Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 113
Filtrar
1.
Rev. bras. parasitol. vet ; 29(1): e016719, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1058012

RESUMO

Abstract In Brazil, species of the genus Ramphocelus with the presence of various endoparasites have already been reported. Coccidia have been the parasites most frequently found. All species of this genus have similar habitats and ecological niches, which makes parasite transmission easy. The aim of this study was to diagnose the presence of endoparasites in fecal samples from specimens of Ramphocelus carbo that were caught in the Cazumbá-Iracema Extractive Reserve (Cazumbá Resex), in the State of Acre. The specimens (n = 30) were caught in mist nets arranged in different ecosystems of the Reserve. After identification, the bird specimens were placed in cloth bags for a maximum of 30 minutes to collect feces. Among the 22 samples collected, 63.63% (n = 14) were positive for endoparasites. The coccidia were the parasites most frequently. Helminths belonging to Ascaridiidae (Nematoda), Strongylida (Nematoda) and Davaneidae (Cestoda) were recorded for the first time in R. carbo in the State of Acre. Parasites belonging to Strongylida and Davaneidae were recorded for the first time in a species of Ramphocelus. These findings add information on the parasitic fauna of wild birds, since in the Amazon region there are few studies on this subject.


Resumo No Brasil, espécies do gênero Ramphocelus ja foram relatadas com a presença de vários endoparasitos, sendo os coccídios os parasitos mais frequentes. Todas as espécies do gênero possuem habitats e nichos ecológicos semelhantes, facilitando a transmissão desses parasitos. O presente estudo teve como objetivo diagnosticar a presença de endoparasitos em amostras fecais de Ramphocelus carbo capturadas na Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema (Resex do Cazumbá), localizada no estado do Acre. Os espécimes (n=30) foram capturados em redes de neblina dispostas em diferentes ecossistemas da Reserva. Após a identificação das aves, os espécimes foram colocadas em sacos de pano por no máximo 30 minutos para coleta das fezes. Das 22 amostras coletadas, 63,63% (n = 14) foram positivas para endoparasitas. Os coccídíos foram os parasitos mais frequentes. Os helmintos Ascaridiidae (Nematoda), Strongylida(Nematoda) e Davaneidae (Cestoda) foram registrados pela primeira vez em R. carbo, no estado do Acre. Strongylida e Davaneidae são registrados pela primeira vez em uma espécie pertencente a Ramphocelus. Esses achados acrescentam informações sobre a fauna parasitária de aves silvestres, pois na Amazônia existem poucos estudos nessa área.


Assuntos
Animais , Doenças das Aves/parasitologia , Passeriformes/parasitologia , Helmintíase Animal/parasitologia , Helmintos/isolamento & purificação , Helmintos/classificação , Brasil
2.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(4): 816-820, Oct.-Dec. 2019.
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1057982

RESUMO

Abstract Toxoplasma gondii and Neospora caninum are Apicomplexan intracellular protozoan parasites that affect numerous animal species, thus leading to severe diseases and economic losses, depending on the vertebrate species involved. The role of the avian species in maintaining and transmission of these coccidia has been studied for several years as they tend to serve as a potential source of infection for mammals and humans. The present study aimed to assess the serological exposure of Orinoco goose (Neochen jubata) to T. gondii and N. caninum. Between 2010 and 2013, 41 free-ranging Orinoco geese were captured in the Araguaia River, Brazil. The presence and titration of IgY antibodies to both coccidia were assayed via indirect immunofluorescent antibody test (IFAT). While IgY antibodies for N. caninum were present in 5 animals, with titers of 20, the antibodies for T. gondii were found in 35 animals, with titers ranging from 20 to 640. Considering that the Orinoco goose's meat is consumed by the local population in the studied area, it may represent an important source of T. gondii infection for humans. Due to its migratory behavior, this goose may play a pivotal role in the natural dispersion of both parasites. Furthermore, molecular studies are required for genotyping the isolates of T. gondii that occurs in this avian species.


Resumo Toxoplasma gondii e Neospora caninum são parasitas protozoários intracelulares do philo Aplicomplexa que afetam uma vasta gama de espécies animais, causando sérias doenças e levando a perdas econômicas, dependendo da espécie envolvida. O papel das aves na manutenção e transmissão destes coccídios tem sido estudado por anos, já que eles são potenciais fontes de infecção para outros animais e humanos. O objetivo deste estudo foi avaliar a exposição do Ganso-do-Orinoco (Neochen jubata) a T. gondii e N. caninum por meio de técnicas sorológicas. Entre os anos de 2010 e 2013, 41 Gansos-do-Orinoco de vida livre foram capturados no Vale do Rio Araguaia, Brasil. A presença e titulação de anticorpos IgY para ambos os coccídios foi obtida utilizando-se a Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI). Enquanto a presença de anticorpos IgY para N. caninum foi detectada em 5 aves, com titulação 20, anticorpos para T. gondii foram encontrados em 35 aves, com títulos variando de 20 a 640. Considerando que a carne do Ganso-do-Orinoco é uma fonte de alimento para a população da área estudada, a ave pode representar uma importante fonte de infecção de T. gondii para humanos. Devido ao seu comportamento migratório, esta espécie assume grande importância na dispersão de ambos os parasitas. Estudos moleculares são necessários a fim de caracterizar genotipicamente os isolados de T. gondii que ocorrem nesta espécie de ave.


Assuntos
Animais , Toxoplasma/imunologia , Doenças das Aves/diagnóstico , Anticorpos Antiprotozoários/sangue , Toxoplasmose Animal/diagnóstico , Coccidiose/veterinária , Neospora/imunologia , Gansos/parasitologia , Doenças das Aves/parasitologia , Doenças das Aves/epidemiologia , Brasil/epidemiologia , Toxoplasmose Animal/parasitologia , Toxoplasmose Animal/epidemiologia , Coccidiose/diagnóstico , Coccidiose/parasitologia , Coccidiose/epidemiologia , Técnica Indireta de Fluorescência para Anticorpo
3.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(4): 692-699, Oct.-Dec. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1057994

RESUMO

Abstract The family Capillariidae is one of the most important in the superfamily Trichinelloidea, with 27 genera and more than 300 species parasitizing vertebrates. This study considers the morphology, morphometry and prevalence of Eucoleus contortus parasitizing the Muscovy duck Cairina moschata domestica esophagus from Marajó Island, in State of Pará, Brazil. Morphologically the nematodes had a filiform body, with transversely striated cuticle, long esophagus, divided into two parts, one muscular and another consisting of stichocytes, spicule weakly sclerotized, spiny sheath and pseudobursa present in males. Females had a pre-equatorial vulva, barrel-shaped eggs and were bioperculated. In the northern region of Brazil, the Muscovy duck is an abundant bird, and one of the items in the food supply for human communities. The occurrence of E. contortus adds data to the biodiversity of parasites described in Anseriform birds of the Brazilian Amazon, especially those used as source of protein by human communities of Marajó.


Resumo A família Capillariidae é uma das mais importantes da superfamília Trichinelloidea, com 27 gêneros e mais de 300 espécies parasitando os vertebrados. Este estudo considera a morfologia, morfometria e prevalência de Eucoleus contortus parasito do esôfago de pato doméstico na Ilha de Marajó, Estado do Pará, Brasil. Morfologicamente os nematódeos apresentaram corpo filiforme, com cutícula estriada transversalmente, esôfago longo, dividido em duas partes, sendo uma muscular e outra formado por esticócitos, espículo fracamente esclerotizado, bainha espinhosa e pseudobursa presente nos machos. Fêmeas com vulva pré-equatorial, ovos em forma de barril e bioperculado. Na região norte do Brasil, o pato doméstico é uma ave abundante, compondo um dos itens do suprimento de alimentos para muitas pessoas. A ocorrência de E. contortus adiciona dados à biodiversidade de parasitos descritos em aves Anseriformes da Amazônia brasileira, em especial as utilizadas como fonte de proteína por comunidades humanas do Marajó.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Doenças das Aves/parasitologia , Anseriformes/parasitologia , Nematoides/anatomia & histologia , Nematoides/classificação , Brasil , Prevalência
4.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(4): 754-759, Oct.-Dec. 2019. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1057989

RESUMO

Abstract Nasal mites (Mesostigmata: Rhinonyssidae) are obligatory endoparasites of birds, and the resulting parasitism can be harmful to the host's respiratory system. The nasal mite Sternostoma tracheacolum Lawrence has caused significant respiratory issues, including serious injuries that possibly cause death of the host. In this study, we report two cases of captive birds parasitized by S. tracheacolum. The first case is a histopathological description of S. tracheacolum parasitizing the Gouldian Finch (Chloebia gouldiae) in the southeast region of Brazil, that showed partially or totally absence of the characteristic respiratory epithelium in trachea lumen. The other describes, for the first time, the parasitism of this species in a canary (Serinus canaria) in the northeast region of the country.


Resumo Os ácaros nasais (Mesostigmata: Rhinonyssidae) são endoparasitos obrigatórios das aves, e este parasitismo pode ser prejudicial ao sistema respiratório de seu hospedeiro. A espécie de ácaro nasal Sternostoma tracheacolum Lawrence tem causado importantes problemas respiratórios, incluindo lesões graves que possivelmente causam a morte do hospedeiro. Neste estudo, relatamos dois casos de aves em cativeiro parasitadas por S. tracheacolum. O primeiro caso é uma descrição histopatológica de S. tracheacolum parasitando um Diamante-de-gould (Chloebia gouldiae) na região sudeste do Brasil, mostrando parcial ou total ausência do epitélio respiratório característico do lúmen da traqueia. O outro descreve, pela primeira vez, o parasitismo desta espécie em um canário (Serinus canaria) na região nordeste do país.


Assuntos
Animais , Doenças das Aves/parasitologia , Passeriformes/parasitologia , Infestações por Ácaros/veterinária , Ácaros/classificação , Brasil , Passeriformes/classificação
5.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(3): 367-375, July-Sept. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042538

RESUMO

Abstract Renicolids are parasites that inhabit the renal tubules and ureters of molluscivorous and piscivorous birds. Puffinus puffinus is a migratory seabird that was identified as the definitive host of Renicola spp. Studies focusing on the renicolid species and the resulting renal lesions are valuable for their association with causes of stranding in seabirds. The aim of this study was to identify the renicolid trematodes and evaluate the histological findings in two P. puffinus stranded on the coast of Paraná state, Brazil. The parasites were evaluated by histologic, ultrastructural and molecular assays, while tissue changes were analyzed by histologic methods. The morphological and morphometrical characteristics of the parasites, along with polymerase chain reaction and sequencing assays (ribosomal and mitochondrial regions), identified the species as Renicola sloanei. The results also suggest that this helminth can be the adult form of Cercaria pythionike. The dilation of collecting ducts was the main histological finding in the kidneys. In conclusion, R. sloanei was identified, and for the first time, P. puffinus was described as a host of this digenean inducing mild renal changes.


Resumo Renicolídeos são parasitos que habitam túbulos renais e ureteres de aves que se alimentam de moluscos e peixes. Puffinus puffinus, ave marinha migratória, foi registrada como hospedeiro definitivo de Renicola spp. Estudos relacionados com as espécies de renicolídeos e as lesões renais resultantes são importantes para o entendimento das causas de óbito de aves marinhas. O objetivo deste estudo foi identificar os trematódeos renicolídeos e avaliar os achados histológicos em dois P. puffinus encalhados no litoral do Estado do Paraná, Brasil. Os parasitos foram avaliados por ensaios histológicos, ultraestruturais e moleculares, enquanto as alterações teciduais foram analisadas por métodos histológicos. As características morfológicas e morfométricas dos parasitos, juntamente com a reação em cadeia da polimerase e sequenciamento (regiões ribossomal e mitocondrial), identificaram a espécie como Renicola sloanei. Os resultados também sugerem que este helminto pode ser a forma adulta de Cercaria pythionike. A dilatação dos ductos coletores foi o principal achado histológico renal. Em conclusão, R. sloanei foi identificado, e pela primeira vez P. puffinus foi descrito como hospedeiro deste digenético induzindo alterações renais discretas.


Assuntos
Animais , Trematódeos/isolamento & purificação , Doenças das Aves/parasitologia , Aves/parasitologia , Rim/parasitologia , Filogenia , Trematódeos/classificação , Trematódeos/genética , Trematódeos/ultraestrutura , DNA Mitocondrial/genética , DNA Ribossômico/genética , Análise de Sequência de DNA , DNA de Helmintos/genética
6.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(3): 432-442, July-Sept. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042531

RESUMO

Abstract A total of thirty Austral thrushes Turdus falcklandii Quoy & Gaimard, 1824 (Turdidae) carcasses were brought to the Departamento de Ciencia Animal, Facultad de Ciencias Veterinarias, Universidad de Concepción, to be examined for ecto- and endoparasites. Ectoparasites were found on 20% (6/30) of the thrushes and belonged to species Brueelia magellanica Cichino, 1986 (Phthiraptera), Menacanthus eurysternus Burmeister, 1838 (Phthiraptera) and Tyrannidectes falcklandicus Mironov & González-Acuña, 2011 (Acari). Endoparasites were isolated from 26.6% (8/30) of the birds and identified as Lueheia inscripta Westrumb, 1821 (Acanthocephala), Plagiorhynchus cylindraceus Goeze, 1782 (Acanthocephala), Wardium sp. sensu Mayhew, 1925 (Cestoda), Dilepis undula (Cestoda) Schrank, 1788, and Zonorchis sp. (sensu Travassos, 1944) (Trematoda). To our knowledge, all endoparasites collected in this study are new records in T. falcklandii and expand their distributional range to Chile.


Resumo Um total de trinta carcaças do tordo-austral Turdus falcklandii Quoy & Gaimard, 1824 (Turdidae) foi encaminhado ao Departamento de Ciência Animal, Facultad de Ciencias Veterinarias, Universidad de Concepción, para ser examinado quanto a presença de parasitas externos e internos. Parasitas externos foram encontrados em 20% (6/30) dos tordos inspecionados e identificados como Brueelia magellanica Cichino, 1986 (Phthiraptera), Menacanthus eurysternus Burmeister, 1838 (Phthiraptera), e Tyrannidectes falcklandicus Mironov & González-Acuña, 2011 (Acari). Parasitas internos foram identificados em 26,6% (8/30) dos espécimes examinados como Lueheia inscripta Westrumb, 1821 (Acanthocephala), Plagiorhynchus cylindraceus Goeze, 1782 (Acanthocephala), Wardium sp. sensu Mayhew, 1925 (Cestoda), Dilepis undula sensu Schrank, 1788 (Cestoda) e Zonorchis sp. (sensu Travassos, 1944) (Trematoda). Tanto quanto é do nosso conhecimento, todos os parasitas internos coletados neste estudo pertencem a novos registros em T. falcklandii e com expansão de sua distribuição para o Chile.


Assuntos
Animais , Doenças das Aves/diagnóstico , Aves Canoras/parasitologia , Ectoparasitoses/veterinária , Enteropatias Parasitárias/veterinária , Doenças das Aves/patologia , Chile , Ectoparasitoses/diagnóstico , Ectoparasitoses/parasitologia , Enteropatias Parasitárias/diagnóstico , Enteropatias Parasitárias/parasitologia
7.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(3): 489-492, July-Sept. 2019. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042524

RESUMO

Abstract Cryptosporidium is a protozoan parasite with a wide range of hosts, including humans. However, only a few Cryptosporidium species have been described in birds (C. meleagridis, C. baileyi, C. galli and C. avium). The aim of this study was to investigate the occurrence of Cryptosporidium spp. in feces of eared doves (Zenaida auriculata), followed by molecular characterization of the parasite. A total of 196 animals of both sexes were trap-captured; the animals were culled and the intestinal contents were collected for DNA extraction. After extraction, a nested-PCR (nPCR), which amplifies a fragment of the 18S rRNA gene of Cryptosporidium spp., was performed. The amplicons obtained were purified and sequenced. PCR analysis revealed that 30 animals (15.3%) were positive for Cryptosporidium spp. There was no significant sex-dependent enrichment of Cryptosporidium occurrence (p > 0.05). Only 15 out of the 30 positive samples were successfully sequenced and their species determined, of which, 13 (86.7%) and 2 (13.3%) were C. meleagridis and C. galli, respectively. Herein, we present for the first time a molecular characterization of Cryptosporidium from feces of eared doves (Z. auriculata) and propose that these birds are a potential source of C. meleagridis infection in humans.


Resumo Cryptosporidium é um protozoário com uma grande variedade de hospedeiros, incluindo os seres humanos. No entanto, poucas espécies têm sido descritas em aves (Cryptosporidium meleagridis, C. baileyi, C. galli e C. avium). O objetivo do presente estudo foi investigar a ocorrência de Cryptosporidium spp. em fezes de pombas-de-bando (Zenaida auriculata), e realizar a caracterização molecular dos isolados. Um total de 196 animais de ambos os sexos foram capturados, eutanasiados e o conteúdo intestinal recolhido para extração de DNA. Após a extração, realizou-se uma nested-PCR (nPCR), que amplifica um fragmento do gene 18S rRNA do Cryptosporidium spp.. Os fragmentos obtidos foram purificados e encaminhados para sequenciamento. Os resultados da n-PCR revelaram 30 animais (15.3%) positivos para Cryptosporidium spp.. Quanto ao sexo dos animais não foram observadas diferenças estatísticas significativas (p > 0.05). Somente 15 de 30 amostras positivas foram sequenciadas com sucesso e as espécies determinadas, das quais, 13 (86.7%) e 2 (13.3%) foram C. meleagridis e C. galli, respectivamente. Esse é o primeiro estudo com caracterização molecular de Cryptosporidium de fezes de pombas-de-bando (Z. auriculata), e propõe serem esses animais potenciais fonte de infecção de C. meleagridis para humanos.


Assuntos
Animais , Feminino , Columbidae/parasitologia , Doenças das Aves/parasitologia , Cryptosporidium/isolamento & purificação , Filogenia , RNA Ribossômico 18S/genética , Reação em Cadeia da Polimerase/veterinária , DNA de Protozoário/genética , Fezes/parasitologia
8.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online) ; 71(3): 1081-1084, May-June 2019. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1038592

RESUMO

Uma avestruz-do-pescoço-vermelho, com dois anos de idade, apresentava um nódulo no terço médio do esôfago e foi submetida a procedimento cirúrgico. Histologicamente, observou-se uma área focalmente extensa de necrose estendendo-se da túnica mucosa à muscular, e, em algumas secções, à túnica adventícia. Circundando a área de necrose, observou-se uma reação inflamatória composta principalmente por granulócitos e macrófagos, associada à fibroplasia e neovascularização. Em meio às áreas de necrose e inflamação, verificavam-se numerosas imagens negativas de hifas em seções longitudinais e transversais, melhor apreciadas pela coloração de metenamina nitrato de prata de Grocott. O diagnóstico definitivo de infecção por Pythium insidiosum foi confirmado por imuno-histoquímica. A avestruz recebia água para consumo de um lago localizado em uma área de pastagem, no qual alguns cavalos haviam desenvolvido pitiose cutânea anteriormente.(AU)


Assuntos
Animais , Doenças das Aves , Transtornos de Deglutição/veterinária , Struthioniformes , Esofagite/veterinária , Pitiose/diagnóstico
9.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(2): 330-332, Apr.-June 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042502

RESUMO

Abstract The hippoboscids are cosmopolitan permanent obligate hematophagous ectoparasites of birds, domestic and wild mammals and, occasionally, humans. Some species may act as vectors or hosts of etiological pathogenic agents. The aims of this study were to report on the first cases of Hippoboscidae in Crax blumenbachii and Parabuteo unicinctus; to provide new reports from Brazil on Tyto furcata and Asio stygius parasitized by Icosta americana; to report on individuals of Bubo virginianus, Falco sparverius and Accipiter striatus parasitized by genera Ornithoctona; and to provide new reports on parasitism of O. erythrocephala in the state of Rio Grande do Sul. The birds of prey and C. blumenbachii were attended at a rehabilitation center in Porto Alegre and at a veterinary hospital in Cruz Alta. These new records demonstrate the huge gap that exists regarding studies on avian ectoparasites and highlight potential vectors of hemoparasites for the bird species studied.


Resumo Os hipoboboscídeos são ectoparasitos hematófagos obrigatórios, permanentes e cosmopolitas de aves, mamíferos domésticos e silvestres e, ocasionalmente, humanos. Algumas espécies podem atuar como vetores ou hospedeiros de agentes patogênicos etiológicos. Os objetivos deste estudo foram relatar os primeiros casos de Hippoboscidae em Crax blumenbachii e Parabuteo unicinctus; fornecer novo relato do Brasil sobre Tyto furcata e Asio stygius parasitados por Icosta americana; relatar indivíduos de Bubo virginianus, Falco sparverius e Accipiter striatus parasitados pelo gênero Ornithoctona; e fornecer novos relatos sobre parasitismo de O. erythrocephala no estado do Rio Grande do Sul. As aves de rapina e C. blumenbachii foram atendidas em um centro de reabilitação em Porto Alegre e em um hospital veterinário em Cruz Alta. Esses novos registros demonstram a enorme lacuna que existe em relação aos estudos sobre ectoparasitas aviários e destacam potenciais vetores de hemoparasitos para as espécies de aves estudadas.


Assuntos
Animais , Doenças das Aves/parasitologia , Dípteros/classificação , Centros de Reabilitação , Animais Selvagens
10.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(2): 187-193, Apr.-June 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1013745

RESUMO

Abstract Portugal has some rehabilitation centers for wild animals, which are responsible for the rehabilitation and reintroduction of birds, among other animals, into the wild. Coccidian parasites of these wild birds in rehabilitation centers are especially important because these centers can introduce coccidian species into new environments through the reintroduction of their respective hosts. In this context, the current study aimed to identify intestinal coccidia from wild birds at two rehabilitation centers for wild animals located in two municipalities of Portugal. Eighty-nine wild birds of 9 orders and 11 families were sampled, of which 22 (25%) were positive for Coccidia. Avispora spp. were found in raptors. Sporocysts of Sarcocystinae subfamily were recovered from owls. An Isospora sp. was found in Turdus merula Linnaeus, 1758, and an Eimeria sp. was found in Fulica atra Linnaeus, 1758. Among the coccidian species, Avispora bubonis (Cawthorn, Stockdale, 1981) can be highlighted. The finding of this species indicates that transmission of coccidians from the New World to the Old World may be occurring, potentially through dispersion by Bubo scandiacus (Linnaeus, 1758) through Arctic regions or by means of anthropic activities, and/or through other unknown mechanisms.


Resumo Portugal possui alguns centros de reabilitação de animais silvestres, responsáveis ​​pela reabilitação e reintrodução de aves, entre outros animais, na natureza. Os coccídios parasitas dessas aves silvestres em centros de reabilitação são especialmente importantes porque esses centros podem introduzir espécies de coccídios em novos ambientes através da reintrodução de seus respectivos hospedeiros. Neste contexto, o presente estudo visou identificar coccídios intestinais de aves silvestres em dois centros de reabilitação de animais silvestres localizados em dois municípios de Portugal. Oitenta e nove aves silvestres de 9 ordens e 11 famílias foram amostradas, das quais 22 (25%) foram positivas para coccídios. Avispora spp. foram encontradas em aves de rapina. Esporocistos de coccídios da subfamilia Sarcocystinae foram encontrados em corujas. Uma Isospora sp. foi encontrada em Turdus merula Linnaeus, 1758 e uma Eimeria sp. foi encontrada em Fulica atra Linnaeus, 1758. Entre as espécies de coccídios, Avispora bubonis (Cawthorn, Stockdale, 1981) pode ser destacada. O encontro dessa espécie indica que a transmissão de coccídios do Novo Mundo para o Velho Mundo pode estar ocorrendo, potencialmente através da dispersão por Bubo scandiacus (Linnaeus, 1758) pelas regiões árticas ou por meio de atividades antrópicas, e/ou através de outros mecanismos desconhecidos.


Assuntos
Animais , Doenças das Aves/parasitologia , Aves/parasitologia , Coccídios/isolamento & purificação , Coccidiose/veterinária , Portugal , Centros de Reabilitação , Aves/classificação , Coccídios/classificação , Coccidiose/diagnóstico , Fezes/parasitologia , Animais Selvagens
11.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(2): 221-228, Apr.-June 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1013741

RESUMO

Abstract Geese, ducks, mallards, and swans are birds of the order Anseriformes, which are found in the wild, in zoos and parks, and raised for meat consumption. Toxoplasma gondii, Sarcocystis sp., and Neospora caninum are protozoans of several species of animals. Wild and domestic birds can serve as intermediate hosts, disseminators and potential sources of infection of these protozoa to humans through contaminated meat. The aims of this study were: (i) to perform a serological survey of T. gondii, Sarcocystis sp. and N. caninum in geese (Anser sp.) from public parks and from captivity and (ii) to compare seroprevalence between these two locations. Antibodies were detected by Immunofluorescence antibody test using the serum of 149 geese. Antibodies to Sarcocystis sp., T. gondii, and N. caninum were detected in 28.18%, 18% and 0.67% of geese, respectively; 57% of geese from urban parks and 26.53% of geese from captivity were seropositive for at least one protozoa. The results indicate environmental contamination, particularly for the occurrence of antibodies against T. gondii - a zoonosis that causes toxoplasmosis and is transmitted through oocyte ingestion. This is the first serological survey of T. gondii, Sarcocystis sp. and N. caninum in geese from urban parks in Curitiba, Brazil.


Resumo Gansos, patos, marrecos e cisnes são aves da ordem Anseriformes, encontrados em vida livre, zoológicos, parques e criados para consumo da carne. Toxoplasma gondii, Sarcocystis sp. e Neospora caninum são protozoários capazes de infectar diversas espécies animais. Aves domésticas e silvestres podem ser hospedeiras intermediárias e servir como disseminadoras e potenciais fontes de infecção para seres humanos por meio da carne. O objetivo do estudo foi 1) realizar a soroprevalência de T. gondii, Sarcocystis sp. e N. caninum em gansos (Anser sp.) provenientes de parques públicos e de um cativeiro e 2) comparar a soroprevalência entre os locais. Foi realizada sorologia de 149 Anser sp. pelo método da reação de imunofluorescência indireta. Anticorpos para Sarcocystis sp., T. gondii e N. caninum foram encontrados em 28,18%, 18%, e 0,67% dos animais, respectivamente; 57% dos gansos dos parques públicos e 26,53% dos animais cativos foram soropositivos para algum dos protozoários. A ocorrência de anticorpos para tais protozoários indica contaminação ambiental, ressaltando a alta prevalência de anticorpos para T. gondii, zoonose transmitida por ingestão dos oocistos. Sugere-se investigação da água e medidas ambientais para reduzir a contaminação dos animais e do ambiente. Este é o primeiro trabalho que avaliou sorologicamente gansos provenientes de parques urbanos de Curitiba, Paraná para T. gondii, Sarcocystis sp. e N. caninum.


Assuntos
Animais , Toxoplasma/imunologia , Doenças das Aves/parasitologia , Doenças das Aves/epidemiologia , Anticorpos Antiprotozoários/sangue , Sarcocystis/imunologia , Neospora/imunologia , Gansos/parasitologia , População Urbana , Brasil/epidemiologia , Estudos Soroepidemiológicos , Imunofluorescência
12.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(1): 68-79, Jan.-Mar. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-990803

RESUMO

Abstract Avian malaria is one of the most important diseases of captive penguins. We employed morphometric techniques to evaluate hepatic hemosiderosis in rehabilitating wild Magellanic penguins (Spheniscus magellanicus) that were negative (n = 9) or naturally infected by different subgenera of Plasmodium spp. (n = 24), according with: Plasmodium subgenera (Haemamoeba, Huffia, Other lineages, and Unidentified lineages), severity of Plasmodium histopathological lesions, and concurrent diseases, age class (juvenile or adult plumage), sex (male, female or not determined), body score (emaciated, thin, good, excellent, not available), molt, presence or absence of oil contamination upon admission, iron supplementation, and rehabilitation center. The percentage of the area occupied by hemosiderin was called 'Index of Hepatic Hemosiderosis (IHH)'. Plasmodium-positive females presented significantly higher IHH values (17.53 ± 12.95%) than males (7.20 ± 4.25%; p = 0.041). We observed higher levels of congestion (p = 0.0182) and pneumonia (p = 0.0250) severity between Unidentified lineages vs. Huffia. We believe that the hepatic hemosiderosis observed in this study was multifactorial, the result of pathological processes caused by malaria, molting, hemoglobin and myoglobin catabolism during migration, anemia, concomitant diseases, and iron supplementation, all possibly potentiated by decreased liver mass. Further studies are needed to clarify the mechanisms of these hypotheses.


Resumo Malária aviária é uma das mais relevantes doenças em pinguins cativos. Foram aplicadas técnicas morfométricas para avaliar a hemossiderose hepática em pinguins-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus ) de vida livre em reabilitação negativos (n = 9) e naturalmente infectados por diferentes subgêneros de Plasmodium spp. (n = 24), quanto a: subgênero de Plasmodium (Haemamoeba , Huffia, Outras Linhagens, e Linhagens não identificadas), severidade das lesões histopatológicas causadas por Plasmodium e doenças concomitantes, faixa etária (plumagem juvenil ou adulta), sexo (macho, fêmea, indeterminado), condição corporal (emaciado, magro, bom, excelente, indisponível), muda, presença/ausência de óleo a admissão, suplementação de ferro, e centro de reabilitação. A porcentagem da área ocupada por hemossiderina foi denominada "Índice de Hemossiderose Hepática (IHH)". Fêmeas Plasmodium -positivas apresentaram IHH significativamente mais elevado que machos, respectivamente, 17,53 ± 12,95% e 7,20 ± 4,25% (p = 0,041). Níveis mais elevados de congestão (p = 0,0182) e pneumonia (p = 0,0250) foram observados entre Linhagens não identificadas vs. Huffia. Possivelmente, a hemossiderose hepática observada nesse estudo seja multifatorial, resultado de processos patológicos causados por malária, muda, catabolismo de hemoglobina e mioglobina durante a migração, anemia, doenças concomitantes e suplementação de ferro, potencialmente intensificados por massa hepática reduzida. Estudos complementares são necessários para esclarecer os mecanismos de tais hipóteses.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Plasmodium/classificação , Doenças das Aves/parasitologia , Spheniscidae/parasitologia , Hemossiderose/parasitologia , Hepatopatias/parasitologia , Malária Aviária/parasitologia , Doenças das Aves/patologia , Índice de Gravidade de Doença , Hemossiderose/patologia , Hepatopatias/patologia , Malária Aviária/complicações , Malária Aviária/patologia , Animais Selvagens
13.
Rev. bras. parasitol. vet ; 28(1): 40-46, Jan.-Mar. 2019. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-990814

RESUMO

Abstract Birds act as hosts for a variety of parasites, many of these are unreported. The literature provides scant information on the helminth fauna of Phimosus infuscatus. The presence of helminths were investigate in 28 birds from Pelotas, Capão do Leão, and Rio Grande in Rio Grande do Sul. The preparation and identification of helminths followed protocols. Prevalence (P%), mean intensity of infection (MII), and mean abundance (MA) were estimated. The following helminths were found: Hystrichis acanthocephalicus , Dioctophyme renale (larva), Porrocaecum heteropterum , Baruscapillaria sp., Aproctella carinii , Paradeletrocephalus minor, and Cyathostoma sp. (Nematoda); Echinostomatidae gen. sp., Tanaisia valida, and Athesmia sp. (Trematoda: Digenea) and Megalacanthus sp. (Cestoda). The most prevalent species were H. acanthocephalicus, P. heteropterum, Megalacanthus sp., and Echinostomatidae gen. sp. and Megalacanthus sp. had the highest MII and MA. There was a significant difference in the prevalence of H. acantocephalicus between female and male bird hosts. We report Echinostomatidae gen. sp., T. valida, Athesmia sp., Cyathostoma sp., A. carinii, P. minor, D. renale (larva), Baruscapillaria sp., and Megalacanthus sp. for the first time in P. infuscatus in Brazil.


Resumo As aves atuam como hospedeiros para uma ampla variedade de parasitos, muitos destes ainda desconhecidos. Foram examinadas 28 aves, provenientes dos municípios de Pelotas, Capão do Leão e Rio Grande. A coleta, preparação e identificação dos helmintos seguiu bibliografia específica. A assembleia de helmintos foi analisada através dos índices de prevalência (P%), intensidade média de infecção (IMI) e abundância (AM). A assembleia de helmintos de P. infuscatus estava composta por Nematoda: Hystrichis acanthocephalicus , Dioctophyme renale (larva), Porrocaecum heteropterum , Baruscapillaria sp., Aproctella carinii , Paradeletrocephalus minor, Cyathostoma sp.; Digenea: Echinostomatidae gen. sp., Tanaisia valida, Athesmia sp. e Megalacanthus sp. (Cestoda). As espécies mais prevalentes foram: H. acanthocephalicus, P. heteropterum , Megalacanthus sp. e Echinostomatidae gen. sp. A maior IMI e AM foi de Megalacanthus sp., onde observou-se diferença significativa na prevalência de H. acantocephalicus em hospedeiros fêmeas. Os helmintos Echinostomatidae gen. sp., T. valida, Athesmia sp., Cyathostoma sp., A. carinii, P. minor, D. renale (larva), Baruscapillaria sp., e Megalacanthus sp. são registrados pela primeira vez em P. infuscatus no Brasil.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Doenças das Aves/parasitologia , Helmintíase Animal/parasitologia , Helmintos/classificação , Brasil , Helmintos/isolamento & purificação
14.
Rev. bras. parasitol. vet ; 27(4): 575-578, Oct.-Dec. 2018. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042489

RESUMO

Abstract Digenetic eucotylids of the Paratanaisia genus are widely reported parasites of the avian renal system. The infection, commonly reported in free-living and zoo-housed birds, is described for the first time in a domiciled bird, a cockatiel kept as pet bird with free access to the yard outdoors. The bird was received at Veterinary Hospital, where clinical and radiographic evaluations suggested a case of heavy-metal poisoning. Although the bird received supportive care and a chelating agent, it died the next day. The necropsy showed friable kidneys and congestion of blood vessels in structures such as the skin, proventriculus, brain, and skullcap. The histopathological evaluation of the kidneys revealed multifocal hemorrhages, commonly found in cases of heavy-metal poisoning. Parasitic structures similar to those of the digenean trematodes Paratanaisia spp. were also observed inside dilated collecting ducts, which presented epithelial cell flattening and vacuolization. There was compression of adjacent tissue and discrete fibrotic areas. In the presence of intermediate hosts in the yard, the synanthropic nature of some wild free-living birds could make them a source of trematodes infection and dissemination for pet birds. Conversely, the infected cockatiel could also have served as a reservoir and carrier of trematodes to wild free-living birds.


Resumo Eucotilídeos digenéticos do gênero Paratanaisia são amplamente descritos como parasitas do trato urinário de aves. A infecção, comumente relatada em aves de vida livre e em zoológicos, é descrita pela primeira vez em uma ave domiciliada, uma calopsita mantida como ave de companhia com livre acesso ao jardim externo. A ave foi recebida no Hospital Veterinário onde avaliações clínicas e radiográficas sugeriram um quadro de intoxicação por metal pesado. Embora tenha recebido tratamento de suporte e agente quelante a ave veio a óbito no dia seguinte. A necropsia demonstrou rins de consistência friável e congestão dos vasos sanguíneos da pele, proventrículo, cérebro e calota craniana. A avaliação histopatológica dos rins revelou hemorragias multifocais comumente observadas em intoxicação por metais pesados. Estruturas parasitárias similares àquelas observadas em Paratanaisia spp. foram observadas no interior de ductos coletores dilatados, os quais apresentavam achatamento e vacuolização de células epiteliais. Havia compressão do tecido adjacente e discretas áreas de fibrose. Na presença de hospedeiros intermediários no jardim, a condição sinantrópica de algumas aves de vida livre poderia torná-las fonte de infecção e disseminação de trematódeos para aves domiciliadas. Em contrapartida, a calopsita infectada poderia também servir como reservatório e carreador de trematódeos para aves de vida livre.


Assuntos
Animais , Trematódeos/classificação , Infecções por Trematódeos/parasitologia , Doenças das Aves/parasitologia , Cacatuas/parasitologia , Trematódeos/isolamento & purificação
15.
Rev. bras. parasitol. vet ; 27(4): 597-603, Oct.-Dec. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1042486

RESUMO

Abstract We report the occurrence and infection parameters of two species of nasal mites in Passer domesticus (Linnaeus, 1758) (house sparrow). Nasal passages, trachea, lungs, and air sacs of 100 house sparrows captured in an urban area at the city of Pelotas, State of Rio Grande do Sul, southern Brazil, were examined with a stereomicroscope. The mite, Sternostoma tracheacolum Lawrence, 1948 was present in the trachea and/or lungs (or both) of 13 birds (13%) at a mean intensity of 6.7 mites/infected host. Ptilonyssus hirsti (Castro & Pereira, 1947) was found in the nasal cavity of 1 sparrow (1%); coinfection was not observed in this bird. There was no significant difference in the prevalence and mean intensity of infection of S. tracheacolum between male and female birds. To our knowledge, this is the first study reporting the occurrence of S. tracheacolum in P. domesticus in Brazil and the presence of P. hirsti in P. domesticus from Rio Grande do Sul, Brazil. This is the first survey to provide the infection parameters of each of these mites in house sparrows.


Resumo O objetivo deste estudo foi relatar duas espécies de ácaros nasais parasitos do sistema respiratório de Passer domesticus (Linnaeus, 1758) (pardal) e seus respectivos índices parasitológicos. Para isso, foram examinados ao estereomicroscópio, cavidade nasal, traqueia, pulmão e sacos aéreos de 100 pardais capturados na área urbana de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Sternostoma tracheacolum Lawrence, 1948 ocorreu na traqueia e/ou pulmão de 13 aves (13%) com intensidade média de 6,7 ácaros/hospedeiro infectado e Ptilonyssus hirsti (Castro & Pereira, 1947) na cavidade nasal de um único pardal (1%), não havendo coinfecção. A prevalência e intensidade média de infecção por S. tracheacolum entre hospedeiros machos e fêmeas não apresentou diferença significativa. Este relato caracteriza o primeiro registro de S. tracheacolum parasitando P. domesticus no Brasil e de P. hirsti em pardais no RS, Brasil, e seus respectivos índices de infecção.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Doenças das Aves/parasitologia , Pardais/parasitologia , Ácaros/classificação , Doenças das Aves/epidemiologia , Brasil/epidemiologia , Prevalência , Cavidade Nasal/parasitologia
16.
Rev. bras. parasitol. vet ; 27(3): 301-312, July-Sept. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-959192

RESUMO

Abstract With the aim to identify the parasite fauna of plumbeous rail, Pardirallus sanguinolentus (Aves: Rallidae) in Chile, 26 carcasses were parasitologically necropsied. The present study revealed the presence of 14 species of parasites (inverse Simpson index = 4.64; evenness = 0.332), including ectoparasites: feather mites: Analloptes megnini , Grallobia sp., Grallolichus sp., Megniniella sp., and Metanalges sp.; the feather lice Pseudomenopon meinertzhageni, Rallicola andinus, and Fulicoffula sp.; and six species of gastrointestinal helminths: Heterakis psophiae, Porrocaecum ardeae, Tetrameres sp., Capillaria sp., Diorchis sp., and Plagiorhynchus sp. The relatively high parasite richness that was found could be attributed to the highly favorable conditions of wetlands for parasite development. All parasites found, except feather lice, are new records for plumbeous rail. A checklist of parasites for plumbeous rail is presented.


Resumo Com o objetivo de identificar a fauna parasitária do saracura-do-banhado, Pardirallus sanguinolentus (Aves: Rallidae) no Chile, 26 carcaças foram necropsiadas. O presente estudo revelou a presença de 14 espécies de parasitos (índice Simpson inverso = 4,64; equitatividade = 0,332), incluindo os ácaros de penas: Analloptes megnini, Grallobia sp., Grallolichus sp., Megniniella sp. e Metanalges sp.; os piolhos de penas Pseudomenopon meinertzhageni, Rallicola andinus e Fulicoffula sp.; e seis espécies de helmintos gastrointestinais: Heterakis psophiae, Porrocaecum ardeae, Tetrameres sp., Capillaria sp., Diorchis sp. e Plagiorhynchus sp. A riqueza parasitária relativa encontrada pode ser devido às condições altamente favoráveis das zonas úmidas para o desenvolvimento do parasita. Todos os parasitos encontrados, com exceção dos piolhos de pena, são novos registros para o saracura-do-banhado. Um checklist dos parasitos do saracura-do-banhado é apresentado.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Doenças das Aves/parasitologia , Trato Gastrointestinal/parasitologia , Ectoparasitoses/veterinária , Helmintíase Animal/parasitologia , Enteropatias Parasitárias/veterinária , Doenças das Aves/epidemiologia , Chile/epidemiologia , Ectoparasitoses/parasitologia , Ectoparasitoses/epidemiologia , Helmintíase Animal/epidemiologia , Enteropatias Parasitárias/parasitologia , Enteropatias Parasitárias/epidemiologia
17.
Braz. j. microbiol ; 49(3): 559-563, July-Sept. 2018. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-951811

RESUMO

Abstract The growth of the population of cattle egrets (Bubulcus ibis) in the archipelago of Fernando de Noronha constitutes a threat to public health and biological diversity because of their competition with and predation on native species and the possibility of transmission of pathogens to human beings, livestock and native wildlife. The aim here was to search for, isolate and identify serovars of Salmonella in clinically healthy local cattle egrets. Cloacal swabs were obtained from 456 clinically healthy cattle egrets of both sexes and a variety of ages. The swabs were divided into 51 pools. Six of these (11.7%) presented four serovars of Salmonella enterica subspecies enterica: Salmonella serovar Typhimurium; Salmonella serovar Newport; Salmonella serovar Duisburg; and Salmonella serovar Zega. One sample was identified as S. enterica subspecies enterica O16:y:-. Results in this study suggest that cattle egrets may be reservoirs of this agent on Fernando de Noronha and represent a risk to public health and biological diversity.


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Salmonelose Animal/microbiologia , Doenças das Aves/microbiologia , Salmonella enterica/isolamento & purificação , Filogenia , Aves/microbiologia , Brasil , Salmonella enterica/classificação , Salmonella enterica/genética
18.
Rev. bras. parasitol. vet ; 27(2): 161-168, Apr.-June 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-959180

RESUMO

Abstract To describe the parasitic community of the Magellanic Horned Owl, Bubo magellanicus (Aves, Strigiformes), 19 carcasses from central Chile were analyzed. Ectoparasites were collected through plumage inspection, while endoparasites were collected through traditional techniques of parasitological necropsy. Sixteen owls were infected with at least one species of ectoparasite (84.21%) or endoparasite (31.58%). Eleven of 19 birds (57.89%) harbored feather mites of the three species Pandalura cirrata (42.11%), Glaucalges attenuatus (47.37%), and Kramerella sp. (10.53%), whereas 16 individuals (84.21%) harbored the chewing louse Strigiphilus chilensis. Only six birds (31.58%) were infected with helminths; the nematodes Capillaria tenuissima (26.32%) and Dispharynx nasuta (5.26%); the acanthocephalan Centrorhynchus spinosus (5.26%); and the trematode Neodiplostomum sp. (5.26%). Apart from S . chilensis, all parasites comprised new records for B . magellanicus.


Resumo Para descrever a comunidade parasitária de coruja-orelhuda Bubo magellanicus (Aves, Strigiformes), foram analisados 19 carcaças das aves do centro do Chile. Os ectoparasitos foram coletados inspecionando-se a plumagem e os endoparasitas extraídos por meio de técnicas tradicionais de necropsia parasitaria. Dezesseis corujas estavam infectadas com pelo menos uma espécie de ectoparasito (84,21%) ou endoparasito (31,58%). Onze de 19 aves (57,89%) abrigavam nas penas ácaros de três espécies: Pandalura cirrata (42,11%), Glaucalges attenuatus (47,37%) e Kramerella sp. (10,53%), enquanto que 16 indivíduos (84,21%) estavam parasitados pelo piolho Strigiphilus chilensis . Apenas seis aves (31,58%) estavam infectadas com helmintos; os nematoides Capillaria tenuissima (26,32%) e Dispharynx nasuta (5,26%); o acantocéfalo Centrorhynchus spinosus (5,26%); e o trematódeo Neodiplostomum sp. (5,26%). Excetuando-se S. chilensis , todos os parasitos incluíam novos registros para B. magellanicus .


Assuntos
Animais , Masculino , Feminino , Doenças das Aves/parasitologia , Estrigiformes/parasitologia , Trato Gastrointestinal/parasitologia , Ectoparasitoses/veterinária , Gastroenteropatias/veterinária , Doenças das Aves/epidemiologia , Chile/epidemiologia , Ectoparasitoses/epidemiologia , Gastroenteropatias/parasitologia , Gastroenteropatias/epidemiologia
19.
Rev. bras. parasitol. vet ; 27(1): 7-11, Jan.-Mar. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-899311

RESUMO

Abstract Acuariidae nematodes are normally found in the digestive tract of aquatic birds, including Procellariiformes. Were examined Calonectris borealis (n = 4), Diomedea exulans (n = 1), Macronectes giganteus (n = 8), Thalassarche chlororhynchos (n = 5), Thalassarche melanophrys (n = 15), Procellaria aequinoctialis (n = 4), Puffinus gravis (n = 2) and Puffinus puffinus (n = 6), collected on the southern coast of RS, Brazil. A total of 16 birds (35.5%) were parasitized by two species of Acuariidae. Stegophorus diomedeae and Seuratia shipleyi were identified, with prevalences of 26.1% and 21.7%, respectively. Few studies on nematodes in Procellariiformes have been conducted. Here, the acuariids Seuratia shipleyi in Calonectris borealis and Procellaria aequinoctialis and Stegophorus diomedeae in Diomedea exulans, Procellaria aequinoctialis and Thalassarche chlororhynchos were reported for the first time.


Resumo Os nematoides Acuariidae são normalmente encontrados no trato digestivo de aves aquáticas, incluindo os Procellariiformes. Foram examinadas Calonectris borealis (n=4), Diomedea exulans (n=1), Macronectes giganteus (n=8), Thalassarche chlororhynchos (n=5), Thalassarche melanophrys (n=15), Procellaria aequinoctialis (n=4), Puffinus gravis (n=2) e Puffinus puffinus (n=6), coletados na costa sul do Rio Grande do Sul, Brasil. Dentre os exemplares examinados, 16 (35,5%) estavam parasitados por duas espécies de Acuariidae. Foram identificados Stegophorus diomedeae e Seuratia shipleyi, com prevalência de 26,1% e 21,7%, respectivamente. Existem poucos estudos relacionados a nematoides em Procellariiformes, e aqui registra-se pela primeira vez os Acuariidae Seuratia shipleyi em Calonectris borealis e Procellaria aequinoctialis, e Stegophorus diomedeae em Diomedea exulans, Procellaria aequinoctialis e Thalassarche chlororhynchos.


Assuntos
Animais , Doenças das Aves/parasitologia , Doenças das Aves/epidemiologia , Aves/parasitologia , Infecções por Spirurida/veterinária , Espirurídios/isolamento & purificação , Brasil/epidemiologia , Infecções por Spirurida/epidemiologia
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA