Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 3 de 3
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Biosci. j. (Online) ; 34(5): 1258-1263, sept./oct. 2018.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-967314

RESUMO

The objective of this study is to test stem apex sizes in the in vitro establishing of Angelonia integerrima in order to obtain explants without by fungi and bacteria contamination for further multiplications. The treatments consisted of different stem apex sizes (1.0, 3.0, 5.0, 7.0, 9.0 and 11.0 mm). At 45 and 90 days of cultivation, a count of contaminated explants and a count of shoots per explant formed were performed. In a second experiment, explants were cultivated in a medium containing different concentrations of benzylaminopurine (BAP) (0.0, 0.05, 0.10, 0.15 and 0.20 mg L-1). After 56 days of cultivation, the following variables were evaluated: shoot length, shoot fresh mass and number of shoots. During the explant establishment phase (45 days), only stem apexes with 1.0 mm in size were not contaminated. However, in the second subculture (at 90 days), only shoots from initial explants, with 7 mm in size or larger, were contaminated. Regarding multiplication, the presence of BAP showed a positive linear behavior for all variables. It is possible to obtain A. integerrima seedlings free of contamination in vitro by fungi and bacteria, using initial explants less than or equal to 5 mm. IBA provided a linear increment for the multiplication of this species.


O objetivo do trabalho foi testar tamanhos de ápices caulinares no estabelecimento in vitro de Angelonia integerrima, a fim de obter explantes sem contaminações por fungos e bactérias para posterior multiplicação. Os tratamentos consistiram de tamanhos de ápices caulinares: 1,0; 3,0; 5,0; 7,0; 9,0 e 11,0 mm. Após 45 e 90 dias de cultivo foi realizada a contagem de explantes contaminados e o número de brotos formados por explante. Em um segundo experimento, explantes foram cultivados em meio contendo diferentes concentrações de benzilaminopurina (BAP): 0,0; 0,05; 0,10; 0,15 e 0,20 mg L-1. Após 56 dias de cultivo foram avaliados: comprimento e massa fresca da parte aérea e número de brotos. Durante a fase de estabelecimento (45 dias), somente explantes com 1,0 mm não apresentaram contaminação, já no segundo subcultivo (aos 90 dias) somente brotações oriundas de explantes com tamanho inicial igual ou superior a 7 mm apresentaram contaminação. Com relação à multiplicação, a presença de BAP apresentou comportamento linear positivo para todas as variáveis analisadas. É possível obter mudas de A. integerrima livres de contaminações in vitro por fungos e bactérias, utilizando explantes iniciais menores ou iguais a 5 mm. O BAP proporcionou incremento linear para a multiplicação da espécie.


Assuntos
Bactérias , Pradaria , Plantaginaceae , Fungos
2.
Rev. bras. plantas med ; 14(4): 635-642, 2012. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-664015

RESUMO

A infusão das folhas de Plantago major (Plantaginaceae), conhecida como tansagem ou transagem, é usada como antibiótica, antiinflamatória, anti-séptica, anti-térmica, na prevenção de tumores e no tratamento de neoplasias. Este efeito é atribuído aos flavonóides encontrados em diversas espécies do gênero Plantago. O presente estudo objetivou avaliar os potenciais efeitos, tóxico e mutagênico, do extrato bruto hidroalcoólico de folhas de P. major, por meio dos testes in vivo de Allium cepa e do micronúcleo. Para o ensaio biológico vegetal, meristemas de raízes de A. cepa foram usados para o preparo de lâminas através da técnica de esmagamento. No ensaio do micronúcleo foram analisadas lâminas de células de medula óssea de roedores. As análises estatísticas seguiram o teste de Tukey (p<0,05) para o ensaio de Allium cepa e teste de Scott-Knott (p<0,05) para o ensaio do micronúcleo. Os resultados do teste de Allium cepa demonstram que houve redução significativa no índice de germinação em todas as concentrações testadas. P. major provoca alteração no ciclo celular pela inibição da divisão das células, como indica o índice mitótico. Os índices de efeitos clastogênico e aneugênico demonstram que, além de não determinar aumento de aberrações cromossômicas, o que indica ausência de ação genotóxica, P. major possui atividade anti-genotóxica. Os resultados do teste do micronúcleo reforçam a sugestão de que o extrato de P.major não possui atividade mutagênica, entretanto provoca alterações na divisão celular.


The infusion of leaves of Plantago major (Plantaginaceae), known as "tansagem" or "transagem", is used as antibiotic, anti-inflammatory, anti-septic, anti-thermal in the prevention of tumors and in the treatment of neoplasms. This effect is attributed to the flavonoids found in diverse species of the genus Plantago. The present study aimed to evaluate the potential toxic and mutagenic effects of the crude hydroalcoholic extract from P. major leaves by means of in vivo tests with Allium cepa and micronucleus. For the plant biological assay, meristems of A. cepa roots were used for the preparation of slides by adopting the crushing technique. In the micronucleus assay, slides of bone marrow cells from rodents were analyzed. Statistical analyses were carried out according to Tukey's test (ρ<0.05) for the Allium cepa assay and Scott-Knott test (ρ<0.05) for the micronucleus assay. Results of the A. cepa test demonstrate that there was a significant reduction in the germination index at all tested concentrations. P. major causes alteration in the cell cycle by inhibiting the division of cells, as indicated by the mitotic index. The indexes of clastogenic and aneugenic effects show that, in addition to not determining the increase in chromosomal aberrations, which indicates the absence of genotoxic action, P. major has anti-genotoxic activity. Results of the micronucleus test reinforce the suggestion that P. major extract does not have mutagenic activity but causes alterations in the cell division.


Assuntos
Citotoxinas/análise , Estudos de Avaliação como Assunto , Genotoxicidade , Mutagênese , Cebolas , Plantaginaceae/classificação , Plantas Medicinais/metabolismo
3.
Ambato; s.n; 2011. 1-73 p. ilus, tab, graf.
Tese em Espanhol | LILACS, MOSAICO - Saúde integrativa | ID: biblio-998220

RESUMO

En la investigación se realizó una adaptación tecnológica para la obtención de un té a base de cuatro variedades de plantas: Menta (Mentha arvensis), Manzanilla (Matricaria chamomilla), Llantén (Plantaginaceae), Malva (Malváceas o malvaceae). Se efectuó un estudio del proceso, análisis microbiológico y costos, cuyos resultados y respuestas ayudarán a las personas interesadas a tomar decisiones acertadas, para mejorar la producción y ventas, los mismos que serán elaborados bajo especificaciones de calidad e inocuidad para satisfacer los requerimientos de los clientes. Se aplicó un diseño de bloques completos, en el cual se consideró como factores de estudio el análisis sensorial de los productos (color, aroma, sabor y aceptabilidad), de cada una de las formulaciones planteadas. En base a los resultados obtenidos se determinó el mejor tratamiento (formulación 1: Manzanilla: 0,24 g Menta: 0,06 g Malva: 0,18 g Llantén: 0,12g) de acuerdo a la calificación dada por los degustadores. Se realizó el análisis microbiológico para determinar la inocuidad del producto y se encontró ausencia total de aerobios, para el tiempo de vida útil se consideró un modelo de cinética de primer orden y el recuento total dando un tiempo de almacenamiento de 9 meses. Los parámetros de evaluación fueron: la actividad microbiológica y los aspectos organolépticos principalmente en el té se mantuvieron dentro de los rangos indicados por las normas INEN 2 392:2007 para hierbas Aromáticas ­ Norma Técnica Ecuatoriana. (AU)


Assuntos
Humanos , Malvaceae , Camomila , Mentha , Plantaginaceae , Chás Medicinais , Plantas Medicinais , Equador , Medicina Tradicional
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA