Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 1.098
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Intervalo de ano de publicação
1.
Int. j. morphol ; 38(1): 186-192, Feb. 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1056419

RESUMO

As a result of their intense physical activity, racehorses suffer high tendon stress which may result in various pathologies. One of these is tendonitis in the tendon of the superficial digital flexor muscle (TSDFM). Conventional treatment with rest, has not shown to be very effective, and regenerative medicine through the application mesenchymal stem cells appears to be a promising therapy. The objective of this work was to assess the effect of the application of autologous MSC on reduction of the scar length in recurrent TSDFM tendinitis in Holsteiner horses, using image analysis. This study included two groups of five animals each: A control group that received conventional treatment (CG) and an experimental group which was also treated with intralesional injections of MSC (EG). Scar evolution was assessed by echographic analysis, with measurements taken of the scar length over a four month period; the length at month zero, was taken as the initial value of 100 %. During the first month, the mean scar length diminished to 81.14 % (EG) and 95.85 % (CG); after the second month, lengths were 64.4 % (EG) and 92.3 % (CG); following the third month lengths were 51.92 % (EG) and 87.42 % (CG); finally at the end of the fourth month the lengths recorded were 26.7 % (EG) and 83.92 % (CG). These results show that treatment with autologous MSC helps TSDFM scar length was significantly reduced, as compared to conventional treatment.


Reducción de la cicatriz de tendinitis recidivante mediante células Madre mesenquimales autólogas derivadas de tejido adiposo de la base de la cola en equinos Holsteiner (Equus ferus caballus). En equinos deportistas, la actividad física intensa ocasiona gran estrés en los tendones, pudiendo ocasionar diversas patologías como la tendinitis del tendón del músculo flexor digital superficial (TMFDS). El tratamiento convencional con reposo es poco eficaz, siendo la medicina regenerativa a través de la aplicación de células madres mesenquimáticas (MSC) una promisoria terapia. El objetivo de este trabajo, fue evaluar el efecto de la aplicación de MSC autólogas, sobre la reducción de la longitud de la cicatriz en tendinopatías recidivantes del TMFDS en equinos Holsteiner, a través del análisis de imagen. Este estudio conto con dos grupos de cinco animales cada uno, el grupo control mantuvo el tratamiento convencional (GC) y el grupo experimental fue tratado adicionalmente con inyección interlesional de MSC (GE). El análisis ecográfico permitió evaluar la evolución de la cicatriz, a través de la medición de su longitud durante los cuatros meses, tomando la longitud del mes cero como la medición inicial del 100 %. Durante el primer mes, la longitud de la cicatriz se redujo a un 81,14 % (GE) y 95,85 % (GC), al segundo mes la longitud fue de un 64,4 % (GE) y de 92,3 % (GC), al tercer mes, la longitud fue de 51,92 (GE) y un 87,42 (GC), finalmente al cuarto mes la longitud fue de 26,7 % (GE) y del 83,92 % (GC). Estos resultados muestran que el tratamiento con MSC autólogas favorece a la disminución de la longitud de la cicatriz del TMFDS de forma significativa respecto al tratamiento convencional.


Assuntos
Animais , Cicatrização , Tecido Adiposo , Tendinopatia/terapia , Células-Tronco Mesenquimais , Recidiva , Modelos Animais de Doenças , Tendinopatia/complicações , Cavalos
2.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 49-55, Jan.-Feb. 2020. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088911

RESUMO

The efficacy of an antisepsis protocol comprising chlorhexidine gluconate and ethyl alcohol in combination with prophylactic antimicrobial therapy in controlling surgical site infection in horses was studied. To that purpose, seven mixed breed horses received potassium penicillin and gentamicin at least 30 minutes prior to surgery. The surgical site was scrubbed with chlorhexidine gluconate and rinsed with ethyl alcohol. Samples were collected at four time points: (A) - before and (B) - immediately following shaving of the hair coat, (C) - at the end of antisepsis procedures, and (D) - at the end of the surgical procedure. Duration of surgery was recorded. Samples were cultured in three different culture mediums: Mitis Salivarus (Streptococcus sp.), Staphylococcus 110 (Staphylococcus sp.), and Mac Conkey (Enterobacteria). A high level of bacterial growth was observed in all culture mediums at (A) and (B), with no bacterial growth in (C). Staphylococcus sp. growth was observed in (D) in a single patient whose surgical procedure lasted for 120 minutes. Shaving of the hair coat reduced microbial flora on the surface of the skin. Antisepsis in combination with prophylactic antimicrobial therapy was effective in controlling surgical site infection in elective procedures with an average duration of 90 minutes.(AU)


Objetivou-se averiguar a eficácia do protocolo de antissepsia com clorexidina degermante e álcool etílico hidratado 70%, em associação com terapia antimicrobiana profilática, no controle microbiano do foco cirúrgico de equinos submetidos a procedimentos cirúrgicos. Foram utilizados 07 cavalos adultos de raças variadas, onde ambos receberam o mesmo tratamento (terapia antimicrobiana profilática e antissepsia com clorexidina degermante 2% e álcool etílico hidratado 70%), coletando-se amostras em quatro tempos distintos [(A - antes da tricotomia), (B - imediatamente após tricotomia), (C - ao término da antissepsia), (D - ao término do procedimento cirúrgico)]. O tempo de cada procedimento cirúrgico foi contabilizado. Foram utilizados três meios de cultura diferentes, cada um com especificidade para um tipo de crescimento bacteriano. Constatou-se alta incidência de crescimento bacteriano nos três meios utilizados nos tempos de coleta A e B. Para o tempo C, não foi observado crescimento bacteriano. No tempo D averiguou-se crescimento bacteriano do tipo Staphylococcus sp. em um único paciente, cujo tempo cirúrgico foi de 120 minutos de duração. Desta forma, a tricotomia reduziu a carga microbiana na superfície da pele. A antissepsia associada à terapia antimicrobiana profilática mostrou-se eficaz no controle microbiano do foco cirúrgico em procedimentos eletivos, com duração média de 90 minutos.(AU)


Assuntos
Animais , Penicilinas , Staphylococcus , Clorexidina , Antissepsia , Cavalos/cirurgia , Anti-Infecciosos/uso terapêutico , Procedimentos Cirúrgicos Operatórios/veterinária
3.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 56-64, Jan.-Feb. 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088913

RESUMO

Ozone (O3) therapy has been used for medical procedures for centuries; however, there are no extensive studies on its utilization in horses. This study aimed to evaluate the application of transrectal O3 on horses by physical and laboratorial evaluation, and production of reactive oxygen species (ROS). Sixteen healthy horses were separated in two groups: a control group (CG) and a group treated with O3 (TG). The TG animals received 1L of an oxygen and O3 mixture transrectally. The initial dose was 10µg/ml for the first two applications, 15µg/ml for the following two applications, and 20µg/ml for the next six applications. The CG animals received 1L of oxygen transrectally. In TG animals no variations in the physical examination were detected; furthermore, TG animals did not exhibit changes in biochemical evaluation results, fibrinogen concentrations, or ROS production. TG animals had increased red blood cell counts, hemoglobin concentrations, and packet cell volume values in comparison to the baseline and CG values. We could infer that O3 affected the red blood cell counts and improved rhetological properties of the blood. The transrectal application of O3 in horses is safe and can indirectly improve the oxygenation and metabolism of tissues.(AU)


A utilização medicinal do ozônio (O3) é secular, contudo não existem estudos expressivos de sua utilização em equinos. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da aplicação transretal de O3 em equinos por meio da avaliação física, laboratorial, e produção de espécies reativas de oxigênio (EROs). Dezesseis equinos hígidos foram separados em dois grupos: grupo controle (GC) e grupo tratado com O3 (GT). O GT recebeu por via retal 1L da mistura de oxigênio e ozônio, sendo a dose inicial de 10µg/ml por duas aplicações, 15µg/ml por mais duas aplicações e 20µg/ml por seis aplicações. O GC recebeu 1L de oxigênio via transretal. No GT não foram observadas alterações no exame físico, bem como não foram observadas alterações na avaliação bioquímica, concentração de fibrinogênio e produção de EROs. O GT apresentou aumento no número de hemácias, na concentração de hemoglobina, e nos valores de hematócrito em relação aos valores basais e GC. Podemos inferir que o O3 alterou os valores de eritrócitos e melhorou as propriedades reológicas do sangue. Conclui-se que a aplicação transretal de 03 em equinos é segura e pode melhorar indiretamente a oxigenação e metabolismo dos tecidos.(AU)


Assuntos
Animais , Ozônio/uso terapêutico , Administração Retal , Espécies Reativas de Oxigênio , Cavalos/sangue , Antioxidantes
4.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 71-78, Jan.-Feb. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088920

RESUMO

Objetivou-se avaliar o efeito do ácido docosa-hexaenoico (DHA), associado ou não ao Trolox®, na refrigeração de sêmen de garanhões da raça Mangalarga Marchador. Foram refrigerados 10 ejaculados nos diluidores: D1) BotuSêmen® (BS; controle); D2) BS + 30ngmL-1 de DHA (BS30DHA); D3) BS30DHA + 40µM de Trolox® (BS30DHA40T); D4) BS + 50ngmL-1 de DHA (BS50DHA); D5) BS50DHA + 40µM de Trolox® (BS50DHA40T). Após 48 horas de refrigeração, foram avaliados os parâmetros de movimento espermático, a integridade estrutural e funcional da membrana plasmática e a longevidade espermática. Todos os diluidores testados preservaram, de forma semelhante, a motilidade, a linearidade, a retilinearidade, a amplitude do deslocamento lateral da cabeça, a frequência do batimento flagelar cruzado, o percentual de hiperativos e a integridade estrutural e funcional da membrana espermática (P>0,05). O diluidor BS50DHA foi superior ao BS30DHA40T em preservar a VCL e a VSL e foi superior ao BS30DHA40T e ao BS50DHA40T em preservar a VAP e o índice de oscilação (P<0,05). Conclui-se que o uso do Trolox® em diluidores utilizados para refrigeração de sêmen de garanhões contendo ácido docosa-hexaenoico, nas concentrações propostas, não é indicado por alterar parâmetros de movimento espermático considerados importantes para a fertilidade.(AU)


The objective of this study was to evaluate the effect of docosahexaenoic acid (DHA), associated or not with Trolox®, in extenders for cooling semen from Mangalarga Marchador stallions. Ten ejaculates were cooled in the following diluents: D1) BotuSemen® (BS; control); D2) BS + 30ngmL-1 DHA (BS30DHA); D3) BS30DHA + 40µM Trolox® (BS30DHA40T); D4) BS + 50ngmL-1 DHA (BS50DHA); D5) BS50DHA + 40µM Trolox® (BS50DHA40T). After 48 hours of refrigeration, the sperm movement, structural and functional integrity of the plasma membrane and sperm longevity were evaluated. All extenders tested similarly preserved motility, linearity, straightness of trajectory, amplitude of lateral head displacement, beat cross frequency, hyperactive, the structural and functional integrity of the sperm membrane (P> 0.05). The BS50DHA extender was superior to BS30DHA40T in preserving VCL and VSL and was superior to BS30DHA40T and BS50DHA40T in preserving VAP and oscillation index (P< 0.05). It is concluded that the use of Trolox® in extenders for cooling stallion sperm containing docosahexaenoic acid at the proposed concentrations is not indicated because it alters sperm movement parameters considered important for fertility.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Preservação do Sêmen/métodos , Preservação do Sêmen/veterinária , Criopreservação/veterinária , Ácidos Docosa-Hexaenoicos/administração & dosagem , Cavalos , Ácidos Graxos , Antioxidantes
5.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 72(1): 65-70, Jan.-Feb. 2020. ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1088922

RESUMO

O presente trabalho relata o caso de aspergilose sistêmica em um cavalo da raça Quarto de Milha. O animal apresentava quadro de emagrecimento progressivo e alopecia. Os parâmetros avaliados durante o exame clínico encontravam-se de acordo com os valores normais para a espécie. No hemograma verificou-se leucocitose por neutrofilia, sem desvio à esquerda, proteínas plasmáticas totais elevadas e aumento do fibrinogênio, indicando um processo inflamatório acompanhado de desidratação. Os exames bioquímicos séricos demonstraram aumento no valor da ureia. Apesar dos exames realizados e da terapia instituída com antibióticos de amplo espectro e suporte nutricional, após 51 dias de internamento o quadro clínico evoluiu para caquexia e decúbito permanente do paciente, o qual foi submetido à eutanásia seguida de necropsia. Com base nos achados nos exames necroscópico e histopatológico, diagnosticou-se infecção sistêmica por Aspergillus sp., acometendo pulmões, fígado, rins, peritônio parietal e encéfalo. Dentre os fatores predisponentes à relatada infecção fúngica sistêmica, destaca-se o status imunológico debilitado do paciente, possivelmente proporcionado por tratamentos prolongados com antibióticos e anti-inflamatórios esteroidais. O presente trabalho relata o primeiro caso descrito de arpergilose sistêmica no Brasil. O diagnóstico definitivo só foi possível após necropsia e histopatologia, visto que os sinais clínicos inespecíficos não foram determinantes para o diagnóstico em vida.(AU)


This paper reports the case of systemic aspergillosis on a Quarter Horse. The animal had progressive weight loss and alopecia. The parameters evaluated during the clinical examination were in agreement with the normal values for the species. The hemogram showed neutrophilic leukocytosis, without left-sided, elevated total plasma proteins and an increase in fibrinogen, indicating an inflammatory process accompanied by dehydration. Serum biochemical tests showed an increase in the value of urea. Despite the performed tests and established therapy with broad spectrum antibiotics and nutritional support, after 51 days of hospitalization the clinical condition evolved into cachexia and permanent decubitus of the patient which underwent to euthanasia and necropsy. From the findings of necropsy and histopathology, systemic infection was diagnosed by Aspergillus sp., affecting the lungs, liver, kidneys, parietal peritoneum and encephalon. Among the factors predisposing to the reported systemic fungal infection, the patient's weakened immune status is highlighted, possibly due to prolonged antibiotic and steroidal anti-inflammatory treatments. This paper reports the first case described of systemic aspergillosis in Brazil. Definitive diagnosis was only possible after necropsy and histopathology, since nonspecific clinical signs were not determinant for the diagnosis in life.(AU)


Assuntos
Animais , Aspergilose/veterinária , Imunossupressão/veterinária , Cavalos , Autopsia/veterinária
6.
Pesqui. vet. bras ; 40(1): 39-45, Jan. 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1091655

RESUMO

Insulin deregulation (ID) is a central player in the pathophysiology of equine metabolic syndrome (EMS), which is associated with generalized and/or regional obesity. The objective of this experiment was to characterize the alterations in the hormonal profile in horses exposed to a hypercaloric diet. A total of nine Mangalarga Marchador adult horses with initial body condition score (BCS) of 2.9±1/9 (mean±SD) were submitted to a high calorie grain-rich diet for 5 months. The data was collected before the start of the experiment and every 15 days until the end of the experiment and glucose and insulin concentrations were measured in the plasma. Proxies G:I, RISQI, HOMA-IR and MIRG were calculated. The low-dose oral glucose tolerance test (OGTT) was performed and the total area under the glucose (GTA) and insulin (ITA) curves at three different timepoints (before inducing obesity, after 90 days and after 150 days) was used. Analysis of variance of the results was performed considering the time effects and the means were compared with repeated measures by the Tukey's test (P≤0.05). The ID was observed during the first 90 days of the experiment and was characterized as a decompensated ID, showing an increase of basal glucose and insulin plasma levels, changes in all proxies and a significant increase in GTA (P<0.001) and ITA (P<0.05). However, a clear compensation of the ID was evident after 150 days of experiment, which was supported by data from the insulin secretory response of ß cells of the pancreas that showed an increase in insulin plasma levels, after fasting or exposure to gastric glucose, with a concomitant decrease in fasting glucose and fructosamine levels, and a decrease of GTA and marked increase of ITA (P<0.0001) in the dynamic test. These findings confirm the occurrence of hyperinsulinemia associated with insulin deregulation in Mangalarga Marchador horses exposed to hypercaloric diets.(AU)


A desregulação insulínica (DI) é o ponto central dos mecanismos fisiopatológicos da síndrome metabólica equina (SME), que é associada à obesidade generalizada e/ou regional. O objetivo deste experimento foi caracterizar as alterações no perfil hormonal em equinos submetidos à dieta hipercalórica. Foram utilizados nove equinos Mangalarga Marchador adultos com escore corporal (EC) médio (±DP) inicial de 2,9±1 (escala de 1-9) submetidos à dieta hipercalórica atingindo um EC de 8,3±1 após cinco meses. Os dados foram coletados antes do início do experimento e com o intervalo de 15 dias até o final do experimento, os valores plasmáticos foram obtidos para mensuração das concentrações de glicose e insulina. Foram calculados os proxies G:I, RISQI, HOMA-IR e o MIRG. Foi realizado o teste de baixa dose de glicose oral (TBDGO) utilizando a área total sob a curva de glicose (ATG) e insulina (ATI) em três momentos, antes da indução a obesidade, após 90 e 150 dias. Os resultados foram submetidos à análise de variância considerando-se os efeitos de tempo e as médias comparadas com medidas repetidas pelo teste de Tukey, com o valor P≤0,05. A DI foi observada nos primeiros 90 dias de experimento, se caracterizando como um quadro de DI descompensada, apresentando um aumento dos níveis plasmáticos basais de glicose e insulina, pelas alterações em todos os proxies e com um aumento significativo da ATG (P<0,001) e ATI (P<0,05). Contudo, ficou evidente uma compensação do quadro de DI após 150 dias de experimento, sendo demonstrado pelos dados da resposta secretória insulínica das células ß do pâncreas, que se manifestaram pelo aumento dos níveis plasmáticos de insulina pós-jejum ou exposição à glicose gástrica com concomitante redução nos níveis de glicose e frutosamina pós-jejum e pela redução da ATG e pela marcada elevação de ATI (P<0,0001) no teste dinâmico. Tais achados comprovam a ocorrência de hiperinsulinemia associada à desregulação insulínica em equinos Mangalarga Marchador expostos a dietas à dieta hipercalórica.(AU)


Assuntos
Animais , Resistência à Insulina , Síndrome Metabólica/etiologia , Síndrome Metabólica/veterinária , Dieta/veterinária , Cavalos/metabolismo , Hiperinsulinismo/etiologia , Hiperinsulinismo/veterinária , Obesidade/etiologia , Ganho de Peso , Obesidade/veterinária
7.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(6): 2041-2048, Nov.-Dec. 2019. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1055131

RESUMO

A 15-year-old, mixed breed, male horse was attended with a history of multiple abscesses in the cervical region with a three-year evolution. Upon admission, three fistulous tracts with drainage of purulent secretions in the cervical region, low body score, restriction of cervical movements, and painful sensitivity to palpation were observed. The horse was diagnosed with osteomyelitis secondary to Streptococcus equi infection. The initial treatment was antibiotic therapy and local curative. Owing to the lack of response, surgical debridement was performed. An initial favorable response was observed; however, after 4 months, drainage recurred, and the animal was euthanized. A post-mortem computed tomography scan was performed to obtain details of the injury. Cervical osteomyelitis is rare, and its occurrence through hematogenous spread in adult horses and the tomographic findings had not been reported previously. The long period of evolution, difficulty in performing an aggressive debridement, and the presence of multi-drug resistant bacteria contributed to the negative outcome.(AU)


Um equino macho, sem raça definida, de 15 anos de idade, foi atendido com histórico de múltiplos abscessos cervicais com evolução de três anos. Na admissão, foram observados: três trajetos fistulosos com drenagem de material purulento na região cervical; baixo escore corporal; restrição de movimentos cervicais; e sensibilidade dolorosa à palpação da região. Foi diagnosticada osteomielite vertebral cervical secundária à infecção por Streptococcus equi. O tratamento inicial consistiu na administração de antibióticos e curativo local. Na ausência de resposta à terapia, realizou-se o debridamento cirúrgico. Inicialmente, obteve-se uma resposta favorável, entretanto, após quatro meses, houve recidiva da lesão e o animal foi submetido à eutanásia. Realizou-se tomografia computadorizada no post mortem para detalhamento da lesão. A osteomielite vertebral cervical é rara, e sua ocorrência por meio de disseminação hematógena em animais adultos não foi previamente reportada. O longo período de evolução, aliado à dificuldade de realização de um debridamento agressivo, e a característica multirresistente do agente etiológico contribuíram para o desfecho negativo do caso.(AU)


Assuntos
Animais , Osteomielite/veterinária , Infecções Estreptocócicas/complicações , Vértebras Cervicais/patologia , Streptococcus equi , Cavalos
8.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(6): 1791-1799, Nov.-Dec. 2019. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1055151

RESUMO

The tenectomy of the medial head of the deep digital flexor (TMHDDF) is a minimally studied surgery used in cases of dorsal subluxation of the proximal interphalangeal joint of the hindlimb in horses. The TMHDDF was evaluated in six healthy horses by the degree of lameness, perimeter of the surgical site, the angle of the distal articular joints, and the linear and angular measures of the hoof. Thus, TMHDDF of the right hindlimb was performed and the contralateral limb was used as a control. Both, right and left limbs were evaluated before surgery, as well as at 15, 30, and 60 days after surgery aiming to evaluate the effects of the surgical procedure in healthy limbs. Data were compared by analysis of variance regarding days and limbs. Values below the significant level (P< 0.05) were analyzed using the Tukey's test. TMHDDF caused a mild increase of the toe length and the height of lateral heel (0.2cm in both), as well as a decrease of the angle of the proximal interphalangeal joint (2°) when comparing the left hindlimb to the right hindlimb, 30 and 60 days after surgery. Overall, TMHDDF did not cause significant changes in the evaluated variables up to the 60 days of surgery.(AU)


A tenectomia da cabeça medial do flexor digital profundo (TCMFDP) é uma técnica cirúrgica pouco estudada, indicada para equinos com subluxação dorsal da articulação interfalângica proximal do membro pélvico. A TCMFDP foi avaliada em seis equinos hígidos no grau de claudicação; na perimetria da área operada; nos ângulos articulares distais; e nas medidas lineares e angulares de parâmetros dos cascos. Nesse sentido, foi realizada a TCMFDP do membro pélvico direito, permanecendo o esquerdo como controle. Ambos os membros foram avaliados nos momentos pré-operatório (0) e 15, 30 e 60 dias após a cirurgia, sendo objetivo avaliar os efeitos do procedimento cirúrgico em membros hígidos. Para comparação dos dados entre momentos e membros, foi realizada análise de variância. Os valores inferiores ao de significância (P<0,050) foram submetidos ao teste de Tukey. A TCMFDP provocou discreto aumento (0,2cm, em ambos) do comprimento de pinça e da altura do talão lateral e redução no ângulo da articulação interfalângica proximal (2°) na comparação com o membro pélvico esquerdo aos 30 e 60 dias após a cirurgia no contralateral. Em geral, a TCMFDP não causou alterações influentes nos aspectos avaliados até 60 dias do experimento.(AU)


Assuntos
Animais , Traumatismos dos Tendões/veterinária , Tendões/cirurgia , Cavalos/lesões
9.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(6): 1765-1772, Nov.-Dec. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1055152

RESUMO

The present study aimed to evaluate the effects of the transition period on hematological and biochemical constituents in Mangalarga Marchador mares. Forty-eight mares were used to form a maintenance group (MG) and transition group (TG), formed by pregnant mares and, after delivery, infants. Blood samples were collected at the following times: T-60 (60 d pre-delivery), T-30 (30 d pre-delivery), T-15 (15 d pre-delivery), T0 (first 6h post-delivery), T15 (15 d post-delivery), T30 (30 d post-delivery), and T60 (60 d post-delivery). The TG had lower values (P< 0.05) of red blood cells, hematocrit and hemoglobin at T0, T15, T30 and T60 times than MG. The mean corpuscular volume was lower in MG (P< 0.05) than in TG (T0, T15, T30 and T60) and mean corpuscular hemoglobin concentration was higher (P< 0.05) in MG than in TG (T15, T30 and T60). On the other hand, the diameter distribution of red blood cells presented a lower value (P< 0.05) in MG than in TG (T15 and T30). Mares in transition period presented regenerative anemia. The results demonstrate physiological metabolic variations of different intensities during pregnancy, delivery and early lactation.(AU)


O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos do período de transição em constituintes hematológicos e bioquímicos em éguas Mangalarga Marchador. Foram utilizadas 48 éguas para formar um grupo de manutenção (GM) e um grupo de transição (GT), composto por éguas gestantes e, após o parto, lactentes. Amostras de sangue foram coletadas nos seguintes tempos: T-60 (60 dias pré-parto), T-30 (30 dias pré-parto), T-15 (15 dias pré-parto), T0 (seis primeiras horas pós-parto), T15 (15 dias pós-parto), T30 (30 dias pós-parto) e T60 (60 dias pós-parto). O GT apresentou valores menores (P<0,05) de hemácias, hematócrito e hemoglobina, nos tempos T0, T15, T30 e T60, do que o GM. O volume corpuscular médio foi menor no GM (P<0,05) do que no GT (T0, T15, T30, T60) e a concentração corpórea de hemoglobina corpórea foi maior (P<0,05) no GM do que no GT (T15, T30, T60). Por outro lado, a distribuição do diâmetro dos eritrócitos apresentou um valor menor (P<0,05) no GM do que no GT (T15 e T30). Éguas em período de transição apresentam anemia regenerativa. Os resultados demonstram variações metabólicas de diferentes intensidades durante a gestação, o parto e o início de lactação.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Gravidez , Lactação , Período Periparto/sangue , Cavalos/sangue , Contagem de Células Sanguíneas/veterinária
10.
Pesqui. vet. bras ; 39(12): 942-948, Dec. 2019. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1056931

RESUMO

Horses performing tasks is a common scene in urban centers, evidenced by the significant number of animals pulling carts along the streets (cart horses). Despite the rising concern of the population for animal welfare, as well as the creation of laws that prohibit traction activity in several Brazilian municipalities, these attitudes must be based on the impact of such activity on equine health. Locomotor system disorders are commonly observed in animals of this species, and become even more frequent when they are submitted to unhealthy working conditions. In this context, we conducted a survey on locomotor system disorders in 11 active draft horses. To this end, we performed lameness assessments and radiographic and ultrasound examinations. Information on management regarding the horses' hooves, type of harness used, and type of work performed was also obtained through the application of questionnaires to the owners. The collected data showed that, although most of the animals in the study presented critical orthopedic conditions, they were not treated and the horses did not rest for adequate time. We observed that the disorders, which are often chronic, may be directly associated with incorrect management of the animals. We emphasize the importance to disseminate information that values the welfare of traction animals in order to tackle mistreatment.(AU)


Cavalos desempenhando tarefas para o homem é ainda uma cena marcante nos centros urbanos, evidenciada pela grande quantidade de animais que tracionam carroças pelas ruas (carroceiros). Apesar da crescente preocupação da população com o bem estar animal, assim como a criação de leis que proíbem a atividade de tração em diversos municípios brasileiros, é imprescindível que estas atitudes estejam embasadas no impacto de tal atividade sobre a saúde dos equinos. Nesta espécie, afecções do aparelho locomotor são comuns, tornando-se ainda mais frequentes quando os animais são submetidos a condições insalubres de trabalho. Por conseguinte, este estudo promoveu um levantamento das afecções que acometem o aparelho locomotor de 11 equinos de tração em atividade, por meio de exames de claudicação, radiográficos e ultrassonográficos. Informações sobre manejo realizado pelos proprietários quanto aos cascos de seus animais, tipos de arreios utilizados e tipo de trabalho ao qual eram submetidos foram obtidas através de questionários. Verificou-se ao relacionar dados coletados, que a maioria dos animais do estudo apresentava afecções ortopédicas importantes, e que, entretanto, não eram tratados ou mantidos em repouso por tempo adequado. Observou-se que as afecções encontradas, muitas vezes crônicas, podem ter relação direta com o manejo incorreto dos animais, e ressalta-se a importância da disseminação de informações que prezem pelo bem estar do animal de carroça, a fim de combater maus tratos nesta categoria animal.(AU)


Assuntos
Animais , Bem-Estar do Animal , Esforço Físico , Cavalos/lesões , Atividade Motora , Tendinopatia/veterinária , Fraturas Ósseas/veterinária , Claudicação Intermitente/veterinária , Artropatias/veterinária
11.
MHSalud ; 16(2): 29-45, jul.-dic. 2019. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1012653

RESUMO

Resumen El propósito de este artículo es analizar los resultados obtenidos sobre los beneficios de la terapia asistida por caballos, en variables de la marcha (equilibrio, coordinación y control postural), en personas mayores de 18 años con deficiencias corporales o fisiológicas, transitorias o permanentes, secundarias, ante un accidente cerebrovascular (isquémico o hemorrágico) o EM (recaída-remisión o secundaria progresiva), luego de haber participado en entrenamientos de dicha terapia. La metodología utilizada fue una revisión narrativa de la literatura existente, con método de búsqueda sistemático, en las siguientes bases de datos: PubMed, SciELO, LILACS y Scopus, con el fin de realizar una actualización bibliográfica del tema. Finalmente, se seleccionaron 11 artículos (revisiones sistemáticas, ECA, estudio control) para su posterior análisis. Los resultados de estos artículos coinciden en que el uso de la terapia asistida por caballos pudiera ser efectiva en la mejora de las variables ya mencionadas. No obstante, la información existente en las distintas plataformas de búsqueda es escasa, por lo que surge la necesidad de llevar a cabo estudios con un tamaño de muestra representativo, en los que se utilicen las mismas escalas de evaluación, con el propósito de poder objetivar y homologar los resultados. A modo de conclusión, se establece que hoy existen estudios, originados en diferentes partes del mundo, los cuales indican que la terapia asistida por caballos podría ser una herramienta efectiva en la rehabilitación de los distintos componentes que afectan la marcha, como el equilibrio o la coordinación, en personas con deficiencias motoras secundarias, ante un ACV (isquémico o hemorrágico) o EM (recaída-remisión o secundaria progresiva). En consecuencia, se podría considerar la utilización de la terapia asistida por caballos como una herramienta terapéutica, en el proceso de rehabilitación de la marcha en personas mayores de 18 años con daño neurológico.


Abstract We analyzed the results obtained from the benefits of equine-assisted therapy in gait variables (balance, coordination and postural control) on people over eighteen years old with transitory or permanent physical and/or physiological deficiencies secondary to stroke (ischemic or hemorrhagic) or multiple sclerosis (relapseremission and/or secondary progressive) after their participation in the therapy. The methodology used was a narrative review of the existing up-to-date literature with a systematic research method on the following databases: PubMed, SciELO, LILACS, and Scopus in order to make a bibliographical update about the topic. At last, eleven articles were selected for further analysis (systematic reviews, Randomized Clinical Trial, a case-control study). The results of these articles agree that the use of equine-assisted therapy can be effective in improving the variables mentioned above. However, there is not enough information available on different search engines, so there is a need to conduct studies with a representative sample size where they have to use the same evaluation scales in order to be able to objectify and standardize the results. Conclusion: nowadays around the world there are different studies, which indicate that equine-assisted therapy can be an effective tool in the rehabilitation of the different components that affect gait, such as balance or coordination, in people with motor impairments secondary to stroke (ischemic or hemorrhagic) or Multiple Sclerosis (relapseremission and/or secondary progressive). Therefore, we could consider the use of equine-assisted therapy as a therapeutic tool in the rehabilitation process of gait in people over eighteen years old with neurological damage.


Resumo O objetivo deste artigo é analisar os resultados obtidos sobre os benefícios da terapia assistida por cavalo nas variáveis de marcha (equilíbrio, coordenação e controle postural) em pessoas maiores de 18 anos com deficiências fisiológicas e/ou corporais transitórias ou permanentes, secundárias a um Acidente Cerebrovascular (isquêmico e/ou hemorrágico) ou EM (recidiva-remissão e/ou secundário progressivo), após terem participado do treinamento dessa terapia. A Metodologia utilizada foi uma revisão narrativa da literatura existente atualizada com método de busca sistemática, nas seguintes bases de dados: PubMed, SciELO, LILACS e Scopus a fim de atualizar a bibliografia sobre o assunto. Onze artigos (revisões sistemáticas, ECRs, estudo de controle) foram finalmente selecionados para análise posterior. Os resultados desses artigos concordam que o uso da terapia assistida por cavalo pode ser eficaz para melhorar as variáveis já mencionadas. No entanto, a informação existente nas diferentes plataformas de pesquisa é escassa, pelo que existe a necessidade de realizar estudos com um tamanho amostral representativo, em que sejam utilizadas as mesmas escalas de avaliação, a fim de se poder objetivar e padronizar os resultados. Conclusão: Atualmente existem estudos realizados em diferentes partes do mundo que indicam que a terapia assistida por cavalo pode ser uma ferramenta eficaz na reabilitação dos diferentes componentes que afetam a marcha, como o equilíbrio ou a coordenação, em pessoas com alterações motoras secundárias a um AVC (isquêmico e/ou hemorrágico) ou EM (recaída-remissão e/ou secundário progressivo). Consequentemente, o uso da terapia assistida por cavalo pode ser considerado como uma ferramenta terapêutica no processo de reabilitação da marcha em pessoas maiores de 18 anos com lesão neurológica.


Assuntos
Humanos , Acidente Vascular Cerebral/terapia , Transtornos Neurológicos da Marcha , Terapia Assistida com Animais , Marcha , Cavalos , Esclerose Múltipla
12.
Rev. Asoc. Argent. Ortop. Traumatol ; 84(4): 406-419, dic. 2019. []
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-1057065

RESUMO

Comunicamos dos casos de fracturas lumbares bajas de tipo estallido con compromiso de la cuarta vértebra lumbar (L4), en pacientes que desarrollan la actividad conocida como "jineteada gaucha", quienes sufrieron una caída de tipo "voleo", en la cual el caballo cae hacia atrás sobre su dorso aprisionando al jinete contra el suelo. Nivel de Evidencia: IV


We discuss two cases of lumbar burst fractures at the fourth lumbar spine vertebra (L4), in patients engaging in a type of horseriding activity known as jineteada gaucha, in which the horse falls on its back, holding the rider against the ground. Level of Evidence: IV


Assuntos
Adolescente , Adulto , Acidentes por Quedas , Fraturas da Coluna Vertebral , Cavalos , Vértebras Lombares/cirurgia , Vértebras Lombares/lesões
13.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(6): 1773-1780, Nov.-Dec. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1055107

RESUMO

A laminite endocrinopática tem acometido um número crescente de equinos com sinais de obesidade. Em um estudo recente com fêmeas jovens (até cinco anos) da raça Campolina, demonstraram-se indícios de alterações no dígito, ainda discretas, aparentemente associadas ao aumento da adiposidade. Com a hipótese de que essa associação é mais evidente em animais em faixa etária superior, o objetivo do presente estudo foi estudar éguas adultas (acima de cinco anos) da raça Campolina com e sem obesidade, avaliando-se radiograficamente a relação espacial entre estojo córneo e falange distal. Foram utilizadas 27 éguas entre seis e 14 anos de idade, sendo analisadas variáveis de adiposidade e medidas radiográficas dos cascos dos membros torácicos de equinos com escore corporal de 5 a 7/9 (grupo controle) e de 8 a 9 (grupo obeso). Foram feitas comparações entre os grupos e correlacionaram-se as variáveis de adiposidade com variáveis casco. A distância de afundamento da falange distal foi cerca de 20% superior nas éguas obesas (12,3±2,5 contra 10,2±2,2mm no grupo controle). Esse parâmetro também correlacionou (P<0,01) com vários parâmetros de adiposidade, com destaque para o escore de condição corporal (r=0,47) e a circunferência de pescoço a 75% (r=0,42). Os resultados corroboram estudos prévios que demonstraram associação entre obesidade e indícios de separação entre falange distal e estojo córneo em equinos de raças nacionais, comprovando, assim, a utilidade da avaliação radiográfica nesses animais. Em conclusão, éguas da raça Campolina com obesidade possuem alterações evidentes na relação espacial entre estojo córneo e falange distal, que se intensificam com o aumento da idade e da adiposidade.(AU)


In a recent study with young females (up to 5 years old) of the Campolina breed, there were discrete indications of alterations in the digit, apparently associated to the increase in adiposity. With the hypothesis that this association is more evident in horses in the upper age group, the objective was to study Campolina adult mares (above 5 years) with and without obesity, evaluating radiographically the spatial relationship between the horn and distal phalanx. Eighteen mares between six and fourteen years and with a body score of 5 to 7/9 (Control Group) and 8 to 9 (Obeso Group) were used. Adiposity and radiographic measurements from the forelimbs were analyzed. Comparisons were made between groups and adiposity variables were correlated with hoof variables. The sinking distance of the distal phalanx was about 20% higher in obese mares (12.3±2.5 versus 10.2±2.2mm). This parameter also correlated (P< 0.01) with several adiposity parameters, with emphasis on body score condition (r= 0.47) and neck circumference at 75% (r= 0.42). In conclusion, Campolina mares with obesity have obvious alterations in the spatial relation between the corneal and the distal phalanx, which get intense according to increases in age and adiposity.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Pesos e Medidas Corporais/veterinária , Falanges dos Dedos do Pé/anatomia & histologia , Casco e Garras/anatomia & histologia , Cavalos/anatomia & histologia , Parâmetros
14.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(6): 1781-1790, Nov.-Dec. 2019. tab, graf, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1055113

RESUMO

As afecções do sistema respiratório são a segunda causa de queda de desempenho e afastamento dos equinos do esporte ou trabalho, as quais estão atrás somente das desordens musculoesqueléticas. A estabulação e a alimentação à base de fenos predispõem os equinos à inalação de grande número de agentes irritantes às vias aéreas. No intuito de avaliar a influência dos tipos de cama utilizados em baias, estudaram-se três grupos de cinco equinos cada, durante 45 dias. Dois grupos foram mantidos em cocheiras com forrações diferentes à base de madeira (maravalha de pínus autoclavada-MA e serragem-SE) e o terceiro grupo permaneceu no pasto. Foram realizadas avaliações quinzenais, que incluíram exame físico, hemograma, hemogasometria e lavado broncoalveolar. Ao exame físico, notou-se a presença de tosse e espirros em animais do grupo SE. No lavado broncoalveolar, a contagem de células nucleadas totais apresentou maiores valores nos animais a pasto, seguido do grupo SE e, por último, o MA. Concluiu-se que as duas camas testadas neste estudo não apresentaram diferença com relação à capacidade irritativa das vias aéreas superiores no período analisado.(AU)


Respiratory system affections in horses are the second cause of decrease in performance and removal from the sport or farm work, which are behind only the musculoskeletal disorders. Stabling and hay feeding predisposes horses' airways to inhalation of large numbers of irritating agents. To evaluate the influence of bed types used in bays, 3 groups of 5 horses each were studied for 45 days. Two groups were kept in stables with different wood beds - based rafters (autoclaved pine - MA and sawdust - SE) and the third group remained in the pasture. Biweekly evaluations with physical examination, hemogram, hemogasometry and bronchoalveolar lavage were performed. On physical examination, the presence of cough and sneezing was observed in animals of the SE group. In the bronchoalveolar lavage, the total nucleated cell count presented higher values in the animals in the pasture, followed by the SE group and finally the MA. It was concluded that the different beds used presented no difference with respect to the irritative capacity of the upper airways.(AU)


Assuntos
Animais , Sistema Respiratório/patologia , Lavagem Broncoalveolar/veterinária , Cavalos/fisiologia , Hipersensibilidade/veterinária , Abrigo para Animais
15.
Pesqui. vet. bras ; 39(11): 849-857, Nov. 2019. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1056918

RESUMO

Infection by Rhodococcus equi is considered one of the major health concerns for foals worldwide. In order to better understand the disease's clinical and pathological features, we studied twenty cases of natural infection by R. equi in foals. These cases are characterized according to their clinical and pathological findings and immunohistochemical aspects. Necropsy, histologic examination, bacterial culture, R. equi and Pneumocystis spp. immunohistochemistry were performed. The foals had a mean age of 60 days and presented respiratory signs (11/20), hyperthermia (10/20), articular swelling (6/20), prostration (4/20), locomotor impairment (3/20) and diarrhea (3/20), among others. The main lesions were of pyogranulomatous pneumonia, seen in 19 foals, accompanied or not by pyogranulomatous lymphadenitis (10/20) and pyogranulomatous and ulcerative enterocolitis (5/20). Pyogranulomatous osteomyelitis was seen in 3 foals, one of which did not have pulmonary involvement. There was lymphoplasmacytic (4/20), lymphoplasmacytic and neutrophilic (1/20) or pyogranulomatous arthritis (1/20), affecting multiple or singular joints. Immunohistochemistry revealed to be a valuable tool for the detection of R. equi, confirming the diagnosis in all cases. Furthermore, pulmonary immunostaining for Pneumocystis spp. demonstrates that a coinfection with R. equi and this fungal agent is a common event in foals, seen in 13 cases.(AU)


Infecção por Rhodococcus equi é considerado um dos maiores problemas sanitários para potros em todo o mundo. Para melhor compreender a apresentação clínica e patológica da enfermidade, foram avaliados vinte casos de infecção natural por R. equi em potros. Os casos são caracterizados de acordo com seus achados clínicos e patológicos e aspectos imuno-histoquímicos. Foram realizados exames de necropsia, histologia, bacteriologia e imuno-histoquímica para R. equi e Pneumocystis spp. Os potros tinham idade media de 60 dias e apresentaram sinais respiratórios (11/20), hipertermia (10/20), aumento de volume articular (6/20), prostração (4/20), distúrbios locomotores (3/20) e diarreia (3/20), entre outros. As lesões mais importantes eram pneumonia piogranulomatosa, vista em 19 potros, acompanhada ou não por linfadenite piogranulomatosa (10/20) e enterocolite ulcerativa (5/20). Osteomielite piogranulomatosa foi constatada em três potros, um dos quais não apresentava envolvimento pulmonar. Artrites afetando uma ou múltiplas articulações eram caracterizadas por infiltrado linfoplasmocítico (4/20), linfoplasmocítico e neutrofílico (1/20) e piogranulomatoso (1/20). A imuno-histoquímica demonstrou ser uma ferramenta valiosa na detecção de R. equi, permitindo confirmar o diagnóstico em todos os casos avaliados. Além disso, a imuno-histoquímica para Pneumocystis spp. demonstra que a coinfecção por R. equi e o agente fúngico é um evento frequente em potros, constatado em 13 casos.(AU)


Assuntos
Animais , Pneumonia por Pneumocystis/veterinária , Pneumonia por Pneumocystis/epidemiologia , Infecções por Actinomycetales/veterinária , Infecções por Actinomycetales/epidemiologia , Rhodococcus equi/isolamento & purificação , Doenças dos Cavalos/microbiologia , Cavalos
16.
Pesqui. vet. bras ; 39(11): 923-931, Nov. 2019. tab, graf, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1056913

RESUMO

Few reports have been published regarding the use of ultrasonography as a method of evaluating the normal thyroid gland in horses. For these reasons, this study aimed at determining reliably of the thyroid measurements from the comparison between the left and right thyroid lobes, as well as assessing the contour, format, echotexture and echogenicity of the healthy thyroid by mode-B ultrasonography. Additionally, the equine thyroid vascularization was quali-quantitatively characterized the by Doppler. The sample size initially was determined by the animal selection with advanced age and without volume increase in the neck proximal region. Finally, eleven horses were selected by laboratory test, search of thyroid neoformations by ultrasonography and cytology thyroid. Next, these animals were submitted to thyroid lobes ultrasonographic evaluation. Excellent reproducibility was observed for all measurements obtained. Among the comparisons made between the quantitative parameters of the left and right lobes, it was observed that there was only difference between their respective lengths. Qualitatively, there was a significant variation between the lobes elliptical format in the longitudinal plane of some glands, which oscillated between a rounded and flattened conformation. Thus, we can conclude that the difference between the lobes format of some thyroids can be explained by the significant difference observed between the length of the left and right lobes. Additionally, it was verified that there was no difference between the Doppler quantitative parameters. Therefore, we may suggest that unilateral analysis of the cranial thyroid artery by spectral Doppler can be used to evaluate equine thyroid diffuse disorders.(AU)


Poucas análises foram publicadas com relação ao uso da ultrassonografia como método de avaliação da glândula tireoide hígida em equinos. Alguns trabalhos incluem a determinação das dimensões e características do parênquima. Por essas razões, este estudo teve como objetivo determinar com segurança as medidas tireoidianas a partir da comparação entre o lobo tireoidiano esquerdo e direito, bem como avaliar os contornos, formato, ecotextura e ecogenicidade das glândulas tireoides hígidas pela ultrassonografia em modo B. Além disso, a vascularização da tireoide equina foi caracterizada quali-quantitativamente pela ferramenta Doppler. O tamanho da amostra inicialmente foi determinado pela seleção dos animais com idade avançada e sem aumento de volume na região proximal do pescoço. Por fim, onze equinos foram selecionados por meio de exame laboratorial, pesquisa de neoformações tireoidianas por ultrassonografia e citologia da tireoide. Em seguida, estes animais foram submetidos à avaliação de lobos tireoidianos por ultrassonografia. Observou-se excelente reprodutibilidade em relação a todas as medidas deste estudo. Foram observadas diferenças qualitativas entre os lobos tireoidianos direito e esquerdo. Assim, podemos concluir que tais diferenças entre o formato dos lobos tireoidianos podem ser explicadas pela diferença significativa e/ou tendência observada no parâmetro comprimento entre os respectivos lobos. Além disso, não foi encontrada diferença significativa entre os valores da artéria tireoidiana cranial esquerda em relação aos obtidos na artéria tireoidiana cranial direita, sugerindo que a análise dos valores espectrais do Doppler de uma das artérias tireoidianas craniais possa ser utilizada como método de avaliação de distúrbios difusos da tireoide equina.(AU)


Assuntos
Animais , Glândula Tireoide/anatomia & histologia , Glândula Tireoide/diagnóstico por imagem , Cavalos , Ultrassonografia/veterinária , Parâmetros
17.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(5): 1469-1476, set.-out. 2019. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX, LILACS | ID: biblio-1038657

RESUMO

This study aimed to histologically evaluate the quality of tissue repair in equine suspensory ligament treated with two cell therapy protocols. All four limbs of six animals were operated simultaneously to remove a fragment in each ligament using a skin biopsy punch. Two days later, intralesional injections were performed using bone marrow mononuclear fraction (BM group), cultivated cells derived from adipose tissue (AT group), saline (positive control group), or no treatment (negative control group), in such way that each horse received all treatments. After sixty days biopsies were performed for histological analysis (H & E, Masson's trichrome and picrosirius red) and immunohistochemistry analysis (collagen type III). Histological findings (H & E and Masson's trichrome), birefringence intensity (through picrosirius) and collagen type III expression (through immunohistochemistry) were analyzed. Samples from treated groups had better birefringence intensity (P=0.007) and fiber alignment scores were superior compared to controls, though not statistically significant (P=0.08). Presence of inflammatory cells and intense staining for collagen type III occurred in all groups demonstrating an active healing process. In conclusion, both protocols resulted in improvement of tissue repair indicating their potential to be used as an adjuvant treatment of equine suspensory ligament disorders.(AU)


Este estudo teve como objetivo a avaliação histológica e imunoistoquímica do reparo do ligamento suspensório equino tratado com dois protocolos de terapia celular. Os quatro membros dos seis animais do experimento foram submetidos a procedimento cirúrgico em que um fragmento de cada ligamento foi retirado, utilizando-se punch de biópsia. Dois dias após o procedimento, aplicações intralesionais foram realizadas, por meio de aspirado de medula óssea (bone marrow-BM), células mesenquimais derivadas de tecido adiposo (adipose tissue-AT), solução salina (positive control group-PC) ou controle (negative control-NC). Após 60 dias, biópsias foram retiradas da região de reparo dos ligamentos e foram submetidas à análise histológica (HE, tricrômio de Masson, picrosírius red) e imunoistoquímica (colágeno tipo III). Diferentes variáveis histológicas (HE e tricrômio de Masson), a intensidade de birrefringência das fibras colágenas (picrosírius red) e a expressão de colágeno tipo III foram avaliadas. Os grupos tratados apresentaram maior birrefringência (P=0,007) e alinhamento de fibras (P=0,08) comparados ao controle, para o qual o resultado não se mostrou estatisticamente significativo. Achados histológicos e imunoistoquímicos demonstraram um processo ativo de reparo tecidual em todos os grupos. Concluiu-se que os dois protocolos de terapia celular apresentaram melhora no reparo tecidual, demonstrando potencial terapêutico adjuvante no tratamento de afecções do ligamento suspensório equino.(AU)


Assuntos
Animais , Terapia Baseada em Transplante de Células e Tecidos/métodos , Terapia Baseada em Transplante de Células e Tecidos/veterinária , Cavalos/anatomia & histologia , Ligamentos/anatomia & histologia , Ligamentos/química , Imuno-Histoquímica/veterinária
18.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(5): 1477-1482, set.-out. 2019. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1038664

RESUMO

Recurrent laryngeal neuropathy (RLN) etiology can be acquired, iatrogenic or idiopathic. There are no previous reports of RLN caused by recurrent laryngeal nerve compression by melanomas. This report describes a horse presenting severe dyspnea and progressive weight loss. Physical exam demonstrated tachycardia, tachypnea, inspiratory dyspnea at rest, neck extension and mydriasis. Temporary tracheotomy was performed and videoendoscopic examination diagnosed grade IV laryngeal paralysis. The animal came suddenly to death by suppurative bacterial pneumonia. At necropsy, it was possible to observe multiple melanotic epithelioid melanoma nodules compressing the recurrent laryngeal nerve, alongside with lung and parotid metastasis. This finding emphasizes the importance of establishing a differential diagnosis for tumor mass compression in the etiology of RLN, especially melanomas in gray horses, with or without cutaneous manifestations of masses.(AU)


A neuropatia laríngea recorrente (NLR) pode apresentar etiologia adquirida, iatrogênica ou idiopática. Não há relatos prévios da ocorrência da NLR causada pela compressão do nervo laríngeo recorrente por melanomas. Este relato descreve um equino apresentando dispneia grave e perda de peso progressiva. O exame físico demonstrou taquicardia, taquipneia, dispneia inspiratória em repouso, extensão do pescoço e midríase. Foi realizada traqueotomia temporária e exame videoendoscópico, mediante o qual se diagnosticou paralisia laríngea grau IV. O animal veio a óbito por pneumonia bacteriana supurativa. Na necropsia, foi possível observar múltiplos nódulos de melanoma epitelioide amelanótico comprimindo o nervo laríngeo recorrente, juntamente com metástases pulmonares e parotídeas. Este achado enfatiza a importância de estabelecer um diagnóstico diferencial nos casos de NLR, pensando-se na compressão nervosa por massas tumorais, especialmente melanomas em cavalos tordilhos, com ou sem manifestações cutâneas de massas.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Cavalos , Laringe/fisiopatologia , Melanócitos/patologia , Melanoma/fisiopatologia , Melanoma/veterinária
19.
Pesqui. vet. bras ; 39(10): 843-848, Oct. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1056906

RESUMO

Clinical and metabolic evaluation is necessary for the monitoring of pregnant and lactating mares, as they reflect the health of the animal. The body condition of the mare is an indicator of reproductive efficiency. The study aimed to determine the possible variations in body and metabolic condition in Mangalarga Marchador mares during the transition period. Forty-eight mares distributed in two groups were used: Maintenance Group (MG), composed of non-pregnant and non-lactating mares, and Transition Group (TG), formed by pregnant mares and who after delivery became lactating. Analyzes were performed in the times T-60, T-30 and T-15 before delivery, first six hours (T0) after delivery and T15, T30 and T60 days after delivery. MG was evaluated only at one time (T-60). Body weight and fat-free mass differed (P<0.05) between the groups. The percentage of fat was lower in MG. Mares had a higher fat percentage in TG at T-60 and T-30 times. There was a difference (P<0.05) in the amount of cholesterol between MG and TG (T0, T15 and T30). Triglycerides were different between the groups. TG showed higher concentrations of non-esterified fatty acids (P<0.05). There was a higher amount of glucose in TG (delivery and lactation) when compared to mares in MG. Changes in body condition and metabolic constituents occurred in the animals resulting from physiological adaptations of the transition period. The energetic components are the most affected from the transition period, with intense fat mobilization to supply the body demands.(AU)


Avaliações clínicas e metabólicas são necessárias para o monitoramento de éguas gestantes e lactantes, pois refletem a saúde do animal. A condição corporal da égua pode ser um indicador da eficiência reprodutiva. O estudo objetivou determinar as possíveis variações na condição corporal e metabólica em éguas Mangalarga Marchador durante o período de transição. Foram utilizadas 48 éguas distribuídas em dois grupos: Grupo em Manutenção (GM) composto por éguas não gestantes e não lactantes; Grupo em Transição (GT) formado por éguas gestantes e que após o parto tornaram-se lactantes. As análises foram realizadas nos tempos T-60, T-30 e T-15 antes do parto, primeiras seis horas (T0) após o parto e T15, T30 e T60 dias após o parto. O GM foi avaliado apenas uma vez (T-60). O peso corporal e a massa livre de gordura diferiram (P<0,05) entre os grupos. O percentual de gordura foi menor em GM. As éguas apresentaram maior porcentagem de gordura no GT no T-60 e no T-30. Houve diferença (P<0,05) na quantidade de colesterol entre GM e GT (T0, T15 e T30). Triglicérides foram diferentes entre os grupos. GT apresentou maiores concentrações de ácidos graxos não esterificados (P<0,05). Houve maior quantidade de glicose no GT (parto e lactação) quando comparada às éguas no GM. Mudanças na condição corporal e nos constituintes metabólicos ocorreram nos animais resultantes de adaptações fisiológicas do período de transição. Os componentes energéticos são os mais afetados neste período, existindo intensa mobilização de gordura para suprir demandas corporais.(AU)


Assuntos
Animais , Feminino , Gravidez , Prenhez/fisiologia , Prenhez/metabolismo , Prenhez/sangue , Cavalos/fisiologia , Cavalos/metabolismo , Cavalos/sangue
20.
Pesqui. vet. bras ; 39(10): 837-842, Oct. 2019. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1056907

RESUMO

Chitosan has been successfully used as a biomaterial with several purposes in many species. In this study, chitosan membranes were produced with six different types of materials, and their behavior were evaluated upon implantation in the subcutaneous tissue of the flank of twelve healthy horses. We assessed chitosan membranes obtained from commercial chitosan, impregnated or not with silver nanoparticles, sterilized with ethylene oxide (CCEO, n=3; CCSNEO, n=3) or by ultraviolet radiation (CCUR, n=3; CCSNUR, n=3), and chitosan membranes obtained from squid gladius, sterilized with ethylene oxide (SCEO, n=6) or by ultraviolet radiation (SCUR, n=6). The same animals were randomly used in two experimental groups, with a minimum interval of 60 days between procedures, respecting the fact of only one flank side, left or right, be under evaluation by experimental period. After preparation of the membranes and implantation in the flank subcutaneous tissue of the horses, macroscopic and ultrasonographic evaluations of the implant regions were performed, as well as physical examination, blood count and fibrinogen measurement. No clinical or laboratory abnormalities were observed. All animals that received commercial chitosan membranes, regardless of the preparation technique, showed rejection to the biomaterials, considering that 100% of the surgical wounds presented dehiscence of suture and expulsion of the implants. The animals that received squid gladius chitosan membranes showed success in the treatment, with healing by primary intention of the surgical wound. We conclude that squid gladius chitosan membranes are biocompatible and biodegradable when implanted in the subcutaneous tissue of the flank of healthy horses.(AU)


A quitosana tem sido utilizada, com sucesso, como biomaterial para diversas espécies e finalidades. Neste estudo foi avaliada a confecção de membranas de quitosana, produzidas a partir de seis tipos de materiais diferentes e foi estudado seu comportamento quando implantadas no tecido subcutâneo do flanco de doze equinos sadios. Foram avaliadas membranas de quitosana obtidas de quitosana comercial, impregnadas ou não com nanopartículas de prata, esterilizadas com óxido de etileno (QCOE, n=3; QCNPOE, n=3) ou por radiação ultravioleta (QCRU, n=3; QCNPRU, n=3) e membranas de quitosana obtidas do gládio de lula, esterilizadas com óxido de etileno (GLOE, n=6) ou por radiação ultravioleta (GLRU, n=6). Os mesmos animais foram utilizados em dois grupos experimentais, de forma aleatória, com um intervalo mínimo de sessenta dias entre os procedimentos, respeitando-se o fato de apenas um lado do flanco, esquerdo ou direito, estar em avaliação por período experimental. Após preparo das membranas e implantação no tecido subcutâneo do flanco dos equinos, foram realizadas avaliações macroscópicas e ultrassonográficas das regiões de implante, além de exames físicos, hemogramas e fibrinogênio. Não foram observadas alterações clínicas e laboratoriais. Todos os animais que receberam membranas de quitosana comercial, independente da técnica de preparo, demonstraram rejeição dos biomateriais, uma vez que 100% das feridas cirúrgicas apresentaram deiscência da sutura e expulsão dos implantes. Os animais que receberam as membranas de quitosana de gladio de lula demonstraram sucesso no tratamento, com cicatrização das feridas cirúrgicas por primeira intenção. Conclui-se que membranas de quitosana de gládio de lula são biocompatíveis e biodegradáveis, quando implantadas no tecido subcutâneo do flanco de equinos sadios.(AU)


Assuntos
Animais , Cicatrização , Quitosana/efeitos adversos , Quitosana/uso terapêutico , Cavalos , Implantes de Medicamento
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA