Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 97
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Intervalo de ano de publicação
1.
Rev. bras. parasitol. vet ; 29(1): e022419, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1092691

RESUMO

Abstract This study aimed to evaluate the occurrence of diseases transmitted by Amblyomma ovale in 61 dogs monitored for three years through collections of ticks and blood, interviews, telemetry and camera traps in three areas of Serra do Mar State Park, Brazil. Blood samples were used to investigate infection by Rangelia vitalii by real-time TaqMan PCR and Rickettsia parkeri by IIFA. The collected ticks were submitted to conventional PCR to investigate the presence of R. parkeri . These data were compared with the monitoring results and interviews with the owners. Dogs considered as companion presented a risk of infection by R. parkeri strain Mata Atlantica 5.4 times higher than those not considered as companion (p = 0.009). Dogs that had at least one A. ovale collected during the campaigns had a 10 times higher risk of infection by R. parkeri strain Mata Atlantica than those who did not (p = 0.009). One dog positive for R. vitalii by real-time TaqMan PCR was parasitized by A. ovale frequently during monitoring. Sequenced ompaA - positive DNA samples had 100% identity of R. parkeri strain Mata Atlantica clone As106. From the findings, it is urgent to control domestic dogs around rainforests to reduce zoonoses transmission.


Resumo A ocorrência de doenças transmitidas por Amblyomma ovale em 61 cães monitorados por três anos através de coletas de carrapatos, sangue, entrevistas, telemetria e armadilhas fotográficas foi avaliada em três áreas do Parque Estadual da Serra do Mar - SP. Amostras de sangue foram utilizadas para investigação de Rangelia vitalii através de PCR TaqMan em tempo real e Rickettsia parkeri através da RIFI. Carrapatos coletados foram submetidos à PCR convencional para investigação de R. parkeri . Estes dados foram comparados considerando os resultados do monitoramento e entrevistas. Cães de companhia apresentaram risco de infecção pela R. parkeri cepa Mata Atlântica 5,4 vezes maior que os não considerados como de companhia (p = 0,009). Cães que tiveram pelo menos um A. ovale coletado apresentaram risco de infecção por R. parkeri cepa Mata Atlântica 10 vezes maior do que aqueles que não tiveram (p = 0,009). Um cão positivo para R. vitalii através de PCR TaqMan em tempo real foi parasitado por A. ovale durante o monitoramento. Amostras positivas para o gene ompaA possuíam 100% de identidade do clone As106 de R. parkeri cepa de Mata Atlântica. Assim, é urgente o controle de cães na Mata Atlântica para redução dos riscos de zoonoses.


Assuntos
Animais , Cães , Rickettsia/isolamento & purificação , Infecções por Rickettsia/veterinária , Ixodidae/microbiologia , Doenças do Cão/epidemiologia , Rickettsia/classificação , Rickettsia/genética , Infecções por Rickettsia/diagnóstico , Infecções por Rickettsia/epidemiologia , Telemetria , Brasil/epidemiologia , DNA Bacteriano/análise , Reação em Cadeia da Polimerase , Análise de Sequência de DNA , Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo , Doenças do Cão/diagnóstico , Doenças do Cão/microbiologia , Floresta Úmida
2.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(4): 671-676, Oct.-Dec. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1057992

RESUMO

Abstract Ticks of the Amblyomma cajennense complex present high infestation rates. These ticks transmit the bacterium Rickettsia rickettsii, which causes Brazilian Spotted Fever. For this reason, an integrated tick control system was adopted on a farm in the municipality of Itu, state of São Paulo. On this farm, which borders the Tietê river, domestic animals are in contact with populations of capybaras. Six locations were monitored and evaluated between the years of 2015 and 2017. During this work 1271 nymphs and adult ticks were caught, all of them from the Amblyomma sculptum species, except for a single individual from the Amblyomma dubitatum species. The integrated tick management reduced the overall infestation levels to zero. Adult tick population dropped in the first year of the study, while larvae population dropped in the second year. Nymph population dropped in both years, decreasing in higher numbers in the first year. The estimated mean infestation levels for all of the tick's life cycle forms in the six monitored spots did not reach one individual in the end of the study. Estimated mean infestation levels for nymphs in these places equaled zero.


Resumo Em virtude de alta infestação por carrapatos do complexo Amblyomma cajennense, parasitos que transmitem a bactéria Rickettsia rickettsii, causadora da Febre Maculosa Brasileira, adotou-se um sistema de controle integrado dos carrapatos numa propriedade rural localizada no munícipio de Itu - SP. Na propriedade, que margeia o rio Tietê, os animais domésticos mantinham contato com populações de capivaras. Seis locais foram avaliados e monitorados nos anos de 2015 a 2017. Dentre os 1271 espécimes capturados (adultos e ninfas) um foi identificado como Amblyomma dubitatum e os demais com Amblyomma sculptum. De um modo geral, houve controle da infestação de carrapatos visto que todos os estágios ao final de 2017 apresentaram níveis próximos ou igual a zero. A população de adultos teve queda no primeiro ano e a de larvas no segundo. As ninfas apresentaram queda nos dois anos, sendo mais acentuada no primeiro ano. A média da estimativa do nível de infestação para cada estágio do carrapato nos seis locais monitorados não chegou a 1 indivíduo ao final do experimento, sendo que a média da estimativa para as ninfas foi de zero em todos esses locais.


Assuntos
Animais , Roedores/parasitologia , Controle de Ácaros e Carrapatos/métodos , Ixodidae/microbiologia , Cavalos/parasitologia , População Rural , Brasil , Febre Maculosa das Montanhas Rochosas/transmissão , Doenças Endêmicas , Fazendas
3.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(3): 473-478, July-Sept. 2019. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042521

RESUMO

Abstract Amblyomma scalpturatum is a tick species that is unique to South America. It is commonly associated with the Amazon biome and has been reported in some Brazilian states. This tick species exhibits host specificity: it parasitizes tapirs and suidae. Its role in transmitting pathogens to humans is still unknown. Amblyomma scalpturatum is known to be a human-biting tick; however, there is only one report showing that humans make suitable hosts for this species. The knowledge of tick fauna is lacking in the Acre State. This study collected free-living ticks with the aim of finding new records in Acre State. Collections were carried out in Amazon forest fragments in Rio Branco municipality. An A. scalpturatum specimen was identified and submitted sequencing of the ITS-2 gene. This study presents the first molecular confirmation of A. scalpturatum collected in situ in Acre State, North Region, Brazil. This study also presents the first record of a successfully completed feeding by an A. scalpturatum nymph on a human host in the North region of Brazil. Further investigation is needed to ascertain the complete life cycle of this tick species, its seasonality in the environment, and its relationship to pathogens and competence to transmit them.


Resumo Amblyomma scalpturatum é uma espécie de carrapato que ocorre apenas na América do Sul. Está comumente associada ao bioma da Amazônia e tem sido relatada em alguns estados brasileiros. Esta espécie de carrapato apresenta especificidade a hospedeiros: parasita antas e suídeos. Sua competência em transmitir agentes patogênicos a seres humanos é ainda desconhecida. Amblyomma scalpturatum é também conhecido por picar seres humanos; entretanto, há apenas um relato que evidencie que seres humanos sejam capazes de serem hospedeiros adequados. Ainda existem lacunas no conhecimento sobre a ixodofauna no estado do Acre. Neste estudo foram coletados carrapatos de vida livre com o objetivo de encontrar novos registros para o estado do Acre. Coletas de carrapatos foram realizadas em fragmentos de floresta Amazônica no município de Rio Branco. Um exemplar de A. scalpturatum foi identificado e submetido a sequenciamento do gene ITS-2. Este estudo apresenta a primeira confirmação molecular de A. scalpturatum coletado in situ no estado do Acre, região Norte, Brasil. Este estudo também apresenta o primeiro relato de parasitismo completo de uma ninfa de A. scalpturatum em um hospedeiro humano na região Norte do Brasil. Mais investigações são necessárias para elucidar o ciclo de vida completo dessa espécie de carrapato, a sazonalidade de seus estádios no meio ambiente, sua relação a agentes patogênicos e competência em transmiti-los.


Assuntos
Humanos , Animais , Masculino , Feminino , Infestações por Carrapato/parasitologia , Ixodidae/classificação , Larva/crescimento & desenvolvimento , Filogenia , Reação em Cadeia da Polimerase , Ixodidae/anatomia & histologia , Ixodidae/genética
4.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(1): 126-133, Jan.-Mar. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-990809

RESUMO

Abstract The antitumor properties of ticks salivary gland extracts or recombinant proteins have been reported recently, but little is known about the antitumor properties of the secreted components of saliva. The goal of this study was to investigate the in vitro effect of the saliva of the hard tick Amblyomma sculptum on neuroblastoma cell lines. SK-N-SK, SH-SY5Y, Be(2)-M17, IMR-32, and CHLA-20 cells were susceptible to saliva, with 80% reduction in their viability compared to untreated controls, as demonstrated by the methylene blue assay. Further investigation using CHLA-20 revealed apoptosis, with approximately 30% of annexin-V positive cells, and G0/G1-phase accumulation (>60%) after treatment with saliva. Mitochondrial membrane potential (Δψm) was slightly, but significantly (p < 0.05), reduced and the actin cytoskeleton was disarranged, as indicated by fluorescent microscopy. The viability of human fibroblast (HFF-1 cells) used as a non-tumoral control decreased by approximately 40%. However, no alterations in cell cycle progression, morphology, and Δψm were observed in these cells. The present work provides new perspectives for the characterization of the molecules present in saliva and their antitumor properties.


Resumo As propriedades antitumorais de extratos de glândulas salivares de carrapatos ou proteínas recombinantes foram relatadas recentemente, mas pouco se sabe sobre as propriedades antitumorais dos componentes secretados da saliva. O objetivo deste estudo foi investigar o efeito in vitro da saliva bruta do carrapato duro Amblyomma sculptum sobre as linhagens celulares de neuroblastoma. Células SK-N-SK, SH-SY5Y, Be(2)-M17, IMR-32 e CHLA-20 foram suscetíveis à saliva, com redução de 80% na sua viabilidade em comparação com controles não tratados, como demonstrado pelo ensaio de Azul de Metileno. Investigações posteriores utilizando CHLA-20 revelaram apoptose, com aproximadamente 30% de células positivas para anexina-V, e G0/G1 (> 60%) após tratamento com saliva. O potencial de membrana mitocondrial (Δψm) foi reduzido significativamente (p <0,05), e o citoesqueleto de actina foi desestruturado, como indicado pela microscopia de fluorescência. A viabilidade do fibroblasto humano (células HFF-1), usado como controle não tumoral, diminuiu em aproximadamente 40%. No entanto, não foram observadas alterações na progressão do ciclo celular, morfologia e Δψm nestas células. O presente trabalho fornece novas perspectivas para a caracterização das moléculas presentes na saliva e suas propriedades antitumorais.


Assuntos
Animais , Saliva/química , Produtos Biológicos/farmacologia , Citoesqueleto/efeitos dos fármacos , Ixodidae/química , Proteínas de Artrópodes/farmacologia , Neuroblastoma/patologia , Antineoplásicos/farmacologia , Produtos Biológicos/isolamento & purificação , Sobrevivência Celular/efeitos dos fármacos , Apoptose/efeitos dos fármacos , Linhagem Celular Tumoral , Proteínas de Artrópodes/isolamento & purificação , Antineoplásicos/isolamento & purificação
5.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online) ; 56(2): [e150791], ago. 2019.
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1025148

RESUMO

Canine rangeliosis is an extravascular hemolytic disease caused by the protozoan Rangelia vitalii, which is transmitted by ticks of the species Amblyomma aureolatum. Te most common clinical signs are apathy, hyperthermia and spontaneous bleeding. Anemia and thrombocytopenia are the most common hematological fndings. Tis work reports a clinical case of canine Rangeliosis treated at a private veterinary hospital, in São Paulo city in 2017. A dog was treated at a veterinary hospital in the north of São Paulo, with progressive weight loss, apathy and tail injury. Anemia and thrombocytopenia were observed on the hemogram. Rangelia vitalii DNA was detected in animal blood by real-time PCR (qPCR). In addition to the supportive treatment, doxycycline and subcutaneous imidocarb applications were used. Te sample collected afer treatment with the antibiotic continued to present protozoal DNA. Te disease should be considered as a diferential diagnosis and there is a great need for further studies about the therapy used.(AU)


A rangeliose canina é uma doença hemolítica extravascular causada pelo protozoário Rangelia vitalii, o qual é transmitido por carrapatos da espécie Amblyomma aureolatum. Os sinais clínicos mais comuns são apatia, hipertermia e sangramentos espontâneos. Os achados hematológicos mais comuns são anemia e trombocitopenia. Este trabalho teve como objetivo relatar um caso clínico de Rangeliose canina tratada em um hospital veterinário particular, na cidade de São Paulo no ano de 2017. Um cão foi atendido em um hospital veterinário da zona norte de São Paulo, com emagrecimento progressivo, apatia e lesão na cauda. No hemograma foram observadas anemia e trombocitopenia. Através da PCR em tempo real (qPCR) do sangue do animal constatou-se a presença de DNA de Rangelia vitalii. Além do tratamento de suporte, utilizou-se doxiciclina e aplicações subcutâneas de imidocarb. A amostra coletada após o tratamento com o antibiótico continuou apresentando DNA do protozoário. A enfermidade deve ser considerada como diagnóstico diferencial e há uma grande necessidade de maiores estudos acerca da terapia utilizada.(AU)


Assuntos
Animais , Cães , Piroplasmida/patogenicidade , Ixodidae/patogenicidade , Cães/microbiologia , Cães/parasitologia , Cães/sangue , Reação em Cadeia da Polimerase
6.
Rev. bras. parasitol. vet ; 27(2): 177-182, Apr.-June 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-959177

RESUMO

Abstract The objective of this work was to evaluate the diversity of ticks associated with free-living animals and to investigate new host records for ticks. Ticks were collected from animals rescued during the flood of the Jamari River in the municipality of Ariquemes, state of Rondônia, North Region of Brazil. A total of 39 animals were captured, out of which 10 were amphibians, 19 were reptiles and 10 were mammals. A total of 127 ticks of the Amblyomma genus were collected from these animals, distributed among seven species: Amblyomma dissimile, Amblyomma geayi, Amblyomma humerale , Amblyomma longirostre, Amblyomma nodosum , Amblyomma rotundatum and Amblyomma varium. In addition, one specimen of Rhipicephalus (Boophilus) microplus was collected. Among these specimens, 85 were adults and 42 were nymphs, with A. rotundatum being the most prevalent species. An Amblyomma spp. larvae was also collected from a lizard (Uranoscodon superciliosus), and one Amblyomma calcaratum and one Amblyomma dubitatum were recovered from the environment, thus totaling 130 ticks. Among the Ixodidae collected from different hosts, we provide the first report for the species A. rotundatum parasitizing Rhinella major, U. superciliosus, Leptophis ahaetulla, Chironius multiventris, and Mastigodryas boddaerti, as well as of A. humerale parasitizing U. superciliosus, A. geayi parasitizing Choloepus didactylus, and Rhipicephalus (B.) microplus parasitizing Alouatta puruensis.


Resumo O objetivo deste trabalho foi avaliar a diversidade de carrapatos associados à animais de vida livre e investigar novos registros de hospedeiros. Coletas foram feitas em animais resgatados durante a cheia do Rio Jamari, localizado no município de Ariquemes, estado de Rondônia, Região Norte do Brasil. Um total de 39 animais foi capturado, dos quais dez eram anfíbios, 19 eram répteis e dez eram mamíferos. 127 carrapatos do gênero Amblyomma foram coletados destes animais, distribuídos em sete espécies: Amblyomma dissimile , Amblyomma geayi, Amblyomma humerale, Amblyomma longirostre, Amblyomma nodosum, Amblyomma rotundatum e Amblyomma varium. Adicionalmente, um exemplar de Rhipicephalus (Boophilus) microplus foi coletado. Dentre estes espécimes, 85 eram adultos e 42 eram ninfas, com A. rotundatum sendo a espécie mais prevalente. Uma larva de Amblyomma spp. também foi coletada de um lagarto (Uranoscodon superciliosus), um Amblyomma calcaratum e um Amblyomma dubitatum foram recuperados do ambiente, assim totalizando 130 carrapatos. Dentre os ixodídeos coletados de diferentes hospedeiros, este trabalho fornece o primeiro registro da espécie A. rotundatum parasitando Rhinella major, U. superciliosus, Leptophis ahaetulla, Chironius multiventris e Mastigodryas boddaerti, assim como da espécie A. humerale parasitando U. superciliosus , a espécie A. geayi parasitando Choloepus didactylus e R. microplus parasitando Alouatta puruensis .


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Ixodidae/fisiologia , Interações Hospedeiro-Parasita , Animais Selvagens/parasitologia , Brasil , Florestas
7.
Rev. bras. parasitol. vet ; 27(1): 80-85, Jan.-Mar. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-899308

RESUMO

Abstract One generation of Amblyomma coelebs life cycle under experimental conditions was evaluated. Ten tick pairs were allowed to feed on rabbits under laboratory conditions (LC), resulting six engorged females with a mean weight of 1,403.9 mg. Two females were maintained in a forest reserve under natural conditions (NC), and four were maintained in incubators (LC). The engorgement period lasted 10.33 days. Pre-oviposition periods were 10.75 (NC) and 22 days (LC). The mean egg-mass weight was 514.76 mg, and the blood meal conversion index was 36.67% (LC). Incubation period under NC and LC were 91 and 56.33 days and hatching rates were 50% and 28.33%, respectively. Larval engorgement period ranged from 4 to 10 days, with average weight of 1.1 mg. Engorged larvae were incubated under NC and LC, with a premolt period of 27 to 36 days and molting rate of 7.1% and 28.7%, respectively. Nymphal engorgement period ranged from 5 to 7 days, with a mean weight of 18.8 mg and a recovery rate of 54.54%. In LC, the ecdysis mean period was 24.5 days, and molting rate was 44.44%, resulting in 24 adult A. coelebs. Our results show a life cycle of 187.45 (NC) and 149 (LC) days.


Resumo Uma geração do ciclo de vida de Amblyomma coelebs em condições laboratoriais foi avaliada. Dez casais de carrapatos foram alimentados em coelhos sob condições laboratoriais (CL), resultando em seis fêmeas ingurgitadas, com um peso médio de 1.403,9 miligramas (mg). Duas fêmeas foram mantidas em uma reserva florestal sob condições naturais (CN), e quatro foram mantidas em incubadoras (CL). O período de ingurgitamento durou 10,33 dias. Períodos de pré-postura foram de 10,75 (CN) e 22 dias (CL). O peso médio das massas de ovos foi de 514,76 mg e o índice de conversão alimentar foi de 36,67% (CL). O período de incubação em CN e CL foi de 91 e 56,33 dias e os percentuais de eclosão foram de 50% e 28,33%, respectivamente. O período de ingurgitamento larval variou de quatro a 10 dias, com peso médio de 1,1 mg. Larvas ingurgitadas foram incubadas em CN e CL, com período de pré-muda de 27 a 36 dias e percentual de ecdise de 7,1% e 28,7%, respectivamente. O período de ingurgitamento das ninfas oscilou de cinco a sete dias, com peso médio de 18,8 mg e uma taxa de recuperação de 54,54%. Em CL, o período médio de ecdise foi de 24,5 dias, e o percentual de muda foi 44,44%, resultando em 24 adultos de A. coelebs. Estes resultados demonstram um ciclo de vida de 187,45 (CN) e 149 (CL) dias.


Assuntos
Animais , Feminino , Ixodidae/fisiologia , Experimentação Animal
8.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(1): 195-198, Jan.-Feb. 2018. graf
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-888090

RESUMO

O carrapato Amblyomma rotundatum é uma espécie partenogenética, encontrada principalmente em anfíbios e répteis silvestres em todos os biomas brasileiros. No presente relato, registra-se a ocorrência de dois machos dessa espécie de ixodídeo encontrados em um jabuti-tinga (Chelonoidis denticulatus) proveniente do município de Manaus, Amazonas, Brasil.(AU)


The Amblyomma rotundatum tick is a parthenogenetic species, found mainly in wild amphibians and reptiles in all Brazilian biomes. The present report records the occurrence of two males of this ixodid species found on yellow-footed tortoise (Chelonoidis denticulatus) from the municipality of Manaus, Amazonas, Brazil.(AU)


Assuntos
Animais , Masculino , Tartarugas/parasitologia , Registros/veterinária , Ixodidae/classificação , Ixodidae/patogenicidade
9.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 70(5): 1521-1528, set.-out. 2018. ilus, graf, tab
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-947239

RESUMO

Os carrapatos estão envolvidos em processos biológicos de uma grande variedade de organismos patogênicos. O gênero Amblyomma é o de maior importância médica, com a espécie Amblyomma sculptum Berlese, 1888 envolvida no ciclo de transmissão da febre maculosa brasileira (FMB). Neste estudo, objetivou-se a validação molecular para uma diferenciação na característica morfométrica e no tamanho de idiossoma de larvas de duas espécies de carrapatos, Amblyomma dubitatum Neumann, 1899 e A. sculptum. Larvas não alimentadas foram coletadas em duas áreas de transmissão para FMB, por meio da técnica de armadilha atrativa de CO2. Foram identificadas em nível de espécie por morfometria comparativa, análise molecular por PCR e sequenciamento genômico, com validação pela análise de concordância pelo teste Kappa. As larvas de A. dubitatum apresentaram um comprimento significativamente maior que as larvas de A. sculptum. Embora nenhuma outra espécie do gênero Amblyomma tenha sido testada neste estudo, essa técnica poderá ser utilizada nos locais onde levantamentos acarológicos prévios, baseados nos estádios de ninfa e adultos, indicaram a presença de apenas A. sculptum e A. dubitatum, geralmente mantidos por capivaras. Digno de nota, essa condição é muito comum ao longo das áreas endêmicas para FMB na região Sudeste do Brasil.(AU)


Ticks are involved in biological processes of a wide variety of pathogenic organisms. The genus Amblyomma presents the greatest medical importance, with the species Amblyomma sculptum Berlese, 1888 involved in the transmission cycle of Brazilian Spotted Fever (BSF). In this study, we performed a molecular validation of the morphometric differentiation based on the idiosomal length of the larvae of A. dubitatum and A. sculptum. Unfed larvae were collected in two BSF-transmission areas, using the attractive CO2 trap technique. Larvae were identified at the species level by comparative morphometry, molecular analysis by PCR and genomic sequencing, with validation through agreement analysis by the Kappa test. The larvae of A. dubitatum showed a significantly longer idiosomal length than A. sculptum larvae. Although no other species of the genus Amblyomma has been tested in this study, this technique can be applied to places where previous acarological surveillances based on adult and nymphal ticks stages have indicated the presence of only A. sculptum and A. dubitatum, usually sustained by capybaras. Noteworthy, this condition is very common among many BSF-endemic areas in southeastern Brazil.(AU)


Assuntos
Animais , Ixodidae/classificação , Ixodidae/genética , Febre Maculosa das Montanhas Rochosas , Roedores/parasitologia
10.
Pesqui. vet. bras ; 37(10): 1085-1090, out. 2017. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-895351

RESUMO

A distribuição espacial e a abundância de carrapatos em estágio de vida livre foram examinadas em fragmentos de Mata Atlântica no Nordeste do Brasil. O estudo foi realizado em Unidades de Conservação de Proteção Integral Mata do Tapacurá e Mata do Camucim, localizadas no município de São Lourenço da Mata, Pernambuco. Os carrapatos foram capturados pelo método da bandeira de flanela em seis parcelas de 200m2, sendo três parcelas estabelecidas em uma borda de mata adjacente a uma matriz agropastoril e outras três parcelas estabelecidas na borda de mata adjacente ao lago de barragem. Foram capturados 2652 carrapatos do gênero Amblyomma, sendo duas ninfas identificadas como Amblyomma dissimile com distribuição espacialmente agregada, demonstrados pela relação variância/média e o índice de agregação de Lloyd. Houve variação significativa na abundância de carrapatos entre as parcelas (H=26,79, p<0,005) sendo encontrados mais carrapatos na borda da mata adjacente à matriz agropastoril. Quanto as variáveis ambientais, houve correlação positiva entre a cobertura de dossel e a densidade de carrapatos (rs=0,31, p<0,05). No presente estudo observou-se que em estágios de vida livre, notadamente larvas e ninfas, a distribuição espacial e a abundância de carrapatos são fortemente influenciadas por áreas mais fechadas das matas. A maior presença de carrapatos próximos à matriz agropastoril poderia facilitar a migração de carrapatos entre ambientes silvestres e ambientes antrópicos.(AU)


The spatial distribution and abundance of free-living ticks were examined in Atlantic Forest fragments in northeastern Brazil. The study was conducted on Integral Protection Conservation Units of Mata do Tapacurá and Mata do Camucim, located in the municipality of São Lourenço da Mata, Pernambuco. Ticks were captured by flagging method in six plots of 200m2, three plots set in a forest edge adjacent to an agropastoral matrix and three plots set in the forest edge adjacent to a dam lake. Were captured 2652 ticks of the genus Amblyomma, two nymphs identified as Amblyomma dissimile with spatially aggregated distribution, shown by the variance/mean ratio and Lloyd aggregate index. There was significant variation in the abundance of ticks between plots (H=26.79, p<0.005) and more ticks was found in the woods adjacent to the edge agropastoral matrix. There was a positive correlation between canopy cover and tick density (rs=0.31, p<0.05). In the present study, it was observed that in free-living stages, especially larvae and nymphs, the spatial distribution and abundance of ticks are strongly influenced by more enclosed areas of forests. Most ticks near agropastoral matrix could facilitate the migration of ticks between wild environments and man-made or modified environments.(AU)


Assuntos
Animais , Ecossistema , Ixodidae , Ácaros e Carrapatos , Larva , Ninfa
11.
Rev. bras. parasitol. vet ; 26(3): 375-377, July-Sept. 2017. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042443

RESUMO

Abstract The present study aimed to contribute towards identification and registration of tick species that parasitize dogs in rural and urban areas of three mesoregions of Paraná, southern Brazil, and to estimate the rate of occurrence of each species. Fifty-six dogs with ticks living in three mesoregions: Metropolitana de Curitiba (MC), Centro Oriental (COP) and Centro Sul Paranaense (CSP), were used in the study. From these 56 dogs, 253 ticks were collected and were identified and morphologically characterized according to the species. Among all the ticks, 69.6% were identified as belonging to the species Rhipicephalus sanguineus sensu lato (s. l.); 28.1% as Amblyomma aureolatum and 2.4% as Amblyomma ovale. Among the dogs in MC that were evaluated, 57.7% were parasitized by R. sanguineus s. l., 38.5% by A. aureolatum and 3.8% by A. ovale; while in COP, 72.4% of the dogs were parasitized by A. aureolatum and 27.6% by R. sanguineus s. l.. In CSP, one tick was obtained, which was identified as A. aureolatum.


Resumo O presente estudo objetivou contribuir com a identificação e o registro das espécies de carrapatos que parasitam cães de áreas rurais e urbanas de três mesorregiões do Paraná, Sul do Brasil, e estimar a taxa de ocorrência de cada espécie. Cinquenta e seis cães com carrapatos, provenientes das mesorregiões: Metropolitana de Curitiba (MC), Centro Oriental (COP) e Centro Sul Paranaense (CSP) foram utilizados no estudo. Dos 56 cães, foram coletados 253 carrapatos que foram identificados e caracterizados morfologicamente de acordo com a espécie. Do total de carrapatos, 69,6% foram identificadas como pertencentes à espécie Rhipicephalus sanguineus s. l.; 28,1% como Amblyomma aureolatum e 2,4% como Amblyomma ovale. Dentre os animais avaliados, provenientes da MC, 57,7% estavam parasitados por R. sanguineus s. l., 38,5% por A. aureolatum e 3,8% por A. ovale; enquanto na COP 72,4% dos cães foram parasitados por A. aureolatum e 27,6% por R. sanguineus s. l.. Na CSP foi obtido um carrapato, identificado como A. aureolatum.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Ixodidae/classificação , Cães/parasitologia , Brasil , Saúde da População Urbana , Distribuição Animal
12.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 69(4): 865-869, jul.-ago. 2017.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-876615

RESUMO

A Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro e um dos mais diversificados do mundo, abrigando grande variedade faunística. Este estudo objetivou relatar a presença de carrapatos em tamanduás Tamandua tetradactyla (Linnaeus, 1758) atendidos no Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga, Petrolina-PE, Brasil. De fevereiro de 2010 a fevereiro de 2016, 23 T. tetradactyla foram recebidos e inspecionados para avaliação da presença de carrapatos. A identificação foi realizada pela observação das características morfológicas e pela utilização de chaves taxonômicas. Aproximadamente 8,69% (2/23) dos animais apresentavam parasitismo por carrapatos. Os ixodídeos foram encontrados fixados nas regiões ventral e cervical, e identificados como Rhipicephalus sanguineus sensu lato (cinco fêmeas), Amblyomma auricularium (uma larva, 18 ninfas e uma fêmea) e Amblyomma sp. (seis larvas). Este estudo relata o parasitismo inédito de larva de A. auricularium em T. tetradactyla no semiárido pernambucano, bem como reafirma a maior afinidade por membros da superordem Xenarthra. O parasitismo de R. sanguineus s.l. em tamanduá-mirim pode estar relacionado ao compartilhamento do mesmo habitat com cães domésticos infestados. O parasitismo sobre animais silvestres em novas localidades onde não foi registrado previamente deve ser estudado para ampliação do conhecimento sobre a distribuição geográfica dos ixodídeos no Brasil.(AU)


The Caatinga is an exclusively Brazilian biome and one of the most diverse in the world, housing a great variety faunal. Southern Tamandua (Linnaeus, 1758), known as collared anteater, can be found throughout the country. The present study aimed to report the presence of ticks on anteaters treated at the Conservation Center and Wildlife Management of Caatinga, Petrolina, Pernambuco, Brazil. From February 2010 to February 2016, 23 T. tetradactyla from the municipalities of Juazeiro (BA) Casa Nova (BA), Sento Sé (BA), Nonato (PI), Petrolina (PE), Great Pond (PE ) and Willow (PE), have been received and inspected to evaluate the presence of ticks, which were later collected with the help of anatomical tweezer and stored in tubes containing 70% alcohol. The identification was carried out by observation of morphological characteristics in stereomicroscope and use of taxonomic keys. Approximately 8.69% (2/23) of the animals had parasitism by ticks. The Ixodids were found fixed on ventral and cervical regions and were identified as Rhipicephalus sanguineus sensu lato (five female), parasitizing the anteater 1 coming from Petrolina-PE; Amblyomma auricularium (one larva, 18 nymphs and a female) and Amblyomma sp. parasitizing the anteater 2 coming from Salgueiro-PE. This study reports the novel parasitism by larva of A. auricularium in T. tetradactyla in semiarid of Pernambuco ; and reaffirms the higher affinity of this ixodid by members of the superorder Xenarthra. It was possible to determine the parasitism of R. sanguineus s.l. in collared anteater, the which may be related to the sharing of the same habitat with domestic dogs infested. The parasitism of wild animals in new locations where they were not previously registered must be stimulated to expand the knowledge of the geographical distribution of ixodids in Brazil.(AU)


Assuntos
Animais , Ixodidae , Rhipicephalus sanguineus , Carrapatos , Cingulados/parasitologia
13.
Pesqui. vet. bras ; 37(7): 741-748, jul. 2017. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-895470

RESUMO

Poucos estudos avaliaram a diversidade de ectoparasitos e a associação deles com seus hospedeiros que ocorrem no bioma Caatinga, Nordeste do Brasil. Considerando-se essa falta de conhecimento, este estudo objetivou identificar e determinar a ocorrência de carrapatos coletados de pequenos mamíferos da Estação Experimental Rafael Fernandes, no Rio Grande do Norte, Brasil. De janeiro de 2014 a fevereiro de 2015 foram capturados 52 marsupiais (38 Gracilinanus agilis e 14 Monodelphis domestica) e 10 roedores (5 Wiedomys sp., 4 Thrichomys sp. e 1 Rattus norvegicus). Foram identificados os carrapatos Amblyomma auricularium, Amblyomma parvum, Amblyomma sp., Ornithodoros mimon e Ornithodoros sp., empregando estudo morfológico, chaves taxonômicas e sequenciamento parcial do gene mitocondrial 16S rDNA de carrapatos. Todas as associações carrapato-hospedeiro encontradas neste estudo são relatadas pela primeira vez no Rio Grande do Norte e constituem novos dados ecológicos aplicáveis aos ectoparasitos de pequenos mamíferos no nordeste do Brasil.(AU)


Few studies have assessed the diversity of ectoparasites and their associated hosts occurring within the Caatinga biome in northeastern Brazil. Considering this lack of knowledge, in this study we aimed to identify and determine the occurrence of ticks collected from small mammals at the Estação Experimental Rafael Fernandes, in Rio Grande do Norte state, Brazil. From January 2014 to February 2015, we captured 52 marsupials (38 Gracilinanus agilis and 14 Monodelphis domestica) and 10 rodents (5 Wiedomys sp., 4 Thrichomys sp. and 1 Rattus norvegicus). We identified the ticks Amblyomma auricularium, Amblyomma parvum, Amblyomma sp., Ornithodoros mimon and Ornithodoros sp. by a morphological study, the use of taxonomic keys, and the partial sequencing of the tick mitochondrial 16S rDNA gene. All the tick-host associations found in this study are reported for the first time in Rio Grande do Norte and constitute new ecological data concerning ectoparasites of small mammals in northeastern Brazil.(AU)


Assuntos
Animais , Roedores/parasitologia , Infestações por Carrapato/veterinária , Argasidae , Ixodidae , Animais Selvagens/parasitologia , Marsupiais/parasitologia
14.
Acta sci., Biol. sci ; 39(3): 397-399, July-Sept. 2017. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-859961

RESUMO

Ticks are parasites of wild animals, affecting diverse and several species. The present study reveals the presence of Amblyomma aureolatum parasitizing the margay cat (Leopardus wiedii) in the city of Uruguaiana. This is the first report of the presence of this tick specie in this city, situated in west (29° 45' 18" S 57° 05' 16" W) of the state of Rio Grande do Sul, Brazil, indicating a wide host diversity.


Carrapatos podem ser parasitos de animais selvagens, afetando diversas espécies. O presente trabalho relata a presença de Amblyomma aureolatum parasitando o gato-maracajá (Leopardus wiedii) na região de Uruguaiana, esse é o primeiro relato da presença desta espécie de ixodídeo nesta cidade (29° 45' 18" S 57° 05' 16" W), situada na região oeste do estado do Rio Grande do Sul, Brasil, indicando que diversos hospedeiros silvestres podem ser acometidos pelo parasito.


Assuntos
Animais Selvagens , Ixodidae , Carrapatos
15.
Rio de Janeiro; s.n; 2017. xxiv, 180 p. ilus.
Tese em Português | LILACS | ID: biblio-1048449

RESUMO

A febre maculosa (FM) é a principal doença humana associada a carrapatos no Brasil. Amblyomma sculptum,Amblyomma ovale e Amblyomma aureolatum estão entre os principais vetores dos bioagentes da FM no país. Essas espécies têm ampla distribuição no Brasil, mas os casos de FM associados a esses ixodídeos estão restritos a algumas regiões. Sabendo que populações geneticamente distintas de carrapatos podem ter capacidades vetoriais diferentes, o objetivo desta tese foi analisar a diversidade genética e infecção por riquétsias em populações de A. sculptum, A. ovale e A. aureolatum de diferentes biomas do Brasil. As amostras década espécie foram submetidas à extração de DNA, amplificação e sequenciamento de fragmentos dos genes mitocondriais 12S rDNA,16S rDNA, citocromo oxidase subunidade II e da região D-loop para análise dos carrapatos, e fragmentos dos genes gltA, htrA, ompA, ompB e gene D (sca4) para pesquisa de riquétsia. Análises filogenéticas, filogeográficas e populacionais demonstraram que as populações de A. sculptum têm grande diversidade genética no país, porém sem estruturação geográfica ou por biomas, e com indicativo de expansão em algumas populações no Cerrado


Em A. ovale há estruturação populacional em consequência da associação significativa entre as distâncias genéticas e geográficas, com baixo fluxo gênico entre as populações, sugerindo que pode estar ocorrendo um processo de especiação entre as populações do Cerrado e Caatinga e as populações da Mata Atlântica. A. aureolatum tem baixa diversidade genética e ausência de estruturação para região de Mata Atlântica, com indícios de expansão populacional em algumas das áreas analisadas. Nas populações de A. sculptum do Cerrado foram detectadas Rickettsia amblyommatis, Rickettsia felis (primeiro relato dessas riquétsias nesse ixodídeo para o bioma) e Candidatus Rickettsia andeanae; e na Mata Atlântica foi identificada Candidatus Rickettsia asemboensis (primeiro registro nessecarrapato) e R. Felis nesse ixodídeo. Em espécimes de A. ovale da Caatinga foi observada a presença de Rickettsia bellii e Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica; no bioma Mata Atlântica também foi encontrada Rickettsia sp. cepa Mata Atlântica alémde Ca. R. asemboensis (primeiro registro nesse artrópode para o Brasil) e R. felis (primeiro relato nesse ixodídeo). A. aureolatum de área endêmica para FM brasileira foi detectado com infecção por R. bellii e em área não endêmica foi identificado com R. felis (primeiro encontro nesse carrapato). A estruturação de A. ovale não influenciou nas riquétsias detectadas. Não foi observada relação entre os haplótipos dos carrapatos analisados e a detecção de riquétsias. (AU)


Assuntos
Humanos , Febre Maculosa das Montanhas Rochosas , Ecossistema , Ixodidae , Alphaproteobacteria , Genética Populacional , Tifo Epidêmico Transmitido por Piolhos
16.
Rev. bras. parasitol. vet ; 25(4): 418-422, Sept.-Dec. 2016. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-830044

RESUMO

Abstract The aims of the present study were to serosurvey dogs, horses, and humans highly exposed to tick bites for anti-Borrelia burgdorferi s.l. antibodies, identify tick species present, and determine risk factors associated with seropositivity in a rural settlement of Paraná State, southern Brazil. Eighty-seven residents were sampled, along with their 83 dogs and 18 horses, and individual questionnaires were administered. Immunofluorescence antibody test (IFAT) was performed on serum samples and positive samples were subjected to western blot (WB) analysis. Anti-B. burgdorferi antibodies were found in 4/87 (4.6%) humans, 26/83 (31.3%) dogs, and 7/18 (38.9%) horses by IFAT, with 4/4 humans also positive by WB. Ticks identified were mostly from dogs and included 45/67 Rhipicephalus sanguineus, 21/67 Amblyomma ovale, and 1/67 A. cajennense sensu lato. All (34/34) horse ticks were identified as A. cajennense s.l.. No significant association was found when age, gender, or presence of ticks was correlated to seropositivity to Borrelia sp. In conclusion, although anti-Borrelia antibodies have been found in dogs, horses and their owners from the rural settlement, the lack of isolation, molecular characterization, absence of competent vectors and the low specificity of the commercial WB kit used herein may have impaired risk factor analysis.


Resumo Os objetivos do presente estudo foram realizar um levantamento sorológico de cães, cavalos e humanos altamente expostos a picadas de carrapatos para anticorpos anti-B. burgdorferi s.l., identificar as espécies de carrapatos presentes, e determinar os fatores de risco associados a soropositividade em um assentamento rural do Estado do Paraná, sul do Brasil. Oitenta e sete residentes foram amostrados junto com seus respectivos 83 cães e 118 cavalos e questionários individuais foram aplicados. O teste de imunofluorescência indireta (IFI) foi realizado nas amostras sorológicas e as positivas foram submetidas a análise por western blot (WB). Anticorpos anti-B. burgdorferi foram detectados em 4/87 (4,6%) humanos, 26/83 (31,3%) cães e 7/18 (38,9%) cavalos pela IFI, com 4/4 humanos também positivos pelo WB. Os carrapatos identificados foram em sua maioria de cães e incluíram 45/67 Rhipicephalus sanguineus, 21/67 Amblyomma ovale e 1/67 A. cajennense sensu lato. Todos (34/34) carrapatos dos cavalos foram identificados como A. cajennense s.l.. Não foram observadas diferenças estatísticas entre idade, sexo ou presença de carrapatos e soropositividade para Borrelia sp. Em conclusão, embora anticorpos anti-Borrelia tenham sido encontrados em cães, equinos e seus proprietários do assentamento rural, a ausência de isolamento, caracterização molecular, ausência de vetores competentes e baixa especificidade do kit comercial de WB utilizado podem ter limitado a análise de fatores de risco.


Assuntos
Humanos , Animais , Cães , Carrapatos/microbiologia , Grupo Borrelia Burgdorferi/imunologia , Anticorpos Antibacterianos/sangue , Brasil , Saúde da População Rural , Ixodidae/microbiologia , Rhipicephalus sanguineus/microbiologia , Cavalos
17.
Pesqui. vet. bras ; 36(11): 1101-1108, Nov. 2016. tab, ilus
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-842020

RESUMO

O objetivo desta pesquisa foi buscar a presença de microrganismos em esfregaços sanguíneos de aves silvestres residentes ou migratórias da Ilha da Marambaia, município de Mangaratiba, estado do Rio de Janeiro, durante o ano de 2009. Para execução da pesquisa, 86 indivíduos referentes a 22 espécies foram capturados através de rede de neblina e após manuseio liberados ao seu habitat natural. Foi coletado sangue periférico das aves e realizado esfregaços sanguíneos. Como resultados foi diagnosticado a ocorrência de 11 (12,80%) indivíduos positivos para Plasmodium sp., um (1,16%) para microfilária e 16 (18,60%) para Borrelia sp. Foram encontrados carrapatos Amblyomma sp. (Família Ixodidae) parasitando as aves amostradas, o que sugere existir uma interação parasito-vetor-hospedeiro entre esse e o gênero Borrelia. Este estudo deve ser ampliado para outras regiões e o seu conhecimento dará maiores subsídios para outras pesquisas, voltadas principalmente para a preservação de aves em ambiente por elas escolhidos como seu habitat.(AU)


The study intended to analyze the population of migratory and resident wild bird species from Marambaia island, located in the municipality of Mangaratiba, Rio de Janeiro state, regarding the presence of microorganisms in blood smears during the year of 2009. In order to achieve the goal, 86 individuals of 22 bird species were captured using mist nets; peripheral blood was collected and blood smears performed. The birds were released after examined and sampled in situ. The diagnostic results were 11 (12.80%) birds positive for Plasmodium sp., one (1.16%) for microfilaria and 16 (18.60%) for Borrelia sp. Ticks identified as Amblyomma sp. (Ixodidae) were observed parasiting the sampled birds, suggesting that a relationship parasite-vector-host exists between these ticks and the Borrelia genus. This study should be expanded to other regions so that its results may favour other surveys, focused on conservation of wild birds in their habitat.(AU)


Assuntos
Animais , Aves/parasitologia , Borrelia , Ixodidae , Microfilárias , Plasmodium , Animais Selvagens/parasitologia , Doenças Parasitárias em Animais/diagnóstico
18.
Rev. bras. parasitol. vet ; 25(2): 217-224, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-785158

RESUMO

Abstract The present study was conducted to elucidate the neuronal pathways between peripheral olfactory and taste sensilla and the synganglion in an Ixodidae tick species. The tarsus of the front legs (olfactory nerves) and the fourth palpal segment (gustatory nerves) of unfed Amblyomma americanum males and females were excised. A neuronal tracer, dextran tetramethylrhodamine, was used for filling of the sensory neurons. The synganglion preparations were examined using a confocal microscope. Neuronal arborizations from the Haller’s organ were confined to the olfactory lobes and the first pedal ganglion. The estimated number of olfactory glomeruli ranged from 16 to 22 per olfactory lobe in the females. The number of glomeruli was not counted in males because they were densely packed. Sensory neurons associated with sensilla at the distal end of the palpal organ projected into the palpal ganglion in the synganglion through the palpal nerve. Gustatory sensory neurons associated with palpal sensilla projected into a commissure with several bulges, which are confined in the palpal ganglion. The findings of distinct projection patterns of sensory neurons associated with the Haller’s organ and palpal organ in the lone star tick from this study advanced our knowledge on mechanisms of sensory information processing in ticks.


Resumo O presente estudo foi conduzido para elucidar a trajetória neuronal, entre as sensilas periféricas olfativas e gustativas e o singânglio, em uma espécie de carrapato Ixodidae. O tarso da primeira pata (nervos olfativos) e o quarto segmento palpal (nervos gustativos) de machos e fêmeas não alimentados de Amblyomma americanum foram excisados. Um traçador neuronal, dextran tetrametilrodamina, foi usado para preenchimento dos neurônios sensoriais. Os singânglios foram examinados através de microscopia confocal. Arborizações neuronais do órgão de Haller foram confinadas nos lobos olfativos e primeiro gânglio pedal. O número estimado de glomérulos olfativos variou de 16 a 22 por lobo olfativo nas fêmeas. Em machos, o número de glomérulos não foi contado, pois eles estavam densamente compactados. Os neurônios sensoriais associados com as sensilas, na porção distal do órgão palpal, projetaram-se no gânglio palpal do singânglio através do nervo palpal. Neurônios sensoriais gustativos associados com a sensila palpal projetaram-se numa comissura onde havia vários bulbos. Os resultados obtidos neste estudo de padrões de projeção distintos de neurônios sensoriais associados com os órgãos de Haller e palpal no carrapato A. americanum avançam nosso conhecimento sobre os mecanismos de processamento da informação sensorial em carrapatos.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Ixodidae/anatomia & histologia , Sensilas/inervação , Sensilas/diagnóstico por imagem
19.
Rev. bras. parasitol. vet ; 25(1): 124-126, Jan.-Mar. 2016.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-777534

RESUMO

Abstract The aim of this paper was to provide new records of Amblyomma sculptum on two species of terricolous birds in two areas of the Cerrado (savannah- like) bioma: two specimens of Cariama cristata were captured in the state of Goiás and one specimen ofCrax fasciolata was captured in the state of Minas Gerais. One of the C. cristata was parasitized by 15 larvae, six nymphs, one male and two females whereas the C. fasciolata was parasitized by seven larvae and eight nymphs. This paper presents a new locality for occurrence of parasitism A. sculptum in C. cristata and a new host for C fasciolata.


Resumo O objetivo deste trabalho foi apresentar novos registros de Amblyomma sculptum em duas espécies de aves terrícolas em duas áreas do bioma Cerrado: dois espécimes de Cariama cristata foram capturados no Estado de Goiás e um exemplar de Crax fasciolata foi capturado no Estado de Minas Gerais. Um dos exemplares de C. fasciolataestava parasitado por 15 larvas, seis ninfas, um macho e duas fêmeas, enquantoC. fasciolata estava parasitada por sete larvas e oito ninfas. Neste registro são apresentados nova localidade para ocorrência do parasitismo de A. sculptum em C. cristata e novo hospedeiro para C. fasciolata.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Infestações por Carrapato/veterinária , Aves/parasitologia , Ixodidae , Infestações por Carrapato/parasitologia , Brasil , Larva , Ninfa
20.
Biosci. j. (Online) ; 31(5): 1496-1500, sept./oct. 2015.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-964949

RESUMO

This work investigated microorganisms responsible for the contamination and death of ticks from natural reserves and wild animals and later kept in the Laboratory of Ixodology in the Veterinary School of the Federal University of Uberlândia. Such investigation aimed prevention of tick death in the laboratory but also search for microorganisms to be used in the biological control of ticks. From four tick samples of Amblyomma genus, the following agents were isolated: Staphylococus sp, Gram positive bacillus, filamentous fungi of the genera Aspergillus and Penicillium, and a yeast identified as Non-albicans Candida and Cryptococcus sp. Even though the source of contamination of these ticks is uncertain, this study displayed the necessity of to better evaluating the spread of pathogens by ticks, as well as those known to be transmitted solely during tick feeding.


Neste trabalho foram investigados microrganismos responsáveis pela colonização e morte de carrapatos provenientes de reservas naturais ou animais selvagens e mantidos posteriormente no Laboratório de Ixodologia da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal de Uberlândia. Esta investigação se fez necessária para tentar prevenir mortalidade de carrapatos no laboratório, mas também para contribuir com a busca por microrganismos que poderiam ser utilizados no controle biológico do ácaro. Foram isolados de cinco amostras de carrapatos do gênero Amblyomma os seguintes microrganismos: Staphylococus sp, bacilos Gram positivos, fungos filamentosos dos gêneros Aspergillus e Penicillium, além de leveduras identificadas como Candida não-albicans e Cryptococcus sp. Mesmo que a origem da contaminação dos carrapatos com estes microrganismos seja incerta este trabalho indica a necessidade de se avaliar melhor a difusão de outros patógenos por carrapatos, além daqueles transmitidos com a hematofagia.


Assuntos
Carrapatos , Bactérias , Poluição Ambiental , Ixodidae , Fungos , Penicillium , Aspergillus , Reservas Naturais , Cryptococcus , Animais Selvagens
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA