Your browser doesn't support javascript.
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 23
Filtrar
Mais filtros










Filtros aplicados

Base de dados
Tipo de estudo
Intervalo de ano de publicação
1.
Dermatol. pediátr. latinoam. (En línea) ; 13(2): 77-89, abr.-jun. 2018. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: biblio-982664

RESUMO

El síndrome de Kindler es un cuadro autosómico recesivo, caracterizado por fotosensibilidad, envejecimiento prematuro, poiquilodermia y propensión al desarrollo de cáncer de piel. Se presenta una paciente de 16 años, procedente del sur de Honduras, hija de padres no consanguíneos, sin antecedentes familiares relevantes y con historia de dermatosis diseminada que afecta la cabeza, el tronco y las extremidades superiores e inferiores. Esta se caracterizaba por la presencia de placas atróficas con telangiectasias, que se exacerbaban ante la exposición al sol, con formación de ampollas, especialmente en el dorso de las manos, y por cicatrices atróficas similares al papel de cigarrillo.


Kindler syndrome is an autosomal recessive syndrome characterized by photosensitivity, premature aging, poikiloderma and propensity to develop skin cancer.A sixteen years old patient from southern Honduras, daughter of non consanguineous parents with no family history, is presented. In her first year she developed a dermatosis disseminated to the head, trunk and upper and lower extremities, characterized by atrophic plaques with telangiectasias exacerbated up to blistering when exposed to the sun, especially on the back of hands, with atrophic scars similar to paper cigarette.


Assuntos
Feminino , Humanos , Adolescente , Epidermólise Bolhosa , Síndrome de Rothmund-Thomson , Senilidade Prematura , Honduras
2.
Pesqui. vet. bras ; 38(6): 1196-1202, jun. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-955442

RESUMO

This study aimed to identify changes related to brain parenchyma as advancing age in healthy domestic cats. Our hypothesis is that cats suffer cerebral and cerebellar atrophy and show focal changes in signal intensity of the brain parenchyma in accordance with the progression of age. Twelve adult (1 to 6 years), eleven mature (7 to11 years) and ten geriatric non-brachycephalic cats (12 years or more of age) underwent brain magnetic resonance imaging (MRI). There were no changes in signal intensity and contrast uptake in brain parenchyma of the cats. Geriatric animals showed significantly lower average thickness of the interthalamic adhesion and percentage of the cerebral parenchyma volume in relation to intracranial volume than those found in the adult group. No significant differences were found between groups for cerebral volume, cerebellar volume and percentage of cerebellar volume in relation to intracranial volume. The results of this study indicate that atrophy of the cerebral parenchyma, including the interthalamic adhesion, occurs with age in domestic cats, confirming the hypothesis of the study. However, the results did not corroborate the hypothesis that cats show cerebellar atrophy and focal changes in signal intensity of the brain parenchyma with advancing age.(AU)


Este estudo objetivou a identificação de alterações no parênquima cerebral relacionadas ao avanço da idade em gatos domésticos saudáveis. Nossa hipótese é de que os gatos sofrem atrofia cerebral e cerebelar, além de alterações focais na intensidade do sinal do parênquima cerebral, de acordo com a progressão da idade. Doze gatos não braquicéfalos adultos (1 a 6 anos), onze maduros (7 a 11 anos) e dez geriátricos (12 anos ou mais) foram submetidos à ressonância magnética encefálica. Não foram observadas alterações na intensidade do sinal e na captação de contraste do parênquima encefálico nos gatos. Os animais geriátricos apresentaram médias da espessura da adesão intertalâmica e porcentagem do volume do parênquima cerebral, em relação ao volume intracraniano, significativamente menores a aquelas encontradas no grupo dos adultos. Não foram encontradas diferenças significativas entre os grupos para volume cerebral, volume cerebelar e porcentagem de volume cerebelar em relação ao volume intracraniano. Os resultados deste estudo indicam que a atrofia do parênquima cerebral, incluindo a adesão intertalâmica, ocorre com o avanço da idade em gatos domésticos, confirmando a hipótese do estudo. No entanto, os resultados não corroboraram a hipótese de que os gatos apresentam atrofia cerebelar e alterações focais na intensidade do sinal do parênquima encefálico com a progressão da idade.(AU)


Assuntos
Animais , Gatos , Gatos/anatomia & histologia , Senilidade Prematura/diagnóstico , Tecido Parenquimatoso/anormalidades
3.
Rev. bras. med. trab ; 14(3): 262-274, set.-dez. 2016.
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-827297

RESUMO

Contexto: A capacidade para o trabalho é um conceito que envolve condições físicas, mentais e sociais, além de ser um construto subjetivo que poderá acompanhar trabalhadores em nível individual ou coletivo. Objetivos: Descrever o perfil das produções científicas sobre capacidade para o trabalho entre trabalhadores do Brasil e identificar a prevalência e os fatores associados à capacidade para o trabalho. Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática realizada na Biblioteca Virtual de Saúde e na Scopus. Os estudos selecionados foram aqueles publicados de 1996 a 2013, tendo como população-alvo os trabalhadores do Brasil e que utilizaram o índice de capacidade para o trabalho (ICT). Resultados: As produções científicas se concentraram nas áreas da Saúde Pública e de Enfermagem, nas regiões Sudeste e Sul do país e com trabalhadores de Enfermagem e do setor de produção. A prevalência da capacidade para o trabalho inadequada (0,0 a 81,2%) variou entre as diferentes categorias profissionais. Os fatores associados à capacidade para o trabalho foram os individuais, relacionados à saúde, e aqueles referentes às condições de trabalho ambiental e organizacional. Conclusões: Com base nos resultados e considerando a capacidade para o trabalho inadequada, um agravo evitável no campo da saúde do trabalhador, são necessárias ações e estratégias nos ambientes de trabalho para prevenção e promoção da saúde dos trabalhadores brasileiros. Também são necessários maiores investimentos em pesquisas longitudinais e de intervenção com diversos grupos de trabalhadores do Brasil.


Context: The ability to work involves physical, mental, and social conditions, as well as being a subjective construct that can be related to workers at the individual or collective level. Objectives: To describe the profile of scientific productions on the ability to work among Brazilian workers and to identify the prevalence and factors associated with the ability to work. Methods: This is a systematic review carried out in the Virtual Health Library and in Scopus. Studies selected were those published from 1996 to 2013, whose target population was Brazilian workers and which used the work ability index (WAI). Results: The scientific productions focused on the fields of Public Health and Nursing, in the Southeast and South regions of the country, and on workers in the Nursing and production fields. The prevalence of inadequate work abilities (0.0 to 81.2%) varied among the different professional categories. Factors associated with the ability to work were individual, health-related, and those related to environmental and organizational working conditions. Conclusions: Based on the results and considering inadequate work ability, which is an avoidable problem in the worker's health field, actions and strategies are necessary for prevention and promotion of health among Brazilian workers. Further investments are also needed in longitudinal and interventional studies with various groups of Brazilian workers.


Assuntos
Humanos , Avaliação da Capacidade de Trabalho , Saúde do Trabalhador , Senilidade Prematura , Brasil/epidemiologia , Prevalência
4.
Rev. bras. reumatol ; 54(5): 335-341, Sep-Oct/2014. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-725687

RESUMO

Introdução: Fibromialgia é uma condição que envolve dor crônica generalizada. Além disso, mulheres de meia idade com fibromialgia apresentam alterações no padrão de marcha, expondo-se prematuramente a um padrão de marcha semelhante ao encontrado na população idosa. Objetivo: Determinar os parâmetros espaciais (linear e angular) da marcha de mulheres com fibromialgia e compará-los com idosas sem essa condição. Métodos: 25 mulheres (10 no grupo com fibromialgia e 15 no grupo de idosas) se qualificaram como voluntárias para participar do estudo. A análise cinemática foi realizada por meio de um sistema optoeletrônico, e as variáveis lineares e angulares foram determinadas. Resultados: Ambos os grupos apresentaram similaridades na velocidade da marcha, tamanho da passada, cadência e amplitude de movimento do quadril, joelho e tornozelo (p > 0,05), exceto para a rotação da pelve, na qual o grupo com fibromialgia apresentou maior rotação de quadril (p < 0,05) quando comparado ao grupo de idosas. Além disso, houve correlação negativa no grupo com fibromialgia entre rotação do quadril e dor no glúteo (r = -0,69; p < 0,05), e entre obliquidade da pelve e dor na região do trocanter maior (r = -0,69; p < 0,05). Conclusão: Mulheres de meia idade com fibromialgia apresentaram um padrão de marcha similar ao de idosas, o qual é caracterizado por amplitude de movimento, tamanho da passada e velocidade da marcha reduzidos. .


Background: Fibromyalgia is a condition which involves chronic pain. Middle-aged individuals with fibromyalgia seem to exhibit changes in gait pattern, which may prematurely expose them to a gait pattern which resembles that found in the elderly population. Objective: To determine the 3 D spatial (linear and angular) gait parameters of middle-aged women with fibromyalgia and compare to elderly women without this condition. Methods: 25 women (10 in the fibromyalgia group and 15 in the elderly group) volunteered to participate in the study. Kinematics was performed using an optoelectronic system, and linear and angular kinematic variables were determined. Results: There was no difference in walking speed, stride length, cadence, hip, knee and ankle joints range of motion between groups, except the pelvic rotation, in which the fibromyalgia group showed greater rotation (P < 0.05) compared to the elderly group. Also, there was a negative correlation with pelvic rotation and gluteus pain (r = - 0.69; P < 0.05), and between pelvic obliquity and greater trochanter pain (r = - 0.69; P < 0.05) in the fibromyalgia group. Conclusion: Middle-aged women with fibromyalgia showed gait pattern resemblances to elderly, women, which is characterized by reduced lower limb ROM, stride length and walking speed. .


Assuntos
Humanos , Feminino , Idoso , Fibromialgia/fisiopatologia , Senilidade Prematura/fisiopatologia , Marcha , Pessoa de Meia-Idade
5.
Distúrb. comun ; 26(2)jun. 2014. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-729108

RESUMO

Introdução: o aumento da expectativa de vida das pessoas com síndrome de Down tem revelado um envelhecimento precoce, associado à mutação do cromossomo 21, o que torna relevante estabelecer como este envelhecimento precoce atinge a audição, uma vez que as alterações auditivas podem interferir no processo de comunicação. Objetivo: caracterizar a audição de sujeitos com síndrome de Down com mais de 25 anos de idade. Material e método: foram avaliados 40 adultos com síndrome de Down por meio da inspeção visual do meato acústico externo, imitância acústica e audiometria tonal. Resultados: dos 40 adultos, 12 apresentaram rolha de cera, tendo sido possível a remoção destas em oito sujeitos. Dos 40 sujeitos, 35 permitiram a realização da imitância acústica e 27 conseguiram responder corretamente à audiometria tonal. Nos sujeitos que realizaram a audiometria, observou-se predomínio de limiares auditivos dentro dos padrões de normalidade para sujeitos de 25 a 30 e de 30 a 40 anos e de perda auditiva neurossensorial para sujeitos de 40 a 50 e de 50 a 60 anos; a configuração audiométrica predominante foi a descendente para sujeitos de 40 a 50 e de 50 a 60 anos; as médias tonais foram maiores nas frequências mais altas do audiograma, com desvio padrão indicando heterogeneidade do grupo pesquisado. Conclusão: observou-se perda auditiva de configuração compatível com presbiacusia em sujeitos adultos com síndrome de Down, em idades inferiores às descritas na literatura.


Introduction: The expanded lifespan of people with Down?s syndrome has shown a premature aging of these people, associated to chromosome 21, which makes it important to highlight the hearing alterations, once they can interfere in the communication process. Objective: Characterize the hearing abilities of people with Down?s older than 25. Material and method: 40 people with Down?s were evaluated through visual analysis of the external acoustic meatus, impedance audiometry and tonal audiometry. Results: out of the 40 adults, 12 presented excessive earwax, possible to be removed in 8 of them; 35 allowed the impedance audiometry, 27 could respond correctly to the tonal audiometry. Among the ones with whom the tonal audiometry was conducted: standard hearing thresholds were observed between the ages of 25 to 30 and 30 to 40 and sensorineural hearing loss between 40 to 50 and 50 to 60. The prevailing audiometric result was the descendant one between 40 to 50 and 50 to 60; tonal averages were higher in the highest frequencies of the audiogram, however indicating a standard deviation which shows heterogeneity of the results for the studied group. Conclusion: hearing loss compatible to presbycusis in Down adults, in ages under the ones described in the literature, was observed.


Introducción: El aumento de la expectativa de vida de las personas con síndrome de Down viene revelando un envejecimiento temprano, asociado a la mutación del cromosoma 21. Eso hace relevante establecer como este envejecimiento temprano atinge la audición, una vez que las alteraciones auditivas pueden dificultar el proceso de comunicación. Objetivo: Caracterizar la audición de personas con síndrome de Down con más de 25 años de edad. Material e método: fueron evaluados 40 adultos con síndrome de Down a través de la inspección visual del conducto auditivo externo, imitanciometria y audiometría tonal. Resultados: de los 40 adultos, 12 presentaron cera, siendo posible retirarla en ocho personas. De los 40 sujetos, 35 permitieron realizar la imitanciometria y 27 consiguieron responder correctamente la audiometria tonal. En los sujetos que realizaron la audiometria tonal, se observó predominio de límites auditivos dentro de lo esperado para las edades de 25 a 30 y de 30 a 40 años y de pérdida auditiva del tipo neurosensorial para sujetos de 40 a 50 y de 50 a 60 años; la configuración audiométrica predominante fue decreciente para las edades de 40 a 50 y de 50 a 60 años; los pormedios tonales fueron mayores en las frecuencias más altas del audiograma, con desvio padron indicando heterogeneidad de los resultados para el grupo estudiado. Conclusión: se observó pérdida auditiva de configuración compatible con presbiacusia en sujetos adultos con síndrome de Down, en edades inferiores a las indicadas en la literatura.


Assuntos
Humanos , Adulto , Senilidade Prematura , Síndrome de Down , Audição , Expectativa de Vida
6.
Diagnóstico (Perú) ; 52(4): 210-212, oct.-dic. 2013. ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-722438

RESUMO

Introducción: El Síndrome de Werner es un raro trastorno genético de envejecimiento prematuro. Caso clínico: Varón de 38 años, con historia de cese precoz del crecimiento y falta de desarrollo puberal. Además de haber sido operado por fracturas recurrentes de extremidades y cataratas bilateral. A los 15 - 20 años su aspecto fisico comienza a cambiar adquiriendo un aspecto senil. A los 23 años es diagnosticado de diabetes mellitus y esquizofrenia. Es evaluado y se le encuentra osteoporosis, desnutrición y depresión, iniciando tratamiento con buena respuesta. Conclusión: Se presenta un caso de Síndrome de Werner con criterios diagnósticos definidos.


Introduction: Werner' s syndrome is a rare genetic disorder of premature aging. Case report: A 38 years old man, with a history of early cessation of growth and lack of pubertal development. Besides being operated by recurrent fractures oflimbs and bilateral cataracts. At 15 to 20 years his physical appearance begins to change acquiring a senile aspect. At 23 he was diagnosed with diabetes mellitus and schizophrenia. It is evaluated and is found osteoporosis, malnutrition and depression, initiating treatment with good response. Conclusion: We report a case of Werner syndrome with defined diagnostic criteria.


Assuntos
Humanos , Masculino , Adulto , Senilidade Prematura/patologia , Síndrome de Werner
7.
Iatreia ; 24(4): 415-421, dic. 2011. tab, ilus
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-619986

RESUMO

Introducción: el síndrome de Cockayne es un trastorno genético autosómico recesivo, caracterizado por detención del crecimiento, retraso del desarrollo, envejecimiento prematuro y fotosensibilidad. La prevalencia es de 1/100.000 nacidos vivos; es más frecuente en el sexo masculino con una relación 3:1. Desde el punto de vista genético se han descrito dos grupos: A: mutación del gen CSA (CKN1, ERCC8) en el cromosoma 5q12; B: mutación del gen CSB (ERCC6) en el cromosoma 10q11. Presentamos dos casos diagnosticados sobre bases clínicas pero en los que carecemos de estudios genéticos. Caso 1. Niña escolar producto de padres consanguíneos quien desde el nacimiento presenta hipotonía e hipomotilidad, retardo global del desarrollo, déficit pondoestatural, cara envejecida, rasgos dismórficos, fotosensibilidad, espasticidad e hipoacusia neurosensorial y hallazgos tomográficos característicos del síndrome. Actualmente está en rehabilitación. Caso 2. Adolescente de sexo femenino con crisis convulsivas desde los dos meses, poco progreso en el desarrollo psicomotor y pondoestatural, rasgos dismórficos y cara envejecida, hipoacusia neurosensorial bilateral, distonías repetitivas; en varias oportunidades sufrió procesos infecciosos respiratorios uno de los cuales, con neumonía bilateral, la llevó a la muerte a los 14 años. Conclusión: se presentan estos casos y se revisa la literatura para llamar la atención sobre este síndrome de modo que se lo sospeche tempranamente en pacientes con retardo del desarrollo psicomotor, envejecimiento prematuro y fotosensibilidad. El diagnóstico temprano es la base para brindar consejería genética a los padres.


Introduction: Cockayne syndrome is an autosomal, recessive genetic disorder, characterized by poor growth, development impairment, premature aging, and photosensitivity. Prevalence is 1/100.000 live births, and it is more frequent in males with a ratio of 3:1. From the genetic point of view two groups have been described: Group A: mutation of the CSA gene (CKN1, ERCC8) on chromosome 5q12. Group B: mutation of the CBS gene (ERCC6) on chromosome 10q11. We report two cases that were diagnosed solely on clinical bases because no genetic studies were available. Case 1. A school-girl, born from consanguineous parents. Since birth she has suffered from hypotonia and hypomotility. She has development delay, low weight and height gain, aged face, dysmorphic features, photosensitivity, spasticity, sensorineural hearing loss, and typical findings in the CT scan. She is currently on rehabilitation. Case 2. A female teenager with seizures from the age of two months; she made slow progress in psychomotor development, and had low weight and height gain. Her features were dysmorphic and her face aged. She had bilateral sensorineural hearing loss, and repeated dystonias. She suffered from repeated respiratory infections and died, aged 14, from respiratory failure secondary to bilateral pneumonia. Conclusion: We report these two cases and a review of the literature in order to attract attention to Cockayne syndrome so that early diagnoses can be made in children with psychomotor development delay, premature aging and photosensitivity. Early diagnoses are the basis for genetic counseling.


Assuntos
Criança , Senilidade Prematura , Síndrome de Cockayne , Transtornos Psicomotores
8.
Rev. bras. geriatr. gerontol ; 14(3): 425-432, jul.-set. 2011. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-643616

RESUMO

A aposentadoria, um dos principais desencadeantes de comprometimentos funcionais em quem envelhece, passa muitas vezes despercebida quanto a sua importância patogênica e, portanto, não recebe a devida prevenção e tratamento. Neste estudo levantou-se a hipótese de que a aposentadoria é um processo gradativo de perdas que se relaciona com o envelhecimento patológico. Objetivo: Detectar fatores psicológicos e sociais da aposentadoria determinantes no envelhecimento patológico. Casuística e Métodos: Durante o ano de 2008, 79 funcionários do Hospital das Clínicas de São Paulo, em transição à aposentadoria, foram convidados a preencher um questionário geral de opinião, de múltiplas opções de respostas, sobre fatores psicossociais da aposentadoria que melhor expressam os sentimentos e emoções perante a proximidade desse evento. Resultados: Da população de estudo, a aposentadoria afeta mais a estrutura psicológica dos homens, dos mais jovens, dos que têm menor nível de autoridade no cargo e menor nível de escolaridade. As dificuldades decorrentes do afastamento do trabalho são maiores para sujeitos mais velhos, para as pessoas com menor nível de autoridade e para pessoas com menor nível de escolaridade. A mudança de ritmo de vida decorrente da aposentadoria afeta mais sujeitos com menor nível de autoridade, e a possibilidade de surgirem conflitos após a aposentadoria é maior em sujeitos com maior nível de escolaridade. Conclusão: A aposentadoria é um processo gradativo de perdas que produz instabilidade emocional, com consequências nocivas ao futuro. Quanto menor for a idade do sujeito que se aposenta, maior o impacto desse evento. Sujeitos com maior escolaridade e nível de autoridade têm melhor adaptação à mudança e capacidade de lidar com as dificuldades na transição à aposentadoria.


Assuntos
Idoso , Senilidade Prematura , Homens , Pesquisa , Aposentadoria , Fatores de Risco , Mulheres
9.
Rev. habanera cienc. méd ; 8(3)jul.-sept. 2009.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-575530

RESUMO

Desde finales del siglo pasado, la humanidad se enfrenta con un fenómeno de envejecimiento poblacional. La vejez es una etapa importante, final en la vida del ser humano. Como preocupación esencial reclama la atención de la sociedad. El objetivo del presente trabajo es presentar una revisión bibliográfica sobre el abordaje de la psicología de la vejez, tema que ha permanecido rezagado debido al conjunto de mitos, estereotipos y prejuicios que lo rodean. Sensibilizar a los profesionales con los cambios que ocurren en esta etapa de la vida es un gran reto: elevar la calidad de vida de estas personas, que cada vez constituyen un grupo mayoritario de nuestra sociedad.


The old age is an important and final stage in the life of the human being. As an essential concern it requires the attention of society.The objective of this piece of work is to present a bibliographical review about the psychology of the old age.This theme has been left behind due to the group of myths, stereotypes and prejudices that surround it. To make professionals aware and more sensible to the changes that occur during this stage is a big challenge to increase life quality for this group of people which is bigger each time.


Assuntos
Senilidade Prematura , Psicologia , Qualidade de Vida
10.
Rev. bras. ciênc. mov ; 17(1): 1-26, jan.-mar. 2009.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-727874

RESUMO

O presente estudo tem como objetivo revisar as funções das células satélites em relação à atividade física, além de buscar exemplificar como estabelecer uma “ponte” entre os conhecimentos básicos relacionados ao assunto com a prática profissional. Serão discutidas a participação das células satélites nos mecanismos de hipertrofia e regeneração musculares e como uma série de estímulos - como o exercício físico (tanto agudamente como cronicamente), a senilidade e a suplementação nutricional - modificam o papel dessas células no organismo. Por fim, serão enumerados vários aspectos importantes na atuação profissional que têm alguma relação com essas células. Esses propósitos foram atingidos buscando artigos científicos com os termos satellite cells e physical exercise no Pubmed. Apesar da grande dificuldade em transpor os conhecimentos básicos para a prática profissional, esse desafio não deve ser abandonado, pois esse é o caminho que deve ser trilhado pela formação e pela atuação profissional - ele é fundamental para a substituição de conhecimentos baseados em mitos e no senso comum para conhecimentos científicos, o que terá como consequência uma melhor atuação dos profissionais da área da Educação Física e do Esporte. Palavras-chave: células satélites, exercício físico, atuação profissional, suplementação, senilidade.


This study has as purpose to explain the functions of satellite cells related to physical activity. Furthermore, it intends to give an example of a “bridge” between the basic knowledges and that related to professional practice. It will be discussed the participation of the satellite cells in the mechanisms of muscular hypertrophy and regeneration and as many stimulus - like physical exercise (both acutely and chronically), the old age and the nutritional supplementation - change the roles of these cells in the organism. Finally, it will be cited many important aspects in the professional practice that have some relationship with the satellite cells. These purposes were reached looking for scientific articles with the terms satellite cells and physical exercise in the Pubmed. It is very difficult to transport the basic knowledges to the professional practice, but this challenge can not be abandoned. This is the way that has to be run by professional formation and practice - it is important to changing knowledges based in mites and common sense to scientific knowledges, what it will result in a better professional practice in the Physical Education and Sport area.


Assuntos
Humanos , Células , Exercício Físico , Educação Física e Treinamento , Prática Profissional , Senilidade Prematura , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição do Lactente
11.
Brasília méd ; 46(1): 10-16, 2009. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-528061

RESUMO

Objective. Compare the fagocitary function and the splenic regeneration of senile rats submitted to subtotal splenectomy or total splenectomy followed by splenic autotransplantation. Methods. Thirty Wistar rats have been ramdomly distributed into two groups with fifiteen animals each. One group named subtotal splenectomy (SS) have been submitted to a subtotal splenectomy surgery and the other group, autoimplant (AT) have been submitted to total splenectomy followed by autotransplantation. The animals from SS group have been redistributed again into three subgroups (n = 5) SS-1, SS-2 and SS-3 and submitted to reoperation and euthanasia on the 15th, 30th and 60th days respectively. In reoperation, the remaining spleen from SE group and the autotransplantation fragments from the AT animals group have been removed and histologically analised observing and classifying the degree of spleen regeneration into absent (0), discrete (1), moderate (2) and intense (3) and also counting the carbon colloidal marked macrophages. Results. All the rats submited to subtotal splenectomy was sacrificed with 15, 30, and 60 days and presented na intense splenic regeneration. In another group 80 % of the rats does not presented a splenic regeneration, but with 30 and 60 days, 60% of the rats had a moderate regeneration. Regeneration level considered as important and 300 or more macrophages were found in samples of all animals from subgroups SS-1, SS-2 and SS-3. In samples of animalsfrom subgroups AT-1, AT-2 and AT-3, regeneration level from absent to moderate and less than 200 macrophages were found. Conclusion. Under the conditions that this study was performed, the splenic regeneration and the fagocitary function of senile rats after subtotal splenectomy were more evident than those of autotransplantation.


Objetivo. Comparar a função fagocitária e a regeneração esplênica de ratos senis submetidos a esplenectomia subtotal ou a esplenectomia total seguida de autoimplante esplênico. Métodos. Trinta ratos Wistar foram separados aleatoriamente em dois grupos com quinze animais em cada, a saber: grupo esplenectomia subtotal (SS) que foram submetidos a esplenectomia subtotal e o grupo do autoimplante (AT) que foram submetidos a esplenectomia total seguida de autoimplante. Os animais do grupo SS foram redistribuídos aleatoriamente em três subgrupos (n = 5) SS-1, SS-2 e SS-3 e submetidos a reoperação e eutanásia após 15, 30 e 60 dias respectivamente. Três horas antes da reoperação, todos os animais receberam uma única dose intravenosa de carbono coloidal. Os animais do grupo AT também foram redistribuídos aleatoriamente em três subgrupos com cinco animais cada, AT-1, AT-2 e AT-3 e submetidos a reoperação e eutanásia após 15, 30 e 60 dias respectivamente. Na reoperação, o baço remanescente do grupo SS e os fragmentos autoimplantandos nos animais do grupo AT foram removidos e analisados histologicamente quanto ao grau de regeneração esplênica classificada em ausente (0), discreta (1), moderada (2) intensa (3) e contagem dos macrófagos marcados com carbono coloidal. Resultados. Todos os ratos submetidos à esplenectomia subtotal sacrificados com 15, 30 e 60 dias tiveram regeneração intensa do baço. No grupo submetido à esplenectomia e autoimplante, quinze dias após o procedimento, 80% dos ratos não apresentaram regeneração do baço. Porém, com trinta dias, 60% apresentaram regeneração moderada. O mesmo resultado foi observado após sessenta dias. O nível de regeneração foi considerado importante e 300 ou mais macrófagos foram encontrados em todos os animais dos grupos SS-1, SS-2 e SS-3. No grupo correspondente a AT-1, AT-2 e AT-3, o nível de regeneração encontrado foi ausente ou moderado e sempre menos de 200 macrófagos por campo foram identificados. Conclusão. Nas condições...


Assuntos
Animais , Ratos , Senilidade Prematura , Baço/cirurgia , Período Pós-Operatório , Ratos Wistar , Regeneração , Esplenectomia
12.
Rev. bras. reumatol ; 48(2): 125-130, mar.-abr. 2008. ilus, tab
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-485820

RESUMO

A síndrome de Werner é uma doença autossômica recessiva rara associada a envelhecimento precoce, cujo quadro cutâneo deve ser distinguido daquele encontrado na esclerose sistêmica (ES). Descrevemos aqui o caso de uma paciente de 39 anos de idade, portadora de síndrome de Werner, encaminhada ao nosso serviço com hipótese diagnóstica inicial de ES. A paciente apresentava várias manifestações associadas à síndrome de Werner, incluindo cabelos precocemente grisalhos, voz estridente, baixa estatura, alterações cutâneas esclerodermiformes, diabetes melito, catarata, hipogonadismo, hipotireoidismo e hiperlipidemia. Não apresentava fenômeno de Raynaud, manifestações viscerais típicas da ES, alterações capilaroscópicas periungueais ou auto-anticorpos. O diagnóstico de síndrome de Werner, apesar de raro, deve ser lembrado no diagnóstico diferencial de ES, principalmente na presença de manifestações atípicas e na ausência de alterações típicas da ES.


Werner's syndrome is a rare autosomal recessive disease associated with premature ageing. Skin alteration must be distinguished from cutaneous manifestation of systemic sclerosis (SSc). We describe a case of a 39 years old patient with Werner's syndrome admitted with an initial diagnostic hypothesis of SSc. The patient had many characteristic features associated with Werner's syndrome including gray hair, hoarseness, short stature, scleroderma-like skin changes, diabetes mellitus, cataracts, hypogonadism, hypothyroidism, and hyperlipidemia. There was no Raynaud's phenomenon, other typical visceral manifestation of SSc, nailfold capillary alterations or autoantibodies. Werner's syndrome diagnosis notwithstanding rare, should be remember in the differential diagnosis of SSc, mainly in the presence of atypical manifestations and in the absence of typical features of SSc.


Assuntos
Humanos , Feminino , Adulto , Senilidade Prematura , Progéria , Escleroderma Sistêmico , Síndrome de Werner
13.
Comun. ciênc. saúde ; 17(3): 229-236, jul.-set. 2006.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-466246

RESUMO

Introdução: devido a seu potencial redox, o ferro tornou-se o metal mais comumente utilizado na maioria dos sistemas biológicos. Nos seres vivos, exerce função essencial como cofator nas reações de transferência e conservação de energia, além de participar de vários outros processos como o transporte de oxigênio e síntese de biomoléculas. Entretanto, devido a essa versatilidade química, o ferro pode transferir elétrons para o oxigênio molecular, capazes de promover a oxidação de diversas moléculas e danos oxidativos celulares. Assim, tanto a deficiência quanto o excesso de ferro no organismo são responsáveis por um amplo espectro de doenças, variando desde a anemia até a sobrecarga. Esta revisão focaliza os recentes progressos no estudo do metabolismo e da homeostase do ferro, bem como as causas e conseqüências da deficiência e sobrecarga de ferro. Método: foram utilizadas as bases de dados Medline, Scielo e LilaCS, além de documentos governamentais e não-governamentais e sites na Internet. Considerações finais: indubitavelmente, a anemia continua sendo um dos principais problemas atuais de saúde pública, atingindo principalmente crianças menores de 24 meses e gestantes, devendo ser severamente combatida. Entretanto, o acentuado aumento da expectativa de vida ocorrido neste último meio século, que vem modificando as pirâmides demográficas de idade na direção da senilidade, tem contribuído para o aumento na prevalência de doenças crônicas não transmissíveis devido ao processo de envelhecimento. Assim, políticas de saúde pública que visam combater deficiências nutricionais devem considerar os fatores de risco para a população idosa que começa a representar uma fração significativa das populações em todos os países. Palavras-chave: ferro, anemia, estresse oxidativo, homeostase do ferro, doenças degenerativas, envelhecimento precoce.


Assuntos
Senilidade Prematura , Anemia , Ferro , Estresse Oxidativo , Senescência Celular
14.
J. bras. med ; 91(2): 20-26, ago. 2006.
Artigo em Português | LILACS | ID: lil-438946

RESUMO

O autor aborda as mutações sofridas pela sociedade atual no tocante à obesidade e a quadros patológicos dela decorrentes ou a ela associados. Adentra alguns aspectos do envelhecimento, tema de importância cada vez mais atual. Situa o ácido fólico como o fulcro da prevenção e do tratamento de múltiplas entidades mórbidas. O ácido fólico é um componente de de vegetais, de primar importância na saúde do ser humano. São apresentadas as funções do ácido fólico: síntese de DNA e das proteínas, estabilizador intestinal, na prevenção e no tratamento das anemias, ação na gravidez, no crescimento, na resposta imune às infecções, no controle de peso, no envelhecimento, com sua problemática múltipla


Assuntos
Humanos , Ácido Fólico/uso terapêutico , Deficiência de Ácido Fólico , Senilidade Prematura , Transtornos Nutricionais , Necessidades Nutricionais , Obesidade
15.
Av. cardiol ; 26(1): 20-42, mar. 2006. tab, graf
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-453595
18.
Rev. latinoam. psicol ; 34(1/2): 17-27, mar. 2002.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-423954

RESUMO

Se propone que la psicología del ciclo vital es más amplia que la psicología del desarrollo. Coherente con una visión integral del curso del ciclo vital esta psicología enfatiza la irrelevancia de la edad, los cambios permanentes, la multidimensionalidad, y la plasticidad, también como la importancia del contexto y la historia. Se refiere al proceso de envejecimiento, a la adultez, la vejez y la muerte en el marco del ciclo vital; enfatiza posibilidades relacionadas con el envejecimiento exitoso, el bienestar subjetivo y la sabiduría, acordes con el punto de vista de la psicología positiva y posibles de lograr mediante el aprendizaje durante toda la vida o la educación vitalicia


Assuntos
Idoso , Senilidade Prematura , Estágios do Ciclo de Vida , Psicologia Aplicada
20.
Rev. Inst. Méd. Sucre ; 64(114): 87-94, ene.-jun. 1999.
Artigo em Espanhol | LILACS | ID: lil-251625

RESUMO

Hay una pregunta actual que no puede responder con precisión: mientras más desarrollo tiene la medicina, y se ha conseguido superar muchas enfermedades del paciente viejo ¿se puede realmente considerar que la vida se ha prolongado?. Se necesita deducir la razón por qué los ancianos son mayor número en las estadísticas en comparación con décadas anteriores. Se pretende que un estímulo intrínseco hace que se viva más largo que antes, sin que la medicina haya tenido óptimos logros al respecto. Otro punto a confirmar es que las ciencias de la salud consiguen que la mortalidad disminuye en jóvenes y adultos, ocasionando el número crecido de viejos


Assuntos
Envelhecimento , Fenômenos Biológicos , Geriatria , Senilidade Prematura , Bolívia , Cardiologia/tendências , Doenças Cardiovasculares
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA