Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 2 de 2
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados
Base de dados
Intervalo de ano de publicação
1.
Ciênc. rural ; 34(3): 935-938, maio-jun. 2004. ilus
Artigo em Inglês | LILACS | ID: lil-362516

RESUMO

Um cordeiro de dois meses de idade apresentando sinais severos de doença neurológica foi enviado ao Laboratório de Patologia Veterinária - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Os sinais clínicos consistiam de tremores musculares, hipermetria e incoordenação motora. Os principais achados de necropsia foram uma pronunciada redução do tamanho do cerebelo e dilatação bilateral dos ventrículos laterais. As alterações microscópicas consistiram de áreas de desorganização celular no córtex cerebelar, redução da camada granular do cerebelo associada com diminuição da densidade de células e a presença de grandes vacúolos citoplasmáticos na camada molecular. Cortes histológicos foram submetidos à imunoistoquímica, utilizando o anticorpo monoclonal 15C5 contra o vírus da Diarréia Viral Bovina (BVDV). Reação positiva foi detectada difusamente nos neurônios da substância cinzenta e em macrófagos dos linfonodos mesentéricos. Os achados clínicos, histopatológicos e imunoistoquímicos sugerem que este cordeiro tenha sido infectado por um pestivírus, provavelmente Border Disease Vírus (BDV) ou BVDV.


Assuntos
Doença da Fronteira , Brasil , Pestivirus , Ovinos
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA