the total number of animals, 141 (66.8%) were referred for sanitary slaughter due to legal and control issues in the outbreaks of the disease. In the follow-up of slaughtering and inspection of viscera and carcasses, 74 (52.5%) had macroscopic lesions compatible with bovine tuberculosis, while 67 (47.5%) showed no visible changes. During the inspection, fragments of lymph nodes and liver and lung parenchyma were collected from five cattle with macroscopic lesions and five with no lesions. The histopathological analysis showed numerous areas of caseous necrosis with or without central calcification and granulomatous inflammatory infiltrate. In the special staining of Ziehl-Neelsen, numerous acid-fast bacilli were evidenced in all cases.(AU)


A tuberculose é uma antropozoonose crônica de ocorrência mundial, causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis e suas variantes. No Brasil existe o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose em bovinos que viabiliza o diagnóstico e a destinação correta dos animais positivos, porém ainda há carência quanto ao diagnóstico da doença. Assim, este trabalho descreve a utilização de cinco ferramentas diagnósticas para a confirmação de casos suspeitos de tuberculose. As ferramentas utilizadas compreenderam o exame clínico, teste tuberculínico cervical comparativo, os achados macroscópicos durante o abate sanitário e a histopatologia dos tecidos lesados seguido de histoquímica. O estudo avaliou um total de 211 bovinos leiteiros, dos quais 15,1% (32/211) apresentaram sinais clínicos clássicos de tuberculose bovina, 35,1% (74/211) apresentaram reatividade no teste tuberculínico cervical comparativo, e 143 animais (67,8%) foram encaminhados para abate sanitário devido a questões legais e de controle nos focos da doença. No acompanhamento do abate e inspeção sanitária de vísceras e carcaças verificou-se que 51,8% (74/143) dos bovinos abatidos apresentavam lesões macroscópicas compatíveis com tuberculose bovina, enquanto 48,2% (69/143) não apresentavam alterações visíveis. Durante a inspeção foram coletados fragmentos de linfonodos e parênquima de fígado e pulmão de cinco bovinos com lesões macroscópicas e de cinco sem lesões, que na análise histopatológica apresentaram numerosas áreas de necrose caseosa com ou sem calcificação central e infiltrado inflamatório granulomatoso. Na coloração de Ziehl-Neelsen foram evidenciados numerosos bacilos álcool-ácido resistentes em todos os casos. Assim, diante dos resultados obtidos verifica-se que as análises empregadas no presente estudo foram de extrema importância para o diagnóstico acurado de tuberculose em bovinos.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Tuberculose Bovina/diagnóstico , Tuberculose Bovina/patologia , Tuberculose Bovina/epidemiologia , Teste Tuberculínico/veterinária
9.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 263-272, Jan.-Feb. 2020. tab, graf, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088943

RESUMO

O objetivo do trabalho foi avaliar o comportamento ingestivo de concentrado e de ordenha de vacas em lactação em sistema de ordenha robotizada (SOR) conforme a paridade. O experimento foi realizado de março a junho de 2014, em Castro, PR, com vacas da raça Holandesa, confinadas em free stall, ordenhadas automaticamente e classificadas de acordo com a ordem de parto (1, 2 e +3 partos). Os dados foram extraídos do software de gerenciamento, sendo consideradas as atividades de um dia por mês (24h), por quatro meses, no dia seguinte após a realização do controle leiteiro oficial. Os dados foram analisados por técnicas de análise multivariada (análise fatorial, canônica e de agrupamento), utilizando-se o pacote computacional SAS. O comportamento ingestivo de concentrado influenciou toda a atividade das vacas no SOR, sendo fundamental para o desempenho dos animais nesse sistema. A ordem de parto não influenciou o comportamento na ordenha, somente o comportamento ingestivo, devido à dominância social das vacas multíparas. As vacas mais produtivas apresentaram um comportamento ingestivo mais agressivo. Conclui-se que a ordem de parto influencia o comportamento ingestivo de concentrado, porém não interfere no comportamento de ordenha de vacas com maior paridade. No SOR, primíparas devem ser manejadas em grupo específico.(AU)


The aim of this study was to assess the ingestive behavior of concentrate and milking of dairy cows in automatic milking system (AMS) according to parity. The experiment was conducted from March to June 2014, in Castro, PR, with Holstein cows housed in a free stall, milked automatically, and classified according to the lactation order (1, 2 and +3 lactations). Data were extracted from the management software, considering the activities of one day a month (24 hours) for four months, the day after the official milk production control. The data were analyzed by multivariate analysis (factorial analysis, canonical and cluster), using the statistical package SAS. The ingestive behavior of concentrate influenced the entire activity of the cows in the AMS, being a fundamental factor in the performance of animals in this system. Parity did not influence the milking behavior, only the ingestive behavior, due to the social dominance of multiparous cows. High-yielding cows had a more aggressive ingestive behavior. It was concluded that parity influenced the ingestive behavior of concentrate, but does not interfere in milking behavior in cows with higher parity. In the AMS, primiparous should be managed in a specific group.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Automação/métodos , Comportamento Animal , Leite , Ejeção Láctea
10.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 25-32, Jan.-Feb. 2020. tab, graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088924

RESUMO

A fim de avaliar o efeito de diferentes doses da rbST sobre a dinâmica folicular, a produção e a maturação in vitro de oócitos, 20 vacas Sindi, divididas em três grupos, receberam um dispositivo de progesterona intravaginal, estradiol e PGF2α, além de 2mL de solução salina (grupo controle), 250 (grupo rbST 250) ou 500mg de rbST (grupo rbST 500). Cinco dias depois, realizou-se a ovum pick up, e os complexos cumulus-oócitos (CCOs) recuperados foram selecionados, classificados e maturados in vitro. Os dados de contagem foram comparados pelo procedimento glht (General Linear Hypothesis Test), e os dados em porcentagem foram submetidos ao qui-quadrado, no programa estatístico R, onde as diferenças foram consideradas significativas quando P<0,05. Não houve diferença (P>0,05) entre os grupos quanto à quantidade de folículos e à taxa de maturação. Os grupos rbST 250 e rbST 500 foram significativamente superiores (P<0,05) ao grupo controle em relação ao número de folículos grandes (0,42±0,20 vs. 0). O grupo rbST 500 apresentou maior (P<0,05) porcentagem de oócitos viáveis (91,52%) do que os grupos controle (67,85%) e rbST 250 (53,33%). A rbST aumenta o número de folículos grandes, e 500mg de rbST aumentam a porcentagem de oócitos viáveis em vacas Sindi.(AU)


In order to evaluate the effect of different doses of rbST on the follicular dynamics, production, and in vitro maturation of oocytes, 20 Sindhi cows were divided into three groups, receiving an intravaginal progesterone device, estradiol and PGF2α, and 2mL of solution saline (Control Group), 250 (rbST 250 Group) or 500mg rbST (rbST 500 Group). Five days later, the ovum pick up was performed, and the cumulus-oocyte (CCO) complexes recovered were selected, classified, and matured in vitro. The counting data were compared by the glht (General Linear Hypothesis Test) procedure, and the percentage data were submitted to Qui- square, in the statistical program R, where differences were considered significant when P< 0.05. There was no difference (P> 0.05) between the groups regarding follicle quantity and maturation rate. The rbST 250 and rbST 500 groups were significantly higher (P< 0.05) than the Control group in relation to the number of large follicles (0.42±0.20 versus 0). The rbST 500 group presented higher (P< 0.05) percentage of viable oocytes (91.52%) than the Control (67.85%) and rbST 250 (53.33%) groups. rbST increases the number of large follicles and 500mg rbST increases the percentage of viable oocytes in Sindhi cows.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Oócitos , Indução da Ovulação/veterinária , Hormônio do Crescimento/administração & dosagem , Técnicas de Maturação in Vitro de Oócitos/veterinária
11.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 1-8, Jan.-Feb. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088931

RESUMO

Bovine tuberculosis is a worldwide spread zoonotic disease. Intradermal tuberculinizations are the most used diagnostic tests in the world. Serological tests can be an ancillary diagnosis for bovine tuberculosis. The objective of this study was to evaluate the diagnostic performance of the ELISA Mycobacterium Bovis Antibody Test Kit IDEXX ™ in infected herds, which were in different disease control stages. One hundred and twenty animals from two dairy herds of Minas Gerais state, Brazil, were subjected to the ELISA serological test and the comparative cervical tuberculin test (CCT). Diagnostic test parameters were estimated using Bayesian latent class models and concordance between tests estimated by the frequentist approach. The ELISA test presented lower sensitivity than CCT in both herds. Its sensitivity was higher in the herd in sanitation process. Specificity estimates were above 95% in both herds. Kappa index indicated low concordance or even disagreement between tests. According to the results, the ELISA IDEXX should not be used as substitution for CCT. The tests must not be associated in series. Parallel association increased diagnostic sensitivity in the herd which was in the process of sanitation.(AU)


A tuberculose bovina é uma zoonose de distribuição mundial cujos testes mais utilizados para o diagnóstico são as tuberculinizações intradérmicas, simples e compartivas. Contudo, testes sorológicos podem constituir diagnósticos auxiliares. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho diagnóstico do teste ELISA Mycobacterium Bovis Antibody Test Kit IDEXX ® em rebanhos bovinos infectados, que se encontravam em diferentes estágios de controle da doença. Cento e vinte animais de dois rebanhos leiteiros provenientes do estado de Minas Geais-Brasil foram submetidos ao ELISA e à tuberculinização cervical compartiva (TCC). Avaliou-se o desempenho dos testes por meio de modelos Bayesianos de classe latente e a concordância entre os eles, por meio de estatística frequentista. Uma maior sensibilidade do teste foi observada no rebanho previamente tuberculinizado. Em ambos os rebanhos o TCC foi mais sensível que o ELISA. Especificidade acima de 95% foi encontrada em ambos os rebanhos. Foram observadas baixa concordância ou mesmo discordância entre os testes. De acordo com os resultados obtidos, o teste ELISA-IDEXX não deve ser utilizado em substituição à TCC, tampouco devem ser associados em série. Houve aumento da sensibilidade quando os testes foram associados em paralelo no rebanho que já se encontrava em processo de saneamento.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Tuberculose Bovina/diagnóstico , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática/veterinária , Controle de Doenças Transmissíveis/métodos , Aprovação de Teste para Diagnóstico
12.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 9-17, Jan.-Feb. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088933

RESUMO

The aim of this study was to evaluate the addition of vitamin C, reduced glutathione and the association thereof to the bovine semen cryopreservation extender. The ejaculate from nine bulls were divided into four fractions, each corresponding to a treatment, namely: control group-semen diluted with Tris-yolk extender; vitamin C group-semen diluted in Tris-yolk extender supplemented with vitamin C (2.5mmol/mL); glutathione group-semen diluted in Tris-yolk extender supplemented with reduced glutathione (2.5mmol/mL) and associated group-semen diluted in Tris-yolk extender supplemented with vitamin C (1.25mmol/mL) and reduced glutathione (1.25mmol/mL). Afterwards, the semen was packed into French straws and submitted to cryopreservation using automated equipment. After cryopreservation, the semen was thawed and evaluated considering sperm motility, morphology, plasma membrane, acrosome, mitochondrial potential and oxidative stress, as well as the thermo resistance test. Extender's supplementation with the association of vitamin C and reduced glutathione showed benefic effects on sperm motility and preservation of plasma and acrosomal membranes during semen cryopreservation, being also the group that showed higher values of reactive oxygen species. Thus, the association of both antioxidants contributed to the preservation of sperm cells in every analyzed characteristic, suggesting its use on bovine semen cryopreservation.(AU)


O objetivo deste estudo foi avaliar a adição de vitamina C, glutationa reduzida e sua associação ao diluidor de criopreservação de sêmen bovino. O ejaculado de nove touros foi dividido em quatro frações, cada uma correspondendo a um tratamento, a saber: grupo controle - sêmen diluído em Tris-gema; grupo vitamina C - sêmen diluído em Tris-gema, suplementado com vitamina C (2,5mmol/mL); grupo glutationa - sêmen diluído em Tris-gema, suplementado com glutationa reduzida (2,5mmol/mL) e grupo sêmen associado - diluído em Tris-gema, suplementado com vitamina C (1,25mmol/mL) e glutationa reduzida (1,25mmol/mL ). Posteriormente, o sêmen foi envasado em palhetas francesas e submetido à criopreservação por meio de equipamento automatizado. Após a criopreservação, o sêmen foi descongelado e avaliado quanto à motilidade espermática, à morfologia, à membrana plasmática, ao acrossoma, ao potencial mitocondrial e ao estresse oxidativo, bem como pelo teste de resistência térmica. A suplementação de extensor com a associação de vitamina C e glutationa reduzida mostrou efeitos benéficos sobre a motilidade espermática e a preservação das membranas plasmática e acrossomal durante a criopreservação de sêmen, sendo também o grupo que apresentou maiores valores de espécies reativas de oxigênio. Assim, a associação de ambos os antioxidantes contribuiu para a preservação dos espermatozóides em todas as características analisadas, sugerindo sua utilização na criopreservação de sêmen bovino.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Bovinos , Ácido Ascórbico/administração & dosagem , Preservação do Sêmen/veterinária , Espécies Reativas de Oxigênio , Estresse Oxidativo , Glutationa
13.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 40-48, Jan.-Feb. 2020. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088936

RESUMO

A ultrassonografia é um exame complementar não invasivo ainda pouco utilizado na avaliação prepucial e sem descrições detalhadas da parte livre do pênis (PLP) de bovinos. Este estudo objetivou padronizar a ultrassonografia prepucial em bovinos hígidos da raça Nelore com um ano de idade e, para tanto, descreveu o aspecto da lâmina interna prepucial (LIP) e da PLP, determinando as principais janelas acústicas, a viabilidade da utilização de contraste no lúmen da cavidade prepucial (LCP) e o melhor posicionamento do animal para a realização do exame. O escaneamento foi realizado com os animais na posição quadrupedal e em decúbito lateral direito. Foram determinadas cinco janelas acústicas a partir do óstio até a identificação do recesso prepucial. Os escaneamentos foram realizados nos planos longitudinais, transversais e dorsais, antes e após a infiltração de solução fisiológica a 0,9% no LCP. Como conclusões, o exame ultrassonográfico permitiu identificar a LIP e a PLP em todos os planos e em todas as janelas acústicas propostas. O melhor ponto de referência é a identificação da glande. O posicionamento quadrupedal é mais adequado para a realização do exame e o uso de contraste é recomendado para delimitação topográfica das estruturas.(AU)


Ultrasonography is a noninvasive complementary exam that is still rarely used in the preputial evaluation and without detailed descriptions of the bovine free end of the penis. The purpose of this study was to standardize preputial ultrasonography in one-year-old healthy Nelore cattle, describing the main acoustic windows, the viability of using contrast in the preputial cavity and the best positioning of the animal for performing the ultrasound examination. The scanning was performed with the animals in standing and decubitus position. Five acoustic windows were determined from the preputial ostium to the preputial fornix, at the free end of the penis. The scans were performed in longitudinal, transverse and dorsal planes, before and after infiltration of 0.9% saline solution into the preputial cavity. As conclusions, the ultrasound examination is able to identify the internal layer and the free part of the penis in all proposed planes and acoustic windows. The best landmark is the identification of the glans. Furthermore, standing positioning is the most appropriate to perform the exam and the use of contrast is recommended for topographic delimitation of the structures.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Bovinos , Pênis/diagnóstico por imagem , Prepúcio do Pênis/diagnóstico por imagem , Ultrassonografia/métodos
14.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 243-252, Jan.-Feb. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088938

RESUMO

O objetivo deste estudo foi avaliar o perfil de ácidos graxos (AG) do leite de vacas alimentadas com dietas à base de silagem de milho contendo 0% e 8,9% de glicerina bruta (GB) na matéria seca (MS). Foram utilizadas 18 vacas Holandês x Gir com 48±18 dias em lactação, produzindo 19,8±4,9kg/dia de leite. Utilizou-se delineamento de blocos ao acaso, com nove vacas/tratamento e duas medidas repetidas no tempo, com os resultados analisados por modelos mistos. A inclusão de GB na dieta não alterou a ingestão de MS, mas reduziu os consumos dos AG oleico, linoleico e α-linolênico. Os teores dos AG mirístico, palmítico, rumênico, vacênico, esteárico, oleico, linoleico, α-linolênico e CLA trans-10 cis-12 na gordura do leite foram semelhantes entre dietas. A inclusão de GB reduziu os teores dos AG elaídico e C18:1 trans-10 e aumentou os teores dos AG de cadeia ímpar linear e do ácido láurico. Não houve efeito da inclusão da GB sobre os índices de aterogenicidade e trombogenicidade da gordura do leite. Concluiu-se que a inclusão de glicerina bruta em dieta à base de silagem de milho não afetou a qualidade nutricional da gordura do leite de vacas Holandês x Gir.(AU)


The objective of this study was to evaluate the milk fatty acid (FA) composition of cows fed corn silage-based diets containing 0% and 8.9% of crude glycerin (GB) on a dry matter (DM) basis. Eighteen Holstein x Gyr cows with 48±18 days in milk and producing 19.8±4.9kg milk/day were used in the study. The experimental design was a randomized block with nine cows per treatment and two repeated measures. Results were analyzed using mixed models. The milk fat contents of myristic, palmitic, rumenic, vaccenic, estearic, oleic, linoleic, α-linolenic, and trans-10 cis-12 CLA were similar between diets. Dietary inclusion of GB decreased elaidic and trans-10 C18:1, and increased lauric acid and odd linear-chain FA contents in milk fat. Both atherogenicity and trombogenicity indices were unaffected by GB inclusion. It was concluded that GB inclusion in corn silage-based diets had no effect on the nutritional quality of milk fat from Holstein x Gyr dairy cows.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Bovinos , Silagem , Leite/química , Ácidos Graxos/análise , Glicerol/administração & dosagem , Biocombustíveis , Ração Animal
15.
Pesqui. vet. bras ; 40(1): 7-11, Jan. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1091651

RESUMO

Calf diarrhea causes substantial economic losses in the cattle industry worldwide. Bovine rotavirus A (RVA) is the main viral agent that leads to enteric infection and diarrhea outbreaks in calves throughout the world. The aim of this retrospective (2006-2015) study was to determine the frequency of RVA detection in diarrheic fecal samples from beef and dairy calves from the three main cattle-producing regions of Brazil. Diarrheic fecal samples (n=1,498) of 124 beef and 56 dairy cattle herds from the Midwest, South, and Southeast geographical regions of Brazil were evaluated using the silver-stained polyacrylamide gel electrophoresis (ss-PAGE) technique. RVA double stranded-RNA was identified by the ss-PAGE technique in 410 (27.4%) fecal samples. The frequency of positive samples found in beef calves (31.9%; 328/1,027) was higher than the frequency found in diarrheic fecal samples from dairy calves (17.4%; 82/471). RVA infection was identified in calves from the three Brazilian geographical regions analyzed. However, the frequency of positive diarrheic calves in the Midwest region (39.4%), predominantly beef calves, was higher than in the South (19.4%) and Southeast (17.6%) regions. The temporal distribution of RVA-infected calves evaluated by two five-year periods (2006-2010, 24.5%; 2011-2015, 28.8%) demonstrated a very similar frequency of RVA in both periods. Considering the wide regional and temporal scope of this study, it can be concluded that RVA remains an important etiology of neonatal diarrhea in calves of Brazilian cattle herds.(AU)


A diarreia neonatal ocasiona perdas econômicas importantes na pecuária bovina em todo o mundo. Rotavírus A (RVA) é o principal agente etiológico viral de infecções entéricas e surtos de diarreia em bezerros de rebanhos de corte e leite. O objetivo deste estudo retrospectivo (2006-2015) foi determinar a frequência de detecção de RVA em amostras de fezes diarreicas de bezerros de corte e leite das três principais regiões produtoras de bovinos do Brasil. Amostras de fezes diarreicas (n=1.498) de 124 rebanhos bovinos de corte e 56 rebanhos bovinos de leite das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do Brasil foram avaliadas utilizando a técnica de eletroforese em gel de poliacrilamida (EGPA). O genoma segmentado de RVA foi identificado pela técnica de EGPA em 410 (27,4%) amostras de fezes. A frequência de amostras positivas encontrada em bezerros de rebanhos de corte (31,9%; 328/1.027) foi maior que a frequência identificada em amostras de fezes diarreicas de bezerros de rebanhos leiteiros (17,4%; 82/471). A infecção por RVA foi identificada em bezerros das três regiões geográficas brasileiras analisadas. No entanto, a frequência de bezerros com diarreia positivos para RVA na região Centro-Oeste (39,4%), predominantemente de bezerros de rebanhos de corte, foi maior que nas regiões Sul (19,4%) e Sudeste (17,6%). A distribuição temporal dos bezerros infectados com RVA avaliados por dois períodos de cinco anos (2006-2010, 24,5%; 2011-2015, 28,8%) demonstrou uma frequência muito semelhante em ambos os períodos. Considerando a amplitude regional e temporal deste estudo, pode-se concluir que RVA continua sendo uma importante etiologia de diarreia neonatal em bezerros de rebanhos bovinos brasileiros.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Infecções por Rotavirus/veterinária , Infecções por Rotavirus/epidemiologia , Rotavirus/patogenicidade , Gastroenteropatias/etiologia , Eletroforese em Gel Bidimensional/veterinária
16.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 18-24, Jan.-Feb. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088909

RESUMO

The use of hypotonic electrolytic solutions in enteral fluid therapy is still understudied in calves. The objective of the present study was to evaluate the effects of maintenance enteral electrolytic solutions with different concentrations of sodium acetate and different osmolarities in calves. For this, 18 Holstein calves, six male and 12 female, 20 days old and weighing around 52kg, were used. The animals were randomly divided into three groups and each group received one of the treatments. The three electrolytic solutions contained the same components in different concentrations, resulting in a hyposmotic, an isosmotic and a hyperosmotic solution. Each animal was maintained in enteral fluid therapy for 12 hours with infusion rate of 15mL kg-1 h-1. Abdominal circumference, body weight, feces consistency, glucose and plasma lactate, pH, pCO2, HCO- 3 and BE were measured at the following times: T0h, T6h, T12h and T24h. The hyposmotic solution did not generate the onset of diarrhea, while the isosmotic and the hyperosmotic did. Regardless of the dose used, acetate did not cause metabolic alkalosis in the evaluated animals. The results suggest that the use of hyposmotic solution in diarrheic calves, dehydrated and without metabolic acidosis, may be clinically important.(AU)


O uso de soluções eletrolíticas hipotônicas na hidratação enteral ainda é pouco estudado em bezerros. O objetivo do presente estudo foi avaliar os efeitos de soluções eletrolíticas enterais de manutenção com diferentes concentrações de acetato de sódio e diferentes osmolaridades em bezerros. Para isso, foram utilizados 18 bezerros, seis machos e 12 fêmeas, holandeses, com 20 dias de nascidos e pesando por volta dos 52kg. Os animais foram divididos aleatoriamente em três grupos e cada grupo recebeu um dos tratamentos. As três soluções eletrolíticas continham os mesmos componentes, mas em diferentes concentrações, resultando em uma solução hiposmótica, uma isosmótica e uma hiperosmótica. Cada animal foi mantido em hidratação enteral durante 12 horas com taxa de infusão de 15mL kg-1h-1. Foram aferidos perímetro abdominal, peso corporal, consistência das fezes, glicose e lactato plasmático, pH, pCO2, HCO- 3 e excesso de base nos seguintes tempos: T0h, T6h, T12h e T24h. A solução hiposmótica não gerou aparecimento de diarreia, enquanto a isosmótica e a hiperosmótica geraram. Independentemente da dose utilizada, o acetato não causou alcalose metabólica nos animais avaliados. Os resultados sugerem que o uso da solução hiposmótica em bezerros diarreicos, desidratados e sem acidose metabólica, pode ser clinicamente importante.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Concentração Osmolar , Acetato de Sódio/administração & dosagem , Eletrólitos/administração & dosagem , Hidratação/veterinária , Soluções Hipotônicas , Animais Recém-Nascidos , Diarreia
17.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 33-39, Jan.-Feb. 2020. graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088915

RESUMO

A biópsia embrionária associada à genotipagem permite a obtenção de informações genômicas antes mesmo da transferência dos embriões. Neste estudo, foram avaliadas amostras biopsiadas de blastocistos bovinos transferidos para receptoras (n=47), sob a hipótese de que a raça (Gir ou Girolando), o estádio embrionário (blastocisto ou blastocisto expandido) e a competência para estabelecimento de prenhez (positiva ou negativa) afetariam a quantidade e a qualidade do DNA da amostra obtida. O DNA foi extraído, amplificado, quantificado por eletroferograma e genotipado. O parâmetro call rate (CR) foi adotado para mensurar a qualidade da genotipagem. Obteve-se concentração de DNA de 86,07±171,66ng/µL e CR 0,73±0,17. O CR não variou em função da quantidade de DNA nas amostras. As variáveis raça e estádio embrionário não influenciaram a concentração de DNA, nem o CR. Houve efeito da prenhez sobre o CR (P=0,0187), mas, como houve maior CR nas amostras provenientes do grupo prenhez negativa, não foi possível associar esse parâmetro à qualidade embrionária. Concluiu-se que a raça e a qualidade embrionária não afetam os parâmetros aqui estudados em amostras embrionárias, ou seja, embriões com maiores chances de implantação não refletem alta qualidade nas amostras de biópsia genotipadas.(AU)


Embryo biopsy associated with genotyping allows genomic information before embryo transfer. In this study, blastocyst biopsy samples from embryos transferred to recipients (n= 47) were evaluated, under the hypothesis that breed (Gyr or Girolando), embryonic stage (blastocyst or expanded blastocyst) and competence to establish pregnancy (positive or negative) would affect the quantity and DNA quality of samples. DNA was extracted, amplified, quantified by electropherogram and genotyped. The parameter call rate (CR) was used to measure the quality of genotyping. DNA concentration of 86.07±171.66ng/µl, and CR 0.73±0.17 was obtained. CR did not vary according to the amount of DNA in the samples. The variables breed and embryonic stage had no influence on DNA concentration or CR. There was pregnancy effect on the CR (P= 0.0187), but since there was a higher CR in the samples from the negative pregnancy group, it was not possible to associate this parameter with the embryonic quality. We conclude that the breed and embryo quality do not affect the evaluated parameters in embryonic samples. Embryos with higher chances of implantation do not reflect high quality in embryo biopsy genotyped samples.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Seleção Genética , Biópsia/veterinária , Análise de Sequência de DNA/veterinária , Embrião de Mamíferos , Técnicas de Genotipagem/veterinária , Técnicas In Vitro/veterinária
18.
Rev. bras. parasitol. vet ; 29(1): e017119, 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1101625

RESUMO

Abstract The present study aimed to characterize the importance of the Anaplasma marginale, Babesia bovis and Babesia bigemina in the genesis of cattle tick fever (CTF) among dairy calves in the northwest of Minas Gerais, Brazil. Blood samples from 300 calves were collected, followed by DNA extraction and nested PCR using oligonucleotide primers to amplify fragments of the semi-nested for the msp5 gene (A. marginale), sbp-4 (B. bovis) and rap-1a (B. bigemina) Among the examined calves, the prevalence of A. marginale was 55.6% (n=167/300), B. bovis was 4.0% (n=12/300) and B. bigemina was 15.3% (n=46/300), by PCR techniques. Parasitic forms of A. marginale and B. bigemina were found in 36,3% and 2,6% of the blood smears while B. bovis was not detected. There was a statistical difference between the positivity of infected animals in the age groups 1 (10-70 days) and (>70-300 days) for A. marginale and B. bigemina. A total of 15 calves with the classic symptoms of disease were examined, and the samples obtained were confirmed as a simple infection by A. marginale through semi-nested PCR. These results confirm bovine anaplasmosis as the primary cause of CTF among the calves of dairy cattle within the studied area.


Resumo O presente estudo teve como objetivo caracterizar a importância de Anaplasma marginale, Babesia bigemina e Babesia bovis na gênese da tristeza parasitária bovina em bezerros leiteiros do noroeste de Minas Gerais. Foram coletadas 300 amostras sanguíneas de bezerros, seguidas por extração de DNA e Nested- PCR utilizando oligonucleotídeos iniciadores que amplificam fragmentos dos genes sbp-4 (B. bovis) e rap-1a (B. bigemina) e a Semi-Nested para o gene msp5 (A. marginale). A prevalência de A. marginale foi 55,66% (167/300), B. bigemina, 15,33% (46/300) e B. bovis 4,0% (12/300) dos bezerros examinados. Formas parasitárias de A. marginale and B. bigemina foram encontradas em 36,33% e 2,66% dos esfregaços sanguíneos, enquanto B. bovis não foi detectado. Houve diferença estatística entre as prevalências de animais infectados nas faixas etárias 1 (10-70 dias) e 2 (>70-300 dias). Um total de 15 animais com sintomas clássicos da doença foram examinados, e as amostras foram confirmadas como uma infecção simples por A. marginale através da Nested-PCR. Esses resultados confirmam a anaplasmose bovina como a principal agente da tristeza parasitária bovina nos bezerros do rebanho estudado.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Bovinos , Babesia/genética , Babesiose/parasitologia , Carrapatos/parasitologia , Doenças dos Bovinos/parasitologia , Anaplasma marginale/genética , Anaplasmose/parasitologia , Filogenia , Babesiose/diagnóstico , Babesiose/epidemiologia , Brasil , Doenças dos Bovinos/diagnóstico , Doenças dos Bovinos/epidemiologia , Reação em Cadeia da Polimerase/veterinária , Anaplasmose/diagnóstico , Anaplasmose/epidemiologia
19.
Rev. bras. parasitol. vet ; 29(1): e014919, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1092692

RESUMO

Abstract This study investigated the seropositivity for five different tick-borne agents, namely Anaplasma marginale, Babesia bovis, Babesia bigemina, Coxiella burnetii, Anaplasma phagocytophilum, and Trypanosoma vivax in beef cattle in the Brazilian Pantanal. The serum samples collected from animals (200 cows; 200 calves) were used in indirect enzyme-linked immunosorbent assays (iELISA) to detect IgG antibodies against A. marginale, B. bovis, B. bigemina, and T. vivax, and Indirect Fluorescent Antibody Test (IFAT) for detecting IgG antibodies against C. burnetii and A. phagocytophilum. No correlation was observed between seropositivity for C. burnetii and A. phagocytophilum with other agents whereas moderate correlation was observed for A. marginalexB. bigemina x B. bovis. Cows were more seropositive for T. vivax whereas calves were more seropositive for B. bovis and B. bigemina. The highest number of seropositive animals by a single agent was observed for T. vivax (15.2%). Co-seropositivity for T. vivax + A. marginale was higher in cows (25.5%) and for T. vivax + B. bovis + B. bigemina + A. marginale was higher in calves (57.5%). The high seropositivity correlation for A. marginale x B. bovis x B. bigemina is probably due to the presence of the tick biological vector, Rhipicephalus microplus, in the studied farms. Common transmission pathways, mediated by hematophagous dipterans and fomites, may explain the high co-seropositivity of cows for A. marginale and T. vivax. Low seropositivity to C. burnetii is probably due to the type of breeding system employed (extensive). Seropositivity for A. phagocytophilum in only one animal suggests the occurrence of a cross-serological reaction with another agent of the genus Anaplasma.


Resumo Este estudo teve como objetivo determinar a co-soropositividade para agentes transmitidos por carrapatos, como Anaplasma marginale, Babesia bovis, Babesia bigemina, Coxiella burnetii, Anaplasma phagocytophilum, e Trypanosoma vivax em bovinos de corte do Pantanal Brasileiro. Amostras de soro foram colhidas de 400 animais (200 vacas; 200 bezerros) e submetidas a Ensaios Imunoenzimáticos Indiretos (iELISA) para detecção de anticorpos IgG anti- A. marginale, anti- B. bovis, anti- B. bigemina e anti- T. vivax, e à Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI) para detecção de anticorpos IgG anti -C. burnetii e anti- A. phagocytophilum. Ausência de correlação foi vista entre os animais soropositivos para C. burnetii e A. phagocytophilum com os outros agentes e correlação moderada ocorreu entre A. marginale x B. bigemina x B. bovis. Vacas foram mais soropositivas que bezerros para T. vivax e bezerros mais soropositivos que vacas para B. bovis e B. bigemina. Maior número de animais soropositivos para um único agente foi visto para T. vivax (15,2%). Vacas demonstraram maior co-soropositividade para T. vivax + A. marginale (25,5%) e bezerros para T. vivax + B. bovis + B. bigemina + A. marginale (57,5%). A alta correlação entre a soropositividade para A. marginale x B. bovis x B. bigemina é provavelmente devida à presença do vetor biológico, o carrapato Rhipicephalus microplus, nas fazendas estudadas. As vias de transmissão comuns, mediadas por dípteros hematófagos e fômites, podem explicar a alta co-soropositividade das vacas para A. marginale e T. vivax. A baixa soropositividade para C. burnetii é provavelmente devida ao tipo de sistema de criação empregado (extenso). A soropositividade para A. phagocytophilum em apenas um animal sugere a ocorrência de reação sorológica cruzada com outro agente do gênero Anaplasma.


Assuntos
Animais , Bovinos , Imunoglobulina G/sangue , Anticorpos Antiprotozoários/sangue , Doenças dos Bovinos/microbiologia , Doenças dos Bovinos/parasitologia , Doenças Transmitidas por Carrapatos/microbiologia , Doenças Transmitidas por Carrapatos/parasitologia , Anticorpos Antibacterianos/sangue , Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
20.
Rev. bras. parasitol. vet ; 29(1): e015819, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1092688

RESUMO

Abstract An evaluation was made of the effect of anthelmintic treatments on the performance of Simmental X Nellore crossbred calves before and after weaning. To this end, the calves were divided into three groups: (1) treated monthly with a low efficacy anthelmintic drug, ivermectin; (2) treated monthly with a highly effective anthelmintic drug, albendazole; and (3) untreated control group. All the groups in this experiment showed an average fecal egg count of less than 400 eggs per gram (EPG), and no clinical signs of parasitic gastroenteritis. The blood variables were within the normal range and no calf presented anemia. In most of the samplings, mean EPGs were significantly lower (P<0.05) in the group treated with albendazole. The calves received dietary supplementation before and after weaning, which enabled them to gain weight in every month of the experiment and reach a body weight of about 250 kg on the last sampling date, before turning one year old. The anthelmintic treatments did not affect body weight gain, leading to the conclusion that, when fed with suitable dietary supplements, Simmental X Nellore crossbred calves are not affected by gastrointestinal nematode parasites acquired by grazing.


Resumo O objetivo do experimento foi avaliar o efeito de tratamentos anti-helmínticos no desempenho de bezerros Simental x Nelore antes e após o desmame. Os bezerros foram alocados em três grupos: (1) tratado mensalmente com anti-helmínticos de baixa eficácia, ivermectina; (2) tratado mensalmente com anti-helmíntico de alta eficácia, albendazol e (3) controle não tratado. A média das contagens de ovos de nematoides durante o experimento foi inferior a 400 ovos por grama (OPG) em todos os grupos sem manifestação clínica de gastroenterite parasitária. As variáveis ​​sanguíneas mantiveram-se dentro dos limites de normalidade e nenhum bezerro apresentou anemia. Na maioria das coletas, as médias de OPG foram significativamente inferiores (P<0,05) no grupo tratado com albendazol. Os bezerros receberam suplementação antes e depois do desmame, o que lhes permitiu ganhar peso em todos os meses do experimento, atingindo peso corporal em torno de 250 kg, ao final do experimento, antes de completarem um ano de idade. Não houve efeito dos tratamentos anti-helmínticos no ganho em peso, o que permitiu concluir que bezerros Nelore x Simental não são afetados pelo parasitismo por nematoides gastrintestinais sob condições de pastejo, quando devidamente suplementados com concentrado.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Bovinos , Ivermectina/administração & dosagem , Albendazol/administração & dosagem , Doenças dos Bovinos/tratamento farmacológico , Gastroenteropatias/veterinária , Anti-Helmínticos/administração & dosagem , Infecções por Nematoides/veterinária , Contagem de Ovos de Parasitas/veterinária , Fezes/parasitologia , Gastroenteropatias/parasitologia , Gastroenteropatias/tratamento farmacológico , Infecções por Nematoides/parasitologia , Infecções por Nematoides/tratamento farmacológico
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA